Saltar para o conteúdo

Porco fascista e nazi não entra!

9 Outubro, 2019

Está em curso um retomar das conversações e preocupações sobre a “Refundação da Direita”, entendida como todo o espaço democrático não-socialista.

Tenho vindo a notar que, salvo erro, todos os actuais líderes e potenciais líderes futuros das agremiações partidárias nesta área política excluem o Chega de André Ventura destes esforços de juntar forças e vontades.

Ora, por muitas e profundas que sejam as divergências de pontos de vista, estabelecer um cordão sanitário em torno de quem se afirma anti-socialista não me parece muito democrático nem útil para “construir pontes” (conforme politiquês da moda).

Pensem nisso.

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. Jornaleca permalink
    9 Outubro, 2019 23:13

    A frustração vai crescer muito.

    Não poder chamar ladrão a um ladrão é um crime.

    Quer dizer, poder pode-se, só que depois os tais fascistas da esquerda (mentirosos e ladrões) reagem com violência, vejam lá, para intimidar a vítima. Tal igual aos fascistas, que eles dizem, fingirem combater. Que vigarice.

    A esquerda não é, nunca foi democrática. A provas empíricas falam muito claras. A nossa constituição é um outro erro fatal e malvado.

    Devemos falar sobre o que a esquerda faz e rejeitar a linguagem mentirosa da mesma. A esquerda trata os bons como criminosos e vão ao cu dos verdadeiros criminosos e protegem-os, são cúmplices e cobardes.

    Só vamos salvar este país, sendo na tendência como o André Ventura. Respeitando o próximo, nas não caindo nos truques dele, especialmente desta esquerda, que é controlada por forças, que querem destruir a nossa nação. Já destruiram o nosso império legítimo: Ultramar. E agora querem destruir Portugal.

    Democracia é só quando as putas (a tal esquerda) podem governar sobre os outros.

    Mas mal eles perdem, acabou-se a democracia e começam de novo a espelhar o veneno nojento. Nem burros caem nesta.

    Eu estou farto desta criminosa esquerda e vou continuar a dizer o que eu acho que devo dizer e o que é verdade.

    Eu sei que a esquerda não gosta de ser criticada. Mas isso não me interessa. Portugal é meu país, e quem não gostar que vá para a China comunista, Venezuela, Cuba, Coreia do Norte, os países arábes.

    Agora, proibir-me falar em minha própria casa como eu quero? Jamais!!

    Não poder chamar ladrão a um ladrão é um crime.

    A frustração vai crescer muito.

    E a história da humanidade vai ser cruel com esta esquerda profundamente falsa.

    45 por cento dos portugueses em Portugal não têm voz política. E cinco (5) milhões de portugueses, que deixaram o país também não.

    A culpada disto tudo é da tal esquerda, porca, desonesta, falsa, criminosa, ladrona.

    Liked by 2 people

  2. JgMenos permalink
    9 Outubro, 2019 23:37

    A ‘direita’ abrilesca não prescinde do corretês esquerdalho.

    Liked by 2 people

  3. 10 Outubro, 2019 00:12

    Eu acho que mais depressa desaparece o PPD sem o Rui Rio do que a esquerdalha sobrevive à próxima legislatura. Que bom seria Portugal a optar entre Chega e IL.

    Liked by 3 people

  4. Ausente52 permalink
    10 Outubro, 2019 00:20

    Mas porque tem um indivíduo pelo de não ser socialista, ser identificado como facista e outros piropos?
    E os de esquerda são comparados com quem?

    Liked by 2 people

  5. Miguel Neto permalink
    10 Outubro, 2019 03:00

    A estratégia tem sido sempre a mesma em todo o lado. Por cá não espero que seja muito diferente. Vão tentar desacreditar o André Ventura e o Chega. Não sei se ao mesmo tempo que vão tentar o mesmo com o João Cotrim de Figueiredo e a IL ou se “tratam” de um e, depois desse arrumado, “tratam” do outro.

    Vai valer tudo. Vão tentar colar-lhe todas as etiquetas que possam manchar. Críticas na blogosfera que terá repercussões na CS “de referência”, fake news, meias verdades que possam ser “incómodas”, organismos públicos a tentar descobrir carecas… não devemos subestimar aquela afirmação ao estilo da máfia de uma figura incontornável da nossa democracia: “quem se mete com o PS leva”.

    “Arrumaram” assim com Passos Coelho (com uma boa ajuda de dentro do PSD). Basta andar de transportes públicos e ouvir o que se diz dele.

    No Reino Unido até um vizinho do Boris Johnson (por quem não tenho nenhuma simpatia – ou antipatia já agora) fez uma gravação com o telemóvel de uma discussão dele com a namorada em casa deles, através da porta e enviou-a para os jornais. Mais ignóbil que isso é difícil. Mas como se tratava do malandro do Boris e o vizinho era um dos que estão do lado da Razão e um cidadão preocupado, nada disso foi muito questionado.

    A esquerda vai tentar tudo para se manter como a definidora do discurso e da “oferta política”. Sem contraditório.

    Há já um rótulo forte que já está colado ao André Ventura: extrema direita xenófoba. Por muito que ele negue, que diga que a extrema direita não defende o Estado de Direito, o Primado da Lei, as Instituições Democráticas e que todos os cidadãos são iguais perante a Lei, princípios defendidos pelo Chega, em qualquer entrevista o entrevistador, se não logo de seguida uma ou duas perguntas depois, vai logo buscar a extrema direita outra vez.

    Pode ser que esteja enganado. Pode ser até que não possam pegar em mais nada, para além de ser de extrema direita. Se fosse eu, ficava à espera do melhor mas preparava-me para o pior

    Liked by 4 people

  6. lucklucky permalink
    10 Outubro, 2019 07:07

    Os Nazis e Fascistas eram Socialistas.

    Liked by 2 people

  7. Zé Manel Tonto permalink
    10 Outubro, 2019 07:27

    Partidos de direita, ou chegam ao poder com maioria absoluta, e podem mandar os xuxas pastar, ou não têm hipótese.

    Veja-se em França, que todos os partidos, desde a comunada ao partido de proto-direita do Sarkozy, se unem nas segundas voltas para manter a Frente Nacional fora do Parlamento.

    Ou na Suécia, onde um partido de direita anti invasão moura, com 20% dos votos, é excluído pelos partidos de “direita” de conversações.

    Ou aqui ao lado em Espanha,onde o PP prefere deixar os xuxas a governar que sequer falar com o Vox.

    Não há alternativa ao socialismo sem ser uma maioria à Orban. Assim sendo iremos lentamente a caminho de ter sociedades com maioria de imigrantes pouco qualificados e civilizados, com um Estado Social gordo, que alimenta parasitas, e permanentemente a caminho do colapso.

    Liked by 2 people

    • Andre Miguel permalink
      10 Outubro, 2019 09:41

      Se Le Pen vencer as eleições em França, o Vox em Espanha e o Chega em Portugal sobem em flecha. Aguardemos.

      Liked by 1 person

  8. André Miguel permalink
    10 Outubro, 2019 08:06

    You’re all a bunch of socialists!!!

    Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      10 Outubro, 2019 10:32

      Isto está cheio de Socialistas de Direita

      Basta escreverem elogiosamente da Le Pen…

      PC, BE Le Pen etc todos juntos em darem todo o Poder ao Estado.

      Gostar

      • André Miguel permalink
        10 Outubro, 2019 14:00

        Quem é que elogiou Le Pen?

        Gostar

  9. Beirao permalink
    10 Outubro, 2019 09:33

    Enquanto esta Direita partidocratica persistir nos estúpidos complexos de esquerda não me parece que vá longe. A direita pura e dura, sem complexos, do Chega, podem escrever, irá dar muito que falar nas próximas legislativas. André Ventura é inteligente, com eles no sítio, sabe falar e não faz fretes. Portugal vai, finalmente, ter um partido de direita, que pensa e diz o que o povo, sim, o povo, diz e pensa. O resto é retórica e lerias…

    Liked by 2 people

  10. Beirao permalink
    10 Outubro, 2019 09:42

    Veja-se que a gaga racista recusou apertar-lhe a mão. Ventura fez bem em denunciar publicamente o gesto racista da preta. Irá defrontar-se com muita raiva e ódio da esquerdalha sem argumentos, mas ele, uma força da natureza, só tem que responder-lhes á letra ou, em alternativa, seguir o velho ditado de os cães ladram e a caravana passa. Mais nada!

    Liked by 2 people

  11. Cristóvão permalink
    10 Outubro, 2019 10:42

    E pronto, a direita cobarde e refém da comunicação social já se ajoelha e exclui o Chega. Ironicamente, é esta cobardia que vai dar mais força ao Chega nas próximas legislativas. Sinceramente, não vou ter pena nenhuma do definhar desta direita “bunda mole”. Uma direita que viveu à custa do eleitorado de direita, eleitorado esse cujas opções sempre foram limitadas desde 1975.

    Liked by 2 people

  12. caampus permalink
    10 Outubro, 2019 11:30

    PSD e CDS, vocês nunca se quiseram assumir como partidos de Direita. Então porque não deixam os Partidos dessa área em paz ?? Concordam que só possa haver partidos de Esquerda e vá lá de Centro ??

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: