Saltar para o conteúdo

Notícias daquelas galáxias a que os jornalistas não conseguem chegar

17 Maio, 2020

Na galáxia Espanha multiplicam-se as manifestações a pedir a demissão do governo e o fim do estado de alarme que em Madrid vai continuar. É uma pena terem-se atrasado tanto a descobrir esta bizarra forma de vida – a oposição a um governo de esquerda – que agora este texto do El Pais (a única rota que conhecem para visitar a galáxia Espanha) está já desactualizado e portanto os protestos não acontecem apenas num bairro rico de Madrid. Eu sei  que foi mais fácil o Gama chegar à Indía que propor um dia não fazer a notícia-anedota sobre o Trump e por exemplo escrever sobre o que está a acontecer em Espanha mas um dia há-de acontecer esse gesto, essa saga, esse momento único.

Já na galáxia Bélgica continua a viver-se em absoluto silêncio o aumento do número de morto por Covid: hoje contam-se em 781 mortos por milhão de residentes.

 

41 comentários leave one →
  1. Andre Miguel permalink
    17 Maio, 2020 11:47

    Não é só Madrid, acontecem tambem em Sevilha ou Barcelona. E na Alemanha, Reino Unido ou EUA. Finalmente as pessoas abrem os olhos, já perceberam que a quarentena só serviu para limitar liberdades, aumentar o poder do Estado e estoirar com a economia. Este episódio será uma das maiores palhaçadas da História.

    Liked by 5 people

    • 17 Maio, 2020 12:39

      Sem dúvida. Isto é tudo e só um encobrimento dos Poderes instituídos da Crise Económica que mais uma vez ia acontecer e pior do que a de 2008.
      Assim a culpa é vitus chinês e não da palhaçada de: Bruxelas, Marxismo e Plutocracia Capitalista da Trilogia: Soros, Gates e Bezos

      Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      17 Maio, 2020 15:07

      A parte com piada é que, tendo em conta as simulações (altamente duvidosas e sempre por excesso) do fulano do Imperial College, a percentagem da população que iria morrer seria tão baixa que isto dificilmente seria recordado.

      A reacção imbecil da multidão que vive para o facebook, e dos governos que vivem para sondagens, atirou o mundo para uma situação desastrosa.

      Liked by 2 people

    • 17 Maio, 2020 16:36

      Não tivessemos tido medidas de confinamento numa altura que não estavamos minimamente preparados, teriamos andado a carregar camiões com caixões de gente falecida e a enterrá-los em valas comuns. E hoje ouviriamos de vocês uma conversa “pedrogamente” diferente.

      Desde a irresponsabilidade criminosa, à acusação de que o Centeno não quereria dar cabo das suas continhas .
      Ou de que o objetivo teria sido uma tentativa deliberada para controlo populacional ou um ataque da China ao ocidente como já debitaram por aqui emprenhados pelos ouvidos pelas vossas fontes “fiáveis” de informação…
      Agora como há sinais de abrandamento vêm com a conversa libertoina de um ataque para aumentar o poder do Estado para limitarem a liberdade. Algo que se fosse ouvido pelas autoridades da China era motivo de gargalhada de tanta estupidez, como se eles precisassem de mais, e sobretudo quando no ocidente condena-se à prisão gente idosa por blasfemias sobre a “historia”. E nos Eua rápidamente acaba-se com sustento e destroem a vida das pessoas, pelos seus sacrilégios e opiniões erradas.

      Mas enfim, como isto é afinal uma treta de “gripezita”, talvez se calhar já podem esquecer a vontade de responsabilizar a OMS, de punir e exigir à China indeminizações, pela suposta catástrofe causada, e pela ocultação de informação ao resto do mundo. No fundo e por ironia, vocês agora até estão bem alinhados com a posição que a OMS a China, a sô dôtora da DGS, a ministra da saúde, e a escardalhada, tinham antes de isto cá chegar .

      Liked by 1 person

      • 17 Maio, 2020 16:43

        «Mas enfim, como isto é afinal uma treta de “gripezita”, talvez se calhar já podem esquecer a vontade de responsabilizar a OMS, de punir e exigir à China indeminizações, pela suposta catástrofe causada, e pela ocultação de informação ao resto do mundo. No fundo e por ironia, vocês agora até estão bem alinhados com a posição que a OMS a China, a sô dôtora da DGS, a ministra da saúde, e a escardalhada, tinham antes de isto cá chegar .»

        Esta está bem gizada… Parabéns.

        Gostar

      • Albano Silva permalink
        17 Maio, 2020 20:48

        Caro mg: decerto que tem parcialmente razão ao crer que se não fosse o confinamento, teríamos muito mais mortos pelo vírus. Mas não acha que seria interessante saber quantos óbitos já aconteceram POR CAUSA do vírus até agora, e quantos mais se poderão atribuir a condições criadas pelo confinamento a curto prazo?
        É verdade que nos EUA se destroem vidas por muitos motivos, não só pelos que menciona. Mas não acha que o confinamento que colocou mais de trinta milhões de americanos no desemprego não terá “acabado com o sustento de muitas pessoas” e “destruído algumas vidas”, hem?
        Agora pense nos países em que não existe qualquer apoio estatal/social às pessoas caso os governos decidissem confinar à europeia; fechar mesmo que um terço da economia. A conclusão geral é que as pessoas não morreriam do vírus, mas muitas morreriam de fome.
        Por aqui, podemos pagar o confinamento embora com crédito europeu. Mas há países que não conseguem fazê-lo. E aí, o povo sofre. Do vírus e/ou da fome. Confinar, ou não?

        Liked by 1 person

      • chipamanine permalink
        19 Maio, 2020 10:23

        E verdade que nos EUA se destroem vidas por muitos motivos.
        Ena pá eu não sabia que na Europa só se morre por um motivo ou quiçá por nenhum.
        A eutanásia europeia até nem deve contar

        Gostar

      • chipamanine permalink
        19 Maio, 2020 10:46

        Taxa de mortalidade bruta EUA 8.9/1000 habitantes
        Taxa de mortalidade bruta UE 10.5/1000 habitantes
        Nem sei se rir ou chorar
        É cada posta de pescada que a propaganda e a ignorância aliada à preguiça de conhecer , saber que vai-se dizendo o que as cristinas ferreiras, novelas e os avantes encapotados lhes inculcam nas pobres cabecinhas

        Gostar

    • Andre Miguel permalink
      17 Maio, 2020 18:38

      Sim MG. Espanha com algumas das medidas mais apertadas de quarentena é dos que tem mais mortes. Nao ha relação nenhuma… É ver como fizeram japoneses, sul coreanos, suecos ou austríacos. Sempre fui contra prisoes domiciliárias e descriminação de gente saudável. Isolar os grupos de risco, mascaras a torto e direito e medidas de higiene reforçadas. Tudo o resto é uma idiotice sem pés nem cabeça.

      Liked by 5 people

    • 17 Maio, 2020 21:06

      “Sim MG. Espanha com algumas das medidas mais apertadas de quarentena é dos que tem mais mortes. Nao ha relação nenhuma…”

      E eu que pensava que tinha a ver com aquelas aglomerações que tinham havido com manifestações feministas e esquerdalhas progressistas afins, permitidas pelo governo esquerdalha de lá . E que vocês fizeram questão de ironizar há semanas, por o karma lhes ter caido em cima.
      Afinal de contas ficar em casa isolado sem contacto com outros é que foi a causa principal de propagação da doença e das mortes.
      Mas quais doenças e quais mortes, e para quê máscaras , se isto não passou de uma gripezita ?

      Gostar

    • 17 Maio, 2020 21:08

      Todos os países que refere tiveram medidas de lockdown e confinamento. Você lembra-se daquele navio cruzeiro confinado num porto do Japão durante semanas, com gente contaminada sem permitirem às pessoas sair do navio, nem terem assistência médica, com um português lá dentro ? Ou a amnésia ideológica com todo esse jargão hiperbólico das “prisoes domiciliárias” já lhe fez perder de memória ?

      Diga-me durante o inicio em Portugal quantas máscaras havia para as pessoas poderem usar ? E como é que você determina o que é uma pessoa” saudável” ?

      Gente “saúdavel” podem não morrer nem ter sintomas, mas são veiculos de transmissão. Mas lá está, sempre podiam usar as máscaras que não as tinham, nem leis que as forçavam usar. certo ?

      Gostar

      • chipamanine permalink
        18 Maio, 2020 09:39

        Essa das máscaras é uma das “grandes verdades” ideológicas tugas. Segundo a vovó Freitas as máscaras até propagavam a doença porque não as havia e por isso a “evidência científica”, até o Mentígrafo corroborou, aliás como quase toda a CS (fake news institucionais engajados no socialismo).Uma vez havendo passaram a ser obrigatórias em muitos casos e recomendáveis em todos. (apesar da “evidência científica” do mês transacto)- a “ciência” evolui rapidamente com a dialéctica.
        “Eu cá pra mim” só estou à espera dos 500-65 ventiladores comprados e pagos (10 milhões) em 23 de Março que novamente nem a vovó Graça nem a Tremido falam (esta porquue teriam de ir ouvir a Internacional) mas que o jornaleirismo ainda fala menos quase dois meses depois da compra.

        Gostar

    • 17 Maio, 2020 21:14

      Mas vejamos. Chegados aqui, com toda “esta idiotice sem pés nem cabeça”, tenho dificuldade em perceber então essa vossa embirração com os ciganos.
      Talvez devessem ponderar o vosso apoio ao Ventura. Afinal de contas os ciganos também não gostam de ser “prisioneiros domiciliários”, “discriminados por serem saudáveis” . Eles estão na linha da frente da resistência contra o aumento de poder do Estado.

      Vocês deviam era apoiar os Ciganos .Porque eles são tudo o que vocês aspiram ser.

      Gostar

    • 17 Maio, 2020 21:16

      Mas vejamos. Chegados aqui, com toda “esta idiotice sem pés nem cabeça”, tenho dificuldade em perceber então essa vossa embirração com os ciganos.
      Talvez devessem ponderar o vosso apoio ao Ventura. Afinal de contas os ciganos também não gostam de ser “prisioneiros domiciliários”, “discriminados por serem saudáveis” . Eles estão na linha da frente da resistência contra o aumento de poder do Estado.

      Vocês deviam era apoiar os Ciganos. Porque eles são tudo o que vocês aspiram ser.

      Gostar

  2. LTR permalink
    17 Maio, 2020 13:28

    Quando explodiam comboios e o PM era Aznar, a dias das eleições iam para lá a correr para fazer reportagens em directo sobre as manifestações “espontâneas” que tiravam partido político do terrorismo. Nessas alturas do oculto faz-se luz.

    Liked by 2 people

  3. Expatriado permalink
    17 Maio, 2020 13:46

    Isto sim é “notícia” com TODOS os canais de TV a passar a cena em simultâneo.

    https://observador.pt/2020/05/17/portugueses-devem-estar-gratos-ao-ministro-das-financas-diz-marcelo/

    Ninguém acha estranho os dois clowns irem tomar um café (um) e fazer umas compras (o outro) na mesma altura e com as TVs a reboque?

    É disto que o povoléu gosta. O que vale é que a época de Verão vai ser “salva” pelos funcionários públicos a gozar as férias cá dentro. São os únicos que não sofrem de desemprego e cortes de salário pelo layoff.

    Isto mando uma choldra é!!!

    Liked by 2 people

    • Expatriado permalink
      17 Maio, 2020 13:49

      “Isto mando uma choldra é!!!” Leia-se ” Isto já nem uma choldra é!!!”

      Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      17 Maio, 2020 13:54

      A justiça perfeita diz, que quem mais sabe, deve ser castigado mais duro, do que aquele, que sabe menos.

      Andar agora a inculpar o povo, não pode ser justo.

      Nós aqui fazemos parte desse povo.

      O Marcelo é falso. O Costa é falso. O Centeno é falso. A justiça perfeita não se vai esquecer de nenhum deles.

      Se quiser saber o que está para vir para esta Europa, leia o meu comentário, por favor, aqui: (Sair da crise com o Estado ou apesar do Estado?).

      A esquerda acabou de querer criar riqueza, faz uns poucos anos.
      Este Portugal é uma província de Bruxelas, da Alemanha.
      Nós, quer dizer, a esquerda totalitária, já só recebe ordens de Bruxelas. Independência? Já não existe.

      E para ter uma ideia, dos crimes que estão para vir, leia o meu comentário.
      E fazer contas.
      De Lisboa a Berlim fazem quase o mesmo. Investem em projectos, que por si não podem ser rentáveis e andam a destruir os projectos que dão dinheiro.

      Como é que se chama a isto? Qual é o nome adequado para tal comportamento?

      O povo já não manda nada.

      Só se vão salvar aqueles, que não quiseram se iludir com a cantiga socialista.

      Gostar

  4. Marta Saraiva permalink
    17 Maio, 2020 14:47

    Já percebi pq não falam da Bélgica: tem uma primeira ministra e lá se vai a teoria de que países liderados por mulheres e que estão a fazer tudo bem…

    Liked by 3 people

    • 18 Maio, 2020 15:51

      Finalmente …. txa rammmmm … a Bélgica:
      https://zap.aeiou.pt/guarda-desonra-profissionais-saude-325044

      Gostar

    • 18 Maio, 2020 17:07

      O ataque que veio não terá origem nos esquerdóides do costume? Não atacarão a senhora por ela ser liberal?
      Li por aí que num hospital públicos os profissionais (enfermeiros, médicos, condutores de ambulâncias, maqueiro, auxiliares de limpeza) lhe viraram as costas por considerarem que não lhes estavam a ser fornecidas as condições adequadas de trabalho (salário, horários, equipamentos de proteção…).
      Recordo que em Portugal quiseram esganar o Rodrigo Guedes de Carvalho por o homem fazer o seu trabalho face a senhora ministra da saúde cá do sítio…

      Gostar

  5. Weltenbummler permalink
    17 Maio, 2020 14:56

    com 2 meses de atraso 2 amigas foram na 6ªf a uma cidade da província
    a mãe conseguiu almoçar um chá
    a filha comprou 1kg de nêsperas

    Gostar

  6. Isabel permalink
    17 Maio, 2020 15:38

    Já agora acrescentar a censura na internet na Alemanha e na França

    https://www.lesechos.fr/tech-medias/hightech/haine-en-ligne-lassemblee-nationale-examine-la-loi-avia-critiquee-jusqua-la-fin-1202672

    Gostar

  7. 17 Maio, 2020 16:01

    A pandemia em Espanha, como em muitos outros países, não é uma questão de saúde pública, é uma questão de política partidária. Da mais abjecta política politiqueira.
    Nem precisamos de pensar nos Trumps e nos Bolsonaros deste mundo…
    Recordemos o que se passou no UK (grande cagaço, hein, Boris? Ui…) em que a realidade ultrapassou facilmente a ideologia e a forçou a aceitar as regras de saúde públicas mais básicas. Não sou epidemiologista, mas posso recordar que desde há séculos que se sabe que o confinamento é a única forma de combater epidemias de que se desconhecem a causa e a cura.
    Adiante: Recordemos ainda que no momento em que o rei de Espanha apelou aos espanhóis para que respeitassem as mais elementares regras de segurança face a uma pandemia o que se ouviu em muitas cidades catalãs e nas zonas em que predominam as forças de esquerda, foi uma enorme caçarolada.
    Os espanhóis têm muitas razões de queixa do governo socialista. O PSOE e os oportunistas de esquerda do Unidas são acusados de ter agido tarde, de terem atrasado as medidas de confinamento para que se realizassem as comemorações do dia da mulher onde muita gente se infectou (a mulher do Pablo apanhou a Covid-19 numa destas manifs), de terem chegado tarde às compras de equipamentos, de sectarismo e de parcialidade face às diferentes regiões.
    Outros espanhóis queixam-se do sectarismo do PP e do VOX… a verdade é os ‘Cidadãos’ só têm sido endrominados por quererem ter uma atitude mais cooperante com o Sanchez.
    Há ainda espanhóis que se referem à excessiva independência das suas autonomias como causa de descoordenação dos serviços de saúde.
    Vai daqui que os catalães nunca pararam de fazer baixa política nas alturas mais duras da infeção: o Torra, numa altura em que os hospitais estavam em implosão, chegou a impedir que o exército espanhol montasse um hospital de campanha! O mesmo Torra e similares exgem, de há dois ou três dias a esta parte, que se autorizem manifestações (de preferência anti Madrid, supõe-se…). Manifestações, senhores!!!
    A verdade é que dois dos focos de infeção em Espanha, ao que se lia há umas semanas atrás, tinham sido precisamente as citadas manifestações feministas da esquerda espanhola e um jogo de futebol entre uma equipa de Madrid e uma equipa do norte de Itália.
    A situação de desagrado face ao desconfinamento por fases é moda nova… na verdade, os espanhóis nunca reagiram bem ao confinamento e, ainda há poucos dias um médico espanhol perorava o seus compatriotas que aproveitaram o início do desconfinamento para sair com as crianças sem quaisquer máscaras e sem manter qualquer situação de distância de segurança. Gritava este médico para que as pessoas se deixassem de bater palmas e que respeitassem as instruções das autoridades de saúde. Apelava ainda aos responsáveis políticos para que lhes fornecessem equipamentos de segurança.
    Quanto à situação na Bélgica que a Helena tantas vezes refere, não posso negar que possa ter alguma relação com a institucionalização excessiva(?) dos velhotes nesse país… não podemos é afirmar convictamente que é esse o motivo principal para os números aterradores de morte entre os idosos.
    Lendo o que se escreve por aí, são apontados como focos de infecção os festivais de Carnaval nalgumas cidades belgas e as famílias de 2ª e3ª geração de italianos.
    O atraso no confinamento e alguma displicência na tomada de medidas de resguardo e de combate ao Covid-19, são, desta forma, o principais acusados da força da infeção na Bélgica.
    Segundo muitos responsáveis belgas, a Bélgica não tem muito mais casos de morte entre os idosos do que outros países. Os responsáveis belgas afirmam-se reféns da sua honestidade: os belgas contam -dizem eles- os mortos todos.

    Abaixo deixo alguns trechos do que por aí se diz e links para artigos que achei interessantes:

    «Belgian officials say they are counting in a way that no other country in the world is currently doing: counting deaths in hospitals and care homes, but including deaths in care homes that are suspected, not confirmed, as Covid-19 cases.
    According to Belgium’s latest official figures, out of 7,703 deaths, 53% have been in care homes.
    Another factor is that many more people here put loved ones in care homes than elsewhere in Europe.
    Only the Netherlands and Luxembourg have a higher rate of care home occupancy, relative to their populations.»

    in: bbc.

    «Was it the fact many from here went skiing in Italy at the start of the outbreak and picked up the virus. Or were mistakes made from the start?
    That is certainly a question many have been asking in the city of Sint-Truiden where we met the mayor, Veerle Heeren.
    Advertisement
    She has faced questions and criticism after allowing a large carnival to go ahead at the end of February.
    Thousands attended and doctors told us the virus will have been allowed to spread.»

    in: sky.com/ coronavirus-why-is-belgium-a-europe-hotspot-for-covid-19-deaths-11975017

    «About half of all Covid-19 deaths appear to be happening in care homes in some European countries, according to early figures gathered by UK-based academics who are warning that the same effort must be put into fighting the virus in care homes as in the NHS.
    Snapshot data from varying official sources shows that in Italy, Spain, France, Ireland and Belgium between 42% and 57% of deaths from the virus have been happening in homes, according to the report by academics based at the London School of Economics (LSE).
    Published official data for care homes in England and Wales are believed to significantly underestimate deaths in the sector, with the Office for National Statistics only recording 20 coronavirus-related deaths in all care homes in the week ending 27 March. New figures are due out on Tuesday, but are unlikely to be up to date.»

    in:.the guardian 13 de abril coronavirus-deaths-happen-in-care-homes-data-from-eu-sugg

    Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      18 Maio, 2020 18:05

      Citação:
      “Outros espanhóis queixam-se do sectarismo do PP e do VOX […]”

      Você afinal não sabe o que é uma prova.

      Depois, muitas das suas fontes são da esquerda extrema, de jornais, que mentem com regularidade e não sabem trabalhar professionalmente. Quer dizer, nem você daria um emprego a eles.

      Porque é que citam de jornais mentirosos e manipuladores?

      Na Alemanha houve só um médico de direito de medicina, que fez autópsias, desde o início. Ele sabe do que fala. Mas ele é ocultado por todas essas fontes, às quais você se atira, como um cego.

      Ele diz, que ninguém adoece com o tal vírus (Covid19) a não ser, que tenha já uma doença grave anterior ou aguda, urgente. Falo claro?

      O instituto alemão, com qual o governo alemão trabalha em exclusividade, o tal Robert-Koch-Institut, desaconsehlou fazer autópsias, até ao dia 5 de Abril de 2020. E depois tirou a informação da página na Internet mas não mudou de atitude.

      Diga-nos, explique-nos, como é que alguém pode saber ao certo, sem qualquer dúvida, se alguém morreu, faleceu por causa do vírus (Covid19), se não fazem autópsias?

      Como é que validam os dados?

      Nos EUA uma mulher, advogada, e preta (!), vai ser expulsa do partido socialista. Sabe porquê? Se ler só essa porcaria de jornais da esquerda putana e enganadora, não o deve saber, com uma certa probabilidade. Ela adoeceu com o tal vírus e seguiu o conselho de Trump. Ela tornou-se sã, ficou boa outra vez, recuperou e depois veio ao púbico agradecer a Trump.

      Por ter feito isso, em público, querem a pôr fora do partido. Que acha disto?

      Claro que todos os países divergem no modo de contar os mortos, em relação ao vírus comunista. É lógico. Os números não são comparáveis. É lógico, para quem percebe de ciência, de matemática, de estatística, etc..

      Pior é, como a esquerda está a roubar a liberdade ao povo. E a destruir aos próprios leitores a vida. Hahahahahahahhahaahah.

      Isto é para rir. O PS de António Costa está a “foder” a vida aos próprios eleitores.

      Muito bem, António Asno Costa. Continua assim para a frente.

      E o tal Sánchez em Espanha já arruinou o país. Só que agora quer ganhar tempo. Mas isso é impossível, porque ele é um grande, mesmo grande burro e muito altivo. Muito. Mas isso não lhe vai ajudar, a essa puta.

      Gostar

  8. 17 Maio, 2020 16:06

    Boa tarde, depois de 3 tentativas fracassadas para colocar os links para os artigos que suportam o comentário acima, desisti de o fazer. O meu lamento e os meus cumprimentos.

    Gostar

  9. chipamanine permalink
    17 Maio, 2020 16:27

    Se os belgas são os honestos e contam as mortes todas quer dizer que os outros não o são e não as contam. Então quase poderiamos dizer que Espanha e Italia pelo menos tem o mesmo numero (aprox) de mortos por milhão de habitantes? Em Portugal poderíamos acrescentar quanto? mais 20%?
    O Sanchez , o Conti e o Costa andam a mentir-nos? quem diria hein?

    Gostar

  10. chipamanine permalink
    17 Maio, 2020 16:34

    Mas voltando ao tema e não o desviando. O nosso jornaleirismo descobriu isso sim a América do Trump …sim aquilo é mesmo uma desgraça com 270 mortos por milhão. E se a Bélgica é um caso extremo porque será que não descobriram a mesma desgraça em Espanha, na Itália na França…….já que no UK tem o trump, Boris a quem criticar.

    Liked by 1 person

  11. Filipe Bastos permalink
    17 Maio, 2020 18:28

    “O nosso jornaleirismo descobriu isso sim a América do Trump …sim aquilo é mesmo uma desgraça com 270 mortos por milhão.”

    Outra vez a lançar foguetes a meio do jogo? Ainda não aprenderam?

    Há semanas, quando as mortes nos EUA não chegavam a 100 por milhão, a carneirada direitalha babava-se: estão a ver, a saúde privadinha e controlada por mamões é que é! Olhem para estes números! Fantástico!

    Ora os números aproximam-se mais dos da Europa todos os dias… se calhar era melhor esperarem para ver. Isto confiando nestes números, claro: por essa lógica, a Índia tem o melhor sistema de saúde do mundo.

    Tem razão o mg mais acima: consoante as simpatias ideológicas, cada país e cada governo será sempre preso por ter cão e por não ter. E digo isto sem um miligrama de simpatia pelo Bosta e seu governo sucateiro.

    Se não tivéssemos tido o confinamento, à revelia de quase todo o mundo, e tivesse havido mais mortes em Portugal, que diria agora o chipamanine do governo? E que diria a D. Helena?

    Gostar

  12. chipamanine permalink
    17 Maio, 2020 19:27

    O cornudo falou. Falta-lhe um foguete no anus

    Liked by 1 person

  13. chipamanine permalink
    17 Maio, 2020 19:43

    Para os cornudos a “festa da morte vai a meio”. esperam eles que esse meio seja só “no noutro lado”. Os cornudos tem a mais alta taxa de mortalidade mas acham que já não vão a meio da festa deles. São responsáveis por cerca de 66% dos mortos em todo mundo. A esperança do cornudo é que morram mais , bem mais noutros lados (ele até gostaria de ajudar a matar) esperando que seja no lado “certo”
    Como bom cornudo antes do casamento vai à “igreja dele” pedir ao deus dele que não o faça cornudo, mas se o fizer que não saiba e se souber que não se importe

    Gostar

  14. Filipe Bastos permalink
    17 Maio, 2020 19:44

    Porra, chipamanine. V. é mesmo daqueles cobardolas bate e foge, não é?

    Gostar

  15. chipamanine permalink
    17 Maio, 2020 22:01

    Quando um cornudo auto-assumido, um esquize auto-esclarecido iluminado, com valores mais elevados o menciona, quando nunca foi mencionado…o que ele pretende é o tal foguete no anus para dar largas à sua compulsão. Longe de mim tratá-lo dessa forma.

    Gostar

  16. 18 Maio, 2020 15:48

    Finalmente …. txa rammmmm … a Bélgica:
    https://zap.aeiou.pt/guarda-desonra-profissionais-saude-325044

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: