Saltar para o conteúdo

O neo paganismo e as suas vestais

30 Setembro, 2020

Só hoje já contei duas vestais dessa religião no Oservador. Em ambos os casos as pitonisas pretendem que para salvar o planeta os povos não pretendam imitar o seu estilo de vida. As vestais claro precisam de viajar, sabem fazer turismo…

Covid-19 criou “janela de oportunidade” para futuro mais sustentávelKarin Bäckstrand, especialista em políticas ambientais globais,

Leyla Acaroglu, nomeada defensora da Terra pelas Nações Unidas, à pergunta “Acha que a pandemia é o resultado de decisões que já tomámos?responde “Definitivamente. Estamos a viver o legado de 70 anos de crescimento económico contínuo, a seguir à Segunda Guerra Mundial, altura em que a principal preocupação era reconstruir a economia. (…) Temos muito a aprender, mas já sabemos que continuar a destruir a Amazónia ou continuar a plantar monoculturas à custa de ter ecossistemas diversificados são coisas que vão ter impactos negativos.”

20 comentários leave one →
  1. João Brandão permalink
    30 Setembro, 2020 13:46

    Estas ‘especialistas’ devem saber tanto da coisa uma conhecida socióloga que por aí circula que se diz especialista em questões ambientais.

    Só falta juntarem-lhe uma outra eminência que temos por cá e que foi ‘depositada’ no Ministério da Agricultura. Podia ter sido noutro qualquer, tanto fazia …

    Ah! Faltava só aquela sumidade das calças molhadas que está na onu.
    Molhou as calças num sítio e foi fotografá-las noutro. Há-de ir para o céu cheinho de virtudes …

    Gostar

  2. Albino Manuel permalink
    30 Setembro, 2020 14:42

    E que me interessa o neopaganismo? É mau? Também o cristianismo é mau. Os princípios até são bonitos. Mas o resto? a ladroagem, a devassidão moral, a hipocrisia. Acha que é melhor?

    Há sociedades como o Japão onde não querem saber de religião. Há outras, como a França (oui Madame, je lis la presse gaulloise) em que ninguém se interessa por religião. Espere uns anos e a Sé de Évora é igual ao templo de Diana, que nem era de Diana mas do Imperador.

    Siga a vida. Religiões não entram na minha casa; incluindo a maçonaria que tem entre os seus santos Miguel Relvas e provavelmente Passos Coelho. Da missa só a vinhaça.
    E que Deus Nosso Senhor a tenha em Sua santa Guarda. Aleluia. Loucado seja Deus Nosso Senhor Jesus Cristo de quem diz o Talmud da Babilônia que era filho de um tal Pantera e a mãe mulher de mau porte.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      30 Setembro, 2020 19:18

      O Cristianismo não quer que morras de fome e frio. Estas querem.

      Liked by 1 person

      • chipamanine permalink
        30 Setembro, 2020 19:31

        Em francês ele não sabe o que isso é e muito menos o seu significado hahahha

        Gostar

  3. André Silva permalink
    30 Setembro, 2020 15:07

    Com raríssimas excepções (honra a Helena Matos, entre algumas outras conhecidas), como sempre vemos mulheres qual “vanguarda revolucionária” na linha da frente da destruição da nossa civilização (a melhor, mais desenvolvida, mais rica, mais equitativa, mais liberal e mais justa da nossa História humana – nomeadamente, ou principalmente, para as próprias mulheres).
    Se isto não é masoquismo, não sei o que será.
    Mas que principalmente elas, e todos nos, vão pagar o preço e que o preço será bem elevado, disso que não haja dúvidas.

    Liked by 1 person

    • Albino Manuel permalink
      30 Setembro, 2020 15:11

      Não, Helena Matos tem zero a ver com os valores milenares de base judaico-cristã. É apenas uma fanática de direita para quem a religião é instrumental. Por alguma razão veio do comunismo. Se fosse uma verdadeira cristã ou conservadora jamais teria frequentado esse deboche. Haja juízo e haja quem diga não.

      Gostar

  4. maria permalink
    30 Setembro, 2020 15:10

    Ó Albino não há médicos na sua terra? Só almeja duas figuras para destilar a sua raiva!

    Gostar

    • Albino Manuel permalink
      30 Setembro, 2020 15:33

      oh Maria, simplesmente Maria, como a radionovela de há 40 anos: não preciso. Mas sou um pouco como os Bourbon na apreciação de Talleyrand.
      Pode ir para a cozinha cozinhar mal para o marido e para os filhos. Se é que não é um “homem” em versão drag.

      Gostar

  5. chipamanine permalink
    30 Setembro, 2020 15:12

    Relacionar o virus com o crescimento económico pós-guerra e a dita monocultura extensiva é de uma barbaridade absoluta. Só “engole” esta merda (literalmente) gente ( e é muita gente) que tem como ícones da “sabedoria” a Cristina Gritadeira e todos aqueles quejandos programas “culturais” tipo Casa dos Segredos.
    Estamos lixados com estes “especialistas”
    Onde caberão as epidemias como a da gripe espanhola? e todas as anteriores?

    Liked by 1 person

    • Andre Miguel permalink
      30 Setembro, 2020 16:32

      Ora isso é facil: a gripe espanhola foi o resultado da especulação capitalista da revolução industrial, tal como antes a peste negra foi consequência da politica expansionista e xenófoba das cruzadas cristãs e assim por diante…

      Liked by 1 person

      • chipamanine permalink
        30 Setembro, 2020 19:51

        Pois um castigo de Deus……. continuamos tão obscurantistas como naquela altura não é?

        Gostar

      • Andre Miguel permalink
        30 Setembro, 2020 21:52

        Claro, a diferença é que os esquerdistas de hoje trocaram deus pelo ambiente.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        30 Setembro, 2020 22:01

        “Eu cá pra mim” estou mais certo que foi a China que espalhou o vírus. So que nenhum Batista da Silva (jornalistas) reparou.

        Gostar

  6. 30 Setembro, 2020 15:29

    Mais dois exemplos de como, quando a única ferramenta de uma pessoa é um martelo, ela olha para tudo como se fosse um prego. Estes “académicos” e “especialistas” estão ao nível de um Artur Baptista da Silva e quem lhes dá visibilidade está ao nível de um Nicolau Santos.

    Liked by 1 person

  7. Albino manuel permalink
    30 Setembro, 2020 15:34

    Andou a ler o quê?

    Gostar

  8. Weltenbummler permalink
    30 Setembro, 2020 15:36

    net
    la pauvreté peut être un frein au développement dans la mesure où elle a des répercussions sur d’autres éléments qui empêchent le développement
    COVID-19 : l’impact sur la pauvreté implique de changer de modèle, selon l’ONU
    Un retour en arrière de 30 ans dans certaines régions
    La pauvreté exacerbe les vulnérabilités à la crise
    À Rabat au Maroc, dans son petit logement qu’il partage avec d’autres migrants, Ali ne peut cacher ses émotions quand il raconte son quotidien depuis le début de la pandémie. “Franchement, j’ai un cœur meurtri, déçu”, confie le Togolais installé ici depuis plusieurs années
    « Le virus va nous affamer avant de nous rendre malades. »

    Gostar

  9. lucklucky permalink
    30 Setembro, 2020 16:43

    O ódio das elites aristo-socialistas ao povo capitalista nota-se bem no ódio que têm ás viagens baratas e fáceis.

    Liked by 1 person

  10. 1 Outubro, 2020 21:54

    Gostar

  11. Oscar Maximo permalink
    2 Outubro, 2020 08:35

    Leyla Acaroglu tem razão. Tanto que dizem que a abordagem da Suécia resultou devido ao facto da maioria viver sózinho. É suposto não ter funcionado noutros lados devido á sobrepopulação.

    Gostar

  12. Carlos Guerreiro permalink
    2 Outubro, 2020 09:05

    Numa notícia quando leio Lusa ou El País, passo em frente.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: