Saltar para o conteúdo

Manifs

4 Março, 2008

Porque raio é que o PS optou por contar gente em comícios de rua?

Parece que o Augusto Santos Silva foi o ministro da educação do tempo de Guterres, isto é, daquele governo que de acordo com  um actual secretário de estado, andou a fazer o jogo dos sindicatos da educação.

Acho estranho que ainda ninguém tenha aparecido a dizer que o movimento dos professores é um movimento social de tipo novo, espontâneo e não tutelado por partidos ou sindicatos. O que é uma boa indicação de que pode ser mesmo um movimento de tipo novo. Tão novo que os adeptos das causas e dos movimentos sociais não o conseguem entender ou capturar.

Muitas gajas, muitas manifestações a Norte.  É a Maria da Fonte. O novo é velho.

Porque é que o PS marca o seu comício para o Porto?

Estas manifestações organizadas por blogs e SMS são aquilo com que uma certa esquerda sempre sonhou. Só que aquilo está um bocado fora de controlo. Não pode ser facilmente apropriado pelas forças políticas oficiais. Não existem interlocutores fiáveis. Nenhuma negociação é possível.

Anúncios
27 comentários leave one →
  1. Teresa permalink
    4 Março, 2008 15:08

    Achava imensa piada era `s manifs do psd. Aquilo é que era. Vinha um e dizia vamos todos votar! E a manif gritava logo:
    Ao ps dê! ps dê! ps dê!

    E o ps agradecia o entusiasmo.

    Agora já num se vê isso. Quando muito é mais ao pp dê! pp dê

    Gostar

  2. 4 Março, 2008 15:19

    Até julgava que o Comissário Miranda atribuia a manif ao Governo. Mas não. É dum Partido.
    A não ser que a manif seja ilegal.

    Gostar

  3. 4 Março, 2008 15:22

    Lá terá que a Dra. Margarida da DREN, mais o Sr. Mesquita, edil de Braga, arranjar as camionetas camarárias cheias de velhotes, como os que vieram festejar a vitória do Costa e do “Zé”, até ao Altis do Pedreiro do Benfica.

    Viva o “Pê Éshe” do Senhor Inginhero Sucrates.

    Gostar

  4. 4 Março, 2008 15:56

    Então os professores não são do PS?

    Gostar

  5. 4 Março, 2008 16:05

    Como o Comissário diz ali mais abaixo, os profs estão em guerra contra o Governo.
    Como o Governo é PS, não há profs do PS.

    Gostar

  6. Tribunus permalink
    4 Março, 2008 17:09

    O Socrtes que se aguente, não existe futuro para esta ministra da educaçãp, se não tem inteligencia para o ver, vai ter a primavera, cheia de manifestações contra a ministra e no próximo arranque de aulas vai ter mais! Tenha raciocinio, não seja quadrado, depois de as coisas chegaram onde chegaram só mudando
    o cenário, talvez consiga aproveitar os restos……

    Gostar

  7. johnas permalink
    4 Março, 2008 17:16

    Tudo certo, que santos silva é uma regateira.

    Mas será que a Polícia vai identificar os comparsas da camarilha reinante?

    Gostar

  8. Zé do Boné permalink
    4 Março, 2008 17:17

    Sei que este comentário sai fora do tema do post, mas fico com a ideia que os autores deste blog ou andam muito distraídos.
    Sempre tão zelosos em evidenciar as ineficiências e falta de eficácia de tudo o que seja organismo público (sobretudo porque distorcem as regras do sacrossanto mercado) ainda não comentaram a prescrição de 764 milhões de euros que o Estado deixou de cobrar em impostos devidos pelos contribuintes que fugiram Às suas obrigações fidcais (distorcendo o tal sacrossanto mercado).
    Será porque os beneficiários desta prescrição seriam empresas privadas ?

    Gostar

  9. António Carlos permalink
    4 Março, 2008 17:17

    Caro JM,
    “Muitas gajas, muitas manifestações a Norte.”
    Passou-se!!? Não me diga que vai passar a postar no estilo !!!

    Gostar

  10. surumbas permalink
    4 Março, 2008 17:18

    Atenção, que não é já ministra, mas sinistra e além de má bem feia.

    Gostar

  11. Xantipa permalink
    4 Março, 2008 18:02

    Como já disse em anterior comentário estas manifs são um exercício de cidadania exemplar, fora dos controleiros partidários e à margem dos sindicatos que se vêm obrigados a apertar o passo para não perderem a viagem.
    “Respeito para quem trabalha” é uma palavra de ordem original porque já está esquecida do vocabulário de um governo que se diz socialista.
    Não sei quem é que vai obrigar o governo a recuar, se o Presidente da Republica ou o aparelho socialista que está a ver a maioria absoluta a ir pela água abaixo.
    Mas que vai recuar vai, e este será um mal menor, pois os professores pedem a demissão da ministra.
    Ora se a ministra for demitida o que é que resta a este governo que ladra para os fracos e mia para os fortes?
    A Justiça é uma fonte de escândalos, a saúde teve o ministro recentemente demitido e na educação a ministra não percebeu que não pode fazer reformas denegrindo a imagem dos docentes.
    Sabemos que há maus professores, bons professores e professores assim assim.
    Por aquilo que tenho ouvido e visto nestes últimos tempos não é o concurso para titular ou estes itens avaliativos que os vão diferenciar.
    Mas a verdade é que estas manifestações ordeiras e pacíficas, apesar das provocações policiais, são uma pedrada no charco na paz podre da política que se faz em Portugal!
    X.

    Gostar

  12. Teresa permalink
    4 Março, 2008 18:34

    É cada cassete!

    Gostar

  13. 4 Março, 2008 18:36

    Já não há manifs que cheguem para contraditar as encomendas que o governo faz aos media. Ontem, no prós e contras, assistiu-se ao mais lamentável cenário que alguma vez vimos na televisão portuguesa. Fátima Campos Ferreira levava a encomenda bem interiorizada e tudo fez para evitar que os convidados emitissem opiniões desalinhadas. Cortou-lhes a palavra em todos os momentos em que ousaram divergir da linha traçada pelo programa, algumas vezes de forma abrupta, indelicada e sempre a despropósito.

    Será que os jornalistas não têm um estatuto que permita avaliar o desempenho destas papagaias?! Temos que averiguar e opinar abundantemente sobre o assunto.

    Gostar

  14. Anónimo permalink
    4 Março, 2008 18:57

    Eu bem me parecia que, apesar de muito denunciado, o Estroncio / Anónimo não ia ser despedido e deixar o Piscoiso sem chefe.
    Surge agora, em roupa feminina.
    Quem será?

    Gostar

  15. balde-de-cal permalink
    4 Março, 2008 19:00

    o partido do desgoverno conta as espingardas dentro e fora. a coisa tá preta. o tiro pode sair pela culatra.
    vai haver o inevitável cortejo de reformados, comissários políticos e bufos para encher o comício. deviam fazer o mesmo num dos locais nocturnos mal frequentados

    Gostar

  16. 4 Março, 2008 19:40

    O Anónimo das 6:57 pm parece muito incomodado com quem tenha posições diversas das suas.
    Isso de chefes e roupa feminina, será porventura o seu mundo, que tenta transferir para os outros, sublimando-se.

    Gostar

  17. 4 Março, 2008 20:01

    Esta manif parece-me altamente arriscada para o PS. Por muita capacidade de mobilização que consiga, destroi qualquer tentativa de fazer passar a imagem de independência crítica do partido face ao governo.
    Quanto às manifs dos professores, são um movimento de tipo novo (entre nós), não apenas para partidos e sindicatos, mas também para a comunicação social. Como não falam a uma só voz, é possível ouvir, numa mesma manifestação, uma coisa e o seu contrário. Será interessante ver como os jornalistas gerem essa informação.

    Gostar

  18. sestercio permalink
    4 Março, 2008 20:44

    Maria, chamemos-lhe assim, afadigava-se durante anos a defender as medidas do PeXe na sala de professores. Ai santa Bárbara, se alguém dizia fosse o fosse sobre o primeiro, lá vinham trovões.
    Pois, ontem, silenciosamente, aproxima-se aqui do je e dispara:
    – Põe aí o meu nome na lista para o autocarro dia 8.

    Gostar

  19. 4 Março, 2008 22:33

    O PS anda mesmo preocupado.
    O comicio que irá promover é bem a prova da prepotência deste governo. O receio de terem à perna os professores, 15 a 20 mil, o que acho notável, responde com um encontro programado e ardilosamente organisado por uma máquina partidária. Até me parece que o modus operandi dos partidos latino americanos chegaram ao PS de direita português.
    É preciso ter-se lata e estar com enorme preocupação e receio para quererem mostrar ao povo, que o povo está com eles. O que os preocupa, não são os professores. O que os preocupa, são os milhares de portugueses que não vão votar PS, mas que não têm a poder reivindicativo dos professores por isso não têm capacidade e , porque não dizer, coragem para enfrentar esta politica lesiva dos interesses dos mais fracos.Os professores têm muito mérito. Conseguiram obter bons salários nas carreiras de topo, porque sempre demonstraram coragem para enfrentar este politicos que só usam o seu poder com os fracos. Aos fortes abrem as pernas e deixam, deixam até se cansarem.
    O comicio do PS, é uma vergonha para os próprios militantes e simpatizantes do partido. Quem fosse a esse comicio deveria ser marcado com uma cruz na testa.

    Gostar

  20. 4 Março, 2008 22:53

    o movimento – brilhante e desalinhado – dos profes deixou a corja, a governativa e a presidencial borrradas de medo….
    se esta espécie de desobediência civil alastrar – espero que assim aconteça – ao comum dos cidadãos o rectângulo passará a ser um sítio muito mais agradável!!!!

    a manif de desagravo do ps vai ser um escarro à moda antiga…metem a manada nas “caminetes” para irem urrar vivas ao “engenheiro”…. como no tempo do “lá vamos cantando e rindo”…

    Gostar

  21. Anónimo permalink
    4 Março, 2008 23:14

    Parece que é a primeira vez que os professores se manifestam. Pensava que era todos os anos.

    Gostar

  22. 5 Março, 2008 00:16

    O Povo há-de pagar a factura ao PS. O Manuel Alegre que não se apresse a formar outro PS, para limpar a imagem suja que o pino socrates construiu, e vamos ter o PSD no poder. Valha-nos ao menos este partido que, apesar de maiorias confortaveis e ministros menos de direita que os actuais,(quando cavaco foi primeiro ministro) não conseguiram provocar grande moça ao grosso dos portugueses. Só um partido neo liberal como o do socrates é que se atreveu a transformar o país num caos social, dando aos ricos cada vez mais fortuna à custa do pobre povo que os alimenta com a sua miséria, e os coloca nas redeas do poder. É preciso mudar de politica e de politicos. Os TaLibans do PSD, têm incetado uma luta sem treguas contra o luis filipe meneses. Mas, estou certo que as bases de apoio do presidente do PSD, o povo, vão dar uma resposta a esses atiradores furtivos, que nunca fizeram nada pelo PSD. É preciso mudar e a mudança para a verdadeira democracia, está no actual lider do PSD. Nunca foi poder.Não está comprometido com os poderosos que nos governaram ( atenção: não são só os actores principais, ministros e secretários de estado, são tambem, governdores vice governadores, presidentes de bancos ,administradores de empresas ex- ministros e não só, e tanta outra gente comprometida e que se mantêm no poder para se branquearem uns aos outros, como por exemplo presidentes e conselhos directivos de universidades que oferecem canudos, a quem tambem lhe ofereceu coisas)ao longo destes ultimos 30 anos. É isto meu caro povo. vamos mudar de actores nas próxiams eleições para denunciar essa gente que enriqueceu à nossa custa.

    Gostar

  23. TâniaV permalink
    5 Março, 2008 01:07

    Dia 8 manifestação em silêncio! Sem palavras de ordem!

    Isso é que era!

    Gostar

  24. 5 Março, 2008 02:27

    Então lá estaremos na manif do dia 8… ou melhor 15… hum… 25 de Abril… pera aí, não será mesmo 1 de Maio. Ah já sei é dia 23 de dezembro no Colombo, exigir ao pai natal um téni cheio de prendas num fato de treino púrpura. Manif há muitas seus palermas… e eu por mim sou uma Maria não vai com as outras, só algumas. Que governo tão triste que não merece o povo que tem, mas tem o povinho que herdou.

    Gostar

  25. 5 Março, 2008 09:44

    Acho estranho que ainda ninguém tenha aparecido a dizer que o movimento dos professores é um movimento social de tipo novo, espontâneo e não tutelado por partidos ou sindicatos.

    A opinião púbica, descontando os profs, considera que tudo isto não passa de um rebanho de carneirada.

    Gostar

  26. 4 Agosto, 2009 12:38

    A Gomes e a Elisa

    A “fome” das “meninas” não é parca:
    Uma, ou Assembleia ou Bruxelas,
    Outra, ou ali, ou Porto autarca:
    A Gomes e a Elisa, mas que belas!

    Que esperteza subtil mostram ter elas!
    Gente expedita, e de boa marca
    Não se importam nada das sequelas,
    Não haverá pedaço que as farta?

    Estando um pouco à rasca o Monarca,
    Com o Povo mordendo-lhe as canelas,
    Ele vai dizer: não vou em mistelas,
    Há mesmo que tirar uma só carta.

    ______________________________

    Gostar

  27. 12 Fevereiro, 2010 11:01

    Quem investiga o casino estoril e o trafulha do administrador mario assis ferreira, operação furacão feita ao casino, os despedimentos dos 130 trabalhadores a colecção de estatuas de santº antonio os bares e discoteca do casino gerido pela familia .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: