Saltar para o conteúdo

Prova de fé

1 Abril, 2008

Al Gore vai gastar 300 milhões de dólares numa campanha para defender as suas teses sobre o aquecimento global. Perante isto, ocorreram-me as questões seguintes:

O que é que uma campanha de publicidade pode fazer pelas ideia de Al Gore que a comunicação social não faça já de borla?

Se Al Gore está certo, porque é que uma campanha de publicidade haveria de funcionar melhor que os seus argumentos, livros, conferências, aparições na TV etc?

Se Al Gore está errado, os factos acabarão, mais tarde ou mais cedo, por refutar as suas ideias. Sendo assim, para que é que se deitam 300 milhões de dólares fora?

Tenho uma teoria. Com este evidente desperdício Al Gore pretende sinalizar a sua fé nas suas ideias. Nada mais.

23 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    1 Abril, 2008 13:27

    Por exemplo, Al Gore podia distribuir dinheiro pelos blogs que divulgassem positivamente a sua causa…

    Gostar

  2. 1 Abril, 2008 13:29

    A teoria do Al Gore, é a de que a teoria do Comissário Miranda está errada.
    E investe nisso.

    Gostar

  3. 1 Abril, 2008 13:31

    será que as televisões, livros, argumentos e tudo isso têm funcionado? ou será que a mentalidade de muitas pessoas é muito dificil de mudar?
    o sr miranda parece-me um daqueles que não se quer render è evidência de que o homem está a destruir o seu jardim que é a terra.

    Gostar

  4. Zenóbio permalink
    1 Abril, 2008 13:33

    João Miranda,

    Nem todos podem ter o patrocínio das empresas petrolíferas. Quem quer divulgar ideias e não está disposto a vender a alma ao Diabo, faz pela vida e encontra alternativas.

    Gostar

  5. Nuspirit permalink
    1 Abril, 2008 13:57

    É uma fábula o que tu nos contaste”, disse com desprezo o pastor peul (etnia do Senegal).
    “-Sim, respondeu o caçador de crocodilos, mas uma fábula que todo mundo repete parece muito com a verdade!”.

    Gostar

  6. Nuspirit permalink
    1 Abril, 2008 14:01

    Quem colocar dúvidas sobre o aquecimento anunciado fica logo catalogado como “louco, mal intencionado ou a soldo da indústria petrolífera”. Naturalmente, aqueles que “lucram” com o maná confeccionado pelo alarmismo estão acima de qualquer suspeita!

    Gostar

  7. caramelo permalink
    1 Abril, 2008 14:37

    O JM é o emplastro privativo do Al Gore.

    Gostar

  8. Pi-Erre permalink
    1 Abril, 2008 14:58

    3 milhões de dólares = 300 milhões de euros. Certo!

    Gostar

  9. Paulo permalink
    1 Abril, 2008 15:28

    Catch-22. Al Gore mostra ser generoso e estar genuinamente preocupado com os problemas do planeta, o que faz dele um bom candidato a presidente, mas essa ideia esfuma-se no momento em que ele se candidatar.

    Gostar

  10. Zenóbio permalink
    1 Abril, 2008 18:34

    Nuspirit

    Claro que a Industria Petrolífera não tem nenhum interesse em recrutar os media a seu favor. Nem há conúbio entre jornalistas e interesses económicos … Honni soit qui mal y pense

    Gostar

  11. 1 Abril, 2008 18:42

    E altruísmo? Ah, não existe, tinha-me esquecido.

    Gostar

  12. rxc permalink
    1 Abril, 2008 22:29

    O JM continua no seu devaneio, não se percebe bem porquê. O que é estranho, vindo dum suposto investigador numa área científica.
    Alguém o avise da existência de um consenso praticamente unânime em relação a esta questão. Claro que haverá alguém que vai pegar na questão do “praticamente” e tentar abrir por aí uma linha de argumentação, mas isso só revela o desconhecimento de como é feita a ciência, dado que é quase impossível haver um consenso unânime em relação a matérias tão complexas como esta (que diabo, há “cientistas” que defendem acerrimamente que a Terra foi criada à 6000 anos, e até apresentam teorias para suportar essa afirmação).
    Recomendo-lhe (que imprudência a minha!) que faça alguma pesquisa, em diversas fontes, para ter uma noção da quantidade avassaladora de estudos que apontam para a existência de aquecimento global com causas antropogénicas. E depois compare com os estudos que põem em causa essa teoria (e não vale incluir estudos comissionados pelas petrolíferas nem feitos por argumentistas de Holywood).
    Essa táctica de FUD já não cola, e torna-se ridículo essa obsessão, que raia a fanatismo.

    E removendo de todo esta questão do aquecimento global, qual é o mal em haver uma preocupação pelo planeta? Que mal tem em ser-se apologista de uma utilização racional e eficiente da energia? Qual é o mal em tentar diminuir os actuais níveis de poluição? Qual é o mal em desenvolver políticas sustentáveis, que evitem a exaustão dos recursos (actualmente já consumimos acima da capacidade de reposição que o planeta tem)? Que mal tem em querermos deixar um planeta mais limpo e saudável para as gerações futuras? Nem que seja só pelo gozo da coisa…
    É que não se percebe bem onde quer o JM chegar com a sua posição.

    Gostar

  13. 1 Abril, 2008 22:39

    Se Al Gore acredita verdadeiramente que o dinheiro que investir pode ajudar a melhorar o ambiente e a diminuir o aquecimento global, e se está disposto a avançar com ele muito bem.
    E quem não gosta azar, não têm nada a ver com isso!!!

    Gostar

  14. mdn permalink
    2 Abril, 2008 04:50

    Talvez ainda Al Gore tenha esperancas em ser o salvador e unificador do partido democrata nas eleicoes presidenciais de 2008, sobretudo agora com o empate entre Obama e Hillary e as vergonhas na Florida e Michigan. E’ claro que se, por absurdo, fosse eleito, teria de voltar atras com toda esta cantilena das alteracoes climaticas e acabaria por fazer pouco mais do que aquilo que fez quando foi VP da administracao Clinton. Al Gore=bla bla.

    Gostar

  15. 2 Abril, 2008 09:39

    nos dias de hoje é de celebrar que exista alguém com fé nas suas ideias. e aparentemente vai usar o dinheiro dele……

    Gostar

  16. Anónimo permalink
    2 Abril, 2008 12:04

    Nem todos podem ter o patrocínio das empresas petrolíferas. Quem quer divulgar ideias e não está disposto a vender a alma ao Diabo, faz pela vida e encontra alternativas.

    Zenóbio, e quem financia a teoria que defende o Al Gore ? São fortunas colossais em estudos pagos na sua grande maioria pelos contribuintes de meia dúzia de países. O patrocínio das petroliferas são trocos, não devem sequer cobrir os custos da investigação portuguesa que é quase insignificante no total.

    Gostar

  17. Zenóbio permalink
    2 Abril, 2008 13:58

    “São fortunas colossais em estudos pagos na sua grande maioria pelos contribuintes de meia dúzia de países. O patrocínio das petroliferas são trocos”

    Sobre os estudos pagos pelos contribuintes, isso só acontece nos países que não contam com as sumidades do blasfémias.
    Na minha freguesia estamos a fazer um peditório para entregar às “sete irmãs” com a finalidade de financiar estudos alternativos à realidade, tipo Twilight Zone, versão revista e corrigida pelo João Miranda. As pobres das petrolíferas estão com um aperto de dinheiro que toda a ajuda é bem recebida.

    Gostar

  18. rxc permalink
    2 Abril, 2008 14:14

    Sendo o JM um fanático defensor dos mercados livres, como pode criticar que alguém use o seu dinheiro para o que bem entender? Pasmo com tal contradição.

    Para o post 16., o esforço financeiro envolvido nos estudos resulta da necessidade urgente de obter o máximo de conhecimento sobre o assunto, para se poder fazer uma avaliação correcta da realidade. Se a esmagadora maioria dos estudos aponta no mesmo sentido, podemos estar quase certos (em Ciência não há certezas absolutas, dado que é impossível criar um modelo totalmente fidedigno do que se passa na realidade) de que algo de muito mau está a acontecer. O canário na mina está prestes a morrer (Gronelândia e Antárctica).

    Gostar

  19. Anónimo permalink
    2 Abril, 2008 17:49

    Sendo o JM um fanático defensor dos mercados livres, como pode criticar que alguém use o seu dinheiro para o que bem entender? Pasmo com tal contradição.
    rxc Diz:
    2 Abril, 2008 às 2:14 pm

    Resta saber se é dele. Se um qualquer céptico fizesse o anúncio de que ia gastar 300 milhões este post teria dezenas de comentários a falar de dinheiro das petrolíferas.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    2 Abril, 2008 17:54

    Já para não falar no sorriso com que as administrações dos Media recebem o Al Gore quando este diz que quer gastar 300 milhões em propaganda.

    Gostar

  21. rxc permalink
    2 Abril, 2008 22:38

    Tem razão, ele apenas vai gastar cerca de 3 milhões, o resto será angariado pela “Alliance for Climate Protection”

    Mas falam aqui em cépticos como se isto fosse uma questão de fé. Para vocês os defensores do criacionismo também são cépticos em relação à teoria da evolução de Darwin certo? Há quem lhes prefira chamar-lhes obscurantistas (parece que é uma moda cada vez com mais adeptos, sejam muçulmanos ou cristãos), néscios, ignorantes. Há também quem lhes chame Mike Huckabee. Haverá sempre cépticos e se fosse por isso, nunca se fazia nada.

    Em relação aos petrolíferas, são um grupo de interesses declarado, que estão ali pelo dinheiro, pura e simplesmente. Em relação ao Al Gore e companhia, são outro grupo de interesses, que, até ver, estão ali para consciencializar a população mundial para os gravíssimos riscos que corremos se mantivermos a situação actual, procurando proteger este habitat único em que, até encontrarmos outro, temos todos de viver. Eu por mim prefiro escolher o lado dos que se interessam pelo meu futuro e o das gerações futuras, que defendem uma atitude responsável em relação ao ambiente e à exploração dos recursos naturais, e uma mudança de paradigma em termos energéticos.

    Já para não falar no sorriso com que as administrações dos Media recebem o Al Gore quando este diz que quer gastar 300 milhões em propaganda.
    Para se realizar uma campanha de sensibilização a nível mundial, é difícil não se gastar dinheiro.

    Gostar

  22. Anónimo permalink
    3 Abril, 2008 00:59

    Eu por mim prefiro escolher o lado dos que se interessam pelo meu futuro e o das gerações futuras, que defendem uma atitude responsável em relação ao ambiente e à exploração dos recursos naturais, e uma mudança de paradigma em termos energéticos.

    Explique-me como é que um filme chamado Inconvenient True está à venda no comércio e não disponível no You Tube se é por causa do futuro da humanidade. É por causa do bolso meu caro. Do bolso do Al Gore. É comovente ver tanto idiota útil por aí.

    Gostar

Trackbacks

  1. A ler « Ágora Social

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: