Saltar para o conteúdo

Criminalidade II

22 Agosto, 2008

PSD exige demissão do ministro da Administração Interna

O PSD tenta explorar a forma irracional com que o eleitorado reage às notícias sobre crimes violentos. Este tipo de exploração política da irracionalidade nunca tornou a sociedade mais segura. Como a exploração da irracionalidade gera ainda mais irracionalidade e como a irracionalidade tende a gerar ainda mais violência, o mais provável é que este tipo de exploração não resolva nenhum problema de criminalidade e como bónus ainda crie problemas que não tínhamos.

13 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    22 Agosto, 2008 22:40

    Qualquer dia tornam a situaço tao grave tao grave.. que ainda vai acontecer como em Italia. Mandam militares patrulhar as avenidas. E depois os ladroes em vez de pistolas trazem canhoes… lol
    É a loucura.

    Gostar

  2. Luis Moreira permalink
    22 Agosto, 2008 22:56

    Mas mesmo que não seja verdade vermo-nos livres deste Ministro seria uma coisa óptima!

    Gostar

  3. 22 Agosto, 2008 23:20

    Dizia o anterior comentário : “mesmo que não seja verdade vermo-nos livres deste Ministro seria uma coisa óptima!” . Talvez. Não sei se seria óptimo ou não. O que sei que não é de certeza óptimo é a exploração da irracionalidade com que se reage ao tipo de notícias com que nos inundam sobretudo quando isto é essencialmente motivado por razões de audiência e falta de outros assuntos da nossa querida comunicação social. Aliás eu proponho que passem a colocar equipas de reportagem nas esquadras de polícia em permanência. Assim terão um fluxo constante de violência para reportar.

    Gostar

  4. Ibn Erriq permalink
    22 Agosto, 2008 23:23

    Então perante isto todos devemos ficar a assistir da bancada e ninguém diz nada, é isso?

    Gostar

  5. 22 Agosto, 2008 23:36

    É fazer um abaixo assinado a pedir a demissão do nimistro.

    Gostar

  6. Doe, J permalink
    22 Agosto, 2008 23:42

    “Então perante isto todos devemos ficar a assistir da bancada e ninguém diz nada, é isso?”

    Proíbem-se as noticias. Ou cria-se um comissão que decida quais podem ser noticiadas. A bem da nação.

    “Como a exploração da irracionalidade gera ainda mais irracionalidade e como a irracionalidade tende a gerar ainda mais violência,(…)”

    Problema resolvido.

    Gostar

  7. rogério permalink
    23 Agosto, 2008 00:12

    A ausência de actividade política até potenciará o maior destaque actual da criminalidade; mas será isto negativo e gerador de irracionalidade? Vejamos por outro prisma: a cobertura oficiosa dos actos da vida política, ao ritmo do que as centrais de propaganda, sobretudo do Governo,agendam, que acontece fora de Agosto, não olvida o país real? Neste, há crimes e bem violentos! Ao menos assim, em Agosto, sabemos que eles existem , são diários e bem chocantes.É ´também este o tal país real! Assim em evidência, resta ao ministro e outros responsáveis assobiar para o lado, desvalorizar, pôr uma cara séria e bla,bla,bla. Entretanto as leis penais sâo cada vez mais laxistas e este ministro da A. Interna ( um dos principais responsáveis por elas, no seu cargo anterior), largará aquele ar de tótó com blazer de botóes amarelos quando um dia for vítima de assalto, agressão gratuita ou car jacking. Demita-o , sr P.R.

    Gostar

  8. Anonimo permalink
    23 Agosto, 2008 03:04

    .
    O PSD continua a agarrar mal os problemas. Sem Estratégia e Tactica. Sem Ideia para Portugal, de Portugal, sem oposição há vários anos o que foi seguido atentamente pelos Portugueses. Digamos, na faixa do “no return point” da recuperação impossivel junto dos Portugueses. De facto nenhuma das agendas partidárias foi capaz de reinventar ou sequer reajustar-se para responder bem ao Novo Mundo que surgiu com o Sec XXI.

    Gostar

  9. 23 Agosto, 2008 10:29

    O ministro já devia ter sido demitido no caso “Verde Euféma”… bem como o da Agricultura…foi um caso descarado de desvalorização em directo do prejuizo do agricultor para despromover o crime de público a semi-público…

    PS – JM, você é chato… o seu artigo de hoje no DN continua a ser uma vergonha!

    Gostar

  10. 24 Agosto, 2008 12:47

    Alta criminalidade em Agosto. Portugal aproxima-se do Reino Unido no crime a na política educativa

    – Alta criminalidade
    Portugal está a viver o mês de Agosto com o mais elevado número de actos criminosos associados a alta violência armada. E Sócrates mantém-se em silêncio. Em breve, assistiremos à divulgação de mais um estudo, encomendado às sempre as mesmas equipas do ISCTE, que virá sossegar os portugueses com estatísticas que mostrarão que…blá…blá…blá…, é preciso é desdramatizar porque essa onda de violência só existe porque os jornais e as televisões falam dela…, que Portugal é o país mais sossegado e manso da Europa.

    – O que é que a Educação tem que ver com isto?
    Há quem julgue que isto não tem que ver com a Educação e as políticas educativas. Engana-se quem pensa assim. Tem e muito. Sócrates e MLR, apoiados em think tanks modernaços, têm vindo a inspirar-se no “socialismo” modernaço criado por Blair e prosseguido por Brown, introduzindo medidas políticas que aceleraram o processo competitivo nas sociedades e nas escolas, desautorizaram e humilharam os professores, ampliaram as desigualdades sociais e enfraqueceram as comunidades e as tradições culturais. Os resultados estão à vista, quer no Reino Unido quer em Portugal. A colega Ana analisa essa similitude num comentário que me parece muito esclarecedor:
    Sócrates recrutou as mesmas equipas de assessorias e consultores inglesas e, eventualmente, norte americanas que serviram Blair. Estas empresas e consultores seguem programas-tipo – pacotes/tipo.
    Desde há três anos, aviso que a sociedade portuguesa vai tornar-se extremamente violenta e a causa está nas políticas educativas e sociais deste (des)governo. A economia só pode agravar um pouco a situação, mas não explica de modo nenhum a escalada de violência que começa a vir à tona na comunicação social.
    Creio que as pessoas não têm nenhuma consciência, nem relacionam MLR com esta escalada de violência. Enganam-se. Maltratar os professores e injuriar tem consequências gravíssimas do ponto de vista do simbólico. É sobre o simbólico que todas as regras sociais são internalizadas e permitem a expressão, do ponto de vista dos comportamentos – expressão do que é ou não permitido nas relações sociais.
    A expressão social pela via da violência tem por base não questões económicas mas culturais em sentido lato. A Educação, com legado de património cultural do país e universal, é actualmente, quiçá, o maior factor identitário de um povo, de uma nação e da cultura democrática universal.
    O legado de Sócrates e de MLR/VL/JP é também isto.
    Ana
    Políticas desumanas criam cidadãos desumanos
    O culto da mudança pela mudança, o enfraquecimento do peso da herança cultural no currículo, o apoucamento dos professores, a destruição da autoridade dos professores, a culpabilização destes face aos pais e aos alunos e a criação de obstáculos ao exercício das funções lectivas têm vindo a criar na opinião pública a ideia de que os professores são os culpados dos males da sociedade e são uma profissão que perdeu estatuto e importância social. Em termos simbólicos, as políticas educativas de Sócrates e de MLR contribuiram para enfraquecer um dos pilares da autoridade da nossa sociedade. O enfraquecimento do valor simbólico da autoridade dos professores e das escolas veio associado à quebra de referências culturais e éticas, em consequência da destruição das comunidades culturais e laços identitários. A crise económica só acelerou o processo. As verdadeiras razões da onda de violência e do aumento da criminalidade violenta são educativas e culturais. Não são predominantemente económicas. Se estas políticas educativas e a guerra aos professores continarem, só podemos esperar que a violência alastre e assuma contornos cada vez mais cruéis e desumanos. Políticas desumanas criam cidadãos desumanos.
    Sobre o valor simbólico da escola e as consequências que a construção da grande mentira está a provocar na erosão do prestígio e autoridade dos professores, vale a pena ler o post do Paulo Guinote, “Sucesso à Força”.
    Quer participar neste debate? Faça deste tema um fórum de discussão ao logo do dia de hoje. Colabore com os seus comentários.
    In,
    http://www.professoresramiromarques.blogspot.com/

    Gostar

  11. 24 Agosto, 2008 22:24

    Para (11),

    “O PSD tenta explorar a forma irracional com que o eleitorado reage às notícias sobre crimes violentos”.

    Porque será? Porque não centra as respostas nas causas políticas, de facto? Nas opções da política caseira do desgoverno socretino? Não sabe as causas (não acredito), não pode (impensável, está a fazer oposição política), não quer. Não quer apontar as (verdadeiras) causas para tal (criminalidade) ao desgoverno socretino, porquê?
    As respostas do MAI são as chamadas respostas “tradicionais” do PS e do PSD, deste regime político. Não chega. Estão ultrapassadas. Não têm hipóteses de vingar. Naturalmente. Esta criminalidade é uma “guerra de guerrilha” e quaisquer meios operacionais da melhor polícia do mundo não têm resposta.

    Porque é que Manuela Frreira Leite e o PSD não fazem o ataque ás verdadeiras causas da chamada actual vaga de criminalidade!?

    IPSSSSSS

    Gostar

  12. Fábio permalink
    28 Agosto, 2008 21:34

    Nós é que deviamos criar uma guerrilha para combater esses merdas que assaltam todo e todos.

    A maior parte é brasileiros e negros, e não me venham dizer que não.. Setúbal tá uma porcaria, na margem sul há assaltos todos os dias.

    Mas os portugueses comem e engolem..

    Isto tá a precisar é de um bocado de extrema direita

    Gostar

Trackbacks

  1. Certamente! política: PSD “exige” demissão do MAI: como reagiu a blogosfera

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: