Saltar para o conteúdo

Ensinar.

17 Setembro, 2008
by

Leitura recomendada: “O Mao até não foi mau“. No Fiel Inimigo (que cita outros blogues e outras fontes).

Teaser: O comunismo foi positivo para a economia, o Exército Zapatista é um “movimento social” e a globalização quer transformar o mundo num “vasto casino”. – No manual “Caminhos de História”, do 12º ano, editado pela ASA, e Cadernos de História, do 9º ano, da Texto Editores.

Anúncios
59 comentários leave one →
  1. Antonio permalink
    17 Setembro, 2008 20:32

    Escandaloso.

    Gostar

  2. Pi-Erre permalink
    17 Setembro, 2008 20:48

    Esses livros não estão de acordo com as Sagradas Escrituras, logo devem ser queimados.

    Gostar

  3. trololo permalink
    17 Setembro, 2008 20:51

    A superior sapiência das nações já formulou esta lei naquele seu fino adágio: O coração não sente o que os olhos não vêem. A mais pequenina dor que diante de nós se produz e diante de nós geme, põe na nossa alma uma comiseração e na nossa carne um arrepio, que lhe não dariam as mais pavorosas catástrofes passadas longe, noutro tempo ou sob outros céus. Um homem caído a um poço na minha rua mais ansiadamente me sobressalta que cem mineiros sepultados numa mina da Sibéria: – e um carro esmagando a pata de um cão, em frente à nossa janela, é um caso infinitamente mais aflitivo do que a heróica e admirável Joana d’Arc queimada na praça de Rouen.

    Eça de Queirós

    Gostar

  4. george duhamel permalink
    17 Setembro, 2008 21:06

    Mas está certo, ó jcd, certíssimo, e nem tinha reparado. Mas vamos que ainda alguém lá anda atento. E então muito obrigado.

    Gostar

  5. Pinto permalink
    17 Setembro, 2008 21:27

    Já tinha tocado nesse assunto no post do João Miranda, com o título “Ignorância gera Xenofobia”.

    Na verdade, mais parecem discursos da bancada parlamentar do PCP que excertos de livros escolares. Vou voltar a publicar porque acho, no mínimo, escandaloso.

    [Comparação entre Estaline e McCarthy]
    “Se, na URSS, a acção de Estaline provocou milhares de mortos e a deportação de milhões de pessoas para campos de trabalho forçado na Sibéria, nos EUA a perseguição aos suspeitos de simpatizarem com o comunismo e de promoverem actividades antiamericanas transformou-se numa verdadeira “caça às bruxas” que ficou conhecida por maccarthismo” (Novo História 9, Texto Editora).

    [O regime cubano e a culpa dos EUA]
    “A princípio tratava-se de uma revolução democrática e nacional. A opção socialista só foi tomada após o bloqueio económico imposto pelos EUA a Cuba. Fidel Castro aproximou-se então, estrategicamente, da URSS e do modelo socialista soviético. Osocialismo cubano apostou, sobretudo, no desenvolvimento agrícola e nos domínios da saúde e do ensino, sectores onde atingiu bons resultados. Actualmente, Fidel Castro continua a ser o dirigente de Cuba. O país atravessa sérias dificuldades devido à continuação do bloqueio e tenta ultrapassá-lo através da aproximação à Europa.” (Novo Clube de História 9, parte II, Porto Editora)

    [O que é o Exército Zapatista de Libertação Nacional?]
    “O Exército Zapatista de Libertação Nacional é um MOVIMENTO SOCIAL que luta pelos direitos dos povos indígenas da América Latina. No México, tem combatido pela libertação do povo de Chiapas. Os objectivos dos zapatistas são: o fim da pobreza e da violência, o direito à terra, os direitos das mulheres, a preservação ambiental, a aplicação da democracia e da justiça.” (Caminhos da História, 12º ano, Asa, Volume III).

    [Os sucessos da URSS]
    “Qualquer que seja o modo como se encare a filosofia comunista, a verdadeé que devem ser-lhe creditadas realizações positivas na Economia, domínio em análise: uma acentuada melhoria dos métodos agrícolas e do rendimento do solo, expansão considerável da industrialização; introdução da planificação que tem, pelo menos, a vantagem de evitar a superpopulação.” (Caminhos da História, 12º ano, volume I, ASA)

    [EUA, o grande Satã]
    “Um unilateralismo violento substituiu o multilateralismo predominante até 1990, já que Washington passou a agir sem consultar os seus aliados, provocando cisões no bloco ocidental. (…) Numa atitude de prepotência, que demonstra a real superioridade dos Estados Unidos e o seu menosprezo pelos outros países, a administração Bush negou-se a assinar os tratados que limitam a proliferação de armamento não convencional, revogou unilateralmente o tratado de limitação de mísseis antimíssil, recusou os acordos ambientais de Quioto e rejeitou o Tribunal Penal Internacional. (…) Os EUA possuem as armas mais poderosas da terra, um assustador arsenal de alta tecnologia que lhe oferece várias opções para aniquilar o inimigo. (…) Na verdade, os EUA manobram a economia mundial de acordo com os seus interesses. (Caminhos da História, 12º ano, ASA, volume III)

    “Tropas americanas atacam populações iraquianas” (legenda de uma foto: Novo História 9, Texto Editores)

    [A propósito do maoísmo]
    “O maoísmo estabelecia a criação de comunas populares rurais, construidas por milhares fde famílias que viviam numa lógica de auto-suficiência. Contudo, estas experiências ficaram muito aquém do desejado e provocaram a oposição de muitos membros do partido Comunista Chinês. Por isso, em 1966, o líder chinês desenvolveu um programa de Revolução Cultural, que tinha como objectivo o afastamento dos opositores do regime, objectivo apoiado por muitos jovens chineses que veneravam a figura de Mao.” (Cadernos de História 9, Areal)

    [Sobre a morte de Allendre]
    “A democracia foi derrubada por um golpe militar (…). Allendre, o presidente eleito, FOI MORTO QUANDO A FORÇA AÉREA BOMBARDEOU O PALÁCIO PRESIDENCIAL.” (Caminhos da História, 12º ano, ASA, Volume III)
    NOTA: Hoje, até a família aceita a tese de suicídio

    ESTES EXCERTOS FORAM RETIRADOS DA REVISTA SÁBADO Nº 228

    Gostar

  6. 17 Setembro, 2008 21:30

    Caraças… as coisas que eu não aprendi no tempo em que havia Escola….

    Gostar

  7. pica dura permalink
    17 Setembro, 2008 21:33

    vivemos numa ditadura nacional-socialista

    Gostar

  8. LGP permalink
    17 Setembro, 2008 21:37

    Eu acho um bocado pretencioso querermos valorar positiva ou negativamente,
    o efeito do movimento comunista na economia com um distanciamento histórico e emocional tão curto.
    Por um lado, é demasiado cedo para tirar conclusões, por outro,
    ainda há demasiados comunistas ferrenhos e anti comunistas primários,
    para muita gente a guerra fria ainda não acabou.

    Os Zapatistas como todos os movimentos de guerrilha, têm uma base social,
    de outra forma desapareciam.
    Mas claro que continuam a ser guerrilheiros e não evangelistas.

    Quanto á globalização :
    Como todas as supersimplificações esta frase é uma estupidez.

    Gostar

  9. trololo permalink
    17 Setembro, 2008 21:46

    Toda a gente sabe que allende era um espião soviètico que foi derrubado por agentes inflitrados chineses a soldo dos estados unidos..pinichet foi uma pobre marioneta nms mãos dos interesses chino americanos..retirado de um livro do 12 ano da Porto Editora

    Gostar

  10. 17 Setembro, 2008 21:46

    O homem já morreu. É costume dizer bem de quem já morreu.

    Gostar

  11. Joao Carlos permalink
    17 Setembro, 2008 21:48

    É demasiado cedo para tirar conclusões ? basta perguntar aos cidadãos dos países do leste se gostaram de viver 50 anos sob a pata do comunismo. Ou então comparar o nivel de vida entre : Coreia Norte e Coreia Sul ; China e Japão; Cuba e Chile; Alemanha Leste e Alemanha Ocidental; Europa Ocidental e Russia.Não ver estas diferenças abissais é muito estranho…

    Gostar

  12. LGP permalink
    17 Setembro, 2008 22:03

    Qualquer pessoa com um conhecimento básico de História universal
    sabe que as coisas não são assim tão lineares.
    P.Ex :
    A segunda guerra mundial foi terrível, matou milhões de pessoas,
    mas foi excelente para a economia.

    Sabe onde vai estar a china (que ainda é comunista),
    comparativamente ao Japão daqui a 20 anos ?
    E Cuba em relação ao Chile ?

    A cegueira ideológica é mortal para a capacidade de análise.

    Gostar

  13. Anónimo permalink
    17 Setembro, 2008 22:05

    Escandaloso e´não dizer qu o capitalismo lança milhões de seres humanos na miséria todos os dias.

    Mas os familiares dos ex pides que por aqui andam não falam disso.

    Gostar

  14. 17 Setembro, 2008 22:06

    Quem são os autores? algum de v.s tem aí o nome dos autores dos manuais?

    Gostar

  15. tina permalink
    17 Setembro, 2008 22:09

    Que horror!… Mas afinal já existe algum comité que aprova os livros escolares ou ainda não? Pensar que foram aprovados por algum órgão oficial até dá arrepios na espinha. Isto está a ficar sem lei nem ordem.

    Gostar

  16. 17 Setembro, 2008 22:13

    O comité fazia pior. Sempre fez… Por isso é que tenho curiosidade nos nomes.

    Gostar

  17. Mialgia de Esforço permalink
    17 Setembro, 2008 22:15

    Quem foi o débil mental que escreveu estas baboseiras?

    Vai-se a ver e o camarada Estaline, o Pai dos Povos, foi um bacano.

    Aquele moço da bancada do PCP que tanto gosta de elogiar o regime democrático da Coreia do Norte deve estar eufórico.

    Gostar

  18. Mialgia de Esforço permalink
    17 Setembro, 2008 22:18

    O Ministério da Educação não tem nada a dizer sobre isto? E a CONFAP, para além de abichar fundos do Orçamento do Estado, também não?

    Gostar

  19. 17 Setembro, 2008 22:23

    LGP dixit:

    “A segunda guerra mundial foi terrível, matou milhões de pessoas, mas foi excelente para a economia.”

    Também escreve manuais de história?

    Gostar

  20. arcanjo permalink
    17 Setembro, 2008 22:31

    MEUS AMIGOS JÁ NO PASSADO ALGUÉM TEVE A LUCIDEZ DE PREVER O FUTURO..
    http://br.youtube.com/watch?v=S7_YFKyhQMI

    Gostar

  21. Joao Carlos permalink
    17 Setembro, 2008 22:45

    Resposta ao 12., não, não sei onde vai estar a China daqui a 20 anos, mas sei, sabemos todos como viveram as pessoas nos paises comunistas nos ultimos 50 anos. Chegam-lhe 50 anos ? pelos vistos o ceguinho ideológico é você, só que ainda não percebeu…é preciso fazer-lhe um desenho ?

    Gostar

  22. LGP permalink
    17 Setembro, 2008 23:03

    Ao 19

    Não, ainda não escrevo manuais, mas ando a ver se me convidam.

    Ao 21

    Não, não me chegam 50 anos, se calhar nem 100.
    por isso é que se chama perspectiva histórica.
    O seu anti-comunismo primário torna-o cego, falam-lhe em Mao tsé tung
    e na revolução de Outubro e você visualiza a Odete Santos no Outono.

    Que lado apoiaria na guerra dos 100 anos ?
    compreende o que significa distanciamento ?

    Gostar

  23. Olavo permalink
    17 Setembro, 2008 23:35

    Todas essas informações pró-esquema revolucionário fazem parte da guerra cultural contra o mundo livre.
    Olavo de Carvalho explica isso muito bem

    Gostar

  24. Carlos III permalink
    18 Setembro, 2008 00:25

    Face a essa salgalhada toda de asneiras, verdades e meias verdades nos manuias, compreendo que um miúdo opte pelo insucesso escolar.

    Gostar

  25. 18 Setembro, 2008 00:28

    zazie, os autores do manual do 9º ano que tenho aqui à minha frente são: Maria Emília Diniz, Adérito Tavares e Arlindo M. Caldeira. Umas bestas garanto-lhe.

    Quanto ao Che:

    Foi morto, em 1967, na Bolívia, onde chefiava as forças da guerrilha. O seu exemplo de coragem e solidariedade fizeram dele um mito que ainda hoje perdura. História Nove, Parte 2, Lisboa Editora, Pág 52.

    …ao nacionalizar as grandes propriedades de empresas americanas,(Castro) passou a ser alvo do ataque dos EUA, o que o levou a procurar o apoio da URSS.
    A partir daí, o regime cubano deixou-se influenciar pelo modelo soviético (colectivização das terras, nacionalização das empresas, planificação económica centralizada). Deu-se também grande impulso aos serviços de protecção social. Mas, apesar de contar com o apoio de largas camadas populares, Fidel não conseguiu evitar o êxodo de milhares de cubanos.
    Sujeito, até aos nossos dias, a um apertado bloqueio comercial por parte dos EUA, o país teve de adoptar uma política de restrições económicas e de apertado controlo social. No entanto, apesar das dificuldades, Fidel procurou apoiar os movimentos revolucionários na América latina e em África.
    idem.

    A segunda guerra mundial foi terrível, matou milhões de pessoas,
    mas foi excelente para a economia.

    Nunca hão-de perceber que a destruição de capital é péssima para a economia. Enfim.

    Gostar

  26. Portela menos um permalink
    18 Setembro, 2008 00:53

    então JCD, não temos estórias sobre mais nacionalizações no novo mundo?

    Gostar

  27. Portela menos um permalink
    18 Setembro, 2008 01:01

    não deve ser fácil falar sobre o tema… até o republicano se “atirou” ao mercado, coisa nunca vista!

    Gostar

  28. LGP permalink
    18 Setembro, 2008 01:08

    Imagino que os comunistas devam ter sentido o mesmo com a Perestroika.

    Gostar

  29. Portela menos um permalink
    18 Setembro, 2008 01:13

    certo, quem não é liberal ortodoxo é comunista!…um bocadinho primário, mas enfim

    Gostar

  30. LGP permalink
    18 Setembro, 2008 01:15

    Não foi isso que eu quis dizer,
    estava a comparar ortodoxias.

    Gostar

  31. 18 Setembro, 2008 04:04

    A rapaziada escandaliza-se com as aldrabices que os manuais trazem sobre a história contemporânea, mas não percebe que aquilo é apenas um exemplo do inacreditável acervo de mentiras que tem feito a cabeça de gerações de portugueses. Há muito que os manuais de história – e de português – são um monturo de repisados preconceitos, de banalidades insustentadas, de descaradas mistificações. É ler o que trazem sobre as cruzadas, a inquisição, os descobrimentos, as vidas imaginadas de Camões ou Gil Vicente, a Reforma, o pobre do D. João III, o velho do Restelo, Trento, os Filipes, o ouro do Brasil, os jesuítas, D. João V, o marquês, D. João VI, o miguelismo, a I República. Todos, todos sem excepção, repetem os lugares-comuns mais rançosos do anticlericalismo mais analfabeto. É assim há décadas.

    Gostar

  32. Rebelo permalink
    18 Setembro, 2008 04:22

    Esta escória imunda só pode ter sido escrita por alguém com uma ideologista comunista.

    Calhava bem era o senhor primeiro-ministro aprovar uma espécie de “ASAE” que se preocupasse com a educação. Sabe, eu estou mais preocupado com a educação dada aos alunos do que propriamente 4000 bolas de berlim impróprias para o consumo. Digo eu…

    Gostar

  33. Troll kalla mik permalink
    18 Setembro, 2008 04:28

    Isto e impressionante, apos mais de 25 anos ainda continuamos a chamar comunas e reaccionarios uns aos outros…nao gastes mais o teu latim LGP esta gente esta condicionado pelo maniqueismo esquerda direita!

    Gostar

  34. OLP permalink
    18 Setembro, 2008 08:51

    Será que o “distanciamento histórico” se aplica tambem ao nazismo?
    Não será anti nacional socialismo primário?

    Gostar

  35. tina permalink
    18 Setembro, 2008 08:59

    Esta situação é realmente muito grave. Deixarem passar um manual assim, que o governo deixe que as crianças sejam submetidas a lavagens cerebrais destas, deixa muito a desejar pelo Partido Socialista. Isto não é governar, isto é abandalhar.

    Gostar

  36. anónimo permalink
    18 Setembro, 2008 09:48

    Leitura recomendada: “O Mao até não foi mau“.

    Paresce ser que é o manual de leitura obrigada pelos funcionarios da Wall Mart !

    Gostar

  37. Francisco permalink
    18 Setembro, 2008 09:49

    Não tão grave mas igualmente ridículo. A partir dos 38m.

    http://sic.aeiou.pt/online/scripts/2007/videopopup2008.aspx?videoId=1F996BEF-B369-4101-8BF9-2FFB2752AC2B

    Gostar

  38. Pi-Erre permalink
    18 Setembro, 2008 09:49

    “Esta situação é realmente muito grave. Deixarem passar um manual assim, que o governo deixe que as crianças sejam submetidas a lavagens cerebrais destas, deixa muito a desejar pelo Partido Socialista. Isto não é governar, isto é abandalhar.”

    O Salazar punha logo a PIDE a tratar do assunto.

    Gostar

  39. Cardeal Cerejeira permalink
    18 Setembro, 2008 09:51

    Lavagens cerebrais só são permitidas com o Catecismo.

    Gostar

  40. anónimo permalink
    18 Setembro, 2008 09:57

    Lavagens cerebrais só são permitidas com o Catecismo.

    Ultimamente os post-neoliberais andam para a caça e captura de ideias financieiras capitalistas na arquitrabe economicista da Igreja Católica.

    Issa sim nao passa por crise que afetam na bolsa e no mercado de capitais. E dura e dura e dura…Quem resiste ganha!

    Gostar

  41. piscoiso permalink
    18 Setembro, 2008 09:58

    Teria D.AfonsoHenriques sido bom para a mãe ?

    Gostar

  42. Justiniano permalink
    18 Setembro, 2008 11:19

    LGP!
    Vcmcê é um poeta de excelencia!
    “A segunda guerra mundial foi terrível, matou milhões de pessoas,
    mas foi excelente para a economia.

    Sabe onde vai estar a china (que ainda é comunista),
    comparativamente ao Japão daqui a 20 anos ?
    E Cuba em relação ao Chile ?”

    O remate é de uma redundancia extraordinária!!
    “A cegueira ideológica é mortal para a capacidade de análise.”

    Gostar

  43. LGP permalink
    18 Setembro, 2008 13:05

    ao 38:

    O Nazismo durou uma dúzia de anos(1933-1945),só existiu num país
    e limitou-se a pôr os recursos da economia ao serviço do poder,
    não a reorganizou totalmente como o fez o comunismo.
    O Comunismo para além de ter sido difundido e implementado de forma muito mais vasta,
    durou muito mais e modificou de forma radical a sociedade e economia dos países onde se implementou.
    Para alêm disso excluindo algumas franjas radicais,
    não existe polémica em relação á valoração moral do Nazismo,
    por isso sim, acho que na vertente económica há distanciamento suficiente.

    ao 43

    Fico genuinamente feliz por saber que gosta do meu estilo literário, Justiniano.

    Quanto ao remate, por redundante que o ache,não se torna menos verdadeiro,
    é impossível ser objectivo em relação a entidades que odiamos,ou amamos, já agora.

    Gostar

  44. Pinto permalink
    18 Setembro, 2008 13:26

    “O Salazar punha logo a PIDE a tratar do assunto.”

    Ó Pi-Erre os livros escolares não são, propriamente, panfletos ideológicos. O Estado Novo era acusado incutir ideologias políticas no ensino público. A III República, que os acusou disso, permite que se faça o mesmo?

    “Lavagens cerebrais só são permitidas com o Catecismo.”

    Que bela comparação. Alguém é obrigado a ir a frequentar a catequese ou a disciplina de Religião e Moral? NÃO. Mas o ensino é OBRIGATÓRIO até ao 9º ano. O ensino púiblco não tem que defender ideologias. Os livros escolares não são colunas de opinião.

    Gostar

  45. george duhamel permalink
    18 Setembro, 2008 13:54

    Na verdade, o Mao até deu azo à abertura de bancos livres, enquanto esses liberais de casino da América atiram, como se comprova, seguradoras e grandes bancos para a nacionalização intempestiva.

    Gostar

  46. Miguel permalink
    18 Setembro, 2008 15:52

    “[Comparação entre Estaline e McCarthy]
    “Se, na URSS, a acção de Estaline provocou milhares de mortos e a deportação de milhões de pessoas para campos de trabalho forçado na Sibéria, nos EUA a perseguição aos suspeitos de simpatizarem com o comunismo e de promoverem actividades antiamericanas transformou-se numa verdadeira “caça às bruxas” que ficou conhecida por maccarthismo” (Novo História 9, Texto Editora).

    Julgo que cabe ao professor contextualizar a frase, não?`
    É que ambas as situações são verdadeiras. Pelo menos,no meu tempo de estudante os livros serviam de orientação para a materia a discutir nas salas de aula.

    Gostar

  47. Miguel permalink
    18 Setembro, 2008 15:58

    “[EUA, o grande Satã]
    “Um unilateralismo violento substituiu o multilateralismo predominante até 1990, já que Washington passou a agir sem consultar os seus aliados, provocando cisões no bloco ocidental. (…) Numa atitude de prepotência, que demonstra a real superioridade dos Estados Unidos e o seu menosprezo pelos outros países, a administração Bush negou-se a assinar os tratados que limitam a proliferação de armamento não convencional, revogou unilateralmente o tratado de limitação de mísseis antimíssil, recusou os acordos ambientais de Quioto e rejeitou o Tribunal Penal Internacional. (…) Os EUA possuem as armas mais poderosas da terra, um assustador arsenal de alta tecnologia que lhe oferece várias opções para aniquilar o inimigo. (…) Na verdade, os EUA manobram a economia mundial de acordo com os seus interesses. (Caminhos da História, 12º ano, ASA, volume III)”

    Humm… Anda lá preto.

    Gostar

  48. Miguel permalink
    18 Setembro, 2008 15:59

    “Humm… Anda lá preto.”
    Desculpem… Queria dizer perto

    Gostar

  49. Justiniano permalink
    18 Setembro, 2008 16:09

    Ó LGP convinha avisar a DGE que é “um bocado pretencioso querermos valorar positiva ou negativamente,
    o efeito do movimento comunista na economia com um distanciamento histórico e emocional tão curto.” para que possam,ainda, emendar a adopção disto “Qualquer que seja o modo como se encare a filosofia comunista, a verdadeé que devem ser-lhe creditadas realizações positivas na Economia” (Caminhos da História, 12º ano, volume I, ASA), no programa curricular!
    E ao mesmo tempo poderem adoptar a sua obra poética no programa curricular de Português!

    Gostar

  50. LGP permalink
    18 Setembro, 2008 18:25

    Justiniano,
    Ao contrário de si eu dou a minha opinião honesta e fundamento-a,
    mesmo expondo-me á crítica, em vez de me esconder atrás de sofismas ocos.
    Acessóriamente também o informo que para as pessoas culturalmente bem formadas,
    a palavra poeta não é um insulto.

    Gostar

  51. Pinto permalink
    18 Setembro, 2008 18:59

    “Julgo que cabe ao professor contextualizar a frase, não?`
    É que ambas as situações são verdadeiras.”

    Claro. Até bastava nem publicar livros. Os estudantes iam pesquisando, aqui e ali, na internet, e depois o professor contextualizava. Acontece que se trata de pessoas com 13 ou 14 anos.

    Eu posso dizer: se por um lado Vale e Azevedo desviou alguns milhares de euros ao Benfica, por outro, Hitler também cometeu alguns crimes.

    A frase é verdadeira mas não há o mínimo de bom senso (que é muito necessário).

    O excerto diz que Estaline provocou MILHARES de mortos. Até podia dizer DEZENAS que não deixava de ser verdade. Só faltava dizer quantas dezenas.
    A verdade é que foram milhões.

    Gostar

  52. tina permalink
    18 Setembro, 2008 19:01

    “Lavagens cerebrais só são permitidas com o Catecismo.”

    Deixaram de ser, EMRC não é obrigatório. Mas pelos vistos tornou-se obrigatório com o Socialismo. País de deficientes é o que nós somos.

    Gostar

  53. tina permalink
    18 Setembro, 2008 19:08

    O atraso do povo português explica-se pela sua deficiência mental. A maior parte das vezes encontra-se bem dissimulada, mas por vezes é deixada transparecer como aconteceu agora com este incidente do manual oficial de História escrito por supostamente idóneos professores de História, que vêm defender teorias que só contribuiram para o atraso da civilização por muitos e muitos anos. As crianças portuguesas, criadas neste ambiente de grande défice mental, mais tarde tornam-se uns deficientes mentais completamente desenvolvidos.

    Gostar

  54. 18 Setembro, 2008 23:07

    Os sindicatos dos profs são do que sabemos, os pedagogos do ME da aliança MFA/PCP/PSs tomaram conta do mesmo no pós 25ABRIL, não admira a imensa ileteracia e ignorância que grassa por aí, com licenciados a darem erros crassos de português…
    Juntando a isto so “media” que alinham pela mesmo diapasão, está encontrada a “cultura” progressista nacional.

    Gostar

  55. 18 Setembro, 2008 23:11

    Curioso, como ainda se lêem discursos obtusos por aqui a desculpar estas cassettes enfiadas à força nos teen agers.
    Começo a acreditar que os autores acham aquelas atrocidades históricas normais!!!

    Gostar

  56. Justiniano permalink
    19 Setembro, 2008 08:58

    Ò LGP!
    “Ao contrário de si eu dou a minha opinião honesta e “”fundamento-a””..” ?!?!
    Não sei onde vislumbrou o insulto!?
    Vcmcê atirou “Eu acho um bocado pretencioso querermos valorar positiva ou negativamente,
    o efeito do movimento comunista na economia com um distanciamento histórico e emocional tão curto.”…e depois arremessou “A segunda guerra mundial foi terrível, matou milhões de pessoas,
    mas foi excelente para a economia.”…
    Quanto à honestidade não duvido e a fundamentação está…evidente!
    Cumprimentos,

    Gostar

  57. Miguel permalink
    19 Setembro, 2008 17:26

    “Eu posso dizer: se por um lado Vale e Azevedo desviou alguns milhares de euros ao Benfica, por outro, Hitler também cometeu alguns crimes.”

    Correcto. Mas…

    Estaline foi secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética e do Comité Central a partir de 1922 até a sua morte em 1953, e McCarthy foi eleito para o Senado norte-americano em 1946 onde permaneceu durante 10 anos, 1956, onde protagonizou campanha contra todos que ele suspeitasse ser ou simpatizar com os comunistas.

    Esta a ver o porque de estarem na mesmo espaço temporal de estudo.

    “Claro. Até bastava nem publicar livros. Os estudantes iam pesquisando, aqui e ali, na internet, e depois o professor contextualizava. Acontece que se trata de pessoas com 13 ou 14 anos.”

    Com o “Magalhães” já se pode fazer isso mais cedinho até…

    Gostar

  58. Pinto permalink
    19 Setembro, 2008 19:29

    “(…) Esta a ver o porque de estarem na mesmo espaço temporal de estudo (…)”

    Então é viável e ético eu escrever num livro escolar: se por um lado Radovan Karadzic cometeu alguns crimes, por outro, em Portugal havia suspeitas de interesses financeitos menos claros na construção da ponte Vasco da Gama.

    É o mesmo espaço temporal.

    Ó Miguel, está a brincar ou a falar a sério? Está a querer comparar as atrocidades de Estaline com a perseguição aos comunistas (e não aos seus opositores políticos como diz)?

    É verdade que houive perseguições nos EUA, que muitos perderam os seus empregos, tiveram a carreira destruída e alguns foram até mesmo presos. A maioria das punições foi posteriormente ilegitimada por veredictos dos judiciais. Mas comparar isso ao que se passava na ex-URSS é aberrante. Estaline mandava matar famílias inteiras. Mandava matar opositores políticos. O medo era tanto que no final dos discursos de Estaline toda a gente aplaudia de pé com vigor e energia e sem parar. O medo de serem os primeiros a parar de aplaudir era tanto que tiveram de colocar umas campainhas e ao som destas toda a gente tinha de parar. Nunca na História da humanidade houve tantas atrocidades e extremínimos de pessoas como no estalinismo e no maoísmo (na China). Querem branquear essa verdade?

    “(…) Com o “Magalhães” já se pode fazer isso mais cedinho até… (…)”

    Com acesso à net pelo menos os alunos poderiam pesquisar a informação que quisesses e não a que os saudosos do Maio de 68 lhes impingem.

    Gostar

Trackbacks

  1. Em defesa da borboleta mexicana «

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: