Saltar para o conteúdo

A propósito do assassínio cometido ontem pela ETA

4 Dezembro, 2008

as almas estremecidas que em 2005 os receberam em Lisboa não nos podem explicar o que falhou naquele diálogo que garantiam Aznar não tinha querido mas Zapatero ia conseguir levar a bom termo porque era um um homem de paz? E pegando em apoios mais recentes o que dirão estes senhores   disto:

dia_jugar_cartas

12 comentários leave one →
  1. Ricardo Silva permalink
    4 Dezembro, 2008 13:21

    Deve ser a tal luta pela liberdade do povo contra o imperialismo espanhol, apoiado pelo grande capital e o capitalismo desenfreado, etc etc etc etc….que muito foi falada no ultimo fim de semana.

    Gostar

  2. Cientista Liberal-Conservador permalink
    4 Dezembro, 2008 13:32

    Cara Helena Matos:

    Nao ignorará que Aznar negociou com a ETA, via Batasuna. Também nao deixa de ser irónico ver a tralha franquista do PP abespinhar-se tanto, quando o sr. Aznar amnistiou publicamente o estatuto assassino dos etarras ao referir-se-lhes como “activistas nacionalistas”, numa célebre declaraçao e que muita tinta fez correr. Mas em Espanha as pessoas também querem muito esquecer, tal como aí em Portugal. Memória curta.

    Que dirao os activistas nacionalistas, legais, que fazem oposiçao democrática do PNV, Nafarroa Bai, Convergencia y Union,…?

    Gostar

  3. Mr. Hyde permalink
    4 Dezembro, 2008 14:15

    Muito lixo despeja a HM no Blasfémias!

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    4 Dezembro, 2008 14:50

    Mr. Hyde Diz:
    4 Dezembro, 2008 às 2:15 pm
    Muito lixo despeja a HM no Blasfémias!

    É verdade. Mas alguém tem que mostrar o lixo espalhado por aí, dos concursos de cuba e do ché da fenprof, dos activistas radicais, dos apoiantes de terroristas, dos portugueses que tem as mãos machadas de sangue e militam em certos partidos chique, etc,etc.

    Gostar

  5. helenafmatos permalink
    4 Dezembro, 2008 16:49

    2- Não ignoro, não. Aliás terá reparado que tenho recorrentemente escrito sobre este assunto frisando sempre que todos os governos espanhóis têm procurado negociar com a ETA. E todos falharam por razões que se prendem em boa parte (mas não só) com os apoios que os nacionalismos legais dão à ETA.

    O que foi diferente no 1º governo Zapatero foi

    a) a colocação ao mesmo nível dos etarras e das suas vítimas, tornando-os vítimas duma violência recíproca (é esta a linha da igreja católica basca)

    b) chamando o governo processo de paz à tentativa de diálogo ou seja equipararam a ETA a um exército

    c) considerando que a violência da ETA se devia já à crispação da luta ati-terrorista conduzida por Aznar

    d) subestiemndo o facto da ETA nunca ter deckarado estar disposta a deixar as armas (note-se que conversações anteriores quer com populares quer com socialistas acabaram quando a ETA não se mostrou disposta a abandonar as armas)

    e) dando por ultarpassado o pacto anti-terrorsita que tanto quanto se pode dizer terá sido o instrumento mais eficaz – a par da colaboração francesa – para combater a ETA

    Gostar

  6. Acção Directa permalink
    4 Dezembro, 2008 16:58

    Vão chamar-te anti comunista primário. Costuma ser a receita lá no meu tasco. E eu estou algures entre libertários e situacionistas. Portanto…
    Abençoado seja o lixo de H.M..

    Gostar

  7. Brigada Anti-Anacletos. Esquadrão Desodorizante permalink
    4 Dezembro, 2008 17:09

    Os Anacletos e os seus internacionalismos solidarios com estes assassinos torna-os coniventes nas mortes que a ETA faz.

    Gostar

  8. 4 Dezembro, 2008 23:33

    Os terroristas estão muito em voga longe de nós.

    No entanto, sempre que cai uma ponte de podre, ficamos todos de luto

    Gostar

  9. 5 Dezembro, 2008 05:22

    helena-5 simplesmente demolidor! Zapatero entrou com aquela treta suicída de que compreendendo e dialogando com os turras, acaba o terrorismo. Aliás, foi a al qaeda k o pôs na monclôa e ele agradeceu de imediato. Compare-se a pose autoritária e agressiva(para a oposição), de quem se julga iluminado de zapatero há 5 anos com o ar encafuado, inseguro, desnorteado, actual. Pena as vítimas serem inocentes…

    Gostar

  10. 6 Dezembro, 2008 01:35

    Vocês parecem esquecer(ou querem) que a guerra è o pior dos terrorismos.Guerra é o terrorismo em grande escala.Os vossos queridos Aznar,durão barroso,blair,bush e quejandos são responsáveis pelo crime hediondo que é a guerra ilegal do iraque.Já reclamaram o julgamento destes bons rapazes,destes democratas?

    Gostar

Trackbacks

  1. Até quando? « Entre marido e mulher
  2. O lado mais negro « BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: