Saltar para o conteúdo

Itália à vista?

14 Fevereiro, 2009
by

As notícias deste fim de semana são gravíssimas para Dias Loureiro. E, por contágio indesejável, também o são para Cavaco Silva.
Pela leitura do Expresso fica claro que o papel do (ainda) Conselheiro de Estado é tudo menos isso. Que mentiu despudoradamente no Parlamento e na entrevista a Judite de Sousa. E, sem um pingo de vergonha na cara, veio, já hoje, dizer que tudo é «normal» e que não existe «nenhuma contradição» entre os factos que alegou e o que agora se sabe…
No Sol, a questão ainda é mais inquietante: alguns dos zuns-zuns que circulavam há já algum tempo sem que ninguém os tivesse publicado ganharam agora esse estatuto – e já não não podem mais ser ignorados. Um testa-de-ferro da SLN, com o curioso nome de Fernando Fantasia, comprou mais de 6.000 hectares em Rio Frio, no lugar onde irá ser construído o novo aeroporto.
Quais são as ligações de Fantasia a Dias Loureiro? E Cavaco Silva, conhece Fantasia até que ponto? Qual a relação entre estas personagens e estes estranhíssimos factos e as pressões políticas que redundaram com a escolha daquela localização para o novo aeroporto? Como é possível que Dias Loureiro, com as suas acções, omissões, recordações selectivas, e, sobretudo, com a sua teimosa manutenção no Conselho de Estado, esteja a atingir a imagem do Presidente da República (que o escolheu para esse órgão)?
E por que razão é que estas informações – repito, não são novidade, já delas tinha ouvido falar há algum tempo – surgem agora publicadas? O momento é esquisito e tresanda a resposta ao escândalo Freeport.
Cada vez mais me convenço que se as várias facções da Corte continuarem a atirar porcaria para cima uns dos outros (e para a ventoínha, entendamo-nos) é este regime que corre o perigo de se afundar, de tão podre.

Apesar do medo que ainda sinto em relação às alternativas, começo a pensar que talvez essa seja mesmo a solução mais higiénica.

Anúncios
315 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 18:51

    o amorim acordou agora. não conseguiu passar a outra mensagem. nada como redireccionamento. não ponho mais para ele não censurar.

    Gostar

  2. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 18:53

    o pr indicou as suas contas bancárias
    o pm nunca o fará

    Gostar

  3. 14 Fevereiro, 2009 18:56

    “Apesar do medo que ainda sinto em relação às alternativas, começo a pensar que talvez essa seja mesmo a solução mais higiénica.”

    E quais são essas alternativas higiénicas?
    O dr. Lavadinho da Costa?

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 18:56

    ò amorim, atão agora é cabala

    Gostar

  5. frio porte permalink
    14 Fevereiro, 2009 18:57

    uma jornalista já perguntou pelo dias ao pr
    devia pedir as contas bancárias ao pm

    Gostar

  6. 14 Fevereiro, 2009 18:58

    Não há comparação entre o caso Freeport/Sócrates e o caso SLN/Dias Loureiro. Percebe-se bem a tentativa de os equivaler, tentando que as calúnias do Freeport anulem os factos do SLN numa misturada em que todos os protagonistas e condutas seriam iguais, e tudo só fumaça ou para esquecer numa indiferença nojenta. Mas não vão conseguir confundir o povo a esse respeito.

    Gostar

  7. 14 Fevereiro, 2009 18:59

    O Miguel Cadilhe alertou! Não foi “por acaso” que o BPN foi parar ao “Estado e tal” …

    “Sócrates assinou plano de pormenor inexistente

    «Nova Setúbal»
    A TVI sabe que a promotora da construção é participada da SLN e tem fortes ligações ao BPN.
    A TVI sabe que a promotora da construção é participada da SLN e tem fortes ligações ao BPN.

    José Sócrates aprovou em 2001, como ministro do Ambiente, o estatuto de imprescindível utilidade pública de um plano de pormenor de um projecto em Setúbal, sem que o dito plano existisse na realidade.
    É um caso de alegado favorecimento que envolve o nome do actual Primeiro-ministro e outro ministro de então, e que diz respeito ao projecto imobiliário «Nova Setúbal», considerado de grande importância pelo Governo.
    A TVI sabe que a empresa promotora da construção é participada da Sociedade Lusa de Negócios e tem fortes ligações ao Banco Português de Negócios (BPN).
    De uma só vez, em poucas horas de uma manhã, perante o olhar das autoridades, quase 800 sobreiros centenários vão abaixo.
    A autorização para o abate chegou pelas mãos da autoridade florestal, no desfecho, ainda que provisório, de um processo complicado e questionável.
    O processo começou em 2001 quando a autarquia de Setúbal, então socialista, requereu a imprescindível utilidade pública para o Plano de Pormenor do Vale da Rosa e Setúbal Oriental, uma zona fora da cidade, com povoações de sobreiro.
    A carta enviada para o Ministério da Agricultura está datada de 7 de Novembro. Apenas 12 dias depois, um verdadeiro recorde, é publicado em «Diário de República», o despacho conjunto dos ministérios da Agricultura e Ambiente, a decretar o dito plano como de imprescindível utilidade pública.
    O despacho é assinado pelo ministro da Agricultura, Capoulas Santos, e pelo colega do Ambiente, José Sócrates.
    O problema é que o Plano de Pormenor, considerado de imprescindível utilidade pública, só viria a ser aprovado anos depois. Em 2008 é finalmente publicado em «Diário de República». Ou seja, os dois Ministérios aprovaram um plano que não existia. O mesmo é dizer que não conheciam. Além do mais, a aprovação é dada sem uma avaliação de impacto ambiental.
    O estatuto de imprescindível utilidade pública é dado com base na infra-estrutura desportiva a construir, ou seja, o futuro campo do Vitória Futebol Clube.
    Na zona onde se abateram os sobreiros vai nascer apenas um centro comercial junto à estrada para o Algarve. Noutra zona povoada por árvores vão erguer-se casas 7500 fogos para 30 mil pessoas, ou seja, um terço da população actual da cidade.
    Longe de tudo isto, está o esperado estádio de utilidade pública, que está previsto para uma zona deserta, a dois quilómetros da área do abate.
    A promotora do empreendimento, a empresa Pluripar, escusou-se a prestar esclarecimentos sobre o caso. A empresa disse apenas que a lei do montado, que protege os sobreiros, foi cumprida para as árvores abatidas.
    A Pluripar não adiantou qualquer outro pormenor sobre o processo. A TVI sabe que a empresa é participada pela Sociedade Lusa de Negócios (SLN), esteve no universo do BPN e dois dos membros da direcção, entre eles o até há pouco tempo presidente, Emídio Catum, têm ligações directas com o banco.
    Contactado pela TVI, o presidente da câmara em 2001, Mata Cáceres, defende que não houve qualquer ilegalidade no processo, nem tão pouco favorecimento ou tráfico de influências. O certo é que o despacho assinado pelos ministros da Agricultura e Ambiente é feito dias antes das eleições autárquicas. Curiosamente, nessa altura, Júlio Monteiro, tio de José Sócrates, era deputado municipal em Setúbal.
    A Polícia Judiciária chegou a investigou o caso, mas sem grandes novidades até agora. O processo continua no Departamento de Investigação e Acção Penal de Setúbal. Em causa poderão estar crimes de prevaricação, corrupção passiva para acto ilícito e abuso de poder.

    Gostar

  8. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 18:59

    piscoiso

    uma no cravo outra na ferradura. quem não chora não mama. qualquer tacho e penacho servem.

    Gostar

  9. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:01

    indicou as suas contas bancárias

    tá bém abelha, viste? onde? mostra lá?

    Gostar

  10. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:04

    uma jornalista já perguntou pelo dias ao pr

    e ele respondeu com um elogio à fábrica da pólvora

    Gostar

  11. 14 Fevereiro, 2009 19:05

    …cheira a terra queimada…

    Gostar

  12. 14 Fevereiro, 2009 19:07

    CAA:

    “Não tenhais medo”, pedia João Paulo II.
    Não obstante saber do seu ateísmo militante, deixo-lhe este sábio conselho de um santo.

    Gostar

  13. KiKaS permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:10

    Cova da Beira: António Morais foi acusado há ano e meio mas caso está parado
    Processo blindado
    Um ano e meio depois de ter sido deduzida acusação pública contra António Morais, o ex-professor de José Sócrates que duas vezes desempenhou cargos de nomeação política em Governos socialistas, o processo continua fechado a sete chaves. Embora as actuais regras do segredo de justiça tivessem tornado públicos todos os casos após a dedução da acusação, a excepção (que assume contornos de segredo de Estado) parece ser o processo em que José Sócrates, então secretário de Estado do Ambiente, chegou a figurar como suspeito.

    O caso está neste momento em fase de instrução e o primeiro pedido de consulta interposto pelo CM foi negado com o argumento de que não se vislumbra o interesse público da consulta dos autos. O segundo, entrado recentemente no TIC, onde já foi dada a pronúncia, mas cuja decisão ainda não transitou por recursos sucessivos, ainda não tem resposta. No entanto, o CM sabe que António Morais invocou as anteriores regras do Código de Processo Penal para se opor à publicidade do processo durante a instrução. O pedido foi-lhe deferido, embora à data já vigorassem as regras do Código aprovado pelos socialistas.

    O processo – no qual António Morais e a sua ex-mulher são acusados de corrupção passiva e de branqueamento de capitais relativamente ao concurso e adjudicação da obra da central de tratamento de lixo da Cova da Beira – tem ainda a particularidade de a pronúncia (confirmação da acusação) ser datada de Maio do ano passado, mas o caso ainda não ter chegado à Boa-Hora para julgamento.

    Recorde-se, ainda, que este processo nasceu de uma denúncia anónima que dava conta de que José Sócrates, Jorge Pombo e João Cristóvão, à data dos factos secretário de Estado do Ambiente, presidente da Câmara da Covilhã e assessor deste último, respectivamente, teriam recebido dinheiro da sociedade HLC – que ganhou o concurso para a construção da estação de tratamento de resíduos sólidos da Associação de Municípios da Cova da Beira. Estavam em causa “trezentos mil contos, dos quais cento e cinquenta mil se destinariam ao senhor secretário de Estado”, pode ler-se no despacho do MP que considerou depois não haver prova suficiente para levar qualquer daqueles responsáveis a julgamento.

    O único documento conhecido – o despacho de arquivamento – refere ainda “provas genéricas de que todo o processo de concurso foi controlado por pessoas ligadas ao PS da Covilhã; que a empresa vencedora é uma empresa ligada ao PS; que o assessor já trabalhava para a HLC e que a empresa recebeu 480 mil contos da Associação de Municípios da Cova da Beira, por trabalhos que não realizou”. Lembra ainda que “o proprietário do terreno onde se pretendia fazer a central era um funcionário da HLC e que o então presidente da Câmara da Covilhã passou a trabalhar para a HLC”.

    GUARDA RECUSA INSPECÇÃO

    O presidente da Câmara da Guarda recusa enviar o relatório sobre as casas projectadas por Sócrates para a Inspecção-Geral da Administração do Território. Para Joaquim Valente o “caso está esclarecido” depois de o documento elaborado por cinco funcionários da autarquia não ter detectado um tratamento especial aos projectos assinados pelo então engenheiro técnico Sócrates. Esta reacção do autarca da Guarda surge depois de os vereadores do PSD, como o CM noticiou ontem, terem anunciado o envio do relatório para o Ministério Público e Judiciária.

    PORMENORES

    SUSPEITA DE CONTACTOS

    O MP diz que “apesar de existirem suspeitas de contactos, não foi possível indiciar qualquer acto ou omissão, que fosse contrário aos deveres dos cargos que exerciam à data”.

    MOTORISTA CONFIRMA

    O motorista da Câmara da Covilhã confirmou encontros com José Sócrates e visitas do presidente da Câmara à sede da HLC.

    Eduardo Dâmaso / Tânia Laranjo / A. R. F.

    Gostar

  14. 14 Fevereiro, 2009 19:12

    Valupi, como não tem clientes no seu blog, vem para aqui provocar: o Freeport são calúnias, diz ele.
    Da-se! Felizmente para os Valupis deste mundo, a cegueira não mata.

    Gostar

  15. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:13

    “Não tenhais medo”,

    ainda nos restam algumas corporações

    Gostar

  16. frio porte permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:14

    o poder corrompe
    a maioria absoluta corrompe absolutamente
    os factos ficarão sempre escondidos
    a magistratura vai a festas
    quem roubou, roubou; quem não roubou, roubasse!

    Gostar

  17. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:18

    Valupi, como não tem clientes no seu blog

    clientes? chama-lhe bimbos, que ainda os elogias

    Gostar

  18. Pi-Erre permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:20

    “Mas não vão conseguir confundir o povo a esse respeito.”

    O povo?! O que é isso de povo?

    Gostar

  19. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:21

    a próxima intervençao generalista, abstrata e com tradução do pacheco, vai ser: serenem os a
    ânimos para não me salpicar

    Gostar

  20. frio porte permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:24

    a mexicanização da republica já se concretizou
    atrasvés do partido nacional socialista institucional.
    a balcanização vem aí

    Gostar

  21. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:27

    O que é isso de povo?

    são os gajos que votam. ou estás a pensar num golpe de estado?

    Gostar

  22. 14 Fevereiro, 2009 19:28

    E Cavaco Silva, conhece Fantasia até que ponto?

    Como sabe, está determinado, que até ao quarto grau de uma ligação em rede, toda a gente conhece toda a gente.
    Por exemplo eu conheço uma pessoa que conhece Nuno Sarmento, este conhece o Barroso e logo o Barroso conhece Clinton, logo eu conheço o Clinton.
    Portanto o Fantasia deve estar no grau 2.

    Gostar

  23. Jacaré permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:30

    A estória do Dias Loureiro nunca me convenceu. Sempre achei uma estória mal contada.Será que alguém estando em perfeito juízo acredita que ele, um executivo do banco da treta, iria denunciar aquele que lhe punha a comida no prato e o dinheiro na conta? Dei o benefício da duvida embora me custasse muito a tentar encaixar essa treta. Agora apareceu o preto no branco e lá se foi a desculpa esfarrapada pró galheiro. E Cavaco que diz não poder demitir o amigo,irá ter de o gramar ou ele irá pedir a demissão de conselheiro?
    Vamos ver como serão as cenas dos próximos capítulos.

    Gostar

  24. erre permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:30

    Muito bem, apanharam o tipo em contradição.
    Demitam-no, por falta de estatura moral para o cargo.
    E, já agora apliquem o mesmo critério a um indivíduo que em 2005 negou ter algo que ver com o processo de licenciamento do “fripor” e agora, confirma ter participado numa reunião a esse respeito.
    Neste plano, os factos são similares, embora de gravidade ligeiramente distinta. DL não ocupava nenhum cargo público na altura, ao contrário de JS.
    No entanto, o facto provado de DL ter assinado o contrato,inibe-o agora de exercer funções políticas, pelo que se espera a sua demissão. Mas atenção. Se isso se concretizar (e bem), vai subir a parada.
    Lembram-se da proposta de Marques Mendes não candidatar arguidos.
    Ele foi atacado por todos aqueles que viam as suas “brilhantes” carreiras perigar, e não apenas no PSD.
    Claro que estão todos entretidos com cortinas de fumo…e julgo que não estarão a atingir a dimensão do que se passa em Portugal.
    Não será muito diferente dos primeiros anos de democracia, mas atingimos um nível de despudor, que permite que a corrupção e o tráfico de influências sejam já praticados com desleixo.
    Esta falta de cuidado tem só um significado…esta gente acredita na sua capacidade de controlar/manipular os media e a população por inerência, e a justiça, o que não é nada de novo.

    Gostar

  25. São Valentim permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:35

    Irmãos

    Ide cortejar as damas e oferecer dádivas ao amor. Não incomodeis quem tem a nobre missão de zelar pelos destinos da Nação e da sua Finança. Trata-se de gente honesta e com elevado sentido patriótico. Parai lá com a escandaleira. Somos todos rectos e justos e tementes a Deus. Benção.

    Gostar

  26. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:37

    fado alexandrino

    não tens que responder. têm de perguntar ao cavaco, que responderá se quiser.

    a esse tipo de conversa chama-se:assobiar para o lado

    Gostar

  27. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:42

    erre:
    não confundas peidos com bugalhos

    Gostar

  28. erre permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:45

    CAA
    As notícias são gravíssimas para DL?
    Parecem-me graves, não gravíssimas.
    Revelam que o DL não tem perfil para o cargo de conselheiro de estado e que se deve demitir.
    E se estas são no seu entendimento gravíssimas, qual o superlativo a aplicar ás noticias das semanas anteriores, que a provarem-se, colocarão um primeiro-ministro atrás das grades (pronto…em abstracto, porque tudo se arranja).

    Gostar

  29. frio porte permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:46

    economia na merda
    luvas para todos os tamanhos
    magistratura e pj arredados do freeport, da cova da beira, de setubal
    pr mostra as contas bancárias
    os nomeados pela tvi não têm contas bancérias?

    Gostar

  30. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 19:56

    pr mostra as contas bancárias

    a quem? só se foi á maria. eu cá não vi nada. e tu, não é preciso porque acreditas.

    a fé tem destas coisas, tal qual o futebol.

    Gostar

  31. 14 Fevereiro, 2009 20:00

    …E se quiserem colocar neste puzzle o que o ‘Público’ de hoje edita, páginas 8 e 9, para melhor entenderem quem é quem no polvo que investiga o caso Freeport e não só…
    Vale mesmo a pena ler !

    Gostar

  32. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:01

    ò miranda isto hoje tá bom, ainda passas os 200. podias aparecer na caixa a dar graxa ao valupi ou outro convidado que mereça tratamento especial. nunca se sabe o futuro, apesar de se fazerem previsões, sondagens e já agora bruxaria.

    Gostar

  33. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:03

    o loureiro ao telefone a tentar embrulhar a coisa, assim ao estilo lopes.

    se apertam muito põe a boca no trombone e aí é que vai ser lindo.

    Gostar

  34. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:06

    …E se quiserem colocar neste puzzle o que o ‘Público’ de hoje edita

    pareces ardina do público. mas cada um é p’ró que nasce. tirando o loureiro.

    Gostar

  35. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:07

    “Apesar do medo que ainda sinto em relação às alternativas, começo a pensar que talvez essa seja mesmo a solução mais higiénica.”

    Exactamente. As eleições legislativas serão o momento em que o povo português escolherá os menos maus para governar.

    Gostar

  36. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:09

    Erre: Demitam-no, por falta de estatura moral para o cargo.

    e congelem as contas da família até se apurar a verdade.

    Gostar

  37. 14 Fevereiro, 2009 20:09

    35,

    Referia-me (tal como aludo no título) às alternativas a este regime, a esta III República.

    Gostar

  38. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:11

    Eu hoje era capaz de fechar os olhos e votar no Ramalho Eanes.

    Gostar

  39. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:11

    atenção:
    o cavaco tinha razão. o divórcio vai disparar. ele sabe do que fala

    Gostar

  40. a prima do picoiso permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:13

    Caro primo, os dados estão lançados, como nem todos estão viciados podes-te preparar par o que aí vem. Um quadro negro com muitas cabalas negras em pano de fundo. O teu admirado líder está roto por dentro e até tu já percebeste. O avental não tem dimensão para cobrir tudo desde os felgueiras ao eurojust. Lá se vai o remanso. No entanto não percas a esperança, em sítios como este pode ser que no meio da confusão o promissor paulo pedroso conquiste aquele lugar que em tempos lhe estava predestinado. Voltarás então a ser um tipo com sorte.

    Gostar

  41. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:14

    caa, escusas de me dar banha.

    Gostar

  42. 14 Fevereiro, 2009 20:14

    Só o Bloco pede demissão do artista do Conselho de Estado, muito estranho!

    Gostar

  43. nem estranho não estranhar permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:14

    Para o CAA se admirar mais, só falta o “Prós&Prós” fazer a lavagem do costume com CAA a ver a Fatinha pôr em palco os artistas da lavandaria nacional.

    Depois admira-se.

    E quer votar em quem? No A ou no B?

    Há muito que risquei essa gente. Sou do contra? Pois vou votar no contra, dê para onde der!

    Isto está podre, é fazer cair e erguer de novo. PQP

    Gostar

  44. erre permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:20

    CAA
    “Quais são as ligações de Fantasia a Dias Loureiro? E Cavaco Silva, conhece Fantasia até que ponto?”

    E que tal explicar quais as suas suspeitas, e porque entra aqui o nome do PR?
    Entende que o facto deste não deixar cair DL, tem por trás negócios?
    Se é isso que tem em mente, faça favor, não se iniba.
    Já agora, …não ouviu também uns zuns, zuns, relativamente aos terrenos da Ota, … com outros PR?
    E tivemos direito a algum post a esse respeito?
    Portanto,se percebi bem, na sua opinião a decisão Alcochete, terá tido algo que ver com os interesses imobiliários da SLN.
    E eu que pensava que Alcochete tinha sido escolhido, apesar das fortes pressões dos grupos imobiliários com investimentos na Ota.
    Ele há cada uma.

    Gostar

  45. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:21

    Ramalho Eanes

    apesar de ser militar é menos parolo que o outro, não é tão maconde tem um acento esquisito, mas percebe-se. e tem experiência no ramo. agora as madames são verdadeiros casos de estudo.

    Gostar

  46. mussulo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:23

    Só me admira como existem por cá tipos com um galo dos diabos. Honestos, inteligentes, voluntariosos e eis senão que estão sempre a sofrer com calúnias, críticas contundentes, ratoeiras.
    Estou a pensar em voltar para a minha ilha para ficar longe de tanta ignomínia. Não se admirem de como já domino tão bem o português, frequentei as novas oportunidades e ofereceram-me um magalhães todo porreiro onde tenho acesso ao sugestivo bunda blog onde mantenho um chat animado com um grupo de intelectuais boazonas amantes da língua.Ora toma!

    Gostar

  47. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:26

    ligações de Fantasia a Dias Loureiro? E Cavaco Silva

    estás a sugerir, diria mesmo insinuar que o cavaco tem um fetiche pelo loureiro. dá tema para filme xxx.

    Gostar

  48. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:29

    olha tá a dar na TV1 cavaco elogia moça que inventou tupperware para orgãos humanos.

    Gostar

  49. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:30

    tv1 – cavaco vira-se para os enlatados: yes, you can

    Gostar

  50. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:31

    CAA #37,

    É apenas o caminho natural. De repente lembrei-me daquele da Áustria, que se tornou maldito no dia em que ganhou as eleições.

    Gostar

  51. 14 Fevereiro, 2009 20:33

    Caramba, o que para aqui vai.
    Dias Loureiro é doente e Cavaco é um piedoso, com uma passa de bolo-rei entalada nos dentes.

    Gostar

  52. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:33

    daquele da Áustria,

    o tema é gamanço, paneleirice foi ontém.

    Gostar

  53. 14 Fevereiro, 2009 20:35

    Mr. CAA,

    Este regime está ferido de morte e um dos principais intervenientes para essa estocada, tem sido o PS, governantes saídos do Largo do Rato, mais apparatchiks e amanuenses.

    Ao PPD, também têm aportado alguns protagonistas deste descalabro, mas em menor quantidade e…qualidade.

    O PS tomou conta do polvo ! E tem-se conluiado com uns chocos, para a negritude que colocam em áreas de actividade e na justiça.

    Este PS nada tem já a ver com o PS criado em 1973 por MSoares, Vasco da Gama Fernandes, Titto Morais e outros. Este PS vive unucamente para o poder-pelo-poder, para manter clientelas e reforçar-se junto de lobbies efectivamente poderosos.
    Este PS está irreversivelmennte comprometido com desmandos, interesses cinzentões.
    Este PS é um ovo de serpente.
    Este PS é perigoso ! E democrata qb.

    O regime vai sofrer inevitáveis abalos, se estes cavalheiros continuarem no poder.
    Quando a fome apertar, quando os pequenos prazeres desaparecerem, quando o dinheiro faltar, quando tudo isto fôr conjugado com os abusos de poder, bastará uma faísca para atear a revolta social.

    Espero que não surja um regime mais insuportável, terrível e desagregador da Democracia.

    O PS, ESTE PS, SERÁ O PRINCIPAL(!) CULPADO(!!) SE A DEMOCRACIA SOFRER FORTE ABALO E REVÉS.

    Gostar

  54. São Valentim permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:46

    O regime não é melhor nem pior que noutros lados. É comer e calar. Têm o que merecem.

    Gostar

  55. Picapulga permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:47

    O regime não é melhor nem pior que noutros lados. É comer e calar. Têm o que merecem.

    Gostar

  56. 14 Fevereiro, 2009 20:48

    «E que tal explicar quais as suas suspeitas, e porque entra aqui o nome do PR?»

    22h, RTPN.

    Gostar

  57. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:48

    ò # 53 já li essa merda hoje em vários sítios. como diria o sr. drummonde és um emerdeur

    Gostar

  58. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 20:53

    caa. não perdes pitada para te promover.

    Gostar

  59. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 21:03

    se o loureiro garantiu, tá garantido. não se fala mais na coisa.

    Gostar

  60. 14 Fevereiro, 2009 21:05

    Em Democracia não existem dois lados: existe um lado.

    As opiniões e ideias diferentes são o bálsamo da Democracia. São cor. São Vida.

    A não-Democracia é cinzenta, de morte.

    Gostar

  61. Licas o Licantrôpego permalink
    14 Fevereiro, 2009 21:06

    A competência não dá para mais. São anos de atraso cultural. Não nos peçam milagres. O compadrio e a apropriação dos bens públicos, por um lado, e a displicência e incompetência por outro, distorcem o funcionamento dos sistemas idealizados que se pretendem impôr (quer aqui, quer no Iraque). A democracia é uma miragem sem a necessária cultura de crítica e participação na busca de soluções para os problemas da comunidade. Felizmente que os outros países se vão nivelando por baixo e dentro de algum tempo estarão a par de nós. A fronteira geográfica tem já pouco peso face à facilidade de circulação de informação e capital. E a fronteira cultural não é assumida por nós. Entretanto o Almeida Santos vai anunciando uma Nova Ordem Mundial. Os seus defensores são os únicos que parecem te um objectivo e uma estratégia. Os outros ainda nem acordaram.

    Gostar

  62. Wallace permalink
    14 Fevereiro, 2009 21:07

    Um político republicano de que me não recordo o nome, disse certa vez: «os políticos monárquicos chamaram-se ladrões, tantas vezes uns aos outros, que as pessoas acreditaram mesmo».
    Repare como tudo se parece a 1910.

    Gostar

  63. 14 Fevereiro, 2009 21:10

    Sem comentários.

    Gostar

  64. 14 Fevereiro, 2009 21:24

    Wallace:

    Em 1910
    – Tínhamos um jovem Chefe de Estado, que chegou ao poder por circunstâncias trágicas, que não estava completamente preparado para o fardo que herdou
    – A “clique” do rotativismo esgotou-se e foi coveira da Monarquia – aí dou-lhe razão
    – Tínhamos, apesar de tudo, homens com a craveira de um Wenceslau de Lima, um Bernardino Machado, a própria Rainha Dona Amélia
    – O regime era bom, mas tinha os protagonistas errados

    Hoje
    – Temos um Chefe de Estado experiente e astuto, que não vai em cantigas e já deu provas que a “cooperação estratégica” não é um dogma
    – A “clique rotativa” persiste na mesma proporção
    – Não temos homens de craveira de que nos possamos orgulhar, mas apenas o medíocre “malhão” Santos Silva, o “jamais” Lino e outras prendas

    Quanto à frase que cita, devo dizer-lhe que não sei se os políticos de hoje se chamam ladrões ou não, mas que os há … há
    Só não vê quem não quer ver

    Gostar

  65. 14 Fevereiro, 2009 21:26

    57,

    Cuidado: não se exponha tanto à frente e tão próximo da tal “ventoínha”…

    Há parágrafos nesse meu comentário, que v. não leu hoje. E chateou-o.

    Gostar

  66. 14 Fevereiro, 2009 21:28

    Este país fede.

    Ó morcões, de que estais à espera?

    Ir às ventas deles e arrear umas boas mocas no lombo desses energúmenos que destroem a nossa querida Pátria.

    De que raça são vocês, que os vêm roubar à fartazana e não fazem nada?

    Vão continuar a pagar impostos para essa escumalha rir de vós?

    Ou vão agora , descer a calçada e irem beber uma “fresquinha”?

    Gostar

  67. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 21:46

    Temos um Chefe de Estado experiente e astuto

    este agora é a bóia de salvação, quem vai a eleições é o bacalhau seco.

    quando ficar salpicado, acciona a bomba atómica para se limpar. ganha uns mesitos para acalmar os ânimos, reorganizar as tropas e perder as eleições. e depois não foi nada com o men, que se quilhe o psd, eu não os conheço de lado nenhum e voltamos à mula da cooperativa estratégica. e os tansos a pagar para ver disto. o prof. karamba não faria melhor.

    Gostar

  68. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 21:47

    “ventoínha”… além de sacristão, vende electrodomésticos

    Gostar

  69. KiKaS permalink
    14 Fevereiro, 2009 21:53

    66 Mr. Anti-Chulos,

    Não há “tomates” para isso. Mamam todos da teta e estão a borrifar para a querida Pátria. Seria dos primeiros a dar umas valentes mocas nesses energúmenos.

    Gostar

  70. 14 Fevereiro, 2009 21:58

    Ou o “milagre da multiplicação”… claro que, noutros tempos (Bíblicos) e noutros fartos lugares (Canaã), conseguiu-se multiplicar o pão, o vinho e, porventura, muitos calhaus (daí, a actual e natural “Intifada” por aqueles sítios)…
    Por aqui e agora, em terra de pouca ou nenhuma fartura mas de muitos “FARISEUS”, há quem consiga milagres muito mais extraordinários do que a simples multiplicação de pequenos pães ou jarros de vinho.
    “Nós por cá”… talvez e em muito devido às novas tecnologias, temos verdadeiros “artistas do milagre”, transformando cêntimos em milhões de euros, num piscar de olhos…
    Pena é que, ao contrário das multiplicações de então, estas sejam só em proveito próprio ou da mãezinha, do tio, dos filhos do tio, do Dr. Morais e… outros que tais!… eheheheheh ! ! !
    G´anda noia, meu! Espero que não multipliquem os “calhaus”, porque já temos que cheguem…

    Gostar

  71. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:02

    tá a aquecer! não tarda temos vidros partidos, pneus a arder e lojas pilhadas.

    Gostar

  72. David Punção permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:02

    Por cada um que se corre aparecem dois candidatos ao lugar. Mas não se preocupem porque é mais fácil os ricos obrigarem o camelo a passar pelo buraco de uma agulha do que os pobres quererem entrar no reino dos céus.

    Gostar

  73. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:17

    cá me queria parecer o amorim quer trocar uma mão vazia de fripor por uma mão cheia de bpn, ganda artista

    Gostar

  74. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:19

    cromos para troca nova teoria

    Gostar

  75. Zenóbio permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:21

    ““Não tenhais medo”, pedia João Paulo II.
    Não obstante saber do seu ateísmo militante, deixo-lhe este sábio conselho de um santo.”

    E eu aqui a pensar que foi apenas um político de direita bem sucedido.

    Gostar

  76. Desiludido permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:23

    Isto bateu no fundo.E não há “cojones” para mudar isto.

    Gostar

  77. Wallace permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:26

    Gonçalo Marques:

    Gostaria apenas de lhe dizer que sou monárquico desde sempre e, se-lo-ei, até ao último dia da minha vida. A citação que fiz pretendia, tão-só, chamar a atenção para a lamentável coincidência das épocas. Só mais alguns pontos:

    a) – O Chefe de Estado (refiro-me a D. Carlos) foi visto como o último baluarte do regime e por isso agiu, sempre dentro do quadro constitucional. Caiu heroicamente no dia 1 de Fevereiro de 1908. Hoje em dia, são muitos que esperam que Cavaco Silva actue.

    b) – Crise financeira que vinha desde a década de 90 do século XIX. Na actualidade, a crise financeira é mais do que óbvia.

    c) – Escândalos bancários já no reinado de D. Manuel. Agora: BPN; BPP; etc.

    d) – Aumento da emigração (em 1910, sobretudo para o Brasil). Actualmente, menos para Europa e mais para Angola.

    e) – Desagregação partidária dos maiores partidos do regime (Regeneradores e Progressistas sofreram cisões de Regeneradores-Liberais e de Progressistas-Liberais). Nos últimos anos já tivemos uma (PND); Manuel Alegre ameaça com outra.

    Gostar

  78. frio porte permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:28

    no largo dos ratos deu-se o milaqgre da multiplicação dos tachos
    corrupção sem corruptos
    ladroagem sem ladrões
    os contribuintes devem ao estrangeiro 90% do pib
    a menoridade mental dos governantes necessita ser tutelada

    Gostar

  79. Zenóbio permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:29

    “E não há “cojones” para mudar isto”

    E não será a via do voto na urna que mudará os actores deste chiqueiro.Estamos a necessitar de uma mudança de regime em estilo carbonário.

    Gostar

  80. 14 Fevereiro, 2009 22:36

    Eu também não votei no inginhero, mas não culpo quem o fez. Ninguém podia adivinhar que o homem ia agir em contradição directa ao estabelecido no seu programa eleitoral e no seu programa de governo. Ao fazer isto, de resto, entrou em incumprimento de mandato (que além duma duração, tem também um conteúdo), fazendo assim com que a sua legitimidade democrática caducasse prematuramente.

    Hoje pode-se dizer, em bom rigor, que o poder que o inginhero exerce é ilegítimo e usurpado; e que os cidadão têm, não só legitimidade para desobedecer, mas o dever cívico de o fazer.

    Gostar

  81. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:40

    Wallace disse: sou monárquico desde sempre

    e isso é grave? ouvi dizer que têem problemas de sangue que vão afectando os neurónios progressivamente. o cavaco tem um assessor que percebe disso.

    Gostar

  82. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:43

    Hoje pode-se dizer, em bom rigor, que o poder que o inginhero exerce é ilegítimo e usurpado; e que os cidadão têm, não só legitimidade para desobedecer, mas o dever cívico de o fazer.

    grande conceito de democracia. fixe meu e ainda és capaz de chamar nomes ao chavez

    Gostar

  83. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:46

    Wallace disse: sou monárquico

    mais um cliente de bolo-rei. recomendo o da nacional, mas se calhar preferes o da versailles

    Gostar

  84. Zenóbio permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:46

    “grande conceito de democracia. fixe meu e ainda és capaz de chamar nomes ao chavez”

    E daí? Vc deve ser dos tais que entende que democracia é governar o povo, quando deveria ser o governo do povo. Mais um avençado do inginheiro.

    Gostar

  85. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 22:53

    Outro grave problema!

    isso já foi, navegam à vista e a estratégia é para onde estão virados

    Gostar

  86. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:03

    é governar o povo, quando deveria ser o governo do povo

    então o povo governa-se o loureiro, o costa, etc. também são povo

    Gostar

  87. Doe, J permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:06

    Anónimo disse
    “grande conceito de democracia. fixe meu e ainda és capaz de chamar nomes ao chavez”

    Verdade! Todos sabemos que os programas e as campanhas eleitorais em Portugal são apenas mais uma desculpa para justificar as subvenções que os partidos empocham à conta dos idiotas uteis que não votam em branco ou se abstêm. É (mau) entretenimento e (pessima) ficção nacional, tipo telenovela daquelas em varios capitulos e em que já se sabe ao principio como tudo vai acabar.

    Para quando programas eleitorais com guião das Produções Fictícias? Talvez melhorassem um bocadinho a qualidade e, quem sabe, talvez até acertassem em qualquer coisa que realmente acabasse por ser cumprida. 🙂

    http://dn.sapo.pt/2007/12/29/nacional/subvencoes_partidos_sobem_dobro_infl.html
    “Este aumento decorre da lei que estabelece o financiamento dos partidos políticos e das campanhas eleitorais – estabelecido por diploma de 2003 – em que se determina que por cada voto obtido o partido receba anualmente 1/135 do salário mínimo nacional (SMN) mensal.

    “Em 2007, o SMN é de 403 euros mensais, pelo que cada voto obtido nas legislativas rendia aos partidos 2,99 euros. Mas, quando o SMN é aumentado em 2008 para 426 euros, cada voto passou a render aos partidos a quantia de 3,16 euros.”

    Gostar

  88. erre permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:06

    80

    Por essa ordem de ideias, qualquer dia estava o povo indignado a lançar da escadaria do parlamento e dos varandins das câmaras, a corja de políticos corruptos que nos governa, e em particular os que se alapam ao poder.
    Afinal em que país estamos…?

    Gostar

  89. celestine permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:12

    Cavaco é inatingível, qual verbo de encher à solta, não importuna os compadres, que lá se associam, nomeiam (do Público) e, lavando uma mão a outra, acabam a entender-se, sem perigo da democracia. E pior estão os mais portugueses, católicos, mansos, que lá hão-de eleger quem unte as mãos de algum amigo, enquanto a dividir por todos sobe a maquia de dívida externa que enche o prato dos bon-vivants da pandilha.

    Gostar

  90. frio porte permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:16

    loureiro esteve na apresentação do “menino de ouro”
    “aldrabões há muitos! seu palerma”

    Gostar

  91. 14 Fevereiro, 2009 23:18

    Doe, J 87

    Exactamente isso !

    E tivemos um perdão recente, às “continhas” dos candidatos presidenciais…

    Mas os tolinhos e idiotas úteis não se importam…e votam na gentalha !

    PS: Talvez não seja por acaso que a SI edita logo após o telejornal das 20h00 um programa de apanhados, com o título “Não há crise !”…
    Apanhados para entreter os anestesiados, os idiotas úteis, povinho-NADA !

    Gostar

  92. 14 Fevereiro, 2009 23:19

    Errata:

    último parágrafo, “SIC”

    Gostar

  93. 14 Fevereiro, 2009 23:20

    Caro Wallace

    Nesse quadro histórico que refere, a comparação parece-me excelente.
    Concordo perfeitamente consigo quando diz que D. Carlos foi o último baluarte do regime. Foi um monarca constitucional mais por função do que por devoção.
    No entanto, foi um dos grandes estadistas que Portugal conheceu e a quem, vergonhosamente, o ano passado, foram recusadas honras de estado e salvas de bala de canhão no momento do centenário do Regicídio.

    Parece que o martírio de D. Carlos I ainda faaz confusão a muitos políticos (que devem viver com algum fantasma ou complexo de inferioridade).

    Faltam homens valorosos, capazes de sacrificarem o melhor de si pelo país, que desta forma vai sendo consumido numa lenta hemorragia interna …

    Um abraço amigo

    Gostar

  94. zé da burra permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:22

    Erre, é isso mesmo que pode acontecer, a cólera dos mansos incontrolada, no dia em que as forças de segurança actuarem em conformidade com o desprezo e a desconsideração a que têem sido sujeitas. Vai haver precedentes, o tuga é mais de imitar que de avanaçar primeiro, mas o tuga anda inquieto a sopa dos pobres vai mexer no íntimo. Em que país estamos, o erre ainda não percebeu, o país afundou no pântano e 2002, agora sete anos passados o pântano fede e o sentimento de repulsa avança. Será que o erre e os seus bisnetos ainda vão estar dispostos a pagar o bpn, o bpp, o tgv e outras paródias acabadas em ê? Diz a burra em surdina que me envergonha: ” E a burra sou eu?”

    Gostar

  95. naria permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:22

    Ninguém está acima da LEI, certo?
    O papel de Dias Loureiro na relação com o PR, conselheiro e Estado e conselheiro financeiro, não??

    Gostar

  96. 14 Fevereiro, 2009 23:23

    Tresanda a um país que acabou, mas cujo aviso de fecho de portas se extraviou nos CTT.
    A coisa já estava toda aqui.
    Pena não terem lido 🙂

    http://braganzamothers.blogspot.com/2009/02/nota-breve-alice-no-pais-de-alcochete.html

    Gostar

  97. a prima do picoiso permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:27

    Ó primo não te ponhas detrás da burra.

    Gostar

  98. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:32

    às duas da manhã o fadista isaltino canta para o cavaco

    Gostar

  99. Laden bumbum permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:37

    88, erre desde que deixaram entrar os ucranianos e os romenos, os doces costumes acabaram meu caro, arrange um bom bacamarte que eles quando entram em casa não são para cerimónias.

    DN O ucraniano detido pela Polícia Judiciária em flagrante delito na posse de armas, munições e explosivos “é suspeito de vários assaltos violentos, incluindo a alguns ourives”, disse ao DN fonte ligada às investigações. O indivíduo, de 29 anos, trabalha a poucos quilómetros, numa oficina no Alto Leomil, na EN16, que faz a ligação com Espanha, mas já no concelho de Almeida. O actual patrão não tem razão de queixa e tem no ucraniano “um homem de confiança”. A PJ investiga “uma eventual participação em assaltos”, entre os quais a ourives. “Como operacional ou fornecedor de armas são assuntos que ainda investigamos”, explicou fonte policial.
    Outro pormenor notado pelos investigadores foi a localização do emprego e da residência: “Este tipo de gente não dá nas vistas e leva uma vida calma. Têm elevada mobilidade e, no caso deste suspeito, está perto de tudo parecendo que vive numa aldeia erma.”

    A GNR anunciou esta quinta-feira a detenção de oito indivíduos de nacionalidade romena, com idades entre 19 e 52 anos, suspeitos da prática de furtos e de burlas no concelho de Trancoso. Fonte do Grupo Territorial da GNR da Guarda disse à Lusa que os suspeitos estavam a ser investigados há já algum tempo pela prática destes crimes, «não só no distrito da Guarda, como em outros locais do país». Os suspeitos, dois homens e seis mulheres, foram detidos «em flagrante delito, após terem furtado 400 euros de uma habitação na cidade Trancoso».

    Gostar

  100. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:38

    tou com pena da kátia (raio de nome) ainda fica sem avença

    Gostar

  101. 14 Fevereiro, 2009 23:42

    CAA,

    Mesmo que Você se irrite:

    1. Você está a ironizar?
    2. Você é anjinho? (não me parece).
    3. O Regime já tresanda há vários anos.
    4. Aliás, Você nunca ouviu falar em dinheiros do Secretário, Dr. Heitor? Há quem fale em provas que justificam “grades”.
    5. Os media só descobrem, o que o “polvo” quer. São meras armas de arremesso.
    6. Não são estes casos que vão rebentar com o sistema. Ele rebenta-se a ele próprio, por pura incompetência.
    7. Sócrates é o maior incompetente da III República, e vai ser o seu último PM, ou ainda haverá um último, posteriormente.
    8. Seja com quem for, que venha a IV República.

    Gostar

  102. 14 Fevereiro, 2009 23:43

    Biografia de «o menino de ouro do PS». Dias Loureiro confessou-se «emocionado» com a leitura

    http://www.diario.iol.pt/politica/socrates-biografia-dias-loureiro-antonio-vitorino-eduarda-maio-ps/967656-4072.html

    Gostar

  103. 14 Fevereiro, 2009 23:44

    “loureiro esteve na apresentação do “menino de ouro””

    Juntem a isto, uma pitada de Coelho, e têm a fétida III República.

    Gostar

  104. José Manuel Santos Ferreira permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:46

    O CAA ????
    Ao que isto chegou
    Tantos nervos, caramba

    Vocês na polícia deviam ser o vaptivup

    Refreiem

    Gostar

  105. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:50

    Laden bumbum

    não percebi nada. o portas conserta-lhe o texto. passe pelo caldas.

    Gostar

  106. 14 Fevereiro, 2009 23:51

    Entretanto:

    1 – Eduarda Maio passa a apresentar os noticiários da Edição da Manhã da Antena 1 (7h-10h), um dos períodos mais nobras da rádio pública (anteriormente estava com o “Antena Aberta”, às 10h)
    2 – O Provedor do Ouvinte, Adelino Gomes, defendeu a sua independência dizendo que a biografia de Sócrates é um trabalho de “investigaçã jornalística” e não um “exercício de elogio”
    3 – Quem não quer ser lobo, não lhe veste a pele: se o título do “menino de ouro” era do CM, Eduarda não tinha nada que o publicar assim … À mulher de César não lhe basta ser séria – é preciso, sobretudo, parecê-lo

    Zangam-se as comadres e descobrem-se as verdades:

    Desculpa lá, ó Dias, sei que fizeste uma belíssima apresentaçãao da minha biografia, mas pá, era preciso que a malta deixasse de falar nas coisas do freeport e pá, lá tivemos que voltar à história do BPN …

    No “hard feelings” …

    Gostar

  107. 14 Fevereiro, 2009 23:52

    Até por estes lados, já se chama INCOMPETENTE a José Sócrates:

    José Sócrates, como Primeiro-Ministro de Portugal, tem um vencimento-base de cerca de 5400 euros, ou seja, pouco mais de mil contos. É pouco, muito pouco, para quem, bem ou mal, tem a responsabilidade de governar um país.

    Mas Primeiro-Ministro não. A responsabilidade é muito grande para tão baixo salário. Já quanto à qualidade do trabalho, aí haveria muito para dizer. Muito mesmo…

    http://5dias.net/2009/02/13/o-salario-de-jose-socrates/

    Gostar

  108. Bull & Came permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:54

    100 COMENTS

    Para nada

    Zizânia
    Os lobos entredevoram-se
    Folgam as costas

    Gostar

  109. Anónimo permalink
    14 Fevereiro, 2009 23:56

    amorim, os frequentadores do teu tasco são uns ingratos. sujam o caixote com toda a merda que lhes vai na cabeça e vão-se embora sem um único comentário à tua brilhante, diria mesmo luzídia
    prestação na tv-n. ingratidão a mais, se fosse eu só cá voltavam a pagantes.

    Gostar

  110. 15 Fevereiro, 2009 00:26

    Adivinha:

    Que banco financiou (> 2.000.000 € cada) a compra da farmácia da filha do Cavaco Silva e a farmácia do filho do Eanes?

    Gostar

  111. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 00:35

    Que banco financiou (> 2.000.000 € cada) a compra da farmácia da filha do Cavaco Silva e a farmácia do filho do Eanes?

    assim não vale. essa era só para a semana que vem.

    Gostar

  112. 15 Fevereiro, 2009 00:37

    # 110

    Fácil. BPN.

    Gostar

  113. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 00:45

    #110 e o que deram de garantia?

    Gostar

  114. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 00:46

    # 113 pastéis de belém

    Gostar

  115. Robin permalink
    15 Fevereiro, 2009 00:52

    Tinha tinha, por isso mendigava à porta de Roma.
    — Alguém me poderia informar sobre o caminho que devo Tomar? Já tomei uma atitude, um chá, e até uma Mariza tomei. Mas continuo perdido. Afinal a lei ou briga?
    — Cú, ó Vates? — interpelava o ressuscitado e ameaçava recomeçar tudo outra vez (leões, circo, cruzes … ).
    — Há dias felizes, ó martir!
    O mendigo tirou a pala do olho e avançou sorridente para o recém-chegado.
    — Bons olhos te vejam. Mas observa que o tempo está incerto e já não apetece um gajo sacrificar-se. Ora chove e fica o cabelo num mísero estado, ora aquece o Sol e temos que franzir os olhos para ver o povo que assiste ao sacrifício. E lá está: ficamos para a posteridade com cara de chinês. Assim que o tempo piore (ou melhore) seguiremos as tuas pegadas e alçaremos a cruz enquanto os outros se avinham no monte dos Oliveiras.
    — Folgo em saber que não me trais. Mas diz-me: as crianças?
    — Estão em casa pia.
    — E é verdade que Paulo deixou de cobrar para seguir as Escrituras?
    — Mas afinal quem é aqui o homem de pouca fé, ó ressuscitado? As Escrituras e as Pinturas!
    — Tens razão, faz como eu faço não digas o que te digo. E que novas dás de todos esses alvarás do grego?
    — Tudo feito com descrição e saber. Pérolas …
    — Consta que Maria escreve que devemos amar!
    — Já não mama mas Mário continua a mamar.
    — E quem manda: César ou Deus?
    — Os tempos são outros. César morreu e não se acha quem filme este enredo com o casaco pendurado na objectiva. Pudor, é claro … Quanto a Deus? Anda por aí, cinto de bombas enfiado na braguilha …
    — Dizes-me então que não faz falta que me sujeite novamente ao enxovalho?
    — Nada, nada, a coisa está sob controle. O Almeida já vem falar em receitas para o mundo ordenado levar na p … mas olha lá, agora que te vejo ocorre-me perguntar: aquilo lá no Paraíso é tão bom como apregoam o Augusto e o Pereira?
    — É bonzinho, pá. Distribuem cartões e mantas no Inverno e protector solar no Verão. Há sopa duas vezes por dia. Os ratos andam bem alimentados: não chateiam. Poupamos na roupa porque deixam-nos andar nús. À noite a carrinha distribui Camilo Alves para aconchegar o estômago. Tá-se bem.
    O mendigo voltou a colocar a pala e retomou o caminho coxeando. Não havia pressa em sujeitar-se ao ritual de passagem. As coisas lá por cima não aparentavam estar melhor. A diferença é que eles ainda não se tinham apercebido disso.

    Gostar

  116. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 00:53

    ò #114 é muito pastel

    Gostar

  117. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 01:02

    Robin

    esqueceste o fripor

    Gostar

  118. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 01:29

    Oh Carlos! Francamente! já sabia que o Dias Loureiro tinha mentido e não disse nada ao pessoal? E não escreveu crónica sobre o assunto, nem a levantar o véu sobre a futura notícia?
    E a notícia tresanda a resposta ao freeqquercoisa? Claro que não! Ou joga-se ao gato e ao rato em política podre? inimaginável caro Carlos, inimaginável!

    Gostar

  119. 15 Fevereiro, 2009 02:39

    Há quem não fale a verdade,
    embora não tenha pudor,
    fantasiam com falsa seriedade
    como um reles actor.

    O mexilhão enganado
    participa como espectador,
    neste espectáculo encenado
    deploravelmente revelador.

    O meu primo mexilhão
    até gosta de palhaços,
    mas, detesta a encenação
    dos políticos ricalhaços!

    Gostar

  120. 15 Fevereiro, 2009 05:06

    O BPN é uma brincadeira perto do que aí vem:
    http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/02/implicacoes-da-crise-na-russia-um.html

    Gostar

  121. anti-progressista permalink
    15 Fevereiro, 2009 06:44

    CAA,
    Vocé escreveu “é este regime que corre o perigo de se afundar, de tão podre.”
    Erro e grave.
    A verdade é que já bateu no fundo e está quase completamente coberto de lama pestilenta.
    Isto não tem ponta por onde se pegue e, por isso, não há ninguém sério e capaz que lhe queira deitar a mão.
    Por acaso, desde a abrilada, até já passou alguma, mas pouquíssima, gente competente pelos governos. A questão é que sairam logo a correr, pois só se aguentaram uns meses que se contaram pelos dedos de uma mão – e por que não podia ser menos.

    Nuno

    Gostar

  122. celestine permalink
    15 Fevereiro, 2009 09:06

    # 121

    E não pensa em tratar-se, breve, não?!
    Que o vesgo, irremediávelmente, aumenta!

    Gostar

  123. Jeronimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 09:50

    Ontem ouvi uma jornalista comentar com ar cínico que a perda de memória de Dias Loureiro não colhia, porque “oito anos não era assim tanto tempo”. Pelos comentários acima fico descansado porque pelos vistos vivemos num país de cidadãos perfeitos e os únicos corruptos e mentirosos são os políticos. Na minha opinião, no caso de Dias Loureiro a única coisa que lhe pode ser condenada é o facto de ser tão lesto a responder que não conhecia o fundo. Porque é perfietamente normal que não se lembre. No caso de Sócrates, até agora, só ouvi ruído. E é tão o mais estranha a agenda dos média e da políca do que o caso em si.

    Gostar

  124. 15 Fevereiro, 2009 09:59

    “O momento é esquisito e tresanda a resposta ao escândalo Freeport.”

    Ou seja, CAA, Dias Loureiro ( e Cavaco?) está a ser vítima de uma campanha negra. Tal como Sócrates. Numa partida de ping-pong de campanhas negras.

    É bom lembrar que as campanhas negras existem. E são lançadas por quem tem poder. E as vítimas dessas campanhas podem ser inocentes.Mas geralmente quem as lança conhece os telhados de vidro dos outros.

    Gostar

  125. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 10:28

    A crise. Não se obserrva, quem devia, poupar dinheiro. Até por exemplo os deputados continuam a fazer horas extraordinárias. É observar todos os dias na comissão ao bpn até às tantas da matina todos felizes, como se não pudessem trabalhar de dia.

    Gostar

  126. josé ingenuo permalink
    15 Fevereiro, 2009 10:41

    O país,está podre?,..a classe política tresanda a estrumeira?..Há,haverá sempre, gente inteligente e honrada que surgirá…apesar do medo que grassa na sociedade,um temor esquesito que se colou à nossa pele,nos quebrou a auto estima enos tornou,a todos,cumplíces desta trágida derrocada.

    Gostar

  127. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 10:52

    vamos lá resumir o discurso presidencial da semana passada:

    . 1 – fripor + primeiro ministro = ASSUNTO DE ESTADO

    . 2 – bpn + conselheiro de estado = ESTADO DO ASSUNTO

    Gostar

  128. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 10:53

    ordralfabetix # 127

    podias ter dito isso anteontém

    Gostar

  129. 15 Fevereiro, 2009 10:59

    Os apóstolos da desgraça, parecem terem no Blasfas um local de culto, com autoflagelações, exibindo as chagas, clamando pelo redentor.
    Um espectáculo!

    Gostar

  130. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:01

    caa: aqui no caixote és líder de opinião. já começam a inverter a conversa da semana passada.
    esta semana dizemos o contrátrio do que foi dito ( e já agora do que nos esquecemos de dizer) baralhamos e damos de novo. e aí teremos o novo tipo de campanha eleitoral. o mega comício-jantar da patroa em coimbra tinha menos clientes que o caixote.

    Gostar

  131. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:04

    gente inteligente e honrada que surgirá…apesar do medo que grassa na sociedade

    novo conceito de inteligência e honestidade: condição prévia ser cobarde, assim estilo Malegre.

    estes moços deliram.

    Gostar

  132. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:07

    #129 se soubesses inglês sabias que “can” quer dizer “lata”

    desculpem a repetição, mas não resisti.

    Gostar

  133. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:12

    caa: acaba com a publicidade grátis que alguns clientes aqui despejam, ninguém os visita e os gajos vão despejando links. expediente portuga sempre na melhor das intenções.

    Gostar

  134. 15 Fevereiro, 2009 11:18

    jÁ AGORA O SENHOR NÃO É COMUNA POIS NÃO..?
    A PUBLICIDADE É A CEREJA DO NEOLIBERALISMO…APELA SUGESTIONA…ATÉ QUEM SABE HIPNOTIZA…LEVA A COMPRARA COMPULSIVAMENTE…

    Gostar

  135. a prima do picoiso permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:32

    Primo estás aqui estás a dizer ó da guarda. Jê os números.
    De vitória em vitória até à derrota final.

    José Sócrates foi reeleito pela terceira vez secretário-geral do PS ao reunir 96,43 por cento dos votos nas eleições directas do partido, que decorreram entre sexta-feira e ontem, revelou o partido em comunicado.
    Num universo de cerca de 73.000 militantes, o único candidato para a eleição de secretário-geral do PS, José Sócrates obteve 25.393 votos, durante um escrutínio com 736 votos brancos (2,79 por cento) e 202 nulos (0,76 por cento).

    Gostar

  136. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:35

    bulimunda:

    assim tá melhor, pastas e quem quiser come.

    não. sou do benfica que o que se arranja mais parecido.

    Gostar

  137. 15 Fevereiro, 2009 11:38

    O BPN está a ser usado para abafar o Freeport.

    O Freeport foi reavivado no meio do escandalo BPN.

    Há três verdades muito simples.
    Quando o ladrão rouba a culpa não é da polícia.
    1’800’000’000,00 euros
    Zangam-se as comadres sabem-se as verdades.

    (1800milhões é igual a 25%TGV ou 100%NovaTravessiaTejo)

    Gostar

  138. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:47

    O BPN está a ser usado para abafar o Freeport.

    e o bpp, vai ser usado para quê. e já agora, usas a cabeça para quê? é moda carregar uma abóbora em cima dos ombros. só no dia das bruxas.

    Gostar

  139. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:49

    a prima do picoiso: arranja aí os números do bacalhau seco para compararção.

    Gostar

  140. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:51

    do # 147, ops esqueci-me do almirante

    Gostar

  141. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:53

    isso do huxley é de família ou descobriste agora

    Gostar

  142. a prima do picoiso permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:54

    133, espectáculo vai ser ver a tua atrapalhada figura com as calças na mão. Também te achas surpreendido como o pior ministro da finanças da UE? O teu único lugar de culto será o ninho dos ratos? Ou a Rua Coelho da Rocha, 16, 1º. Dto. Lisboa? A maior autoflagelação não será a dos lacaios ? A chaga maior está a ser revelada no rei nu, teu redentor. Para além das chagas não tem nada de decente para mostrar?

    Gostar

  143. 15 Fevereiro, 2009 11:55

    ordralfabetix # 127

    podias ter dito isso anteontém

    Não disse anteontem mas tinha dito há 2 semanas.

    Gostar

  144. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:56

    caa, ainda passas as 200 se os gajos continuarem na cama

    Gostar

  145. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 11:59

    a prima do picoiso:

    não disfarces, chuta lá os números da eleição da manuela. depois falas do resto.

    Gostar

  146. 15 Fevereiro, 2009 12:06

    @ Anónimo #148

    É pra isto que serve a tua ligação de internet. Achas que andas por aqui a fazer algo de útil. Não achas cobarde esconder-te atrás de um ‘Anónimo’; tens receio que não seja possível encontrar uma linha de raciocinio na tua verborreia?
    A tua mãe criou-te para seres uma pessoa assim? Achas que as outras pessoas ficam ofendidas por te apelidar pessoa?
    Estás a aproveitar a tua vida para quê?
    Andas cá só porque a eutanásia é proibida? Ou tentaste suicidar-te e não conseguiste? Ou essa hipótese ainda não te chegou à cabeça?
    Cala-te!

    Gostar

  147. 15 Fevereiro, 2009 12:06

    #147

    Gostar

  148. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:14

    Francisco:

    deves ser marido da “prima do picoiso” para vir defender a honra da donzela.

    o resto do comentário pode ser aproveitado para programa eleitoral do bacalhau seco. passa lá na s. caetano e diz que vais da parte do badocha (borges DE HERDADE)

    Gostar

  149. 15 Fevereiro, 2009 12:18

    @157 (=148) Peço desculpa. Era destinado ao anónimo do comentário 147.

    Gostar

  150. a prima do picoiso permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:19

    O meu primo passou-se, virou anónimo 147, 148, 149, 150, 153, 154 está possesso, perdeu qualidades. Perdoem-lhe ele passou a temer o futuro com o qualquer de nós, comuns mortais.

    Gostar

  151. jupiter permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:23

    “Em princípio, não seria difícil desmontar a soberba inerente à metralhadora de queixumes. Mas seria correcto? Por mim, hesito. Aos poucos, coloco a possibilidade de o eng. Sócrates ter razão. Pensem comigo: e se tem? E se é a má-fé que nos leva a questionar a nobreza do seu carácter e a justiça das suas acções? E se ele deseja de facto o progresso do país, não há a hipótese de os que dele divergem desejarem o atraso ou no mínimo uma coisa assim-assim? E se a “campanha negra” é real e movida pela inveja que a grandeza normalmente desperta? E se, como a sua retórica insinua, o eng. Sócrates pairar merecidamente acima das críticas, no fundo uma expressão masoquista contra quem quer o nosso bem e faz do nosso bem o seu desígnio? E se, afinal, o eng. Sócrates for melhor que todos nós?
    Por inércia ou cansaço, começo a acreditar nisso e, o que é mais esquisito, parece-me que o eng. Sócrates também”. Alberto Gonçalves, DN

    Gostar

  152. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:31

    a prima do picoiso

    eheheheh… não metas os outros ò barulho, ainda aqui há gente respeitável.

    quando falas em números és um desastre. confundes números de porta, de circo, de entradas.

    não te esqueças dos números da eleição do bacalhau seco.

    Gostar

  153. 15 Fevereiro, 2009 12:42

    Tenho para mim que o anónimo é a cancio disfarçada de transexual…ou talvez anda atrás de milk…

    Gostar

  154. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:42

    “Não disse anteontem mas tinha dito há 2 semanas.”

    Aonde?

    Gostar

  155. 15 Fevereiro, 2009 12:44

    Falar com franqueza e dizer a verdade são duas coisas totalmente diferentes. A honestidade está para a verdade como a proa de um barco para a sua popa. A franqueza aparece em primeiro lugar, a verdade vem depois. O intervalo de tempo entre ambas está na proporção directa da envergadura do barco. A verdade, quando aplicada às grandes questões, tarda em aparecer. Acontece, por vezes, que só se manifesta depois da morte.

    Haruki Murakami,

    Gostar

  156. 15 Fevereiro, 2009 12:47

    Ricardo Costa, com um bom artigo no ‘Expresso’ sob o título “Paulinho Santos do PS”.
    E o PSantos é…Augusto Santos Silva !

    Gostar

  157. ordralfabetix permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:51

    155.Aonde?

    Arre, que há gente desconfiada. E exigente. Não chega dizer que disse?

    Foi aqui no blasfémias, 29/01/09, 10h28pm
    “Sem querer fazer a defesa da honra do PM ( é minha convicção que tem culpas no cartório) não é pelos factos relevantes viram de Inglaterra que não há conspiração.
    Até pode haver conspiração de quem sabe que o PM é culpado. A conspiração não serve só para incriminar os inocentes. Também serve para incriminar culpados que doutra forma escapariam.”

    Comentando um post do CAA,que parecia não acreditar em campanhas negras.

    “Poderes Ocultos (1)29/01/09
    Como é possível basear uma defesa política numa suposta “campanha negra”, política também, se os factos relevantes que motivaram a nova conferência de imprensa do primeiro-ministro tiveram origem em Inglaterra?”

    Agora parece que já viu a luz e já acredita. Será fé? Ou uma fezada?

    Gostar

  158. ordralfabetix permalink
    15 Fevereiro, 2009 12:52

    “E o PSantos é…Augusto Santos Silva !”

    Também podia ter dito o Bynia. Ou o Fernando Aguiar. Ou o

    Gostar

  159. 15 Fevereiro, 2009 13:03

    Ordralfabeletix,

    “Ou o”… André.
    Não, o Petit está na Alemanha.

    Gostar

  160. 15 Fevereiro, 2009 13:15

    Dois “queridos líderes” entronizados neste fim-de-semana: Sócrates e o seu amigo Chávez.
    Dois democratas, ambos querendo para si tempo ilimitado, mas com prazos de validade, por o que já fizeram e pretendem fazer.

    Parabéns aos seus apparatchiks e amanuenses.

    Gostar

  161. 15 Fevereiro, 2009 13:16

    Adenda:

    segundo parágrafo, “democratas”

    Gostar

  162. 15 Fevereiro, 2009 13:43

    Desculpe lá MJRB, mas “apparatchiks e amanuenses” expressão que usa em carimbo, não será uma tatuagem sua?
    Porque a sua conversa política é sempre a mesma, num repetitivo enfadonha.
    Parece o Filipe Vieira a falar de futebol.

    Gostar

  163. ordralfabetix permalink
    15 Fevereiro, 2009 13:45

    “Ou o”… André.

    E o Rodolfo ou o Bruno Alves.

    Se fosse do governo do Berlusconi, quem sabe o Materazzi ou o Gattuso. E o Gentile, claro.

    Gostar

  164. 15 Fevereiro, 2009 14:25

    Mr. Piscoiso,

    Nada tenho a desculpar….Ora essa !
    OK ! Substituo, por agora e a seu pedido, apparatchiks por funcionários que aparam todas as decisões e/ou golpadas, e amanuenses por serviçais sempre ao dispôr e à espera ou já com um tachito.
    (Repetirei esses termos sempre que quiser).

    Não tenho frases nem termos “tatuados”, e muito menos tias sempre opinativas às quais iria valer-me à enfadonha falta de opinião própria.
    Quanto ao Vieira, sabe mais de futebol do que o Luís de Freitas Lobo ou o Valdano. Muito mais !

    Gostar

  165. 15 Fevereiro, 2009 14:47

    A minha tia Vitalina, que é burocrata de raiz, reconhece-lhe toda a autoridade para pôr carimbos e repeti-los, para o povo, que julga lerdo, acreditar.

    Gostar

  166. 15 Fevereiro, 2009 14:55

    Por Vitalina: não por acaso, estou obcecado por tudo fazer para que Vitalino Canas venha a ser candidato à presidência da república !

    “Acho” que seria não só um excelente PR, mas também o mais adequado para os tempos pós-crise 2010-2015.

    É uma obcessão, já por mim repetida desde há uns dois meses no Blasfémias.
    E promoveria um referendo para termos um regime quase-quase presidencialista.

    Gostar

  167. 15 Fevereiro, 2009 15:02

    A minha prima coitada, tem um problema hormonal e anda a assediar-me.
    Acontece que não sou incestuoso.
    Anda a tomar uns supositórios, que suponho serem placebos.

    Gostar

  168. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 15:15

    MJRB #170

    não devia beber tanto redbull. isso sobe-lhe à cabeça e você ainda faz algum disparate.

    Gostar

  169. 15 Fevereiro, 2009 15:24

    O que se propunha aqui era comentar a posição de Dias Loureiro, o seu contágio a Cavaco Silva e se a notícia da compra dos 6000 Ha. junto ao futuro aeroporto será uma reacção ao caso Freeport. E, sobre isso, quase se passou ao lado.
    Pois bem, creio que nada de grave acontecerá a Dias Loureiro, nem tão pouco a Oliveira e Costa, e acho que a tentativa de envolver Cavaco Silva é abusiva. E creio isto porque, segundo consta, o BPN foi uma enorme lavandaria por onde passaram capitais sabe-se lá de que proveniência. Ora, Dias Loureiro e Oliveira e Costa têm memória e há muita gente que gostaria de os ver calados. E assim acontecerá!

    Gostar

  170. 15 Fevereiro, 2009 15:24

    169,

    O seu tintol ordinareco porque baratucho, é que o leva ao delírio. E depois, escreve disparates.

    Gostar

  171. 15 Fevereiro, 2009 15:31

    Mr. Pedro C.,

    OCosta, depois desta prisão, vai levar mais 120 dias de pena e…”multa”, pesada(*).
    O regime, este regime, não pode sofrer mais abalos.

    De acordo: a sensação que se tem, é que ambos não podem colocar tudo o que sabem “na praça pública”.

    (*) Se acontecerem só essas penas, então é porque tudo está muitíssimo mal nas relações banca/justiça/regime.

    Gostar

  172. Zenóbio permalink
    15 Fevereiro, 2009 15:31

    Oh não! O Piscoiso com o seu enfadonho desfile de heterónimos e tias tresloucadas. Não há pachorra, para tanto cabotinismo. Mude de discurso!

    Gostar

  173. 15 Fevereiro, 2009 15:32

    Só agora o CAA viu que o PSD é igual ao PS?E o CDS?Há muito que o bloco central anda a roubar o país e a mandar areia para os olhos dos portugueses.E cavaco Silva o nosso presidente que esperavam dele?Porque se candidatou ele a presidente?Ou já se esqueceram das noticias sobre o seu genro ás finanças?Mais de um milhão de euros.Vós que sabeis muito perguntem o que se passou no último dia da campanha com uma penhora a uma rádio do genro do sr. presidente com o arresto de todos os aparelhos das rádios todas o que não permitia mais as rádios trabalharem pois todas funcionam no mesmo sitio.Essa acção foi metida por um jornalista de umarádio desse sr Maltez por dívidas superiores a 40.000 euros a esse jornalista por despedimento ilicito.Ligaram para o sr Maltez o que se estava passando e ele pediu por favor para não fazerem isso que prejudicavam a eleição do sr Cavaco silva e assim ele não poderia pagar a dívida.Assim se fez o sr Silva foi eleito na semana a seguir foi paga a dívida e nunca mais se ouviu falar do milhão e tal que o sr Maltez devia ás finanças.Foi por isso que o sr Silva se candidatou depois de anos a gozar a reforma.Coitados daqueles que aindam acreditam em pais natais.Toda esta gentalha do bloco central está toda metida em merda até á cabeça.Tenho nojo disto tudo .

    Gostar

  174. 15 Fevereiro, 2009 15:37

    tanto me provocam asco as elites económicas e políticas deste país como os seus comentadores… só oportunismo e desonestidade (intelectual, no caso dos comentadores, mas não menos lamentável).

    ainda o Freeport ainda não tinha feito o seu comeback e já tinha visto que o Dias Loureiro andava a enganar tudo e todos… vê-se na postura e nos traços crispados do homem! não é menos grave que ter um PM troca tintas, mas tem consequências financeiras muito mais gravosas e mais insidiosas a nível político! só não vê quem não quer ver!

    alternativas, não as vejo em lado nenhum… a voz do eleitorado será lei! e não vale a pena confundirmos os nossos desejos com a realidade!

    Gostar

  175. 15 Fevereiro, 2009 15:39

    Cabotino é o seu tio, Zenóbio.

    Gostar

  176. Zenóbio permalink
    15 Fevereiro, 2009 15:41

    “alternativas, não as vejo em lado nenhum… a voz do eleitorado será lei! e não vale a pena confundirmos os nossos desejos com a realidade!”

    É isto que o Centrão quer – o sentimento de ausência de alternativa. Que brinde melhor para quem quer que tudo continue na mesma?

    Gostar

  177. Zenóbio permalink
    15 Fevereiro, 2009 15:44

    Já alguém viu o Piscoiso ir além do fogo-de-artifício verbal costumeiro? O homem não adianta nada parecido com um pensamento lógico. Quem disse que é necessário pensar antes de escrever?

    Gostar

  178. 15 Fevereiro, 2009 15:52

    Zenóbio,

    enquanto não existir uma força política de pressão a nível da sociedade civil sobre as elites que nos desgovernam e capaz de renovar a classe política, isto não sai do centrão nem das mãos que o dominam… e não há volta a dar-lhe!

    Gostar

  179. 15 Fevereiro, 2009 15:56

    Os paradoxos de Zeno
    Sob a forma de Zenóbio
    São algo basto pequeno.
    Diria mesmo micróbio.

    Gostar

  180. Lololinhazinha permalink
    15 Fevereiro, 2009 15:57

    Fico pasmada com esta caixa de comentários que parece anunciar o fim do mundo.
    Talvez as pessoas já não se lembrem dos últimos tempos do cavaquismo e dos escândalos semanais nas páginas do independente.
    Quem ler esta caixa de comentários corre o risco de ficar com a ideia que os portugueses são um povo certinho, que nao alinha em esquemas manhosos, na pequena e grande corrupção e no tráfico de influências.
    Infelizmente não é assim. Estranho seria se um povo tão dado a esquemas, como nós somos, se fizesse governar por cabeças incorruptíveis. Qualquer estudo caseiro de estatística demonstraria a improbabilidade do fenómeno.
    Isto não serve para dizer que está tudo bem. Serve para dizer que não é novidade e não é o fim do mundo.
    Não vale a pena ser tão rápido a fingir indignação com os comportamentos dos nossos políticos. Fomos nós que os elegemos.

    Gostar

  181. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 15:58

    Mr. MJRB #167

    “…não por acaso, estou obcecado por tudo fazer para que Vitalino Canas venha a ser candidato à presidência da república !”

    Pode explicar o porquê de VCanas a PR? Para mim, é mais um daqueles políticos que…

    Gostar

  182. 15 Fevereiro, 2009 15:59

    «O BPN está a ser usado para abafar o Freeport»

    Pode ser que sim. Mas o que importa é saber se o caso é mesmo um caso.
    Quer o BPN quer o Freeport devem ser esclarecidos. Até ao fim.

    Gostar

  183. macmahon permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:00

    «Ceci n’est pas une crise ; Juste la fin d’un monde».
    Titre d’un bouquin écrit par un Prof à Paris X.

    Gostar

  184. Zenóbio permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:00

    O Piscoiso, rima mas não convence.

    Gostar

  185. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:04

    tentativa de envolver Cavaco Silva é abusiva

    aliás como já foi provado oficialmente por ele próprio em nota oficial dele mesmo, há mais de 15 dias. nada de confusões com o que possa vir a acontecer.

    mais uma repetição: freeport + primeiro ministro = assunto de estado
    bpn + conselheiro de estado = estado do assunto

    Gostar

  186. Zenóbio permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:09

    “Não vale a pena ser tão rápido a fingir indignação com os comportamentos dos nossos políticos. Fomos nós que os elegemos”

    Pessoalmente, não votei em nenhum partido do arco do poder, mas ainda que o tivesse feito, o voto iria para o programa de governo e não para a expectativa de corrupção, que pessoas como Lololinhazinha, afirmam ser matricial. A desculpa da inevitabilidade dos esquemas, é a admissibilidade da corrupção como modo de vida norma. Para esse peditório eu não dou.

    Gostar

  187. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:10

    parece anunciar o fim do mundo

    não, para já é o fim do psd e depois logo se verá.

    Gostar

  188. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:10

    Mr. Zenóbio #185

    Deixe lá que a política deste país está cheio de piscoisos.

    Gostar

  189. 15 Fevereiro, 2009 16:19

    E-Ko, 179

    Ainda não há essa força política que pressione e obrigue esta classe política a cumprir o qua a Lei e as promessas eleitorais exigem.

    Mas… Até poderá haver !
    E que tal a constituição dum Movimento cívico que congregue pessoas que habitualmente se abstém ou que pensam hoje abster-se nos próximos actos eleitorais, precisamente por desconfiança absoluta nestas senhoras e senhores que desrespeitam os seus concidadãos ?
    Esse Movimento, se bem organizado, dirigido e dinamizado, poderia –ou poderá !…– tornar-se numa forte pressão sobre a classe política e sobres os partidos “do arco do poder”. E não só. Se forte, e para perdurar, vigiaria(!) a acção governamental e actuaria sempre que entendesse útil.

    Gostar

  190. Mr. Hyde permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:26

    A Filha Pródiga! É sempre um prazer lê-la.

    Gostar

  191. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:28

    Mr. MJRB #190

    Pode contar comigo!

    Gostar

  192. 15 Fevereiro, 2009 16:30

    KiKas,

    Vitalino Canas é o político mais inteligente do PS, e com estatuto para estadista que colocará(!), vai colocar(!!) Portugal no rumo certo !

    Acaso Vc. tem acompanhado pelas tv’s, ou lido na imprensa as suas declarações sobre qualquer “matéria” ? — são sublimes, todas elas contém algo subjacente que enunciam conclusões sobre o estado do país e quais as soluções.
    Se ele, eleito PR, digigisse o país com mão-de-ferro própria dum regime presidencialista, o PS, se governo, seria vigiado doutra forma, tal o distanciamento institucional de VC face a esse partido.
    Dizem mal de ASantos Silva, mas seria o vice-presidente ideal !
    E recentemente, estava eu num concerto, e nas cadeiras por detrás, ouvi isto: “dizem que a Margarida Moreira vai ser ministra da educação”.
    Imaginei logo: VC, ASS, MM, e outros, poriam o país no caminho certo ! — Sócrates que se cuide…

    VC é o futuro !

    Gostar

  193. Lololinhazinha permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:30

    “Esse Movimento, se bem organizado, dirigido e dinamizado, poderia –ou poderá !…– tornar-se numa forte pressão sobre a classe política e sobres os partidos “do arco do poder”. E não só. Se forte, e para perdurar, vigiaria(!) a acção governamental e actuaria sempre que entendesse útil.”

    Caríssimo,

    E quem vigiaria o movimento de vigilantes?
    Seria dirigido e constituído por observadores estrangeiros?!! É que só assim!!….

    Caso não fosse, demoraria seis meses a ceder perantes lobbies e interesses.
    É que, como sabe, o problema está longe de ser apenas dos políticos. Basta olhar para a comunicação social, com os seus timings, bandeiras, amores e ódios de estimação para conseguir perceber isso.

    Dizem-me que portugal está num processo de mudança de mentalidades ao nível da tradicional tendência para o esquema. Eu até posso acreditar nisso, mas são processos que demoram muitos anos. Até haver uma amadurecimento em termos de escolhas políticas vamos continuar a ter fenómenos como felgueiras e oeiras. As escolhas dos povos, em democracia, são responsabilidade dos eleitores. Contra isso não vale apelar a revoluções.

    Gostar

  194. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:31

    essa força política

    muda-te para o pc ou be, não vão a lado nenhum, mas chateiam como tu.

    Gostar

  195. 15 Fevereiro, 2009 16:32

    Mr. MJRB,

    O meu grau de confiança é mais baixo. Veja a teia do Freeport publicada no Público de ontem. Os capitais de origem duvidosa que por aí circulam têm um espectro muito alargado e tudo farão para que não salte a tampa da caixa de Pandora. Isso vai protegendo muita gente. O que me dá alguma esperança é a existência de alguma investigação jornalística que agita os meios da investigação oficial e vai transpirando lá para fora.

    Gostar

  196. 15 Fevereiro, 2009 16:33

    KiKas,

    Eu não lidero esse Movimento (que até pode vir a constituir-se…), nem nada. Nadinha mesmo.

    E porque estou obcecado em fazer eleger VCanas, não deverei integrar esse Movimento.

    Gostar

  197. 15 Fevereiro, 2009 16:34

    “Deixe lá que a política deste país está cheio de piscoisos.”

    Deve andar a sonhar comigo, pois o único acto político que exerço é o do voto.

    Gostar

  198. Lololinhazinha permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:43

    Já agora:

    Não vale a pena estarem tão preocupados com a integridade dos políticos do burgo. Caso ainda não tenham reparado, 90% das decisões que interessam (aquelas que realmente têm impacto sobre a vida das pessoas) são tomadas ao nível da União Europeia. Está tudo muito preocupado a integridade de quem serve de porta voz das decisões da comunidade, mas não vejo ninguem interessado em saber como são tomadas e quem toma, na UE, as decisões que nos afectam.
    No dia em que as pessoas perceberem que as medidas tomadas por qualquer governo em portugal são pouco mais que uma mera execução de decisões e programas da UE entendem que andam a gastar demasiada energia com as eleições erradas.

    Gostar

  199. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:43

    MJRB, votaste na manela porque o menezes te pagou as cotas. ingrato.

    Gostar

  200. 15 Fevereiro, 2009 16:45

    Caríssima Miss Lololinhazinha,

    OS MELHORES E DESEJÁVEIS VIGILANTES desse Movimento de Cidadania seriam os seus apoiantes !

    Tão simples como isto: caso não estivesse a cumprir, os seus mentores seriam denunciados (preferencialmente com o mesmo vigor com que actualmente A contesta o partido Y, ou o governo Z), esvaziar-se-ia e possivelmente ficaria sem expressão, sem força.

    Óbvio: o então poder vigente, do governo à ARepública, da PRepública
    aos partidos, das CCR’s às autarquias, etc, etc, rejubilariam com o lento ou abrupto desaparecimento desse Movimento, MAS A DEMOCRACIA FICARIA MUITO MAIS ABALADA.

    E se um Movimento com essas características, génesis e objectivos não respeitasse os concidadãos, então, Miss Lololinhazinha, a sociedade portuguesa estaria (está !) bastante mal, indecente e irrecomendável….

    Esse Movimento nada revolucionaria, MAS VIGIARIA, actuaria sob a Lei e respeitaria a Constituição.

    Gostar

  201. 15 Fevereiro, 2009 16:49

    Mr. Pedro C., 196

    O que ontem o ‘Público’ editou, é uma ínfima parte (ao mais alto nível) dos conluios neste país.
    Há mais, muitos mais !
    Praticamente em todas as áreas de actividade !
    É O ESQUEMA, já muito implantado, enraizado e do qual muita gente necessita…

    Gostar

  202. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:53

    Mr. Piscoiso #198,

    Sonhar consigo? Cruzes canhoto!
    Pode continuar a votar neste sistema corrupto. O meu voto será branco ou nulo (quanto muito, abstenho-me).

    Mr MJRB #193,

    ASS e MM? Seria um desastre! Para mim são (mr. MJRB dixit, e para não ofender mr. Piscoiso) serviçais ao serviço de JSócrates.

    Gostar

  203. 15 Fevereiro, 2009 16:53

    Miss Lololinhazinha, 199

    Obviamente a UEuropeia manda ! Orienta !
    Mas há decisões que têm que ser exclusivamente dos governos.

    E não manda no “arrefecimento”(…) de complicadíssimos casos jurídico-políticos !

    (Hoje, a manchete do ‘Público’, não é nada animadora para voltarmos a reconsiderar uma nova crença na justiça…).

    Gostar

  204. João Miguel Santos permalink
    15 Fevereiro, 2009 16:56

    Bem tendo em conta que desde Sá Carneiro todos os governos do bloco central bicéfalo PS e PSD, foram todos uma catadupa de vendidos e traidores que arruinaram o país, quando tiveram possibilidade de o reerguer. A entrada na EU foi mal pensada e desfazada da realidade conjuntural do país assim como o foi também a entrada no Euro, em que tudo duplicou de preço, quando o poder de compra dos portugueses diminuiu. Passamos com a revolução encenada do 25 de Abril de um dos países com maior crescimento anual do mundo 7,3% em 1974, com pujança industrial, depois levando ainda com politicas comuns da EU, a um reles e mais atrasado prestador de serviços europeu, de maiores ou grandes produtores mundiais de azeite, cortiça, vidro, fruta, leite, pescado, produzimos hoje menos para os maiores países produzirem mais. Acresce ainda que o Tratado de Lisboa, que mesmo os políticos do sistema como João Soares, afirmam que nada percebem do que lá diz, para quem perceber o que lá diz constata que, uma das coisas basilares, é roubar a nossa zona marítima exclusiva que proporcionalmente ao tamanho do país é uma das maiores do mundo, para a retalhar pelos barões da UE

    O sr. Cavaco também é um grande culpado pelo desbaratar e maneiras imbecis como se gastaram os fundos europeus, ao contrário do que aconteceu na Irlanda, não houve qualquer fiscalização e os agricultores e armadores recebiam para abater o seu negócio, mas compraram casas e carros de luxo, suvs e jipes, ainda se incentivou o Tuga a comprar carro e temos um dos parques automóveis com mais carros recentes da Europa.

    Os governos de Sócrates nem é preciso comentar, foi o pantanal da corrupção, de tal modo enlameado que o líder teve que fugir e admitiu-o.

    Durão Barroso um pau-mandado, que como Henry Kissinger disse, foi um dos piores PMs dos últimos 50 anos na Europa, mas vai-nos dar muito jeito no cargo que vai ocupar (isto antes de o sr. Cherne ir parar à comissão europeia, escolhido por Bilderbergers como Kissinger e Balsemão, dois dos 7 cabecilhas mundiais do Clube Bilderberg).

    Santana Lopes, foi enxovalhado e alvo de tiros nos pés do próprio partido e de alguns dos seus ministros e de uma cabala orquestrada pelos poderes na sombra, levada a cabo pelo presidente Sampaio e pelos media, um golpe palaciano portanto, pois se tivesse havido eleições de Santava VS Ferro Rodrigues (envolvido no escândalo de pedofilia), óbvio que ganharia Santana, depois o cómico e danstesco é observar que só se dizia que havia instabilidade, e que o PM, era boémio, mas criticar medidas concretas erradas, está quieto, mas quando ele subiu os impostos à banca ninguém falou nisso, mas que ele depois disso durou pouco tempo e nem teve tempo de implementar medidas que iam ser boas, isso não teve, depois óbvio que na altura de governo de gestão, houve a corrupção e promulgação apressada habituais, nos governos PS e PSD (da Maçonaria).

    Sócrates é eleito à pala de muitas mentiras que se confirmaram como isso mesmo nas semanas seguintes.

    É giro constatar que na Reunião do Bilderberg de 2003, foram convidados Durão e Ferro e na Reunião de 2004 foram convidados Santana e Pinócrates. Coincidência ou teorias da conspiração como dizem os carneiros (bovinóides).

    Esquerda e Direita são as duas faces da mesma moeda, ambas controladas pelas sociedades secretas seja em suposta democracia ou em regimes autoritários, os poderes na sombra controlam sempre, os que fazem frente a esses poderes e têm os tomates de os expor são enxovalhados pelos media mais influentes posse do Clube Bilderberg e sociedades irmãs, exemplos disso são Sá Carneiro, Olaf Palme, Aldo Moro, Margaret Tatcher, Alberto João Jardim, Hugo Chavez e Putin, isto só para citar políticos. Cientistas e jornalistas perseguidos: Norberto Keppe, Oswald Le Winter, Sampaio Bruno, Giordanno Bruno, Daniel Estulin, Bob Lazar, etç.

    Portugueses se querem sair da merda acordem e vejam que há alternativas, apesar do sistema e dos media não quererem que ela se mostre:

    MMS – Movimento Mérito e Sociedade http://www.mudarportugal.pt , nem à esquerda nem à direita, mas para a frente por Portugal,, sem, sombra de dúvida parece o único partido com gente disposta a fazer alguma coisa e que não são parte do sistema predatório e do tacho que está instalado na Assembleia da República, em todos os partidos que lá populam e mais os outros todos que lá querem ir parar, extremistas e de dissidentes.

    Gostar

  205. 15 Fevereiro, 2009 16:57

    KiKas, 203

    E nessa conversa por detrás de mim no tal concerto, ouvi mais nomes para um governo presidencialista: Miguel Ângelo (ex-‘Delfins’) para ministro da Cultura; Marta Rebelo, presidente da Assembleia da República; José Lello Ministro dos Negócios Estrangeiros…

    Vitalino à Presidência !

    Gostar

  206. João Miguel Santos permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:00

    Neste 3º paragráfo queria dizer Guterres em vez de Sócrates, fica a correcção:

    “Os governos de Sócrates nem é preciso comentar, foi o pantanal da corrupção, de tal modo enlameado que o líder teve que fugir e admitiu-o.”

    Gostar

  207. 15 Fevereiro, 2009 17:01

    200,

    Exacto ! Como é que v. sabe que LFM me pagou, e continua a pagar as quotas ? — “há cada coiso !…”

    Gostar

  208. 15 Fevereiro, 2009 17:02

    Errata:

    — “há cada coisa !…”

    Gostar

  209. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:02

    Mr MJRB 206,

    JLello? Valha-me Deus! Isso anda de mal a pior!

    Gostar

  210. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:02

    no tal concerto, é isso que você não tem. conserto.

    Gostar

  211. 15 Fevereiro, 2009 17:06

    “Quem ler esta caixa de comentários corre o risco de ficar com a ideia que os portugueses são um povo certinho, que nao alinha em esquemas manhosos, na pequena e grande corrupção e no tráfico de influências”.

    Há portugueses vigaristas. Há portugueses que são gente de bem. Essa ideia de justificar a existência de Isaltinos, Loureiros ou Sócrates, pelo facto de um Tuga passar por um semáforo laranja, pretende apenas justificar a existência de Políticos, Empresários e Magistrados que vivem da entrujice.

    Quem tem telhados de vidro, saia da política, como fizeram por exemplo, Murteira Nabo e Vitorino.

    Sócrates deveria demitir-se, independentemente de ser culpado ou não. Não conseguiu explicar a obtenção de uma Licenciatura. Não se consegue livrar das ligações perigosas à família, e ao Smith, assim como à rapidez de aprovação do processo. Não consegue tirar a mancha da “aprovação” das maison de Porto da Carne. Depois, há vários processos de lixeiras, sobretudo na Cova da Beira, mal explicados.

    Nos EUA, Sócrates já teria sido convidado a sair pelo seu próprio pé…..assim como, Dias Loureiro.

    É o “algodão” do Terceiro Mundo.

    Gostar

  212. 15 Fevereiro, 2009 17:06

    Kikas, 210

    E ouvi mais nomes para esse governo presidencialista. Nem lhe conto ! Tudo do melhor !

    VC à Presidência !

    Gostar

  213. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:09

    MJRB 213,

    LOL! É melhor ficar por aqui, senão parto-me a rir!

    Gostar

  214. 15 Fevereiro, 2009 17:10

    J, 212,

    Num país decente e se os eleitores fossem mais exigentes e vigilantes, Sócrates não só teria já reconsiderado a sua continuidade como PM, mas também o PS e ele não venceriam as legislativas deste ano — se é que vão vencer…

    Sócrates, politicamente, está fragilizado.

    Gostar

  215. 15 Fevereiro, 2009 17:14

    Pode continuar a votar neste sistema corrupto. O meu voto será branco ou nulo… – Kikas, a boa da fita.

    Mas sempre vota, no que diz ser um systema corrupto.
    Por vezes até voto nesses, do branco e nulo.

    Gostar

  216. 15 Fevereiro, 2009 17:16

    KiKas, 214

    …E ouvi que Manuel Pinho continuaria na pasta da Economia, dada a sua real e consabida categoria e charme junto de gente famosa do Jet7 internacional.

    Também, que o ministro-kuala continuaria na pasta da Justiça, para tentar resolver a lentidão de que alguns processos padecem…

    Gostar

  217. Zenóbio permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:17

    “Vitalino Canas é o político mais inteligente do PS, e com estatuto para estadista que colocará(!), vai colocar(!!) Portugal no rumo certo !”

    Já é um clássico no anedotário nacional. Por direito próprio.

    Gostar

  218. 15 Fevereiro, 2009 17:22

    Zenóbio 218,

    E é ! E é ! E é ! — o mais inteligente que o PS tem, e vai ser eleito PRepública !
    Só não repara nele, quem nunca o viu !
    (E se aparece nas tv’s é porque tem valor ! Todas as pessoas que aparecem nas tv’s têm valor, mesmo os anónimos).

    VC à presidência !
    Marta Rebelo à presidência da Assembleia da República !

    Gostar

  219. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:23

    Vitalino Canas

    não tentes queimar coisas que não ardem. é por isso que não vão lá. parecem o vieira, não mata nada e só gasta cartuchos.

    Gostar

  220. Jacaré permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:25

    bulimunda:

    A linguagem que utilizas é ordinária demais para a tua profissão. lembra-te dos teus educandos…

    Gostar

  221. 15 Fevereiro, 2009 17:26

    220,

    “Não vão lá”, quem ?
    Ai vão, vão ! — VC PRepública e os de mais atrás referidos. E outros, e outras.

    Gostar

  222. 15 Fevereiro, 2009 17:27

    MJRB,

    Garanto-lhe que Sócrates e a camarilha, cairão, mais tarde ou mais cedo.

    Marcelo Caetano, que era suportado pela PIDE, foi posto a andar por um movimento de capitães que queriam engordar mais. Um ou outro, mais sério, como Salgueiro Maia. Mas, globalmente, queriam ganhar mais nas Comissões de Serviço nas colónias.

    Se Caetano caiu, Sócrates cairá mais fácilmente. Aliás, o país já parou há vários meses. A sustentabilidade vem de fora. Até quando? Tal como em 1975, houve a “maioria silenciosa”, que juntou muitas forças, em 2009, haverá uma “maioria silenciosa” que deporá o Regime, na rua. Provavelmente, nesta “maioria silenciosa” poderão estar Mário Nogueira, Mário Crespo, Alberto João Jardim e outros antípodas. Todos contra o Chico Espertismo das Novas Oportunidades.

    Por um Portugal, mais limpo.

    Gostar

  223. 15 Fevereiro, 2009 17:32

    J, 223

    Por certo mais facilmente Sócrates não continuará PM (por renúncia ou porque não reeleito), do que Marcello Caetano colocado no Quartel do Carmo.

    J,

    HÁ UMA MAIORIA SILENCIOSA, já neste momento.

    Gostar

  224. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:35

    Mário Nogueira, Mário Crespo, Alberto João Jardim e outros antípodas. Todos contra o Chico Espertismo das Novas Oportunidades

    sim sim, alguns já aparecem no site do psd. página de entrada tem lá a fronha do crespo, não sei se aderiu se virou honório.

    Gostar

  225. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 17:37

    HÁ UMA MAIORIA SILENCIOSA

    aconselho que não respirem, para não fazer barulho

    Gostar

  226. 15 Fevereiro, 2009 17:43

    J, 223,

    Esqueci-me: quer o movimento militar que agiu em Março de 1974 no quartel das Caldas da Rainha, quer os militares que estiveram na génese dessa rebelião e do MFA/25 de Abril, tiveram sempre em consideração o estado do país e a sociedade portuguesa.
    Também houve essas reivindicações salariais e operacionais não concedidas pelo governo de MCaetano, mas, repito, houve uma Revolução para o país e não (só) para as “regalias” dos militares.

    Aconselho-o a ler Melo Antunes para (se) entender tudo.

    Muitos militares intervenientes e com patentes, aceitaram e intervieram no 25 de Abril, porque de facto queriam derrubar o regime, dada a situação económica, política e social.
    E as “guerras” no ex-Ultramar estavam mais do que perdidas — se é que alguma vez recuperaram territórios…
    Etc, etc.

    Gostar

  227. 15 Fevereiro, 2009 17:46

    226,

    pode(m) respirar á-vontade.

    Gostar

  228. 15 Fevereiro, 2009 17:52

    Sócrates é teimoso, que é uma característica que normalmente é catastrófica, para quem não tem mais substracto do que…..ser teimoso.

    No próprio PS, a claustrofobia adensa-se. Aliás, Soare quando veio falar em revolta popular há dias, o que queria dizer? Se para Soares, Sócrates fosse um bom líder, não pensaria em revolta popular. Soares já veio dizer que Oliveira e Costa não é o único.

    Depois, há o negócio BPN – Siresp, feito por Costa, para corrigir o que antes tinha feito o Ministrop da Adm. Interna de Flopes, entretanto ido para SLN.

    Onde é que começa e termina a teia? Quem é que está de fora?

    Como é que se explica que Costa e Sócrates tenham anulado o negócio do SIRESP, de 500 milhões de euros, para depois o aceitarem com um “desconto” de 100 milhões de euros?

    O burro é quem? Como?

    Quem assinou o negócio do SIRESP foi Oliveira e Costa ……e o outro Costa. Nessa altura, já vinha escrito nos media, sobre o off shore….

    Gostar

  229. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:04

    O burro é quem?

    tu és um bom exemplar e contráriamente ao que dizem não estão em extinção.

    Gostar

  230. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:08

    Aconselho-o a ler Melo Antunes

    diria mesmo: aconselho-o aprender a ler, pode começar com textos do crespo. é mais fácil, não tem pontuação mas requer mais caixa de ar. bom para mergulho livre.

    Gostar

  231. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:11

    Revolução para o país e não (só) para as “regalias” dos militares.

    assim um misto de cluny+nogueira

    Gostar

  232. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:30

    OS MELHORES E DESEJÁVEIS VIGILANTES desse Movimento de Cidadania seriam os seus apoiantes !

    assim uma espécie de “comité de vigilância revolucionária capuchinho vermelho” chefiado pelo da loiça, com a finalidade suprema de combater o lobo mau (o jerómino) e os freeporquinhos. nice meu, tou nessa, manda o boletim, que vacinas já eu tenho.

    Gostar

  233. 15 Fevereiro, 2009 18:49

    Façamos de conta que Mário Crespo não é jornalista e que não sabe fazer melhor.

    Façamos de conta que não há três documentos diferentes a dizer que são a carta dos ingleses, a circular nas caixas de mail.
    Façamos de conta que a comissão europeia nada tenha dito sobre o Freeport.
    Façamos de conta que a investigação Freeport não funciona em pré-campanha.

    Façamos de conta que a licenciatura do Socrates É um caso de estado.
    Façamos de conta até que Bill Gates tem uma licenciatura.
    Ou façamos de conta que o dono da IKEA tem formação universitária.
    Façamos de conta que ter curso superior é condição para saber fazer.

    Mas façamos de conta…
    Façamos de conta que Portas não usou o Ministério da Defesa para se apoderar de 62 mil documentos.
    Façamos de conta que Manuela Ferreira Leite nunca esteve no governo.
    Façamos de conta que o PSD se renovou nos últimos 25 anos.

    Façamos de conta que Manuela Ferreira Leite quando disse que não acreditava na democracia não queria dizer nada disso. Façamos de conta que o que disse não condiz com o que fez.
    Ou ainda façamos de conta que Manuela Ferreira Leite, ministra das finanças, tenha feito mais com menos dinheiro.
    Façamos de conta que não vendeu patromónio do estado ao desbarato.
    E façamos de conta que a conversa sobre “a Tanga” tenha sido responsável.
    Façamos de conta que nos esquecemos das falências fraudulentas ou dos subsídios agrículas para comprar jipes e carros (feitos em Portugal).
    E já agora façamos de conta que o comunismo funciona ou que o partido dos verdes existe ou ainda que o bloco não é comunista.

    Façamos de conta que Tudo está mal e que a alternativa é o Paraíso.

    Façamos de conta que não é infinitamente ridículo e perverso comparar Sócrates a Chaves, Mugabe, Castro, Eduardo dos Santos ou Kabila.
    Façamos de conta à terça que Mário Crespo não entrevistou o ministro Pedro Silva Pereira e à segunda que o governo controla exclusivamente o SIS ou já agora a televisão.

    Façamos de conta que Mário Crespo aproveitou o seu pedestal para fazer crescer a democracia e para ajudar -nos – os portugueses.
    Façamos de conta.

    Gostar

  234. 15 Fevereiro, 2009 18:51

    Fazer de conta como o Mário Crespo é fácil.

    1’800’000’000.00 euros

    Gostar

  235. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:51

    Mr. Piscoiso 216,

    Nada de confusões! Deverá mudar para Kikas, o BOM da fita. Não pretendo entrar em guerra verbal consigo nem com ninguém. Acho apenas alguns dos seus comentários poucos dignificantes, mas gabo-lhe um estilo único de postar comentários e muitas vezes rio-me. Confesso que dei o meu voto a partidos que me decepcionaram muito. Votei Cavaco nas 2 maiorias, mudei o meu sentido de voto nas seguintes e a partir daí, nem ponho os pés nas assembleias de voto. Não voto nas presidenciais por uma questão moral. Sou monárquico até ao fim. Autárquicas, nem pensar! Europeias, para esquecer. Ganham demasiado para aquilo que fazem.
    Cumprimentos para si e suas estimáveis tias.

    Gostar

  236. Demérito Avaliado permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:57

    Na praça estavam as peixeiras a conspirar. Uma delas, a que falava mais alto, dizia que isto só lá vai com uma ditadura. Outra acrescentava que uma ditadura era pouco. O que era preciso era encostar uns quantos à parede. Uma freguesa com ar de bem instalada na vida resolveu interferir.
    “Vocês já não se lembram de como era? No tempo do “botas”, se vocês estivessem aqui a fdalar de política, íam presas e eram apertadas pelos pides”, justificava ela.
    “Calha bem, ó freguesa, porque no tempo do “botas” não precisávamos de falar contra ninguém”, ripostou uma peixeira.
    Tudo isto é triste, tudo isto é fado.

    Gostar

  237. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 18:59

    Não voto nas presidenciais por uma questão moral. Sou monárquico até ao fim.

    votavas no bolo-rei

    Gostar

  238. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:03

    Anónimo 239,

    Antes bolo-rei que bolo podre! Bom proveito!

    Gostar

  239. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:03

    bulimunda: sabes mesmo ler? ou é mais p’ró copy & posta.

    Gostar

  240. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:04

    KiKaS disse:Sou monárquico

    eu também já fui e deixei-me disso. não me ajeitava com a coroa.

    Gostar

  241. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:06

    #240, tens favas para troca ou tens comido tudo.

    Gostar

  242. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:08

    Anónimo 242,

    É engraçado! Eu já também já fui republicano e deixei-me disso. Bastou-me imaginar o MSoares de coroa.

    Gostar

  243. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:09

    Anónimo 242,

    É engraçado! Eu também já fui republicano e deixei-me disso. Bastou-me imaginar o MSoares de coroa.

    Gostar

  244. anónimo 3 permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:11

    e um elemento do grupo que depois de magistrado do Ministério Público, ministro, director do SIS passa agora – ver DR II Série de 12.02.2007 – novamente a Magistrado do Ministério Público?

    Gostar

  245. KiKaS permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:12

    243

    Favas não tenho, deito-as fora. Assim como os brindes. Deixo-os para gente como vc trocarem com outros anónimos.

    Gostar

  246. a prima do picoiso permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:23

    168, já te esqueceste das dificuldades que tiveste por mijar na cama até tarde, talvez por isso foste sempre inibido, estão-me a perceber…está fixado em supositórios e pensa que incesto tem a ver com primos. Comigo ele nunca teria chance nenhuma porque é careca, gordo e usa uns óculos do século passado. Ultimamente anda desaustinado, com ideías persecutórias contra tudo que o incomoda e passa a anónimo quando larga bosta. Tipos assim são importantes num blog livre para nos divertir um bocado e para imaginarmos o ruído que fazem as mentes desfocadas dos lacaios.

    Gostar

  247. Pi-Erre permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:27

    “Na praça estavam as peixeiras a conspirar.”

    Em que praça? De S. Bento?
    Mesmo no Hemiciclo?
    Não me diga!…

    Gostar

  248. Sagemor permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:28

    Caro A.

    Escrevo para te relembrar que conto contigo para fazer do mundo um local mais seguro. Nesse sentido venho comunicar-te que estamos a preparar para breve uma visita de estudo cultural dos finalistas do curso de formação de fuzileiros de 2009. O tema da visita será “A exportação do modelo de democracia Wal-Mart” e para o tratarmos estamos a pensar levar os nossos rapazes ao Irão. É natural portanto que demos um salto às Lages para ver as hortenses em flor. Contamos que terás tudo preparado para nos receber. Recebe a minha benção.

    O.

    Ps: isto vai dar à malta algo para se entreter e dará um novo significado à expressão “campanha negra”.

    Gostar

  249. Pi-Erre permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:30

    Blimunda,

    Lençóis não vale. Não leio mais do que 3 ou 4 linhas (5 para os amigos).
    Mainada.

    Gostar

  250. Pi-Erre permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:33

    O MSoares de coroa e a cavalgar tartarugas é giro!
    Verdadeiro rei.

    Gostar

  251. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:52

    “Na praça estavam as peixeiras a conspirar.”

    o que vi foi um javali a grunhir

    Gostar

  252. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 19:54

    Por acaso sei ler

    mas deve ser há pouco tempo

    Gostar

  253. Palrado permalink
    15 Fevereiro, 2009 20:03

    Vem aí o Carnaval para anestasiar Freeports, Licenciaturas, sobreiros, Cova da Beira, Dias Loureiro, Bpp, Fátinhas e afins.
    Daqui a uns dias ninguém se lembra.

    Gostar

  254. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 20:06

    O MSoares de coroa e a cavalgar tartarugas é giro!

    é giro. é assim parecido com o badocha do borges montado na sachs goldwing e o bacalhau seco no assento de trás na a23 à procura do portugal da herdade.

    Gostar

  255. Jacaré permalink
    15 Fevereiro, 2009 20:30

    O paraquedas da Bulimunda abriu no lugar errado. O assunto aqui é outro. Política pura e dura.
    A cultura tem outros tempos, outros lugares, e outros rituais.
    Que lhe faça bom proveito o seu amigo xuxalista.

    Gostar

  256. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 20:44

    #260 nestas coisas aguenta-se calado até ao fim

    Gostar

  257. Javali permalink
    15 Fevereiro, 2009 20:47

    Se tu visses o que eu vi
    à porta de um jornal
    a campanha do pór free
    arrastada em tribunal.

    Ralha a peixeira na praça
    avisa o sôr general
    que é tão grande a trapaça
    que ameaça acabar mal.

    Voltámos ao tempo antigo
    e falam os animais
    cantam cantigas de amigo
    pra sujar os “aventais”.

    Se a crise asperge bosta
    que chegue prós afogar
    ainda sobra rio e costa
    na câmara a estagiar.

    Gostar

  258. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 20:51

    # nestas coisas aguenta-se “empurrado” até ao fim.

    Gostar

  259. Da Silva 27 permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:05

    Talvez esteja a ser demasiado derrotista, mas quem está ferido de morte já não é só o regime mas também o País!…

    Gostar

  260. João Miguel Santos permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:24

    Falar de futebol aqui neste post, mostra como o governo consegue através dos media dar tanta antena ao futebol, que até aqui se flaa nos resultados de um jogo, manquem-se, ACORDEM!!! Já não há pachorra para tanta estupidez na população portuguesa que só vota na merda que os rouba e empobrece monetaria e intelectualmente!

    Quanto a Mário Soares, é um dos maiores traidores da pátria da história e devia é ter vergonha de se considerar o pai da democracia, teve é muita sorte do Salazar ser boa pessoa e só o desterrar, esse bochechas de merda (pai de lésbica, que estragou a vida de uma ex-namorada e de um provável pedófilo, traficante de diamantes, marfim, droga e armas, que por acaso ia muito a casa do Ferreira “Médico do Ferrari” Diniz, no Restelo).

    Esse traidor devia é ser preso, pela descolonização desorganizada e predujicial para portugueses e africanos, que fez, e falando como filho de espoliado, é vergonhosa e pouco digna a situação como os sucessivos governos trataram os espoliados e os ex-militares.

    Traidor esse que no exilio, coitadinho estava exilado luxuosamente em Paris como asalariado da CIA, a projectar a revolução de abril, para as forças da sombram, diga-se Bilderberg, Maçonaria e os tráficos que estes controlam e que o Estado Novo perseguia, depois retalham-se as colónias às forças estrangeiras controladas pelos poderes ocultos.

    E Cabinda e Valença e a Base das Lages! Nenhum governo tem tomates para retomar o que é nosso e até apoiamos a perseguição ao Pricipe de Cabinda pelos EUA, por ser honesto e não querer a sua terra (à lei internacional vigente um protectorado português politico e militar, que nunca foi colónia na altura dop Estado Novo), roubada e as uas populações exiladas no santigo Zaire ou vilipendiada na sua própria pátria!

    Tenham vergonha PS, PSD, PCP e PP e BE também por falarem só do que lhes convém para angariar votos!

    Enqunto a estupidez da lógica de esquerda e direita, perdurar no povo português e mundial, é bem feito que isto esteja como está! Pois a maioria da população defende com armas e dentes os que os roubam e enganam, por não se darem ao trabalho de pensar, reflectir e ter sentido critico.

    Isto só vai mudar e já não falta muito a nível mundial, quando a fome asfixiar da classe média para baixo e as classes burguesa e média alta continuarem a diminuir ainda mais e os grandes capitalistas a enriquecer mais, por controlarem crime, governos, bancos, instituições internacionais, ONGs, grandes empresas de todas as áreas. E também quando a água limpa e potável for pouquíssima e for tão cara que uma infima minoria multimilionária terá acesso a ela.

    Gostar

  261. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:31

    amorim podias remover o #261

    Gostar

  262. João Miguel Santos permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:37

    Anónimo do 262 tens assim tanto medo da verdade?

    Gostar

  263. 15 Fevereiro, 2009 21:39

    «E que tal a constituição dum Movimento cívico que congregue pessoas que habitualmente se abstém ou que pensam hoje abster-se nos próximos actos eleitorais, precisamente por desconfiança absoluta nestas senhoras e senhores que desrespeitam os seus concidadãos ?
    Esse Movimento, se bem organizado, dirigido e dinamizado, poderia –ou poderá !…– tornar-se numa forte pressão sobre a classe política e sobres os partidos “do arco do poder”. E não só. Se forte, e para perdurar, vigiaria(!) a acção governamental e actuaria sempre que entendesse útil»
    Avanti.

    Gostar

  264. João Miguel Santos permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:47

    Caro JB esse movimento já existe é o MMS – Movimento Mérito e Sociedade http://www.mudarportugal.pt , mas a asfixia do sistema e dos controlados media, não o permite espalhar a sua mensagem de forma abrangente e à maioria da população, vamos ver como será no futuro!

    Ora como acnteceu no MMS um movimento cívico para ter voz, de acordo com a legislação vigente, tem que se constituir como partido, só esta burocracia diz-nos, que esta pseudo-democracia pós-abrilista não é muito democrática, mas sim um garante dos lobbies que se enchem com o sistema da esquerda à direita.

    Quanto aos que defendem o Pinócrates e o PS, perguntem-se e questionem o governo, porque raio um Maçon do PS de boa índole – João Cravinho, criou um pacote de medidas anti-corrupção e o mesmo é chumbado pelo seu PS! Ninguém fala nesta pouca vergonha senhores jornalistas e os que aqui comentam? Pois é normal não interessa mostrar que nos deixamos ser comidos por parvos e masoquistas!

    Gostar

  265. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:48

    não # 263, isso passa os limites da decência

    Gostar

  266. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:53

    JB dá uma olhadela ao #233, há lá (alá?) tou baralhado qualquer coisa parecida

    Gostar

  267. Alfa Centauro permalink
    15 Fevereiro, 2009 21:53

    #262
    Pode ao menos identificar-se, já que solicita a remoção de um post identificado?

    Gostar

  268. Da Silva 27 permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:01

    Sou neófito na blogosfera,mas não sei porque é que o tal de amorim deve remover o 261.
    Só a VERDADE liberta!…

    Gostar

  269. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:07

    Alfa Centauro

    não. já ouviste falar de desvio e corrupção de menores? nunca fiando.

    Gostar

  270. Lopes permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:07

    O resultado do FCP foi mais uma vez manchado por decisões duvidosas da arbitragem.

    Gostar

  271. Piscoisinha permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:07

    e depois do adeus, a minha tia disse IPUM.

    Gostar

  272. 15 Fevereiro, 2009 22:09

    aqui é mais arbeit nach frei..aposto que este tambem vai..vou para outros sitios mais livres…não gosto de casas muito pias e castas..

    Gostar

  273. Piscoisinhinha permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:09

    deve haver por ai uma petição para chegar aos 562 comentários, correcto?

    Gostar

  274. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:10

    VERDADE liberta e o fogão purifica, fogões leão.

    queres discutir o que é decência? ainda lá vou.

    Gostar

  275. 15 Fevereiro, 2009 22:10

    JB, 264

    Como sabe, a Constituição permite a criação de qualquer Movimento Cívico desde que respeite e se submeta às Leis vigentes.

    Esse Movimento seria muitíssimo útil !
    Poderia adquirir e representar uma força social tremenda junto de partidos, de autarquias, do governo, da ARepública, etc, etc.
    Vigilante e actuante.
    Absolutamente apartidário.

    Se não cumprisse os seus “estatutos”, se se envolvesse em desmandos, se abdicasse dos seus objectivos, OS MELHORES VIGILANTES SERIAM PRECISAMENTE QUEM NELE ACREDITOU. Esvaziariam qualquer poder interventivo de quem foi mandatado para actuar e em caso extremo pressionar incumpridores de promessas eleitorais, abusos de poder, etc, etc.

    Se prevaricassem, por certo governantes, autarcas, deputados, não obteriam nas legislativas ou autárquicas seguintes os resultados pretendidos.
    Faz falta uma vigilância e pressão dos cidadãos indefesos, prejudicados e ultrajados !

    Gostar

  276. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:16

    #274 sempre atento

    Gostar

  277. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:18

    xau blimunda, correu bem o jantar? ou tiveste que pagar?

    Gostar

  278. Alfa Centauro permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:18

    Se é menor não pode pedir a remoção. Vá antes pedir para os semáforos que é para se habituar a ser mais competitivo.

    Gostar

  279. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:22

    Só a VERDADE liberta
    arbeit nach frei..

    e agora, para onde querem ir? decidam-se estou a estorvar o transito.

    Gostar

  280. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:37

    Faz falta uma vigilância e pressão dos cidadãos indefesos, prejudicados e ultrajados !

    diria mesmo: uma panela de pressão.

    o vigilante seria a dona alda do bloco, com um (a)pito na boca e sentada em cima da panela.

    Gostar

  281. Da Silva 27 permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:41

    Mas aonde estão as casas pias e castas? Nem o Sócrates (o verdadeiro) as encontrava com a sua lanterna!…

    Gostar

  282. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:44

    Façamos de conta que não é infinitamente ridículo e perverso comparar Sócrates a Soraia Chaves

    tem toda a razão.

    Gostar

  283. Da Silva 27 permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:47

    Boa noite sr.s comentadores e até amanhã se nos encontrar-mos.
    Esta conversa já está a cheirar muito a merda!…

    Gostar

  284. 15 Fevereiro, 2009 22:49

    #280
    “arbeit” é trabalho.

    Gostar

  285. João Miguel Santos permalink
    15 Fevereiro, 2009 22:54

    O povo português na sua maioria é conformista e não refila, basta ver a quantidade de livros de reclamações que são pedidos. Quando o civismo e o primado da vida humana não impera numa sociedade, as suas elites obviamente têm a porta avberta para a corrupção com total impunidade.

    Em cima excedi-me e retrato-me, pois ao insultar perde-se a razão, retiro e lamento a expressão com que insultei o sr. Mário Soares “Bochechas…”, entretanto manetnho resto e a ver se posto depois de encontrar os links de uns artigos muito interessantes sobre a Liquidação do Ultramar em que se explica de maneira imparcial, coisa rara actualmenbte o que se passou no 25 de Abril, pois os livros de história e os historiadores que focam essa data dão vontade de rir, ou se calhar é mais de chorar!

    Gostar

  286. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 23:11

    Da Silva

    que maneira simpática de se despedir. um gande avé … para si também.

    Gostar

  287. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 23:19

    Em cima excedi-me e retrato-me, pois ao insultar perde-se a razão, retiro e lamento a expressão com que insultei o sr. Mário Soares “Bochechas…”,

    (acho que insultaste e difamaste, podes reler abaixo, mas escusas de tirar fotografias por causa do escesso)

    Quanto a Mário Soares, é um dos maiores traidores da pátria da história e devia é ter vergonha de se considerar o pai da democracia, teve é muita sorte do Salazar ser boa pessoa e só o desterrar, esse bochechas de merda (pai de lésbica, que estragou a vida de uma ex-namorada e de um provável pedófilo, traficante de diamantes, marfim, droga e armas, que por acaso ia muito a casa do Ferreira “Médico do Ferrari” Diniz, no Restelo).

    Gostar

  288. Da Silva 27 permalink
    15 Fevereiro, 2009 23:38

    Pois é caro “Piscoiso”; volto à liça para dizer que “arbeit nach frei” era a divisa que os nazis tinham à entrada dos campos de exterminação, salvo melhor opinião, “O trabalho liberta” para enganar os desgraçados que iam para os fornos crematórios.
    Por analogia alguém aqui está a considerar nazis os que não partilham da sua opinião (dele)…

    Gostar

  289. Anónimo permalink
    15 Fevereiro, 2009 23:40

    #285 piscoiso:

    o drama do táxista é perceber para onde querem ir os clientes. aparentemente queriam ambos ir para a (Av. da) Liberdade. entretanto um decide-se e quer ir para o Largo da Anunciada. e o outro ainda anda (parece pleonasmo) por aí a dizer que quer fazer um “qualquer Movimento Cívico”. porra que é duro ser táxista, não me venhas agora dar aulas de alemão. isso aprendi na mocidade portuguesa.

    Gostar

  290. 15 Fevereiro, 2009 23:49

    Porra.
    Se estivesse fardado ainda me apercebia.

    Gostar

  291. 16 Fevereiro, 2009 00:01

    «“arbeit nach frei” era a divisa que os nazis tinham à entrada dos campos de exterminação»

    eh lá os nazis não sabiam escrever? lol

    Gostar

  292. 16 Fevereiro, 2009 00:05

    “macht”

    Gostar

  293. João Costa permalink
    16 Fevereiro, 2009 00:09

    Todos gritamos, todos falamos, mas será que não é possível criar uma forma de se acabar com estas porcarias de política misturada com negócios. Conheci um novo partido que tem um blog em Aveiro (mmsaveiro), pareceu-me interessante, mas estou farto de conversa.

    Gostar

  294. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 00:19

    Da Silva 27 ref. #289

    não. o problema é outro. a angela mandou a conta do gás aos judeus e estes endossaram para os árabes. é por isso que o irão já começou a negar o holocauto.

    Gostar

  295. 16 Fevereiro, 2009 00:21

    Este texto foi publicado pelo jornalista Joaquim Vieira na «Grande Reportagem» entre 3 de
    Setembro e 1 de Outubro de 2005. Curiosamente, duas semanas depois, o jornalista foi
    demitido e, um mês depois, a histórica revista terminou a sua publicação. Até hoje.

    O POLVO,
    po Joaquim Vieira

    «Além da brigada do reumático que é agora a sua comissão, outra faceta distingue esta
    candidatura de Mário Soares a Belém das anteriores: surge após a edição de Contos
    Proibidos – Memórias de Um PS Desconhecido, do seu ex-companheiro de partido Rui Mateus.
    O livro, que noutra democracia europeia daria escândalo e inquérito judicial, veio a
    público nos últimos meses do segundo mandato presidencial de Soares e foi ignorado pelos
    poderes da República. Em síntese, que diz Mateus? Que, após ganhar as primeiras
    presidenciais, em 1986, Soares fundou com alguns amigos políticos um grupo empresarial
    destinado a usar os fundos financeiros remanescentes da campanha. Que a esse grupo
    competia canalizar apoios monetários antes dirigidos ao PS, tanto mais que Soares
    detestava quem lhe sucedeu no partido, Vítor Constâncio (um anti-soarista), e procurava
    uma dócil alternativa a essa liderança. Que um dos objectivos da recolha de dinheiros era
    financiar a reeleição de Soares. Que, não podendo presidir ao grupo por razões óbvias,
    Soares colocou os amigos como testas-de-ferro, embora reunisse amiúde com eles para
    orientar a estratégia das empresas, tanto em Belém como nas suas residências
    particulares. Que, no exercício do seu «magistério de influência» (palavras suas, noutro
    contexto), convocou alguns magnatas internacionais – Rupert Murdoch, Silvio Berlusconi,
    Robert Maxwell e Stanley Ho – para o visitarem na Presidência da República e se
    associarem ao grupo, a troco de avultadas quantias que pagariam para facilitação dos seus
    investimentos em Portugal. Note-se que o «Presidente de todos os portugueses» não
    convidou os empresários a investir na economia nacional, mas apenas no seu grupo, apesar
    de os contribuintes suportarem despesas da estada. Que moral tem um país para criticar
    Avelino Ferreira Torres, Isaltino Morais, Valentim Loureiro ou Fátima Felgueiras se acha
    normal uma candidatura presidencial manchada por estas revelações? E que foi feito dos
    negócios do Presidente Soares? Pela relevância do tema, ficará para próximo
    desenvolvimento.

    A rede de negócios que Soares dirigiu enquanto Presidente foi sedeada na empresa Emaudio,
    agrupando um núcleo de próximos seus, dos quais António Almeida Santos, eterna ponte
    entre política e vida económica, Carlos Melancia, seu ex-ministro, e o próprio filho,
    João.
    A figura central era Rui Mateus, que detinha 60 mil acções da Fundação de Relações
    Internacionais (subtraída por Soares à influência do PS após abandonar a sua liderança),
    as quais eram do Presidente mas de que fizera o outro fiel depositário na sua permanência
    em Belém – relata Mateus em Contos Proibidos.
    Soares controlaria assim a Emaudio pelo seu principal testa-de-ferro no grupo empresarial.
    Diz Mateus que o Presidente queria investir nos média: daí o convite inicial para Sílvio
    Berlusconi (o grande senhor da TV italiana, mas ainda longe de conquistar o governo)
    visitar Belém.
    Acordou-se a sua entrada com 40% numa empresa em que o grupo de Soares reteria o resto,
    mas tudo se gorou por divergências no investimento.
    Soares tentou então a sorte com Rupert Murdoch, que chegou a Lisboa munido de um
    memorando interno sobre a associação a “amigos íntimos e apoiantes do Presidente Soares”,
    com vista a “garantir o controlo de interesses nos média favoráveis ao Presidente Soares
    e, assumimos, apoiar a sua reeleição”.
    Interpôs-se porém outro magnata, Robert Maxwell, arqui-rival de Murdoch, que invocou em
    Belém credenciais socialistas.
    Soares daria ordem para se fazer o negócio com este.
    O empresário inglês passou a enviar à Emaudio 30 mil euros mensais.
    Apesar de os projectos tardarem, a equipa de Soares garantira o seu “mensalão”.
    Só há quatro anos foi criminalizado o tráfico de influências em Portugal, com a adesão à
    Convenção Penal Europeia contra a Corrupção.
    Mas a ética política é um valor permanente, e as suas violações não prescrevem.
    Daí a actualidade destes factos, com a recandidatura de Soares.
    O então Presidente ficaria aliás nervoso com a entrada em cena das autoridades judiciais
    – episódio a merecer análise própria.

    A empresa Emaudio, dirigida na sombra pelo Presidente Soares, arrancou pouco após a sua
    eleição e, segundo Rui Mateus em Contos Proibidos, contava “com muitas dezenas de
    milhares de contos “oferecidos” por (Robert) Maxwell (…), consideráveis valores oriundos
    do “ex-MASP” e uma importante contribuição de uma empresa próxima de Almeida Santos.”
    Ao nomear governador de Macau um homem da Emaudio, Carlos Melancia, Soares permite juntar
    no território administração pública e negócios privados.
    Acena-se a Maxwell a entrega da estação pública de TV local, com a promessa de fabulosas
    receitas publicitárias.
    Mas, face a dificuldades técnicas, o inglês, tido por Mateus como “um dos grandes
    vigaristas internacionais”, recua.
    O esquema vem a público, e Soares acusa os gestores da Emaudio de lhe causarem perda de
    popularidade, anuncia-lhes alterações ao projecto e exige a Mateus as acções de que é
    depositário e permitem controlar a empresa.
    O testa-de-ferro, fiel soarista, será cilindrado – tal como há semanas sucedeu noutro
    contexto a Manuel Alegre.
    Mas antes resiste, recusando devolver as acções e esperando a reformulação do negócio.
    E, quando uma empresa reclama por não ter contrapartida dos 50 mil contos (250 mil euros)
    pagos para obter um contrato na construção do novo aeroporto de Macau, Mateus propõe o
    envio do fax a Melancia exigindo a devolução da verba.
    O Governador cala-se.
    Almeida Santos leva a mensagem a Soares, que também se cala.
    Então Mateus dá o documento a ‘O Independente’, daqui nascendo o “escândalo do fax de
    Macau”.
    Em plena visita de Estado a Marrocos, ao saber que o Ministério Público está a revistar a
    sede da Emaudio, o Presidente envia de urgência a Lisboa Almeida Santos (membro da sua
    comitiva) para minimizar os estragos.
    Mas o processo é inevitável.
    Se Melancia acaba absolvido, Mateus e colegas são condenados como corruptores.
    Uma das revelações mais curiosas do seu livro é que o suborno (sob o eufemismo de “dádiva
    pública”) não se destinou de facto a Melancia mas “à Emaudio ou a quem o Presidente da
    República decidisse”.
    Quem afinal devia ser réu?
    Os factos nem parecem muito difíceis de confirmar, ou desmentir, e no entanto é mais
    fácil – mais confortável – ignorá-los, não se confia na justiça ou porque não se acredita
    que funcione em tempo útil, ou por que se tem medo que funcione, em vida, e as dúvidas,
    os boatos, os rumores, a ‘fama’ persistem.
    E é assim, passo a passo, que lentamente se vai destruíndo de vez a confiança dos
    portugueses nas instituições.
    Por incúria, por medo, por desleixo, até por arrogância, porventura de fantasmas e até…
    da própria sombra.

    Ao investigar o caso de corrupção na base do “fax de Macau”, o Ministério Público
    entreviu a dimensão da rede dos negócios então dirigidos pelo Presidente Soares desde
    Belém. A investigação foi encabeçada por António Rodrigues Maximiano, Procurador-geral
    adjunto da República, que a dada altura se confrontou com a eventualidade de inquirir o
    próprio Soares.
    Questão demasiado sensível, que Maximiano colocou ao então Procurador-geral da República,
    Narciso da Cunha Rodrigues. Dar esse passo era abrir a Caixa de Pandora, implicando uma
    investigação ao financiamento dos partidos políticos, não só do PS mas também do PSD – há
    quase uma década repartindo os governos entre si. A previsão era catastrófica: operação
    “mãos limpas” à italiana, colapso do regime, república dos Juízes.
    Cunha Rodrigues, envolvido em conciliábulos com Soares em Belém, optou pela versão
    mínima: deixar de fora o Presidente e limitar o caso a apurar se o Governador de Macau,
    Carlos Melancia, recebera um suborno de 250 mil euros.
    Entretanto, já Robert Maxwel abandonara a parceria com o grupo empresarial de Soares,
    explicando a decisão em carta ao próprio Presidente. Mas logo a seguir surge Stanley Ho a
    querer associar-se ao grupo soarista, intenção que segundo relata Rui Mateus em Contos
    Proibidos, o magnata dos casinos de Macau lhe comunica “após consulta ao Presidente da
    República, que ele sintomaticamente apelida de boss.
    Só que Mateus cai em desgraça, e Ho negociará o seu apoio com o próprio Soares, durante
    uma “presidência aberta” que este efectua na Guarda. Acrescenta Mateus no livro que o
    grupo de Soares queria ligar-se a Ho e à Interfina (uma empresa portuguesa arregimentada
    por Almeida Santos) no gigantesco projecto de assoreamento e desenvolvimento urbanístico
    da baía da Praia Grande, em Macau, lançado ainda por Melancia, e onde estavam “previstos
    lucros de milhões de contos”.
    Com estas operações, esclarece ainda Mateus, o Presidente fortalecia uma nova
    instituição: a Fundação Mário Soares. Inverosímil? Nada foi desmentido pelos envolvidos,
    nem nunca será.

    As revelações de Rui Mateus sobre os negócios do Presidente Soares, em Contos Proibidos,
    tiveram impacto político nulo e nenhuns efeitos. Em vez de investigar práticas porventura
    ilícitas de um Chefe de Estado, os jornalistas preferiram crucificar o autor pela
    “traição” a Soares (uma tese académica elaborada por Estrela Serrano, ex-assessora de
    imprensa em Belém, revelou as estratégias de sedução do Presidente sobre uma comunicação
    social que sempre o tratou com indulgência.)
    Da parte dos soaristas, imperou a lei do silêncio: comentar o tema era dar o flanco a uma
    fragilidade imprevisível. Quando o livro saiu, a RTP procurou um dos visados para um
    frente-a-frente com Mateus – todos recusaram. A omertá mantém-se: o desejo dos apoiantes
    de Soares é varrer para debaixo do tapete esta história (i)moral da III República, e o
    próprio, se interrogado sobre o assunto, dirá que não fala sobre minudências, mas sobre
    os grandes problemas da Nação.
    Com a questão esquecida, Soares terminou em glória uma histórica carreira política, mas o
    anúncio da sua recandidatura veio acordar velhos fantasmas. O mandatário, Vasco Vieira de
    Almeida, foi o autor do acordo entre a Emaudio e Robert Maxwell. Na cerimónia do Altis,
    viram-se figuras centrais dos negócios soaristas, como Almeida Santos ou Ílidio Pinho,
    que o Presidente fizera aliar a Maxwell. Dos notáveis próximos da candidatura do “pai da
    pátria”, há também homens da administração de Macau sob a tutela de Soares, como António
    Vitorino e Jorge Coelho, actuais eminências pardas do PS, ou Carlos Monjardino,
    conselheiro para a gestão dos fundos soaristas e presidente de uma fundação formada com
    os dinheiros de Stanley Ho.
    Outros ex-“macaenses” influentes são o ministro da Justiça Alberto Costa, que, como
    director do Gabinete da Justiça do território, interveio para minorar os estragos entre o
    soarismo e a Emaudio, ou o presidente da CGD por nomeação de Sócrates, que o Governador
    Melancia pôs à frente das obras do aeroporto de Macau.
    Será o Polvo apenas uma teoria de conspiração?
    E depois, Macau, sempre Macau.»

    Gostar

  296. 16 Fevereiro, 2009 00:25

    Mesquita Machado: PSD pede explicações ao PGR

    Autarca de Braga foi investigado por suspeitas de enriquecimento ilícito mas processo foi arquivado

    http://www.diario.iol.pt/sociedade/braga-mesquita-machado-corrupcao-psd-pgr-ultimas/1042907-4071.html

    Gostar

  297. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 00:25

    Conheci um novo partido que tem um blog em Aveiro

    olha hoje telefonou-me uma senhora que queria fazer uns testes à água cá de casa, parece ue vendem uns purificadores de ozono, que até nem são caros. se quiseres estiveres interessado ponho-te em contacto com ela. fica-te mais barato que essa coisa de aveiro e purifica.

    Gostar

  298. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 00:28

    amorim chegaste ao 300, parece uma loja chinesa. quero comissão.

    Gostar

  299. João Miguel Santos permalink
    16 Fevereiro, 2009 04:18

    288 como disse só retiro o “bochechas de merda”, o seguinte frase reitero pois já tive provas da sua veracidade:

    Como vivo perto do Ferreira Diniz atesto o que vi e o João Soares não é o único possível pedófilo que há por aí mediático que lá ía. Quanto ao tráfico de variadas coisas, alguém se esquece do avião que caíu com ele e o material de tráfico lá dentro? Se falares com traficantes e nata de Cascais e do Restelo dos anos 80, saberás de ligações suspeitas ao tráfico de cocaína! Quanto a mesada da CIA do mário Soares basta ler o General e académico também algo censurado cá e nos EUA, Oswald Le Winter.

    Quanto ao anónimo 297 tentem lá arranjar o livro em questão e saberão que não é fácil, o fereido livro fala também do financiamento vergonhoso da Fundação Mário Soares, que ainda hoje recebe milhares de Euros dos bolsos dos contribuintes e eu pergunto para quê?

    Gostar

  300. 16 Fevereiro, 2009 11:22

    QUE BOM, A república VAI ACABAR ANTES DE 2010!

    Gostar

  301. 16 Fevereiro, 2009 11:30

    Se é este tipo de sociedade, este ESQUEMA vivencial, que os indefectíveis apoiantes de Sócrates querem para os seus filhos e netos…

    Gostar

  302. João Santos permalink
    16 Fevereiro, 2009 15:27

    Caro MJRB a maioria da população vive para sobreviver o dia seguinte até mesmo muitos milionários “workaholics”, logo a a maioria da população devido à miséria, fome, stress do dia a dia, excesso de trabalho e outros mais diversos factores. Factores esses que fazem com que a maioria da população nem tenha tempo para pensar, reflectir e contemplar. E isso aumenta o individualismo e os EGOS em detrimento da CONSCIÊNCIA e comportamento conscientivo e de entreajuda do próximo, como é o paradigma actual das sociedades ditas ocidentais.

    Cumprimentos a todos, mesmo aos carneiros do regimen. E é bom ver que por aqui popula mais gente culta e com sentido critico qualquer que ele seja.

    Aproveito para demonstrar a nossa democracia com estes dois factos que aconteceram a um recente partido que se aproxima mais daquilo que quero para Portugal, se bem que discordo em bastantes pontos, por enquanto vou participando e ajudando a ver se dá em algo de positivo que o país bem precisa, mas sem os Media, não se vai lá e esses são do sistema.

    Demonstração de indignação silenciosa – Reformas e Subsídios dos ex-Políticos:
    http://www.mudarportugal.pt/downloads/folheto.pdf

    E o facto dos cartazes de campanha política que tinhamos no Marquês de Pombal e na Praça de Espanha, ambos em Lisboa, terem sido mandados retirar por um vereador da Camâra Municipal de Lisboa. Mostra a democracia do sistema quem é honesto e se opõe à bandalheira é silenciado, já fizemos queixa-crime contra o dito personagem!

    Gostar

  303. Tolstoi permalink
    16 Fevereiro, 2009 16:10

    O interessante neste blog é a expansão dos anónimos, mas o que vale é que existem para todos os gostos. De repente começo a ver muito interesse na família Soares,será outra campanha nagra?

    Gostar

  304. Tolstoi permalink
    16 Fevereiro, 2009 16:10

    digo negra

    Gostar

  305. 16 Fevereiro, 2009 16:56

    Caro e Mr. João Santos,

    Um dos males que anestesiam parte considerável da população, é a sua incultura, geradora de indiferença.
    Vou dar-lhe um exemplo recente, aparentemente “inofensivo”: Contaram-me que a SIC, na passada semana, anunciou que no dia X, revelaria quem substituiria a apresentadora Fátima Lopes. Parece que o share nessa manhã, tal a ansiedade por uma futilidade e por uma programa de entretenimento, foi elevadíssimo !
    Multiplique-se esse programa por mais N programas do género, atente-se às vendas das revistas do jet 3/5 português, e…temo aí o povo-NADA !

    Por muito que uma pessoa padeça, por motivos vários, e precisamente por tal, deve reagir ! Mas quando o pensamento salazarento ainda impera…
    E quando a comunicação social cerceia, “pune”…

    O exemplo que Vc. ilustra, do MMS, é exemplificativo do desrespeito do Estado, do governo, para com as pessoas.

    Óbvio: qualquer governo agradece a anestesia dos contribuintes, dos eleitores.

    Gostar

  306. 16 Fevereiro, 2009 17:00

    Tolstoi,

    Repito, que não quero crer que estamos a ser governados por alguém que se deixou corromper. Mas não coloco “as mãos no lume” por ninguém.

    Vc. lembra-se o que aconteceu a Bettino Craxi !?!… Presidente italiano socialista + corrupção + auto-exilado em África…

    Gostar

  307. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 17:12

    lembra-se o que aconteceu a Bettino Craxi !?!…

    atão não me havia de lembrar. foi no dia que a sogra do piscoiso partiu uma perna. desculpa lá ó piscoiso pôr o teu nome ao barulho, mas se digo que era minha os gajos não acreditam e pedem-me identificação.

    Gostar

  308. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 17:25

    Caro Tolstoi, eu ataco qualquer pessoa de esquerda ou de direita que seja traidor da pátria e agente dos poderes na sombra (Clube Bilderberg e afins).

    Se não fosse a impunidade e o controlo dos media através da censura e Mário Soares, Pinto Balsemão e muitos outros já estavam presos.

    Caro MJRB

    “Repito, que não quero crer que estamos a ser governados por alguém que se deixou corromper. Mas não coloco “as mãos no lume” por ninguém.”

    Pois eu garanto-lhe e já vi disso provas que desde Sá Carneiro, não houve um único governo até este de Pinócrates inclusive, que não se tenha deixado corromper, fosse o PM ou os ministros, ou secretários de estado, incluindo alguns PRs todos receberam luvas, para os que gostam de deturpar o que leêm não estou a dizer que todas as pessoas desses governos e todos os PRs eram ou são corruptos, mas muita gente dessas esferas era e ainda o é e alguns que não o eram são-no agora e meto as minhas mãos no fogo pelo que afirmo, só não vê quem não quer!

    João Santos

    PS – Bem parece que já estou a ser censurado aqui nos blasfémias, pois os meus posts não estão a aparecer e o último só ficou postado muito tempo depois! Faz-me lembrar o que me acontece no Sapo e no Público, em que qualquer coisa postada com o meu nome, e-mail ou IP, não aparece.

    Depois a par de exemplos que dei, nota-se que com tanta barabaridade, teorias ridiculas da conspiração e ordinarices que por aí andam, só os que falam do tipo de coisas que aqui tenho falado nestes últimos dias e em tempos no site antigo, sejam censuradas, se calhar é porque são mentira não é? Ou será antes que a verdade é incómoda para o sistema e os seus barões e aí como os factos e argumentos são verdadeiros toca a censurar.

    BRAVO!!!!!!!!!!!!

    Gostar

  309. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 17:56

    Caro Tolstoi, eu ataco qualquer pessoa de esquerda ou de direita que seja traidor da pátria e agente dos poderes na sombra (Clube Bilderberg e afins).

    cuidado malta! ele anda aí.

    Gostar

  310. Anónimo permalink
    16 Fevereiro, 2009 18:01

    311, como é perceptível pela tua argumentação anónima, ataque através de argumentação factual, nãoa atques fisicos se bem que essa escumalha pelo que faz à humanidade bem que merecia ser erradicada.

    João Miguel Santos “anónimo por censura do site”

    Gostar

  311. Tribunus permalink
    16 Fevereiro, 2009 18:02

    Basta de ofender Cavaco Silva!
    Demita-s do Conselho de Estado!

    Gostar

  312. João Miguel Santos permalink
    16 Fevereiro, 2009 21:00

    Caro Tribunus, o PR não se pode demitir do conselho de estado pois é o chefe do mesmo.

    Gostar

  313. João Miguel Santos permalink
    16 Fevereiro, 2009 21:01

    Bem parece que afinal que terá sido um erro do site e já consigo postar!

    Cumprimentos aos mentores do site.

    Gostar

Trackbacks

  1. O Presidente da República disse aos jovens “Yes you can” ou “yes you could”? « Catarse
  2. Do Blog Blasfémias: 14 Fevereiro, 2009 - Itália à vista? « Livresco’s Weblog

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: