Saltar para o conteúdo

EU

27 Abril, 2009

Anuncia-se um debate para amanhã na tv entre os cabeças de lista às europeias dos partidos que elegeram deputados nas últimas eleições. É compreensível que não exista verdadeiro interesse entre 3 desses 5 partidos numa discussão sobre o tema das eleições. Com efeito, quer PSD e PP (PPE), quer o PS, (PSE), em tudo o que de essencial diga respeito à União Europeia estão de acordo. É portanto natural e mesmo lógico que se pretendam distinguir uns dos outros mediante discussão de assuntos internos,  arregimentando os seus rebanhos.
Mas, para que os jornalistas não se deixem cair nessa armadilha e para que tal debate possa eventualmente servir para esclarecimento de posições políticas relacionadas com a UE, fica aqui a sugestão de alguns assuntos que poderiam ser abordados:
1) São favoráveis à entrada em vigor do Tratado de Lisboa? E porquê?
2) Face ao desejo manifestado pelas forças políticas a que pertencem de maior «integração europeia», tal significará a construção a prazo de a) um modelo político federal (competências limitadas)? b) o estabelecimento de um mercado único económico, c) um modelo de estado central (competências  gerais)?
3) Defendem que a UE tenha receitas próprias, nomeadamente mediante a já proposta criação de impostos próprios directos/indirectos a nível europeu?
4) Por já ter sido sugerido pelos partidos europeus onde se vão inserir, concordam com uma «harmonização fiscal» à escala europeia, nomeadamente ao nível de IVA, impostos sobre rendimentos e taxas sociais?
5) Quer PSE quer PPE defendem o reforço das competências e meios ao nível da «defesa» militar, concretamente, a  criação de forças armadas europeias. Concordam com tal proposta?
6) Face ao existente estatuto do Banco Central Europeu, defendem alterações do mesmo por forma a permitir, conforme pretensão de vários dirigentes europeus, a inclusão de outros critérios/poderes de actuação nomeadamente pela introdução de critérios/objectivos políticos?
7) Que posição tem face à hipotética adesão da Turquia e porquê?

Imagem: «Sugestão» de bandeira alternativa para a UE, por Toby Slater
20 comentários leave one →
  1. Impresário permalink
    27 Abril, 2009 12:50

    Do ponto de vista da nossa empresa seria útil saber de viva voz se os candidatos:

    São favoráveis à entrada (em vigor !) do Tratado face ao desejo manifestado pelas políticas (de competências limitadas) ou consideram importante que se dê toda a atenção aos preliminares de forma a suavizar o acto;

    Pretendem o estabelecimento de um mercado que tenha receitas próprias, por já ter sido sugerido pelos europeus, onde se vão inserir os vários tráficos actualmente existentes;

    São favoráveis ao reforço da defesa, nomeadamente face às notícias sobre a possível saída de Bruno Alves;

    Se, face ao existente estatuto do Banco Central Europeu, defendem alterações do mesmo por forma a permitir, conforme pretensão de vários dirigentes europeus, a sua continuada submissão aos interesses americanos, ou assinam já a capitulação perante os chineses;

    Que posição têm face à Turquia (Sul/Norte/Este/Oeste)e porquê.

    Gostar

  2. José Rocha permalink
    27 Abril, 2009 13:23

    Um pergunta que estou interessado em ter resposta é como vão fazer para facilitar o contacto dos portugueses com eles mesmos de modo a que estes estejam efectivamente implicados na definição das políticas europeias. Quem não se define é definido”. Recordo uma visita ao parlamento de Estrasburgo e estava cheio de deputados alemães e nórdicos a receber os seus votantes, a esclarecer e a ouvir.

    Gostar

  3. José Rocha permalink
    27 Abril, 2009 13:29

    Por exemplo, eu quero tirar uma dúvida sobre legislação ou apoios à floresta? Ou quero saber como obrigar a EDP e PT a resolver um problema e a retirar as linhas eléctricas do concelho da Maia num prazo de 10-20 anos? Ou quero convidar para vir à minha associação empresarial falar dos apoios para a modernização dos sistemas de contratação e recursos humanos? Ou quero que eles trabalhem para fazer o centro da europa menos longe, demoro 5-6 horas de avião a chegar a Bruxelas (ligação à portela)? TRABALHEM MUITO SEUS LORDES!

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    27 Abril, 2009 13:29

    #3 – you name it, excursões of course. o gabriel já lá foi.

    Gostar

  5. 27 Abril, 2009 13:44

    eheheh

    Gostar

  6. Anónimo permalink
    27 Abril, 2009 13:47

    dahhhh .. vaõ mas é falar de Sócrates e do freeport

    Gostar

  7. 27 Abril, 2009 13:51

    A sugestão da bandeira é óptima !

    Gostar

  8. lucklucky permalink
    27 Abril, 2009 14:09

    Não há pergunta sobre o referendo e as promessas quebradas? De que a União Europeia e seus acólitos são useiros e vezeiros?

    Gostar

  9. Pi-Erre permalink
    27 Abril, 2009 14:27

    O que significam aquelas manchas negras na casca da banana?

    Gostar

  10. Anónimo permalink
    27 Abril, 2009 14:31

    #10 peste suína, é uma banana da madeira.

    Gostar

  11. 27 Abril, 2009 15:19

    Gabriel,
    Em rigor, a maior parte das questões que colocas fariam mais sentido na campanha das legislativas, já que caberá ao Conselho, composto por representantes dos governos nacionais e não ao PE dar-lhes resposta.

    Gostar

  12. 27 Abril, 2009 15:28

    Pode por isso acontecer que os candidatos tenham posições divergentes das dos hipotéticos primeiros ministros a indicar pelos respectivos partidos.
    Por exemplo, de nada servirá que todos os eurodeputados sejam favoráveis à harmonização fiscal se os governos nacionais não estiverem para aí virados.
    Se é verdade que há cada vez menos questões exclusivamente nacionais, também há muito poucas questões exclusivamente europeias. Destas, são ainda menos as que cabe ao PE decidir por sua iniciativa

    Gostar

  13. Gabriel Silva permalink*
    27 Abril, 2009 16:02

    Certo CL.
    Mas como as próximas eleições são europeias talvez conviesse ter uma ideia do que os deputados pensarão.
    Caso contrário, fica-se sem assunto…..

    Gostar

  14. PKS permalink
    27 Abril, 2009 16:11

    Boas e sensatas perguntas que qualquer um de nós poderia tentar responder.

    Embora eu não saiba o que é o “o estabelecimento de um mercado único económico”; nem Gabriel Silva sabe, as minhas respostas seriam as seguintes:

    1) Não.
    2) Manter o sistema atual.
    3) Sim. Impostos indiretos.
    4) Não.
    5) Não.
    6) Não.
    7) Dê-se à Turquia um estatuto especial de bons amigos e de associação reforçada … mas não os deixem entrar. É demasiada gente e eu não quero que na feitura da leis europeias a Turquia tenha mais votos que a Alemanha.

    8) Acham normal cada partido não ter indicado explicitament quem é o candidato a presidente da Comissão, nem sequer que é o candidato nacional a comissário? E quem é o candidato deles?

    Se eles responderem a todas, depois posso decidir como votar.

    Gostar

  15. Morgadinho permalink
    27 Abril, 2009 19:00

    4) Por já ter sido sugerido pelos partidos europeus onde se vão inserir, concordam com uma «harmonização fiscal» à escala europeia, nomeadamente ao nível de IVA, impostos sobre rendimentos e taxas sociais?

    Uma ligeira correcção para contribuir para a elevação da qualidade do debate: O IVA já é um imposto harmonizado, no qual verdadeiramente de significativo no poder dos Estados apenas resta a definição das taxas.

    Gostar

  16. Manuel permalink
    27 Abril, 2009 23:03

    Em que canal é o debate?
    Obrigado

    Gostar

  17. Zé Leitão permalink
    28 Abril, 2009 21:35

    Qual é o jornalista que faria essas perguntas? é que essas perguntas não vêem no manual. No manual é mais do tipo:
    o que é que espera destas eleições? o que considera ser uma derrota? e uma vitória? acha que o seu partido vai conseguir eleger X deputados? que leitura faz da candidatura de Y? como é que comenta as afirmações de Z que já tinha comentado as afirmações de W? e…?

    Gostar

  18. Zé Leitão permalink
    28 Abril, 2009 21:38

    vêm

    Gostar

Trackbacks

  1. Memória Virtual | Eleições europeias - Leituras (II)
  2. Eleições europeias – Leituras (II) « Memória Virtual

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: