Saltar para o conteúdo

Começou a queda da casa de Sócrates*

12 Junho, 2009

João Cravinho deu o tiro de partida: “o efeito Sócrates só por si já não chega“. E de Santarém chegaram-nos imagens de um primeiro-ministro que sabe que a corrida já começou. Nem sequer é a corrida ao seu lugar. O que sempre seria um combate aberto. É sim este desmarcar-se. As derrotas nunca são bonitas de se ver e são ainda mais penosas as derrotas de um líder que em vez de apoiantes tem dependentes.
O PS nunca apoiou Sócrates por aquilo que ele pensava ou defendia, mas sim porque ele lhes garantiu o poder. Sócrates não é para o PS um líder. Como diz Cravinho, Sócrates é um efeito. Um efeito que, valha a verdade, deu uma maioria absoluta ao PS. Mas, sem poder, Sócrates não tem qualquer préstimo para os socialistas – não tem o mundo internacional de Soares e dificilmente lhes pode trazer o prestígio da colocação numa agência internacional como aconteceu com Sampaio e Guterres. O PS está disposto a fechar os olhos a todos os equívocos de Sócrates enquanto existir poder. Assim que o poder se acabar, os socialistas serão os mais violentos nas críticas a tudo aquilo que até agora fizeram de conta que não viram. Sem poder, Sócrates é um embaraço. Por isso, ao primeiro sinal de que o efeito Sócrates se estava a extinguir, as cadeiras do Altis ficaram vazias.
Desconheço que explicações deram ao líder do PS para o desastre dessa noite os muito celebrados especialistas em marketing político que terá contratado e que lhe têm sabido encher os pavilhões dos comícios e escolher o enquadramento em que deve surgir. Mas que muito provavelmente contribuíram para acentuar o seu afastamento das bases do partido e sobretudo para o tornar cada vez mais dependente dessa mesma máquina de propaganda. Durante algum tempo resultou, mas progressivamente o primeiro-ministro foi ficando em delay com o país. Tal como numa novela mexicana, em que os movimentos dos lábios não coincidem com as frases que ouvimos, também o país em que vivemos não coincide com o país de que fala José Sócrates.
Esta captura do discurso político pelos especialistas do marketing levou a este desacerto entre o país real e o país do discurso governamental. Mas não só. Mais do que falar do país, dos seus problemas e discutir seriamente as soluções que propõe, José Sócrates passa de sessões de anúncio para sessões de anúncio, invariavelmente abrilhantadas com figurantes, e fala obsessivamente de notícias, jornalistas, directores de jornais… como se o seu mundo não fosse mais do que isso: ser um efeito. Mas agora que já se ouve que o “efeito Sócrates só por si já não chega” talvez seja o momento para que no Largo do Rato se passe para part time a agência de comunicação e se arranje tempo para ouvir os políticos.

*PÚBLICO 11 de Junho

89 comentários leave one →
  1. Kolchak permalink
    12 Junho, 2009 09:17

    Discordo.
    A corrida não começou: a corrida terminou no último Domingo.

    Gostar

  2. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 09:49

    Se cair caiu – Mas não é a casa de Socrates que cai.
    É a casa dos hipocritas que se alevantou e dos maus da fita. As víboras e os lacraus.

    Paciencia.

    Gostar

  3. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 09:51

    Ganham os que escrevem textos destes tão bonitos e cheios de fel por uma pessoa. É inacreditável como há pessoas capazes de tanto ódio e de incentivar ao ódio em jornais. Ganham a vida a ser odiosas.

    Gostar

  4. permalink
    12 Junho, 2009 09:55

    A Helena Matos costuma escrever imensos disparates mas decididamente este não é um deles…

    Gostar

  5. helenafmatos permalink
    12 Junho, 2009 09:59

    3 – Independentemente de ser ou não apouanet de Sócrates qualquer pessoa que queira que Sócrates ganhe as próximas legislativas lhe dirá que a a captura do discurso político pela máquina de propaganda levou a um desacerto constrangedor entre o país real e o país do discurso governamental.

    Gostar

  6. Francesco permalink
    12 Junho, 2009 10:00

    Isto levanta uma questão interessante: quem manda no PS? Já sei a resposta que vou ouvir: no PS mandam os militantes, ou seja o Povo português.

    Gostar

  7. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 10:08

    #5 a Helena Matos é que observa a propaganda em tudo. Tudo o que consegue ver é propaganda. Já o que os outros fazem nunca é propaganda. Andar sistematicamente desde há 4 anos a chamar Socrates de propagandist, arrogante, homem só,ditador, hitler ou Chavez, … não é propaganda! Se calhar não é propaganda boa , é daquela propaganda má, propaganda à prec e a Helena Matos fou subjugada a essa propaganda odiosa. E escreve para ela.

    Gostar

  8. Zé do Norte permalink
    12 Junho, 2009 10:22

    Uma só palavra para definir o post: lirismo! Querem tomar o desejo por realidade. Longe disso. Se o Sócrates tivesse ganhoa s eleições era sinal que nada tinha mudado. Mudou muito. Perdeu as eleições mas no PS está mais forte do que nunca.

    Gostar

  9. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 10:24

    a brincadeira está a sair cara ao tio belarmino. é avença ou ao metro?

    Gostar

  10. 12 Junho, 2009 10:27

    Nada como anunciar o que se quer, sobretudo se tivermos acesso a publicar o que escrevemos em jornais.

    Depois a malta começa a dizer: “epá, li no jornal que começou a queda de Sócrates”.

    Bestial.

    Eu, se fosse jornalista, escrevia um artigo assim: “É esta semana que ganho o euromilhões”. Nunca se sabe, podia resultar.

    Por tudo o que de mau tem Sócrates, os media em Portugal têm 10 vezes pior.

    Gostar

  11. 12 Junho, 2009 10:37

    O que está neste momento em causa é a legitimidade que ele diz ter para fazer o que lhe apetecer até às eleições que darão ou não outro governo.
    E por isso vai lançar obras que implicarão duas ou três gerações quando a líder da oposição já disse que as queria parar.
    É sobre isto que os jornalistas devem meditar pois o seu poder de influenciar é enorme.

    Gostar

  12. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 10:37

    Infelizmente o país está pendurado na justça. Parece-me muito dificil Socrates ganhar as eleições se a justiça não der de si aquilo que anda a fazer há mais de 4 anos. E ninguém pode dizer nada para apressar as coisas ou é pressão inadmíssivel. É triste, mas enfim. Temos aquilo que temos e há que seguir em frente. É esperar que mude de presidente para ver se a coisa deixa de secar tudo à sua volta.

    Gostar

  13. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 10:42

    escrevem artigos destes e queixam-se das sondagens.

    Gostar

  14. 12 Junho, 2009 10:50

    Muito bem.
    Estou curioso em relação à reacção de Santos Silva quando para sobreviver também tiver que dizer que “nunca conheceu Socrates de parte alguma”

    Gostar

  15. Sérgio permalink
    12 Junho, 2009 10:50

    Raramente concordo com o João Miranda e a Helena Matos e por vezes, admito, sou um pouco rude nos meus comentários. No entanto quero aqui saudar a ambos por nunca terem censurado comentários aos seus posts como fazem outros “liberais” desta casa. Assim, apesar de todas as criticas uma coisa ambos têm: caracter e pele dura. E isso merece respeito.

    Gostar

  16. Balanta permalink
    12 Junho, 2009 10:51

    Começo a acreditar que pode perder as eleições. O primo panda kung fu que está capturado pelos chineses vai aparecer com umas revelações interessantes. chamem-me vidente! Para não falar das famosas escrituras das aquisição das casas que voltaram a aparecer. enfim este país têm dois critérios, um para a esquerda, em que tudo é desculpavel (vide autarca do BE), e outro para a direita. Então o cadilhe não teve que se demitir por uma ninharia da sisa, que nem era ilegal!!!

    Digo e reafirmo, se o Sr. Lic. em Engenharia tivesse o critério dos países nórdicos que tem como modelo, já se teria demitido à muito. O facto é que ele é como a maioria dos portugueses, virtudes públicas, vicíos privados. E na realidade ele segue mais os seus amigos: chaves, kafdafi……

    Gostar

  17. 12 Junho, 2009 11:08

    Deixem-se lá disso.
    Qual queda? À esquerda tudo se desculpa. Ou alguém dúvida que se um PM PSD tivesse metade das suspeitas do Sr. Pinto de Sousa já lá não estaria?

    Gostar

  18. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 11:19

    #14 – amnésia é mais com o angelito que foi do cds e não se lembra.

    Gostar

  19. Zé do Norte permalink
    12 Junho, 2009 11:21

    André

    Já vi que quer a Avô Manuela como Primeira Ministra…ora diga que sim.

    Gostar

  20. Kolchak permalink
    12 Junho, 2009 11:28

    O grande problema para o PS foi o Domingo passado: uma máquina de propaganda impressionante; empresas de sondagens ao serviço da “Situação; os “media” vergados aao poder instituido; um discurso altamente demagógico, mas que se pensava apelativo; tudo foi derrotado pelo voto dos Portugueses.
    Pode afirmar-se com certeza: o “Socratismo” terminou nas passadas eleições. Desde esse dia, nada mais será igual na política nacional.

    Gostar

  21. OLP permalink
    12 Junho, 2009 11:28

    É…a mais leve crítica ao “sôr inginheiro” e ao partido que governa, nunca passará de propaganda maldizer bota-abaixo e tudo isso que tal.Aliás chega a ser odioso vejam lá.
    Tadinho do “sõr inginheiro” e sobretudo dos indefectiveis apoiantes.
    Estes portugas nunca mais aprendem onde nasce o sol, a virtude, a honestidade, a capacidade de governação o brilhantismo de cada palavra e acto.

    Gostar

  22. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 11:29

    #17 – e as certezas que temos sobre todos os eventuais candidatos do psd, não contam?

    Gostar

  23. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 11:37

    empresas de sondagens ao serviço da “Situação;

    qual situação? do psd?
    se um partido é dado como vencedor , mais pessoas irão votar se estiverem contra e muitos que votariam ps não se preocupam em ir votar porque acham que não é importante.

    As sondagens fazem é parte da estrategia do psd. São feitas pelas tv’s e jornais que são politizadas.

    Gostar

  24. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 11:37

    .. e depois ainda aparecem a dizer que são manietadas pelos socialistas!!! lol

    Gostar

  25. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 11:50

    #24 – “.. e depois ainda aparecem a dizer que são manietadas pelos socialistas”
    e amordaçadas, é o sadojornalismo.

    Gostar

  26. 12 Junho, 2009 11:54

    Pela direita foi alaranjado,
    pela esquerda foi avermelhado,
    o PS levou com o cajado
    saindo deveras humilhado.

    Nem com manipulação
    das sondagens favoráveis,
    tamanha foi a humilhação
    contra políticas deploráveis.

    No mundo das ilusões
    repleto de fantasias,
    tantas foram as alusões
    das socialistas hipocrisias!

    No labirinto perdido
    como uma barata,
    tanto tem iludido
    que a confiança desbarata.

    Gostar

  27. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 12:32

    A ameijoa fresca já estava na altura de fazer quadras melhorzinhas
    e deixar de ser um grande chato
    é que não é por rimar que tem razão.

    Gostar

  28. Kolchak permalink
    12 Junho, 2009 12:44

    Anónimo 23:

    «qual situação? do psd?
    se um partido é dado como vencedor , mais pessoas irão votar se estiverem contra e muitos que votariam ps não se preocupam em ir votar porque acham que não é importante»

    Sobre a “Situação” que nos oprime, basta ver a RTP e a SIC; ler o JN e o DN., etc. Ainda pergunta pelo PSD? Que lata a sua!
    A sua análise das sondagens do camarada Oliveira e Costa é totalmente falaciosa e revertível, assim: «Se o ps é dado como vencedor, menos pessoas irão votar se estiverem contra e muitos que votariam PSD não se preocupam em votar, porque consideram impossível vencer os socialistas».
    Percebeu?

    Gostar

  29. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 12:46

    Veja o grande jornal Sol! Os jornalistas até já conseguiram ligar a casa da mãe de Socrates à Camorra!
    Não há duvida que a casa vai cair e é por isso que Helena Matos se lembrou d eescrever Casa

    Desconfio que estes jornalistas todos se reunem à noite numa cave escura a combinar coisas malvadas. Devem fazer parte de uma seita anti-socrates… lololol

    Gostar

  30. tina permalink
    12 Junho, 2009 12:58

    O povo português vota na personalidade, não no partido. Nunca votarão em quem desconfiam como foi no caso de Vital Moreira, uma velha raposa. Quanto a Sócrates, depositaram muita confiança nele porque ele parecia uma pessoa honesta e capaz mas acabou por desapontar. Acho que se o PS concorresse com outra pessoa teria tantas ou mais possibilidades do que com Sócrates.

    Gostar

  31. General permalink
    12 Junho, 2009 13:01

    helematos aqui escreveu
    no blog que também é seu
    disse que a casa vai abaixo
    desculpe lá mas não encaixo
    alguns chamam-lhe tretas
    outros tocam as pandeiretas
    cuidado com tanta alegria
    a tristeza pode vir um dia
    a astrologia também tem regras
    cantas bem mas não me alegras

    Gostar

  32. 12 Junho, 2009 13:16

    Assim, apesar de todas as criticas uma coisa ambos têm: caracter e pele dura. E isso merece respeito.

    Meu caro senhor ou se nasce democrata ou é muito difcil vir a sê-lo.
    CAA é um pedante que não aceita a menor crítica.
    Passe a ironia, parece ter o rei na barriga.

    Gostar

  33. tric permalink
    12 Junho, 2009 13:47

    “Isto levanta uma questão interessante: quem manda no PS?”

    Depois da estrondosa derrota eleitoral de Socrates, quem assumiu a liderança do Partido Socialista, foi o clã de Mario Soares! Socrates tornou-se num boy de Mario Soares!

    Gostar

  34. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 14:01

    Acho que se o PS concorresse com outra pessoa teria tantas ou mais possibilidades do que com Sócrates

    é uma pena o que os jornalistas e a justiça fez com Socrates
    tiraram a hipotese de ter um PM como há muito não tinhamos. Cortaram as asas a quem incomodava os senhores barões. E lá ficamos com CAvaco e seus amigos. Cavaquemos o país então e paciencia. Ganharam os mamarrachos, os dinossauros e os fiteiros.

    Gostar

  35. tina permalink
    12 Junho, 2009 14:21

    “tiraram a hipotese de ter um PM como há muito não tinhamos”

    Para além de aumentar os impostos,a despesa e a dívida externa, não conseguiu implementar reformas porque entra em confronto aberto em vez de tentar alcançar compromissos. Não tem habilidade para governar, tornou-se mas foi hábil a fingir que governa.

    Gostar

  36. Kolchak permalink
    12 Junho, 2009 14:33

    Tina 35:

    Nem mais!

    Gostar

  37. Saloio permalink
    12 Junho, 2009 15:08

    Estimada HM,

    Tem a senhora toda a razão.

    De facto, o Eng.º Sócrates é um produto da tecnocracia, de uma geração mais nova arredada da cultura política.

    Não se esqueça que ele começou no PPD/PSD e só mais tarde virou para o PS, numa altura em que o Dr. Mário Soares já tinha posto o socialismo “na gaveta”. Segundo este, possuidor de uma biblioteca considerável, nunca tinha conseguido ler Marx, porque os textos eram muito “chatos” e “desinteressantes”.

    Onde Sócrates sempre se mostrou exímio foi na propaganda, pelo que não é de estranhar o seu comportamento nas entrevistas – apenas responde ao que quer e como quer. E foi o seu sentido tecnocrata que o levou a convidar o Dr. Dias Loureiro para apresentar ao público a sua “biografia” – ou já se esqueceram deste acontecimento?

    Sendo injusto não reconhecer ao nosso primeiro-ministro qualidades ímpares de destaque, como o empenho, a vontade de transformar, e o cumprimento de um rumo com algum norte, até pela sua juventude, seria espectável deixar o seu nome ligado a outros europeístas de renome, como Blair, Gonzales, ou Merkl.

    Não sei, contudo, se ele ficará na História (como os referidos mais Soares, Mitterand, ou Suarez), mas a verdade é que o número de escândalos que o envolvem mais a sua família próxima, não permitem equacinar algo de bom.

    Interna e pessoalmente, aponto-lhe dois defeitos de monta, fruto da indicada tecnocracia:
    1º – ódio aos pobres – consubstanciado no aumento da idade de contribuições; pagamento de IRS pelos reformados de fracos recursos e posses; quase extinção de juros nos certificados de aforro; fim da isenção fiscal dos deficientes; aumento das taxas moderadoras; fecho dos atendimento médico na província; fecho das maternidades; inexistência de aumentos na função pública; etc..
    2º – teimosia exacerbada – a insensibilidade de ouvir os outros, baseada numa manifesta convicção de certeza (teoria que não é nova, pois já havia quem “nunca tenha dúvidas e raramente se enganava”), traduzida num empenho exagerado nas grandes obras do regime (há que pagar aos empreiteiros, não é Dr. Coelhone), das inceneradoras enquanto secretário de estado, e da sua luta feroz e desapiedada contra as classes profissionais: contra os funcionários públicos, contra os reformados, contra os juízes, contra os polícias, contra os professores – contra tudo e todos, porque ele gosta mais assim.

    Diz até que se sente mais estimulado…

    Enfim, fico a aguardar por quem será o convidado a apresentar as suas memórias políticas dos seus anos no governo, daqui a uns tempos…talvez Júdice, ou mesmo Paulo Portas…

    Digo eu…

    Gostar

  38. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:14

    1º – ódio aos pobres

    o senhor é mas é estupido. Pergunte aos pobres se estão mais ou menos pobres.
    Triste gente cega

    Gostar

  39. olen permalink
    12 Junho, 2009 15:15

    Com Sócrates o PS vai ficar abaixo dos 20% em Setembro.O PS ou remove Sócrates de imediato ou vai cair definitivamente com ele.Novos casos judiciais envolvendo Sócrates estão para chegar.Em Setembro até os Sócratistas mais dependentes terão vergonha dele.

    Gostar

  40. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:16

    #37 propagada mentirosa. AO ler isso leio a cassete do pcp. Acertei? Mentirosos!! São uns mentirosos e ainda por cima insistem na odiosa mentira.

    Gostar

  41. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:22

    #37 tenha é vergonha nessa cara. Tudo o que diz no ódio aos pobres é uma grande mentira. Tenha vergonha!!!!

    Gostar

  42. tina permalink
    12 Junho, 2009 15:23

    “2º – teimosia exacerbada – a insensibilidade de ouvir os outros,”

    Parece-se que o grande problema aqui é que ele “ouvia” as sondagens. E estas estavam todas distorcidas com erros tremendos. Sócrates governava para um povo virtual, o das sondagens. Virou-se o feitiço contra o feiticeiro.

    Gostar

  43. jorge permalink
    12 Junho, 2009 15:26

    ninguem para o ps, ninguem para o ps, olé.

    Gostar

  44. aramos permalink
    12 Junho, 2009 15:28

    Quantos Presidentes de Câmara socialistas,incluindo António Costa em Lisboa,irão perder as respectivas eleições em Outubro por causa do “efeito Sócrates”?

    Gostar

  45. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:28

    #39 – se como dizes, deixa-o espetar-se. acho um piadão a estas compaixões. subtilezas da feira do relógio.

    Gostar

  46. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:33

    tou a ver a velha a ouvir o povo, sai um sonotone on the rocks.

    Gostar

  47. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:33

    Sócrates governava para um povo virtual, o das sondagens

    ai, a Tina acha que o partido que ficou em 2º lugar nas eleiçoes para o PE não é povo, étudo virtual. Não existem. Os que tiveram mais um deputado é que são o povo. Tá bem.

    Gostar

  48. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:33

    “Ganham os que escrevem textos destes tão bonitos e cheios de fel por uma pessoa. É inacreditável como há pessoas capazes de tanto ódio e de incentivar ao ódio em jornais. Ganham a vida a ser odiosas.”

    Parece que estou a ouvir Sócrates na “entrevista” à RTP a dizer que quem se comporta assim acaba a rastejar, babando-se de ódio. Ou no congresso de Espinho, prometendo submeter à decisão popular os seus casos na justiça.

    Gostar

  49. olen permalink
    12 Junho, 2009 15:37

    #45-Espetar-se parece ser aquilo que ele mais gosta.Espete-se então bem espetadinho.

    Gostar

  50. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:37

    Quantos Presidentes de Câmara socialistas,incluindo António Costa em Lisboa,irão perder as respectivas eleições em Outubro por causa do “efeito Sócrates”?

    Em VNG ganhou o PS e no Porto quase ganhou o PS e o psd perdeu votos.
    Porque é que em VNG ganhou o ps se o Menezes é tão famoso?

    Possuem resposta?

    Gostar

  51. 12 Junho, 2009 15:42

    POrque será que esta malta continua tão preocupada com Sócrates? Mistério…

    Gostar

  52. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 15:42

    #48 O ódio faz muito mal à pele.
    Tratem-se ou ficam com aquela pele cheio de verrugas como o chefe dos simpsons

    Gostar

  53. Kolchak permalink
    12 Junho, 2009 16:28

    51:

    Fácil responder-lhe!

    O nosso ódio não é a Sócrates: é à sua estúpida política que leva Portugal ao caos!

    Gostar

  54. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 16:41

    #53 – qual caos? o da justiça, professores, enfermeiros, da cap, da psp, da adm. pública, do bcp, bpn e bpp, tudo causas aliadas da tia. sem falar do tgv e do alcochete que são coisas viáveis se encomendadas por nós. enfim, é o desespero da falência.

    Gostar

  55. 12 Junho, 2009 16:50

    Digamos que o menino d’oiro do PS está a entrar para a fundição lol. Quanto à propaganda, há-a sim qb. Veja-se o último acto: os painéis solares. Imensos mupies pela rua, anúncios de página inteira em diversos jornais, spots nas rádios e televisões. E depois vamos ver as letras miudinhas e acontece que este é um daqueles casos “salvo ruptura de stock”. Ah pois, é que esgotado o plafond (suficiente para 61 mil instalações), acabou. Vejam as FAQ do site, ponto 2 ( http://www.paineissolares.gov.pt/faq.html#1b ) e comprovem (se restarem dúvidas, as contas encontram-nas no meu blog). E a cena de abater no IRS é outra: é contabilizado no mesmo bolo onde entram os encargos com os juros do crédito da casa, logo népias! Para terminar, fica a pergunta para um milhão de euros: quanto custou toda esta campanha de marketing? Ora aí está uma coisa que os senhores jornalistas podiam procurar saber.

    Gostar

  56. monárquico permalink
    12 Junho, 2009 16:58

    mais um excelente artigo da dona Helena. É necessário para além de achincalhar o sr Engenheiro pedir às alternativas de poder que estabelecam relação contratual com os eleitores para merecer a pena irmos votar.

    Pedro

    Gostar

  57. tina permalink
    12 Junho, 2009 17:28

    “ai, a Tina acha que o partido que ficou em 2º lugar nas eleiçoes para o PE não é povo, étudo virtual”

    esses são os fanáticos PS. Faça o que o PS fizer, irão votar sempre PS. Assim como também acontece com os fanáticos sociais democratas. O resto dos votos, aqueles que fazem um partido ganhar ou perder, é o eleitorado que os governos sempre querem conquistar. E era quem Sócrates, através das sondagens, pensava que estava a atingir.

    Gostar

  58. Tribunus permalink
    12 Junho, 2009 17:31

    Socrates um pobre diabo, que está a gozar ferias no Pine Clifts,
    no Algarve, com os filhos, 1.000 por dia numa suite! è mesmo pobre diabo……..com um pais de pantanas não percebe que este luxo , não vinha no momento apropriado? novo rico……….

    Gostar

  59. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 17:40

    “Quantos Presidentes de Câmara socialistas,incluindo António Costa em Lisboa,irão perder as respectivas eleições em Outubro por causa do “efeito Sócrates”?”

    Para escolher candidatos Sócrates é um boneco incrivelmente dotado de jeito.
    Em Lisboa, Porto e Matosinhos já podem fazer festa do adeus.

    Gostar

  60. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 17:44

    “Porque será que esta malta continua tão preocupada com Sócrates? Mistério…”

    “Esta malta” anda preocupada com Portugal. Sócrates é que já não é mistério nenhum. Já sabemos muito bem quem ele é, quem ele não é e o que ele quis passar por ser. E o PS também já sabe.

    Gostar

  61. OLP permalink
    12 Junho, 2009 17:48

    O partido que ficou em segundo lugar é “povo” com certeza.
    O que ficou em primeiro é que não é. São tudo maldizentes, bota-abaixo, sem propostas, sem ideias, mentirosos vergonhosos etc.
    Esses é que são virtuais,esses e todos os outros que não entendem a mensagem de salvaçao do segundo.

    Gostar

  62. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 18:18

    O psd e o ps são partidos iguais. Tanto faz estar a governar ps ou psd que o efeito é o mesmo com algumas nuances. Há uns que conseguem roubar muito mais e ter muitos bancos.

    O eleitorado não escolheu mudar. Não escolher be ou pcp. Assim tudo na mesma.

    Gostar

  63. 12 Junho, 2009 20:30

    A todos aqueles que não querem ver,

    Já a minha avózinha dizia que o maior cego é aquele que não quer ver…

    Eu sei que em Portugal, devido às características de velhacaria e inveja que são apanágio do nosso povo (mandrião e alcoviteiro, como bem o definiram Eça, Ramalho e Junqueiro), sempre houve uma certa simpatia por malandros.

    Tipos como o Zé do Telhado, João Brandão, e Alves dos Réis, sempre foram tidos em boa conta pelo poveco, sedento das suas proezas e feitos sentado no seu sofá – desde que ocorressem com outros, estranhos e lá longe do seu quintal.

    Ainda há meia dúzia de anos, o povo se regozijava com as peripécias ilegais de um corretor da Bolsa, Pedro Caldeira, e com o Capitão Roby, que além de ter vigarizado a mãe e irmãos, pôs na miséria uma quantidade considerável de solteironas sós e entradotas.

    A tudo isto, mesmo à lesão dos mais desfavorecidos, o povo achou piada e teceu elogios, de tal forma que até uma telenovela foi feita sobre “as aventuras” do último.

    Ontém vi na televisão que o Dr. Dias Loureiro ia ser alvo de uma festa popular e receber umas medalhas. Fátima Felgueiras foi reeleita e o Avelino, o homem do Marco, só foi condenado num único processo, e vai concorrer outra vez ao Marco.

    Também assistimos ao prémio de alguém que andou 4 anos a defender o chefe caninamente, de forma irracional e desmedida, foi um emprego no sítio mais bem pago da europa – apesar de todos agora confirmarem que foi um “erro de casting”.

    Por isso não me espanta que quem distribui os “tachos” e “avenças” tenha aqui, e noutras paragens, imensos lacaios, serventes e outros adoradores cegos e embriagados pelo ópio do poder.

    Não contraditam nenhum dos factos numerados, mas apelidam-me de ódio e mentira. Se calhar é mentira que o chefe odeia pobres…ou que não foi Dias Loureiro o escolhido para apresentar a sua biografia…?????

    Quando o chefe cair, estes serviçais serão os primeiros a caluniá-lo e virar-lhe as costas, depressa correndo para outro amo…porque quando o navio se está para afundar, os ratos são os primeiros a fugir.

    Digo eu…

    Gostar

  64. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 20:34

    olha , chegou o que destila mel.

    Gostar

  65. tina permalink
    12 Junho, 2009 20:55

    Do post que a Aspirina B acima recomenda pode ler-se:´

    “não se perdoa a Sócrates conseguir criar riqueza económica e continuar a ser de esquerda — com abundantes transformações sociais, que esperavam há anos na agenda do PCP e do BE, a terem sido concretizadas numa única legislatura. À direita, na direita ranhosa, não se perdoa a Sócrates conseguir criar riqueza económica e não ser de direita —”

    Mas que riqueza económica é que Sócrates criou? Tivesse ele criado alguma riqueza económica e eu teria continuado a votar nele.

    É só invenções nestes blogues de esquerda. Não admira que o Blasfémias seja o blog mais lido.

    Gostar

  66. 12 Junho, 2009 20:58

    Socrates mostra que não é um bom lider nao enquanto politico ou comunicador, mas sobretudo por não saber escolher,pois já perdeu duas eleiçoes em que as escolhas dele sairam caras ao partido socialista a bofetada a Mario Soares, e agora a Vital Moreira as duas somadas não chegam aos 45 %. a responsabilidade das escolhas é 100% de Socrates, em que o povo o aclama a ele mas rejeita as suas escolhas.

    Gostar

  67. 12 Junho, 2009 21:04

    O arquitecto Fernando Pinto de Sousa, pai do primeiro-ministro, foi contratado pelo GEPI,
    no período em que este era dirigido por António Morais, para fazer a fiscalização de dez
    empreitadas adjudicadas por aquele serviço do Ministério da Administração Interna.
    Na quarta-feira, o PÚBLICO noticiou que Pinto de Sousa, com escritório na Covilhã, foi
    responsável pela fiscalização do quartel da GNR de Castelo Branco, uma obra adjudicada em
    1999 à Conegil – a empresa do grupo HLC que abandonou essa e mais sete empreitadas do
    GEPI sem as acabar, deixando, quando faliu em 2003, uma dívida de 1,6 milhões de euros ao
    MAI.

    Depois falta a ligação ao Armando Vara que liga a muitos nós do esquema, por exemplo à
    própria Independente.

    Morais, GEPI e construtora da Covilhã fizeram moradia de Armando Vara
    http://www.ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1291685&idCanal=21

    E ainda a compra da tal casa por um preço simpático à offshore Henron International N.V
    das Antilhas

    http://www.ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1365947&idCanal=12

    E ainda a tal empresa cuja sócia é a mãe de socrates, a Mecaso, que daí também liga aos
    casos de corrupção da Amadora, e daí liga ao freeport e também ao primo

    A empresa da mãe do primeiro-ministro, que está a ser investigada no âmbito do Freeport,
    surge envolvida num processo de corrupção na Câmara da Amadora, o qual abarca outras
    figuras relevantes do PS
    http://www.sol.sapo.pt/forums/20/1162503/ShowThread.aspx

    Gostar

  68. 12 Junho, 2009 21:07

    Excelente reflexão, helenafmatos

    Gostar

  69. Anónimo permalink
    12 Junho, 2009 21:12

    não ligue Tina , esse também vive no país alternativo da realidade virtual magalhães. chega a ser patético.

    Gostar

  70. Observador da Bufaria permalink
    12 Junho, 2009 22:36

    Desenvolvimentos muito interessantes no caso Sócrates.A referência explícita no Sol de hoje à Camorra Napolitana.O súbito reaparecimento dos documentos desaparecidos no notário relativos ao Heron-Castilho.O livro “Gomorra” torna-se cada vez mais indispensável.

    Gostar

  71. velyn permalink
    12 Junho, 2009 23:58

    A análise de Helena Matos parece-me pacífica nas conclusões. e como habitual, primorosamente escrita. Começa de facto a soprar uma brisasinha de ar fresco que, parece-me, vai fazer-se furacão e varrer este verdadeiro fenómeno do entroncamento para a categoria das vacas com cinco pernas ou para o museu dos horrores em fatinhos armani. Talvez lá encontre a paris hilton e outras criaturinhas vácuas feitas do mesmo materialzinho fátuo. Quanto a Cravinho, imagino que, como outros xuxialistas doutorados, tenha nutrido, em pousio,um íntimo e azedo desprezo pelo Sr. Pinto de Sousa que veio agora evacuar, e imagino ainda que outros, cheirando-lhes a esturro, venham também, breve e previdentemente, espetar, pressurosos, a faquinha da praxe nas costelas anémicas do querido líder. Acho que ainda o vou chorar!

    Gostar

  72. Cretino só permalink
    12 Junho, 2009 23:59

    Sócrates é um bluff mediático.
    Santos Silva é o Dr. Goebbels do regime.

    Gostar

  73. carlos graça permalink
    13 Junho, 2009 00:11

    # 64 – Excelente comentário… a malta gosta da malandragem… 🙂

    Gostar

  74. 13 Junho, 2009 07:59

    Seja à esquerda ou à direita, Sócrates é temido e desejado. Temido porque desejado, e desejado porque temido. À esquerda, na esquerda imbecil, não se perdoa a Sócrates conseguir criar riqueza económica e continuar a ser de esquerda — com abundantes transformações sociais, que esperavam há anos na agenda do PCP e do BE, a terem sido concretizadas numa única legislatura. À direita, na direita ranhosa, não se perdoa a Sócrates conseguir criar riqueza económica e não ser de direita — tantas as suas qualidades de liderança e inovação que fariam o delírio dos amanuenses do PSD e CDS caso ele os chefiasse.

    Helena Matos é uma das mais excitadas animadoras do clube de fãs. Neste texto apresenta-se tão transparente que chega a causar aquele dilacerante fenómeno de nos sentirmos envergonhados pelas figuras que vemos outros fazerem

    Gostar

  75. 13 Junho, 2009 08:16

    Ó Clara:

    Não era a Clara que andava a chamar ceguinhos aos que não viam que o PS ia ganhar as europeias? Deixa ver: “Que as sondagens não ganham eleições sei eu, acho que você devia explicar isso ao gordinho candidato do PSD e à vossa velha líder. Quanto ao resto…no dia 7 de Junho venho aqui comentar. Pode ser?

    Pode.

    Gostar

  76. tina permalink
    13 Junho, 2009 09:33

    ahahahaha, adoro ver estes arrogantes a engolirem sapos vivos. A começar no líder e a acabar nos fãs. Já o Piscoiso dizia que pessoas baixas e gordinhas não tinham nenhuma hipótese. E agora, onde pára ele?

    Gostar

  77. Zorro permalink
    13 Junho, 2009 11:01

    Está na hora, está na hora, do PS ir embora!

    Gostar

  78. pedro frederico permalink
    13 Junho, 2009 11:22

    bom dia…começo agora a sentir que os anónimos fans do socrátes ..são tão perigosos como ele…a razão deu lugar a qualquer coisa que não sei definir…(anda perto da demência)e que divide os portugueses, creio, como nunca antes;

    Gostar

  79. 13 Junho, 2009 11:23

    Sócrates, Sócrates, Sócrates…Mas será que a direita não tem nenhuma ideia? Nenhuma proposta? É só Sócrates Sócrates Sócrates…Que pobreza de espírito! Coitadinhos…

    Gostar

  80. OLP permalink
    13 Junho, 2009 11:28

    Eu gosto é depois de trinta anos de suposta democracia um “líder” ser temido e desejado.
    Tudo o resto ou é ranhoso ou imbecil.
    Que maravilhas de reformas, que grande avanço económico.
    O sol até brilha mais.

    Gostar

  81. Anónimo permalink
    13 Junho, 2009 20:14

    Cá está um post que justifica passar pelo Blasfémias…
    Qualidade extensiva hoje, aos comentários, bem inflamados
    e extremados Q.B.
    Ainda me passou pela cabeça que baixasse a moral aos
    incondicionais do Sócrates, como lhe baixou a ele a crista,
    na noite eleitoral, mas vejo que estava enganado…
    Teremos assim um verão quente, mas dificilmente ocorrerá
    recuperação dos 500.000 votos perdidos!!!

    Gostar

  82. baladupovo permalink
    14 Junho, 2009 00:29

    Não há 2 jogos iguais, não se esqueçam. Os que se riem agora poderão chorar a seguir.
    há 1 velho ditado que a bebedeira da vitória faz esquecer…

    Gostar

  83. Carlos permalink
    14 Junho, 2009 20:54

    O comentário de 13 Junho, 2009 às 7:11 pm é tão idiota que nem merece resposta

    Gostar

  84. Gonçalo permalink
    15 Junho, 2009 14:17

    Muito se diz por estas bandas. De resto, com certeza que será melhor voltar à Dra. Manuela, que tanto fez pelo país e que – desta vez é que é – nos levará ao um glorioso e inaudito desenvolvimento social e económico. O malvado do Sócrates não perde pela demora.

    Gostar

  85. Anónimo permalink
    16 Junho, 2009 03:31

    Se a abstenção não fosse tão grande a porrada ainda seria maior.

    Que venham depressa as Legislativas para deitar abaixo este Milhafre
    que agora já só pede maioria relativa, por aqui se pode ver a qualidade de um indivíduo destes que pôs este país no caos em que se encontra.
    Abram os olhos quem defende uma política corroída como a deste Milhafre.
    Os pobres e mais desprotegidos deste país não tem direito à vida porque sugadores do seu sangue como o é este Milhafre tudo lhes tem roubado a pouco e pouco.
    PS nunca mais na vida, desde sempre foram assim deste calibre.

    Gostar

  86. Jorge Cid permalink
    16 Junho, 2009 13:58

    Helena!!!

    A análise política é para competentes!!!

    Sabe fazer bacalhau com natas?

    Será um bom parto, depois das lesgislativas!

    Gostar

Trackbacks

  1. Sócrates Fan Club at Aspirina B
  2. Os principais assuntos de hoje: 13-06 | Ater Internet: Empresa de webdesign | Criacao de sites dinamicos
  3. A direita bem quer acreditar na derrota de Sócrates, mas sabe que não é verdade! « Anti-tretas

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: