Skip to content

Fazer a guerra para fazer a paz

11 Dezembro, 2009

Discurso de George W Bush que precedeu a invasão do Iraque


Discurso de Barack Obama quando recebeu o Nobel da Paz
My fellow citizens, at this hour American and coalition forces are in the early stages of military operations to disarm Iraq, to free its people and to defend the world from grave danger.

[…]

In this conflict, America faces an enemy who has no regard for conventions of war or rules of morality. Saddam Hussein has placed Iraqi troops and equipment in civilian areas, attempting to use innocent men, women and children as shields for his own military; a final atrocity against his people.

[…]

To all of the men and women of the United States armed forces now in the Middle East, the peace of a troubled world and the hopes of an oppressed people now depend on you.

[…]

My fellow citizens, the dangers to our country and the world will be overcome. We will pass through this time of peril and carry on the work of peace. We will defend our freedom. We will bring freedom to others. And we will prevail.

We must begin by acknowledging the hard truth that we will not eradicate violent conflict in our lifetimes. There will be times when nations – acting individually or in concert – will find the use of force not only necessary but morally justified.

[…]

For make no mistake: evil does exist in the world. A non-violent movement could not have halted Hitler’s armies. Negotiations cannot convince al Qaeda’s leaders to lay down their arms. To say that force is sometimes necessary is not a call to cynicism – it is a recognition of history; the imperfections of man and the limits of reason.

[…]

The service and sacrifice of our men and women in uniform has promoted peace and prosperity from Germany to Korea, and enabled democracy to take hold in places like the Balkans. We have borne this burden not because we seek to impose our will. We have done so out of enlightened self-interest – because we seek a better future for our children and grandchildren, and we believe that their lives will be better if other peoples’ children and grandchildren can live in freedom and prosperity.

Anúncios
90 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    11 Dezembro, 2009 10:53

    obrigado por este post.

    Gostar

    • und permalink
      30 Dezembro, 2013 00:49

      415 Enfin quand tous ces moyens
      font mutiles 5 il en refte un autre, c’eft
      de faire vomir le malade j mais ce
      remède ne peut guère être utile que
      pour les corps engagés ; car dans les
      cas oi!i ils feroientaccrocbvés ou plantés
      .
      il pourroit faire beaucoup de mal.
      Si l’on peur avaler , on fait vomh:
      en” donnant le remède N^. 8, ou un
      remède émétique , N*^. 3 4 ou 3 5 . L’on
      a dégagé , par ce moyen , un os arrêcé
      depuis vingt-quatre heures.
      Quand on ne peur pas avaler, on
      doit efîàyer fi l’irritation d’une plum.e
      DrQmçnÉ:a:
      A L A G O R G E, $1$
      mouvements violents & involontaires,
      il meurt quelquefois fur le champ. Un
      grenadier Hongrois , cordonnier de fon
      métier , travailloit & mangeoiten miême
      temps y il tomba de fa chaife fans dire
      un feul mot , fes camarades appcllerenc
      du fecours 5 des Chirurgiens arrivèrent
      aulTîtot y il ne donna , malgré plusieurs
      fecours , aucun figne de vie. On trouva
      dans le cadavre , un morceau de viande
      de boeuf 5 du poids de quatre lots,
      enfoncé dans la trachée artère ^ qu’il
      bouchoit 11 exa6tement , qu’elle ne
      pouvoit laiiïer palTer le moindre air au
      poumon.
      §. 430. Il faut 5 dans ce cas, frapper
      fréquemment fur l’épine du dos , occafionner
      quelques efforts pour vomir ,
      faire éternuer avec du poivre blanc ,
      du muguet , de la fauge , des tabacs
      céphaliques quelconques, qu’on fouffle
      fortement dans les narines.
      Un pois jeté en badinant dans la
      bouche, entra dans la trachée artère,
      & redbrtit en faifant vomir avec de
      l’huile.
      Un petit os fut chafle en faifant
      éternuer avec de la poudre de muguet.

      Gostar

  2. Critico permalink
    11 Dezembro, 2009 11:01

    A cara muda, a agenda não,Obama é um Bush com outro tom de pele,assume uma imagem de bondade para iludir carneiros,no fundo vai ceifar tantas, se não mais vidas que o serial killer Bush.
    Mas havia duvida que isto ia descambar nisto quando se sabe que o mentor de Obama foi Kissinger?(Um dos /se não o mais infame assassino do século XX) e Alan Greenspan? Parece-me a mim que neste momento estão a ter sucesso na sua agenda de criação da NWO, na economia estão a ter sucesso com a sua domesticada Crise,na correcta propagação de uma gripe por eles criada e com sucessivos testes ao longo de decadas para testes de pandemias para uma significativa depopulação mundial, (basta ler-se vários discursos de “animais” como Kissinger entre outros) neste momento estarão ainda com mais planos para a vacinação mortal da H1N1, agora Obama só precisa de desacreditar ainda um pouco mais a paz, criando novos conflitos que possivelmente façam ponte a uma grande guerra, para que dai possa surgir com um Governo totalitário mundial como tanto desejam. Esta Geoolitica Mundial esta cada vez mais insustentável.

    Gostar

  3. Licas permalink
    11 Dezembro, 2009 11:13

    _______para que dai possa surgir com um Governo totalitário mundial como tanto desejam. Esta Geoolitica Mundial esta cada vez mais insustentável._________
    Crítico:
    Esta referência a Josef Stalin (e à URSS) vem com 60 anos de atraso. Não vem?

    Gostar

  4. MigPT permalink
    11 Dezembro, 2009 11:18

    Vai ser muito curioso ver os ex-obamamaniacos a dizer que sempre disseram que o Obama não era de confiar, que já se sabia que nada ia mudar, que sempre souberam….
    Vai ser lindo de morrer.

    Gostar

  5. Critico permalink
    11 Dezembro, 2009 11:27

    Cara Licas,referência a Josef Stalin? Mas pensará que Stalin foi o único com esse curriculum no século XX? Muito, mas muito longe disso, e certamente se olhar com atenção á sua volta reparará certamente que muitos Stalins existem por ai, e muitos mais dissimulados.Mas investigue.

    Gostar

  6. Euroliberal permalink
    11 Dezembro, 2009 11:38

    Bravo, os EUA já estão à beira da bancarrota financeira e da completa irrelevância militar. Para isso contribuiu enormemente a resistência islâmica, desgastando com um punhado de heróis de sandálias e AK’s a custo zero o enorme e carísimo exército de mercenários cruzados made in USA.

    Mas para a derrota e o descalabro serem totais faltava ainda um último esforço. Já está, Obama baixou as calças ao lóbi sionista-neocon e mordeu o isco, vai mandar mais soldados para o atoleiro afegão onde os esperam milhares de bombas que farão deles um barbecue para bodybags.

    Obama virou macaco como o seu predecessor e vai sair humilhado do Afeganistão e Paquistão… Deus é grande

    Gostar

  7. 11 Dezembro, 2009 11:42

    Change?

    Gostar

  8. 11 Dezembro, 2009 11:47

    “As guerras têm sido geralmente boas para a economia dos EUA. Tradicionalmente levam ao aumento do produto, à redução do desemprego e à utilização completa da capacidade industrial com o acréscimo da actividade económica normal pela procura militar”
    George Perry (economista, após a guerra do Golfo Pérsico de 1990-91),
    citado por Paul Samuelson,”Economia”.

    Gostar

  9. ourição permalink
    11 Dezembro, 2009 11:54

    Não há pachorra para o queniano nascido americano, adar o dito pelo não dito, mais as campanhas publicitárias de celulóide que o apoiam. com ramificações débeis mas eficazes cá no sítio manhoso e sucateiro. Só falta vir à entrevista com a judite.

    Gostar

  10. 11 Dezembro, 2009 12:01

    Típico idiota keynesiano. Se a guerra traz prosperidade é só a UE e os EUA declararem-se guerra mutuamente, marcando um encontro de super-frotas a meio do atlântico e depois, afundam as frotas sem que vidas humanas se percam. Só vantagens sem a desvantagem das mortes, e a economia “ganharia”.

    ““As guerras têm sido geralmente boas para a economia dos EUA. Tradicionalmente levam ao aumento do produto, à redução do desemprego e à utilização completa da capacidade industrial com o acréscimo da actividade económica normal pela procura militar”
    George Perry (economista, após a guerra do Golfo Pérsico de 1990-91),
    citado por Paul Samuelson,”Economia”.”

    Gostar

  11. Euroliberal permalink
    11 Dezembro, 2009 12:09

    O verdadeiro poder nos EUA é o tenebroso lóbi pencudo:

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    Information Clearing House Newsletter
    News You Won’t Find On CNN
    December 09, 2009
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    “Zealotry of either kind — the puritan’s need to regiment others or the victim’s passion for blaming everyone except himself — tends to produce a depressing civic stupidity. Each trait has about it the immobility of addiction. Victims become addicted to being victims: they derive identity, innocence and a kind of devious power from sheer, defaulting helplessness. On the other side, the candlesnuffers of behavioral and political correctness enact their paradox, accomplishing intolerance in the name of tolerance, regimentation in the name of betterment.”: Lance Morrow (1939- ) Essayist, professor

    =
    “One of the things that bothers me most is the growing belief in the country that security is more important than freedom. It ain’t.”: Lyn Nofziger [Franklyn C. Nofziger] Press Secretary for President Reagan

    =
    “The things that will destroy America are prosperity-at-any-price, peace-at-any-price, safety-first instead of duty-first, the love of soft living, and the get-rich-quick theory of life.”: Theodore Roosevelt – (1858-1919) 26th US President – Source: letter 01/10/1917

    =

    Number Of Iraqis Slaughtered Since The U.S. Invaded Iraq “1,366,350”
    http://www.justforeignpolicy.org/iraq/iraqdeaths.html

    =

    Number of U.S. Military Personnel Sacrificed (Officially acknowledged) In America’s War On Iraq: 4,685
    icasualties.org/oif/

    Number Of International Occupation Force Troops Slaughtered In Afghanistan : 1,533
    http://icasualties.org/oef/

    =

    Cost of War in Iraq
    $707,328,130,408

    Cost of War in Afghanistan
    $233,522,140,196

    =

    Subscribe to this feed using your newsreader http://ichnews.blogspot.com/feeds/posts/default

    =

    Normalising the Crime of the Century

    By John Pilger

    The purpose of the Chilcot inquiry is to normalise an epic crime by providing enough of a theatre of guilt to satisfy the media so that the only issue that matters, that of prosecution, is never raised. When he appears in January, Blair will play this part to odious perfection, dutifully absorbing the hisses and boos. All “inquiries” into state crimes are neutered in this way.
    http://www.informationclearinghouse.info/article24148.htm

    ===

    Yeswecanistan

    By William Blum

    Why should anyone be surprised at Obama’s foreign policy in the White House? He has not even banned torture, contrary to what his supporters would fervently have us believe.
    http://www.informationclearinghouse.info/article24147.htm

    ===

    Heroism Under Tyranny – Apathy Under Freedom

    By Alex Doherty

    There are many factors in the rise of militant Islam but I would aver that one of the reasons for its appeal is that fundamentalists have sensed something true about us.
    http://www.informationclearinghouse.info/article24144.htm

    ===

    Ha’aretz Says U.S. Officials Face ‘Pro-Israel’ Background Check

    By Stephen M. Walt

    “There is an amazing story in Ha’aretz today on the “pro-Israel” litmus test that determines who is permitted to serve in the United States government. Here’s the sort of lede you’re not likely to read in the New York Times or Washington Post.”

    http://www.informationclearinghouse.info/article24145.htm

    Gostar

  12. lucklucky permalink
    11 Dezembro, 2009 12:17

    Os patetas que não percebem nada da Industria Militar, Guerra ou simplesmente de um pouco de História estão em força a falar do que não sabem e a citar isto:

    “As guerras têm sido geralmente boas para a economia dos EUA. Tradicionalmente levam ao aumento do produto, à redução do desemprego e à utilização completa da capacidade industrial com o acréscimo da actividade económica normal pela procura militar”

    As Guerras não têm sido boas e nem a procura militar tem sido especial excepto na Segunda Grande Guerra.

    Depois temos os inimigos como o Eurofanático amigo de Saddam, Bin Laden e da resisténcia Islamica que a única coisa que fizeram ou fazem é matar especialmente Muçulmanos.

    Gostar

  13. OLP permalink
    11 Dezembro, 2009 12:21

    O loby maometano do crude especulativo já chama macaco ao seu apaniguado de um ano atrás.
    Achavam que ele ia usar turbante e por burkas nas mulheres deles.

    Gostar

  14. zazie permalink
    11 Dezembro, 2009 12:45

    # 12.

    É isso mesmo Euroliberal e entra de tal modo pelos olhos dentro que até mete dó como esta malta finge que não vê.

    É o lobby de sempre. Basta seguir os nomes dos conselheiros.

    Gostar

  15. zazie permalink
    11 Dezembro, 2009 12:46

    Quando eu disse aqui isso- e que o tinha sido o lobby quem lhe deu o Nobel, iam-me apedrejando.

    Farto-me de rir com a poltranice de quem gosta de ser parvo.

    Gostar

  16. zazie permalink
    11 Dezembro, 2009 12:47

    Não há lobby nenhum maometano com o poder do judaico.

    Ponto final. O Nobel sempre foi dominado por eles e foram eles quem lho deram a e Casa Branca tem lá agora a mesmíssima facção de esquerda que também fez a Revolução Russa.

    São os sel-hating. Não menos perigosos. Gostam muito de jogar nos 2 campos.

    Gostar

  17. zazie permalink
    11 Dezembro, 2009 12:48

    Self-hating

    Gostar

  18. zazie permalink
    11 Dezembro, 2009 12:49

    E a boca do CN foi certeira- bastava simularem-na e afundarem as frotas

    Gostar

  19. Os verdes permalink
    11 Dezembro, 2009 12:53

    As guerras,desde que usem armas convencionais,são amigas do ambiente.
    Suprimem milhões de poluidores.
    Obama intensifica a guerra por razões ambientais,para cumprir Quioto.
    Obama é amigo do ambiente.

    Gostar

  20. zazie permalink
    11 Dezembro, 2009 13:24

    ó Luck Lucky- enfia o boné e oferece-te para a guerra, em vez de andares para aqui a dar uma de dondoca sissy hawk na hora do chá.

    Gostar

  21. 11 Dezembro, 2009 14:39

    Caro #2 Crítico:

    “Mas havia duvida que isto ia descambar nisto quando se sabe que o mentor de Obama foi Kissinger?(Um dos /se não o mais infame assassino do século XX”.

    Uma pequena rectificação: O mais infame assassino do sec. XX foi o sr. Josef Staline. É bom Nunca esquecer isto. E a seguir está o Sr. Mao Tse Tung, depois fica o nacional-SOCIALISTA Adolf Hitler. É sempre bom relembrar estes rankings.

    Gostar

  22. z de Queneau permalink
    11 Dezembro, 2009 14:41

    O back type é como o algodão: não engana. Bem pode o jcd bloquear-me aqui que lá fica o registo de tudo

    “:OP

    Gostar

  23. Euroliberal permalink
    11 Dezembro, 2009 14:45

    O Hussein O. traiu a religião de seu pai e hoje comete islamocidio a soldo dos pencudos…

    O cão infiel e traidor será posto fora de combate…

    Gostar

  24. 11 Dezembro, 2009 15:16

    Chamberlain também queria a paz a todo o custo. O que foi uma boa oportunidade para Hitler. Obama relembrou-o sem o referir.

    Gostar

  25. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 15:42

    O que vai ser engraçado é ver todos a apoiarem uma intervenção armada em relação à ameaça nuclear do Irão. Nessa altura, as pombas mais pacíficas tornar-se-ão os falcões mais ferozes. Quando lhes toca a vez, os pruridos morais vão-se todos.

    Gostar

  26. aix permalink
    11 Dezembro, 2009 16:38

    Hoje Barak Obama, no discurso de agradecimento pelo prémio Nobel da paz defendeu (ironia das ironias) a guerra justa.O conceito de ‘guerra justa’ tem raízes medievais e foi defendida, juntamente com a teoria do ‘tiranicídio’ (é legítimo liquidar o ditador) pela igreja de Roma. É, a meu ver, uma teoria perigosa e completamente injustificável e, no limite, pode levar-nos à conclusão de que toda a guerra é justificável, portanto legítima. É que, nesta lógica, pode ser justa a guerra da Alcaida (para os que a fazem é-o de tal forma que até lhe chamam ‘santa’). Porque a justiça é, como a verdade, um conceito subjectivo.
    Não me custaria aceitar o conceito de ‘defesa justa’, desde que ele não implicasse a teoria de que a melhor defesa é o ataque que, bem vistas as coisas, tem sido o argumento que os americanos têm dado para todas as intervenções em países cujos regimes não lhes convêm, sejam eles próximos (Chile do Allende)ou afastados (Iraque).

    Gostar

  27. Euroliberal permalink
    11 Dezembro, 2009 16:49

    E quem tem tomates para ir atacar o Irão ? O Obama não. O Netanyhau muito menos… Ainda lhes dói o rabo do Iraque e do Líbano, respectivamente… Talvez a Tina esteja disposta a enfiar o capacete, lavar o rabinho e ir esfregar-se com os pasdaran…

    Gostar

  28. Falcão permalink
    11 Dezembro, 2009 18:17

    O Irão vai a seguir!
    Não hajam ilusões.O inimigo interno fará a sua parte.Fantoches corruptos como Hamid Karzai estarão na forja.
    O imperialismo americano entrou numa nova fase agressiva e expansionista após a queda do Império dos Sovietes.

    Gostar

  29. Lidador permalink
    11 Dezembro, 2009 18:39

    O João Miranda não merece que estes doidos (critico, euroliberal, zazie, etc) acampem aqui e larguem as suas poias nos locais onde acampam.

    Esta gente nem se apercebe que repete a litania anti-judaica de sempre, como se fosse coisa nova, como se tivesse descoberto o código-máquina do mundo.
    Vinho velho em odres novos.

    Sou da opinião que deviam proibir os internados no Júlio de Matos, de aceder à internet.

    Gostar

  30. 11 Dezembro, 2009 18:47

    Tenho dificuldade em fazer este exercício.

    Alguém me ajuda a encontrar as diferenças?

    Antecipadamente grato.

    Gostar

  31. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:06

    Merece um Gymp? É, ó fanático da Mossad.

    Escrevi alguma mentira? alguma vez eu defendi o OBama?

    Eu apenas ganhei uma aposta- ao tempo que tinha dito que isto ia acontecer pelo simples facto de não enfiar a cabeça na areia e saber ver quem eram os novos conselheiros da Casa Branca

    Gostar

  32. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:07

    Tu nem precisas de pedir internamento, porque a ti não dão é ordem de soltura, ó maluco.

    Mas explica lá o que é eu disse que te levou a espumar que nem uma mula?

    O facto de isto ser previsível e de me estar a rir com tanto tarado que já via messias farrusco na Casa Branca?

    Gostar

  33. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:10

    Eduardo.

    Se quiser eu dou-lhe uma ajuda a encontrar as diferenças. Logo que ele foi eleito, foi precisamente isso que eu procurei.

    Onde poderiam estar as diferenças da nova governação da Casa Branca?

    Uma maneira simples de se entender era perceber quem tinha saído para dar lugar a outros.

    E isso é fácil de se fazer. V. pode pegar em todos os nomes dos antigos neocons e agora no novo stafczarista e siga-lhes as pistas.

    Eu já o disse- se quiser ir mais longe na “genealogia histórica” dá com eles a patrocinarem a Revolução de Outubro.

    Gostar

  34. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:13

    Mas, mesmo antes de terem aparecido estes estranhos czares eugenistas, ligados a uma esquerda destabilizadora com velha tradição, o Obama, por ele mesmo- nunca me tinha agradado.

    E a Michelle- ai a Michelle- procure-lhe as ligações, os envolvimentos políticos- as causas- que até são comuns ao casal.

    Olhe- veja coisa mais simples que também vi no Verão- onde passam férias e quem são os vizinhos.

    Gostar

  35. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:17

    Há uma coisa que os ideólogos de aviário- particularmente os europeus que vivem nas nuvens, nunca entenderão- a América não tem nada a ver connosco.

    Aquilo que por cá- ainda por cima em Portugal que foi o último país da Europa que ia instaurando uma Cuba do século XX, nunca percebem é que esquerda e direita são fixões semânticas sem qualquer ponte com a realidade da maior potência mundial.

    Gostar

  36. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:18

    ficções. phónix.

    Daqui a nada, apenas por escrever isto, vem a faxineira da casa e bloqueia-me de novo o nick.

    Já o tinha bloqueado de manhã.

    Gostar

  37. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 19:19

    Mas, agora descobri que o back type guarda tudo, pelo que, cabalas e inventonas não pegam. Fica lá tudo registado do que aqui se comenta.

    Gostar

  38. Tia permalink
    11 Dezembro, 2009 19:42

    O ódio da Zazie, aos judeus ainda se percebe. Segundo ela mesma disse, fartou-se de ser comida por um.
    Só não sei se a motivação do Euroliberal terá a mesma origem.

    Gostar

  39. Lidador permalink
    11 Dezembro, 2009 19:57

    Zazie, estou à espera que acabe de bolçar,para então se poder prosseguir o diagnóstico.

    Quando acabar, avise, ok?

    Gostar

  40. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:02

    òdio? como é que v. pode ser tão desonestamente intelectual a dizer que há ódio a pessoas quando um lobbie é uma entidade sem cara?

    Eu tenho é verdadeiro pó a racistas.

    E acho sempre uma gigantesca hipocrisia como os racistas podem vender bom racismo em função de uns apaniguados e diabolização de outros.

    Acaso v. diria que uma pessoa tem ódio aos muçulmanos se disser banalidades como serem fanáticos e uma ameaça terrorista?

    Ora responda lá a ver se é capaz.

    Não responde- v. já vive de palavras e caiu na maior armadilha de todos os tempos- a capacidade da propaganda inventar maniqueísmos e a estupidez das massas ir atrás.

    Ora prove lá que os conselheiros do Obama não estão todos eles ligados a lobby judaico de esquerda!

    Força!

    Pegue um por um, dia os nomes, as ligações familiares, o que fazem e de onde vêm.

    E, se conseguir fazer isto sem que dê motivos a que lhe chamem também racista, como estupidamente me chamou a mim, eu dava-lhe um brinde à escolha.

    Gostar

  41. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:05

    Bolsou o quê, Lidador?

    V. até é um tipo que eu tenho por feeling que há-de ter um qualquer código de honra que não fará de si um filho-da-puta.

    Não sei. Isso seria coisa que só poderia saber com qualquer tipo de conhecimento ao vivo que nenhum de nós está interessado.

    Mas, tirando isso, até é pena que desperdice umas boas capacidades intelectuais por causa das palas.

    V. tem uma causa. E, acerca dela, é que não existe a menor dúvida.

    E essa causa quase que o torna tão quadrado quanto o quadrado do Luck Lucky que nem causa tem- é apenas um quadrado a bolsar- esse sim, palavras que decora.

    Gostar

  42. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:07

    Mas, como v. tem uma causa que torna inimigo tudo o que se imagine o polo oposto do que v. verdadeiramente detesta (nem uso a palavra ódio porque é outra tradução imbecil da moda fracturante que usa mal o hate americano) v. não consegue deixar de projectar nos outros caricaturas que são apenas suas.

    E assim, de que vale tentar imaginar que me insulta ou cala, ou leva para a sua causa?

    De nada. Eu só dou ouvidos a pessoas inteligentes capazes de serem verdadeiramente isentas.

    Devia saber isto.

    Só respeito inteligentes honestos e isentos.

    Gostar

  43. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:09

    Olhe- temos os dois uma bruta pancada em termos de “ódios de estimação”.

    V. é fanático mas projecta o fanatismo num fanatismo imaginário que lhe cheire a turbante ou esquerdalhada.

    E eu, por paradoxo, com a pancada de detestar fanáticos e defender a paz, acabo por causa ser capaz de apedeajar fanáticos belicistas que nem passam de sissy hawks

    “:O))))))

    Gostar

  44. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:13

    E isto para lhe dizer que já lhe respeitem uma correcção acerca de uma treta que me tinham vendido com verdadeira e era mentira.

    V. sabe que eu não sou absolutamente fanática de nada. Mas lá há-de ter o mesmo fraquinho que eu- gramar andar à porrada.

    Gostar

  45. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:15

    correcção: “já lhe respeitei uma correcção”.

    Mas está visto que v. fica giro é com o Euroliberal. Por aí sim, com ele pode estar na mesma onda.

    Comigo não. Eu nestas coisas até acabo sempre por dar é razão ao CN.

    Tenho pouquíssimos aliados teóricos em política internacional na blogosfera

    aahhahaha

    É o CN e o MP-S. E nem me estou a lembrar de mais ninguém.

    E mesmo com esses 2 só apenas em parte.

    Gostar

  46. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:23

    O CN sim- é alguém que tem o blogue mais impecável acerca de política internacional e coerente defesa da paz. O Wars 4 status quo.

    Não há ninguém mais coerente que ele, neste aspecto.

    É um verdadeiro pacifista.

    E agora invente-lhe fobias ou ideologia esquerdalha para eu me rir e se ver como o maniqueísmo é que é estúpido.

    Gostar

  47. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:30

    Aquela tia é que é uma mal f*****

    Coitada da mula, agora dizia que o meu ódio a judeus provinha de ter vivido com um.

    E sim, era bom na c***O ó palonça, e tu nem pagando a preto consegues saber o que isso é.

    “:OP

    Gostar

  48. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:32

    Estas malucas são de tal modo estúpidas a quererem fazer psicanálise que até já dizem que uma pessoa tem ódio a uma raça por ter tido boa cama com um exemplar dela

    “:O))))))

    Gostar

  49. Lidador permalink
    11 Dezembro, 2009 20:35

    ” disser banalidades como serem ( os muçulmanos) fanáticos e uma ameaça terrorista?”

    Bem, na verdade os verdadeiros muçulmanos, isto é, aqueles que seguem o Corão e a Suna à letra, são ipsis verbis fanáticos e terroristas.
    Fanáticos porque acreditam que tudo o que fazem tem uma justificação transcendental e está expressamente ordenado por deus. Terroristas, porque a jihad é um imperativo corânico e aterrorizar os infiéis e os maus muçulmanos é uma táctica aprovada pelo bom exemplo do profeta.

    É verdade que há muçulmanos ( a maioria) que não seguem o Corão à letra, razão pela qual não são, por definição, bons muçulmanos.

    Ah, já agora, não é “bolsou”, é “bolçou”.

    A ver se aprende alguma coisa, mulher.

    Gostar

  50. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:35

    Ahahaha

    Um dia destes ainda lhe conto estas imbecilidades que dizem na blogosfera que judeu a sério goza com v.s todos e ainda é capaz de desejar bom Natal com muitas prendas no sapatinho do menino Jesus.

    ehehe

    V.s são uma cambada de pacóvios que nem viajaram e nem diversificaram conhecimentos com ninguém, e falam do mundo pelo televisor.

    Umas mariazinhas que metem dó. Só corte costura que não há charme nem gosto para mais.

    Gostar

  51. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:42

    Que muçulmanos é que tu conheces, ó maluco.

    Tu nem te dás conta de outra cena muito mais básica. O corão transformou-se em ideologia quando acabou a URSS.

    O problema nem é religioso porque eles têm enormes diferenças de escolas a seguirem o livro- os sunitas nada têm a a ver com os xiitas e ismaelitas são outra coisa.

    Mas isso tudo é secundário porque não há nunca crença em estado puro e muito menos o ser humano é apenas e unicamente religioso.

    Existem ideologias nacionalistas que usam o islão. Isso sim, à falta de outra ideologia, no mundo pós colonial e depois da queda da URSS o islão serviu para nacionalismos que antes nem eram vis´vieis

    Mas, isto só pode preocupar quem faz precisamente a maior imbecilidade- abrir a porta a milhares e milhares de imigrantes, vindos desses locais, a quem depois transformam em “refugiados polígicosW” e deixam ocupar o vazio social ,espiritual e identitário da Europa.

    Ainda agora recebi um mail a contarem-me precisamente isso. Como nem se consegue alugar casa em Londres porque em cada 3 andares um é dado- absolutamente à borla- para os ditos refugiados.

    E isso sim, vai dar bode e do grande e todos- repito- todos são responsáveis por isso.

    Porque se alguem aponta esta loucura do excesso de política de porta aberta, os mesmos da Mossad e do pancada anti-turbante em nome de guerras no cu de judas, chamam fascitas.

    Gostar

  52. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:45

    Sabes o que é a Fundação Aga Kahn?

    Conheces? ora explica lá o fanatismo e terrorismo dessa gente.

    Força.

    Eu estou à vontade porque cheguei a ter a chave do centro da Alexandre Herculano e sei o que é o mesmo fundamentalismo religioso hebraico.

    E só se fosse imbecil é que fazia a ligação entre fundamentalismos e ortodoxias religiosas com comportamentos de guerra ou anti-sociais.

    Gostar

  53. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 20:46

    Ov. mal é serem filhos do graffitti, do betão e das campanhas de doutrinação do Ministério da Educação.

    E nem viajaram, vivem todos em casa dos papás, jogam tretas de computa e só conhecem o mundo pela tv.

    Gostar

  54. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:09

    O Lidador tem sempre de corrigir erros.

    Isso é bom. Já se torna mais cretino ter uma bruta pancada de Gym de
    latex.

    E a pancada anti-turbante há-de ser variante do mesmo. Podia ter calhado pink-nazi: calhou pink de kippa.

    Gostar

  55. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:11

    Um verdadeiro “enraba-cabras”- na linguagem castiça do tio ex-maoista, convertido às kippas por efeito de boleia de imigrante que não quer ser tomado pelo berbere que é.

    “:O))))))

    Gostar

  56. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:12

    E parte gira da historieta é toda esta. Se há família moura naa blogo é a deles -a dos grandes miltitantes wilderescos da Mossad- para assim até passarem por lourinhos de olhos azuis

    aahhahahaha

    Gostar

  57. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:14

    Nasceram todos em Marrocos e depois compraram uns narizes postiços para não irem no molho dos imigrantes de 2ª categoria na Holanda

    “:O))))))

    Gostar

  58. Lidador permalink
    11 Dezembro, 2009 21:18

    “O corão transformou-se em ideologia quando acabou a URSS.”

    Hummm presumo que nunca ouviu falar de Sayd Qutb, Al Banna, etc. É natural, a salivação pavloviana com os judeus cega muita gente.

    “não há nunca crença em estado puro”
    Há, há, e esse é que é o problema. Há uma elite muçulmana que acredita sinceramente que o mundo islâmico está como está ( mal e porcamente), porque se desviou da literalidade corânica e do exemplo do profeta. Não são idiotas, são gajos bem inteligentes, ricos e educados. E acreditam estar a cumprir ordens divinas. É por isso que não hesitam face a quaisquer interditos e tabus morais. Acreditam de tal modo que estão dispostos a morrer por isso.

    “Existem ideologias nacionalistas que usam o islão.”
    Asneira. O Islão é tudo menos nacionalista. A nação é aliás vista como uma criação dos kafirum. Os verdadeiros muçulmanos não querem nações, querem a umma, a comunidade dos crentes. É essa a sua identidade e a sua pertença.

    “Sabes o que é a Fundação Aga Kahn?”

    Os ismaelitas não são verdadeiros muçulmanos. São uma seita mais ou menos pacifista que não aceita a noção de que os versículos do Corão são ab-rogatórios,isto é, entende que se um versículo diz uma coisa e outro diz o seu contrário, ambos têm o mesmo peso e o crente pode escolher.
    Não pode. O Corão foi revelado sequencialmente ( segundo acreditam os muçulmanos) e o profeta, ele mesmo disse que os versículos mais recentes é que eram a mais recente vontade de Deus.
    Oiça, se todos os muçulmanos fossem ismaelitas, ou sufis, pode crer que me estava nas tintas para o Islão, tal como me estou nas tintas para o budismo, o xintoísmo, o judaísmo, ou o cristianismo.

    “E só se fosse imbecil é que fazia a ligação entre fundamentalismos e ortodoxias religiosas com comportamentos de guerra ou anti-sociais.”

    Eu diria que é imbecil,usando as suas próprias palavras, porque não faz essa ligação.
    É que ela é feita explicita e repetidamente pelos verdadeiros muçulmanos, não porque sejam má gente, mas porque é isso que está escrito no livro e nos hadiths e essas injuções são ordens divinas que têm de ser cumpridas.

    Gostar

  59. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:31

    Mas oiça lá. Isso tudo é muito bonito e podíamos passar aqui o serão a trocar “culturas” e leituras- se eu não tivesse mais nada que fazer mas servia para quê?

    Explique apenas isto -servia para quê?

    Que interesse é que posso ter eu em inventar legitimidades para embirrar com mais gente daquela com que já embirro?

    Que ganha o mundo com isso?

    Eu, em relação a tudo o que é cultura diferente, tenho é outra pancada- desde sempre- curiosidade brutal por ela. Por querer saber do passado, por me interessar logo pela arte, principalmente.

    Em termos pessoais, fora isso, apenas curto bailarico de carnaval com toda a gente que não seja pé de chumbo.

    Politicamente já me fartei de explicar que a minha sensibilidade por guerras e problemas territoriais não vai mais longe que Badajoz.

    Portanto, isso tudo servia para quê a propósito de quê?

    Eu nem sou americana. E nem cá voto, quanto mais na América, ou em Israel ou na Palestina.

    E não suporto a pancada de cartõezinhos na carteira- daqueles de sócio de tudo o clube careta e amizades luso-quelque-chose.

    Gostar

  60. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:36

    Se é para voto em políticas de imigração- já disse. E, sempre que o digo chamam-me fascista.

    V.s são umas pessoas muito estranhas. Têm mais embirrações a magote que prazeres que eu sou capaz de desencantar em tudo.

    Mas depois querem juntar essa gente toda que detestam dentro de casa para os transformarem no tal fenómeno que me ultrapassa- “cidadãos laicos”- como lhes chamam.

    Eu a isso respondo sempre com o lema anarca- há-de ser o mesmo que querer acabar com o racismo pintando os pretos de branco.

    Gostar

  61. Lidador permalink
    11 Dezembro, 2009 21:47

    “Que interesse é que posso ter eu em inventar legitimidades para embirrar com mais gente daquela com que já embirro”

    As suas embirrações não têm qq relevância para o caso, até porque não acredito que a levam a matar convictamente aqueles com quem embirra.

    Mas as embirrações dos verdadeiros muçulmanos deviam preocupá-la, se não estivesse ocupada a manter a cabeça debaixo da areia.
    É que eles dizem, escrevem e fazem por cumprir o comando que os obriga a matar infiéis como você.
    No Dar al Islam, naquilo que já foi o Dar al Islam (onde se inclui o Al Andaluz e este pequena tirinha) e finalmente no mundo.
    Não a preocupa, porque pensa que está a ver a tourada da bancada e ainda não percebeu que está tb no meio da praça, como os outros, apenas com os judeus, os americanos e alguns outros entre você e touro.

    Canta de galo porque outros dão o coiro para que você possa exercitar o seu canto.

    Gostar

  62. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 21:56

    “E quem tem tomates para ir atacar o Irão ? O Obama não. O Netanyhau muito menos…”

    Também é muito engraçado ver o Euroliberal todo comedido no insulto só por causa dos neocons o terem censurado. É muito engraçado como uma lição em humildade lhe serviu tão bem. Vê, o que vocês todos precisam…

    Gostar

  63. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:56

    Olha aqui de mail que acabei de receber.

    Vai na íntegra. E digam-me lá se estavam a par destas coisas ou se há jornalistas a falarem nelas.

    «Os ingleses com quem falamos parece nao estarem muito a par da situacao, de toda a vez que eu toco no assunto e me refiro aos 2.5 milhoes de pessoas a viver de beneficios, eles proprios ficam admirados com o numero e parecem estar a leste disto tudo.

    Alguns ainda dizem que preferem ter estes tipos refugiados e etc integrados na sociedade para evitar guetos e problemas como existem em franca e america.

    Mas tb dizem que preferem morar em sitios onde nao estao estes individuos e ha casos de colegas ingleses que estao acostumados a apanhar o comboio para vir para londres mesmo q demore 2 horas (4 horas no total por dia).

    Os estrangeiros como eu ficam bastante admirados com isto tudo e so’ recentemente comecaram a fazer um ou outro programa sobre estes 2.5 milhoes de individuos que nao fazem nada mais as respectivas familias.

    O governo anda a pagar a instituicoes privadas que tentam incentivar estas pessoas a arranjar trabalho, ajuda psicologica e social (!!!) e mostram estes imbecis a falar com os assistentes socias – alias, num aparte vi na passada semana na RTP que o governo ingles estava a procurar por pessoas em portugal e outros paises para empregar nestes chamados servicos socias porque ha bastante falta de pessoas a querer trabalhar nestes servicos, para dar ajuda psicologica aos outros que nao trabalham –

    mas dizia eu num desses programas de tv la’ conseguiram arranjar um emprego para uma idiota e vai ela e diz “ah, mas se agora vou ter que trabalhar, quem e’ que vai passear o meu cao !”. E vai na volta nao aceitou o emprego.

    Mas tb se compreende, porque com as ajudas que sao dadas aqui, quem nao trabalha ganha mais do que o salario minimo pois tem casa de graca, pagam as contas todas e mais subsidio de alimentacao e mais isto e aquilo. Um outro tipo ate’ dizia para a camara de televisao “pois eu nao percebo, eu nao trabalho, vivo de beneficios e estou melhor que os meus amigos que trabalham e que teem que pagar a renda ao fim do mes e escola para os filhos e alimentacao, nao percebo”. »

    Gostar

  64. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 21:59

    Comparado com o que era, o Eurloliberal parece mesmo uma flor de estufa, quem diria!….

    Gostar

  65. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 21:59

    A única coisa que politicamente me pode interessar é este paradoxo que acabo de deixar aqui. Tenho família a viver no estrangeiro desde que me conheço.

    Tirando isso, bem podem tenta aliciar-me parra causas ou clubes que é tempo perdido.

    Sou hedonista por natureza e mesmo nesta mera porrada virtual, se não houver humor nem vale a pena.

    Gostar

  66. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:02

    É só flores de estufa e queens do porno por aqui, todos a defenderem a grande causa anti-neocona!… Avantes, bravos soldados, vejam lá se os nylons aguentam.

    Gostar

  67. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 22:04

    Ora responda lá a este mail que eu recebi.

    É que nem vale a pena tentar inventar rancores contra gente com quem nos cruzamos diariamente para tudo.

    E estou a falar de Londres, não propriamente do excesso de palpops e ucranianos e assaltos que também já importámos à custa da mesma loucura.

    Como lhe digo- eu apenas gosto de viver em paz. E, por ela ou pela defesa de património artístico, sim, sou capaz de ficar um tanto selvagem.

    Mas nunca vou muito mais longe que a porta do meu jardim. Defendo a arte, a cultura, a tradição e era capaz de defender uma velha igrejinha a caçadeira como o meu jardim.

    Mais nada. De resto o que mais quero é que se fodam os que são para mandar foder e o resto não estrague a natureza que também é filha de Deus.

    Gostar

  68. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 22:06

    Agora encasquetar-me racismos ou subserviências politicamente correctas é que nunca.

    Nunca, desde que me conheço.

    E é precisamente por ser livre de ideologias e “pulsões viscerais” por raças e grupos sociais que posso desmontar todos os lobbies e até ir mais longe na iconoclastia do quem quem tem trela e amo.

    Gostar

  69. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:08

    “Como lhe digo- eu apenas gosto de viver em paz.”

    …diz o bêbado para o taberneiro, ahahahahaha.

    Gostar

  70. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 22:10

    Não tenho causas e acho que tenho urticária sempre que as pressinto.

    É isto. As pessoas são diferentes e há-de ser estúpido querer entender-se o que se desconhece.

    E eu não sou influenciável. Sou até quase que demasiado impermeável a tudo o que possa vir com “doutrina”.

    Gostar

  71. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:12

    “Agora encasquetar-me racismos ou subserviências politicamente correctas é que nunca.”

    Nunca, nunca, nunca. Só os padrecos pedófilos é que eu ainda aturo. Tudo em nome de Jesus Cristo, que foi tão perseguido pelos judeus, Ámen.

    Gostar

  72. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:13

    “Sou até quase que demasiado impermeável a ”

    pois é, aquela camada protectora que reveste os neurónios, deve ser isso…

    Gostar

  73. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:18

    Aí vai ela, toda frenética, fazer mais um copy e paste. O que será desta vez? Tremo, com receio, o que será Meu Deus?…

    Gostar

  74. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 22:24

    Nem vale a pena esfregar-te nada no trombone ó tinamonga. Porque toda a gente sabe que és isso mesmo- uma palerminha monga.

    Mas tem piada que tu é que te excitas toda com as causas dos não sei quantos da tribo A contra os perigosos não sei quantos da tribo B.

    E limitas-te a engavetar o mundo nessas caixinhas de sopeira para te sentires “enquadrada” num grupinho chic qualquer, da moda.

    E, tirando essas excitações que te sobem à cabeça e servem para te vires com qualquer merda americana ou ideológica, a única coisa que te vejo é agarrar as partes gagas se imaginas qualquer barbudo a sair debaixo da cama para te excizar o clítoris.

    Ora eu, prefiro o sentido inverso- prefiro que o que foi feito para aquecer, desça, em vez de subir, e nunca me lembrei de temer excizões á conta de barbudos.

    Nem verdadeiros, quanto mais meras fantasias platónicas de quem bem gostava mas nunca lá lhe chega- não é ó Tina.

    O problema do medo é sempre esse.

    Gostar

  75. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 22:26

    Tremes pois- o teu problema é que só tremes assim, tina monga.

    E ia jurar que ninguém tem pachorra para perder tempo a fazer tremer-te por gosto.

    Gostar

  76. 11 Dezembro, 2009 22:37

    Porque não experimentam fazer amor com dildos duplos..tipo estes:

    Gostar

  77. anónimo permalink
    11 Dezembro, 2009 22:38

    oh zaida isso era para dizeres ao doutor do miguel bombarda na consulta de sexta, mais uma vez enganaste-te no divã. os meta sulfitos fazem-te mal, larga essa merda.

    Gostar

  78. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:38

    É sempre assim, os extremos tocam-se até no insulto ordinário. Que previsível. E que mais? Lembre-se de conter os insultos directos senão a palavra será cortada. Continue a fazer esse esforço sobre-humano, pode valer a pena.

    Gostar

  79. anónimo permalink
    11 Dezembro, 2009 22:44

    oh concertina estiveste em bicos dos pés a pedir o serviço e agora queixas-te

    Gostar

  80. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:48

    “E limitas-te a engavetar o mundo nessas caixinhas de sopeira para te sentires “enquadrada”?

    Olha quem fala, a católica fanática da Zarilú, que se emociona com a natureza (que bom é a natureza, o planeta intocado pelo homem!), e como são horríveis estes neoconeiros que só pensam em dinheiro. Era tão bom quando éramos todos católicos e pobres e a natureza também.

    Gostar

  81. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 22:51

    “oh concertina estiveste em bicos dos pés a pedir o serviço e agora queixas-te”

    é engraçado como pessoas sem qualquer célula no cérebro ainda andam, falam… extraordinário, deviam ser sujeitos a investigação científica.

    Gostar

  82. cocanhazie permalink
    11 Dezembro, 2009 23:01

    É, uns andam, falam, respiram e quase parece terem tudo completo. E não são freiras e no entanto…

    não f*****. Não é tinamonga?

    O medo que dá pensar em excizões de clítoris sempre que imaginas aqueles matulões cheios de hormonas

    “:O)))))))

    Quanto à natureza, vou aproveitar para deixar mais um Teixeira de Pascoaes-. A Criação é isto- é vida e é sagrada precisamente por ser insubstituível.

    Ao ver as aves e os pinheiros da montanha,
    Olham-me, como se olha uma pessoa estranha !
    A distância a que estou das outras criaturas
    É a origem do meu mal, das minhas amarguras.
    Sinto que é falsa e mentirosa a minha vida,
    Longe de ti, ó Natureza estremecida !
    Eu preciso sentir o amor e o sofrimento
    Que acende a luz do sol e faz voar o vento !
    Por isso, eu luto sempre e sempre pra alcançar
    A energia do fogo e o perdão do luar,
    A doçura dum lírio e a clara suavidade
    Que prende um verde ramo a toda a imensidade;
    A justiça do sol e a verdade dos montes
    E a harmonia que sai do murmúrio das fontes…
    Nasci para sofrer a grande dor das cousas,
    Pra ser a escuridão das noites silenciosas,
    Pra sentir na minh’alma o vago e o indefinido
    Que há num raio de sol nas ondas reflectido!…
    Para viver a vida oculta e imperceptível
    De cada célula consciente e inextinguível…
    /Para brilhar em cada luz e crepitar
    ^ Em cada chama, e ir, em fumo, pelo ar !
    Pra ser seiva e tecer os caules verdejantes,
    Pra ser numa flor murcha orvalhos cintilantes !
    Eu nasci para ser a força da Atracção,
    A chuva, o movimento, a neve e a solidão.
    Uma asa, em pleno azul, a palpitar d’amor
    E o perfume subtil que gera cada flor…
    Nasci para viver a vida das montanhas,
    Para tremer nas suas convulsões estranhas,
    Para sentir do vento o infinito delírio
    E a ternura que o luar tem sempre para um lírio!
    Nasci para abranger os vastos horizontes,
    Pra ter nos olhos meus as lágrimas das fontes,
    E nos meus braços esse gesto de brandura.
    De infinita bondade e infinita doçura,
    Que tem um ramo em flor que, enternecido, ampara
    O ninho que sobre ele uma ave edificara…
    ……………………..

    E vou indo. Divirtam-se. O Lidador, depois de digerir o mail que eu deixei, que responda apenas a isso.

    Gostar

  83. tina permalink
    11 Dezembro, 2009 23:09

    “Nasci para viver a vida das montanhas,
    (…) E nos meus braços esse gesto de brandura.
    De infinita bondade e infinita doçura,”

    A bondade dos fanáticos, muito obrigada, dispensamos.

    Gostar

  84. Critico permalink
    11 Dezembro, 2009 23:51

    Caro Baruq,de acordo, mas por detrás da cortina basta ver os testes eugenistas praticados pelo senhor Kissinger,que sob o manto de aparente paz esconde um serial killer capaz de competer com os mais infames.
    Hittler teria uma certa admiração por eugenistas americanos,Stalin teria contactos com sociedade secreta e Tse Tung foi exaltado pelo senhor Kissinger pelo excelso trabalho no controlo e massacre da sua população, bem já me estou a desviar do tema,mas em suma concordo com o que disse, mas apenas se falarmos do tradicional “on record”

    Gostar

  85. Coneiro permalink
    12 Dezembro, 2009 00:00

    Os neoconeiros são algum parente americano?!
    Não conheço a família toda…é normal…

    Gostar

  86. Critico permalink
    12 Dezembro, 2009 00:13

    85#

    Correcção,a exaltação foi feita por membros da família Rockefeller a Mao e não por Kissinger, mas que poderia ficar Kissinger, uma vez que servem os mesmos interesses e princípios.

    Gostar

  87. True permalink
    12 Dezembro, 2009 15:53

    Com gente que tem uma religião que lhes ordena que tomem o mundo pela força ..há pouca coisa a fazer senão a especialidade que os Portugueses tão bem conhecem.

    Na nossa hitória está bem patente que a gente não se pode entender com doidos assim !

    Por isso ..vamos à velha receita ..pau neles ..

    Gostar

  88. A. R permalink
    12 Dezembro, 2009 22:44

    Bush é um pacifista comparado com Obama.

    Gostar

Trackbacks

  1. Obama: War is peace (3) « O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: