Saltar para o conteúdo

Quioto, meu amor

18 Dezembro, 2009

Bjorn Lomborg
Alterações climáticas e “Climategate”

Ou de outra forma: digamos que indexamos as emissões globais de 1990 em 100. Se não existisse Quioto, o nível de 2010 teria sido 142,7. Com a implementação total de Quioto, teria sido 133. De facto, o resultado real de Quioto deverá ser um nível de 142,2 em 2010…

Praticamente o mesmo do que se não tivéssemos feito nada. Considerando os 12 anos de conversações e louvores por Quioto, não é um resultado muito impressionante.

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. tina permalink
    18 Dezembro, 2009 21:34

    A conferência de Copenhaga por enquanto chegou a um acordo: o da honestidade.

    Gostar

  2. tina permalink
    18 Dezembro, 2009 22:11

    Nem acredito. Vai ser tão bom respirar ar puro outra vez, sem aqueles 200 ou 300 ppm de CO2. Que maravilha, acho que até vou entrar em ventilação, acudam-me!…

    Gostar

  3. Anónimo permalink
    18 Dezembro, 2009 22:14

    O João Miranda vai-se casar com o Quioto?
    Mas o Quioto não é um cão?

    Gostar

  4. Ricardo Martins permalink
    18 Dezembro, 2009 22:15

    Que uma coisa os mails fizeram transparecer não foi uma conspiração como muito queriam. Fez aparecer uma grande quantidade de bovinos a perpetuar mentiras em blogs vindo de amigarruchos como Glenn Becks e afins.

    Ou seja, o que “climategate” é, na verdade, é uma colecção de histéricos ignorantes da imprensa e talk-radio a pensar que descobriram a pólvora ou a carapuça a alguem e os ignorantes a comerem essa mesma diarreia e vomitarem-na em seguida.

    Não é um espectáculo bonito. É um misto de comédia slap-fest e tristeza.

    Gostar

  5. anónimo permalink
    18 Dezembro, 2009 22:23

    #3 – “Mas o Quioto não é um cão?”

    qi8 é o peso da inteligência do miranda.

    Gostar

  6. tina permalink
    18 Dezembro, 2009 22:24

    “Ou seja, o que “climategate” é, na verdade, é uma colecção…”

    … de emails em que os cientistas mostraram ser as pessoas mais honestas deste mundo?

    Gostar

  7. Ricardo Martins permalink
    18 Dezembro, 2009 22:29

    Tina, não há uma frase em 13 anos de emails roubados que mostrem que existe desonestidade.
    Coloque lá aqui algumas coisas dos 4 mails mais divulgados que já não tenham sido disprovados.

    Gostar

  8. Brasiú permalink
    18 Dezembro, 2009 22:29

    Calma Ricardo.
    Parece uma diarreia de raiva. Isso não é uma atitude serena de segurança cientifica com costuma querer aparentar.
    Diria que parece quase como aquilo que diz dos outros–histérico.
    S-ao todos bovinos e ignorantes e vc do alto da sua sabedoria não consegue ensinar a eles.
    Deixe lá que não foi climagate nenhum que fez não estarem de acordo, na sua e deles religião, muito menos uns blogs.

    Gostar

  9. Brasiú permalink
    18 Dezembro, 2009 22:33

    Quanto aos mails e afins , quando o CRU fornecerer os dados que disse que perdeu ou que nao podia divulgar por serem segredo de estado….depois falamos…..com mais calma.
    Quioto ou quietamente. Já que Quioto ninguem cumpriu.
    Vai faltar algum subsídio para essa malta ambientalista viajar.

    Gostar

  10. Ricardo Martins permalink
    18 Dezembro, 2009 22:34

    Mas para leigos, deixemos o factcheck falar.
    http://www.factcheck.org/2009/12/climategate/

    tl;dr histéria e confusão. os do costume conseguiram fazer o costume.

    Gostar

  11. tina permalink
    18 Dezembro, 2009 23:04

    “Coloque lá aqui algumas coisas dos 4 mails mais divulgados que já não tenham sido disprovados”

    hoje em dia, nada do que é, é. O único recurso que sobra é saber não se deixar levar. Netsa matéria, é preciso saber não só ciência mas acima de tudo, política. Os jornalistas, de repente perceberam que pode manipular a opinião pública à vontade, e como nunca foram pessoas muito dotadas, escolheram o caminho mais previsível.

    Gostar

  12. lucklucky permalink
    18 Dezembro, 2009 23:58

    “Que uma coisa os mails fizeram transparecer não foi uma conspiração”

    Foi uma conspiração sim. Para bloquear todos os cientistas que tinham estudos que fossem contra o aquecimento global, para manipular as temperaturas e para esconder a sua própria ignorância.

    Aqui mostra vários exemplos: http://climateaudit.org/

    Gostar

  13. Brasiú permalink
    19 Dezembro, 2009 08:57

    Nahhhhh é impressão sua.
    Nem que tenha que “rever” o que as publicações cientificas são?
    Arranjarei maneira de qualquer forma que tais artigos não sejam publicados?
    Nahhhhhhh é impressão tirada do “contexto”.
    O contexto é quente “portantes” retira-se tudo que é frio.
    A propósito….já encontraram os dados que perderam? ou será que destruiram? ou estão guardados por serem segredos “estratégicos”?
    Os e-mail não tem grande importância se os disponibilizarem.
    Dados em “contexto” não obrigado.

    Gostar

  14. Anónimo permalink
    19 Dezembro, 2009 10:59

    Continuamos que joão miranda apresente provas de que foram destruídos dados, e que os mesmos são essenciais para demonstrar toda esta pretensa farsa.

    Já o “climategate” é referente à troca de mails, retirados de contexto, entre um punhado de cientistas. Não só o seu conteúdo foi distorcido de forma infame (como já foi demonstrado e esta decide ignorar, porque não lhes convém), como os histéricos negacionistas resolveram esquecer os mais básicos princípios do sentido comum estatísticos, ignorando a representatividade de uma amostra reduzida de dados, dizendo que isso demonstrava uma farsa que envolveria milhares de cientistas.

    Dou o exemplo da intragável Tina “… de emails em que os cientistas mostraram ser as pessoas mais honestas deste mundo?” De um punhado de mails entre uns poucos cientistas, conclui que ficou demonstrada a desonestidade de milhares de cientistas.

    Discutir com bovinos deste género, é, por definição e demonstração empírica, inútil e deprimente.

    Quanto ao Protocolo, não me façam rir. Que o protocolo seja uma treta não tem nada a ver com alterações climáticas. O cu e as calças só se equivalem mesmo nas cabeças do Miranda e da Tina.

    Gostar

  15. Brasiú permalink
    19 Dezembro, 2009 12:05

    Milhares de cientistas?
    Diria mais…milhões.
    Estes aquecimentistas estão a ficar mais histéricos que os negacionistas.
    Já o eram com os “milhares” de cientistas que se resumem aí……. deixa lá ver….. ahhhh a uns 50 .
    Está bem melga…milhares, a gente chama-lhe o que quiseres a cinquenta e tal. É intragável mas “prontes”.
    Os “contextos” de tudo fazer para que os cientistas que (alguns por acaso) tivessem dados que contrariavam a tese fosse arranjada ALGUMA FORMA para que não fosse publicados são “com-textos”.É intragável mas “prontes”.
    Quanto á prova querem inverter o ónus.Quem produziu a teoria do “cêódois” antropogenico é que o tem de provar e…..pelos vistos…as DECLARAÇÔES PUBLICAS (nada de e-mails fora de com-textos), as respostas foram que deitaram fora os dados.
    Um boi a olhar para um palácio “diz” Muuuuuuuuuuuu, a olhar para um espelho diz que todos as outras espécies são iguais a ele.

    Gostar

  16. Minhoto permalink
    19 Dezembro, 2009 12:56

    Realmente depois de informar-me um pouco sobre o aquecimento global já reparei que é mito, ao ver aquele senhor já velho, o engenheiro que apareceu no “expresso da meia noite” com uma acção pedagógica técnica com dados (os gráficos com escalas logarítmicas por exemplo para ignorantes dão informação qualitativa que não corresponde a realidade e a extrapolação de dados pode ser viciada conforme o modelo matemático que se escolhe ) e com vontade de informar, não conseguiu passar a mensagem pois não interessa ou seja pegando nas palavras do Rui Tavares de cor “o que têm os cépticos para oferecer?” pois…de certeza que não são os “amanhãs que cantam”.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: