Saltar para o conteúdo

Todos pela liberdade

8 Fevereiro, 2010

220 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:19

    depois de tantos anos a malhar em manifestações e manifestantes pode ser que vos saia o tiro pela culatra e o maralhal já esteja suficientemente amestrado.

    Gostar

  2. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:26

    A seguir há-de vir outra, essa sim, com impacto. É só uma questão de tempo.

    Gostar

  3. Ana permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:28

    É preciso divulgar por sms e que os orgãos de comunicação social divulguem. O povo anónimo não frequenta a blogosfera.

    Todos pela LIBERDADE! Basta!

    Gostar

  4. Ricardo G. Francisco permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:35

    É como o anónimo 2 diz.

    Esta é uma primeira. O crescimento será exponencial…

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:40

    Lá estarei. Só fui a uma manifestação na minha vida, sobre Timor.
    É altura dos portugueses se mexerem, a putrefacção total a que este país chegou exige que os portugueses livres e honestos lutem pelo país que amam.

    Gostar

  6. 8 Fevereiro, 2010 10:46

    A que horas parte a camioneta?

    Gostar

  7. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:50

    Ideias para cartazes:

    – “Viemos dar-te SOL”
    – “Vai embora que o SOl está alto”
    – “Hoje é quinta-feira”

    Gostar

  8. José permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:52

    Boa! Esta linguagem, o mentiroso percebe. Não em si mesma, mas o pathos. Esse, percebe e se a coisa for significativa a besta recua. Besta, neste caso, é o ambiente deletério que o indivíduo e entourage andam a criar, impunemente.

    O professor de Constitucional que dá aulas de banalidades, na RTP1 ao Domingo à noite, já disse que não havia motivo para alarme, embora a coisa fosse grave…

    Gostar

  9. José permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:53

    Acrescento de palavra de ordem em cartaz:

    O Sol vai aquecer…cuidado! Abriga-te.

    Gostar

  10. João permalink
    8 Fevereiro, 2010 10:57

    11 de Fevereiro foi também o dia do referendo do aborto.
    Mau presságio.

    Gostar

  11. 8 Fevereiro, 2010 11:01

    É preciso levar farnel?

    Gostar

  12. Eduardo Costa permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:04

    o certo é que a próxima revolução não virá anunciada nos media. Mas que o fantoche vai sair , nem que seja á força, não haja dúvidas.

    Gostar

  13. Eduardo Costa permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:05

    à força.

    braçal e não necessariamente laboral.

    Gostar

  14. José Duarte permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:06

    Por falar em Sol, o gajo que foi corrido do Expresso já disse que é que lhe ofereceu dinheiro para ele não publicar notícias sobre o Freeport? Ou ainda anda à procura do dito cujo? Ou é só vomitar mentiras?

    Gostar

  15. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:06

    “11 de Fevereiro foi também o dia do referendo do aborto.”

    Dá outro belo cartaz: “viemos para o aborto”.

    Gostar

  16. José Duarte permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:09

    O ex director do PÚBLICO disse ao plenário que tomou a decisão de sair da Direcção Editorial em início de Julho passado “sem ter no horizonte qualquer outro projecto”: “Quero também deixar claro que a decisão nada tem a ver com a minha relação pessoal ou profissonal com o accionista”, disse José Manuel Fernandes, que afastou ainda qualquer relação entre a sua saída e “os acontecimentos das últimas semanas”.

    Mentiroso. Foi o Sócrates que te despediu.

    Gostar

  17. José Duarte permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:12

    A decisão de suspender o Jornal Nacional de 6.ª Feira da TVI, que culminou com o afastamento de Manuela Moura Guedes e a demissão da direcção de Informação, foi da Prisa espanhola e da responsabilidade do seu presidente, Juan Luis Cebrián.

    Mentira. Foi o Sócrates que mandou o Juan Luis proceder ao despedimento. E disse mais, se o não fizesse quem seria despedido da Prisa seria ele, o Juan (parece que Sócrates também não gosta de Juans)

    Gostar

  18. José Duarte permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:17

    Esta gaja é mesmo boa. Os outros são todos uma ganda merda:

    Mas sabe que a classe jornalística que a critica diz de si, precisamente o contrário, que é pouco séria…

    [pausa] Aquilo que é idiota na classe jornalística que me critica é que só se preocupa com o que é acessório. “Os trejeitos, porque ela faz opinião, porque um jornalista não deve ir para ali confundir opinião com jornalismo” [enquanto enumera as críticas que lhe fazem, faz uma voz de falsete]. As mesmas pessoas, em seguida, fazem os maiores fretes possíveis aos políticos, deixam para trás as coisas que são importantes, são capazes de estender o microfone sem os confrontar com o que quer que seja. Têm medo. São cobardes. Cobardes até à última. Porque no fundo, no fundinho, o que eles queriam ser era Luíses Bernardos, Damiões [ambos assessores de imprensa]. Andarem ali com as pastinhas deles. Babam-se com os políticos. Babam-se com os Sócrates deste país.

    Há gente dessa na televisão?

    Na televisão, nos jornais. Claro que há. Em todos os órgãos de comunicação. Babam-se. E passam-se, para não dizer outra palavra mais grotesca, quando um político lhes liga. “Que bom, ligaram-me. Que importante que eu sou” [e volta a fazer voz de falsete]. E aquela ligação telefónica passa a ser um veículo para o político e não para o jornalista. Você acha normal que o primeiro-ministro apresente uma iniciativa cinco vezes e que nenhum jornalista tenha a coragem de dizer que ele já apresentou aquilo cinco vezes? Nada. Porque essa gente é incapaz de perguntar, é incapaz de pensar.

    Sindicato dos Jornalistas, ERC, opinion makers… Estão todos errados quando criticam a sua forma de fazer jornalismo?

    Sindicato dos Jornalistas? Você sabe como foi a decisão do sindicato sobre as críticas que me fizeram? Vá lá ver se não houve votos vencidos. E veja se eles divulgaram os votos vencidos. Veja o currículo daquela gente que faz aquele programa de imprensa, ou lá o que é aquela porcaria na RTP2 [Clube dos Jornalistas]. [gargalhada sonora]. Veja o currículo daquela gente. Eram todos daquele jornal do PCP, não era o Avante!. Ai, como é que aquilo se chamava? O Diário. Isso! [gargalhada] O currículo deles é esse. Passaram pelo Diário. Ah, e claro, pelo Notícias da Amadora. É o currículo daqueles pobres sem eira nem beira. E o Sindicato dos Jornalistas a mesma coisa. É sempre a mesma coisa. Depois têm uns tachos, estão lá durante décadas e nunca fizeram a ponta de um corno na vida. E acham-se no direito de fazer críticas.

    A ERC também a criticou…

    A ERC? A Estrela Serrano? Aquela pérola do jornalismo! Que escreveu aquelas normas básicas para os jornalistas [gargalhada]. Por amor de Deus, andamos a brincar!

    Gostar

  19. Virgilio dos Santos permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:19

    Os blogs tem um papel muito importante na divulgação de certos factos.
    De facto, temos assistido a que na maior parte dos blogs vale tudo desde dar informação, a comentar assuntos importantes, mas também servem para a baixa política, intriga, difamação, ofensa e também para revelações do segredo de justiça.

    Gostar

  20. João permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:19

    Era boa ideia fqazer uns cartazes com aquela foto do Chávez e do Sócrates muito juntinhos e amiguinhos (*).

    Uma imagem vale mais do que 1000 palavras.

    (*) Disclaimer: Não quero de maneira nenhuma insinuar que o Chávez se tenha licenciado ao Domingo ou esteja de alguma forma envolvido nos processos do freeport, cova da beira, face oculta, etc…

    Gostar

  21. 8 Fevereiro, 2010 11:26

    E não há perigo do poder cair na rua?
    E podemos deixar que seja a rua a mandar?
    E não vai incomdar o trânsito e as pessoas que querem trabalhar?
    E sendo a um dia de semana quem vai são os profissionais da manifestação, certo?

    Só para saber se estas manifestações são diferentes de todas aquelas que, quando Sócrates até vos parecia um autoritário simpático, desancavam.

    Gostar

  22. silent people permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:26

    Um livro que é aconselhável a ler nesta época de silêncios e mordaças…..talvez um dia alguém escreva algo semelhante tipo: Os Homens de Mão do Sócrates…Boa semana…
    http://bulimunda.wordpress.com/2010/02/08/sugestao-de-leitura-os-homens-do-fuher-de-ferran-gallego/

    Gostar

  23. 8 Fevereiro, 2010 11:27

    Disclaimer do #20: 20 valores. 🙂

    Gostar

  24. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:29

    Vão atirar pó para a cena do crime?
    O ridiculo ainda vos vai matar…

    Gostar

  25. Ana permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:30

    Deixo aqui um excerto de uma cronica de Antonio Barreto,escrita ha quase tres anos. Para memoria futura….”NÃO SEI SE SÓCRATES É FASCISTA. Não me parece, mas, sinceramente, não sei. De qualquer modo, o importante não está aí. O que ele não suporta é a independência dos outros, das pessoas, das organizações, das empresas ou das instituições. Não tolera ser contrariado, nem admite que se pense de modo diferente daquele que organizou com as suas poderosas agências de intoxicação a que chama de comunicação. No seu ideal de vida, todos seriam submetidos ao Regime Disciplinar da Função Pública, revisto e reforçado pelo seu governo. O Primeiro-ministro José Sócrates é a mais séria ameaça contra a liberdade, contra autonomia das iniciativas privadas e contra a independência pessoal que Portugal conheceu nas últimas três décadas

    TEMOS DE RECONHECER: tão inquietante quanto esta tendência insaciável para o despotismo e a concentração de poder é a falta de reacção dos cidadãos. A passividade de tanta gente. Será anestesia? Resignação? Acordo? Só se for medo…

    Este HOMEM foi do Partido Socialista e esta crónica tem TRÊS anos!!!!!

    Gostar

  26. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:34

    se for organizado pela cgtp, com a colaboração dos sindicatos dos professores, enfermeiros e ministério público, dá para aí uns 500 mil manifestantes.

    Gostar

  27. a prima do picoiso permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:36

    # 11, Não precisas de levar o farnel, primo, se lá apareceres nós damos-te tudo o que precisas. Não te esqueças que as tias vão lá estar com mais alguns sobrinhos. Traz o pseudónimo na testa, se couber, para te te apoiarmos melhor. No tempo do botas, tipos como tu também apareciam nas manifestações, disfarçados de operários. Tomavam notas para enviar para a.m. cardoso. Por certo tirarás as fotos, a nova morada só tu sabes, mas não tarda nós também havemos de saber. Vê como eu sou optimista. Até vou de mini-saia.

    Gostar

  28. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:38

    gosto do cheiro de prec laranja pela manhã. se calhar a manif é à hora do telejornal.

    Gostar

  29. José Duarte permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:39

    Olha o Tony:

    Na verdade, são atitudes como as formuladas por António Barreto que esses mandantes mais desejam que sejam assumidas por largos sectores de opinião pois é isso que lhes dá a certeza de que é rendoso, eficaz e impune o seu velho método de criar factos tidos como consumados que sempre pedem e justificam outros seguintes factos consumados.

    Neste ano da graça de 2003, sem se dar ao trabalho de explicar como ou porquê, António Barreto vem aceitar e fazer irradiar a chantagem absurda de que, sem Constituição europeia, se correria o risco de ficar “sem Europa e sem União”.

    Mas, se não estamos enganados, no ano da graça de 1992, era o mesmo António Barreto, então agreste opositor do Tratado de Maastricht, que fustigava com veemência os desonestos truques de sentenciar que não haveria alternativa a Maastricht e que, estar contra esse passo, era estar contra a Europa.

    Gostar

  30. José Barros permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:42

    E não há perigo do poder cair na rua?
    E podemos deixar que seja a rua a mandar?
    E não vai incomdar o trânsito e as pessoas que querem trabalhar?
    E sendo a um dia de semana quem vai são os profissionais da manifestação, certo?

    Só para saber se estas manifestações são diferentes de todas aquelas que, quando Sócrates até vos parecia um autoritário simpático, desancavam. – Daniel Oliveira

    Agora é o Daniel Oliveira que desanca nelas, porque lhe incomodam mais os transgénicos do que a liberdade de expressão.

    Gostar

  31. 8 Fevereiro, 2010 11:44

    FINALMENTE! …

    Gostar

  32. Gabriel Silva permalink*
    8 Fevereiro, 2010 11:44

    Daniel (21)

    sendo pela liberdade, contamos contigo no próximo dia 11, em frente ao parlamento.
    Leva um amigo também.

    Gostar

  33. José permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:48

    Tendo em conta o que se passa na Itália de Berlusconi, que se aparenta ao que por cá se vive, mas com vantagem comparativa para eles, os blogs conseguiram reunir, num Sábado, algumas dezenas de milhar de pessoas.

    Mas estamos a falar de Itália…e por cá, a coisa vai ficar numas escassas centenas.

    Se tanto…

    Gostar

  34. José permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:50

    E bastou um murro certeiro com uma réplica do Duomo, para o Cavaliere da triste figura, rampear outra vez nas sondagens.

    E por cá? Ainda vai chegar a altura da vitimização com uma coisa qualquer arranjada a preceito.

    Gostar

  35. joaoaugusto permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:52

    Todos pela LIBERDADE antes que ela acabe com ela.
    Ela também dá liberdade àqueles que não gostam dela.

    CHAVES e SÓCRATES são bons exemplos de que a Liberdade é libertina.

    Gostar

  36. Gabriel Silva permalink*
    8 Fevereiro, 2010 11:53

    Daniel (21)

    «E não há perigo do poder cair na rua?»,

    No way, o parlamento lá continuará no seu rame-rame.

    «E podemos deixar que seja a rua a mandar?»

    Nem pensar, não se quer mandar coisaa nenhuma, apenas demonstrar, manifestar.

    «E não vai incomdar o trânsito e as pessoas que querem trabalhar?»

    Nem pensar, será em cima do passeio, não incomodando ninguém.

    «E sendo a um dia de semana quem vai são os profissionais da manifestação, certo?»

    Desempregados e outros profissionais liberais.

    «Só para saber se estas manifestações são diferentes de todas aquelas que, quando Sócrates até vos parecia um autoritário simpático, desancavam»

    Nunca tal sujeito me pareceu simpático.
    Sim, claramente é manif diferente, por ser justa.

    todas as manifes devem ser apoiadas/detratadas independentemente dos motivos? Não me parece.

    E claro, continuarei a desancar nas manifs que entenda não terem motivos que eu considere válidos. Posso?

    Gostar

  37. 8 Fevereiro, 2010 11:56

    Não, João Barros. Recorde-se do que eu escrevi sobre os trangénicos. Acho graça é aos que, por exemplo, são contra a liberdade de expressão e sindical nas empresas e passaram cinco anos a aplaudir o autoritarismo de Sócrates.

    Gostar

  38. João permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:56

    “E não há perigo do poder cair na rua?”

    Há. Mas entre a Rua o Sócrates venha o diabo e escolha.

    “E podemos deixar que seja a rua a mandar?”

    Nós não deixamos, nem deixamos de deixar. Quem deixa e nãio deixa é o Sócrates (manda-lhe um SMS).

    “E não vai incomdar o trânsito e as pessoas que querem trabalhar?”

    Ali para aqueles lados às 13:30H ainda vão no aperitivo e nunca houve muita vontade de trabalhar.

    “E sendo a um dia de semana quem vai são os profissionais da manifestação, certo?”

    Só se alguém da extrema-esquerda já estiver levantado a essa hora. O resto do pessoal está na hora de almoço e faz o sacrifício.

    Gostar

  39. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:56

    Mais cartazes:

    -“Zeinal Dava”
    -“Viemos para o Carnaval de Atenas”

    Gostar

  40. A. Ventura permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:58

    Só por manifesta trauliteirice saudosa do populismo mais desabrido e nacional-porreirista de outros tempos, é que se pode aventar sequer a hipótese remota da liberdade de expressão perigar em Portugal.

    Mas também já vi que há neste país gentalha para todo o ofício.

    sic transit…

    Gostar

  41. 8 Fevereiro, 2010 11:58

    Naahh !, esse Daniel Oliveira supra, não pode ser o do BE.

    Se é, está cada vez mais “instalado”…

    Gostar

  42. Gabriel Silva permalink*
    8 Fevereiro, 2010 11:59

    Daniel (37)

    «Acho graça é aos que, por exemplo, são contra a liberdade de expressão e sindical nas empresas e passaram cinco anos a aplaudir o autoritarismo de Sócrates.«

    Eu não acho graça a tal gente, mas também nada temos a ver com isso.

    Gostar

  43. A. Ventura permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:59

    O que a presente situação evidencia e revela, como verdadeira novidade para a maioria das pessoas, é a bagunça da Justiça portuguesa.

    Não se respeitam hierarquias, exibe-se profunda corrupção de práticas e procedimentos através das fugas cirúrgicas dos processos politicamente significativos, um descalabro.

    Hoje não tenho dúvidas que a Justiça tem de levar um desvio de 180º…

    Mas o que se esperava de uma justiça que transitou do antigo regime sem fazer o menor «mea culpa»?!…

    Marinho Pinto tem razão: esta justiça está prostituída à política.

    E PS e PSD sabem bem demais do que se trata…

    Ó se sabem!…

    Gostar

  44. José Barros permalink
    8 Fevereiro, 2010 11:59

    No Mar Salgado, o FNV diz que a liberdade de expressão não está em causa. Mas isso assemelha-se a dizer que no Irão existe democracia (e liberdade de expressão), porque há manifestações contra o tirano (corridas a tiro, mas isso é um pormenor).

    Ou seja, é um nonsense em termos argumentativos.

    A liberdade de expressão, tanto quanto um direito individual, constitui uma garantia institucional da existência de uma democracia, na medida em que permite a existência de um espaço de discussão pública de ideias, livre de interferências do poder público. Se um governo conspira para adquirir meios de comunicação social privados e neles colocar directores de informação amigos do poder, é evidentemente a liberdade de expressão que está em causa. Que outra coisa poderia ser? E toda a argumentação – muito cara aos blogues, amigos do governo – de que nada do que se conhece é novo, não resiste ao mínimo de senso comum: em que momento do pós-25 de Abril existiu uma tentativa de governamentalização dos “media” privados como esta? A resposta é evidente: não existiu um momento como este. Donde, ou a notícia do Sol tem consequências ou passamos a admitir que a liberdade de expressão não existe em Portugal na dimensão que interessa e que é a de assegurar um espaço de discussão pública livre do poder público.

    Gostar

  45. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:02

    “E não há perigo do poder cair na rua?”
    Não, a manif é para tirar o poder da sarjeta.

    “E podemos deixar que seja a rua a mandar?”
    O poder não está na rua, mas já está no Largo do Rato.

    “E não vai incomdar o trânsito e as pessoas que querem trabalhar?”
    Certamente. As manifestações são sempre um incómodo.
    Até as do Bloco.

    “E sendo a um dia de semana quem vai são os profissionais da manifestação, certo?”
    O Bloco costuma estar nos passeios, sorrindo e acenando ao povo.
    Para a televisão ver.

    Gostar

  46. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:04

    por falar em vitimização, não esqueçam os jerry cans de gasolina para se imolarem em directo no telejornal. o contributo para os fósforos pode ser entregue no blafémias.

    Gostar

  47. José Barros permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:08

    Não, João Barros. Recorde-se do que eu escrevi sobre os trangénicos. Acho graça é aos que, por exemplo, são contra a liberdade de expressão e sindical nas empresas e passaram cinco anos a aplaudir o autoritarismo de Sócrates. – Daniel Oliveira

    Quem são esses? Eu não sou de certeza, porque já defendi os direitos dos trabalhadores “n” vezes, até pela profissão que desempenho.

    E quanto a aplaudir o autoritarismo de Sócrates, sou também imune a quaisquer críticas, uma que vez critiquei o espírito anti-democrático do primeiro-ministro, muito mais do que a alguma vez o Daniel Oliveira o fez.

    O que faço notar é que o Daniel Oliveira continua a centrar as suas críticas no jornal Sol e, em particular, numa pretensa ilicitude da notícia publicada na sexta-feira quando um juiz jubilado do Tribunal Constitucional já veio dizer que a notícia era perfeitamente lícita e que não havia qualquer violação do segredo de justiça (porque o processo findou) ou qualquer devassa (porque as escutas publicadas foram autorizadas pelo juiz de instrução competente). Como já lhe alertei diversas vezes para a incorrecção dessas acusações (e alguns dos meus comentários não foram publicados no Arrastão), é justo dizer-se que é o Daniel Oliveira que não se preocupa minimamente com o autoritarismo do primeiro-ministro. Quoad erat demonstrandum.

    Gostar

  48. silent people permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:08

    Liberdade onde estás? Quem te demora?
    Quem faz que o teu influxo em nós não caia
    Porque (triste de mim!), porque não raia
    Já na esfera de Lísia a tua aurora?

    Da santa redenção é vinda a Hora
    A esta parte do mundo, que desmaia.
    Oh!,venha… Oh!, venha e trémulo descaia
    Despotismo feroz, que nos devora!

    Eia! Acode ao mortal que, frio e mudo,
    Oculta o pátrio amor, torce a vontade,
    E em fingir, por temor, empenha estudo.

    Movam nossos grilhões tua piedade;
    Nosso númen tu és, e glória ,e tudo,
    Mãe do génio e prazer, ó Liberdade!

    Bocage

    Gostar

  49. 8 Fevereiro, 2010 12:09

    entendam-se, ontem recebi um apelo a manifestar no sábado, para não interferir com as actividades profissionais ou económicas dos manifestantes e não manifestantes e evitar as perturbações do trânsito… e deveria ser silenciosa como em setembro de 74!…

    agora, não esqueçam o que disse ontem o Rebelo de Sousa… esperem pelo fim de abril ou o mês de maio… em tempo de cerejas, até há mais vontade de saír à rua!…

    Gostar

  50. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:09

    O senhor Presidente da República ainda não percebeu que deve demitir o primeiro ministro. Esta obrigação decorre do imperativo constitucional, plasmado no n.2 do artigo 195.º da CRP. Os insígnes constitucionalistas andam distraídos. VMoreira, Canotilho, JMiranda. Anda tudo calado, porquê…..

    Gostar

  51. Meme permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:09

    É complicado estacionar por aqueles lados… mas lá estarei!!!

    Outra sugestão para Cartazes:

    ” PGR e STJ o fraldário do menino de Oiro!!!???”

    Gostar

  52. 8 Fevereiro, 2010 12:13

    Esse Daniel Oliveira supra, será o tal que vai a um programa semanal na SIC e que escreve uma coluna no Expresso ?
    Cririca a manchete e as escutas no Sol ? — possivelmente é esse mesmo !

    Gostar

  53. João permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:14

    Pelos comentários dos assessores e dos tarefeiros das agências de comunicações, parece que esta iniciativa está a ser levada a sério pelo “chefe”.

    P.s. O Daniel está com dor de corno porque não foi ele a ter a ideia.

    Gostar

  54. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:15

    “todos pela liberdade”

    hummm! rodriguinho à pacheco. liberdade laranja ou mesmo liberdade congelada, também não iam mal com marmeleira tinto abruto reserva ganda cru.

    Gostar

  55. João permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:15

    O ideal mesmo era marcar uma manifestação semanal, sempre no mesmo local e à mesma hora. Até ao dia em que o gajo se for embora.

    Gostar

  56. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:16

    Manifestação pela liberdade de expressão em dia de semana está condenada a reunir umas duas centenas (com sorte) de apoiantes, sem repercução mediática nem incómodo para o visado.

    Uma manifestação sob este tema é fulcral ser ao fim de semana, nacional, porque a todos nós interessa.

    Gostar

  57. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:20

    Uma manifestação sob este tema durante a semana, em hórário laboral !!!

    Vão-se reunir umas duas centenas (com sorte!) com muitos desempregados e profissionais liberais, sem expressão que o tema da mesma merece. A velha estória…se se planeia algo com intenção e vontade, que se faça bem. Vai ter imagem de manifestaçãozinha de uns poucos descontentes com o regime – como lhes convém.

    Gostar

  58. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:21

    Isso isso.
    Manifestem-se. Venham para a rua.
    Aliás, se puderem levar um túnel insuflável e umas câmaras de video-vigilância tanto melhor…

    Gostar

  59. Alfredo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:21

    Mais um cartaz (é só uma ideia):

    VAMOS TODOS DEFENDER OS MERDIA

    Gostar

  60. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:22

    Espera aí:
    uma manifestação pela liberdade de expressão????

    Gostar

  61. Meme permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:22

    Outro cartaz:

    “Largo do Rato, sgPS
    CEO – Sócrates!!!???”

    Gostar

  62. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:23

    Bem.
    Uma manifestação pela liberdade de expressão tem que ser reprimida.
    De outra forma é uma manifestação vazia de sentido.
    É assim como uma manif de funcionários públicos a pedir emprego.

    Gostar

  63. 8 Fevereiro, 2010 12:25

    Claro que ‘concordo’ com o Dr. Marcelo. Ele diz que Sócrates deveria ser liminarmente demitido por imensas razões, mas não deve ser liminarmente demitido já por causa do impacto devastador que isso teria nos mercados e o seu ataque à dívida portuguesa. Portanto, são os mercados internacionais, a sua sensibilidade ao contexto político português, que nos aguentam esse homem (e sua entourage) a quem tenho apodado de Primadonna e para quem tudo aquilo exposto no “Sol” é simplisticamente definido como “conversas privadas”. Sim, porque fazer tráfico de influências e quebrar todas as regras da democracia em privado são “conversas privadas” e fica o assunto resolvido. Por seu lado, o Presidente fala em pastosa tranquilidade: nós sabemos que é outra forma de fazer um grotesco pacto com coisas e actores inqualificáveis. Um primeiro-ministro que não nega os factos gravosos que lhe são imputados e continua no poder, que não titubeia quando se lhe esboroa a legitimidade ao não declarar que os elementos publicados pelo “Sol” são falsos merece toda a tranquilidade que lhe possa dar Cavaco. Pois! O PR permanece imóvel. O PS e a sua lista de calados não faz nada. Quão baixo desceremos?

    Gostar

  64. anocas permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:34

    Tudo isto é uma palhaçada… temos um Palhaço no giverno, mas se não tomamos uma atitude, acabamos todos por ser palhaços… por mim o Circo já tinha fechado há mto tempo! Infelizmente o PR é o k é e não o manda fechar… se o palhaço se chamasse Santana já estava pendurado numa árvore há mto tempo… é isto a Democracia k Portugal conhece… uns comem os figos e outros rebenta a boca… Meu querido Portugal tão mal amado!!

    Gostar

  65. tina permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:35

    Não faltarei!

    Gostar

  66. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:35

    e ninguém revela conversas privadas da tralha laranja, telefonemas cavaco/lóreiro, pacheco/dona velha, zé manel/lima, cabrita/judite, vidal/albuquerque. isso é que era serviço público e um bom motivo para uma manifestação de mérdia.

    Gostar

  67. 8 Fevereiro, 2010 12:43

    É pá, numa quinta-feira?

    Há pessoas que trabalham, phónix! nem todos são funcionários públicos.

    Marquem isso para um sábado, se não querem dar um tiro no pé por falta de quorum.

    Gostar

  68. silent people permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:44

    Pois por vossa vontade quem não é socialista ou coisa e tal devia andar com a estrela
    amáraela ao peito e ser icneado como os judeus…Curioso se o Holocausto dos judeus tivesse sido em Portugal e se só se tivesse acesso á verdade por escutas ainda hoje não se saberia quem eram os culpado e mesmo se tinham morrido seis milhões de judeus..olha se Nuremberga tivesse sido em Lisboa..Ui hoje os nazis ainda eram condecorados no 10 de Junho e sei lá até podiam fazer parte de algum governo…Fui..
    Elogio da Dialéctica

    A injustiça avança hoje a passo firme
    Os tiranos fazem planos para dez mil anos
    O poder apregoa: as coisas continuarão a ser como são
    Nenhuma voz além da dos que mandam
    E em todos os mercados proclama a exploração;
    isto é apenas o meu começo

    Mas entre os oprimidos muitos há que agora dizem
    Aquilo que nòs queremos nunca mais o alcançaremos

    Quem ainda está vivo não diga: nunca
    O que é seguro não é seguro
    As coisas não continuarão a ser como são
    Depois de falarem os dominantes
    Falarão os dominados
    Quem pois ousa dizer: nunca
    De quem depende que a opressão prossiga? De nòs
    De quem depende que ela acabe? Também de nòs
    O que é esmagado que se levante!
    O que está perdido, lute!
    O que sabe ao que se chegou, que há aì que o retenha
    E nunca será: ainda hoje
    Porque os vencidos de hoje são os vencedores de amanhã
    B.Brecht

    Gostar

  69. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:44

    #64 … Não faltará Tina?!!! Belo emprego que lhe permite manifestar-se Às 13 de quinta-feira (deve estar de férias, subsidiadas por todos nós) !!! Não se esqueça de levar um cartaz do seu adorado PR, que por gula de um segundo mandato e ausência de ideias/figuras do seu partido É conivente com o arrastar deste governo sócretino

    Gostar

  70. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:44

    Ao contráio do que pensam as iminências pardas do PR, seus assessores e amigos, a não demissão do senhor Sócrates no imediato, significa a sua não reeleição. Estará ligado, indelevelmente, ao adensar desta podridão. Não há regime que aguente….

    Gostar

  71. silent people permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:44

    Digo:amarela e icnerado…

    Gostar

  72. 8 Fevereiro, 2010 12:46

    Bem, está visto que ao sábado eles também não trabalham na Assembleia.

    eheheh

    Pareço eu na única vez em que me lembrei que também devia fazer um protesto frente à Assembleia, mas só nas férias.

    Gostar

  73. 8 Fevereiro, 2010 12:46

    «Com todo o rigor, com toda a objectividade, José Sócrates não tem condições para ser primeiro-ministro. José Sócrates, como disse logo o Expresso, mentiu ao Parlamento no Verão (caso PT/TVI) . Agora, o trabalho do “Sol” dá substância a essa falta de respeito do primeiro-ministro pelo país e pelo parlamento. Aquilo que é ali relatado é grave demais para fingirmos que não existe.

    José Sócrates só tinha uma saída: dizer que o “Sol” tinha fabricado mentiras, ou seja, Sócrates tinha de dizer que aqueles factos não eram verdade. Ora, José Sócrates não negou os factos, e, como sempre, atacou os jornalistas. Atacou o mensageiro do mal, em vez de atacar e explicar o mal. Sócrates, de forma ilegítima e perante o silêncio inacreditável das elites de “Lesboa”, está a refugiar-se na lengalenga da vida privada. Isso é uma farsa. Não estamos a falar da vida amorosa e familiar de José Sócrates. Isso é que é vida privada. Estamos a falar de factos que comprovam que o primeiro-ministro tentou, de forma totalmente inaceitável, controlar grupos de comunicação social. Isto é vida pública, meu caro Dr. Sócrates.

    A democracia não é brincadeira. Tem regras. Regras objectivas. E José Sócrates rasgou por completo essas regras. Mentiu ao Parlamento (primeira regra quebrada). Tentou, de várias formas, condicionar os media (segunda regra quebrada). Quando foi apanhado em falso, recusou prestar esclarecimentos transparentes sobre o sucedido, não percebendo que um primeiro-ministro não pode ser uma figura opaca (terceira regra quebrada). José Sócrates não tem condições para ser primeiro-ministro. Quando fez 1% daquilo que Sócrates já fez, Santana Lopes foi (e bem) para a rua. Pensem nisso.» HR

    Gostar

  74. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:47

    eminências, corrijo

    Gostar

  75. 8 Fevereiro, 2010 12:48

    A minha tia Miquelina diz que só vai se forem todos os blasfemos, a saber:

    Carlos Abreu Amorim (CAA)

    Carlos Loureiro (CL)

    Gabriel Silva

    Helena Matos

    João Caetano Dias (jcd)

    João Miranda

    José Manuel Fernandes

    José Pedro Lopes Nunes (JPLN)

    Luís Rocha (LR)

    Paulo Morais

    Pedro Froufe (PMF)

    Caixa de Comentários

    Gostar

  76. 8 Fevereiro, 2010 12:48

    Mas isso de uma manif por uma coisa tão importante, ser marcada para Lisboa num dia de semana, à hora de almoço, é disparate.

    Digo eu que já não vou a manifs desde os tempos da ditadura.

    “:O)))))

    Gostar

  77. arre permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:51

    Sugiro uns quantos slogans:

    Isto não pode ser uma vigília…

    Deve ser isso sim…uma “valente” manifestação

    CONTRA A OPACIDADE DO ESTADO E DA JUSTIÇA
    CONTRA O BRANQUEAMENTO FEITO PELA MAIS ALTA MAGISTRATURA
    CONTRA A CORRUPÇÃO DE ESTADO
    CONTRA A PROMISCUIDADE ENTRE POLÍTICA E JUSTIÇA

    e PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO

    Gostar

  78. lingrinhas permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:51

    acabem com a mesa do orçamento e depois vão comer merda.

    Gostar

  79. 8 Fevereiro, 2010 12:52

    Mas quem é que marcou?

    E a azul? eu até gosto de azul e de reizinhos, mas mordaça azul numa quinta-feira à hora de almoço, contra as sacanices do PM parece-me disparate.

    Gostar

  80. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:52

    “Belo emprego que lhe permite manifestar-se Às 13 de quinta-feira (deve estar de férias, subsidiadas por todos nós) !!!”

    Tem inveja? ahahhahhaah

    Este socretinos são mesmo de bradar aos céus. Sabujos… ehehehhheh

    anti-comuna

    Gostar

  81. 8 Fevereiro, 2010 12:58

    anti-comuna:

    Pois olha que eu não posso. Realmente, se fosse invejosa, até tinha motivos para inveja.

    Poder faltar a compromissos de trabalho para ir a uma manif. Acredita.

    E bem que gostava de saber quem foi o liberal que teve esta ideia mais estúpida.

    Gostar

  82. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 12:59

    Bem eu alinho se for contra a africanização do país.Contra os colarinhos brancos.Contra a corrupção.Contra as novas oportunidades a governar.Contra os internac internacionalistas que só nos obrigam a pagar por todo o lado.Contra o nepotismo.Contra a traição.Contra a lei da nacionalidade.Contra as monarquias republicanas.Contra os ladrões do erário público.Contra os interpretadores do sentir profundo do povo português.Contra os propagandistas traidores da nação Portuguesa.Contra o estado dos advogados.

    Gostar

  83. 8 Fevereiro, 2010 13:00

    Estes morcões devem julgar que toda a gente é funcionária pública ou empresário de vão de escada, para poderem vir à capital a uma quinta feira com adesivos azuis na boca, logo à hora de almoço.

    Gostar

  84. Mais Lidos permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:00

    E os socretinos podem participar na manif?

    Gostar

  85. 8 Fevereiro, 2010 13:01

    Eu alinho contra tudo isso mas num fim-de-semana.

    Gostar

  86. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:01

    Ó Anti !!! Sócretino ??? Sabujo ??? Não tomaste os comprimidos hoje para estares a insultar sem me conheceres ou és afecto das ideias da Alber(Tina)? Ou fazes o julgamento que por criticar o PR, defendo o PM ? Ou viceversa ? Não me julgue tão monga que eu não o julgarei tão açéfalo.

    Gostar

  87. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:01

    “Digo eu que já não vou a manifs desde os tempos da ditadura.”

    ganhavas todos os concursos fotográficos da antónio maria cardoso e o nacional da brisa-que-desliza-sub-fralda-da-camisa.

    Gostar

  88. Rita permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:03

    Olhem lá meus senhores(e senhoras), por que não marcar a manifestação no PORTO? Não acham que estamos a dar muita importância aos mouros?

    Se for no Porto podem contar comigo. Ou então dão-me boleia até Lisboa (e volta, pois eu quero continuar aqui).

    Gostar

  89. 8 Fevereiro, 2010 13:05

    Também acho que o dia foi mal escolhido.
    Seria preferível a uma sexta, ou segunda-feira, para fazer ponte.

    Gostar

  90. 8 Fevereiro, 2010 13:05

    Agora esta maluca quer no Porto.

    Olha, já agora em Grândola Vila Morena, terra da liberdade.

    Metem prá veia…

    Gostar

  91. 8 Fevereiro, 2010 13:06

    “A data é 11, a hora é 13.30. Nesse dia o PM está na AR, a debater o Orçamento. Foi por isso que se marcou para 5ª…”

    In, http://www.31daarmada.blogs.sapo.pt/3716102.html

    Gostar

  92. 8 Fevereiro, 2010 13:07

    Agora esta maluca quer no Porto.

    Olha, já agora em Grândola Vila Morena, terra da liberdade.

    Metem prá veia…

    (o tarado do carapau de corrida já me bloqueou os comentários.

    É pá, como é que alguém pode alinhar em defesas da liberdade de expressão com morcões destes que nem aceitam a crítica ao dia para que marcaram a manif e censuram quem o diz?

    Cambada de morcões imbecis

    Gostar

  93. 8 Fevereiro, 2010 13:10

    Palavra que a besta que me censurou e bloqueou o comentário precisava de um pontapé no cu.

    Eu, se pudesse, até ia à manif só para aproveitar e fazer o pleno, dizendo umas boas a todos esses ranhosos que se dizem liberais e me bloqueiam os comentários.

    Estes aqui e os do Insurgente, onde tenho o nick tão bloqueado quanto no Arrastão, 5 Dias, Jugular, Quase em Português, Rua da Judiaria.

    Gostar

  94. 8 Fevereiro, 2010 13:12

    Havia de ser divertido, tudo à porrada dentro da manif

    ehebhehe

    Palavra. Não era capaz de ir a uma cena destas pela Liberdade de Expressão, ao lado de coninhas moles que até no mundo virtual tiram a palavra a quem não lhes bate palmas.

    Ia mas era para aproveitar e lhes dizer todas ao vivo e a cores.

    Cambada de imbecis.

    Gostar

  95. 8 Fevereiro, 2010 13:14

    # 79

    Imaginem o que professor suportou por se manifestar, contra as bestas, aos SÁBADOS.

    Gostar

  96. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:14

    organiza uma contramanifestação à censura que fazem aqui.

    Gostar

  97. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:14

    “Não me julgue tão monga que eu não o julgarei tão açéfalo.”

    Mas eu sou mesmo acefalo.

    Há outros que são açefalos, porque é chique. Eu sou mais pró acéfalo à boa moda portuguesa. ehehhehehh

    anti-comuna

    PM Até já meti os papeis para a baixa para ir à manife tudo. 🙂

    Gostar

  98. 8 Fevereiro, 2010 13:15

    Esqueci-me de acrescentar outro blogue pela “liberdade de expressão” onde também estou bloqueada- o Portugal dos Joãozinho Pequenino.

    E no Mar Salgado o Filipe Nunes Vicente que me insulta e chama fascista por eu usar nick e ele querer que a minha identidade seja denunciada na praça pública pois desde 2003 que me quer conhecer mas é demasiado tímido para enviar um e.mail e pedir com bons modos.

    Gostar

  99. Lina permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:15

    Eu estou com a Rita. Se for no Porto, que seja no Marquês que assim fico logo perto do sítio onde apanho a carrinha para ir para o trabalho. É que eu faço as noites ali pró lado de Braga, numa vivenda.

    Gostar

  100. Delfina permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:16

    Essas duas são minhas colegas. Assim eu também vou. Pode ser que arrange ali trabalho.

    Gostar

  101. 8 Fevereiro, 2010 13:16

    Pois, anti/comuna/ eu nao tenho papeis para meter baixas. Ha quem trabalhe em Portugal.

    Gostar

  102. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:18

    “pois desde 2003 que me quer conhecer mas é demasiado tímido para enviar um e.mail e pedir com bons modos.”

    ahahahah

    A sério? lololol

    anti-comuna

    Gostar

  103. 8 Fevereiro, 2010 13:20

    uma parte do mail que recebi ontem a convidar a manifestar, por quem também não deve manifestar-se “desde a ditadura”, e quem é que se manifestou durante a ditadura?:

    Resolvemos manifestar-nos, pela primeira vez nas nossas vidas. Não sabemos muito bem como se organiza uma coisa destas, e ainda estamos a aprender a arregimentar gente para uma causa. Mas, por uma vez, queremos só dizer que estamos fartos de tanta pouca vergonha. Queremos só um bocadinho de decência. A ideia é organizar uma manifestação civilizada, silenciosa, fora de horários normais de trabalho, porque nem todos podemos usar as horas de serviço. Sábado pareceu-nos o melhor dia para isto.”

    Gostar

  104. 8 Fevereiro, 2010 13:21

    Bem, isto só mesmo com nariz tapado por causa do cheiro das companhias.

    Estas coisas de manifs são sempre assim.

    Uma pessoa até concorda com os motivos mas depois, só de se imaginar ao lado de cada traste mais hipócrita, só se for para fazer número.

    Gostar

  105. 8 Fevereiro, 2010 13:23

    ò maluca, via lá bater os costados no Ultramar, como quando tiveste de desertar para não ficares a fazer tijolo nas colónias.

    Est@ gente de género incerto e sexo desconhecido é outra praga que não fazia mal ser exportada.

    Gostar

  106. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:23

    bué de cobiçada, a moçoila e o dotecom.

    Gostar

  107. 8 Fevereiro, 2010 13:26

    Olha, mongoloide- as únicas manifes a que fui na vida foram mesmo clandestinas e na Ditadura.

    Podes crer. E nelas é que nunca vi estes morcões que agora se dizem anti-facistas.

    Essa é que é essa. O Louçã, o mais que conseguiu fazer foi uma passeata entre o Campo Grande e a Feira Popular porque já ia cansado com a tropa trotskista.

    E isto depois de se terem cortado por ser um perigo provocar a reacção ao se partir aquela treta toda da Faculdade de Direito para correr com os gorilas.

    É do que me lembro, em relação a manifs pela Liberdade.

    Gostar

  108. 8 Fevereiro, 2010 13:29

    V.s são anti-facistas de boulevard da Rive Gauche. Tudo pago a peso de ouro por partidos e papás.

    E agora andam para aqui a insultar meio mundo que não dá abébias a comunas e não suporta o cheiro deste pântano a que chamam democracia

    Gostar

  109. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:30

    pelos vistos a manif é organizada por gajos da causa ao serviço do maketung laranja, daí o tom azulado da coisa.

    Gostar

  110. 8 Fevereiro, 2010 13:31

    za-zie, não me insultes, porque já te bloquearam o zazie e ainda ficas sem o za-zie!…

    só te bloquearam porque me insultaste!…

    Gostar

  111. 8 Fevereiro, 2010 13:32

    Tretas de liberdade na boca da “escardalhada” só acredita nelas quem for retardado mental.

    Gostar

  112. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:35

    “as únicas manifes a que fui na vida foram mesmo clandestinas e na Ditadura”

    ainda hoje se nota a clandes-tina que és e o hálito a corega da dentadura.

    Gostar

  113. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:41

    Uma manif a favor da liberdade de expressão é um contra-senso.
    E não vou.
    Não consigo arranjar os tremoços a tempo.
    Tenho que os deixar a curar no ribeiro, pelo menos 5 dias, dentro de um saco de estopa.

    Gostar

  114. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:44

    ah! tá bém, já me esquecia que ditadura só existiu no prec, antes era primavera. eu aqui a imaginar a zaida a tomar banho de mangueira por aqueles azuis escuros que passeavam os lúlús na alameda e sai-me uma dose wrestling entre a sopeira, a miss matos e ana gomes.

    Gostar

  115. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:44

    Srªa Dona Zazie (ou za-zie):
    apresento-lhe os protestos da minha mais elevada estima e consideração.
    Mas peço-lhe que reconsidere. o seu sentido de humor tem de ser mais complacente para com estes lambe-cricas afectados.
    Paire sobre isto tudo. Vai ver que até é divertido.

    Gostar

  116. 8 Fevereiro, 2010 13:46

    # 101.

    A sério. Esse é um caso patológico. Se quiseres confirma lá no Mar Salgado.

    Até fiz post no Cocanha e linkei o imbecil. Desde 2003 que me conhece da blogo e depois insulta dizendo que sou uma cobarde anónima.

    Ontem até citou o JPP que denuncia na praça pública esta gente cobarde e reles que não usa assinatura (sic).

    E depois ameaçou de telefonar a uma pessoa que diz que é amigo comum, para que essa pessoa comprovasse que não sabe quem eu sou.

    Se um animal destes não precisa de comprar um cérebro na feira da Golegã é caso para dizer que só quem for desmiolado é que ainda paga a psicos de QI negativo.

    Gostar

  117. 8 Fevereiro, 2010 13:48

    A porcaria do nick ficou assim cortada porque o morcão vai bloqueando sempre que escrevo.

    Gostar

  118. per caso permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:48

    Todos pela liberdade.

    Todos, como? E então o Pinochas não fez tudo o que bem queria?

    Não o fez tal um Reagan, como o pai Busha e filho?

    É, só em Portugal é que a maltosa gosta tanto de meter o bedelho, porque não sabe o ónus que é governar para a cambada de regateiras, de críticos e jornalistas.

    E abençoado o povo que me entende e não se arma em calhandrice, tretas de não fazer mais puto na vida que cortar, cortar na casaca de quem mal tempo tem de esfregar uma orelha.

    Gostar

  119. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:54

    não se esqueçam de levar a escada para trocar a bandeira da assembleia.

    Gostar

  120. Critico permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:56

    Embora haja razão de ser com esta crescente, notória censura e cortes na liberdade de expressão isto só roça a superfície, não adiantará de muito, o molusco esse é que cria esta densidade na falta da mesma, e se for aliada a manifestações um pouco mais “ideologicamente superficiais”, sem fundamento o elemento fundamental perde-se.
    O problema foi que as manifestações raras as vezes modificaram agendas, apenas criam ruido, e muitas vezes com razão, o ponto é não resultarem e não mudarem grande cosia.
    Mas é notória a quebra nas liberdades de expressão e não só, mas lá fora em certos pontos é ainda mais dramático.

    Gostar

  121. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 13:58

    Cartazes:

    “Queremos mostrar-lhe o Sol”
    “Daqui a pouco faz Sol”

    Gostar

  122. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:01

    SEM VERGONHA:

    A semana que termina é para esquecer no que diz respeito à política. Apesar de todos os avisos, apesar dos desafios do Presidente da República no sentido de procurar consenso para que a imagem externa do País não saia ainda mais prejudicada junto dos mercados financeiros, os nossos partidos políticos decidiram vestir os bibes dos meninos birrentos e deram ao País o mais triste espectáculo.O PSD renegou numa semana tudo aquilo que dissera, e com razão, acerca do controlo orçamental. O PS dramatizou em excesso o processo relativo às Finanças regionais e os restantes partidos voltaram-se contra tudo o que têm feito e dito nos últimos anos para aprovar numa aliança ressabiada mais uns milhões para o Dr. João Jardim enriquecer ainda mais uma das regiões mais ricas do País. Compreender-se–ia este aumento extraordinário de despesa se fossem Trás-os-Montes e o Alentejo os destinatários destes milhões de euros. São as regiões mais pobres do País, aquelas que merecem maior investimento e cuidado. Se fosse assim, compreender-se-ia o PCP e o Bloco de Esquerda, que se dizem muito amigos dos pobrezinhos, gritam eles que são os partidos dos explorados. Tiraram a máscara e a esquerda caviar muito smoking e muito gin tónico está no sítio certo. – por Francisco Moita Flores in C.Manhã

    Gostar

  123. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:05

    Acho bem que dêm muito valor à liberdade.Mas para além da liberdade, coisa que não tem afectado em nada o alastrar de polvos, mafias e ladrões orçamentais e de impedir a africanização em todos os aspectos da vida dos Portugueses tornando irrelevante e cada vez mais falhado o país, uma verdadeira torre de babel por conta de muito poucos – a classe média não arregimentada nos partidos – tem que se ter em conta um pricípio importante: o crime deve casar-se um castigo.Mas a culpa tem andado a morrer solteira…

    Gostar

  124. manuel açéfalo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:06

    Quem quer ir,vai.
    Não percebo o ponto dos que “aconselham” a não fazer manifestações.
    Apenas percebo o Daniel Oliveira.Trata-se de um defensor de ditaduras sanguinárias,logo ele acha esta nojeira toda muito soft.

    Os outros são os piscoisos do regime,os que recebem os trinta dinheiros.Antigamente os nossos antepassados gostavam de os ver dançar.Até tinham um local próprio para isso.Salvo erro,qualquer coisa como pelourinho ou afim.
    Não sei,como sou açéfalo,já não me recordo.

    Gostar

  125. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:07

    Cartazes em inglês “Independente”:

    “Fri préçe”
    “Time to strip down”
    “Game oubér”

    Gostar

  126. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:08

    No fundo o PGR falha na sua maior missão:fazer com que a lei seja igual para todos…
    Eu verifico que quem manda e quem nada tem de seu é que gozam de amplas liberdades…

    Gostar

  127. comadevidavénia Graza permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:09

    Das Escutas aos Despojos

    Não escrevo sobre estas escutas, nem sobre as supostas que existem e virão a conta gotas escorrendo por aí como baba, porque vivi no fascismo português, tenho memória e ética, e um nojo enorme pelos biltres que se prestam a levantar do outro lado a cavilha. Acreditei um dia que seria uma prática que nunca mais veria em Portugal, enganei-me, e o que é grave é que a mesma Democracia que foi por elas sufocada, não as trate com a impiedade que merecem. Hoje as escutas, amanhã a tortura, haverá em cada momento um herdeiro genético do Pide que não caçamos, com estrutura moral para se servir dos resultados dessa actividade, obtido nas catacumbas do equivalente quartel de uma qualquer Nova Legião. Mesmo que ele seja Juiz, porque juízes também o eram nos sinistros Tribunais Plenários e a Democracia ainda não se soube livrar deles. Tenho medo porque há quem goste. Tenho medo porque há quem não se importe. Tenho medo sobretudo, porque à crianças na sala e elas sim, a ouvir sem querer e a ser deformadas pela pouca vergonha que vai na cabeça de cada adulto.

    Gostar

  128. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:09

    Donde a máxima: colarinhos brancos e canos serrados unidos vencerão!(estão quase…)

    Gostar

  129. manuel açéfalo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:11

    Esse Moita manhoso esqueçeu-çe de outro facto importante deçta semana,que foi a polémica criada pelaç revelaçõeç do “Sol”.
    Eççe figurão,dá vómitoç.
    Ele que vá eçcrever maiç um livreco,o Ballet da Caça Pia.Deve conhecer o aççunto a fundo,çegundo o Ferro.

    Gostar

  130. Pronto para tudo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:12

    Reina a ordem em todo o país.

    Gostar

  131. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:16

    Os cartazes deviam ser com apenas dois dizeres:

    – CO-RRU-PTO

    – MEN-TI-RO-SO

    e no fim deixados à porta da residência oficial do corrupto, excepto um exemplar de cada espécie, entregues em Belém

    Gostar

  132. manuel açéfalo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:19

    #126

    Entendo-te.
    Não gostas de viver em sociedades onde o poder é escrutinado pelos cidadãos,onde os políticos tenham que obedecer às leis,onde as ilegalidades sejam punidas,onde roubar milhões de pessoas seja crime,onde a justiça seja independente,onde o poder é dos cidadãos…como eu te compreendo.
    Vai lá ter com os teus amigos e prega-lhes essa doutrina.Diz-lhes que as leis fiscais assentam nesses pressupostos que criticas,da invasão de privacidade,da condenação prévia,etc.
    Porque no início da tua prédica,pensei que era a isso que te referias.
    As criancinhas coitadas ficam todas deformadas se ouvirem as poucas vergonhas dos bandidos que capturaram o poder…passarão a andar de muletas…Ahahahahaha!
    Não ficam deformadas por estarem todo o santo dia a ouvirem notícias de panasquices?
    Ahahaha!

    Gostar

  133. 8 Fevereiro, 2010 14:20

    «Os cartazes deviam ser com apenas dois dizeres:

    – CO-RRU-PTO

    – MEN-TI-RO-SO

    e no fim deixados à porta da residência oficial do corrupto, excepto um exemplar de cada espécie, entregues em Belém.

    Totalmente certo.

    Isso sim. Bastava escrever isso para estar tudo dito.

    Gostar

  134. 8 Fevereiro, 2010 14:23

    Era bem mais simples e unia toda a gente que não vive à conta do mesmo.

    Só ficavam de fora os que gostam de sentir protegidos por terem corrupto e mentiroso a dar o exemplo de cima.

    Gostar

  135. manuel açéfalo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:23

    Também concordo.Simples e eficaz!
    Deixar uma boa tonelada de faixas e cartazes junto do Aterro da República (AR) e todos os dias colocar uns cartazes à porta do “chefe maior”.

    Gostar

  136. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:24

    OS POLÍTICOS E AS FRALDAS DEVEM SER MUDADOS COM FREQUÊNCIA PELAS MESMAS RAZÕES
    EÇA

    Gostar

  137. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:26

    Então políticos viciados a mexer na merda…

    Gostar

  138. JP Ribeiro permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:27

    Gostei de ver o Piscoiso em #74 a desfilar os nomes dos Blasfemos, só para que conste… Mas acho que a novapide já tem os nomes deles e por isso não precisa de ser relembrada.

    Piscoiso, avisa antes a polícia anti-motim para levarem os cães.

    Gostar

  139. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:28

    Repito…Se se pretende uma manifestação popular, sem classes ou sectarismos, contra a podridão que infesta os círculos do poder multi-color, um verdadeiro, genuíno movimento de cidadania não afecto a qualquer partido…que se organize devidamente, atempadamente (apesar de o tempo ser cada vez mais escasso) e NUM SÁBADO, NUM DOMINGO, NUM DIA DE LAZER PARA ESTES COMPADRES&COMADRES SE APERCEBEREM QUE O “POVO” ABDICA DE UM DIA “SEU” PARA SE UNIR E GRITAR CONTRA ESTA FALTA DE VERGONHA LEGALIZADA !!!

    Gostar

  140. 8 Fevereiro, 2010 14:30

    Quem é que leva o megafone?

    A minha tia Laurentina vende um em segunda mão, que só usou uma vez para vender cobertores.

    Gostar

  141. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:32

    Andam para aqui uns gajos de cabeça perdida, a apelar à democracia popular.
    Parece que estamos em 1975.
    Estejam atentos.
    Não vá a malta ser mais uma vez ultrapassada pela direita (isto em termos viários, claro).

    Gostar

  142. pablo picaço permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:33

    e depois rumam para a Madeira?

    Gostar

  143. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:34

    Que balbúrdia é esta?
    Apresentem-me um capo que, de cabeça fria, meta ordem nisto.
    Se não for assim não contem comigo.

    Gostar

  144. Onde é que eu já vi isto permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:35

    1. Simplificação: Adoptar uma única ideia, um único símbolo. Individualizar o adversário num único inimigo.

    4. Exagero e desfiguração: Converter qualquer história, por menor que seja, numa ameaça grave.

    6. Orquestração: A propaganda deve limitar-se a um número pequeno de ideias e repeti-las incansavelmente, apresentando-as uma e outra vez, de diferentes perspectivas, mas sempre convergindo para o mesmo conceito, sem fissuras nem dúvidas.

    7. Renovação: Emitir sempre informações e argumentos novos a um ritmo tal que quando o adversário responda, o público já esteja interessado em outra coisa.

    8. Verosimilhança: Construir argumentos a partir de fontes diversas, através de informações fragmentárias.

    9. Silenciamento: Encobrir as questões sobre as quais não tenha argumentos e dissimular as notícia que favorecem o adversário, contra-programando com a ajuda dos meios de comunicação afins.

    10. Transfusão: A propaganda opera sempre a partir de um substrato preexistente, seja uma mitologia nacional, ou um complexo de ódios e preconceitos tradicionais. Trata de difundir argumentos que possam arraigar-se em atitudes primitivas.

    11. Unanimidade: Convencer as pessoas de que pensam como toda a gente, criando uma (falsa) impressão de unanimidade.

    Gostar

  145. Tia Laurentina permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:37

    Onde é que eu já vi isto

    Viste no Largo dos Ratos!

    Gostar

  146. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:40

    PS = africanizadores

    Gostar

  147. Onde é que eu já vi isto permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:40

    Na língua do franco:

    2. Principio del método de contagio. Reunir diversos adversa­rios en una sola categoría o individuo; Los adversa­rios han de constituirse en suma individualizada.

    3. Principio de la transposición. Cargar sobre el adversa­rio los propios errores o defectos, respondiendo el ataque con el ataque. “Si no puedes negar las malas noticias, inventa otras que las distraigan”.

    Gostar

  148. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:41

    Ex-descolonizadores = colonizadores

    Gostar

  149. Ahaha...O rei vai nu permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:41

    Paulo Penedos diz a Rui que Soares Carneiro lhe «disse que o negócio estava feito», pois «ontem à noite o Zapatero (chefe do Governo espanhol) tinha falado com Sócrates».

    Ainda na mesma conversa, Rui Pedro Soares equaciona mais uma ideia: «As rádios (da Media Capital) vão ser compradas pela Ongoing e pelo genro de Cavaco» (o empresário Luís Montez).

    Penedos comenta que «isso é bom» e pergunta–lhe se é «o autor desta patifaria». Rui Pedro acrescenta, referindo-se a Cavaco, que «é o preço da paz e que esse cala-se logo, fica a cuidar dos netos».

    Vara diz que já ouviu dizer que ela disse que Sócrates mentiu, ao dizer que não sabia de nada. Comentam que «não se dizia uma coisa dessas». Vara diz que «ninguém acredita que não soubesse», diria antes que «foi um erro trágico», «ele tinha de ter dito que não foi oficialmente informado, mas tinha conhecimento disso». Termina a dizer que as cisas vão correr mal e Lopes Barreira responde que não tem a mínima dúvida. No dia seguinte, 25, Cavaco Silva desafia publicamente a PT a esclarecer o que se passa. Zeinal Bava, presidente executivo da PT, vai à RTP dizer que não havia negócio nenhum, apenas uma disponibilidade de ambas as partes. Nos bastidores discute-se: avança-se ou não se avança. Até que Sócrates anuncia que, se a PT prosseguir, o Estado usará a golden share para vetar o negócio.

    O plano sofre assim um sério revés, mas não ficaria por aqui.

    paula.azevedo@sol.pt

    felicia.cabrita@sol.pt

    Gostar

  150. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:42

    Internacionalistas = traidores

    Gostar

  151. Comadevidavénia permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:44

    Jardim ainda há seis meses propunha a proibição do comunismo na Constituição e agora defende um compromisso histórico com o PCP e o BE para “libertar o País do PS”? E depois? Que ninguém diga desta água não beberei. Os nazis diziam de Estaline o piorio seis meses antes da assinatura do Pacto Germano Soviético em 1938. O mesmo que os comunistas diziam de Hitler. E o Pacto fez-se. Para libertar o Mundo das democracias burguesas. Que é o que o PS personifica em Portugal na presente conjuntura.
    Os dois juntos assinarão o Pacto. Jardim propôs. O compenetrado Padre comunista já aceitou o repto. Como fizeram Ribbentrop e Molotov, na presença de Estaline, com a benção de Hitler, naquele ano de 1938, para pôr cobro à ameaça polaca, apoiada pelas “agressivas democracias burguesas” (como lhes chamou o jovem Cunhal na altura) de França e de Inglaterra. Para Alberto João Jardim é um triunfo total.

    Gostar

  152. Comadevidavénia permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:45

    Um triunfo total para Alberto João Jardim, que como Hitler sempre soube levar a água ao seu moinho. A aprovação da Lei das Finanças Locais pelo PSD Nacional e demais partidos do compromisso histórico, depois de todas as ocupações e abusos ao longo dos anos, é assim como uma espécie de Acordos de Munique.

    Jardim vence em toda a linha. Os líderes nacionais do PSD têm medo dele. Fazem de conta que acreditam que ele se contentará com os 50 milhões, ele que já vai nos 1200 de dívida directa – sem contar com a dívida das empresas públicas madeirenses, com as dívidas astronómicas das autarquias madeirenses, das dívidas das parcerias publico-privadas que promoveu para disfarçar a dívida.

    O compromisso histórico, como o famoso Pacto Germano Soviético, avança a todo o vapor. Vêm aí os amanhãs que cantam. Também foi assim depois do Pacto contra as democracias. Salvaguardadas as devidas distâncias, a grande aliança faz todo o sentido.

    Gostar

  153. anonimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:45

    Ainda bem que temos o senhor José Duarte como paladino da verdade e do conhecimento jornalístico. Que seria do nosso país sem os José Duarte deste Portugal.

    Gostar

  154. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:46

    “Zeinal Bava, presidente executivo da PT, vai à RTP dizer que não havia negócio nenhum, apenas uma disponibilidade de ambas as partes.”

    Estas visitas rápidas à RTP são organizadas como?

    Gostar

  155. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:48

    Maçonaria = crime organizado

    Gostar

  156. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:49

    Comentadores usados pela propaganda = papagaios alimentados com o ouro do BPortugal

    Gostar

  157. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:50

    Português = pretoguês

    Gostar

  158. A. Ventura permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:50

    Abril ainda não chegou mas os saudosistas mais nacional-porreiristas já andam todos aos saltos por causa de sombras difusas que tudo podem ser, e puzzles da realidade feitos a cola e tesoura para consumo popular…

    Gostar

  159. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:52

    Estrangeiros mais inteligentes do que os indígenas para gerirem as empresas portuguesas = cipaios da africanização

    Gostar

  160. Vamos permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:53

    Todos à manifestação, vestidos de branco:

    Gostar

  161. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:53

    António Costa = sobado de Lisboa

    Gostar

  162. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:56

    Melhor acolhimento do mundo: aumento anual de dois exércitos portugueses de pobres por conta do erário

    Gostar

  163. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:57

    Humanismo internacionalista: 300000000 de euros anuais para tratar sidosos, 10% dos quais só gostam de homens…

    Gostar

  164. Euroliberal permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:58

    “Estes aqui e os do Insurgente, onde tenho o nick tão bloqueado quanto no Arrastão, 5 Dias, Jugular, Quase em Português, Rua da Judiaria” – Zazie #92

    Até o CENSOR Daniel Oliveira (#21) vem aqui colocar reticências à manifestação. Claro, liberdade de expressão só a dele.

    O mais grotesco é que eu sou censurado na Arrastão em questões (Médio Oriente) em que a acordo é quase total… Mas o problema é outro.

    É que os meus comentários não deixam brilhar O Daniel “Lápis Azul” Oliveira… E depois diz que é por causa da “ética” e do “nível do blogue”. Que farsante…

    Gostar

  165. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:59

    25 de abril = capitão de abril arrependido

    Gostar

  166. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 14:59

    É com merda desta que o regime se perpetua.
    Com os que repisam no insulto.
    Com os que confundem liberdade com irreponsabilidade.
    Com os que não despem nunca a camisola.
    Com os que pensam no que têm a perder e no que têm a ganhar, antes de tomar uma atitude.

    Esta ideia peregrina da MANIF é completamente idiota.
    Serve apenas para acentuar a confusão e o alheamento a que o português votou estes assuntos.
    E cheira a naftalina.

    Gostar

  167. A. Ventura permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:02

    Tratam-se de neo-saudosistas tresmalhados que sentem nostalgia do que verdadeiramente nunca viveram…

    Há muito disso.

    Gostar

  168. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:09

    Eu cada vez gosto mais de ler a coerência “deles”.

    “É com merda desta que o regime se perpetua.
    Com os que repisam no insulto.
    Com os que confundem liberdade com irreponsabilidade.
    Com os que não despem nunca a camisola.
    Com os que pensam no que têm a perder e no que têm a ganhar, antes de tomar uma atitude.

    Esta ideia peregrina da MANIF é completamente idiota.”

    Acho que sim. É chato ver a sociedade civil mexer sem ser atrás dos partidos. É chato mas é bom sinal. É sinal que os partidos deixam de serem os “donos do poder”.

    Bora para a manife. Corruptos, RUA!

    anti-comuna

    Gostar

  169. 8 Fevereiro, 2010 15:10

    A direita e os liberais acham que o terreno político se limita aos partidos e às ideias e não percebem que o grosso do jogo do poder é guerra cultural, organização de militância e conspirações discretas. Querer entrar no jogo político sem perceber isto é dar a vitória antecipada à esquerda, que neste ponto é unitária.

    Esta manifestação só poderá servir para uma coisa: após o seu fracasso ficará patente a necessidade de militância para organizar uma coisa deste género. Talvez aprendam alguma coisa e da próxima façam melhor, mas o mais provável é passarem uma vergonha tal que não voltem a se meter em mais nenhuma. Uma manifestação organiza-se com um brutal trabalho anónimo por detrás, mobilizando e criando a logística. Uma manifestação organizada por queques de lenço no bolso do casaco está condenada a ser descrita na comunicação social de forma ridícula. Pouca gente, provavelmente à chuva, discursos palavrosos, porque esta gente certamente não conseguirá elaborar um slogan; vão ser presa fácil para os jornalistas esquerdistas e restante canalha socrática. Não se entra no jogo para participar mas apenas para vencer.

    Gostar

  170. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:17

    #165 – “Esta ideia peregrina da MANIF é completamente idiota.”

    mas a ideia é essa e a grande maioria dá aulas. oxalá que tenham êxito com o género musical da coisa.

    #166 – “Tratam-se de neo-saudosistas tresmalhados que sentem nostalgia do que verdadeiramente nunca viveram…”

    é por isso que se vendem mais jaguares que fords mondeo

    Gostar

  171. Meme permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:17

    Tambem tu, Júdice…!!!????

    Gostar

  172. 8 Fevereiro, 2010 15:22

    Sócrates não recuou após as gigantescas manifestações dos professores, apenas os resultados eleitorais fizeram mudar a política em relação à educação. Mas aí era toda uma classe que fazia sentir o seu peso.

    Mas em relação à liberdade de expressão, de onde pode vir uma reacção em peso de repulsa? Não está em causa algo tangível que possa servir de mote a uma indignação popular. A reacção natural viria de intelectuais, jornalistas, mas estes já estão vendidos ao poder socrático ou simplesmente ficam borrados de medo.

    Gostar

  173. Manicómio a céu aberto permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:23

    “É com merda desta que o regime se perpetua.
    Com os que repisam no insulto.

    Lança um insulto e diz que é com merda daquela que o regime se perpetua.
    Está bem visto.

    A preocupação de alguns comentadores é com o cartão partidário dos restantes.Os factos graves que ocorrem e prejudicam Portugal e os portugueses estão em segundo plano.

    Proponho,assim, que quem fôr à manifestação tenha que preencher uma declaração de que não está filiado em nenhum partido e os eleitores do PSD devem ser mantidos a pelo menos um quarteirão de distância.
    Ehehehehe!!!

    Gostar

  174. 8 Fevereiro, 2010 15:33

    Uma manif, é sempre uma manifestação de bovinidade.
    Umas de mansos, outras de bravos, são sempre uma claque brandindo slogans.

    Que me lembre só fui a uma manif, logo depois do 25A, era eu puto.
    Desde a câmara municipal ao quartel.
    Apanhei-a a meio, pois passaram na minha rua. Também fui porque ia lá uma professora minha, a professora mais boa que alguma vez tive.

    Gostar

  175. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:37

    Estão com medo da manife?

    Têm medo da sociedade civil?

    Oh! Como os compreendo mesmo. Mas mesmo muito!

    Bora lá, mostrar aos corruptos e aos seus lambe-botas que existe uma maioria silenciosa contra a corrupção que domina Portugal!

    anti-comuna

    Gostar

  176. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:39

    Marques Júnior = capitão de abril mais chorão

    Gostar

  177. Virgilio dos Santos permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:39

    #75
    #Digo eu que já não vou a manifs desde os tempos da ditadura.#

    Para apoiar o tonho das botas.

    Gostar

  178. 8 Fevereiro, 2010 15:40

    Por vezes os mais corruptos, são os que mais se manifestam contra a corrupção.
    Camuflagem.

    Gostar

  179. Romão permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:40

    #184.

    Que seja supra-partidária, supra-ideológica e vise apenas demonstrar que não pactuamos com a corrupção e que não queremos continuar amordaçados. Porque “o ar nesta latrina vai ficando irrespirável”, glosando Mão Morta.

    Gostar

  180. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:41

    #171 – ora nem mais, comecem por contratar o evento à cgtp, lda. e aprendam como se faz, mas andam por lá uns maketungs que querem mostrar serviço e lá se vão espetar mais uma vez.

    Gostar

  181. silent people permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:43

    Pois..pois..J.Pimenta..

    Gostar

  182. Anómino permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:45

    “Poder faltar a compromissos de trabalho para ir a uma manif. Acredita.”

    Tens cliente marcado para a hora do almoço?

    Gostar

  183. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:45

    anti-comuna
    V. que escreve no #169 (e talvez no #177, embora aqui sob outra capa) enfiou o barrete?
    V. sempre é dos que contribuem para perpetuar o regime?

    Olhe: ainda bem que comentou. É que me faltava outra observação.
    É também com a bovinidade que só vê a preto e branco que a coisa se perteua.
    Se não adoptares a estratégia caceteira deles para combater um inimigo comum então estás feito com esse inimigo. Tens até cartão. És um infiltrado.
    Ouça: quando perguntaram a Churchill, em relação à bancada oposta – “Então é ali que se sentam os nossos inimigos? Churchill respondeu: Não. Ali sentam-se os nossos adversários. Os inimigos sentam-se aqui ao nosso lado”

    E ri às lágrimas com essa da sociedade civil.

    Gostar

  184. Lusitânea permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:46

    ESTEVES = futuro nick do sócrates

    Gostar

  185. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:48

    Caustico, és muita burro. Eu não preciso de inventar nicks para lhe chamar burro, amigo. ohohohooho

    Vá lá para o cantinho e enfie as orelhas. ahahahhahh

    anti-comuna

    Gostar

  186. 8 Fevereiro, 2010 15:48

    “Todos pela Liberdade” é uma excelente notícia!

    De que serve queixarmo-nos se não agimos? … Se não demonstramos publicamente a nossa indignação?

    A Defesa da LIBERDADE é um DEVER DE CIDADANIA.

    A LIBERDADE NÃO TEM PREÇO.

    Gostar

  187. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:49

    #192 – é bóbó digestivo

    Gostar

  188. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:49

    #184
    Anti-comuna

    A visão maniqueísta da coisa – o sítio do picapau rosa divide-se em:
    – Corruptos
    – Lambe-botas
    – Maioria silenciosa

    Gostar

  189. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:53

    #190
    Não insultes que te fica mal.
    Vou ignorar esse insulto que só revela falta de argumentos e de fairplay pela coça que sofreste há dias.
    Discute as ideias, não discutas as pessoas.
    Cumprimentos

    Gostar

  190. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:53

    “Que seja supra-partidária, supra-ideológica e vise apenas demonstrar que não pactuamos com a corrupção e que não queremos continuar amordaçados.”

    ora voilá, os supranus da liberdade, homofobias à parte.

    Gostar

  191. Romão permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:55

    #190.

    Posso explicar, mas só a não-lobotimizados.

    Boa vontade não cria cérebros.

    Gostar

  192. anti-comuna permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:56

    “Vou ignorar esse insulto que só revela falta de argumentos e de fairplay pela coça que sofreste há dias.
    Discute as ideias, não discutas as pessoas.”

    Que ideias é que Vc. tem? Teorias? Como aquela da GNR/ASAE? ahahahahahahah

    Já toda a gente que reparou que Vc. é fraquinho de ideias. E vem para aqui desestabilizar. Mas enfim, são os tais trolls que eu gosto de os ver a fazerem figuras de parvos. lololololol

    anti-comuna

    Gostar

  193. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:56

    “Caustico, és muita burro. Eu não preciso de inventar nicks para lhe chamar burro, amigo”

    pudera, tens protecção da gerência, os outros são censurados.

    Gostar

  194. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 15:56

    Mas ainda têm primeiro ministro!? Ah, pois é, trata-se de Portugal!!!!!

    Esta deve ser a pergunta formulada por qualquer cidadão civilizado deste planeta.

    Gostar

  195. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:01

    #193
    Vês como te lembras da tareia…
    Põe hirudoid.

    Agora a sério, moço: a nobreza vê-se na derrota.
    A ti, é uma coisa que te falta.
    Mas, se um dia quiseres que te explique essa história da ASAE/GNR, diz.

    Gostar

  196. Lusitânia permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:03

    Agora para os organizadores da MANIF da 5ª feira bom dia por o menino de ouro ter que comparecer convém recordar que das galerias se podem chamar uns nomes bestiais a quem anda a querer adulterar a liberdade de expressão por condicionamento e alargamento dos meios de propaganda.Mesmo que a malta tenha que ser expulsa pela PSP o que até dá mais ronco…

    Gostar

  197. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:03

    Já começou a descaracterização dos comentários ? Eliminação sectarista !!! As ovelhas negras silenciadas.

    Gostar

  198. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:07

    #197 – e só não leva mais porque se balda ao assunto quando não consegue vender o peixe. o segredo está nos lençóis de cópia & pasta e comentados com interjeições e afirmações gratuitas e descontextualizadas. olha que se linke.

    Gostar

  199. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:08

    e já me esquecia, imunidade à censura local por compadrio com a gerência.

    Gostar

  200. Outside permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:11

    Há sempre duas certezas óbvias e já comprovadas:

    Censura-se por %”#$%#$%”#$%#$% ou por desmontagem da argumentação do(a) pastor(a)!!!

    Gostar

  201. Cáustico permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:13

    #200, 201
    Há que ser Cáustico mas também cool.
    Em doses adequadas…

    Gostar

  202. Rita Ri permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:20

    Vamos rir:

    Gostar

  203. Meme permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:21

    Não me acredito…

    O Rui Pedro Soares anida é Administrador executivo da PT???
    o Zeinal Bava ainda é o CEO da PT????
    O Granadeiro (que na altura quase insultou Manuela Ferreira Leite) ainda é Presidente do CA da PT???
    O Pinto Monteiro ainda é o PGR de Portugal??? (bem pode ir para a Guiné)
    O Noronha de Nascimento ainda é o Presidente do STJ??? (bem pode ir para Angola)
    O Vara e o Pinto de Sousa, ainda não estãopresos preventivamente!!????

    Pessoal há que arregaçar as mangas!! Temos, tanta mas tanta merda para limpar!!!!

    Gostar

  204. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:30

    #203 – agora bazou, aparece daqui a bocado noutro lado com uns ditongos de guerra à touro sentado.

    Gostar

  205. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:32

    isto hoje está a apagar bem

    Gostar

  206. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:47

    #190 – “Posso explicar, mas só a não-lobotimizados.”

    obrigadinho ò inteligente, mas já aderi ao queijo universal do reino de deus, tenho o dízimo em dia e não penso mudar de servidor.

    Gostar

  207. Romão permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:52

    #206.

    Ao contrário do outro coiso que por aqui pasta regularmente a desdobrar-se no teatrinho de chihuahua de que tanto gosta, tu até és engraçado. Imaginava do que serias capaz se não tivesses empenhado a mioleira quando entraste na folha de pagamentos do PS. Reza para que ta devolvam a saída, porque vai fazer-te falta quando os ratos abandonarem o navio.

    Gostar

  208. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:54

    Títulos para cartazes:

    “Acabou a bagunça”
    “Truz-truz, estamos à porta”
    “Queremos mentiras frescas”
    “O Sol quadrado acabou”
    “Portugal não pode ser o Titanic do PS”

    Gostar

  209. Pinto Alves permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:59

    Eu vou ir do Porto para essa manifestação.

    Viva a Liberdade!

    Viva Portugal!

    Gostar

  210. Anómino permalink
    8 Fevereiro, 2010 16:59

    Pois claro as notícias sobre o Dr Dias “Loteiro” são mentiras.
    Ele não tem razão para duvidar da paqlavra dele. Dos outros a coisa fia mais fino.
    Ele pôs as mãos no lume por Dias Loteiro. Agora está com elas cheias de frieiras.

    Gostar

  211. Anónimo permalink
    8 Fevereiro, 2010 17:20

    #206 – “tu até és engraçado”

    agradeço a atenção, mas não estou interessado. topo mais confraternizações lésbicas.

    Gostar

  212. 8 Fevereiro, 2010 17:25

    Já começou… a ridicularização da petição.

    E a ingenuidade de alguns leva-os a achar que a manifestação vai ser uma espécie de passeio de família, uma boa oportunidade para ver uma caras da blogosfera, émulos modernos das sociedades de pensamento.

    A blogosfera no seu início foi uma lufada de ar fresco e prometia conquistar um lugar no jogo político, fiscalizando e influenciando decisões. Mas os bloggers acomodaram-se às mini-tribunas obtidas, deixaram de fazer metabloguismo, deixaram que toda a sua agenda fosse apenas uma sombra da agenda da grande comunicação social. Agora o fracasso subiu-lhes à cabeça, o David imberbe quer enfrentar a Hidra com as tábuas da lei na mão. Este guião está todo trocado.

    Gostar

  213. Romão permalink
    8 Fevereiro, 2010 17:31

    #211.

    Toma lá vinte dólares e não gastes tudo em freiras, como dizia o outro. Pode dar-te jeito quando se acabar a prestação de serviços.

    Gostar

  214. rosinha permalink
    8 Fevereiro, 2010 17:34

    209 :Pinto Alves
    Eu vou ir???
    Ai a gramática e as conjugações verbais.
    Mas desejo boa viagem.
    Eu vou de Sacavém. Mas também lá estarei.

    Gostar

  215. Pisca a coisa permalink
    8 Fevereiro, 2010 17:40

    Bem observado Rosinha,não podemos permitir que a corrupção chegue à gramática,sobretudo antes da manifestação.

    Gostar

  216. José permalink
    8 Fevereiro, 2010 18:44

    Estive a ler o Abrantes: ainda não deu conta do murro que esta manifestação representa. Está aturdido.

    Gostar

  217. arre permalink
    8 Fevereiro, 2010 18:55

    CONTRA A OPACIDADE DO ESTADO E DA JUSTIÇA
    CONTRA O BRANQUEAMENTO FEITO PELA MAIS ALTA MAGISTRATURA
    CONTRA A CORRUPÇÃO DE ESTADO
    CONTRA A PROMISCUIDADE ENTRE POLÍTICA E JUSTIÇA

    e PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO

    Gostar

  218. arre permalink
    8 Fevereiro, 2010 19:03

    CONTRA LEIS FEITAS Á MEDIDA

    CONTRA A PROMISCUIDADE ENTRE POLÍTICA E NEGÓCIOS

    PELA DEVOLUÇÃO DO SAQUE

    com efeitos retroactivos

    e já agora PELO REGRESSO DA VERGONHA NA CARA Á POLÍTICA

    Gostar

Trackbacks

  1. Atenção, camaradas!!! « BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: