Skip to content

O efeito das sondagens*

29 Maio, 2011

Podem as sondagens pré-eleitorais influenciar os resultados das eleições? Em princípio não! A apresentação dos resultados influencia muitos dos eleitores, é verdade, mas os diversos tipos de influência anulam-se entre si.
O primeiro dos efeitos identificados é o de apoio ao partido ganhador (bandwagon), que leva alguns dos eleitores com determinado perfil a tentar integrar-se no grupo dos ganhadores, no partido que pareça reunir os maiores apoios.
Um segundo efeito, contrário do anterior, é um movimento de votantes que, com pena dos perdedores, e para tentar reequilibrar o resultado das sondagens, ou até vingarem-se delas, apoiam os partidos que apresentam baixos resultados nos estudos de opinião (underdog).
Há ainda uma proporção do eleitorado que tem tendência em votar naquelas forças que estejam em ascenção, qualquer que seja a sua posição relativa no espectro de candidaturas (momentum).
Por último, a divulgação recorrente de resultados de sondagens provoca alterações nos níveis de participação, levando muitos dos eleitores a absterem-se ou até a votar quando previam abster-se.
Esta é uma matéria que vem sendo estudada há anos e o que a literatura nos garante é que nos diversos actos eleitorais todos estes efeitos se complementam e contrariam mutuamente.Pelo que perdem tempo aqueles actores políticos que tentam influenciar os resultados das sondagens ou descredibilizar quem as produz e divulga.
*publicado no Clube de Matemática (Sociedade Portuguesa de Matemática): http://www.clube.spm.pt/arquivo/549

Anúncios
27 comentários leave one →
  1. Gol(pada) permalink
    29 Maio, 2011 20:55

    Pagamento em duplicado.
    .
    “O Ministério da Educação está a pagar rendas à empresa pública Parque Escolar pela ocupação dos edifícios da Avenida de 24 de Julho, em Lisboa, que há três anos eram sua propriedade. A Parque Escolar é uma empresa tutelada pelo ME, que foi criada em 2007 para gerir um programa de modernização das escolas secundárias. Este ano, o ministério vai pagar-lhe também cerca de 50 MILHÕES de euros em rendas pelas 103 escolas que já foram objeto de remodelação.”
    .
    Alguém sabe os rostos da Parque Escolar?

    Gostar

  2. Fincapé permalink
    29 Maio, 2011 21:02

    Este post já é sobre o resultado a publicar amanhã em que o PSD está à beira da maioria absoluta?

    Gostar

  3. hajapachorra permalink
    29 Maio, 2011 22:21

    Finalmente se percebe como é que um zero consegue figurar à direita quando de seu natural devia estar sempre à esquerda:
    PSD TOMADO PELA MAÇONARIA

    1 – Há informações que as pessoas deviam ter, mas que, pela sua própria natureza, são difíceis de transmitir. É o caso das seitas secretas, em particular, da Maçonaria.

    Justamente porque são secretas, não são noticiadas na comunicação social, ou melhor, quando os jornais delas falam, raramente conseguem identificar os seus membros, porque é impossível apresentar provas inequívocas.

    Somos jornalistas que temos informação relevante sobre essa matéria, mas que, por razões óbvias, não a podemos divulgar pelos meios tradicionais e no exercício normal da nossa profissão. Apesar de todos os perigos a ela inerentes, a internet permite hoje dar algumas informações às pessoas que a comunicação social clássica não consegue.

    Enquanto jornalistas, o mais que podemos fazer pelos “leitores”, é informá-los por esta via e não desperdiçar o fruto do nosso trabalho e do nosso conhecimento.

    2 – No início do século passado, a Maçonaria teve um papel relevante em termos ideológicos.

    Preparou o golpe militar de 5 de Outubro de 1910, organizou a perseguição à Igreja , ao movimento sindical e ao Partido Socialista .

    Com a Carbonária preparou o projecto de união ibérica , simbolizado nas cores da bandeira republicana..

    Hoje, em Portugal não passa de uma seita secreta que apenas existe para conseguir promover e defender quem a ela pertence ?

    É gente que, a coberto desse secretismo, giza estratégias de acesso ao poder e de defesa e protecção dos seus membros, agredindo, sem pudor, o interesse público.

    Mas os projectos ideológicos não foram esquecidos, em especial a ” Federação Ibérica “. É preciso demonstrar que Portugal não é um país viável…

    3 – Desde que Passos Coelho subiu à liderança do PSD, a maçonaria começou a tomar conta do partido. Não temos a certeza que, ele próprio, seja da maçonaria, mas, sabemos hoje, que os principais elementos que o rodeiam pertencem a essa seita.

    O principal é o secretário-geral Miguel Relvas, cabeça de lista por Santarém. É ele, destacadamente, o principal obreiro da estratégia maçónica de assalto a este partido político.

    A súbita presença de Fernando Nobre no PSD tem justamente a ver com o facto de ele também ser da seita e com a solidariedade maçónica que deve prevalecer sobre tudo o mais.

    Carlos Abreu Amorim, que já foi da extrema-direita, do CDS, do PND (Manuel Monteiro) e agora do PSD, em boa verdade nunca foi de nenhum deles, é um peso pesado da maçonaria. Por isso, entrou inesperadamente (?) na lista de Viana.

    Feliciano Barreiras Duarte, chefe de gabinete de Passos Coelho, é igualmente da seita e, por isso, é também candidato a deputado, voltando à Assembleia da República onde, há anos, já não estava.

    Marco António Costa, Vice-presidente do PSD nacional e Presidente da distrital do Porto, é outro dos mais activos maçons. No Porto pode-se ainda contar Paulo Morais (que deverá ir para o Governo) e com Ricardo Almeida, entretanto estrategicamente colocado na Câmara de Gaia.

    O leitor já se questionou por que é que, por exemplo, Carlos Abreu Amorim, Gomes Fernandes (PS) e Paulo Morais, têm tanta penetração no JN? – Porque o pivô maçónico dentro desse jornal faz o seu trabalho – e que, admitimos, possa ser o próprio director José Leite Pereira.

    Carlos Carreiras, Presidente da distrital de Lisboa e da Câmara de Cascais, é outro dos pivôs da seita no partido laranja.

    Jorge Moreira da Silva, também Vice-presidente do PSD nacional e assessor de Cavaco Silva, e outros candidatos a deputados como, por exemplo, Emídio Guerreiro ou António Rodrigues também reforçam a equipa.

    Pedro Marques Lopes que, no Eixo do Mal (SIC Noticias) dá a cara pelo PSD de Passos Coelho (em tempos tantas vezes contra Manuela Ferreira leite), é outro dos elementos com uma função a cumprir na estratégia de assalto da maçonaria ao PSD.

    4 – A nossa investigação ainda não consegue saber com toda a certeza o trajecto de cada um dos novos elementos “independentes”, que ninguém conhece e que este “novo” Partido Social Democrata está a apresentar nas suas listas às eleições de Junho, mas, para nós, é seguro que muitos deles vão para o Parlamento (e para o Governo) no âmbito do assalto maçónico.

    5 – É este o estado em que Portugal se encontra. O partido, aparentemente, mais bem colocado para ser Governo está dominado, não pelos seus ingénuos militantes, mas por esta gente que se prepara para se servir do poder em benefício duma seita que o cidadão comum desconhece em absoluto.

    6 – Esta denúncia por e-mail é o máximo que está ao nosso alcance fazer no sentido de dar a conhecer aos cidadãos o que sabemos mas não podemos noticiar da forma clássica.

    Gostar

  4. certo permalink
    29 Maio, 2011 22:23

    Esta semana os partidos da troika que assinaram o acordo de empréstimo e prestação de contas não falaram das medidas exigentes que aí vêm, das dificuldades que vamos sentir, muito brevemente.
    Pior, de repente e às escondidas, o primeiro ministro demissionário, josé sókas, assinou uma remodelação do acordo, nas costas dos seus parceiros, que vem agravar gravemente as exigências de readequação dos serviços a uma escala inimaginável, sobremaneira exigente, que vai pôr a assembleia a trabalhar já no mês de Julho, com o primeiro ministro e o partido que daqui a uma semana as eleições ditarem, correndo-se o risco de a ganhar sócrates não haver parceiro para o assegurar e de qualquer forma, mesmo eleito passos, a formar maioria com o partido próximo, será ciclópica a tarefa, de múltiplas tarefas a realizar, em muito breve e curtíssimo tempo.
    E fica a dúvida se estaremos à altura, com quem então lá governe.
    Se não começaremos demasiado cedo a ficar para trás nos compromissos assumidos como aconteceu à Grécia.
    Mas fica cartada do inginheiro sócrates, da assinatura de remodelação dos prazos e datas, sem dar troco aos parceiros, autêntica bomba já despotelada, atirada às costas dos adversários, traiçoeiramente.
    E o problema que se põe é se os portugueses sabem o que os espera, não sabem, e quem acham que seja mais capaz, mais apto a levar adiante o cumprimento sério do que a troika de credores impõe.
    Se sócrates, queimado lá fora e portas adentro, por tudo o que fez e o que não foi capaz, se passos, aliado a portas, por mais responsáveis, aparentemente, incógnita de peso para que os portugueses não estão preparados, como os assinantes parecem saber.
    Esta a lenga-lenga, digamos assim, do mais interessante do comentário do Dr Marcelo, hoje, na TVi.
    Do que resta a esperança que talvez a Europa entenda, não tarde, que a melhor equipa para nos arbitrar há-de vir de fora, de gente honesta, dada a gerir as contas de um país com a visão séria, austera, do cumprimento de um dever prestado, não a qualquer seita, família ou partido, mas ao bem comum.

    Gostar

  5. certo permalink
    29 Maio, 2011 22:46

    Ora, e a ser o que aí tece hajapachorra, é questão de calma, de não se entrar em stress, se a maçonaria governa a esse tempo e lá mude de cara, de forma que a gente não pasme de sempre as mesmas figuras, sabido que a seita não vai ser pior do que até aqui já foi e há quase um século, parece, não se renovou.
    De qualquer maneira, uma seca, é o que ouvi já dizer a muito boa gente que, curiosidade, decidiu lá passar e não achou mais tédio grande, alheio aos comuns mortais.

    Gostar

  6. BST permalink
    29 Maio, 2011 23:19

    Hajapachorra: o site do PSD está em brasilês a imposição da ortografia brasileira é um bom indício de haver maçonaria por perto. É mau que assim seja.

    Gostar

  7. 29 Maio, 2011 23:22

    O “hajapachorra” é um spin do PS.
    A linguagem, a estratégia, o modo lembram o texto do GOV no inicio do processo Casa Pia.
    A estrutura é a mesma.
    A ataque ao JN , à Maçonaria.
    É a mesma habilidade.
    É um texto de contrra-informação do PS.

    Gostar

  8. 29 Maio, 2011 23:27

    Onde no comentário anterior escrevi “GOV” deve ler-se “GOVD”, de fácil localização na net,

    Gostar

  9. Leme permalink
    29 Maio, 2011 23:29

    Se calhar, no meio de tanta ignorância em que Portugal concreta e infelizmente se afunda, até a Sociedade Portuguesa de Matemática deixou de se dedicar ao estudo da Filosofia e da Matemática que lhe é própria e passou a ocupar-se de jornalismo, ainda por cima, rasca.

    Gostar

  10. Lionheart permalink
    29 Maio, 2011 23:29

    Não acredito que vá haver uma vaga de última hora para reforçar o partido que vai na frente. O que está feito, feito está. A maioria vai mesmo abster-se, mas não gosta de o admitir nos inquéritos. Nas eleições legislativas e autárquicas a abstenção situa-se quase sempre entre os 35 e os 40%. Na última sondagem da SIC, 29% dos inqueridos ou não quiseram colaborar ou disseram logo que não iam votar. 21% disseram não saber em quem votar, o que soma 50% de inqueridos sem indicar o sentido de voto. Por isso penso que o PSD também não tem muito mais por onde subir, porque não é previsível que todos os “indecisos” votem PSD.
    .
    Nem sequer os social-democratas acreditam numa maioria absoluta. Acreditam tanto nisso como o Paulo Portas acredita que pode ser Primeiro-Ministro. É uma retórica para marcar terreno para depois das eleições. Para a relação de forças que vai haver no governo e a história dos 10 ministérios de Passos Coelho deve ter muito mais a ver com isso do que com quaisquer ganhos de eficácia e poupança. Além disso, na última semana, o PSD vai estar essencialmente preocupado que o CDS não cresça demasiado, porque se isso acontecer é um sarilho muito grande para Passos, que vai ter de se haver com o monte de ressabiados do PSD que não entrarem para o Parlamento em detrimento do CDS. O PSD devia ter-se preocupado em ganhar votos ao centro, em captar o eleitorado desiludido que se perdeu para a abstenção, mas com uma campanha desorganizada e uma mensagem errática, para além de não poder recorrer ao “suborno” do eleitorado que é habitual nos partidos do centro, por causa da “bancarrota” do Estado, não é suficientemente atractivo para conseguir obter uma vitória folgada, mesmo que fora da maioria absoluta. O PS e o PSD estão reduzidos aos seus núcleos duros de votantes.
    .
    E por aqui se vê a asneira de não ter havido uma coligação de centro-direita para as eleições. Teria havido uma união de esforços, uma mensagem totalmente direccionada para atacar Sócrates, o PS e toda a esquerda, em vez de PSD e CDS se marcarem um ao outro. O PSD, que é uma sombra do grande partido que já foi, devia ter reconhecido que com Paulo Portas o CDS é uma realidade política que veio para ficar e que hoje em dia o eleitor CDS não é sensível aos apelos do voto útil, porque é um eleitor assumidamente de direita e que se revê nas bandeiras e na mensagem do CDS e não vê nenhuma mensagem (ou pelos menos vê-a sempre a mudar…) da parte do PSD. Não chega mandar o Sócrates embora. E depois? Faz tendo o sentido começar a pensar na união do PSD e do CDS e na criação de um grande partido de centro-direita que junte a implantação popular e nacional do PSD à doutrina e competência técnica e política dos quadros do CDS. É notável o que Paulo Portas fez no CDS em dez anos, com pouco financiamento (tem menos recursos financeiros que o Bloco o que é curioso…) e pouca militância. Só não vê quem não quer. Em contra-partida o PSD tem sido um partido perdido, com lideranças em mudança permanente, a perder quadros, e ainda por cima tendo tido quase sempre o líder em funções fora do Parlamento. A relação de forças no centro-direita mudou para sempre. Quem não entende isso, anda a enganar-se.

    Gostar

  11. A. R permalink
    29 Maio, 2011 23:36

    O Bochechas maçónico e o lelo Lello, malcriado como uma varina da Póvoa, hoje apareceram a tentar salvar o sókas já que a comunicação social não sabe o que mais pode fazer por ele. O homem definha a olhos vistos, os pavilhões também, a cassete já perdeu o crómio e os autocarros vão gripar em tanta correria. Até os tractores de barreirinhas Cunhal andavam menos atafulhados.

    Gostar

  12. 29 Maio, 2011 23:57

    O PS está cheio de dinheiro para montar todo o circo e pagar a spins para lançarem a confusão, aproveitando a crendice e a ignorância ainda reinante.
    O PS está cheio de dinheiro para fazer contra-informação em todo o lado, mesmo nos blogues.
    Quando a corrupção grassa alguém tem a massa….
    Enquanto o Povo definha à fome.
    Não tenho muitas duvidas de quem é fisicamente o “hajapachorra”, um avençado do PS para estas manobras.

    Gostar

  13. Leme permalink
    30 Maio, 2011 01:24

    Se os Portugueses de gema – além do PSD e do CDS, porque há mais gente – disserem bem alto as verdades e achincalharem essa esquerda suja, mal cheirosa e nojenta, se os desmascararem todos, e disserem bem claras as verdades todas, a Direita e os partidos decentes – CDS e PSD – ganham as eleições e ganha Portugal.
    Não se podem usar palavras gentis para chamar aos esquerdóides de estúpidos e idiotas, ladrões com todos os dentes e ignorantes que querem fazer fingir que o Povo é instruido a copiar o mariconço do Sócrates. O Povo sabe bem o que é Cultura tal como sabe avaliar a que tem. Por isso se ri dos fingidos que estão no governo, a quem não tem respeito nenhum.
    O Povo tem que saber e ter como garantido que há quem o respeita e o defende.

    Gostar

  14. Arlindo da Costa permalink
    30 Maio, 2011 01:29

    Há muita marosca nas sondagens.
    Todas elas apresentam sistematicamente o PS e o PSD, assim como os seus líderes, em posição de empate, quando a verdade concreta dos factos diz que há muito Sócrates descolou das sondagens e o Sr. dos Passos já nem aparece na última curva.
    De facto há muita manipulação, pois as «sondadeiras» e as empresas «jornaleiras» querem é vender o produto à palonçada.
    Por mim até podiam meter todas essas sondagens no olho do cú!
    Ao Arlindo não enganam. Eu sei muito bem como é que se «faz» sondagens….
    Se ASAE ou a ERC soubesse!…

    Gostar

  15. licas permalink
    30 Maio, 2011 09:24

    Passou-se o epsódio à menos de meia hora.
    Estava eu a tomar o pequeno almoço na leitaria do bairro quando inrrompe pela porta
    uma *cavalheira* de meia idade , o mais exuberantemente vestida, com o dorso e a pança
    à mostra, de chapéu, sacudidona, e abord-me:
    __Quer dar-me um minuto?
    __Não, respondi.
    __Vai votar?
    __?
    __Está no direito de não responder. . .
    __?
    Depois, vira-se para uma vizinha, numa mesa ao meu lado.
    __Vai votar?
    __Tem alguma coisa com isso? Oiça lá porque tem aí os propectos com a cara de Sócrates?
    Olhe, vou votar no Paulo Portas!
    _____
    Continuei em silêncio a ler o CM . . .
    CONCLUSÃO: AS *RATAS* ANDAM ASSANHADAS . . . cuidado que podem transmitir VÍRUS.

    Gostar

  16. 30 Maio, 2011 09:50

    o efeito-que-me-surpreendeu:
    o prof. marcelo já não dá só DEZ por cento de probabilidades de vitória para sócrates, mas já TRINTA por cento…
    persignei-me e rezei 3 avé-marias: MIRACOLO!

    Gostar

  17. eirinhas permalink
    30 Maio, 2011 10:47

    Não só as sondagens influenciam o voto,o anúncio de mau tempo também.Ainda esta manhã ouvi o António Macedo da rdp a anunciar muita chuva.Para sorte nossa os turistas ainda estariam a dormir a essa hora se não lá iam todos embora.Para azar nosso na Grabretanha amanhece mais cedo!

    Gostar

  18. Centrista permalink
    30 Maio, 2011 11:05

    Arlindo da Costa,
    Também anda a usar as sondagens dos caracóis?
    Recomendo-lhe antes ver quanta gente vai aos comícios de um e de outro partido. E quem paga para ter lá gente vs. quem cobra pelos jantares e mesmo assim enche. Nem o Mário Soares conseguiu este fim de semana manifestar apoio a Sócrates. É sinal de que já sabe que as eleições estão perdidas. Se as sondagens estão marteladas, é a favor do Pinocrates.

    Gostar

  19. Centrista permalink
    30 Maio, 2011 11:07

    hajapachorra, porque é que a investigação versa sobre o potencial futuro governo e não o governo actual. É que é bem sabida a quantidade de maçons que por lá andam. Se só conseguiram esses no PSD, são até muito poucos.
    Isso cheira-me a texto de contrainformação encomendado pela ala maçónica do PS. Tenha o cuidado de não andar a fazer favores a quem anda nessas seitas.

    Gostar

  20. José Pinto Basto permalink
    30 Maio, 2011 13:45

    A gente já semos glandinhos pla ile em glupadas…

    Gostar

  21. José Pinto Basto permalink
    30 Maio, 2011 14:12

    Os socialistas sao comunistas.
    Os socialistas são dissidentes do comunismo, ambos têm de raíz a mesma essência.
    A Alemanha Democrática era comunista, era tudo menos democrática, as pessoas que queriam saltar o muro eram assassinadas, não me consta que às pessoas que queriam ir para lá acontecesse o mesmo…
    A União Soviética era comunista, tinha na sua sigla Socialistas, a União Soviética acabou, os comunistas não, mudaram de pele, os socialistas são isso.

    Gostar

  22. Arlindo da Costa permalink
    30 Maio, 2011 18:27

    O PSD tem mais comunistas do que o PCP e o BE juntos.
    Ainda me lembro da cara de muita gente que está no PSD e que andavam no PREC em 75.
    Nãos os vi na Fonte Luminosa nem a lutar nas ruas contra o COPCON e o gonçalvismo!

    Gostar

  23. 30 Maio, 2011 20:07

    Está em andamento a absolvição de Sócrates e capangas.:
    http://mentesdespertas.blogspot.com/2011/05/culpa-solteira-da-bancarrota.html

    Gostar

  24. licas permalink
    30 Maio, 2011 21:03

    eirinhas
    Posted 30 Maio, 2011 at 10:47 | Permalink
    Não só as sondagens influenciam o voto,o anúncio de mau tempo também.Ainda esta manhã ouvi o António Macedo da rdp a anunciar muita chuva.Para sorte nossa os turistas ainda estariam a dormir a essa hora se não lá iam todos embora.Para azar nosso na Grabretanha amanhece mais cedo!
    __________________

    SÓ TEMOS UMA SAFA _________NÃO SABEM PORTUGUÊS . . .

    Gostar

  25. licas permalink
    30 Maio, 2011 21:11

    Voltei o Café: vim a saber que a fã do PP é mesmo comerciante:
    UMA PEIXEIRADA POR UMA PROFISSIONAL . . .
    (E EU SAÍ -_______*DE FININHO* . . .)

    Gostar

  26. Zegna permalink
    30 Maio, 2011 23:24

    As sondagens são feitas de maneira agradar ao povo ………apresenta-se uns valores e os otários engolem. PS e PSD estão na luta dizem as sondagens……….para mim é pura treta , o PS já desistiu e quer é ver o PSD e o CDS com a Troika ás costas . Só espero que o povo vote e os tipos da geração rasca vão votar para ao menos escolherem alguma coisa……..é que nas ultimas eleições ficaram em casa de ressaca…….

    Gostar

Trackbacks

  1. Sondagens e eleições « Fala Ferreira

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: