Saltar para o conteúdo

Reedição da brigada do reumático

23 Outubro, 2011
by

Muita gente embirra com Vasco Lourenço. Eu não. Aprecio a autenticidade. E não há dúvida que o “capitão de Abril” é aquilo que parece ser.

Por isso, ou sobretudo por isso, não é possível ignorar as suas declarações de ontem. Por ordem: a) vai haver revoltas populares; b) vai haver repressão; c) os militares devem recusar ordens se forem mandados para “a repressão”; d) está em curso uma revolução de extrema-direita; e) resistir por todos os meios a uma revolução de extrema-direita não é fazer uma revolução que passe pela insubornição dos militares.

Vasco Lourenço deve ter hoje sensivelmente a mesma idade que tinham os generais da “brigada do reumático” que, pouco antes do 25 de Abril, foram genuflexar em frente de Marcelo Caetano. Os de então queriam manter o insustentável: a gerra colonial. Os de hoje, com Vasco Lourenço à frente, querem impedir o inevitável: uma mudança nos nossos modos perdulários de vida. Quero crer que os passadistas de hoje não terão mais êxito do que os passadistas de então.

PS – Post corrigido à 18h45

Anúncios
72 comentários leave one →
  1. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 15:32

    « uma mudança nos nossos modos perdulários de vida»
    .
    Chega a ser comovente; este senhor é uma anedota.

    Gostar

  2. Martins permalink
    23 Outubro, 2011 15:35

    É impressão minha ou a direita está com receio dos militares? Este seu post, outros que já li em blogues de direita e as dclarações hoje do ministro da defesa levam-me a concluir que há intranquilidade para esses lados. Será a consciência pesada?

    Gostar

  3. 23 Outubro, 2011 15:47

    Esse gajo, com quem a inteligência se recusa a ter qualquer tipo de contacto, esteve calado que nem um rato durante todo o socratismo.
    Acordou agora, depois de dormir tanto como quando perdeu o pelotão na Guiné…
    Só com um pano encharcado nas ventas.

    Gostar

  4. A. R permalink
    23 Outubro, 2011 15:48

    Está gordo, deve ter uma boa reforma e tem a mania que isto é dele.

    Gostar

  5. 23 Outubro, 2011 15:51

    “querem impedir o inevitável”

    Cortar dois subsídios mais os 5-10%, tudo ao mesmo tempo era perfeitamente evitável. Foi uma opção estritamente política, sem qualquer aviso nos programas eleitorais ou de governo, pelo que até a legitimidade democrática lhe falta. As consequências virão e quem defende estas medidas (PSD e CDS) ou se abstém perante elas (PS) deve ser responsabilizado por essas consequências.

    Gostar

  6. 23 Outubro, 2011 15:52

    Sou muito novinho nunca ouvi falar deste senhor, quem é?

    Gostar

  7. Carlos permalink
    23 Outubro, 2011 16:06

    Então pá, não conheces o Vasco pá? O pá, capitão de abril, pá?

    Gostar

  8. 23 Outubro, 2011 16:08

    Lamento que este senhor só agora veja uma cambada de mentirosos.Esteve emigrado há tempos atrás?Tal como o senhor vigário das FA,também nunca dei pela presença dele noutros tempos!Todavia,não obsta a que reconheça que um e outro tenham razão no que dizem,porque considero que as medidas que o governo acaba de tomar são duma arrogância nunca vista por me paracer deixar um ferrete de malandros nos funcionários públicos, (atente-se no que diz o Mexia,que ganha mais do dobro que devia, que os seus funcionários não vão sofrer os cortes porque desempenham cabalmente a sua missão),e,é meu entendimento,não mediu as consequências do que poderá vir a acontecer com a divisão dos portugueses entre bons e maus.

    Gostar

  9. A. Trigueiro permalink
    23 Outubro, 2011 16:14

    Ó JMF57 tenha juízo, que já tem idade para isso…

    O Vasco Lourenço não teve nada a ver com o golpe das Caldas. Isso foi obra dos Spínolistas , para se anteciparem às acções que estavam a ser preparadas pelo MFA.

    Na sequência desse golpe, o Vasco Lourenço foi deportado para os Açores e muitos outros participantes das reuniões do MFA foram também transferidos, na vã tentativa de enfraquecer o MFA.

    Porque raio quer você falsificar a história ?

    Gostar

  10. 23 Outubro, 2011 16:15

    “uma mudança nos nossos modos perdulários de vida”. O JMF fala, certamente, por si. Quanto aos portugueses, não deixaram de ter dos salários mais baixos da Europa e uma das maiores (ou até a maior) diferenças de riqueza do velho continente. Pior: as medidas agora anunciadas (e que o JMF parece apoiar), nada alteram ao que de mal existe na nossa administração e, sobretudo, na nossa economia. Por isso, se alguém se agarra a um modelo caduco, parecendo os velhos generais que foram beijar a mão do Marcelo, não são, certamente, os que dizem que não é por aqui.

    Gostar

  11. A. R permalink
    23 Outubro, 2011 16:20

    “Vasco Lourenço foi deportado para os Açores” Ui… coitadinho

    Gostar

  12. Patrício permalink
    23 Outubro, 2011 16:21

    Modos perdulários de vida…? Então foi por isso que tivemos de pedir emprestados 78 biliões de euros à troika? Tem piada. Nunca pensei que a culpa fosse minha, eu que não devo um tostão a ninguém. Estava convencido que fosse por causa do BPN, das PPP e outras dívidas criadas pelo Sócrates e companhia. O que nos vale é o JMF para nos explicar tudo explicadinho.

    Gostar

  13. Zebedeu Flautista permalink
    23 Outubro, 2011 16:52

    Ao contrario da direita salazarenta que tinha uma ideia de pátria, de nação, do interesse nacional esta corja ultra liberal só presta vassalagem aos mercados.
    Quem os teve no sitio para correr com os comunas e evitar que fossemos alegremente rumo a uma nova Albânia não pode ficar calado. Muita gente a estrabuchar contra o homem muito lhe deve.
    A táctica manhosa do governo de dividir para reinar é uma realidade. O embuste perpetrado nas eleições é outra realidade. Nunca em tão pouco tempo e com tanta velocidade as promessas eleitorais foram defraudadas.
    É óbvio que as declarações são exageradas e não estamos no Egipto. Nem o companheiro Vasco vai pegar num tanque em direcção ao Terreiro do Paço.
    No entanto se a classe média se cala e come o que lhe dão como uma inevitabilidade que ninguém duvide que vai arcar com todo o custo económico e social das reformas necessárias na Nação.
    Já diz o povo quanto mais um gajo se agacha mais o cu se lhe vê!

    Gostar

  14. SRG permalink
    23 Outubro, 2011 16:54

    O “Quisto Sebáceo”, na feliz alcunha que a saudosa Vera Lagoa o classificou há já alguns anos , ainda não interiorizou depois de tantos anos, que o país não pode continuar a ser um manicómio e a sustentar calaceiros e revolucionários de pacotilha como o sr. Vasco Lourenço, e seus apaniguados.
    Temos que lembrar a este sujeito, que no tempo actual , as sinecuras e as benesses que sempre foram prodigalizadas aos vários sectores militares que saíram do activo, e especialmente aos do pós-revolução, não podem ser ad eternum.
    Estes senhores têm que sofrer na pele os mesmos problemas que toda a massa anónima sofre.
    Onde andava o Sr. Vasco Lourenço mais os seus camaradas nestes anos todos em que o país se afundou, e cuja indignação esteve ausente, sem que viesse a terreiro denunciar os atropelos de governações irresponsáveis que nos levaram inexoravelmente para o abismo ? A vida sempre lhe correu de feição, pois claro.
    SRG

    Gostar

  15. J.J.Pereira permalink
    23 Outubro, 2011 17:24

    Tropa fandanga, e está tudo dito.

    Gostar

  16. Manuel permalink
    23 Outubro, 2011 17:43

    Só é perdulário quem pode e que tem salários ou rendimentos para isso ! Então, e com certeza, quem assim pensa é porque está naquela condição. Logo é perdulário.

    Gostar

  17. Manuel permalink
    23 Outubro, 2011 17:49

    Só é perdulário quem pode e quem tem salários e rendimentos para isso. Ora, quem faz afirmações destas chamando perdulários a todos os que se opõem a certas políticas é porque está naquela condição. Logo é, com certeza, perdulário.

    Gostar

  18. lucklucky permalink
    23 Outubro, 2011 17:51

    Chegou aqui a brigada dos viveram dos empréstimos e não querem pagar.
    Os Vasco Lourenços não abriram boca quando os milhares de milhões de empréstimos vinham.
    Julgavam que era dado?
    .
    “Quanto aos portugueses, não deixaram de ter dos salários mais baixos da Europa”
    – E? se não produzem para mais? Muito do que têm hoje é mais alto do que merecem, porque foi feito com dívida.
    .
    -“Modos perdulários de vida…? Então foi por isso que tivemos de pedir emprestados 78 biliões de euros à troika? Tem piada. Nunca pensei que a culpa fosse minha, eu que não devo um tostão a ninguém.”
    .
    – Eu também queria que a dívida ficasse com a quem a realizou. Infelizmente os políticos têm todo o poder económico. Porque especialmente a esquerda do Vasco Lourenço e não só assim o quis.
    .
    Que tal fazermos uma lei os políticos não podem pedir empréstimos em nosso nome?
    Agora…
    …pergunte à Esquerda a do Vasco Lourenço e as outras e à Direita Soci@listas qual a opinião sobre esta simples medida que teria impedido o que aconteceu.
    .
    “Cortar dois subsídios mais os 5-10%, tudo ao mesmo tempo era perfeitamente evitável.”
    -Ainda mais cortes vão chegar mas você ainda não percebeu porque não se interessa por fazer contas.
    Se soubesse descobriria que o Estado continuará a pedir emprestado 12-13% do que gasta.
    Mas como a maioria preferiu deixar os políticos à solta.
    Que tal todos os Portugueses começarem a ler o Orçamento?
    Só tem 100% razão numa coisa: as promessas eleitorais. Como a subida de IVA de 15% para 17% para 19% para 21% para 23% nunca nenhum partido o prometeu em campanha.

    Gostar

  19. Luis Moreira permalink
    23 Outubro, 2011 17:51

    Sou amigo de infância de Vasco Lourenço por isso estou à vontade para dizer. O Vasco exagerou, mas é tão lícito o governo tomar as medidas que entende como o Coronel tecer as críticas ao que passa. Mas claro, ninguém se esquece de Sócrates e do seu quero, posso e mando e que nos trouxe até aqui.

    Gostar

  20. licas permalink
    23 Outubro, 2011 17:59

    O Vasco Lourenço (Quisto Sebáceo) era , ou ainda é, um Floricultor
    mais ou menos de sucesso (o que na Tropa não conseguiu ser, e na Política
    é o que se sabe). Vir agora augurar uma Revolta da Direita está bem de acordo
    com a inteligência do Profeta: ZERO.

    Gostar

  21. Manuel permalink
    23 Outubro, 2011 18:01

    Sempre fui contra Sócrates ( ver blog amplitudes.blogs.sapo.pt). Felizmente também não tenho dívidas, mas que contribuiu para o endividamento de muitos cidadão foi a banca que com promovia o endividamento das pessoas com a publicidade. Mas o endividamento maior (dos perdulários) foi para aquisição de casas para habitarem (concordo que por vezes acimas das pessoas de alguns), mas não havia solução! Só se as pessoas fossem viver para debaixo da ponte o que infelizmente este tipo de sociedade criou.

    Gostar

  22. Francisco Colaço permalink
    23 Outubro, 2011 18:01

    É engraçado que aqueles que nos levaram em quatro anos a pedir ajuda ao FMI (de 74 a 78) tenham o impudícia de mandar postas de pescada sobre o que deve ser a economia.
    .
    Pelo menos a constituiçãozona que aprovaram não nega a ninguém o direito de ser um completo idiota. Apraz-me ver que o Vasco Lourenço e metade da esquerda o aproveita na plenitude.

    Gostar

  23. Beirão permalink
    23 Outubro, 2011 18:34

    Bom, sabe-se que o sujeito Vasco Gonçalves é um bebelolas e que, como bebelolas, diz um monte de asneiras a que ninguém, com um neurónio funcional, liga patavina.
    Mas os disparates e as baboseiras também têm um limite, e este traste acima referido, ultrapassou-o ao rosnar, com aquele ar alucinado de bebedolas, que o poder foi assaltado por um bando de mentirosos.
    Eu cá, julgava, juro que julgava, que, em democracia, o poder se alcançava pelo voto nas urnas.
    Por outro lado, este Gonçalves, bem como um outro sujeito, igualmente vermelhusco e desbocado, o eterno Bispo das FA, de nome Torgal não-sei-quê, por onde andaram estes dois ilustres cavalheiros, durante os anos em que Sócrates e o seu bando deram cabo do país, levando-o à bancarrota e os portugueses à miséria, que nunca se lhes ouviu um pio a denunciar as políticas crimonosas desses governos socialistas?

    Gostar

  24. tric permalink
    23 Outubro, 2011 18:48

    qualquer tomada ou tentativa de tomada do Poder por parte dos militares, que não seja liderada pelo Chefe Estado Maior da Forças Armadas e pelos Chefes dos três ramos das Forças Armadas deve ser imediatamente esmagada…

    Gostar

  25. Beirão permalink
    23 Outubro, 2011 18:51

    A.Trigueirosdas 16.14.
    Onde foi este gajo buscar a ideia peregrina de que o golpe das Caldas, que antecedeu a abrilada do ’25/4′, foi obra Spinolista?
    A gente ouve cada bacorada desta corja nojenta, de mentirosos compulsivos, que só mesmo com um pano encharcada de merda nas trombas destes esquerdalhados sem pingo de vergonha e decência no focinho.
    Veja-se a coisa: o Spínola faz o golpe das Caldas e, depois, os Vascos Bêbados Gonçalves é que foram deportados para a Terceira e São Miguel…
    Porreiro, não é, pá!

    Gostar

  26. Fredo permalink
    23 Outubro, 2011 18:53

    « uma mudança nos nossos modos perdulários de vida»
    .
    Não fosse eu tão perdulário e o BPN nunca teria chegado onde chegou, apesar de nunca ter tido 150% de mais valias. A CP, o Metro de Lisboa, o Metro do Porto, a Madeira, as Parcerias Publico Privadas, as reformas milionárias, por vezes acumuladas, de quem esteve na política meia dúzia de anos, os presidentes, os vogais, os isto e aquilo de todos os organismos tipo Instituto de tudo e mais alguma alguma coisa, são culpa minha. Puta que pariu todos os geniais comentadores que andam a repetir essa frase. Como se diz popularmente aqui no Norte: ide-vos foder.

    Gostar

  27. Monti permalink
    23 Outubro, 2011 18:56

    « uma mudança nos nossos modos perdulários de vida»…Zazie.
    “Nossos?”,
    ou dos nossos amados líderes que andaram pelos ministérios e no Circo de S. Bento?
    Nosso, da plebe ou dos pensionistas vulgares,
    ou dos políticos construtores de autoestradas sem carros?

    Gostar

  28. Arlindo da Costa permalink
    23 Outubro, 2011 18:57

    É óbvio para todos que as Forças Armadas deram um aviso.
    A situação vai piorar objectivamente.
    É muito provável que as Forças Armadas venham para a rua socorrer o povo e as populações.
    As Forças Armadas não são a segurança privativa de meia dúzia de grupos económicos e financeiros que através da ra+ina fiscal estão a explorar e a humilhar os portugueses.
    Além do mais, a defesa da Pátria Portuguesa é obrigação das nossas Forças Armadas, e claro que não podem contemporizar com um governo que está a obedecer a interesses meramentte estrangeiros.
    Se o Sr. JMF1957 tivesse cumprido serviço militar, e não tivesse gritado «nem mais um soldado para as colónias», certamente compreenderia que a honra dum militar não é uma batata nem se compadece com a «moral» da corja ideológica que pretende «governar» o país.
    Espero que sejam as Forças Armadas Portugueses a limpar a Honra, a Tradição, a Independência e a Dignidade do Povo Português!

    Gostar

  29. João Santos permalink
    23 Outubro, 2011 18:58

    Modos perdulários de vida! Ahahahahahahahaha.
    Isso vem do primeiro grão de pimenta, dos negros traficados, do ouro, do diamante, do açúcar e de todos os recursos ALHEIOS que engordaram a mesmíssima elite incompetente, bronca, ostentatória, pedante e convencida e que NUNCA FOI CAPAZ de tirar o país da cêpa torta. Atirar com tudo isso para apenas três decénios é apenas mais um acto de branqueamento dessas elites e de ignorância da história, bem típicos dos valets de chambre que essa gente nunca deixou de ter. E atirar com tudo isso para os últimos quatro anos só serve mesmo para uma enorme GARGALHADA!

    Gostar

  30. esmeralda permalink
    23 Outubro, 2011 18:59

    Exactamente: esteve tão calado até agora! Como muitas outras vozes “iluminadas” que temos ouvido nestes poucos meses. Onde estiveram quando nos andavam a atirar para o fundo, caramba!? Querem mesmo fazer das pessoas estúpidas?! Parece que tanto buraco, tanto despesismo, tanta dívida acumulada foi coisa destes últimos meses! Miguel Torga, no seu Diário XV, de anos atrás já dizia: “Portugal. Foi a procurar entendê-lo que compreendi alguma coisa de mim. As pátrias (digo eu, as pessoas) são espelhos gigantescos onde se reflecte a pequenez dos filhos. À nossa medida herdamos-lhe a dimensão. E a singularidade… Descobri mundos e ando repartido por eles. Tenho oitocentos anos de idade e pareço uma criança.”

    Gostar

  31. 23 Outubro, 2011 19:01

    Ler isto escrito por um fulano que não foi à guerra, que queria meter os fascistas no Campo Pequeno, que foi chefe de redação da A Voz do Povo, dá-me vontade de rir.
    Como contorcionista é dos melhores…

    Gostar

  32. Pável Rodrigues permalink
    23 Outubro, 2011 19:07

    Este vídeo vale mesmo a pena. (Sem compromisso com o lado esotérico que “emana” do blog):
    http://carlospacodarcos.blogspot.com/2009/08/138-canal-5-vasco-lourenco-o-general-de.html

    Gostar

  33. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 19:08

    Monti
    Posted 23 Outubro, 2011 at 18:56 | Permalink
    .
    « uma mudança nos nossos modos perdulários de vida»…Zazie.
    “Nossos?”,
    .
    ………………………………………..

    Monti: V. não sabe ler? não viu que isso é uma citação do JMF 57 e eu comentei-a como uma anedota.

    Gostar

  34. 23 Outubro, 2011 19:08

    E.T.: E já agoraachei piada que o informad+íssimo JMF tivesse escrito originalmente:
    “E não há dúvida que o “capitão de Abril” que se antecipou para Março, quando saiu inopinadamente das Caldas a caminho de Lisboa, é um aquilo que parece ser.”
    Ahn! Zé Manel, essas fontes todas trocadas, pelos vistos não aprendeu nada com a história das escutas…

    Gostar

  35. jones permalink
    23 Outubro, 2011 19:10

    “nossos modos perdulários de vida”
    engraçado..
    esta teoria morbida só não explica porque as politicas estruturalmente continuam todas na mesma. tgvs, barragens, fundaçoes, rotundas e empregos para os amigos com ou sem 13º mês….O que é preciso é penar..
    também na idade média os crentes estavam sempre em dívida, e tinham de se penitenciar todos os dias. Assim são estes acólitos dos mercados para quem a plebe é sempre culpada a menos que seja escrava. é o culto do cilicio financeiro.

    Gostar

  36. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 19:11

    Está em itálico, entre aspas, a seguir eu digo que até é comovente se não fosse anedota e este ainda julga que fui eu que disse…
    .
    Não leu a treta do post?
    .
    É no que dá um revolucionário quando passa a serventuário. Este agora anda a vender o programa da penúria como um castigo bem aplicado a um povo culpado por viver que nem nababos.
    .
    Há gente capaz de se vender por qualquer coisinha e depois nem se enxergam nas tristes figurinhas que fazem.

    Gostar

  37. João Santos permalink
    23 Outubro, 2011 19:12

    A tropa a sair da parada e o fachistério caseiro a grunhir com força. Pensam que vão cavalgar este povo indefinidamente? Que são por cá muito brandos os costumes? E o traidor que defenestraram? E o rei a quem limparam o cebo?
    Cuidado senhores instalados e respectividos empregadotes enpoleirados nos seus audis e atrelados aos retrievers.
    Os reinóis vão pagar por este esmagamento e nem os cães de guarda não serão poupados!

    Gostar

  38. Nuno permalink
    23 Outubro, 2011 19:13

    O Vasco Lourenço, também conhecido por Vasco de Melena e Pá, não é senhor nem gajo de má qualidade.
    Não conheço o quisto sebáceo mas um dia, estava eu a jogar um torneio no CBL, sentou-se o idiota na minha mesa sem cumprimentar nem responder à saudação que lhe foi feita. Eu e o meu parceiro levantámo-nos e dirigimo-nos ao árbitro para lhe dizer que nos recusávamos a jogar com aquele imbecil e abadonámos a sala. Parece que a coisa deu bronca.
    Ficámos com a sensação de que ficámos limpos.
    Depois, semprr que voltei ao CBL o cabeça de abõbora não estava lá.
    Agora não sei. Saí de Portugal e tipos como ele não têm entrada onde estou..

    Gostar

  39. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 19:21

    Já desapareceu o golpe das Caldas

    Gostar

  40. 23 Outubro, 2011 19:22

    LL:
    Os portugueses não produzem para mais? Só para permitir os escândalos do BPN, do BPP, parcerias e do que mais se vai sabendo, tiveram que produzir muito. Embora isso lhe seja difícil imaginar, há quem faça muito mais do que debitar palpites sobre uma política de que, na realidade, se demite.

    Gostar

  41. Nuno permalink
    23 Outubro, 2011 19:26

    Na tropa só os caguinchas, que eram poucos, gritaram <nem mais um soldaado para o Ultramar!». Esses e os "oficiais" corporativos a fazer o jogo dos comunas
    Foram esses bandidos que deram cabo do País e teve como resultado a miséria – em todos os sentidos – a que o País chegou.

    Gostar

  42. A C da Silveira permalink
    23 Outubro, 2011 19:32

    O Vasco Lourenço nunca se destacou pela sua inteligencia. É um imbecil! Alinhou-se com o Grupo dos Nove, a facção vencedora do 25 de Novembro de 1975, foi do conselho da revolução que contribuiu para prolongar o PREC por mais 10 anos, depois alinhou-se com o PCP, e agora já defende as posições do BE. Este pote da banha quer continuar a viver à grande e os pacovios a pagar.
    Eu fui militar miliciano antes e depois do 25/4, em Angola. Quem fez a guerra, quem morreu e ficou ferido e estropiado, salvo raras excepções, foram os milicianos, não foi esta corja militar profissional que continua a sentir-se no direito de ter todos previlegios à nossa custa.
    Já agora duas perguntas: 1ª No que é que ocupam o tempo que passam nos quarteis , os milhares de oficiais e sargentos do quadro, principalmente os do Exercito?
    2ª Sabem quanto custa uma refeição ou uma dormida nas Messes de Oficiais ou de Sargentos, que são a maior parte delas autenticos hoteis de 4 e 5 estrelas, pagas com o dinheiro dos nossos impostos?
    Vão perguntar ao Vasco Lourenço, que ele deve saber.

    Gostar

  43. licas permalink
    23 Outubro, 2011 19:59

    João Santos
    Posted 23 Outubro, 2011 at 18:58 | Permalink
    Modos perdulários de vida! Ahahahahahahahaha.
    Isso vem do primeiro grão de pimenta, dos negros traficados, do ouro, do diamante, do açúcar e de todos os recursos ALHEIOS que engordaram a mesmíssima elite incompetente, bronca, ostentatória, pedante e convencida e que NUNCA FOI CAPAZ de tirar o país da cêpa torta. Atirar com tudo isso para apenas três decénios é apenas mais um acto de branqueamento dessas elites e de ignorância da história, bem típicos dos valets de chambre que essa gente nunca deixou de ter. E atirar com tudo isso para os últimos quatro anos só serve mesmo para uma enorme GARGALHADA!
    __________________
    ORA PORRA, essa de ir até ao Afonso Henriques é de CRÁPULA!!!
    O que é facto: Em poucos anos o José Sócrates (para si e para os camaradas)
    DUPLICOU O DÉFICE DA NAÇÃO.
    Espero que ao criminalizar o ENREQUECIMENTO ILÍCITO o gajo seja posto a ferros.

    Gostar

  44. 23 Outubro, 2011 20:04

    «Está gordo,»
    Estão os dois. O Vasco e o José.
    Cansa o discurso do Vasco e cansa o discurso do José.
    E dou razão à Zazie, porque a mensagem do José é sempre a mesma. Notório no “perdulário”…
    R.

    Gostar

  45. licas permalink
    23 Outubro, 2011 20:14

    João Santos
    Posted 23 Outubro, 2011 at 18:58 | Permalink
    Modos perdulários de vida! Ahahahahahahahaha.
    Isso vem do primeiro grão de pimenta, dos negros traficados, do ouro, do diamante, do açúcar e de todos os recursos ALHEIOS que engordaram a mesmíssima elite incompetente, bronca, ostentatória, pedante e convencida e que NUNCA FOI CAPAZ de tirar o país da cêpa torta. Atirar com tudo isso para apenas três decénios é apenas mais um acto de branqueamento dessas elites e de ignorância da história, bem típicos dos valets de chambre que essa gente nunca deixou de ter. E atirar com tudo isso para os últimos quatro anos só serve mesmo para uma enorme GARGALHADA!
    ______________
    ESTE GAJO ao fazer remontar para o sec. XV e sequintes a imcompetência dos governantes,
    TEM UM FIM EM VISTA: Esconder que o J. Sócrates , para seu benefício e o dos camaradas,
    LEVOU O DÉFICE do País PARA O DOBRO em dois pares de anos.
    Espero que ao criminalizar o ENRIQUECIMENTO ILÍCITO o gajo e os comparsas
    sejam *postos a ferros.*

    Gostar

  46. Carlos Dias permalink
    23 Outubro, 2011 20:22

    “uma mudança nos nossos modos perdulários de vida”
    Sim, tivemos modos perdulários e ainda os temos.
    E a culpa não é só dos governantes.
    É também daqueles que os elegeram.
    Segundo a democracia foi a maioria dos portugueses.
    É bom que não reneguemos a história.
    Fica-nos mal.

    Gostar

  47. Tolstoi permalink
    23 Outubro, 2011 20:42

    Hoje é o dia de S. João de Capistrano.

    Gostar

  48. Tolstoi permalink
    23 Outubro, 2011 20:46

    O Vasco Lourenço devia ter juízo e respeitar a democracia. Existem muitos aspectos criticáveis na sociedade dos nossos dias mas o discurso de VL está nos seus antípodas, infelizmente cai sempre na reacção corporativa.

    Gostar

  49. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 20:56

    AHJAHAHAHAHA

    Essa foi genial, ó Tolstoi. E calhou mesmo no dia certo.
    .
    ò aqui o JMF/capistrano a pregar às pombinhas:
    .

    Gostar

  50. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 21:01

    Consta que vai doar o carro e mais o resto do esbanjamento ao Blasfémias, para compensar as opíparas reformas vitalícias dos políticos e mais aqueles viciosos dos contratos de PPPs e gastos com pareceres judiciais.
    .
    Nos entretantos, prega às pombinhas do povão para o imitarem na parcimónia, a bem da Nação.

    Gostar

  51. Portela Menos 1 permalink
    23 Outubro, 2011 21:06

    qual foi o ponto que jmf nao gostou?
    (…)
    a) vai haver revoltas populares;
    b) vai haver repressão;
    c) os militares devem recusar ordens se forem mandados para “a repressão”;
    d) está em curso uma revolução de extrema-direita;
    e) resistir por todos os meios a uma revolução de extrema-direita não é fazer uma revolução que passe pela insubornição dos militares.
    (…)

    Gostar

  52. Portela Menos 1 permalink
    23 Outubro, 2011 21:34

    http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2011/10/23/jeronimo-de-sousa-pergunta-onde-anda-paulo-portas
    .
    PPortas, desaparecido em combate à procura de medidas do governo, que não contrariem o seu programa e promessas eleitorais – o que vai ser difícil.

    Gostar

  53. Zebedeu Flautista permalink
    23 Outubro, 2011 21:52

    O Paulinho anda pelo estrangeiro convencido que é um novo Churchill.
    Quando regressar o Álvaro Santos Pereira já tem a espera dele uma boa dose de lítio que é para o Pires de Lima parar com as insinuações de que ele anda na ronha.

    Gostar

  54. Arlindo da Costa permalink
    23 Outubro, 2011 21:54

    Evitar que este «governo» destrua objectivamente Portugal, deve ser um desígnio patriótico das nossas Forças Armadas!

    Gostar

  55. Monti permalink
    23 Outubro, 2011 23:19

    Evitar que este «governo» destrua objectivamente Portugal, deve ser um desígnio patriótico das nossas Forças Armadas!—————–Calma Arlindo.
    Este governo de três meses ser culpado, é como aquela antiga expressão de que
    os comunistas comiam criancinhas ao pequeno almoço.
    As FA já não têm desígnios patrióticos, se é que alguma vez os tiveram.
    Estão aliás quase destruídas, graças aos governos do bloco (PSD+PS+CDS).
    Quanto a este governo destruir Portugal, que nos diz aos trafulhas socialistas dos últimos 6 anos?

    Sorry Zazie,
    tinha percebido perfeitamente, nas saiu na passada.
    O autor da prosa, é que nos saiu um bom ‘excedentário’ económico e financeiro.
    A bem do Regime e da cruzada do Iraque.

    Gostar

  56. 23 Outubro, 2011 23:21

    GENUFLEXAR???!!!…

    Gostar

  57. zazie permalink
    23 Outubro, 2011 23:34

    Desculpa o tom, Monti. É isso, neoconeiro excedentário.

    Gostar

  58. observador permalink
    23 Outubro, 2011 23:57

    em qualquer caso, antes como agora, os pagantes continuam a ser basicamente os mesmos.

    A única, e importante diferença, é que, agora, sabem que poderiam viver melhor,e não os deixaram ….

    Gostar

  59. Não Interessa permalink
    24 Outubro, 2011 00:13

    “2ª Sabem quanto custa uma refeição ou uma dormida nas Messes de Oficiais ou de Sargentos, que são a maior parte delas autenticos hoteis de 4 e 5 estrelas, pagas com o dinheiro dos nossos impostos?”

    Há quanto tempo é que esta amiba do A C da Silveira não vai a uma messe? Deve estar confuso.

    Gostar

  60. Valdemar permalink
    24 Outubro, 2011 00:14

    “… uma mudança nos nossos modos perdularios ve vida”… diz o seboso JMF.
    “O caralho que te foda, palhaço de merda”… digo eu!
    O meu modo perdulario de vida, foi gastar todo o dinheiro que tinha, mais o que pedi emprestado, para tratar de um familiar vitima de um AVC que o deixou incapacitado fisicamente em 70%.
    Mesmo incapacitado, foi considerado “gordura do estado” por este mentiroso de merda do PC – Pinoquio Calaceiro, que lhe vai comer parte da reforma.

    Enquanto o POVO nao abrir os olhos, este Pais vai continuar infestado de PARASITAS, SANGUE-SUGAS e
    FILHOS DA PUTA!!!
    Valdemar

    Gostar

  61. A C da Silveira permalink
    24 Outubro, 2011 01:22

    Não Interessa, nem ao Menino Jesus, 00:13
    Diga lá quanto é que custa, seu chicoesperto, e quanto é que custa as carrinhas da tropa irem buscar a sargentada toda a casa, para irem para os quarteis fazerem o pão caro? porque os senhores oficiais têm direito a pó-pó com motorista. Estou farto de chulos!

    Gostar

  62. Arlindo da Costa permalink
    24 Outubro, 2011 01:46

    Esta canalha não respeita a tropa!
    Deixam-se governar por mancebos que nem sequer puseram os pés numa parada nem sequer têm experiência de vida!
    É com estes «abortos» que Portugal vai ser resgatado?
    Ou vai ser com um golpe de estado, como o Pinochet fez?

    Gostar

  63. tirem-meapatadecima permalink
    24 Outubro, 2011 02:51

    De coisas que se passaram na mocidade destes moços não quero saber, já que eles também não, mas essa de calcar aos pés a última flor do Lácio é de cabo da esquadra. Ó seu ignorante, apague imediatamente essa cagada do GENUFLEXAR. F.-se o c. do azeiteiro: é GENUFLECTIR que se diz, pá; de genu- flectere, dobrar o joelho, pá, veja lá se é capaz de flexar o neurónio, porra.

    Gostar

  64. hajapachorra permalink
    24 Outubro, 2011 02:59

    Já que o governo depois dos cortes e aumentos não sabe mais onde ir buscar o pilim, proponho para bem de todos que se institua a multa para o despautério gramatical: que cada naifada na língua custe no mínimo 5 palhaços. Jornalistas, sociólogos, linguistas e especialistas em ciências da educação ao fim de 50 erros percam o emprego. Num dia bom amealhavam-se uns milhões e resolvia-se o excedente de funcionários públicos. Alguns jornais seriam encerrados e as televisões passariam a transmitir em linguagem gestual. O rodrigues dos santos, o dan brown de gaia e o miguel sousa tavares seriam proibidos de publicar. Só ganhos, portanto.

    Gostar

  65. Patrício permalink
    24 Outubro, 2011 07:49

    Do gráfico publicado na pág 103 do Relatório da Proposta de OE/2012 conclui-se que o total das garantias dadas pelo Estado para que a CGD pudesse conceder financiamentos ao BPN, pode ter atingido ou mesmo superado, entre o 4º trimestre de 2008 e o fim do 1º semestre de 2011, o impressionante valor de 8 mil milhões de Euros.
    Perante isto, não sei se os sacrifícios que me são agora exigidos se destinam a moderar os meus hábitos perdulários de vida, ou a alimentar os hábitos perdulários de vida de quem gamou os 8.000 milhões.

    Gostar

  66. Ricciardi permalink
    24 Outubro, 2011 10:35

    Humm, eu já vivi isto.
    .
    Não gosto NADA deste clima. Isto dá ideia ao povo de que nas manifestações se pode fazer tudo. Não discuto se o homem tem razão. Tem grande parte de razão. O povo vai sofrer pela incuria da classe politica e da falta de controlo das instituições que tinham obrigação de o fazer. Basta ver a madeira. Como é possivel chegar-se aquele ponto sem ninguem saber. A divida, na verdade não é do povo. Ora, se se vota em democracia em programas que nunca são cumpridos, que culpa pode ter o povo? nenhuma. É a culpa de ter sido enganado, quando muito.
    .
    Mas não gosto deste clima. Começa a ser perigoso ter activos nesse país. Ou por que os bancos podem falir, ou porque podem apreender os euros e troca-los por escudos, ou porque pode vir por aí um imposto forte sobre patrimonio, ou porque, enfim, os militares podem dar cobertura à esquerda arruaceira.
    .
    Rb

    Gostar

  67. zazie permalink
    24 Outubro, 2011 10:40

    ehehehehe

    As televisões em língua gestual era uma boa ideia

    “:O))))))))))

    Gostar

  68. licas permalink
    24 Outubro, 2011 11:25

    Para linguagem gestual chamem o Bordalo Pinheiro !!!

    Gostar

  69. João Santos permalink
    24 Outubro, 2011 17:02

    «LICAS
    ……Espero que ao criminalizar o ENRIQUECIMENTO ILÍCITO o gajo e os comparsas
    sejam *postos a ferros.*
    EU TAMBEM espero e já agora enxergue um pouco mais longe e avalie bem a história deste país e das suas elites excecráveis, que NUNCA lograram para Portugal um caminho de desenvolvimento. Foi sempre a mamar DO ALHEIO.
    DEIXE DE BRANQUEAR A CAVACAGEM. E NÃO ME OFENDA COM ISSO DE BRANQUEAR O SÓCRATES.
    QUERO QUE ELE VÁ PARA O BANCO DOS RÉUS, JUNTAMENTE COM O BANDO DO BLOCO CENTRAL.
    ESSES FACÍNORAS TÊM NOME, E TÊM COR: ROSA E LARANJA.

    Gostar

  70. Não Interessa permalink
    24 Outubro, 2011 22:50

    Mas este A C da Silveira é retardado? Motoristas para os oficiais? Carrinhas que vão buscar Sargentos a casa? Oh homem, acorde para a vida, pare lá de dizer merda, sff. Sabe quantos oficiais e sargentos têm as Forças Armadas? É que é preciso ser meio retardado ou não ter noção nenhuma do que se diz. Não sei quanto custa, porque não existe (como as messes “de 4/5 estrelas”… mostre-me uma) mas sei que se pagasse imposto por cada imbecilidade que diz sobre o assunto, estava o défice solucionado há muito.

    Gostar

  71. Manuel Sousa permalink
    25 Outubro, 2011 15:45

    Manuel
    Não operacionais capitães do QP deram inicio com o Spinola ao “movimento dos capitães”, perdemos tudo, ajudamos a perder os nossos negros militares que foram assinados, os brancos tiveram que fugir perdendo coisas e bens. Tudo manuseados por comunas que deram o poder aos respectivos partidos comunistas. Foi a entrega á URSS do paraíso das matérias primas. Passámos para a democracia e foi um regabofe, eliminados as empresas agrícolas, pescas, industrias, corroendo o nosso tecidos empresarial. A nossa tropa em vez 220.000 homens são 50.000, e tem que encolher mais. Andam a consertar o deficit e não arranjam um Plano de Fomento para endireitar as empresas e darem emprego. Esses capitães andam a querer juntar-se ás manifestações para quê quando desprezaram o esforço dos operacionais

    Gostar

Trackbacks

  1. O rigor e o medo | Aventar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: