Saltar para o conteúdo

Porta de entrada

22 Dezembro, 2011
by

A licitação da EDP pelos tipos dos “Três Desfiladeiros” pode indiciar a escolha de Portugal como porta de entrada dos capitais chineses na Europa. Que não se limitará ao investimento na EDP, mas também na instalação de Bancos em território português.

Curiosamente, na última cimeira do G20, com a Europa de mão estendida, a China declinara participar no reforço do FEEF. O que, admitindo que a EDP é o início de um ciclo, denota uma enorme clarividência: preferem financiar directamente a economia do que o Estado Social.

75 comentários leave one →
  1. anti-comuna permalink
    22 Dezembro, 2011 16:54

    Caro LR, eu tenho dúvidas que venham aí bancos chinocas, mas eles costumam cumprir o prometem. Se for assim, estou para ver.
    .
    .
    Se o que vem a público é verdade, os ganhos foram os que apresentaram a melhor proposta em todos os aspectos: encaixe financeiro, estabilidade accionista temporal, financiamento asiático às EDP (que evitará o tal agora famoso crowding out tuga) e até um projecto industrial. Nada a criticar, apesar daquilo ser ainda uma empresa estatal chinoca.
    .
    .
    Agora, se Portugal se vai transformar na porta de entrada da Europa da China, isso duvido, mas seria desejável. Os gajos precisam de ganhar dimensão internacional e sobretudo acesso a tecnologias de ponta, que por acaso a EDP até as tem. Se calhar até a EDP deverá começar a participar em projectos na Ásia, quem sabe? Se os gajos olharem para Portugal como porta de entrada na Europa, isso seria o totoloto aos portugueses, nesta altura. Mas só acredito se vir.
    .
    .
    E o Estado vendeu a EDP com um prémio de 50% em relação ao mercado. Nada mau. ehhehehe

    Gostar

  2. Arlindo da Costa permalink
    22 Dezembro, 2011 16:55

    Mais uma vitória para os herdeiros do maoismo e pol-potismo que estão em maioria no Governo.
    As Três Gargantas vão engolir-vos todos até ao intestino grosso…
    Façam forças, camaradas!

    Gostar

  3. A. C. da Silveira permalink
    22 Dezembro, 2011 17:11

    Não eram os chineses que não tinham hipoteses? Que os alemães já tinham ganho porque a Sra Merkell já tinha dado ordens ao Passos Coelho? Vejam lá quem é que andou a propalar essas noticias, e assim ficarmos a perceber melhor esta campanha de apoio à entrada da China no nosso país. Depois da EDP vai ser a REN, e ficam com o controle da produção e distribuição da energia em Portugal; a seguir vêm os bancos chineses para apoiarem os sectores da nossa economia que lhes interessam, e dentro de poucos anos vão tomar conta disto tudo.
    Muio boa gente diz que nós já somos um protectorado da Europa. Não é verdade, vamos mas é ser a Macau dos chineses na Europa.
    Convem lembrar aos mais distraidos que o dinheiro que a China usa para investir no estrangeiro, é resultado da riqueza criada com o trabalho de gente que não tem absolutamente nenhuns direitos sociais. Em alguns sectores, é resultado de trabalho muito perto da escravatura. Nada me move contra os chineses, apenas estes “pequenos pormenores” me incomodam!

    Gostar

  4. 22 Dezembro, 2011 17:16

    Caro Anti-comuna,
    A ver vamos. Mas se os chinocas escolherem Portugal como plataforma europeia, talvez decorra do facto de já nos conhecerem há muito tempo, via Macau. E estarão a apostar em que seremos o país europeu menos chauvinista, talvez por necessidade, mas até em termos culturais. Temos uma mentalidade tradicionalmente aberta ao exterior e, porventura, uma capacidade de inovação – há quem lhe chame desenrascanço, mas é bem mais do que isso – que eles não têm. Se aliarmos a nossa inovação à sua capacidade de trabalho e aos seus milhões, podem-se fazer coisas muito engraçadas. Quem sabe se no futuro não seremos mesmo a “European West Coast”?

    Gostar

  5. afédoshomens permalink
    22 Dezembro, 2011 17:17

    graças a deus, que o $ falou mais alto e não temos boches aqui a espingardar na edp.
    pessoalmente admiro a raça chinesa, que considero superior, amiga do trabalho e inimiga visceral do liberalismo da treta.

    Gostar

  6. afédoshomens permalink
    22 Dezembro, 2011 17:21

    «vamos mas é ser a Macau dos chineses na Europa.»
    nada contra, mas sem casinos.

    Gostar

  7. 22 Dezembro, 2011 17:25

    A. C. da Silveira,
    .
    “Convem lembrar aos mais distraidos que o dinheiro que a China usa para investir no estrangeiro, é resultado da riqueza criada com o trabalho de gente que não tem absolutamente nenhuns direitos sociais. ”
    .
    Só faltava vir tb você com essa conversa da treta. Para além de ser um manifesto exagero falar-se em “escravatura”, lembre-se que a China começou a industrializar-se há pouco mais de 30 anos. As condições de trabalho lá não devem ser muito diferentes das que havia na Europa quando começou a revolução industrial há mais de 200 anos. Como é que queriam que ao fim de 3 décadas eles tivessem os mesmos direitos sociais que o Ocidente levou mais de 150 anos a obter? Mas não tenha dúvidas que eles irão queimar etapas e chegarão lá mais cedo.

    Gostar

  8. 22 Dezembro, 2011 17:27

    “nada contra, mas sem casinos”
    .
    E qual era o seu problema que nos transformássemos na Las Vegas da Europa?

    Gostar

  9. lucklucky permalink
    22 Dezembro, 2011 17:28

    2.6mil milhões de Euros são 260 euros por Português. Esse dinheiro que nunca deveria ter ido para as mãos do Estado/Políticos e deveria ter sido entregue directamente aos Portugueses.
    Em vez de servir para comprar votos.

    Gostar

  10. 22 Dezembro, 2011 17:31

    O Passos Coelho é um fulano sem moral nem honra. Esteve na nossa tentativa de golpe de Estado em 1989. Com os «velhos» da PIDE. E viu tentarem matar um gajo e não fez puto. E para o protegerem a ele e aos outros é que tiveram que meter «operações especiais». E ele também soube. Tá bem agarradinho pela extrema, pois é…

    Gostar

  11. Zé da Póvoa permalink
    22 Dezembro, 2011 17:35

    Parece que a visita do Gestor de Lixos à empresa alemã não sortiu os efeitos desejados. Prova provada que
    PPC não é tão bom a negociar “contrapartidas” como o Portas fez com os submarinos!

    Gostar

  12. 22 Dezembro, 2011 17:46

    A porta mais fácil para entrar na europa é uma país cheio de problemas a todos os níveis e cheio de gente que não os quer ver resolvidos. Nesses países há sempre gente disposta a sacrificar qualquer coisa comum para benefício próprio, como se vê nas relações com países altamente corruptos de África, para não dizer absolutamente corruptos, à custa da miséria generalizada e de uma esperança temporária em desenrascar umas dezenas de criaturas. Basta ver as fortunas pessoais que passeiam pelas notícias de jornal como se fossem normais eventos do quotidiano.

    Gostar

  13. Monti permalink
    22 Dezembro, 2011 17:47

    Perdeu-se uma oportunidade:
    Reforçar o triângulo Portugal-Brasil-Angola.
    Ganhou-se outra:
    Alinhar no Império do futuro.
    Longa vida ao Império.

    Gostar

  14. berto permalink
    22 Dezembro, 2011 17:52

    Será que os preços da electricidade para o consumidor vão ser comparáveis aos preços dos guarda-chuvas nas lojas de chineses?

    Gostar

  15. A. C. da Silveira permalink
    22 Dezembro, 2011 18:02

    LR the post author,
    Com todo o respeito, conversa da treta é a sua. Eles estão a demorar a tratar com dignidade minima quem trabalha, mas os que lá ganham o dinheiro à conta dos desgraçados que recebem cem dolares por mes, e trabalham 12 ou 14 horas por dia sem as minimas condições, mas aprenderam depressa a comprar private jets, e serem hoje os maiores clientes da Rolls-Roice, da Ferrari ou de tudo o que é produtos de luxo. Por esse lado não perderam tempo, fartaram-se de queimar etapas. Ao mesmo tempo vão secando as economias ocidentais, Europa e Estados Unidos, fazendo uma concorrencia mais do que desleal. A China é a maior detentora de divida publica americana, e brevemente será tambem a maior credora da Europa. São um país com dois sistemas, e ninguem sabe nem pode prever o que farão os lideres chineses no futuro. Para alem do mais, são quase 25% da população mundial, e têm apenas cerca de 8% de terra aravel capaz de produzir alimentos, mas que diminue todos os anos inexoravelmente quer pela desertificação natural, quer pela desertificação provocada por más praticas agricolas. Podia estar aqui o resto da tarde, mas não quero ser enfadonho. A China é um colosso pouco ou nada transparente politicamente, é hoje a maior economia do mundo, mas não respeita as regras minimas da concorrencia, e só “isto” chega para me deixar apreensivo.
    PS podiamos tambem falar dos investimentos que a China está a fazer ao nivel militar, mas isso fica para outra ocasião!

    Gostar

  16. João Dias permalink
    22 Dezembro, 2011 18:09

    Dois biliões em parques eólicos… Tanta “bentoinha” a arejar o burgo!

    Gostar

  17. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    22 Dezembro, 2011 18:13

    CURIOSO..ENTÃO UMA EMPRESA ESTATAL QUE PRETENDE SER PRIVATIZADA E VENDIDA A OUTRA EMPRESA AINDA MAIS ESTATAL…OK FAZ TODO O SENTIDO..LÁ EXISTE MUITA CONCORRÊNCIA..CLARO .
    http://bulimunda.wordpress.com/2011/12/22/compreender-a-divida-publica-em-poucos-minutos-interessante-para-entender-os-gaps-desta-crise/

    Gostar

  18. 22 Dezembro, 2011 18:14

    Já não se pode ouvir o “doutor” Carvalho da Silva.
    Não terá mais que fazer do que andar a toda a hora a fazer declarações? Ainda se dissesse alguma coisa com sentido, francamente…
    Vê-se logo que se “doutorou” no ISCTE, essa sucursal da defunta Independente… E quem lhe reproduz as bacoradas – com destaque para a Antena 1 e a RTP – não lhe fica atrás, é claro.

    Gostar

  19. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    22 Dezembro, 2011 18:15

    A cegueira que cega cerrando os olhos, não é a maior cegueira; a que cega deixando os olhos abertos, essa é a mais cega de todas: e tal era a dos Escribas e Fariseus. Homens com os olhos abertos e cegos. Com olhos abertos, porque, como letrados, liam as Escrituras e entendiam os Profetas; e cegos, porque vendo cumpridas as profecias, não viam nem conheciam o profetizado.
    (…) Esta mesma cegueira de olhos abertos divide-se em três espécies de cegueira ou, falando medicamente, em cegueira da primeira, da segunda, e da terceira espécie. A primeira é de cegos, que vêem e não vêem juntamente; a segunda de cegos que vêem uma coisa por outra; a terceira de cegos que vendo o demais, só a sua cegueira não vêem.

    Padre António Vieira, in “Sermões”

    Gostar

  20. afédoshomens permalink
    22 Dezembro, 2011 18:18

    LR,
    por acaso já esteve em Las Vegas?

    Gostar

  21. afédoshomens permalink
    22 Dezembro, 2011 18:20

    é…«a visita do Gestor de Lixos à empresa alemã não sortiu os efeitos desejados»
    boa, zé da póvoa!

    Gostar

  22. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    22 Dezembro, 2011 18:22

    Olha o Silveira vê claramente visto..ao contrário de outros…quanto a Las Vegas claro com escorte girls e máfia do jogo…é triste ver pessoas ditas intelectuais a brotar tanto disparate..a seguir vem o quê? Epá a pedofilia na china rende olha que cá com incentivos fiscais coisa e tal…enfim give the money the rest who cares…
    “A ganância do ter não só engoliu o ser e a convivência pacífica, mas até privou a maior parte dos homens do ter indispensável, para acumular nas mãos de uns poucos o que a todos pertence.” Fonte: – Card. P. E. Arns

    Gostar

  23. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    22 Dezembro, 2011 18:24

    Gostar

  24. afédoshomens permalink
    22 Dezembro, 2011 18:24

    olha o governo nacional de calças na mão, a pedir encarecidamente aos trabalhadores da cp para não fazerem greve!…

    Gostar

  25. 22 Dezembro, 2011 18:24

    Gostar

  26. Aguia Real permalink
    22 Dezembro, 2011 18:25

    Tão defensor do liberalismo e concorda com a entrada de uma empresa Estatal da China, um país conhecido por promover a liberdade de escolha individual dos seus cidadãos. Os direitos que demoraram 150 anos a conquistados terão que ser abdicados dos direitos sociais até ao nível que tínhamos após o início da revolução industrial, ou seja em vez de evoluirmos regredimos!
    A culpa não é dos chineses, a culpa é dos políticos europeus que abdicaram de defender os direitos dos seus concidadãos e sucumbiram à ganancia do dinheiro. Os chineses acenaram com a cenoura (mercado interno da china) mas exigiram contrapartidas a entrada sem entraves de capital de mercadorias feitas por trabalhadores sem qualquer direitos sociais.
    Uma vergonha termos políticos tão fracos!

    Gostar

  27. 22 Dezembro, 2011 18:31

    Gostar

  28. 22 Dezembro, 2011 18:33


    IRRA

    Gostar

  29. tric permalink
    22 Dezembro, 2011 18:46

    “A EDP ao serviço da visão marxista do mundo…boa Portugal!!!…
    .
    “A liberdade de religião está consagrada na Constituição chinesa, mas os membros do PCC – mais de 80 milhões – têm de seguir “a visão marxista do mundo” e “não podem participar em actividades religiosas”, realçou Zhu Weiqun, num artigo publicado no quinzenário Procurar a Verdade, o nome da revista teórica do Comité Central do PCC.”
    .

    Gostar

  30. smile permalink
    22 Dezembro, 2011 18:58

    Obviamente os chineses desanimaram de aferrolhar dólares e euros. O fed já fez 2800 mil milhões de dólares sem pestanejar tanto como os chinocas levaram a aferrolhar com anos de balança comercial positiva. A Europa ganhou coragem e pimba de uma assentada não fez mas mandou fazer quinhentos mil milhões de euros ( muito bem, assim os bancos também ganham algum e os pigs tem de se submeter ao mercado )
    Bom os chineses toca a investir em terras e empresas. No entanto existe muito chauvinismo e se Portugal for uma porta aberta pode ganhar com isso. Os Brasileiros impuseram limites à compra de terras por parte dos chineses, são tontos com tanto hectare na amazónia para vender! Mas eles são muito traumatizados pois foram colonizados até 1820 por um povo muito! Muito…??
    Se ofereceram mais dinheiro é obvio que venceram o concurso! No jogo do liberalismo ganha quem dá mais é como o futebol, ganha quem mete mais golos.
    Agora e só abrir as portas ao capital chinês que vai entrar por ai de enxurrada. Os chineses estão confiantes ao comprar empresas e terras, como são comunistas desde que nasceram ( a maior parte ) não sabem o significado das palavras, prejuízo, falência, expropriação e o mais magnifico dos quatro cavaleiros do apocalipse socialista O IMI.
    O Coelho até pode aproveitar para chegar a um acordo para enviar professores para a china.
    Parece que lá até ganham bem 400 dolares no inicio da profissão e 1200 dolares no fim, só tem é que ser camaradas/comunistas puros e como se pode verificar no link, apesar de dominarem bem a Matemática mais de mil milhões estão a zero no Português
    http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/capitulos-2-e-3-do-artigo-sobre-o-modelo-de-educacao-da-china

    Gostar

  31. Arlindo da Costa permalink
    22 Dezembro, 2011 19:06

    O Nuno Crato, um pró- chinês e um pró-albanês, deve ter dado pulos de contente!
    Afinal, o Partido Comunista Chinês é que nos vai fornecer electricidade!

    Gostar

  32. anti-comuna permalink
    22 Dezembro, 2011 19:07

    Caro LR, eu penso que tem razão nisto, mas gostava mesmo que eles “apostassem” em nós:
    .
    .
    “A ver vamos. Mas se os chinocas escolherem Portugal como plataforma europeia, talvez decorra do facto de já nos conhecerem há muito tempo, via Macau. E estarão a apostar em que seremos o país europeu menos chauvinista, talvez por necessidade, mas até em termos culturais. Temos uma mentalidade tradicionalmente aberta ao exterior e, porventura, uma capacidade de inovação – há quem lhe chame desenrascanço, mas é bem mais do que isso – que eles não têm.”
    .
    .
    Portugal tem uma boa imagem na Ásia, se conseguir exponenciar essa boa imagem (a entrega de Macau, mesmo com problemas, foi exemplar, para ambas as partes) com uma abertura aos chineses (e demais asiáticos), Portugal poderá ganhar muito. Existe hoje uma janela de oportunidade para atrair capitais asiáticos e Portugal deveria lutar para conseguir tornar-se no interlocutor privilegiado com aquela parte do mundo. Não apenas com a China, mas com a India, etc.
    .
    .
    Vamos ver. Pode ser que esta compra por parte dos chineses lhes façam acreditar que vale a pena associarem-se a nós. Se isso fosse feito…

    Gostar

  33. anti-comuna permalink
    22 Dezembro, 2011 19:10

    Outro factor interessante é que esta electrica chinesa tem uma dimensão não demasiado grande e até equipara-se bem à EDP e poderá levar a que a EDP se torne num parceiro priviligiado para atacar novos mercados, em especial os asiáticos e o chinês.
    .
    .
    Vamos ver. Eu gostava que os brasileiros tivessem feito melhores propostas, mas quiseram poupar…

    Gostar

  34. lucklucky permalink
    22 Dezembro, 2011 19:14

    BE condena venda a empresa de capitais públicos de país com regime ditatorial
    http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=2202168

    Por uma vez estou de acordo com o Bloco de Esquerda.

    Gostar

  35. 22 Dezembro, 2011 19:29

    “LR,
    por acaso já esteve em Las Vegas?”
    .
    Não, mas já estive em Macau.

    Gostar

  36. Zé Povinho permalink
    22 Dezembro, 2011 19:58

    “Curiosamente, na última cimeira do G20, com a Europa de mão estendida, a China declinara participar no reforço do FEEF. O que, admitindo que a EDP é o início de um ciclo, mostra uma enorme clarividência: preferem financiar
    directamente a economia do que o Estado Social.”

    Não, não e não. O Estado chinês comprou a parte pública da EDP. Não houve privitização, pois um Estado comprou a parte de outro Estado numa empresa. Além do mais, o reforço do FEEF e esta negociata não irão financiar o Estado Social, irão financiar, sim, a participação social nos lucros dos agiotas. Para o próximo ano, o Estado Português irá pagar mais em juros (sim, este factor produtivo) do que está orçado para a Saúde e você atira que o reforço do FEEF é para financiar Estado Social. Por favor, faça as contas e liberte o pensamento destes pressupostos.

    Gostar

  37. 22 Dezembro, 2011 20:02

    A. C. da Silveira,
    .
    “Com todo o respeito, conversa da treta é a sua. Eles estão a demorar a tratar com dignidade minima quem trabalha, mas os que lá ganham o dinheiro à conta dos desgraçados que recebem cem dolares por mes, e trabalham 12 ou 14 horas por dia sem as minimas condições, mas aprenderam depressa a comprar private jets, e serem hoje os maiores clientes da Rolls-Roice, da Ferrari ou de tudo o que é produtos de luxo. Por esse lado não perderam tempo, fartaram-se de queimar etapas. ”
    Tal como aconteceu com os primeiros capitalistas que apareceram após a revolução industrial. Não compraram Rolls-Roice nem Ferrari, que ainda não tinham tido tempo de os inventar, mas os palácios dos aristocratas falidos.
    .
    “Ao mesmo tempo vão secando as economias ocidentais, Europa e Estados Unidos, fazendo uma concorrencia mais do que desleal. A China é a maior detentora de divida publica americana, e brevemente será tambem a maior credora da Europa (…)”
    A China e os chineses terão os defeitos todos e mais alguns, mas uma grande virtude, trabalham arduamente com vista a obter os níveis de bem estar do acomodado Ocidente. Hoje têm uma classe média que já terá atingido os 300 milhões (era inexistente em 1976) e que poderá duplicar daqui a 10 anos. Isto fará em breve da China o maior importador e o maior mercado mundial, o que abre infinitas oportunidades a quem estiver disposto a satisfazer as suas crescentes necessidades. Por outro lado, uma classe média em ascensão e cada vez mais afluente minará, tarde ou cedo, as estruturas políticas fossilizadas do país. Eu diria que já se atingiu o ponto de não retorno: do regime maoista passaram para um capitalismo selvagem exactamente como o que tivemos na Europa na sequência da revolução industrial e daí evoluirão (o que já estará a acontecer) para um capitalismo mais humanizado. Irão, tal como acima escrevi, percorrer as mesmas etapas que o mundo ocidental, só que bem mais depressa.
    .
    “PS podiamos tambem falar dos investimentos que a China está a fazer ao nivel militar, mas isso fica para outra ocasião!”
    Exactamente os mesmos que fez e fará qualquer potência com interesses a defender.

    Gostar

  38. Castanheira permalink
    22 Dezembro, 2011 20:17

    ” Reforçar o triângulo Portugal-Brasil-Angola ”
    Oh!!!! e eu a pensar que a China e o Brasil já lá estavam e de boa saúde.

    Gostar

  39. certo permalink
    22 Dezembro, 2011 20:21

    Bom post e coments a condizer, sem falta de bela música chinesa, em vídeo, que, num chiste sobranceiro, o respetivo postante não teve a elegância de honrar .

    Gostar

  40. Aguia_Real11 permalink
    22 Dezembro, 2011 20:32

    Os europeus tem que aceitar a regressão dos seus direitos sociais pois os chineses só começaram a sua revolução à 30 anos!
    Não há problema de a edp continuar a ter um accionista estado, desde que não seja português!
    O problema é não termos políticos sérios, que em vez de defenderem os interesses da Europa, defendem os seus apenas os seus interesses! Abriram as portas da Europa aos produtos chineses sem o cuidado de defender as pessoas e produtos deste continente!
    Um Estado regulador, sim! Um Estado “prostituto”, não! Um Estado comunista, não!

    Gostar

  41. Fincapé permalink
    22 Dezembro, 2011 21:23

    “… preferem financiar directamente a economia do que o Estado Social.”
    A EDP terá milhares de acionistas diretos e indiretos, logo, todos eles “… preferem financiar directamente a economia do que o Estado Social.”
    A GALP Energia terá milhares de acionistas diretos e indiretos, logo, todos eles “… preferem financiar directamente a economia do que o Estado Social.”
    A SONAE terá milhares de acionistas diretos e indiretos, logo, todos eles “… preferem financiar directamente a economia do que o Estado Social.”
    (…)

    Gostar

  42. A. R permalink
    22 Dezembro, 2011 21:49

    O PS também celebra o Natal? Oh, raios não os sabia tão crentes depois de porem toda a gente a abortar e passar férias como prémio. Estão a ficar lamechas e já pedem ao Menino Jesus prendas.

    Gostar

  43. 22 Dezembro, 2011 22:46

    Não se esqueça do benfas…

    Gostar

  44. António Joaquim permalink
    22 Dezembro, 2011 22:53

    Como é que é? A “três gargantas” é uma empresa estatal de um estado comunista. Para quem defende posições contra as empress públicas, contra o estado e contra o comunismo não fica minimamente incomodado? realmente este ditos liberais são de rir.

    Gostar

  45. certo permalink
    22 Dezembro, 2011 22:54

    E depois deixemo-nos de tretas, que não faz mais pelo estado social a greve comprovada de maquinistas da CP que a compra de 21% pela China dessa Edp.

    Gostar

  46. Golp(ada) permalink
    22 Dezembro, 2011 22:56

    Se todos fossem assim:

    Gostar

  47. Manuel Joaquim permalink
    22 Dezembro, 2011 22:57

    Há-de chegar o momento em que os nossos filhos terão que aprender mandarim nas escolas.
    “Usem o ocidente em benefício dos chineses.”
    MAO Tsé-Tung

    Gostar

  48. licas permalink
    22 Dezembro, 2011 23:08

    A. R
    Posted 22 Dezembro, 2011 at 21:49 | Permalink
    O PS também celebra o Natal? Oh, raios não os sabia tão crentes depois de porem toda a gente a abortar e passar férias como prémio. Estão a ficar lamechas e já pedem ao Menino Jesus prendas.
    _____________________________

    Não é Republicano e Laico (além de Mafioso e Mação) como diz o BONZO?

    Gostar

  49. Portela Menos 1 permalink
    22 Dezembro, 2011 23:29

    direitos sociais na China. LR diz que é conversa da treta.
    bastava este tipo de terrorismo liberal para se estar contra este negócio ruinoso.

    Gostar

  50. certo permalink
    22 Dezembro, 2011 23:55

    “Se todos fossem assim”, diz Golp(ada), e é bem dito, era tudo igual a mim .

    Gostar

  51. certo permalink
    22 Dezembro, 2011 23:57

    Mas qual ‘ruinoso’, ó Portela, se além do mais foi ainda o melhor encaixe?, ou é ser do contra à força de natureza ?

    Gostar

  52. certo permalink
    23 Dezembro, 2011 00:05

    E ó António Joaquim, “Três Gargantas” é de ter força, opinião, grande auto-estima, além de poder de compra, sinais de segurança, enfim, trois gorges, three gorges, se não ouve aí mais nenhum concorrente que contrapusesse sequer duas, duas gargantas, desfiladeiros, dois afluentes… e então que quer ?
    Pois sempre há-de haver gente descontente neste pobre mundo de deus !

    Gostar

  53. lucklucky permalink
    23 Dezembro, 2011 00:10

    Os chineses – onde estão as malvadas “empresas exploradoras” -já são mais ricos que os Portugueses.
    Xangai por ex. já é mais rica que Lisboa.
    Os chineses do interior onde não há “empresas exploradoras” é que são pobres.

    Gostar

  54. lucklucky permalink
    23 Dezembro, 2011 00:11

    A Buick vendeu 3x mais carros na China que nos EUA. A Audi o dobro.
    A GM- “o que é bom para a GM é bom para os USA” vendeu mais veículos na China que nos EUA.
    .
    Quem é que anda a comprar carros na China? Marcianos?

    Gostar

  55. Portela Menos 1 permalink
    23 Dezembro, 2011 00:24

    Marcianos não sei mas em Angola também compram desses “produtos duradouros” …

    Gostar

  56. lucklucky permalink
    23 Dezembro, 2011 00:26

    Os tugas profundamente social-fascistas julgam que a riqueza que têm é por causa das leis dos direitos sociais.
    Não é. As Leis dos Direitos Sociais impedem os tugas de enriquecerem.

    Gostar

  57. lucklucky permalink
    23 Dezembro, 2011 00:28

    Marcianos não sei mas em Angola também compram desses “produtos duradouros” …
    .
    Quantos? Sem números não se percebe se são só meia dúzia de tipos ou uma boa parte da população e a tendência ao longo dos anos também é importante.

    Gostar

  58. lucklucky permalink
    23 Dezembro, 2011 00:30

    Para os Tugas enriquecerem pode-se começar por 2 anos limite máximo para um caso na Justiça ser resolvido.
    Isto seria muito mais importante que todas as protecções de despedimentos.

    Gostar

  59. 23 Dezembro, 2011 00:32

    Modelo Honda Fit, da HONDA (Japonesa), produzido na China, exportou 2,700 entre Janeiro-Outubro para o Canada — “a mere fraction of the 676,000 vehicles that the company built in China last year, with 25,000 vehicles EXPORTED to Europe. Exports accounted for 4% of the company’s overall production in China in 2010.” “Porta de entrada”?

    Gostar

  60. Portela Menos 1 permalink
    23 Dezembro, 2011 00:36

    meia dúzia?
    a ditaduras dadas não se olha a números, não é Luck?

    Gostar

  61. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 00:49

    Como sair da crise. Exportar muito. E o Norte continua a exportar.
    .
    .
    “As exportações de mercadorias da Região do Norte mantiveram um bom desempenho no 3º trimestre, lideradas pelas exportações de calçado. Impulsionado pela procura externa, o emprego nas indústrias transformadoras da Região do Norte atravessa também um bom momento. ”
    .
    .
    “As indústrias tradicionais do Norte observam, a nível nacional, crescimentos importantes da facturação no mercado externo.”
    .
    .
    in http://www.ccdrn.pt/regnorte/conjuntura/norteconjuntura_3trim2011.pdf
    .
    .
    O Norte, mesmo com uma taxa de desemprego estável, está a criar empregos na Indústria, enquanto vai destruindo nos sectores mais virados para a procura interna.
    .
    .
    “Por ramos de actividade, o maior contributo para a descida do emprego regional no 3º trimestre de 2011 veio do
    comércio por grosso e a retalho (incluindo reparação de veículos), cujo emprego registou uma queda de 8,7%
    (aproximadamente – 23 mil indivíduos empregados neste sector, na Região do Norte). Pelo contrário, salienta-se o
    crescimento do emprego regional nas indústrias transformadoras (+6,7%, representando cerca de mais 27
    mil empregados). ”
    .
    Mesmo link. Ver acima.
    .
    .
    O Norte está a voltar a industrializar mais as suas actividades económicas e no terceiro trimestre aumentou o número de empregados na industria. A Indústria do Norte criou 27 mil empregos no terceiro trimestre. O que vem confirmar aquilo que tenho vindo a escrever por aqui. Enquanto a procura interna colapsa, o Norte que vive sobretudo da industria e actividades produtivas “reais”, está a sair da crise, tendo a sua Indústria capacidade criadora de empregos.
    .
    .
    Esta crise actual tem duas características importantes. É uma crise do parasitismo estatal e uma reconstrução do poder económico e industrial do Norte. Os nortenhos que saibam interpretar bem os sinais dos tempos.

    Gostar

  62. Zebedeu Flautista permalink
    23 Dezembro, 2011 00:52

    Acho que sim, o melhor eram os chinocas. Visto a empresa ser publica pode-se confiar nas contrapartidas. Eles lá não andam a rodar jotinhas pelo poder e a substituir a respectiva cáfila de 4 em 4 anos. Há um rumo a seguir, uma estratégia de longo prazo delineada com sentido. Agora é esperar e com um bocado de sorte até vamos ter energia mais balata 🙂

    Gostar

  63. Portela Menos 1 permalink
    23 Dezembro, 2011 01:07

    energia mais barata?
    Claro, o facto de passarmos a pagar a factura da luz na Loja do Chinês só pode ajudar!

    Gostar

  64. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 01:13

    No Boletim de Conjuntura da CCRN há lá alguns gráficos interessantes. Mas dois destacam-se logo. O primeiro, o contraste entre o Norte e o resto do país:
    .
    http://tinyurl.com/cf7yjnr
    .
    .
    Aqui se pode ver como esta crise actual não é sentida de igual modo entre as duas principais áreas do país. Enquanto o Norte resiste, o parasitismo a sul afunda-se. Bendita Troika e bendito euro.
    .
    .
    O segundo gráfico mostra o forte crescimento de empregos na Indústria.
    .
    http://tinyurl.com/c35kx9n
    .
    .
    Há lá um outro gráfico que mostra que a criação de empregos acontece sobretudo entre as profissões mais qualificadas, especializadas e de cariz fortemente cientifico. Demonstrando que a Industria a Norte está a modificar as suas condições e factores competitivos. E que estão a gerar as sementes do retorno do forte poderio económico a Norte.
    .
    .
    Se em Lisboa não se adaptarem às mudanças que se assistem em todo o mundo, passarão por uma crise bem longa. Se em Lisboa não abandonarem de vez a mentalidade parasita, o seu nível de vida irá cair nos próximos 20 a 30 anos, ao passo que o Norte sairá da sua crise e reconstruir o seu natural poderio económico. Mas é fulcral para o Norte a manutenção de Portugal no euro e fortes medidas de austeridades nos próximos anos. É bom que alguns a Norte tenham plena consciência disto: a Troika é aliada natural do Norte e o euro a nossa maior arma para derrubar o parasitismo a sul. Que isto fique bem claro.

    Gostar

  65. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 01:23

    Mais destaques, que mostram o inicio de uma longa tendência. Que a malta a sul abra os olhos, antes de sofrerem na pele os verdadeiros efeitos da crise que irão passar, se não mudarem de atitudes e mentalidades. Esta crise financeira internacional veio mudar as regras de jogo na integração económica mundial. Quem se mexer, vai-se safar. Quem for parasita e esperar mamas do Estado…
    .
    .
    Isto é mesmo sintomático:
    .
    “A taxa de desemprego mantém-se mais elevada na Região do Norte do que na média nacional, embora a diferença
    entre ambas seja agora a menor observada desde há mais de oito anos. Entre os jovens, porém, a situação inverte-se.
    A taxa de desemprego jovem observada no Norte (27,6%) é inferior à que vigora a nível nacional (30,0%)”
    .
    .
    “A diminuição do número de desempregados oriundos das indústrias transformadoras (-33,6% face ao trimestre
    homólogo) é coerente com a informação sobre o emprego no sector transformador da Região do Norte.”
    .
    .
    “Face ao trimestre imediatamente anterior (variação em cadeia), o salário médio da Região Norte aumentou 1%, em
    termos reais, entre o 2º e o 3º trimestre de 2011. Este ganho de 1% do salário real resulta de um aumento de 0,7%
    do salário nominal, conjugado com uma inflação negativa de -0,3% na média do trimestre. A nível nacional, pelo
    contrário, o salário médio perdeu 0,8%, em termos reais, entre o 2º e o 3º trimestre, traduzindo uma queda de 1,1%
    do salário nominal, parcialmente compensada por uma inflação negativa também de -0,3%.”
    .
    .
    O Norte está a sair da crise, o sul afunda-se. O parasitismo vai aos poucos definhar e baixar o nível de vida a sul, enquanto no Norte se irá voltar a dominar economicamente o país, como é natural, quando não existe um estado centralista a chular o Norte do país. Será no Norte que se formarão os próximos poderosos grupos económicos nacionais. A menos que Lisboa mude de mentalidades e de vida. Quem não se adaptar aos novos ventos económicos que sopram em todo o mundo…

    Gostar

  66. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 01:37

    O que exporta o Norte?
    .
    .
    “De acordo com a informação disponível, as exportações de mercadorias da Região do Norte mantiveram, no 3º
    trimestre de 2011, um bom desempenho, crescendo cerca de 16,2% em valor (variação que compara com 17,1% no
    trimestre anterior). A nível nacional, o crescimento nominal das exportações de mercadorias foi de 13,5%, no
    3º trimestre de 2011, desacelerando de forma mais nítida em relação ao resultado do trimestre anterior (17,3%).
    Por produtos, o principal contributo para o crescimento das exportações regionais face ao trimestre homólogo de
    2010 foi assegurado pelas exportações de calçado, as quais cresceram 23,0%, em valor. Destaque também para o
    desempenho particularmente favorável das exportações de máquinas e aparelhos mecânicos (+26,7%) e de produtos da
    fileira automóvel (+22,8%), bem como de produtos de borracha e de ferro. As exportações de máquinas,
    aparelhos e material eléctrico tiveram um crescimento de 16,9% e no vestuário de malha, o crescimento foi de 8,5%.”
    .
    .
    Este perfil exportador é interessante. O calçado continua a ser o campeão do crescimento das exportações. A fileira apostou muito na subida do valor acrescentado da sua produção e é uma aposta vencedora. Mas o segundo sector aposta bastante no valor acrescentado assente sobretudo na… Engenharia. Este é um resultado importante e consentâneo com o forte crescimento da procura de cursos superior nas engenharias na última década, demonstrando o Norte ter um perfil produtivo e industrial cada vez mais parecido com a Suiça. A estar a atento a este curioso facto. O Norte está a conseguir um tecido industrial cada vez menos sensível ao preço. (E a variações cambiais.) Se esta aposta das empresas se consolidar, em menos de 20 anos, o Norte terá o melhor nível de vida do país. E, claro, se o parasitismo de Lisboa não for desmantelado, claro. Mas Portugal mantendo-se no euro e a Troika conseguir impôr as suas medidas….

    Gostar

  67. era mas foice permalink
    23 Dezembro, 2011 03:29

    A das três gargantas gere o maior crime ambiental cometido depois dos desastres soivéticos. Adeus rios de Trás-os-Montes, já fostes. Essa gente bárbara que se julga superior vai apertar-nos bem o gasganete, disso não tenho dúvidas, nenhumas. Os americanos dentro em pouco vão enfrentar a China, necessariamente, se quiserem sobreviver como hiperpotência. Vamos ficar do lado de que senhores? A China não é a maior economia, nem sequer a segunda ou terceira, mas vai sê-lo, com a Índia. Ainda bem que já cá não estarei para ver tal miséria.

    Gostar

  68. Von permalink
    23 Dezembro, 2011 08:51

    LR é um lírico. Já fez o gargarejos matinais? Lirismo puro. Tristíssimo de ver…

    Gostar

  69. Conde Venceslau permalink
    23 Dezembro, 2011 10:05

    “Muio boa gente diz que nós já somos um protectorado da Europa. Não é verdade, vamos mas é ser a Macau dos chineses na Europa.”

    Deus o ouça. Desde que de lá saímos e os chineses tomaram conta, Macau tem crescido a um ritmo extraordinário (13% ao ano) e conta já com um dos PIB per capita mais altos do mundo. Assim não me importava mesmo nada de ser chinês !!!

    Gostar

  70. Artista português permalink
    23 Dezembro, 2011 10:12

    Três gargantas a investir e possivelmente nalgum lado muitas gargantas – e bem fundas! – já devem estar a magicar sobre a melhor maneira de se atirarem àquela massa toda…. Não se ponham a pau, não!

    Gostar

  71. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 10:40

    “LR é um lírico. Já fez o gargarejos matinais? Lirismo puro. Tristíssimo de ver…”
    .
    .
    Não sei se é lírico, mas para já acertou:
    .
    “«Grupo chinês instalará fábrica de automóveis»”
    .
    in «Grupo chinês instalará fábrica de automóveis»
    .
    .
    Penso que será a Salvador Caetano a empresa tuga envolvida neste projecto. Este grupo já há muitos anos que trabalha com japoneses (também se associou à Toyota quando esta tinha uma péssima imagem no ocidente e agora os herdeiros honram o falecido líder com um movimento semelhante, o que é agradável e surpreendente) e agora parece que se irá associar a chineses. Além disso, deverá abrir uma fábrica e autocarros electricos na China, o que também é excelente.
    .
    .
    “BCP sobe mais de 7% com expectativa de entrada de grupo chinês no capital
    .
    O Banco Comercial Português está esta manha a subir mais de 7%, animado pelas expectativas que surgiram na sequência da compra da participação do Estado na EDP pela China Three Gorges, de que um grupo chinês poderá entrar no capital do BCP. O resto da banca está também em forte alta.”
    .
    in http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=527351
    .
    .
    A avaliar pelas primeiras noticias, afinal o LR não é um lirico. Tem olho para estas coisas, ao contrário do Von. 😉

    Gostar

  72. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 10:45

    Já agora, outra coisa deverá acontecer com esta parceria aos chineses. A empresa Efacec deverá ter uma oportunidade de ouro para atacar o mercado chinoca, um dos que mais cresce e crescerá no mundo, em projectos energéticos e centrais nucleares, para os quais produz a empresa.
    .
    .
    A EDP poderá catapultar as exportações portuguesas através da introdução de tecnologias portuguesas junto do seu parceiro chinês. Ou seja, a EDP poderá levar os seus fornecedores para a China e demais mercados que irão trabalhar em conjunto com os chineses.
    .
    .
    Talvez o LR esteja a ver bem o quanto Portugal poderá ganhar com a entrada dos chineses em Portugal. Quem venham outros, sejam eles chineses, vietnamitas, indianos, etc. Nós bem precisamos.

    Gostar

  73. honni soit qui mal y pense permalink
    23 Dezembro, 2011 11:06

    uma vergonha

    vergados perante o Imperialismo Chinês

    Gostar

  74. TLD permalink
    23 Dezembro, 2011 15:08

    O anti-comuna está completamente enganado. O que os dados demonstram é um agravamento substancial da crise no Norte. Curiosamente, basta consultar os dados das exportações e do PIB para se perceber que a região que está a superar melhor a crise é Lisboa.

    Gostar

  75. anti-comuna permalink
    23 Dezembro, 2011 15:48

    “O anti-comuna está completamente enganado. O que os dados demonstram é um agravamento substancial da crise no Norte. ”
    .
    .
    Bom, os dados das exportações do terceiro trimestre mostram que as exportações a Norte quase não abrandaram o seu crescimento e as do sul com algum abrandamento.
    .
    .
    Os dados da criação de empregos na Industria mostram claramente o Norte a bater o sul. E os dados do poder de compra, relativos ao terceiro trimestre, mostram que o Norte está a subir o seu poder de compra e no sul… E, por fim, o gap nas taxas de desemprego está no menos nível dos últimos 8 anos.
    .
    .
    Vamos ver se este trend não se vai agravar…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: