Saltar para o conteúdo

Nem tudo é nevoeiro, hipocrisia e histeria na imprensa portuguesa

4 Janeiro, 2012
by

Impostos nos Países Baixos

35 comentários leave one →
  1. Arlindo da Costa permalink
    4 Janeiro, 2012 18:03

    Então porque é que o tio Alexandre mudou a SGPS para a Holanda?
    Ele que foi um dos maledicentes do anterior governo e que até chegou a dizer que o Engº Sócrates devia ter pedido muito mais cedo ajuda internacional?!
    Agora diz que o rating do país é lixo! Ah! Pois é, e ele contribui para isso!
    Espera-se que o António Barreto – esse grande vulto da Sociologia da Batata Doce – faça uma comunição ao país num palanque a colocar na Praça da Figueira…
    E já agora, o Sr. Presidente da República, o que tem a dizer desta atitude moral e moralizadora dum dos seus mais proeminentes apoiantes e integrantes da sua excelsa Comissão de Honra?

    Gostar

  2. Zé da Póvoa permalink
    4 Janeiro, 2012 18:36

    Faço minhas as palavras do Arlindo Costa. Parabéns pelo seu certo e atinado comentário. Só não acrescento
    mais nada para não ver apagada a minha escrita, como tem acontecido ùltimamente com inusitada frequência!

    Gostar

  3. certo permalink
    4 Janeiro, 2012 18:38

    Tremei, mortais, portugueses e todos os contribuintes, despois que a seita se transformou em mais um ninho de ratos à cata do poder central corrupto

    Gostar

  4. João Santos permalink
    4 Janeiro, 2012 18:42

    Nem tudo é nevoeiro, hipocrisia e histeria na imprensa portuguesa. Pois não: há o lambecusismo, o agachismo, o aluguer das vértebras por avulso ou atacado, a veneração dos chefes, a adoração das elites, a falta de caratismo e outras delícias que fazem desse ramo, hoje, um feroz concorrente do proxenetismo, do chulismo e da bandalheira geral em que o país foi atolado por elites de caca, veneradas, é claro, por um jornalismo em conformidade.

    Gostar

  5. 4 Janeiro, 2012 19:23

    “Se é legítimo a um empresário fazer essa opção – ainda que possa ser criticável – também os consumidores podem retirar consequências dessa opção e adaptar o seu comportamento. Qualquer consumidor, perante esta opção do empresário, pode adaptar o seu perfil de consumo”
    dixit by um perigoso esquerdista do…CDS!

    Gostar

  6. 4 Janeiro, 2012 19:24

    Depois da campanha histérica e hipócrita sobre as armas de destruição maciça no Iraque, feita no Público…
    é difícil levá-lo a sério.
    Fale do plantel do Benfica.

    Gostar

  7. JP Ribeiro permalink
    4 Janeiro, 2012 19:27

    Pergunta o Arlindo porque é que o tio Alexandre mudou a SGPS para a Holanda?
    O Impertinencias (impertinencias.blogspot.com) explica:
    “Até 2010 os lucros das holdings (SGPS) não estavam sujeitos a IRC que já tinha incidido sobre os lucros das sociedades participadas quando a participação fosse superior a 10%. Pressionados pela falência orçamental à vista, José Sócrates e o seu cúmplice para as finanças Teixeira dos Santos, alteraram no OE 2011 as regras do jogo, estipulando uma espécie de dupla tributação mantendo o IRC sobre lucros das participadas e adicionando-lhe o IRC sobre os lucros das holdings. No final, um accionista da holding receberia o seu dividendo saqueado pela primeira incidência de IRC nos lucros das participadas, pela segunda incidência nos lucros da holding e pelo IRS devido pelos lucros colocados à sua disposição pela holding.

    Ainda em 2011, duas empresas do regime, PT e Portucel, e grupo Jerónimo dos Santos anteciparam para 2010 o pagamento do dividendo desse ano para evitar a dupla tributação em 2011.

    Relativamente a 2012 e anos seguintes, para evitar a dupla tributação resultante duma decisão mesquinha do governo de José Sócrates, envolvendo iniquidade fiscal e extorsão fiscal legalizada, o grupo Jerónimo Martins resolveu que a holding portuguesa do grupo vendesse a sua participação de 56,136% à holding do grupo sedeada na Holanda, impedindo que o fisco português aplicasse uma vez mais IRC sobre os mesmos dividendos.”

    Gostar

  8. Arlindo da Costa permalink
    4 Janeiro, 2012 19:55

    Lá vem o caramelo de cima justificar com tecnicidades fiscais a fdputice do Alexandre.
    E já agora, e porque falamos de planeamento e optimização fiscal, por que é que os trabalhadores desse grupo empresarial não podem domiciliar os seus rendimentos num off-shore ou num território fiscalmente mais favorável?
    Ou a equidade fiscal apregoada poelos pais da pátria, não passa duma bem montada equinidade, onde muitos burros sustentam alguns milhares de cavalgaduras?

    Gostar

  9. Zebedeu Flautista permalink
    4 Janeiro, 2012 20:01

    ““Se é legítimo a um empresário fazer essa opção – ainda que possa ser criticável – também os consumidores podem retirar consequências dessa opção e adaptar o seu comportamento. Qualquer consumidor, perante esta opção do empresário, pode adaptar o seu perfil de consumo”
    dixit by um perigoso esquerdista do…CDS!”
    .
    O que é que isso tem de esquerdista/direitista? Só no totalitarismo é que as pessoas não gastam e consomem onde querem.
    .
    Eu vinho ai 75% já vem todo do lavrador. Hortaliças directo do produtor. Peixe quase sempre a saltar ainda à mulher do mestre do barco. Carne é que tirando galinhas e coelhos do meu sogro vem do talho.

    Gostar

  10. 4 Janeiro, 2012 20:02

    A estupidez patente nos comentários acima (à excepção de um…) está ao nível do actual “jornalismo” português… com destaque para essa miserável folha de couve intitulada “Público”.

    Gostar

  11. 4 Janeiro, 2012 20:53

    Para nós Portugas é muito fácil criticar, contestar, clamar, reclamar: é só falar!
    Pensar! isso já é mais difícil.
    Trabalhar e lutar….porra, vira a boca para lá!

    Gostar

  12. ikonoklasta permalink
    4 Janeiro, 2012 20:54

    ah, pois, o Guerreiro, que tantas vezes linkei por aqui… é só o ponto de vista dum jornalista de quotidiano económico… agora, o cidadão comum, a quem retiram, brutalmente, poder de compra, porque lhe levaram os subsídios de natal e fizeram actualizações de preços por causa das inflações galopantes” – que são quase nulas há uma dúzia de anos – e dos ivas uivantes e de caninos sanguinolantes, para pagar os cambalachos bancários e outros submarinos amarelos… que pensa o cidadão comum, como eu, que, apesar de muito comum, “je ne pense pas moins” … então, este gajo, que fez uma fortuna fabulosa – como o tio Belmiro – a vender-nos o pão prá boca ao preço da baguette parisiense e com alugueres, salários, e matéria prima mais baratas, e, agora, o gajo põe uma margem de lado, e depois ainda andou para aí, a falar de ética, como o Antónimo Barrete!…
    .
    pasei hoje num desses amargos de boca, onde sabe bem pagar tão caro… e os preços estão bem ao nível da Holanda, mas não da minha bolsa… como dizia o Luiz Pacheco, puta que os pariu!…

    Gostar

  13. 4 Janeiro, 2012 20:58

    O lucro neste país é pecado!
    Por isso ficamos tesos desde o séc. XV… quando expulsamos os que nesse tempo foram para a Holanda e fundaram a colónia de Haia fazendo da Holanda a primeira grande potência mundial moderna.
    Havemos de morrer, como Pessoa prevê, e não vamos entender nada! só reclamar….

    Gostar

  14. ikonoklasta permalink
    4 Janeiro, 2012 21:02

    mas, isto, vai fiar fino, e vou rir às gargalhadas, a situação dramética da Grécia, vai precipitar os acontecimentos!… vamos ver como o casal Merkozy e lacaios vão reagir!…

    Gostar

  15. 4 Janeiro, 2012 21:09

    Como diria o ministro das Finanças, qual será, de entre as três palavras da frase “Não há dinheiro”, que a ikonoklasta não percebe?
    É que, pelos vistos, acha que o dinheiro cai do céu, prodigalizado pelo S. Pedro. Também deve achar que a dupla Sócrates/Teixeira dos Santos e pandilha nada têm a ver com a actual situação do País. Estará mesmo convencida de que o Governo Passos Coelho é constituído por um grupo de sádicos apostados em fazer sofrer o povo português.
    Devia haver um antídoto para a estupidez. Mas, a avaliar pelo que aqui se lê aos arlindos, ikonoclastas e outros mentecaptos, não há.

    Gostar

  16. certo permalink
    4 Janeiro, 2012 21:10

    “e, agora, o gajo põe uma margem de lado, e depois ainda andou para aí, a falar de ética, como o Antónimo Barrete!…”- ikonoklasta

    Sorte enquanto alguém diga tão bem as coisas que nem soares dos santos se vejam livres de ridículos, o peralta, nossa senhora nos valha, com os demais tratantes

    http://wehavekaosinthegarden.blogspot.com/2012/01/pingo-doce-nunca-mais.html

    Gostar

  17. certo permalink
    4 Janeiro, 2012 21:18

    Já o ‘dizes tu’ é pródigo a escrever ‘estupidez’ e achar que os ‘mentecaptos’ são outros, ai, como quem não usa ver-se ao espelho, e bem fará, de vergonha ou pesadelo .

    Gostar

  18. Tiro ao Alvo permalink
    4 Janeiro, 2012 21:25

    Penso eu que o Grupo Jerónimo Martins (GJM), quando tomou a atitude que tomou, de certa forma, também nos está a prestar um serviço a nós, portugueses. Eu explico.
    Com esta atitude, o GJM está a dizer-nos que algo de errado se passa em Portugal e que todos nos devemos interrogar das razões que o levaram a fazer isso, ou seja, que todos nós deveríamos indagar o que é que a Holanda tem e nós não temos. Este deveria ser o tom geral das nossas críticas, mas não é, infelizmente. Por culpa de muitos, mas, essencialmente, por culpa da comunicação social, que dá guarida a tudo o que os nossos políticos ditos de esquerda dizem, sem cuidar de saber se o fazem de forma honesta ou se, pura e simplesmente, nos estão a enganar, como acontece frequentemente.

    Gostar

  19. tina permalink
    4 Janeiro, 2012 21:34

    Outra notícia que a esquerda vai odiar, os juros da dívida baixaram!

    Gostar

  20. ikonoklasta permalink
    4 Janeiro, 2012 21:45

    ah, pois, dizes tu… vão-te ao beau-cu, com gravilha, e ainda pedes mais!… mas quem sou eu para te impedir tão sublime prazer!…

    Gostar

  21. A. R permalink
    4 Janeiro, 2012 22:02

    A esquerdalha, se tinha alguns átomos de inteligência, parece que deslocalizou os neurónios não para offshores, nem para o jurássico mas sim para o câmbrico. Outra hipótese é andarem a perder tempo em excesso no barquito ou no Holmes Place: é tanto disparate que um esquimó tremeria de frio. Depois do disparate puxam de mais uma lei: não há paciência para estes calhaus rolados.

    Gostar

  22. beirão permalink
    4 Janeiro, 2012 22:16

    Apagar comentários? Cuidado que o sr comendador, de todas as ordens e afins, dá asilo muita gente, e não é para ir para o céu.

    Gostar

  23. tina permalink
    4 Janeiro, 2012 22:21

    O problema da esquerda é que julga que ainda pode ganhar aos ricos. Tantos anos de história não ensinou nada a esta gente.

    Gostar

  24. ikonoklasta permalink
    4 Janeiro, 2012 22:26

    Gostar

  25. certo permalink
    4 Janeiro, 2012 22:45

    Bem me parecia, a tina há-de ser aquela maria antonieta da revolução e o sarkozy, palavra, parece é maluco .

    Gostar

  26. A. R permalink
    4 Janeiro, 2012 23:22

    Então e a Maçonaria e o PS? Apareceu o Ricardo dos Açores e dos gravadores e todos perceberam que a marosca foi de vela! Que chatice!

    Gostar

  27. silva permalink
    4 Janeiro, 2012 23:46

    No despedimento colectivo de 112 familias do casino estoril nada foi cumprido no artigo 362º
    e depois dizem que as pessoas não querem trabalhar .
    Artigo 362.º
    Intervenção do ministério responsável pela área laboral
    1 – O serviço competente do ministério responsável pela área laboral participa na negociação
    prevista no artigo anterior, com vista a promover a regularidade da sua instrução substantiva e procedimental e a conciliação dos interesses das partes.
    2 – O serviço referido no número anterior, caso exista irregularidade da instrução substantiva e procedimental, deve advertir o empregador e, se a mesma persistir, deve fazer constar essa menção da acta das reuniões de negociação.
    3 – A pedido de qualquer das partes ou por iniciativa do serviço referido no número anterior, os serviços regionais do emprego e da formação profissional e da segurança social indicam as medidas a aplicar, nas respectivas áreas, de acordo com o enquadramento legal das soluções que sejam adoptadas.
    4 – Constitui contra-ordenação leve o impedimento à participação do serviço competente na
    negociação referida no n.º 1. O governo está a dar apoio a este despedimento.

    É SÓ PREENCHER TEMPO NADA SE FAZ, NEM SE INVESTIGA…… é deixar andar até a maioria da população
    morrer para se dar a notícia que o desemprego baixou.

    A PODRIDÃO INUNDA POR DEBAIXO DA CAPA OU TITULO DE ( Doutor, Engenheiro, Arquiteto, Administrador, Ministro e muito mais……….

    Gostar

  28. Arlindo da Costa permalink
    5 Janeiro, 2012 00:05

    O PSD é uma autêntica loja maçónica!
    Deviam ser todos processados, pois a Contituição proibe tráfico de influências e associações secretas que conspiram contra o Estado Democrático de Direito!
    Mas, aqui, os blasfemos, falam em «liberdade», «democracia», «transparência»…
    Sois uns líricos!

    Gostar

  29. Portela Menos1 permalink
    5 Janeiro, 2012 00:18

    Só falta a legalizaçâo do “grupo de fâs do PDoce”!

    Gostar

  30. ovigia permalink
    5 Janeiro, 2012 02:28

    eu compro e continuarei a comprar no PINGO DOCE.
    RECOMENDO mesmo os produtos da marca, excelente qualidade.

    Gostar

  31. 5 Janeiro, 2012 03:28

    Caro JMF, vamos ter um post sobre “o nosso homem em Belem” – de seu nome Fernando Lima – acerca da domesticacao dos jornalistas, certo?
    Para ver se resolvemos a velha questao do jornalismo de causas!

    Gostar

  32. afédoshomens permalink
    5 Janeiro, 2012 09:33

    «O problema da esquerda é que julga que ainda pode ganhar aos ricos»
    reflecti,meditei sobre esta sentença da dona Tina, e acabei com um colapso nervoso!
    esta mulher é tão inteligente,tão inteligente que já não é uma mulher ! é um JMF!
    (i.é um homem do género monhê)

    Gostar

  33. Outside permalink
    5 Janeiro, 2012 13:36

    “O problema da esquerda é que julga que ainda pode ganhar aos ricos. Tantos anos de história não ensinou nada a esta gente.”
    Estou estupefacto perante este comentário !!!
    Defina “esquerda” sff….e entretanto importar-se-ia de definir “ricos” igualmente, consolidando a sua resposta com o paradozo referente a “direita” e “pobres”.
    Lamento mas a minha ignorância não me permite alcançar a substância do seu pensamento!?

    Gostar

  34. ikonoklasta permalink
    5 Janeiro, 2012 19:48

    Gostar

Trackbacks

  1. A Jerónimo Martins e Portugal « O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: