Skip to content

Piadas de oportunidade

20 Janeiro, 2012

Com o #PL118, o Rodrigo não precisa de escrever bons livros. Basta-lhe que os chineses façam bons discos rígidos.

Advertisements
17 comentários leave one →
  1. pedro frederico permalink
    20 Janeiro, 2012 10:09

    Bom dia, acho que os maus artistas se reveem nesta lei, como diz o autor do post bastaria ele escrever merda atras de merda, e ser “autor” e por isso receber(ou os filhos hehe)…sem dúvida a lla socraticos esta lei, proteger a mediocridade…
    repare caro Joao Miranda, estamos a falar de telemoveis, pens, cds, dvds, nao só os discos externos…

    Gostar

  2. 20 Janeiro, 2012 10:20

    Comprei ontem uma pen-drive e gostava de saber quem é o autor que vai receber o dinheiro.

    Gostar

  3. aremandus permalink
    20 Janeiro, 2012 10:26

    No tempo de Teixeira dos Santos , o limite eram os 7%. Agora ,passados escassos 6 meses,o Céu é o limite….
    os direitos de autor são parta ser pagos aos ciganos de carcavelos e espinho!

    Gostar

  4. 20 Janeiro, 2012 10:35

    Piada de oportunidade: se o governo fosse PS, criava uma taxa complementar no IRS, para compensar a fuga ao fisco.
    Ou não?

    Gostar

  5. Anónimus permalink
    20 Janeiro, 2012 11:00

    Concordo com a piada. Já agora queria saber se posso ser considerado autor das minhas fotos e filmes de família e receber direitos de autor? Basta inscrever-me na SPA?

    Gostar

  6. aremandus permalink
    20 Janeiro, 2012 11:14

    piada do dia deu-a Louçã que foi demolidor para com Passos!

    Gostar

  7. aremandus permalink
    20 Janeiro, 2012 11:37

    Outra piada sem copyrights é a do minorca ministro da igualdade que passou de mota soares a audi soares.

    Gostar

  8. Anti-gatunagem permalink
    20 Janeiro, 2012 12:45

    Boa João! Ahahahhahahaha… É mesmo isso, a mediocridade protege-se.

    Gostar

  9. 20 Janeiro, 2012 13:32

    e , não sei , mas parece-me que o número de autores portugueses copiados deve ser mínimo , logo , o que o estado está a fazer é a chular os coitados dos criadores estranjas , porque como é que os dEUS ou o Spielberg vão receber o que lhes é devido ? inscrevem-se na spa?

    Gostar

  10. Fredo permalink
    20 Janeiro, 2012 13:47

    Alguém me saberá dizer como é que a SPA distribui essa massa pelos autores?

    Gostar

  11. Joaquim Amado Lopes permalink
    20 Janeiro, 2012 13:58

    Não distribui.

    Gostar

  12. 20 Janeiro, 2012 17:14

    Pois, não distribui. O Jorge Letria fica com ela, como antes o Rebelo. Nada muda na Duque de Loulé.

    Gostar

  13. Arlindo da Costa permalink
    20 Janeiro, 2012 17:57

    Paguem!
    Vocês pagam o ordenadão do pintelho e basbaque do Catroga c/ taxas e mais taxas e não querem pagar os direitos de autor dum fadista do Bairro Alto!
    Paguem, seus mal agradecidos!

    Gostar

  14. Euro2cent permalink
    20 Janeiro, 2012 23:14

    > os direitos de autor dum fadista
    .
    Deve ter a mesma probabilidade de receber cinco cêntimos do que cair-lhe um satélite russo na tola.
    .
    A Disney, por outro lado …

    Gostar

  15. Buiça permalink
    21 Janeiro, 2012 00:49

    Sinceramente não estou a ver como a SPA irá distribuír a pequena taxa cobrada a todos os consumidores de dispositivos de armazenamento, pelos autores copiáveis… vai ser ponderado por alguma estimativa de quantas vezes cada um irá ser copiado? ou todos recebem o mesmo? ou todos recebem um X por cada original vendido em cada ano?
    Espero que seja esta última solução.
    Temo no entanto que os filhos e netos do senhor Rodrigo neste caso tenham ele próprios que criar alguma coisinha de seu, para verem algum pilim. Já para não falar do próprio senhor Rodrigo uns meses depois de já ninguém comprar as suas obras.
    Um incentivo à criação portanto. Parece-me bem.
    O estudo para cálculo da taxa a aplicar sobre cada dispositivo também deve ser uma coisa linda. Num CD, cabe outro CD, ou uns quantos mais se forem comprimidos. Mas quantos PDFs do Memorial do Convento cabem num disco de 1TB?
    Enfim, não me choca uma pequena taxa, mínima. Pode é chocar-me a utilização do dinheiro. Presumindo, claro, que seria angariado algum dinheiro a mais do que o custo anual de implementar o sistema de controlo que garantiria que absolutamente todos os dispositivos vendidos seriam identificados e taxados. Mais os honorários da McKinsey para inventar o sistema. Mais os da comissão de acompanhamento quadripartida com membros da SPA, dos fabricantes, dos comerciantes e do Ministério da Economia. Entre outros que com certeza me estou a esquecer…

    Gostar

  16. 21 Janeiro, 2012 12:37

    “Alguém me saberá dizer como é que a SPA distribui essa massa pelos autores?”
    Não distribui. Os autores nem sequer têm de estar registados na SPA.
    Começa logo por essa ilegalidade da atribuição de representação de um coisa que não é representada.
    Mas isto em portugal não interessa para nada.

    Gostar

  17. 21 Janeiro, 2012 12:38

    “como é que a SPA distribui essa massa pelos autores?”
    Não distribui. Os autores nem sequer têm de estar registados na SPA.
    Começa logo por essa ilegalidade da atribuição de representação de um coisa que não é representada.
    Mas isto em portugal não interessa para nada.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: