Saltar para o conteúdo

Uma certa reserva sobre o passado

11 Agosto, 2012

Pelas reacções às declarações de Zita Seabra consegue fazer-se uma pálida ideia do que era o calvário vivido por aqueles que deixavam ou divergiam dos partidos comunistas nos tempos em que a URSS existia. Traidores, vendidos, detalhes várias da vida pessoal a que em Portugal  se juntava frequentemente a acusação de se ter falado na PIDE era o mínimo que os esperava. Ou será que o nome de Mário Dionísio já não diz nada?

A atitude esperada de quem deixava o PCP é exemplarmente definida no 5 DIAS a propósito de Zita Seabra: «Ao contrário de outros que também aceitaram passar as últimas décadas a ser politicamente qualificados como ex-PCP e que, na sua maioria, mantêm uma certa reserva sobre o passado, de modo a zelar pela memória do ideal comum no qual se empenharam, Zita Seabra não hesita em se ridicularizar» Está lá tudo: deve manter-se «uma certa reserva sobre o passado, de modo a zelar pela memória do ideal comum no qual se empenharam» Ou seja mesmo depois de divergir do ideal deve preservar-se o ideal. Quem não o fizer sabe o que o espera: o ridículo e a calúnia. Mas demo-nos por satisfeitos por já não recorrerem a métodos mais drásticos.  Se alguém escrevesse algo deste teor sobre outros totalitarismos seria questionado imediatamente mas com o comunismo já se sabe que as egras são outras.

A calúnia era também o que esperava os que saíam da URSS. Aqueles a que chamavam dissidentes como Soljenitsine ou Sakarov eram gozados e caluniados nos jornais portugueses dos anos 70 em prosas assinadas por gente que se dizia e diz muito amiga da liberdade.

Com isto e agora que os jornais andam às voltas com a espionagem que alegadamente o PCP fez através de uns aparelhos de ar condicionado, podemos aproveitar para falar destas denúncias de espionagem feita pelo PCP: «De no ser por los altos oficiales de las fuerzas armadas portuguesas de tendencia marxista, a Cuba le hubiera tomado varios años reunir la información necesaria sobre las defensas, comunicaciones, logística y topografía de Angola, que utilizaría posteriormente en sus operaciones bélicas» As denúncias não vêm de alguém  que não soube manter «uma certa reserva sobre o passado, de modo a zelar pela memória do ideal comum no qual se empenharam» mas sim dos cubanos e soviéticos. A passagem de informação militar classificada por militares afectos ao PCP aos dirigentes cubanos é frequentemente reconhecida pelos cubanos e pelos soviéticos. Felizmente que em Portugal os envolvidos têm beneficiado de  «uma certa reserva sobre o passado, de modo a zelar pela memória do ideal comum no qual se empenharam» 

Obs. Já que andam em mará de espionagem a também podem investigar o que está no arquivo Mitrokhin. Segundo escreve José Vegar no livro Serviços Secretos Portugueses os dados compilados por Mitrokhin revelam que “entre 1975 e 1984, políticos de relevo do PS, do PSD, do PP e do PCP tinham fornecido informações da NATO e de Portugal aos seus controladores soviéticos.”

96 comentários leave one →
  1. Pedro Almeida permalink
    11 Agosto, 2012 11:55

    Ó Helena, pense um bocadinho, vá lá só um bocadinho, não dói assim tanto.
    Acha mesmo que seria logisticamente possível haver em Portugal uma rede de espionagem através de aparelhos de ar condicionado? Um aparelho tão silencioso ainda por cima!
    A sério, é assim tão fã dos filmes do James Bond? Ou como é para falar mal do PCP vale tudo?

    Isso é qualquer coisa que vos metem na água lá na sede do PSD ou é mesmo da vossa inteligência?

    Gostar

  2. JDGF permalink
    11 Agosto, 2012 12:01

    O percurso de Zita Seabra é paradigmático. Um trânsito alucinante que foi feito por muita boa gente (não é?) e mostra uma extraordinária volatilidade de pensamento, acção e postura. Todos aprendemos com o passado, excepto quando o odiamos.
    Provavelmente a sua maior coerência residirá na sua serôdia ‘aproximação’ à Opus Dei. A partir daí tudo é possível. Como dizia Einstein “Nem tudo que pode ser contato conta. Nem tudo que conta pode ser contado…”
    Ou não será assim em termos de credibilidade?

    Gostar

  3. helenafmatos permalink
    11 Agosto, 2012 12:06

    Deixemos o ar condicionado à espera de provas. Eu refiro concretamente a Operaçao Carlota e as decaraçºoes de russos e cubanos. sem ar condicionado. Simplesmente mapas e informações passadas mão a mão. Os cubanos avançam com nomes. Os russos também. Vamos falar disso?

    Gostar

  4. piscoiso permalink
    11 Agosto, 2012 12:44

    A operação da minha tia Carlota foi à bacia, que fraturou quando foi ao quiosque comprar uma mapa.

    Gostar

  5. Lionheart permalink
    11 Agosto, 2012 13:29

    Os soviéticos apenas aproveitaram algumas das piores características dos portugueses, como a inveja, a preguiça mental, ou a bufaria, para arregimentar camaradas tugas, já que os defeitos nacionais encaixam que nem uma luva na ideologia comunista. Além de que a má formação dessa gente servia perfeitamente os propósitos de interesses estrangeiros em retirar os activos que Portugal dispunha (colónias). A mesma canalhagem que hoje grita pela perda de soberania, não descansou enquanto não acabou com a dimensão estratégica do país, nas melhores condições para os outros, mas nas piores para os portugueses. Quanto mais se souber sobre esse período, maior o desencanto sobre a Revolução, o que a motivou e o que desencadeou. Daí que os mandões do regime, enquanto puderem e até para salvarem a pele, tenham muito cuidado em controlar o que se pode falar sobre esse período.
    .
    E a propósito sobre a comunicação social, uma das melhores entrevistas que li nos últimos tempos foi de Joaquim Silva Pinto ao “i”. Mas, estranhamente, ou nem por isso, os jornalistas, que muito se citam uns aos outros para encher “chouriços”, parece que não tiveram ordem de discutir o conteúdo tão actual e assertivo desta entrevista, dado que a repercussão foi nula. Respeitinho é muito bonito… A avaliação que Silva Pinto faz de Sócrates, numa altura em que desavergonhadamente está em curso uma campanha de reabilitação da imagem do “pinóquio”, é arrasadora e CERTÍSSIMA! Poucos tiveram coragem de dizer a verdade, porque muitos ganharam com a socratice à custa do país. Quando se compram eleições e se distribui dinheiro por “empresários” (apenas Alexandre dos Santos e Henrique Neto foram críticos do “socratismo”, os outros venderam-se todos) é muito fácil manter o país quietinho e caladinho. O resultado está à vista.
    .
    http://www.ionline.pt/portugal/joaquim-silva-pinto-no-meu-tempo-era-preciso-redistribuir-riqueza-hoje-preciso-cria-la

    Gostar

  6. licas permalink
    11 Agosto, 2012 14:02

    Pedro Almeida
    Posted 11 Agosto, 2012 at 11:55 | Permalink
    Ó Helena, pense um bocadinho, vá lá só um bocadinho, não dói assim tanto.
    Acha mesmo que seria logisticamente possível haver em Portugal uma rede de espionagem através de aparelhos de ar condicionado? Um aparelho tão silencioso ainda por cima!
    A sério, é assim tão fã dos filmes do James Bond? Ou como é para falar mal do PCP vale tudo?
    Isso é qualquer coisa que vos metem na água lá na sede do PSD ou é mesmo da vossa inteligência?
    _________________________
    EU, POR MIM, JAMAIS DIREI MAL DO PCP, mas c´órror!
    Apenas o caraterizo (caracterizo) de Stalinista (princípio nunca repudiado
    explicitamente por Cunhal , nem pelos seus *sucessores* na Comissão Central)
    e ainda que dá suporte a Regimes onde não é possível sobrevivereM partidos políticos,
    como Cuba, Coreia do Norte.
    COMO SE TRATA DE FACTOS, todas as opiniões divergentes das que enunciei
    ficam. ipso facto, INVALIDADAS.
    Quanto à utilidade de haver tal Partido cá, só vejo uma : exemplifida ao vvo aquilo
    que a grande maioria dos Portugueses NÃO QUEREM . . .

    Gostar

  7. simil permalink
    11 Agosto, 2012 14:08

    ! ó lena matos, bem semelhante à zita despeitada, olha, e não tens i matéria de mais monta para o presente no teu diário estimado de expresso, que confirma o já dito a seu tempo, que portas, o p portas da coligação, passou duas noites a inutilizar papel e outros documentos das cópias que fez de uns submarinos que navegam sem documentação?
    que és bem tola, ou alguém acredita já nos desvarios da zita?, é claro, acredita a gente que o quer, as lenas e as zitas, além de outros inventões neotontos, ditos liberais .

    Gostar

  8. simil permalink
    11 Agosto, 2012 14:14

    e porém lá diz que é verdade, que aquele punho da foice mais não era que um microfone disfarçado, declarou o Relvas, apoiado em saberes do Dr Silva Carvalho, ao tempo já uns valentões, como o mesmo passos coelhone.
    e ao meio da foi-se, quando surge um eco que tranforma a voz, como a múzica, em coisa pesada, como a martelar, diz que é de um martelo, pum, pum, pum, só agora se viu, e tentem escutar.
    enfim, de lenas e zitas malukas anda o mundo cheio, e não é do pior, se há quem acredite que morre estes dias se torna um herói para sempre, se deus o permite e ala u akbar .

    Gostar

  9. simil permalink
    11 Agosto, 2012 14:21

    e essa da carlota e dos russos e cubanos que diz que dizem sem medo o que a zita tonta dita à lena é mais sério, vem o mundo abaixo, que deiz que naquela série alô, alô, o que mais faltou foram essa dicas, que diz que a helena não foi contatada e a zita recusou receber o cash, por respeito de um segredo antigo…
    e a zita lá passa a meno pausa, é que é, enquanto helena a adivinhará forte no seu trotear .

    Gostar

  10. simil permalink
    11 Agosto, 2012 14:40

    ai, que gajas mais tolas!
    e por que é que a zita não disse isso há mais tempo?
    se o dissesse há dez anos, doze ou quinze, vinte anos, atalhar-se-ia a tempo a crise.
    masd como é que lhe deu para ali, tão tarde?
    é um regresso à memória?
    inspiração retardada?
    será alzeimer?
    coisa boa não será, a olhar-se o imenso inusitado !

    Gostar

  11. tric permalink
    11 Agosto, 2012 14:50

    “Segundo escreve José Vegar no livro Serviços Secretos Portugueses os dados compilados por Mitrokhin revelam que “entre 1975 e 1984, políticos de relevo do PS, do PSD, do PP e do PCP tinham fornecido informações da NATO e de Portugal aos seus controladores soviéticos.”
    .
    controladores sovieticos!!!?? depois de 75 as informações secretas de Portugal, que nem a NATO possui-a, foram fornecidas à Alemanha, Grã-Bretanha, Israel, Estados-Unidos, França, China…foi um regabofe…

    Gostar

  12. Helena Matos permalink
    11 Agosto, 2012 14:52

    Os ex controleiros estão particularmente activos nesta caixa de cometários. Deixemlá tudo passa. Até a URSS já é passado.

    Gostar

  13. simil permalink
    11 Agosto, 2012 14:57

    não sejas estúpida, lena, quais controleiros, parvalhona?
    faz raiva é o ridículo, podes crer, que ainda um gajo não tenha nada a ver com a comandita, chega a enojar-se, como é possível tal descaro, um tal putedo assim à luz do dia ?

    Gostar

  14. licas permalink
    11 Agosto, 2012 15:12

    _exemplifica, ao vivo, (So sorry . . .)

    Gostar

  15. 11 Agosto, 2012 15:13

    Porque a maioria da populaça tuga já está diariamente automatizada-hipnotizada por programas inócuos das tv’s tugas, a aplaudir tudo e todos, se esses “partenrs” da sociedade tuga por qui pousarem, então, “a pedido de várias famílias” , “uma grande salva de palmas” paraHelenaZitaMatosSeabra !
    —————- HMatos, sinceramente não sei nem me lembro de ter lido algo indiciante sobre “políticos de relevo do PS, do PSD, do PP(CDS !, PP nessa época ?) e do PCP” que tenham “fornecido informações da NATO e de Portugal aos seus controladores soviéticos”. “Entre 1975 e 1984”. Quer elucidar-nos quem e como ? Quer prestar um bom serviço ao país ?
    Embora bem longe da socialite política tuga, soube que uns documentos sobre a compra duns helicópteros e submarinos desapareceram, etc&tal. PPortas&negociantes da tríade está também de férias ?, nada esclarece ?

    Gostar

  16. 11 Agosto, 2012 15:24

    UI !… Querem ver que segundo HMatos também eu sou um ex-controleiro ? Ou amanuense ?
    HMatos, com consideração : antes de ter escrito este post, deveria averiguar os comportam,entos, as causas e destinos dos “intérpretes” que menciona. Depois, quem foi ZSeabra post ruptura com Carlos Brito e com o PC. Ainda, deveria informar-se sobre “a quantidade”, “em que locais”, “quando”, “tecnicamente como”, “durante quanto tempo operacionalisáveis”, “que emissores” e “que receptores” dessas alegadas “escutas”.
    —————— Boas férias para si, que as minhas estão maravilhantes e maravilhadas com a oportuna re-entrada em cena de ZSeabra por causa do caso do “barão vermelho”. Também sinceramente espero que PPCoelho no seu discurso no AlLLgarve não catapulte pedras para os telhados de vidro do PSD e do ex-CDS por causa deste episódio, mais a “sentença” da extinção de algumas fundações, etc.

    Gostar

  17. 11 Agosto, 2012 15:24

    Nota 1: Helena Matos. Não tenho idade para ter sido controleiro. Nota 2: eu concordo consigo que se perde demasiado tempo a falar no passado. Raras vezes eu vejo um debate intenso sobre uma proposta que o PCP tenha feito na Assembleia da República nos últimos três anos. Quase sempre o debate é sobre acontecimentos anteriores à minha entrada na escola primária. O que me tem obrigado ao esforço extra – salutar mas extra… tenho vida profissional – de estudar história. Mas não posso de lembrar-me que sempre como neste caso não são os militantes do PCP que começam a falar do passado.

    Gostar

  18. Grunho permalink
    11 Agosto, 2012 15:33

    Cara Helena.
    Agora a tua heroína é a Zita?
    Que é que fizeste à Mora Guedes?

    Gostar

  19. licas permalink
    11 Agosto, 2012 15:43

    Há aí acima pessoas que usam se entretém com
    o léxico adolescente (Stalinista) dos HERÓIS e TRAIDORES.
    Esquecem o dito
    ____Errar é humano, perseverar no erro, imbecil.
    (*esta* vai dedicada à Zita Seabra, que, por fim, teve consciência
    com quem privava politicamente).

    Stakanov foi um idiota que se matou a trabalhar para
    ser HERÓI da UNIÃO SOVIÉTICA) . . .

    Gostar

  20. licas permalink
    11 Agosto, 2012 16:10

    Grunho
    Posted 11 Agosto, 2012 at 15:33 | Permalink
    Cara Helena.
    Agora a tua heroína é a Zita?
    Que é que fizeste à Mora Guedes?
    ____________________
    O que te safa é o nickname . .
    Que fica consoante o *Mora* Guedes

    Gostar

  21. 11 Agosto, 2012 16:10

    De acordo com licas : ser militante dum partido comunista “duro”, ortodoxo ad eternum ou não, intransigente defensor dos ideiais consabidos, não será fácil. Só com fortíssima convicção. E, em certos casos (que respeito e admiro), defensores dos mais injustiçados e desprotegidos –QUE OS HÁ !!
    Mais fácil, muitíssimo “apetitoso” e recompensador será “sair” dum partido comunista após co-liderá-lo durante décadas (Zita andou e sabia-se com “palas” ?) e entregar-se servilmente ao ex-“inimigo”.
    Ainda mais fácil será militar (e usufruir) em partidos com coluna ética mole sempre alternantes no poder — que não raras vezes albergam ex-comunas, no caso tuga oriundos do PCP, do MRPP, e outros.

    Gostar

  22. licas permalink
    11 Agosto, 2012 16:15

    MJRB
    Posted 11 Agosto, 2012 at 15:24 | Permalink
    UI !… Querem ver que segundo HMatos também eu sou um ex-controleiro ? Ou amanuense ?
    _______________
    QUEM é que subestima os controleiros?
    São as solícitas almas que evitam que os cegos se percam
    no caminho da felicidade perne que o Comunismo debita . . .

    Gostar

  23. licas permalink
    11 Agosto, 2012 16:16

    . . . perne ???? _________perene (of course . . . )

    Gostar

  24. 11 Agosto, 2012 16:23

    licas,
    NUNCA admiti controleiros antes e post 25 de Abril. Antes do 25 de Abril, gajos(!) da Legião Portuguesa, da GNR, da DGS e da PIDE-DGS. Post 1974, gajos(!) de partidos.
    Abomino controleiros. E em 1975 atirei um copo de cerveja às trombas duma desses criaturas que se impunha como “de esquerda”.
    Portanto, licas (e não só) está esclarecido/a.

    Gostar

  25. 11 Agosto, 2012 16:27

    O mais recente controle que assisti com agrado, foi, há minutos, à magnífica vitória olímpica do México-“operário” sobre o Brasil-“estrelado”.

    Gostar

  26. 11 Agosto, 2012 16:34

    licas/HMatos,
    Vc. está, presumo, acima de ZSeabra. Que lhe interessa hoje refogados queimados ? Presta-se a raspar tachos inutilizáveis ?
    —————- Se “olharmos” para os “telhados de vidro” de TODOS os partidos tugas post 25 de Abril…

    Gostar

  27. 11 Agosto, 2012 16:36

    adenda
    licas/HMatos, cozinha alimentos sãos em tachos queimados ?

    Gostar

  28. simil permalink
    11 Agosto, 2012 16:46

    Ok, imagina que todos são iguais, a helena quer isso e a zita, somos todos relvas, todos passos, silvas carvalhos, portas, com o loreiro e o do órgãoque matou a outra… a zita quer isso, comunas são tão desonestos, máfios, como os outros…
    mas fica-lhe mal, zita, intriguista, a lembrar a gaja que se divorcia e passados anos, muitos, ainda vem falar mal do ex, que lhe mexia assim, por baixo, coisa reles, triste, besta e sem caráter…
    e tivesse vergonha na cara, um pingo de honestidade, pudor, de sizo, não digo ombridade, e calava, mas pois é ridícula, falsa e ingrata, como se comprova, zurze, zune, zurra como os burros,leviana, inútil.
    a demonstrar mau gosto, leviandade, cabeça oca, pessoa despeitada, fraca, vingativa, sem nenhum caráter .

    Gostar

  29. piscoiso permalink
    11 Agosto, 2012 16:51


    O GLORIOSO vai à Alemanha bater no árbitro..

    Gostar

  30. simil permalink
    11 Agosto, 2012 16:51

    vitória olímpica do México-”operário” sobre o Brasil-”estrelado”. MRJB
    .
    e eu não acredito, pronto, ou não estava lá o grande hulk, que mais milhões ganhou, em portuga, sigundo o jornal, na última época.
    o hulk e assim danilo, lá que é, um defesa que, diz quem sabe, além do brasiu é de outro mundo …

    Gostar

  31. simil permalink
    11 Agosto, 2012 16:55

    bateu no árbitro?
    e era alemão?
    o mesmo luisão?
    e é cá dos meus, pois
    é bem feito, a mostrar que ainda temos gente, enfim, legumes, ao contrário dos políticos, sempre a apanhar nos c… nós com eles, sobretudo os trabalhadores que sobram, com todos os contribuintes, e passos e o gaspar, que sim, senhor, está bem assim, que, conquanto se poupe os boys, ainda podem bater mais no zé-povinho .

    Gostar

  32. 11 Agosto, 2012 16:58

    É todo um universo que deve ser explorado: http://lishbuna.blogspot.pt/2012/08/ja-se-sabia-que-o-sexo-na-alemanha.html

    Gostar

  33. 11 Agosto, 2012 16:59

    —————– ?
    —————– ??
    HMatos,
    estou impaciente por nos revelar quem são os “políticos de relevo do PS, do PSD e do PP (PSD e PP “entre 1975 e 1984” ??), que “tinham fornecido informações da NATO e de Portugal aos seus controladores soviéticos”.
    “Controladores” ? O que foi ou é “um político de relevo” tuga que se deixa controlar ? — um porteiro infiltrado num gabinete ?, um paquete armado em secretário de estado ?, um amanuense com acesso às gavetas secretas dum chefe de gabinete ?, um doutorado por escandalosa favorecida equivalência ?

    Gostar

  34. 11 Agosto, 2012 17:08

    simil,
    Hulk não só jogou muito bem (remate notável-quase golo na peimeira parte), mas também revigorou o jogo do Brasil ! Mais não pôde fazer sob ordens dum treinador apatetado e de alguns colegas que pareciam adolescentes deslumbrados numa final.
    —————— Quando o “timoneiro” LFilipe Vieira “bater” dentro de dois dias a cláusula contratual que (ainda) liga Hulk ao FCPorto…

    Gostar

  35. licas permalink
    11 Agosto, 2012 17:16

    MJRB
    Posted 11 Agosto, 2012 at 16:10 | Permalink
    De acordo com licas : ser militante dum partido comunista “duro”, ortodoxo ad eternum ou não, intransigente defensor dos ideiais consabidos, não será fácil. Só com fortíssima convicção. E, em certos casos (que respeito e admiro), defensores dos mais injustiçados e desprotegidos –QUE OS HÁ !!
    Mais fácil, muitíssimo “apetitoso” e recompensador será “sair” dum partido comunista após co-liderá-lo durante décadas (Zita andou e sabia-se com “palas” ?) e entregar-se servilmente ao ex-”inimigo”.
    Ainda mais fácil será militar (e usufruir) em partidos com coluna ética mole sempre alternantes no poder — que não raras vezes albergam ex-comunas, no caso tuga oriundos do PCP, do MRPP, e outros.
    ___________________
    ____1____MJRB pode admirar o que quiser: não é da minha conta nem preocupação.
    ____2____Os tais *ideais consabidos* incluem, como regra de ouro, que uma vez conquistado
    o Poder, inclusivamente à força, todas as outras correntes políticas/filosóficas ficam inibidas
    de existir, mesmo algumas conquistas *elementares* são suprimidas, como, por exemplo,
    a de manifestação e expressão fora da tutela do Estado absorvente, totalitáriamente *paternalista*
    ____3____O modelo PCP/Soviético, como MJRB afirma por sua voz, tem como INIMIGOS
    todas as outras pessoas na senda da metafórico/adolescente conceito de que HERÓIS e TRAIDORES
    é quanto baste para se formarem juízos quanto às pessoas.
    ____4____E essa da *superioridade ética dos Comunistas* está tão desgastada que nem merece
    menção, pois qual ética, qual carapuça, (carapuça pois claro) . Se num regime *burguês* não contem
    com eles senão para *incendiar* o *ambiente* com o intuito de *levar a sua avante*,
    , nunca para ajudar a resolver problemas, se no Poder, é o que se viu na URSS.

    Gostar

  36. licas permalink
    11 Agosto, 2012 17:20

    Uma das poucas afirmações dos Comunistas com que concordo em absoluto,
    é a de que:
    * O PCP não é um partido qualquer . . .*

    Gostar

  37. 11 Agosto, 2012 17:21

    Luisão nunca agrediu nem agredirá alguém — “embatem” nele. Forte, 1,90 mt, tem culpa ?
    Nesse lance (com jogo interrompido), Luisão estava impaciente pelo resultado do Brasil. Dirigia-se à linha lateral para perguntar ao JJesus se podia substituí-lo para seguir o jogo via rádio no balneário. Teve culpa por o árbitro chocar com ele ?

    Gostar

  38. clara permalink
    11 Agosto, 2012 17:32

    tem piada que as pessoas falam da “operação cartola” mas esquecem-se que quem entrou primeiro em Angola não foram os cubanos nem os soviéticos, mas quem??? quem???…
    Ora leiam: (transcrevendo profs universitários yankees ao abrigo da lei do “Direito à Liberdade de Informação”.

    New York Times From Old Files, a New Story Of U.S. Role in Angolan War By HOWARD W. FRENCH Published: March 31, 2002
    Now, coinciding with the death last month of Washington’s longtime rebel ally in Angola, Jonas Savimbi, a trove of recently declassified American documents seem to overturn conventional explanations of the war’s origins.
    Historians and former diplomats who have studied the documents say they show conclusively that the United States intervened in Angola weeks before the arrival of any Cubans, not afterward as Washington claimed. Moreover, though a connection between Washington and South Africa, which was then ruled by a white government under the apartheid policy, was strongly denied at the time, the documents appear to demonstrate their broad collaboration.
    ”When the United States decided to launch the covert intervention, in June and July, not only were there no Cubans in Angola, but the U.S. government and the C.I.A. were not even thinking about any Cuban presence in Angola,” said Piero Gleijeses, a history professor at Johns Hopkins University, who used the Freedom of Information Act to uncover the documents. Similarly, cables of the time have now been published by the National Security Archive, a private research group.
    Mas estas coisas… NiNGUÉM LÊ!!!!

    Gostar

  39. Nuno permalink
    11 Agosto, 2012 17:36

    .
    O ouro amarelo, branco e preto de hoje já não dá para pagar — só era muito para alguns — aos sakanoves. Ainda há muitos por aí a tentar rapar o tacho mas o pior é que o fundo já está seco e a romper-se.
    Já foram citados nomes mas há vários bem camuflados da dita “alta sociedade” cuja intervenção no processo é difícil de perceber. Seria o medo de ser perseguidos depois de uma revolução que alterasse profundamente a situação na qual, pelo menos, perderiam todos os seus privilégios senão a própria vida.
    Os “caixas” mais conhecidos que arranjavam esquemas para as entregas e depósitos — para depois distribuír pelos diversos funcionários — já morreram ou desapareceram. A história de Lyon de Castro é curiosa.
    Como é evidente, Portugal sempre constituiu um nicho de onde os comunas pretendiam — e pretendem… — catapultar apaniguados, mesmo com a sua reduzida influência, e gerar a possível confusão nos pontos nevrálgicos, em particular, no sul de África e na América Latina. Por isso os viajantes, emigrantes ou não, eram tão controlados — e não serão ainda? — à chegada a alguns países…
    .

    Gostar

  40. 11 Agosto, 2012 17:38

    licas,
    NUNCA eu militaria num partido comunista pró-soviético. Ou noutro partido.
    Vc. também pode admirar quem quiser, o regime que se lhe adapte ou sirva, “não é da minha conta ou preocupação”. Já deve saber que todos os regimes, todos os governos (incluindo os actuais), “têm como INIMIGOS todas as pessoas” que se lhe oponham. E quanto mais esse poder estiver “na corda bamba”, pior o desvario, o desatino, e se necessário o controle sobre a sociedade.
    Exemplo tuga : salvaguardadas as diferenças (muitas !) entre um pc pró-soviético ou o ex-PCUS e a coligação PSD-PP, vc. duvida que em desespero por erosão do poder, na Lapa e no Caldas alguém criaria “vias” para manobrar a sociedade descontente e quiçá reprimir manifs ? — as “vias”, as nuances são tantas, algumas já detectadas…
    —————- porra, já lanchei dois bons pires de percebes à espera da revelação de HMatos sobre os tais “políticos relevantes do PS, do PSD, do PP”, e nada ! Vou fechar o portátil.

    Gostar

  41. javitudo permalink
    11 Agosto, 2012 17:44

    Os controleiros espumam pelos cantos da boca. Outros disfarçam com a bola. As férias não lhe estão a correr de feição.
    Se quiserem perceber as raízes comecem por investigar o que se passou com alguns figurões da escola do exército nos anos 60. Um deles foi por demais conhecido. Outra referência importante foi a antiga embaixada da Checoslováquia frente à maternidade Alfredo da Costa. Algumas pessoas que faziam a limpeza das instalações ainda hoje podem falar.
    Algumas referência jornalísticas abrem apenas a porta. Os grandes traidores sabem-se proteger, já não são tão pouco prevenidos como Miguel de Vasconcelos.
    “As informações que durante décadas estiveram num buraco de uma dacha russa indicam, metodicamente, os nomes dos políticos, os seus códigos nominais, e as respectivas datas de nascimento.
    O funcionário encarregue do caso não conseguiu impedir um sorriso ao tomar conhecimento das informações adicionais. Ao contrario do padrão comum, o de acederem a espiar por convicção ideológica, que foi o grande trunfo estratégico do KGB em todo o mundo, os informadores portugueses mostraram, segundo Mitrokhin, motivações muito venais. A primeira foi a do dinheiro, quase todos eles eram pagos, mas também, em número significativo, a satisfação de desejos sexuais, de orientação homossexual. O relatório era explícito ao referir que, detectando esta fraqueza, o KGB tinha enviado para o terreno português controladores aptos a satisfazer o desejo das suas fontes, numa versão *** do sistema «Romeu» empregue por Markus Wolf na Alemanha Ocidental.
    Os políticos referidos realmente passaram informações ao KGB, ocorreram fugas sobre tudo o que é importante para o Estado português e para os seus aliados: Defesa, especialmente material bélico, economia, África, Nato, União Europeia, Acordo das Lajes. Depois, meses mais tarde, os funcionários começaram «a bater às portas das capelinhas», como frequentemente se diz na gíria, em busca de peças que os ajudassem a iniciar o acerto dos puzzles. O arquivo da DINFO, e alguns dos seus funcionários foram consultados, bem como os serviços da NATO, da PJ e de alguns congéneres europeus tentando sempre, claro, não levantar muita poeira”.

    Gostar

  42. 11 Agosto, 2012 17:45

    clara,
    Certo !
    Jonas Savimbi. Holden Roberto…
    Se Savimbi tivesse alcançado o poder, o que teria feito ? Quem teria aniquilado ? O que teria roubado ? Quem protegeria ? De quem se serviria ? Quem o controlaria ? Qual a sua fortuna, e dos mais próximos ?
    N: abomino o que JEduardo dos Santos & seus têm feito e roubado !

    Gostar

  43. 11 Agosto, 2012 17:57

    NATO, KGB, PJ, PVARSÓVIA, CIA, etc, estiveram activíssimos em Portugal post 25 de Abril. Todos ansiosos, todos “compadres”, todos compradores de informações nos partidos, na igreja, na justiça…
    (Duas cervejarias-restaurantes mais três hotéis em Lisboa, outro no Estoril e em Braga, são “testemunhas” de “olhares”, “ternuras” , “sinais de fumo” entre eles, mais mata-haris fêmeas e machos!…)

    Gostar

  44. 11 Agosto, 2012 17:58

    Errata : Mata hari

    Gostar

  45. javitudo permalink
    11 Agosto, 2012 17:59

    Spymaster: My Thirty-two Years in Intelligence and Espionage Against the West
    Por Oleg Kalugin
    Leitura recomendada para férias:
    “…os líderes comunista e socialista, Álvaro Cunhal e Mário Soares, regressavam do exílio, apresentando-se juntos à frente dos seus apoiantes em delírio que empunhavam conjuntamente o mesmo cravo vermelho. Soares prestou homenagem a Cunhal, seu antigo professor, como «homem notável, com uma visão luminosa e penetrante que sugeria uma grande força interior». Mas Cunhal também era um lealista da linha dura soviética que em 1968 fora o primeiro líder comunista ocidental a apoiar o esmagamento da «Primavera» de Praga. Embora as divergências entre ele e Soares fossem aumentando gradualmente, haviam de estar juntos numa série de governos de coligação até ao Verão de 1975.
    Em Junho de 1974, Portugal e a União Soviética estabeleceram relações diplomáticas pela primeira vez desde a Revolução de Outubro. Seis meses mais tarde, Cunhal teve o primeiro encontro com o residente do KGB em Lisboa, Esviatoslav Fiodorovich Kuznetsov (nome de código LEONID), que funcionava sob cobertura diplomática da recém-criada Embaixada Soviética. Embora a reunião decorresse numa casa segura do Partido Comunista Português (PCP), os dois homens tinham tanto medo de que a sua conversa fosse escutada que mantiveram um diálogo inteiramente silencioso com lápis e papel. Foi acordado que o KGB formaria dois membros de confiança do Partido para detectarem equipamento de escuta, de modo que as suas futuras conversas pudessem ser faladas. Cunhal também se comprometeu a entregar material sobre o serviço português de segurança, sobre a OTAN (de que Portugal era membro fundador) e sobre outras «questões de interesse para o KGB».
    Pouco depois da Revolução de Abril de 1974, foi dado a uma comissão de inquérito acesso aos processos do brutal serviço de segurança do regime deposto (conhecido sucessivamente por PIDE e DGS), cuja vasta rede de informadores quase rivalizara com as do Bloco Soviético. Uma vez que o PCP, cujos 22 membros do Comité Central tinham, no seu conjunto, passado 308 anos na prisão, fora o principal alvo da PIDE/DGS, esteve, sem surpresa, bem representado na comissão. Além de passar grandes quantidades de documentos da PIDE/DGS (alguns dos quais diziam respeito à colaboração com serviços de informações ocidentais), o PCP também forneceu à residência de Lisboa processos de informações militares portuguesas e de novo serviço de segurança criado depois da revolução. Segundo um dos processos anotados por Mitrokhine, o peso total do material classificado fornecido pelo PCP à residência de Lisboa em meados dos anos 70 atingiu 474 quilos. Em Janeiro de 1976 foi criada dentro do Quinto Departamento da PDP uma secção especial para trabalhar nos documentos portugueses que, na sua versão microfilmada, ocupavam 68138 fotogramas. O resumo de Mitrokhine do relatório do Centro sobre o material conclui:
    – Foi obtida informação extremamente importante sobre a estrutura, métodos de trabalho e redes de agentes dos Serviços Especiais (informações) dos EUA, de França, da RFA e de Espanha em territórios de Portugal; sobre a sua cooperação com a PIDE/DGS e as redes de agentes desta em Portugal e nas antigas colónias; sobre as forças armadas de Portugal e de vários outros países; sobre os métodos de trabalho dos Serviços Especiais portugueses contra a União Soviética e outros países socialistas; sobre a situação operacional dos agentes no país e em situações que fossem alvo de interesse para o KGB; [e] sobre indivíduos de interesse operacional

    Gostar

  46. 11 Agosto, 2012 18:10

    o que javitudo colocou (17:59),
    parece, pela confusão desde o início, um texto idílico rapidamente trágico lido pelo “lobo mau” ao capuchinho rosa.

    Gostar

  47. 11 Agosto, 2012 18:20

    —————– ?
    —————– ??
    AFINAL, APARECEM OU NÃO APARECEM OS TAIS DOCUMENTOS SOBRE OS SUBMARINOS COMPRADOS AO TEMPO DE PORTAS MINISTRO DA DEFESA ?
    O PGREPÚBLICA NÃO INVESTIGA ?
    PPORTAS NÃO ESCLARECE ? — PARA QUÊ AS TAIS VINTE MIL FOTOCÓPIAS ? — SERÁ QUE DISTRAÍDO LEVOU ORIGINAIS ?
    A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA NÃO AGENDA A DISCUSSÃO E JUSTIFICAÇÃO DO GRAVOSO(!!) CASO ?
    SÓ OS ALEMÃES ENVOLVIDOS É QUE SÃO CULPADOS — E SE DEMITIRAM !?
    (E andamos nós entretidos com posts de HMatos sobre Zita ressabiada e servil…)

    Gostar

  48. javitudo permalink
    11 Agosto, 2012 18:20

    A confusão reina na cabeça de MJRB e de todos os que procuram afastar ou são alérgicos à verdade.
    Sabe ela é como o azeite, virá sempre à superfície.
    Provérbios 29:9 Quando um homem inteligente discute com um tolo, este somente ri, xinga e causa confusão.

    Gostar

  49. clara permalink
    11 Agosto, 2012 18:30

    Não falava em nada disso.
    Falava em relação à “Operação Carlota”. Cubanos – Sul-Africanos (USA)
    Quanto a Holden Roberto não tenho uma opinião muito segura, embora o que saiba não seja muito abonatório.
    Relativamente a Jonas Savimbi tenho uma ideia muito nítida. Aniquilaria os seus inimigos: brancos, mestiços… e todos os que colaboraram com estes. Aqueles que ele considerava estrangeiros e a UNITA ainda considera: os não-genuinos, isto é, os que não têm ascendência angolana.
    Penso que Eduardo dos Santos tem muitos defeitos, mas tem uma qualidade imensa: agregar todos os angolanos sob a mesma bandeira. Unidos. Patriotas: Orgulhosos da sua pátria.

    Gostar

  50. 11 Agosto, 2012 18:33

    javitudo,
    “tá” confusa, sim senhor ! NESTE MOMENTO QUERO, COMO CIDADÃO TUGA COM “QUOTAS” PAGAS (IRS, SEM QUALQUER CADASTRO, ETC,), SABER QUE RAIO DE POLÍTICOS (ALGUNS) NOS GOVERNAM.
    ONDE ESTÁ A PAPELADA DOS SUBMARINOS !??

    Gostar

  51. 11 Agosto, 2012 18:38

    O post supra de CAAmorim,
    também pode “ir direitinho”, aplica-se sem reservas, ajusta-se à medida de muitos interesses de gentinha e gentalha (vigaristas e mega-vigaristas incluídos) do partido que representa e serve actualmente na ARepública e quiçá será –nada tenho contra– militante.
    …E cita o Zeca Afonso…–é preciso topete, carago ! É do Sol, só pode !

    Gostar

  52. 11 Agosto, 2012 18:43

    clara,
    a “agregação de todos os angolanos sob a mesma bandeira” e “patriotas”, aconteceria com qualquer presidente.
    Duvido bastante que todos estejam “unidos”, contentes e gratos a JESantos & seus…

    Gostar

  53. 11 Agosto, 2012 18:53

    PPCoelho, que herda o caso DOCUMENTOS-E-COMPRA DOS SUBMARINOS, que tem PPortas como MEstado e MNEstrangeiros, não indagará o causador do caso ? Não remeterá “a matéria” para investigação ?
    Terá memória de quando prometeu um governo incorruptível, sério, apoiável ? Não ouve uns “silvos” de notáveis do PSD sobre tantos casos cinzentões, nebulosos, perturbantes e descredibilizantes ?

    Gostar

  54. 11 Agosto, 2012 19:25

    Teste de liberdade de expressão neste blog

    Gostar

  55. clara permalink
    11 Agosto, 2012 20:28

    MJRB
    a “agregação de todos os angolanos sob a mesma bandeira” e “patriotas”, não aconteceria com qualquer presidente.
    Claro que não estão todos “unidos”, contentes sob a mesma bandeira. Mas que, num país, com tantas clivagens, com tantas forças a querer dividir, com uma guerra fratricida terrível, após a colonial, conseguir uma certa unidade. É óptimo.
    Se lermos os adeptos da UNITA, vemos um discurso virado contra os não genuínos, os estrangeiros… enfim! racismo e xenofobia. Isto é: separatismo – somalização, como disse Chivukuvuko em 1992.
    Esse nunca foi o discurso nem a prática do MPLA, nem do Presidente.

    Gostar

  56. 11 Agosto, 2012 20:40

    clara,
    quer explicar-nos como JESantos consegue essa “certa unidade” ? “Óptima” ?

    Gostar

  57. simil permalink
    11 Agosto, 2012 21:00

    “Luisão nunca agrediu nem agredirá alguém — “embatem” nele. Forte, 1,90 mt, tem culpa ?” MRJB
    Por acaso também vi, também percebi, o pobre do Luisão, àquela hora, ia dar o beijinho da ordem ao mister, que a todos beija ao início, no balneário, com promessa de, repartidamente, receber em troca o ósculo de cada atleta, à hora aprazada. E vail Luisão, na sua pressa, abalroou o árbitro, por ali à toa no meio da estrada .

    Gostar

  58. 11 Agosto, 2012 21:04

    MJRB
    Sobre o desaparecimento dos documentos no caso submarinos, não é oportuno falar porque a Helena Matos vai postar o assunto.
    Sobre a Zita, não é só a Zita, é a Zita de todos aqueles que alimentam a Zita. Helena Matos é uma delas. Mas mais sabujo ainda é Mario Crespo, o homem mete dó, tentou fazer piada com Mario Nogueira e entalou-se.
    MJRB, vamos esperar o post sobre os submarinos

    Gostar

  59. simil permalink
    11 Agosto, 2012 21:05

    “…E cita o Zeca Afonso…–é preciso topete, carago ! É do Sol, só pode !” MRJB
    E também o quis cantar o que mestre passos canta, mas falta-lhe a voz, confessa, se voz não é também falsete …
    eles comem tudo, eles comem tudo, do pintelhos ao leites .

    Gostar

  60. 11 Agosto, 2012 21:20

    Clara: «Esse nunca foi o discurso nem a prática do MPLA, nem do Presidente.»
    O MPLA usou efetivamente a mesma técnica que o PAIGC, que a UNITA, que a Renamo e que a Frelimo. Em última análise, também a FNLA (e a UPA) usou o terror baseado na tribo. Os Portugueses exploraram esse fator posteriormente e durante a Guerra do Ultramar.
    Cumprimentos,
    R.

    Gostar

  61. Portela Menos 1 permalink
    11 Agosto, 2012 21:39

    há algum motivo técnico que impeça divulgação de comentários?

    Gostar

  62. A C da Silveira permalink
    11 Agosto, 2012 21:44

    O PCP é um partido politico que praticou actos que são TRAIÇÃO à Pátria. Ponto final. Podem vir práqui os fascistas vermelhos da comunagem fazer a anti-informação do costume, usando os métodos estalinistas do costume, que não ganham nada com isso! Zita Seabra falou com conhecimento de causa, porque ela era do comité central e foi practicamente o braço direito do Cunhal durante anos.
    A comunagem que se acha com direito de governar o país através dos sindicatos quando não consegue mais de 7-8% nas urnas tem de ser posta na ordem. O trabalho em 25 de Novembro ficou incompleto, mas ainda vamos muito a tempo! Comunismo nunca mais!

    Gostar

  63. Portela Menos 1 permalink
    11 Agosto, 2012 21:55

    há algum motivo técnico, ou outro, que impeça divulgação de comentários?

    Gostar

  64. Portela Menos 1 permalink
    11 Agosto, 2012 22:00

    ok, fico a aguardar o post sobre as fotocópias e documentos desaparecidos do processo de compra dos submarinos, no valor de €1.000 milhões.

    Gostar

  65. simil permalink
    11 Agosto, 2012 22:12

    ei, manos, chigou o silveira, ac da cunha, do canudo engrolado à relvas e assim iletrado, burro, despeitado, tosco, a dizer que, ocupado, embora, prestou atenção ao debate, desde o princípio, quando a zita silveira da cunha viu o já dito da foi-se que diz que tinha o microfone posto…
    e já é ter sorte, haver gente assim disponível, tão inteligente, a rematar o post !

    Gostar

  66. Portela Menos 1 permalink
    11 Agosto, 2012 22:22

    entretanto o MP vai ter que abrir um inquérito a zita seabra; tantos anos no pcp a comer criancinhas ao pequeno almoço tem que ter consequências.

    Gostar

  67. 11 Agosto, 2012 22:34

    ACSilveira,
    Mário Soares, Francisco Sá Carneiro, Freitas do Amaral, Ramalho Eanes, sairam vitoriosos de combates contra “o comunismo”, não “o comunismo” do MRPP, mas “o outro”.
    Puseram “na ordem” via eleições e não só, o PC, MDP/CDE, UDP. Mas nunca afirmaram que era necessário extinguir esses partidos. Aliás, recordo-me perfeitamente duma posição de REanes creio que em 1976 : o PC é necessário à democracia.
    Hoje, o PC e o BE têm a percentagem sabida. Se a aumentarem nas próximas legislativas, se conquistarem ou reconquistarem autarquias, se elegerem mais deputados para o Parlamento Europeu, se, se… o que é que Vc. sugere ? — pô-los “na ordem” ? Completar “o trabalho” do 25 de de Novembro ? Eliminar fisicamente os votantes ? Destruir boletins de votos ?
    o ACSilveira é contra os sindicatos. Talvez acredite mais na eficácia de gangs ameçadores contratados pelo patronato, não ?

    Gostar

  68. 11 Agosto, 2012 22:43

    ACSilveira,
    durma hoje e sempre descansado, que o papão do “comunismo” tuga não perturbará os seus sonhos e vida.
    …Excepto se acreditar que a proliferação de lojas de chineses mais os russos e croatas que por cá andam, são, afinal, agentes do comunismo e “controladores”, como escreveu HMatos, de actuais e “relevantes políticos do PS, PSD, PP”…

    Gostar

  69. 11 Agosto, 2012 22:49

    ” O PCP é um partido politico que praticou actos que são TRAIÇÃO à Pátria ”
    Alentejano falsificado, ACSilveira,

    Então deve ser por isso que o caso BPN , o caso submarinos , o caso….estão cheios de comunistas

    Atina porra

    Gostar

  70. Ala que se faz tarde permalink
    11 Agosto, 2012 22:52

    Operação Carlota…

    E quem estava por detrás da Operação Savannah? Suponho que muito fascista racista portugues em fuga abraçou a causa…

    Gostar

  71. Ala que se faz tarde permalink
    11 Agosto, 2012 22:55

    A Operação Carlota com forte apoio cubano foi uma operação de salvação da integridade do território de Angola. Os fascistas racistas portugueses em fuga passaram para o lado dos sul-africanos que queriam anexar parte do país ao apartheid.

    Gostar

  72. 11 Agosto, 2012 22:55

    ACSilveira,
    creio que pela hora tardia, “os fascistas vermelhos da comunagem” que “práqui” andaram, tipo portela, simil, bolota, mjrb e outros, já não lerão esta minha tese-desconfiança e que talvez Vc. partilhe : não acha muito estranho a crescente quantidade de painéis solares e de heólicas em Portugal, quase todas essa parafernália virada para Leste, para a Ásia ? E instalada também por croatas e russos ?

    Gostar

  73. Ala que se faz tarde permalink
    11 Agosto, 2012 23:00

    The 1st large scale cross border operation of the bushwar. A covert operation by 4 SADF battle groups, (Foxbat, Zulu, Alfa, Bravo) in support of the pro Western Freedom movements (UNITA and FNLA) in Angola in the days prior to independence, and as a secondary role, to clear SWAPO/PLAN out of southern Angola. The purpose of the operation was to ensure a military and political victory for the pro-Western forces of FNLA and UNITA. The CIA covertly assisted as well up to a point, and then withdrew support with the so-called Clark Amendment Bill. The USA was also busy dealing with the Vietnam defeat and withdrawal, and furthermore, the US politicians were ill-informed about the real situation in Angola. This left the small SADF Task force without any Western Support, fighting an enemy openly and liberally supported by the Communist Bloc, hence the South African Government’s decision to withdraw as Angola spiraled into civil war.

    https://sites.google.com/site/sabushwarsite/Home/operation-savannah-2

    Gostar

  74. Ala que se faz tarde permalink
    11 Agosto, 2012 23:14

    Gostar

  75. Edgar permalink
    11 Agosto, 2012 23:19

    O cúmulo do ridículo:
    A RDA a espiar através dos aparelhos de ar condicionado e o PCP a dar autorização a CUBA para ajudar Angola a derrotar a invasão de tropas sul-africanas apoiadas pela UNITA, fornecendo não sei o quê. Tudo peças do melhor jornalismo.
    Será que helenafmatos ignora que não falta por aí todo o tipo de ex-espiões e ex-comunistas dispostos a contar estórias, como as da “especialista na liturgia comunista”? Estórias que certa comunicação está sempre pronta a aproveitar e a divulgar para entreter e desviar atenções.
    Como a “especialista” é militante importante do PSD, da cúpula dirigente salvo erro, quem será que anda a deitar porcaria na ventoinha? Com que intenções? Para desviar atenções de quê?

    Apesar de tudo ainda julguei que o Insurgente resistisse a aproveitar esta balela. Enganei-me.

    Gostar

  76. Portela Menos 1 permalink
    11 Agosto, 2012 23:23

    uma outra sugestão para post do Blasfémias seria a AMNISTIA FISCAL levada a efeito pelo governo.
    os patriotas – os que não fazem TRAIÇÕES – que colocaram €3.400 milhões nos veículos financeiros conhecidos , pagaram 7,5% de imposto e foram “legalizados” fiscalmente.
    um sujeito trabalha 5 meses por ano para o IRS, se tiver um DPrazo paga 20% à cabeça e segundo os amigos deste governo …só pode ser comuna.

    Gostar

  77. Edgar permalink
    11 Agosto, 2012 23:24

    Perdão enganei-me, como é óbvio, citei o Insurgente mas queria referir o Blasfémias,

    Gostar

  78. A C da Silveira permalink
    11 Agosto, 2012 23:27

    MJRB, quem disse que o PCP era necessario à democracia em Portugal foi o Melo Antunes na noite do 25 de Novembro, para evitar uma caça às bruxas.
    Não quero a ilegalização do PCP embora a CRP proiba no artº 46, nº4, “organizações de ideologia fascista”, mas quero que se apurem as responsabilidades dos comunistas nas informações que durante anos passaram para os paises da “cortina de ferro”, e depois julgá-los por traição!
    No caso dos submarinos, e se procurarem bem, se calhar encontram lá alguns comunas da Marinha. Se os papeis desapareceram, procurem-nos melhor, pode ser que estejam no mesmo sitio onde estão os arquivos desaparecidos do Mocidade Portuguesa, da Legião Portuguesa, e da PIDE. Os que roubaram esses arquivos para ninguem ler as fichas deles, devem ser os mesmos que roubaram os papeis do submarinos!
    Já pra não falar do dinheiro da “reforma agrária” como o da cortiça que roubaram durante anos, e que serviu entre outras coisas para comprar a quinta da Atalaia onde fazem a festa desse “farol da liberdade” que se chama “Avante”. Podia estar aqui o resto da noite a escrever sobre os crimes que o vosso querido PCP cometeu contra a economia portuguesa, as ocupações selvagens e posterior destruição de fabricas, empresas e propriedades agricolas.
    Escusam de cuspir pró ar, porque há muito quem lhes conheça a crónica!

    Gostar

  79. licas permalink
    11 Agosto, 2012 23:39

    Portela Menos 1
    Posted 11 Agosto, 2012 at 22:22 | Permalink
    entretanto o MP vai ter que abrir um inquérito a zita seabra; tantos anos no pcp a comer criancinhas ao pequeno almoço tem que ter consequências.
    _______________________

    Já disse AQUI e repito : Os Comunistas NÃO COMEM criancinhas ao pequeno almoço.
    Não tenho quaisquer indícios de tal prática.
    Porém, do que não resta qualquer dúvida, é que desde muito novas as *educam*
    na superioridade do regime Soviético, e outras patranhas semelhantes
    até lhes eliminar o natural sentido da CRÍTICA.
    PELO QUE que Zita Seabra foi, e levou anos a se evidenciar, um caso de imperfeita doutrinação,
    sendo, de certa forma, algo lisonjeiro para a citada, que mostrou ser um pouquinho mais
    desperta do que a maioria dos seus ex-camaradas.

    Gostar

  80. Portela Menos 1 permalink
    11 Agosto, 2012 23:43

    outro tema para post do Blasfémia podia ser “o impacto dos comentários dos idiotas radicais de (extrema) direita nos blogs que já são de direita”.

    Gostar

  81. 12 Agosto, 2012 00:09

    alexandre, e tantos crimes que os EUA sempre cometeram, invadindo paises como se fossem mesmo os policias do mundo.O pais que dizia que os ditadores soa uns filhos da p.., mas são os nossos filhos da p…..Na colombia matam-se ainda hoje milhares de sindicalistas.Sem falar na protecção que o ocidente deu aos tiranetes árabes.Pode falar ai a vontade dos comunistas, mas do outro lado da barricada teem as mãos tão manchadas de sangue quanto os comunistas.Só que é popularucho falar nos comunas

    Gostar

  82. licas permalink
    12 Agosto, 2012 00:40

    Portela Menos 1
    Posted 11 Agosto, 2012 at 23:43 | Permalink
    outro tema para post do Blasfémia podia ser “o impacto dos comentários dos idiotas radicais de (extrema) direita nos blogs que já são de direita”
    __________________________
    PEDAGÓGICO:
    Para reflexão apurada será a evidência da Blogue Comuna * 5 dias . net*
    que seleciona (selecciona) , usa o lápis azul da Censura e sistematicamente exclui posts
    de que não lhes agrada o teor, COMO OS MEUS.
    DAQUI SE VÊ como seriam os *média* se um dia os Comunistas alcançassem
    o Poder . . .
    DAQUI SE VÊ DE QUE FORÇA É O PCP . . .

    Gostar

  83. licas permalink
    12 Agosto, 2012 00:45

    __________e salta logo à vista em qual dos dois *blogues*
    a liberdade de expressão não é reprimida . . .

    Gostar

  84. Cáustico permalink
    12 Agosto, 2012 01:45

    Recuso-me comentar um post sobre dissidentes, que junta Zita Seabra com Mário Crespo.
    Há um mínimo, porra!

    Gostar

  85. Zebedeu Flautista permalink
    12 Agosto, 2012 02:24

    Há que não ser dogmáticos e rebuscar boas ideias sem preconceitos para aplicar a nível local. Uns gulaguezinhos em regime de concorrência com duas ou três fornalhazinhas maximizando o mercado da punição da corrupção aqui na Tugalandia parece-me boa ideia.

    Gostar

  86. Tiradentes permalink
    12 Agosto, 2012 08:01

    Muito antes da operação Carlota o internacionalismo proletário imperialista soviético stalinista financiava os mplas desta vida como se fossem os salvadores da humanidade e por causa dos bonitos olhos deles.
    Enquanto ocupavam, invadiam outros povos que queriam um pouco mais de autonomia, o direito de se governarem a si próprios, as teorias de libertação serviam para o seu imperialismo.
    Estes idiotas europeus falam de angolanos com conceito de nação quando este era apenas um conceito colonialista sendo que 90% da população daqueles territórios nem fazia ideia do que isso era . Havia sim os “escolados” na propaganda soviética que o usavam conforme a conveniência. Ora eram contra as fronteiras “desenhadas a régua e esquadro” pelos europeus nada tendo a ver com os povos em si, ora eram aproveitados para dar ideia que todo um povo teria consciência de uma entidade que nem sequer existia e em muitos casos ainda hoje não existe.
    Caso paradigmático de tal é o da Guiné com o seu “super-sumo” da intelectualidade marxiana Amilcar que uma vez deixados ao seu destino se matam por dá cá aquela palha seja ela etnica, tribal ou outra.
    Lembram-se do caso de Cabinda? o tal enclave separado de Angola cujo povo muito mais próximo de outros congoleses era no tempo colonial um excrescência do mesmo, deixou de o ser no dia em que os territórios foram ocupados pelo internacionalismo proletário unido por Angola. Aliás, depois da independência e paulatinamente, os 250 mil cabindas foram aos poucos exterminados, expulsos, deportados, sendo que hoje o território é parte integrante da grande nação angolana.( de régua e esquadro e kalash).
    Em Portugal entre duas sardinhas, três copos de vinho e dez pedidos de empréstimo aos bancos, teorizam sobre África e africanos.

    Gostar

  87. 12 Agosto, 2012 08:53

    Portela Menos 1, tu és chato como tudo.
    Não há nenhum campo transgénico para ocupar ou uma manifestação gay para apoiares?!
    Caramba!
    R.

    Gostar

  88. simil permalink
    12 Agosto, 2012 09:30

    e no entanto a operação, que só agora vejo assim chamada, ó tiradentes, sem curso nem nada, a operação teve sucesso ou não teve? premiou o mais competente, mais legítimo, o mais valoroso e aquele que é que foi bom para angola ou não, tiradentes sem curso?
    eu tenho que sim, que foi o que havia de ser feito, a seu devido tempo, sem grandes espinhas .

    Gostar

  89. Tiradentes permalink
    12 Agosto, 2012 10:41

    Premiou os assassinos, que por serem socialistas internacionalistas podem matar à tripa forra fazendo, no dizer deles, e seu, com curso, um favor à humanidade. Sim porque quando um proletário internacionalista socialista mata, executa, assassina, está a limpar a humanidade dos seus males (os outros que não são como eles)ó simil com curso.
    Foi óptimo para todos os angolanos executados inclusive as purgas internas do mpla, estão todos bem enterrados. Foi óptimo para esse grande marxista-leninista, José Eduardo cuja filha dá ares de burguesa capitalista a partir do nada, mas ele não tem nada a ver com isso. Óptimo para os cabindas (250 mil) que desapareceram do mapa (e falam do Ruanda).
    É assim que os cursados nas Lusófonas soviéticas pensam e falam, principalmente os teóricos europeus que se ouvissem um matraquear de uma kalash meteriam o rabo entre as pernas mas que sonham com elas para “limpar” o mundo.
    Vá comer uma sardinha que só lhe fica bem.

    Gostar

  90. samuelquedas permalink
    12 Agosto, 2012 14:47

    Ó Leninha… e pagam-lhe estas porcarias que escreve, como? Em dólares? Em géneros? Pagam bem, ao menos? 🙂 🙂

    Gostar

  91. J.J.Pereira permalink
    12 Agosto, 2012 16:51

    A nostalgia que esta canalha tem do Império Russo … que se encontra, alás, em fase de reconstrução. “Marketing” diferente, telegenia de acordo com os tempos e com o ar dos ditos, mas o “sponsor” de sempre, a boa e velha Germânia, e a obsessão de sempre , a Realpolitik como instrumento da grandeza, expansão e segurança da Rússia, independentemente da designação do momento.
    Infelizmente para estes serviçais saudosistas , as qualificações e capacidades de que o Império renascido necessita estão muito para além da bufaria rasteira ,ruminante e “biblìcamente estúpida” que constituiu ( constitui) o ADN da agremiaçãozinha portuguesa promotora do arraial algures na margem esquerda.

    Gostar

  92. clara permalink
    12 Agosto, 2012 16:59

    MJRB
    Com muito gosto, dou o meu ponto de vista, não uma explicação.
    O presidente de Angola, José Eduardo dos Santos consegue essa unidade, que é considerada óptima por mim e por muita gente que deseja a paz, acolhendo no seio do partido de que faz parte, todas as raças e credos, afastando-se de discursos xenófobos e racistas. Esse é o primeiro ponto importantíssimo. O segundo é a atitude que teve perante os perdedores da guerra, tendo-os amnistiado e integrado o militares nas FAA, forças armadas angolanas. Não exerceu qualquer vingança. Não considera isto extraordinário? O Presidente sempre lutou por uma Angola una, um só povo, uma só nação.
    Podia continuar, mas seria maçador… é nesta linha de raciocínio que baseio a minha opinião.

    Gostar

  93. Fincapé permalink
    13 Agosto, 2012 20:07

    Mais uma da comunista antiga Zita Seabra.
    Esta veio mesmo na hora ideal para não se falar dos documentos dos submarinos.
    O tipo que faz estas agendas é quase, quase, quase, perfeito.
    Quase!

    Gostar

  94. joao permalink
    14 Agosto, 2012 09:41

    tanta urticária que este post causou na esquerdalha vendida à utopia comunista. É natural, eu se fosse ou tivesse sido comunista, e afins, também me sentiria mal , principalmente depois de ter percebido que fazia parte da imensidão de idiotas úteis que queriam manter o muro erguido. Azar…o muro esfarelou-se às mãos dos que viviam no paraíso comunista…eh,ah,eh….

    Gostar

Trackbacks

  1. BLASFÉMIAS insta ex-comunistas-anti-comunistas a revelar na próxima conversa com Mário Crespo o verdadeiro tamanho do cérebro de Álvaro Cunhal | cinco dias

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: