Saltar para o conteúdo

Arrisque senhor deputado, arrisque.

8 Março, 2013

O deputado Pedro Nuno Santos escreveu uma carta a Alexandre Soares dos Santos. A dita está recheada dos lugares comuns que preenchem o discurso dos autoritarismos  – o grande empresário que não quer pagar impostos; que destrói os pequenos comerciantes e que enriquece enquanto os outros empobrecem – Felizmente para nós que o deputado Pedro Nuno Santos não tem os poderes da nomenclatura bolivariana e não pode mandar fechar lojas. Mas de qualquer modo o deputado Pedro Nuno Santos (que creio ser o mesmo deputado Pedro NUno Santos que tinha como solução para a crise recorrermos à  bomba atómica: a “bomba atómica é simplesmente não pagarmos. Se não pagarmos a dívida e se lhes dissermos as pernas dos banqueiros alemães até tremem” garantia ele)  não acaba a sua explanação sem propor a Soares dos Santos um negócio: «Desenvolva, por exemplo, uma bicicleta eléctrica: proponha-se entrar no capital de uma empresa portuguesa de bicicletas já existente, contrate uma equipa de jovens engenheiros para conceberem baterias eléctricas, invista no design da bicicleta e na sua promoção e use a rede de distribuição de que dispõe para as lançar no mercado.» Com tudo tão clarinho na sua cabeça cabe perguntar pq não avança o senhor deputado ele mesmo para o negócio? Arrisque senhor deputado, arrisque. A bicicleta eléctrica é certamente um bom negócio. Só terá Vossa Excelência o problema de convencer os bancos a facultarem-lhe crédito porque algum deles deve ter medo de ficar com as pernas  a tremer quando Vossa Excelências lhes disser que vai recorrer à bomba atómica mas como bem se sabe os banqueiros não guardam rancores.

53 comentários leave one →
  1. 8 Março, 2013 10:17

    S faltava patusca Helena Matos ser pupila do EDUCADOR do POVO, sr. Martins dos Santos!

    Gostar

  2. Carlos Dias permalink
    8 Março, 2013 10:24

    Esta carta é mais preocupante do que parece.
    Além da estupidez inerente demonstra também o carácter dos “nossos” políticos.
    Alexandre Soares não é um capitalista “interessante”.
    Não se compara aos CEO’s de outras distribuidoras.
    Ele é mau enquanto os outros são bons.
    Os outros estão sediados no estrangeiro por motivos compreensíveis, este está lá porque é mau para as pessoas.
    O mauzão não quer entrar no capital da tal fábrica de bicicletas JÁ EXISTENTE (esqueceu-se de dar o telemóvel de contacto). Esperemos que o nosso querido deputado gaste um pouco do seu ordenado a fazer um anúncio na televisão à tal fábrica já existente.
    Quanto às pernas a tremer pela bomba atómica penso que deverá ser uma obsessão, mas deverá passar-lhe com a idade.
    É assim que o PS se apresenta como alternativa?
    Se for assim nas próximas eleições prefiro votar no Herman José.

    Gostar

  3. 8 Março, 2013 10:27

    Estes tipos são os mesmo que andaram décadas a enaltecer aqueles que emigraram, a forte presença dos portugueses no mundo, e as remessas cá depositadas, e que depois tratam a emigração como sinal de um desastre, sobre o qual nada sabem, o que afirmam com o mesmo descaramento com que tratam os credores que foram quem lhes sustentou a construção de estádios de futebol e outros “investimentos” de Estado de alto retorno. Investimentos de gente completamente incompetente, senão louca.

    Gostar

  4. balde-de-cal permalink
    8 Março, 2013 10:30

    ‘espelho, espelho meu, há alguém com mais ideias do que EU ?’

    Gostar

  5. Fincapé permalink
    8 Março, 2013 10:34

    Pois, Helena, tem razão.
    Não se responde a baboseiras de um empresário com outro tipo de baboseiras.
    Até porque não é por respostas destas que Soares dos Santos deixará de as dizer.
    Porque se fosse, ele já tinha parado há muito tempo. Está-lhe nos genes.

    Gostar

  6. J.J Pereira permalink
    8 Março, 2013 10:55

    É cretinice a mais , msesmo para um “deputado sucialista”.
    Vai-se a ver, foi um rival que redigiu o exercíciosinho de caligrafia e assinou como se fosse o santos…

    Gostar

  7. Anti-gatunagem permalink
    8 Março, 2013 11:30

    Por que carga de água andamos nós a pagar ordenados (que por iniciativa própria nunca conseguiriam), reformas depois de duas legislaturas e todas as outras modormias, (muito) superiores a Renault Clio, a este palhaço e tantos outros como ele???? Um idiota que nunca fez, nem saberia fazer, nada na vida.
    Não há limites para a estupidez destes palhaços??? Nem para a gratuidade da exibição dessa estupidez????? (não estou a falar dos mongos que vigiam este blogue e fazem os comentários idiotas, como acima se vê, embora alguns possam estar a tentar ganhar um lugar de de-puta-do e os outros sonhassem com isso).
    Vai trabalhar, filho da puta!!! Deixa de viver à nosa custa.

    Gostar

  8. Duarte permalink
    8 Março, 2013 11:41

    Gostei da carta ao merceeiro que tem a mania que é o grande educador da Nação.
    Além disso ele dá emprego a muitos “historiadores ” e ” sociólogos” da nossa praça.

    Gostar

  9. 8 Março, 2013 11:43

    “Não há limites para a estupidez destes palhaços??? ”

    Não.

    Gostar

  10. Duarte permalink
    8 Março, 2013 11:43

    Esqueci – me da Jonet que tambem trabalha para a Fundação do merceeiro.

    Gostar

  11. Portela Menos 1 permalink
    8 Março, 2013 12:01

    ops, não toquem no ASS! Para HMatos, à esquerda do CDS é tudo extrema-esquerda e …perigosa.

    Gostar

  12. Tiradentes permalink
    8 Março, 2013 12:08

    Ai que saudades daquela imagem de marca do socialismo em que as prateleiras das mercearias estavam sempre vazias e mesmo assim tinham filas enormes à porta para comprar um pão que viria dois dias depois.
    Ai que saudades dos campos de reeducação em que se ensinava os donos a serem funcionários das mercearias a não terem produtos para vender congelando-os na Sibéria.
    Ai que saudades daqueles programas de limpeza destes ( e de outros) inimigos do povo só para limpar as Kalash.
    Aquilo sim é que era uma sociedade de abastança, justa e cheia de igualdade.
    No dia em que sonharem em deixar de pagar as dívidas, pode ser até que os alemães tremam (já tremeram mais com os gregos e não caíram) podem ter a certeza que as Três Gargantas do partido comunista chinês sai da mercearia da energia e vamos viver de velas a iluminar e a produzir. No final da semana estamos a formar filas na mercearia porque nem a Isabelinha dos Santos essa afilhada do comunismo estará para aturar esta palhaçada mesmo que internautica e fecha a zon e a optimus, metade dos bancos de que já é accionista. A VW de Palmela vai produzir bicicletas de preferência heólicamente motorizadas para fornecer a Cuba- lá há muito sol- e assim sucessivamente……..e seremos felizes para sempre pois não teremos mais merceeiros mas teremos duartinos.

    Gostar

  13. Duarte permalink
    8 Março, 2013 12:14

    As declarações de SS , Borges ,Ulrich , Jonet etc falam por si e dizem bem da qualidade das ” elites ” que temos em Portugal.

    “Porca miseria”

    Gostar

  14. gastão permalink
    8 Março, 2013 12:29

    a troll de serviço!

    Gostar

  15. André permalink
    8 Março, 2013 12:31

    Hlena, a vida está assim tão mal? Desde quando é que para defender um criminoso vai buscar delarações doutro criminoso (tem de ser essa a qualificação de qualquer deputado do PS, PSD e CDS-PP, dado que são os partidos que estiveram no poder durante todo o tempo em que Portugal caminhou alegremente para o abismo)?
    É melhor curar-se, o Soares dos Santos é mau, o que ele fez devia ser proibido. Por acaso até acho que nestas situações o Estado devia ter o direito de confiscar as fortunas de quem foge ao fisco (chame-se Soares dos Santos, Belmiro de Azevedo ou Américo Amorim).
    Já agora Carlos Dias, talvez Soares dos Santos seja pior do que todos os outros, uma vez que foi o único a defender que todos deviamos fazer sacrifícios. Ou seja, é o esquema papa Bórgia, “os outros que façam o que é preciso enquanto eu escapo airosamente das situações.” Nós, pobres, pagamos, ele rico, foge e ainda diz que os outros não pagam. Pelo menos os outros ricos tiveram a decência de ficar calados enquanto fugiam.

    Gostar

  16. 8 Março, 2013 12:40

    Já toda a gente sabe que os xuxas são 100 vezes piores que os comunas… trata-se de burgueses com tiques canhotos. Os comunas são um bocado mais genuínos na sua mentalidade. Normalmente, estes são mais sãos…embora com muita m***a dentro da cabeça!

    Gostar

  17. 8 Março, 2013 12:41

    Andam por aí uns “duartes´” e uns “andrés” que deviam financiar a populaça para ninguém fazer “sacrifícios”, coitadinhos…

    Gostar

  18. Paulo permalink
    8 Março, 2013 12:43

    Cambada de ursos
    O que nós precisavamos era de umas dezenas de Soares dos Santos.
    Agora deputados como este fazem tanta falta como a cólera.

    Gostar

  19. Paulo permalink
    8 Março, 2013 12:45

    A cereja em cima do bolo só podia ser do idiota de serviço que acha condenável a ação da Fundação MS que patrocina a Pordata, e a ação do banco alimentar.

    Gostar

  20. tric permalink
    8 Março, 2013 12:51

    Gostar

  21. tric permalink
    8 Março, 2013 13:10

    Fuck the Jews…Fuck the Saudis…
    .

    Gostar

  22. tric permalink
    8 Março, 2013 13:14

    Gostar

  23. André permalink
    8 Março, 2013 13:19

    Ed, o que eu disse no comantário é que TODOS devem fazer sacríficios e não apenas alguns. Se acha que você, na classe média, tem de sopurtar condições de vida que se poderão a vir tornar más só porque tem medo de tirar 5 milhões a quem tem mil milhões, então não são os comunas que têm muita merda (vê, acho a censura tão feia) na cabeça. Já pensou que se os sacrifícios fossem distribuidos por todos de igual maneira nós poderíamos estar muito melhor neste momento? Mas claro, preferimos que o dinheiro fuja para a Holanda (se calhar devíamos nacionalizar as fontes desse dinheiro, assim o dinheiro já não fugia, se o senhor Soares dos Santos não gostasse, paciência, pagasse TODOS os impostos em Portugal, quem tudo quer tudo perde).

    Gostar

  24. neotonton permalink
    8 Março, 2013 13:24

    As declarações de SS , Borges ,Ulrich , Jonet etc falam por si e dizem bem da qualidade das ” elites ” que temos em Portugal.

    Mais entao o 25 de Avril nao era para…Glup!

    Gostar

  25. Carlos Dias permalink
    8 Março, 2013 13:34

    Caro André consegue dar-me a listagem das empresas decentes (segundo a sua ideia) que se foram sediar na Holanda?
    (As do Estado também contam).

    Gostar

  26. Carlos Dias permalink
    8 Março, 2013 13:38

    Caro André
    Gosto da sua preferência por sistemas low profile .
    Só é pena que alguns sejam apanhados ou virem caixeiros-viajantes.

    Gostar

  27. tric permalink
    8 Março, 2013 13:49

    Gostar

  28. Fernando Rodrigues permalink
    8 Março, 2013 15:28

    Com o Soares dos Santos não há mamata. Conheço alguns trabalhadores do SS e nehum deles me diz mal dele, muito pelo contrário. Agora, perguntem ao povo de bem o que dizem dos senhores deputados como o referido e quejandos.

    Gostar

  29. 8 Março, 2013 15:59

    Alguém por favor pode explicar quantas bancarrotas já tivemos desde o 25 de Abril?
    Alguém sabe o número exato do funcionalismo público? Alguém sabe o porque de 3 administrações? Local, Regional e Central? E o porquê de duas ópticas de contabilidade pública? Alguém sabe porque o Estado vende imobiliário e compra imobiliário ao próprio Estado? Alguém sabe explicar porque não temos taxas de crescimento acima dos 9% depois do 25 de Abril? Alguém sabe explicar por favor o porquê da atual organização das FA? Alguém sabe por favor explicar o porquê dos ciclos políticos com média de 1 ano? 4o presidentes nos EUA após a independência e nós com 20 deposi do 20 de Abril? Alguém sabe…

    R.

    Gostar

  30. 8 Março, 2013 16:01

    Alguém sabe por favor a dívida total do SNS? Alguém sabe por favor quantos institutos “públicos” existem? E quandos observatórios?! Alguém sabe por favor o porquê da EDP funcionar em regime de monopólio? Alguém sabe o porquê da ADSE? Alguém sabe por favor…
    R.

    Gostar

  31. Paulo permalink
    8 Março, 2013 16:06

    Rogério
    Isso são muitos sacos.
    Misturar tudo é a melhor maneira de não tratar de nada.

    Gostar

  32. 8 Março, 2013 16:06

    Alguém sabe porque não consigo eleger um deputado e voto em “listas” fechadas? Alguém sabe o porquê de não criarmos os círculos uninominais? Alguém sabe o porquê de não sermos sustentáveis na criação de cereais? Alguém sabe o porquê de não termos indústrias de escala? Alguém sabe o porquê de termos 350.000 sociedades comerciais acusadas pelo INE mas o Banco de Portugal indicar outros números? E desses só 18.000 trabalham na área da exportação? Desses 18.000 pouco mais de 100 dessas empresas emprega mais de 20 pessoas? Alguém sabe…
    R.

    Gostar

  33. vivendipt permalink
    8 Março, 2013 16:13

    Os socialistas de tanto quererem fazer tremer os capitalistas acabam é sempre borrados…
    Não passam de uns cagões e mijões.

    Gostar

  34. 8 Março, 2013 16:17

    Alguém sabe porquê da pena máxima ser 25 anos? Alguém sabe ou tem controlo dos subsídios entregues às ditas “comunidades” ciganas? Alguém sabe o custo/benefício das casa entregues a eito a essas comunidades? Alguém sabe o património do Mário Soares, Arménio Carlos, Carvalho da Silva, Otelo, Vasco, Anacleto. Alguém sabe do caso da Casa Pia? Alguém sabe dos Robalos? Alguém sabe do BPN? Alguém sabe da quantidade de casas com menino que mija ali para os lados de Setúbal e como é que pagaram a construção de tamanhas relíquias?
    R.

    Gostar

  35. vivendipt permalink
    8 Março, 2013 16:18

    Rogério,

    A resposta mais simples que lhe posso dar é que é tudo culpa do socialismo.

    Gostar

  36. 8 Março, 2013 16:18

    Alguém sabe do Piscoiso e do Portela? Será que foram baleados lá na Venezuela?!
    R.

    Gostar

  37. 8 Março, 2013 16:22

    Alguém sabe da quantidade de mortos que a Guerra Civil Angolana fez? Alguém sabe da quantidade de mortos em Moçambique na Guerra Civil?!
    E novidades da Síria? Alguma coisinha? Nada?! E da Coreia do Norte? Será que o cavalheiro Piscoiso e o seu amante francês Portela vão dar uma passeata lá pela Coreia do Norte?
    R.

    Gostar

  38. 8 Março, 2013 16:29

    Vivendi, chame-lhe; Socialismo de Estado. Com hipócrisia misturada.
    R.

    Gostar

  39. 8 Março, 2013 16:35

    Alguém sabe explicar o que quer dizer: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei – NSDAP ?
    Diz que era socialista. E matou uns quantos Judeus…
    Mas para anti-semita já basta o Tric.
    R.

    Gostar

  40. piscoiso permalink
    8 Março, 2013 17:17

    Sobre a correspondência dos Santos… passo.
    Sou agnóstico.

    Gostar

  41. André permalink
    8 Março, 2013 17:34

    Rogério, grande parte das suas questões são pertinentes e partilhadas por mim, mas já agora, sabe que antes do 25 de abril era fácil ter taxas de crescimento anuais de 9%. É que se nós passarmos de 1 para 2 temos uma taxa de crescimento de 100%, mas continuamos a ser pobres. Se calhar depois do 25 de abril já não eramos assim tão pobres.
    Entretanto, concordo consigo sobre a Coreia do Norte, é um caso a que devemos dar muita atenção, o governo norte coreano consegue ser uma réstea da guerra fria, uma réstea do que nem a URSS conseguiu ser, esperemos que eles não queiram começar uma guerra mundial porque há muitos países pobres que os podem tentar apoiar e eu (como qualquer pessoa inteligente) não quer que isso aconteça, mas o desespero dos países pobres pode levá-los a auxiliar um ataque louco da Coreia do Norte.
    .
    PS: A dependência na produção de cereais não pode ser levada para a esquerda, não se esqueça que durante o Estado Novo, atrás de nós na produção, só mesmo a Turquia.

    Gostar

  42. 8 Março, 2013 17:47

    «mas já agora, sabe que antes do 25 de abril era fácil ter taxas de crescimento anuais de 9%.»
    Em nenhum lado me viu a defender que antes do 25 de Abril as taxas eram maiores. Ou melhores, ou piores. Apenas constatei esse facto. E facto é que a democracia (ou melhor, a “liberdade política”) não conseguiu em nenhum momento equilibrar as contas públicas.
    Sobre o Estado Novo há muito para falar.
    R.

    Gostar

  43. 8 Março, 2013 17:50

    Chégamos tarde à industrialização. Antes da queda dos Bourbons já muita Europa estava industrializada e com escala. Cá sempre tivemos entraves. A economia sempre foi artesanal. Talvez com poucos períodos de tempo. Nunca sustentámos essa industrialização. Os Planos de Fomento sempre foram um fracasso.
    Sempre. Os do Estado Novo e o da Democracia.
    O resto é conversa.
    R.

    Gostar

  44. André permalink
    8 Março, 2013 17:57

    Alguns dos planos de fomento chegaram a ter sucessos em algumas áreas. Apesar de se ter consolidado monopólios, foi possível criar algumas indústrias de base, infelizmente Salazar sempre teve medo do proletriado e nunca deixou que se fizessem grandes investimentos na indústria, isso custou-nos um atraso de décadas quando tivemos oportunidade de melhorar a indústria. Provavelmente hoje seriamos um país diferente.
    Mas, já agora, a Reforma Agrária conseguiu aumentar a produção, só é pena que o Cavaco e o Soares se tenham sujeitado a transformar aqueles terrenos em coutos de caça em vez de terrenos agrícolas, depois disso nunca a nossa agricultura podia ser desenvolvida. Nós aceitámos a PAC e tudo aquilo que ela trouxe de mau ao produto agrícola nacional.

    Gostar

  45. 8 Março, 2013 18:03

    Pois. O PAC impôs cotas. A um retângulo. Hoje temos o tomate. E 10 garrafas diárias do Porto. Quando lá fora se fazem 100mil ao dia.
    Em Queens, NY há uma fábrica que faz 2 milhões de bolinhos da sorte por dia. Por dia. Em Queens.
    Ainda somos muitos atrasados. E vamos continuar a ser atrasados. Infelizmente vamos ser o Louisiana ou o Alabama da Europa.
    R.

    Gostar

  46. RCAS permalink
    8 Março, 2013 18:14

    O problema é que o senhor Soares dos Santos, nos tempos do anterior governo, foi uma autêntica cassandra anti Socratica, alias como muitos dos que por aqui andam, (incluindo a Leninha cada vez mais armada em figurinha intelectualmente desonesta e mediocre) armados em metrecos e papagaios deste governo miserável, miserável mesmo.
    Não vi ainda da parte do senhor Soares dos Santos qualquer palavra relativa a este bando de miseráveis que nos governam. Silêncio absoluto. Agora paga-as claro! A reação quer neste caso ao Pedro Nunes dos Santos, como noutras ao João Galamba e Fernando Medina já para não falar de outros desta nova vaga PS, faz com que recordem a assertividade de Socrates e isso é demais para as suas mentes de metecos, correndo o perigo que é urinaram-se pelas pernas abaixo… o curioso é que não estão sózinhos até dentro deste PS sorumbático e inseguro tambem à quem trema e viva preocupado !

    Gostar

  47. Carlos permalink
    8 Março, 2013 18:37

    O Duarte não sabe o que dizer, como se pode ver nos comentários que postou aqui, onde meteu os pés pelas mãos.

    Gostar

  48. 8 Março, 2013 18:47

    Carlos, o Duarte está com alguma dificuldade.
    Será que apanha rede lá em Caracas?!
    R.

    Gostar

  49. beirão permalink
    8 Março, 2013 19:17

    Quem será esta anedota deste Pedro Santos? Que o tipo tem pilhéria, lá isso tem. Faz-me pena que, naquela Casa que devia ser da Democracia, se encontre uma data de gente medíocre que apenas está ali pelo tacho partidário, e mais uns quantos pedros santos de pacotilha, que, como fica claro, não passa de um cretino, um mentecapto que deve andar num outro planeta, que não faz ideia de como funcionam os mercados, que, em suma, se trata dum indivíduo que, num concurso público a sério, em que se tivesse como critério o mérito (a inteligência), a criatura nem para porteiro de ministério servia.
    Não pagar as dívidas é, para estes mentecaptos esquerdalhos, a solução, a única solução. E depois… vamos arranjar dinheiro aonde!? Que cambada!

    Gostar

  50. Portela Menos 1 permalink
    8 Março, 2013 21:14

    Rogério, pá, hoje deram-te folga no dia internacional da mulher? Estiveste imparável como nunca, idiota como sempre!

    Gostar

  51. Buiça permalink
    9 Março, 2013 03:13

    Bom post, como sempre!
    Aos mais raivosos talvez atenue a azia saberem que o senhor Soares dos Santos paga mais de 500 mil euros de IRS por ano.
    Tem mais de 60 mil empregados entre Portugal e Polónia.
    Faz na sua empresa a optimização fiscal que todos os seus concorrentes e todas as marcas de qualquer produto que consigam imaginar faz no mundo inteiro. Mas porque o assume deve ser obrigado a competir com o resto do mundo com bolas de chumbo amarradas aos pés? Para depois falir, ir tudo para a rua e vir a Walmart para cá vender batatas?

    Gostar

  52. eramasfoice permalink
    11 Março, 2013 02:13

    Nas jotas não se conversa, calunia-se, nas jotas não se discute, ladra-se. Este é um excelente ladrador.

    Gostar

Trackbacks

  1. A carta de Pedro Nuno Santos a Alexandre Soares dos Santos | O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: