Saltar para o conteúdo

Falhanço do Estado Social no Lagarteiro

2 Novembro, 2013

O Bairro do Lagarteiro é um bairro social onde a maior parte dos habitantes pagam rendas simbólicas.

Grande parte dos habitantes recebe rendimento mínimo ou pensões não contributivas (há uma data delas: complemento solidário para idosos, subsídio social de desemprego, abono de família, pensão social de invalidez)·.

Os fornecedores de electricidade são obrigados a ter uma tarifa social de electricidade com descontos para detentores de rendimentos baixos.

O estado social assegura ainda aos habitantes do Bairro do Lagarteiro saúde e educação totalmente gratuitas.

Apesar de tudo isto o Bloco de Esquerda acha que a EDP não deve cortar a electricidade a quem não paga a conta ou mesmo a quem rouba descaradamente a corrente eléctrica.

Mais caricato, Rui Moreira quer ser informado sempre que a EDP for cortar a electricidade a  um cidadão do Porto.

Anúncios
65 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    2 Novembro, 2013 15:51

    “Apesar de tudo isto o Bloco de Esquerda acha que a EDP não deve cortar a electricidade a quem não paga a conta ou mesmo a quem rouba descaradamente a corrente eléctrica.”

    Durante 5 anos!
    À “classe média” cortam após quantos dias?

    Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 16:40

      roubar a ladrões dá 100 anos de perdões….
      é uma comunidade sem possibilidades de emprego envelhecida vivendo de biscates e de trabalhos que conduzem a penas muito superiores às dos isaltinos das moraes sem emaudios de jeito nem fundações que afundem os perdões….

      o bloco de esquerda grego matou dous nacional-xuxalistas e ninguém os vai prender de resto morreram 3 queimados vivos cum os cocktails há uns anos e tambien ninguém está preso

      daí as repúblicas democráticas caírem regularmente em golpes palacianos republicanos

      para sermos moçambicanos já faltou mais…..

      o estado sucia all num é para a ralé…..só serve quem tem mais de 600 por mês

      para os restantes é a miséria de viver da esmola de um estado que se diz social….

      e a miséria é constitucional

      vivemos há 103 anos republicanamente nela

      e outros 700 a penar por conta dum senhorio importado de frança….

      morra sertorius biba biriatus

      Gostar

  2. manuel permalink
    2 Novembro, 2013 16:11

    Claro que Rui Moreira pensa e conheçe a nossa terra.Temos de saber o terreno minado que pisamos ,ou ,em breve, o Dr joão Miranda verá os hipermercados e outras lojas perto de si saqueadas.Penso que até na escrita temos de ter prudência,a memória do PREC faz-lhe falta.

    Gostar

    • Caetano permalink
      2 Novembro, 2013 16:18

      Não é a memória do PREC, é a memória das câmaras de gás, é a forma mais limpa e mais rápida de resolver tudo isto, não é João?

      Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 16:48

        deves ser maluco ó salazarista…..câmaras de gás? nós nem o gás do algarve conseguimos extrair sozinhos

        deves pensar caqui atiravam as bilhas de gás ós cornos….

        nem insecticida de jeito produzimos pra matar mosquitos

        é matar tudo à facada e pedrada ao estilo hútu…

        morram tutsis morram baratas tutsis

        a bem da noção dos desnacionalizados mate-se o estado e viva a maralha do lagarteiro

        câmaras de gás ? ó puta política matam-nos por overdose desde 1977

        antes de 1977 a piolheira era morta à força de cirroses e tuberculinizações

        é verdade que a cavalo é mais rápido

        agora venderem morte em cocaína fumável pra encher as contas da burguesia endividada foi de facto uma melhoria notável

        viva o crack das élites

        Gostar

    • Jose permalink
      3 Novembro, 2013 18:03

      Nem mais. subscrevo

      Gostar

  3. tric0001 permalink
    2 Novembro, 2013 16:17

    “Há quem esteja a preparar o país para a guerra civil”, disse, de forma menos contida, o líder do partido de direita Gregos Independentes, dizendo suspeitar que “há centros estrangeiros” interessados em desestabilizar a Grécia.
    .
    claro

    Gostar

    • tric0001 permalink
      2 Novembro, 2013 16:17

      Tal como todo o Médio-Oriente foi destabilizado…

      Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 18:31

        todo? bolas a arabia felix tá triste?

        curiosamente a Grécia num tem 70% da populaça abaixo dos 35 anos como esses médio-orientaes né…

        Gostar

  4. 2 Novembro, 2013 16:28

    Uma coisa é cortar o fornecimento de energia eléctrica a um consumidor individual.
    Outra é fazer esse corte a um bairro social. Neste caso, concordo que a Câmara deva ser previamente informada e se a EDP não o faz é porque não há nada estipulado nesse sentido.
    Rui Moreira vai ter de aguentar com o bombardeamento partidário do PSD…
    e uns tirinhos de Miranda.

    Gostar

    • Churchill permalink
      2 Novembro, 2013 16:47

      Piscoiso
      Até podia ser uma cidade, tem uma ligação clandestina e está a roubar energia é para cortar de imediato e não há mais conversa.
      Ou o roubo de eletricidade também está previsto na Constituição?

      Gostar

      • 2 Novembro, 2013 17:10

        Qualquer roubo é susceptível de posterior acordo indemnisatório.
        Ou de devolução do que foi roubado, oferecendo à EDP por exemplo uma eólica.

        Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 17:26

        quis dizê: indemnizatório ?

        olha das 600 toneladas de ouro que venderam nem me calhou uma grama

        deviam ter dado 60 a cada português né?

        pessoas que escrevem indmni sa tório ou urânio

        Resultados da procura

        22 – Fórum SCP

        http://www.forumscp.com › … › Arquivo › Eleições Sporting 2011‎

        04/03/2011 – 20 publicações
        … de 1995, com a consequente responsabilização dos culpados, quer a nível interno, quer a nível judicial, quer a nível de indemnisatório?

        matadouro – Freguesia de Santa Clara

        http://www.freguesiadesantaclara.pt/portal/v1.0/noticia_iden.asp?id=163‎

        18/02/2011 – … vontade expressa do Município em não avançar com qualquer recurso jurídico nem, de imediato, com a invocação do direito indemnisatório, …

        [PDF]
        Câmara Municipal de Óbidos 1 Acta n° 1 Reunião de 1999.01.04 …

        http://www.cm-obidos.pt/Download.aspx?x=255fb8e8-95c4-4a95-a078…‎

        indemnisatório, disponibilizando-se para 0 caso de, nova queda de barreiras, autorizar a sua deposição no mesmo local. A Câmara tendo em atenção os …

        código de processo civil anotado – abílio neto.txt

        http://www.bidvb.com:2300/+…/código%20de%20processo%20civil%20anota…‎

        I – Nos processos de expropriação por utilidade pública o recurso interposto de sentença que fixou o montante indemnisatório tem efeito meramente devolutivo, …

        Para mostrar os resultados mais relevantes, omitimos algumas entradas muito semelhantes às 4 já apresentadas.
        Se pretender, pode repetir a pesquisa incluindo os resultados omitidos.

        erá que quis dizer: indemnizatório

        Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.

        OK
        Saiba mais

        Resultados da procura

        22 – Fórum SCP

        http://www.forumscp.com › … › Arquivo › Eleições Sporting 2011‎

        04/03/2011 – 20 publicações
        … de 1995, com a consequente responsabilização dos culpados, quer a nível interno, quer a nível judicial, quer a nível de indemnisatório?

        matadouro – Freguesia de Santa Clara

        http://www.freguesiadesantaclara.pt/portal/v1.0/noticia_iden.asp?id=163‎

        18/02/2011 – … vontade expressa do Município em não avançar com qualquer recurso jurídico nem, de imediato, com a invocação do direito indemnisatório, …

        [PDF]
        Câmara Municipal de Óbidos 1 Acta n° 1 Reunião de 1999.01.04 …

        http://www.cm-obidos.pt/Download.aspx?x=255fb8e8-95c4-4a95-a078…‎

        indemnisatório, disponibilizando-se para 0 caso de, nova queda de barreiras, autorizar a sua deposição no mesmo local. A Câmara tendo em atenção os …

        código de processo civil anotado – abílio neto.txt

        http://www.bidvb.com:2300/+…/código%20de%20processo%20civil%20anota…‎

        I – Nos processos de expropriação por utilidade pública o recurso interposto de sentença que fixou o montante indemnisatório tem efeito meramente devolutivo, …

        Para mostrar os resultados mais relevantes, omitimos algumas entradas muito semelhantes às 4 já apresentadas.
        Se pretender, pode repetir a pesquisa incluindo os resultados omitidos.

        Gostar

      • 2 Novembro, 2013 20:21

        Claro que é indemnizatório, com zzzz.
        Devia estar a dormir para sair com “s” que é mais redondo.

        Gostar

      • und permalink
        3 Novembro, 2013 01:05

        non non é mais socialista como a nsdap…..primeiro falta definir se o estado não rouba oportunidades a outros ao monopolizar as reformas boas para si e ses amis…..

        ódespois porque é que eu que já descontei muito mais que um profe de carreira nã tenho direito a arreformar-me como a fatinha de felgueiras ou a palmeloa de 47 que começou a trabucar em 86 prá câmara

        o que é que lhe vão roubar na reforma de 2200 que ganhou na masturmação colectiva a bem da nação?

        ispilica lá e dou-te dois cólon’s para colonizares o cristóbal….

        Gostar

  5. Expatriado permalink
    2 Novembro, 2013 16:43

    Nao se preocupem. Segundo as noticias, os pobresinhos ja’ fizeram as “ligaçoes” a’ rede…..

    Engenho nao lhes falta.

    Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 16:58

      pobrezinhos é salazarista ó pobresinhô……

      pobres azinhos….

      falta-nos é grana mesmo ó fascista qués escravo dum milhão….um hino ó emigrante.

      Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 17:02

        por acaso os cantadores do nacional-porreirismo passaram pouca fome….

        e a eles ninguém lhes corta a casa da música nem a cinemateca…..cortem a luz à câmara que anda com candeeiros acesos às duas da tarde

        Gostar

      • colono permalink
        2 Novembro, 2013 17:51

        Ó Ora… tá mesmo na hora de ires pró cara****Não dizes coisa com coisa… A EDP cortou-te os neurónios? Não te enxergas…não tens a noção do ridículo?

        “Matava-te com muito mais prazer do que os veados que matei em África!
        Que “ganda” tiro… de 25mm!

        Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 18:00

        só pensas no caralho e com o caralho….

        ias ao cu aos pretos já se percebeu

        ou iam-te eles ao viegas?

        25 milímetros é cartucho ó perneta

        e se és um gay assassino é lá contigo

        deves ter sido abusadoo em meio familiar pra ter essas tendências homo homicidas….

        Gostar

  6. Guillaume Tell permalink
    2 Novembro, 2013 17:06

    E depois há quem diga que sem Estado social a vida seria uma desgraça. Para estes já o é.

    Além disso, as pessoas beneficiadas pelo o Estado social deveria o ser por pouco tempo segundo os neo-comunistas. Temos aí a prova do contrário, isto não passa de uma prisão a céu aberto.

    Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 18:29

      DEVERIA o ser?

      THE LIMBO IN FACEBOOK LEGS AKIMBO

      dissabte 2 de novembre de 2013

      DOS DIAS DA CRIAÇÃO EM LIMBOS de palavras com outros bimbos
      tinha ficado melhore

      prisão a céu aberto chama-se campo de concentração foi inventado pelos ingleses

      se é reserva índia tamém foi….

      Gostar

      • colono permalink
        2 Novembro, 2013 19:28

        Digam lá se este caraças não merecia uma carga de porrada?…

        Gostar

      • und permalink
        3 Novembro, 2013 00:59

        porquê? achas ó vaca que sou um preto?

        volta lá para a tua n’gola e vai ser guarda costas do edu

        ou pró teu samora machel ó corno manso….

        Gostar

      • Guillaume Tell permalink
        3 Novembro, 2013 12:28

        O Estado social também foi quase inventado pelos ingleses; já no século XVII havia a caridade pública que abrangia 10% da população, e foram eles que establecer os primeiros campos de “reeducação” para os mendigos até se darem conta que valia melhor os enviar para a Austrália.

        Gostar

  7. johnas permalink
    2 Novembro, 2013 17:20

    E tudo isso, porquê?
    Porque hoje é sábado.

    “De fato, depois da Ouverture do Fiat e da divisão de luzes e trevas
    E depois, da separação das águas, e depois, da fecundação da terra
    E depois, da gênese dos peixes e das aves e dos animais da terra
    Melhor fora que o Senhor das Esferas tivesse descansado.
    Na verdade, o homem não era necessário
    Nem tu, mulher, ser vegetal, dona do abismo, que queres como
    as plantas, imovelmente e nunca saciada
    Tu que carregas no meio de ti o vórtice supremo da paixão.
    Mal procedeu o Senhor em não descansar durante os dois últimos dias
    Trinta séculos lutou a humanidade pela semana inglesa
    Descansasse o Senhor e simplesmente não existiríamos
    Seríamos talvez pólos infinitamente pequenos de partículas cósmicas
    em queda invisível na terra.
    Não viveríamos da degola dos animais e da asfixia dos peixes
    Não seríamos paridos em dor nem suaríamos o pão nosso de cada dia
    Não sofreríamos males de amor nem desejaríamos a mulher do próximo
    Não teríamos escola, serviço militar, casamento civil, imposto sobre a renda
    e missa de sétimo dia.
    Seria a indizível beleza e harmonia do plano verde das terras e das
    águas em núpcias
    A paz e o poder maior das plantas e dos astros em colóquio
    A pureza maior do instinto dos peixes, das aves e dos animais em [cópula.
    Ao revés, precisamos ser lógicos, freqüentemente dogmáticos
    Precisamos encarar o problema das colocações morais e estéticas
    Ser sociais, cultivar hábitos, rir sem vontade e até praticar amor sem vontade
    Tudo isso porque o Senhor cismou em não descansar no Sexto Dia e
    [sim no Sétimo E para não ficar com as vastas mãos abanando
    Resolveu fazer o homem à sua imagem e semelhança
    Possivelmente, isto é, muito provavelmente
    Porque era sábado.”

    Vinícius de Moraes, “O Dia da Criação”

    http://www.jornaldepoesia.jor.br/vm3.html

    Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 18:18

      De fato, ou mesmo da shirt em tê
      tem muito depois
      e poucos bois
      nesta caixa sem tevê…

      depois da Ouverture
      e da basure usure
      e da final rapture……ver tessalónicos 4:17
      ou outros tectónicos da retrete

      do Fiat
      do cria-te
      do fiat lux
      e do bono vox

      e da divisão de luzes e trevas
      obviamente admito-o primevas
      e das quecas com as evas?
      adão ou não adão?
      E depois, da separação
      das águas, e depois, da fecundação
      da terra
      veio a guerra
      pela posse?
      e depois veio a tosse?
      E depois, da gênese dos peixes

      e dos fascistas com feixes

      e das aves

      não te laves….
      e dos animais da terra
      bolas aterra aterra….
      dos animais do solo?
      dos animais de colo?
      Melhor fora que o Senhor das Esferas
      nas terras
      tivesse descansado.
      ou cagado?
      Na verdade,
      em verdade te digo
      por piedade
      pobre amigo….

      o homem não era necessário

      já cá havia tanto otário
      Nem tu, mulher,
      ó barbara Guimarães
      colono não te quer
      jonas chama às mães
      nomes feios de phoder

      ser vegetal,
      apesar d’animal
      como o coral

      dona do abismo,
      e do salazarismo?
      que queres como
      e lavas-te com omo?
      ó grande homo…
      sapiens
      quando te vens
      nas plantas, imovelmente
      e nunca saciada
      Tu que carregas no meio de ti ….mais um que vê meios perto dos fins….
      Não viveríamos da degola dos animais e da asfixia dos peixes
      seríamos vegetarianos como os hindus

      Vinícius de Moraes,
      primo de Isaltino das moraes
      isentas

      “O Dia da Criação
      é prosa chata
      só dá tesão
      a barata

      Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 18:26

        DOS DIAS DA CRIAÇÃO EM LIMBOS WITH LEGS IN AKIMBOS E CACHIMBOS DE PÃ OU DE PETER PAN SEM GANCHO ESTÓRIAS DA CREAÇÃO QUEM AS NÃO TEM….CRIÁ-LAS EM FRASES SOLTAS POR NINGUÉM DEU BÍBLIA E AL COIRÃO E INTÉ DIAS DE CREAÇÃO SEM TESÃO

        E

        LÁ DIZ O AL COIRÃO DA ÁGUA SURGIRAM TODAS AS COISAS SEM MÁGOA

        Gostar

      • colono permalink
        2 Novembro, 2013 19:35

        Por caridade cristão interne-se este maluco… antes que seja tarde…
        Temo que já seja tarde… Choques elétricos da EDP e alguns banhos de água gelada… talvez melhore… Cura é que já não,,,
        Que dizer dum doente que escreve::Bíblia e al Coirão e inte dias de criação sem tesão!

        Chamem o INEM!

        Gostar

      • und permalink
        4 Novembro, 2013 17:47

        escreve-se por caridade cristã meta-se a estaca na velharia retornada que anda a peidar-se virtualmente em autos de café….

        chamaram o INEM pró maestro e ele num veio ó véio….

        escreve? transcreve? ó burro é vinicius das moraes primo do isaltino

        e isto nem é transcrever é mudar codigo numérico dum disco de armazenamento para outro….ou se calhar para o mesmo…

        Gostar

  8. Fincapé permalink
    2 Novembro, 2013 17:22

    “Mais caricato, Rui Moreira quer ser informado sempre que a EDP for cortar a electricidade a um cidadão do Porto.”
    ————-
    Pessoalmente, acho uma atitude exemplar de Rui Moreira. Explico porquê. Ninguém pode hoje construir uma habitação sem as condições impostas por leis e regulamentos, designadamente sem uma instalação elétrica adequada. Da mesma forma, ninguém pode ocupar uma casa sem a respetiva licença de habitabilidade* (não sei se ainda se chama assim) que implica a adequação da instalação elétrica às normas em vigor, bem como o seu funcionamento. Então, como é que depois se admite que a energia possa ser cortada, sem problemas?
    Um purista liberal dirá: quem não paga a eletricidade fica sem energia; quem não paga a mercearia não come; quem não paga a roupa anda nu.
    Neste caso, das duas uma: ou os apoios sociais que João Miranda refere não funcionam devidamente, devendo ser melhorados; ou funcionam, mas famílias desestruturadas não os utilizam como deveriam.
    No primeiro caso, alguém terá de se interessar pelas famílias, que certamente não têm amigos no governo, como “nós” que somos pessoas importantes; no segundo caso, alguém terá de ajudar a restruturar aquelas famílias, melhorando a sua atitude em relação à gestão dos meios que são postos ao seu dispor e responsabilizando-as perante a sociedade que as apoia. É para isto que servem os técnicos de serviço social que existem em número significativo, muitos deles formados com dinheiros públicos e que estão no desemprego.
    Se uma autarquia não se interessar por estes casos, e tendo em atenção que já há tão poucas estruturas viárias, escolares e outras, não ficaria a sua utilidade tão reduzida que a coisa até poderia ser gerida do ministério a Administração Interna a partir de um terminal de computador?

    Gostar

  9. 2 Novembro, 2013 17:39

    JoãoMiranda,

    Com tantas benesses porque não vai morar para o Lagarteiro???

    Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 17:53

      é ligeiramente melhor do que morar em Quintos em 1977….ou nascer em Baleizão e andar com o penico a estrumar a estrumeira….tem é mais droga do que alcoólicos em Baleizão….

      e o rendimento médio é mais ó menos o mesmo assis como o emprego….de resto em Baleizão a junta inda emprega uma percentagem superior que no lagarteiro

      o estado social falhou em Baleizão e no lagarteiro
      só que viver com 174 euros ó mês é mais fácil em Baleizão….

      Gostar

  10. javitudo permalink
    2 Novembro, 2013 18:21

    Otelo Saraiva de Carvalho acredita que Portugal precisa “de um homem com inteligência e a honestidade do ponto de vista do Salazar” para resolver a crise que atravessa.
    Em entrevista ao “Jornal de Negócios”, o “capitão de Abril” sublinhou que “precisávamos de um homem com inteligência e a honestidade do ponto de vista do Salazar, mas que não tivesse a perspectiva que impôs, de um fascismo à italiana (…) Alguém que fosse um bom gestor de finanças, que tivesse a perspectiva de, no campo social, beneficiar o povo, mesmo e sobretudo em detrimento das grandes fortunas”.
    Otelo Saraiva de Carvalho elogia o que se fez a seguir à revolução “ao nível da educação, da saúde”. “Houve um rápido crescimento do nível económico das populações a seguir ao 25 de Abril à custa das reservas de ouro que o forreta do Salazar tinha amealhado no Banco de Portugal, mas depois, esgotada essa possibilidade, a coisa começou a entrar em dificuldades”, salientou.

    Gostar

    • Expatriado permalink
      2 Novembro, 2013 18:26

      Se a “filha de putice” pagasse imposto, esse pulha ja’ tinha resolvido o problema do deficit nacional.

      Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 18:36

      acho que ele é que precisa dum homem né,,,,

      as duas gaijas qu’arranjou já estão muito mais gastas ca bárbara Guimarães

      o salazar é um ponto de vista?

      bolas e agente a pensar quera um merdoso qu’ouvia vozes ao estylo jeanne d’Arc

      inteligências raras já tivemos bué

      num s’arranja um tipo burro que corte os empregos das elitreiras instituídas?

      Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      2 Novembro, 2013 19:02

      O Otelo está maluco e sempre foi maluco.
      Além disso, não é uma pessoa de bom carácter, pois tanto colaborou com o poder no tempo da outra senhora, como colaborou com o poder que no 25/4 se instalou em Portugal, infiltrado por alguns oportunistas e acolitados por meia dúzia de militares, alguns briosos, muitos apenas com dois dedos de inteligência, outros nem isso, como é o caso do Otelo.

      Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 19:16

        Ora se colaborou com a legião pra ganhar uns troikos isse era normal

        e ser maluco no exército e meter um monóculo na órbita pra ir sendo promovido é a norma

        se nã fosse maluco nunca tinha chegado a major

        o pae do melo Antunes só chegou a major já quase na passagem à reserva
        e passou à reserva aos 60 e picos a ver se chegava a tenente-cornel mas num deu

        já o filho….tamém num gozou a reserva territorial coitado

        nem chegou a reformar-se da reserva….

        Gostar

  11. @!@ permalink
    2 Novembro, 2013 18:24

    Menezes visitou o bairro do Lagarteiro
    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=3201415
    Querem ver que é por vingança.
    É um falhanço do estado social desenhado em 1973 em que se procurava esconder a miséria de Portugal. E continuou-se a pensar assim nos gabinetes camarários após a revolução para “afastar” os indigentes da vista. Assim nasceram os famosos guetos sociais tão do desagrado dos “burgueses” e liberais para quem “esse” tipo de gente não merece qualquer consideração, só para obter alguns votos aparecendo nos média dando a ideia de terem preocupações sociais. Altamente.
    ORA faz referencia a várias localidades do baixo alentejo que padecem do mesmo mal de terem sido menosprezadas pelo poder central e distrital e que se não fosse a autarquia já teriam desaparecido aumentando a desertificação do pais.

    Gostar

    • manuel permalink
      2 Novembro, 2013 19:08

      O concelho do Porto é o que tem mais pessoas a viver do RSI no país,a média de recebimento é de 83 euros/pessoa.Estas ligações ilegais não acontecem só no Lagarteiro acontecem em todo o lado e calotes à EDP nem se fala. Antes das eleições este problema estava conhecido e como em tudo ,estiveram à espera das eleições para actuarem.Li hoje no JN que a anterior maioria após perder as eleições na Câmara de Gaia empregou umas pessoas à pressa e ocasionou um problema grave ao actual presidente. EDP e quejandos estão a pedi-las.Este país começa a estar mais irrespirável que no estertor do sócratismo.Estas populações devem ser apoiadas ,caso contrário,vamos ter favelas na cidade e tudo o inerente.Nasci nesta terra e não quero aqui a situação do Brasil.

      Gostar

      • ora permalink
        2 Novembro, 2013 19:22

        nasceste nesta terra? bolas nã és extraterrestre?

        não queres aqui….mata os nazis como os gregos….
        dissabte 2 de novembre de 2013

        DAS APARIÇÕES NA POLÍTICA VULGAR E NA VULGATA POLITIQUEIRA – APARIÇÕES DE BIMBOS EM LIMBOS DE PALAVRAS ESCRAVAS E EM LIMBOS DE BIMBOS DE ESCRAVAS APALAVRADAS

        Gostar

  12. Portela Menos 1 permalink
    2 Novembro, 2013 19:15

    Muito gosta o pessoal do Blasf fazer posts para serem insultados.

    Gostar

    • ora permalink
      2 Novembro, 2013 19:19

      só é insultado quem quer dizia um filósofo grego…..

      não insulta quem quer só quem tu deixas ó gama ainda com madeixas…..

      CHÁVEZ APARECEU NUMA OBRA DO METRO DO CARAÇAS

      OU DE CARACAS TANTO FAZ

      LENINE DAS RELVAS MARTINS APARECEU MORTO PELO ESTADO SOCIAL SUECO

      SOCRATES APARECEU NUM LIVRO SOBRE TORTURA EM DEMOCRACIA GREGA

      DEPOIS DE SÉCULOS A CU ROMPER A JUVENTUS DE ATHENAS…..

      SOARES APARECE EM TODO O LADO POIS O ESTADO SOCIAL

      É ENORME E MAIOR QUE DEUS E O GRANDE ARQUITECTO JUNTOS…

      SOARES QUE ATÉ PARECE PARVO APARECE EM PAPEL HIGIÉNICO CHEIO DE LETRAS

      E ATÉ FAZ APARIÇÕES EM PACOTE DE CASTANHAS A DOIS EUROS A DÚZIA

      E SEMI-APARIÇÕES NOS PACOTES DE MEIA-DÚZIA A 1 EURO

      QUE ANDAVA ANTES NOS 100 ESCUDOS

      POR ENQUANTO APESAR DAS DÉCADAS DE APARIÇÕES

      QUE LEVA D’AVANÇO AO CHÁVEZ

      SOARES AINDA NÃO APARECE NAS MOEDAS COMO FRANCO

      OU COMO SON AMI JUAN CARLOS O MATADOR DE ELEFANTES….

      TAMBÉM NÃO FAZ APARIÇÕES EM TORRADAS

      NEM EM NOTAS …..

      E CONTRARIAMENTE A JESUS TAMBÉM NÃO FAZ APARIÇÕES EM BATATAS FRITAS….

      ESPERAMOS PACIENTEMENTE POR NOVAS APARIÇÕES

      A BEM DO ESTADO SOCIAL IDE APARECENDO

      ENQUANTO A GENTE SE DESVANECE….

      Publicat per Insulto tal como Indulto é mais sampaio que nódoa nos sem payo
      tem payo qué cego….

      Etiquetes de comentaris: APARIÇÕES EM NOITES SEM LUZ NUM ESTADO ASS SOCIAL OU ASSOCIAL QUALQUER…

      Gostar

  13. Albuquerque permalink
    2 Novembro, 2013 20:26

    Ainda bem que o Estado Social não falhou no Centro de Estudos de Fenómenos de Transporte. Ia ser uma pena…

    Gostar

  14. Expatriado permalink
    2 Novembro, 2013 21:36

    Ha’ muita gente a viver com imensas dificuldades, sem duvida, mas creio que a maioria procura viver dentro das suas possibilidades economicas, por pouco que sejam.

    Dito isto, e com referencia ao caso do bairro do Lagarteiro, pergunto se aqueles a quem foi cortado o fornecimento de electricidade (nao foi seguramente a TODOS os residentes) nao teem plasmas, computadores, consolas de jogos, internet, TV Cabo e SportTV, etc. Enfim qualquer daquelas coisas que sao consideradas luxo e que custam um balurdio…..

    Dai’, seria interessante fazer uma investigaçao para separar os que caloteiam dos realmente necessitados e encontrar meios para ajudar estes. E’ que….. ha’ muitos oportunistas….

    A marcianada e outros extra-terrestres ate’ incentivam estes oportunistas, para depois explorarem as noticias empoladas pela CS e assim “ganharem” politicamente. Como ja’ se viu.

    Pensam eles……

    Gostar

    • manuel permalink
      2 Novembro, 2013 22:51

      As 15 pessoas/dia que são declaradas insolventes são do Bairro do Lagarteiro?A nossa sociedade é consequência da educação ,da economia,da saúde e das políticas dos últimos anos. Será culpa da monarquia ?Será culpa da longa noite fascista do sr Dr Oliveira Salazar?Claro que podem ter plasmas e montes de cães e os outros?A realidade é que caminhamos a passos largos para uma sociedade 3º mundista ,com favelas e com os governantes a circularem em carros topo de gama e a discutirem com a oposição se a próxima ajuda é um programa cautelar ou um programa de resgaste.Quando chegar a FAO,sim ,o banco alimentar não vai chegar ,nessa altura vão culpar quem?

      Gostar

    • 2 Novembro, 2013 23:15

      Sim sim, investigue-se.
      Investigue-se pintelhos.
      Não há mais nada para investigar?

      Gostar

      • und permalink
        3 Novembro, 2013 00:57

        olha filha investigar porque temos uma justiça disfuncional e uma administração de carimbadores de papéis desde os tempos d’el rey e a tal educação é incapaz de investigar porque esta merda é imutável

        obviamente admito-o a culpa é dos reis na barriga dos carlos que são chacais…..dos taes….

        Gostar

  15. propósito permalink
    2 Novembro, 2013 21:56

    Eles sabem mas não sonham
    A experiência levou-os a amansar
    A realidade impede-os de sonhar
    Esperar! Esperar!
    Pelo fim do pesadelo
    O mau tempo passará
    Mas não será nem hoje nem amanhã
    Voltarão a sonhar! A ter esperança.
    Alguém aparecerá?
    Um Dom Sebastião
    Uma nova restauração
    Será alguém seguro que desperte confiança
    Que com o seu jeito de liderança
    Dê esperança de novos tempos de bonança
    E assim os pobres poderão terminar os seus dias
    Pobres mas com esperança de tempos de bonança
    Para os seus entes queridos.

    Gostar

  16. Bruno L. permalink
    2 Novembro, 2013 22:55

    Esta foi uma das causas da bancarrota de Portugal. a quantidade de subsídios atribuídos a parasitas sociais. Depois ainda roubam a electricidade e o BE defende-os.

    Gostar

  17. 3 Novembro, 2013 01:06

    Ò ora, troque-me por miúdos o último parágrafo, que eu passei o dia a retalhar azeitona e já não tou bom da tola.

    Gostar

    • und permalink
      3 Novembro, 2013 01:15

      ok assassin de semente de árvore oleaginosa….

      O ESTADO SOCIAL E O ASSOCIAL NO ESTADO ESTÃO EM TODO O LADO…..

      SÃO DE CERTO MODO COMO CHAVEZ E SOARES

      CHAVEZ APARECE EM TODO O LADO E SOARES TAMBÉM

      CURIOSAMENTE NUNCA APARECEM OS DOIS NO MESMO SÍTIO

      APARECEM ALTERNADAMENTE E NÃO EM CORRENTE CONTÍNUA

      ASSIS SÃO COMO O SOCIAL E O ASSOCIAL NO ESTADO

      OU COMO OS THALASSAS NA REPÚBLICA

      E OS ARMÉNIOS CARLOS NA DITADURA DEMOCRÁTICA EM QUE VIVEMOS

      FAZEM TODOS PARTE DO ESTADO A QUE CHEGÁMOS

      MAS NEM TODOS CHEGÁMOS A FAZER PARTE DO TAL ESTADO….

      Comprenu? non atão compre vestido…..

      Gostar

      • ora permalink
        3 Novembro, 2013 01:28

        ORA é pouco didático fugir ao ass unto com azeite de retalhadas olives

        per obtenir una experiència òptima.
        Omet aquesta notificació

        Entrades seleccionades amb l’etiquetaPublicaImporta des de DriveReverteix a esborranySuprimeix les entrades seleccionades

        25

        1-25 de 25 Entrades més recents1Entrades més antigues

        IMMORTAL KOMBAT A ALCATEIA SOCRATES CONTRA A COSTA DA BANDALHEIRA É UM JOGO QUE JOGA NO SEGURO OU APOSTA NO RISCO?

        SEGURO É SEGURO NÃO TER SEGURO CONTRA MOURO NO COSTA ….

        reis há muitos ó meu othelo….

        Gostar

  18. tric0001 permalink
    3 Novembro, 2013 01:10

    Gostar

    • ora permalink
      3 Novembro, 2013 02:10

      É um estado social muito bem armado…..

      manda os desempregados para o campo para carregarem bandeiras em cargas de cavalaria

      e manda os velhos em paz para as covas para adubarem o futuro social do estado

      é um exemplo a seguir

      UM B-LOUKO PARA IR AGUENTANDO OS FADISTAS DO FODISTÃO VIEGUEIRO QUE NOS MANDAM DAR O BUJÃO PELA ALMA NA CALMA PIEGAS DO DIKTAT EUROCRATA OU SEJA O AUTO-DIKTAT DOS AUTODIDATAS OU DIKTATAS TANTE FAX in 10 cantatas

      dissabte 2 de novembre de 2013

      THE RISE OF GERONTOCRACY FROM TWENTY CENTURY FOX TO TWENTY ONE CENTURY FOZGA-SE -E O ESTADO SOCIAL AGUENTA? AI AGUENTA-SE AGUENTA-SE JÁ NÓS NO ESTADO A QUE CHEGÁMOS É DUVIDOSO….

      IN THE 21TH CENTURY FOX….A VELHA EUROPA E A SEMINOVA AMERICA

      YES WE CAN IN CAN’S OF CANNERY ROW…TIRAM O PEIXE E A CARNE

      DAS MAIS POBRES NAÇÕES DO MUNDO

      NUM MUNDO COM 2/3 DA POPULAÇA ISLÂMICA E HINDU E INDO EU…..

      ABAIXO DOS 30 OU QUANTO MUITO DOS 35 ANOS

      SÓ PODE MESMO DAR UM ESTADO SOCIAL CHEIO DE MERDA…

      Publicat per trixie dick….
      Etiquetes de comentaris: AFOGADOS NUM MAR DE MERDA QUE PASSA POR DÍVIDAS DUM ESTADO ASSOCIAL E TAL…

      Gostar

  19. tony permalink
    3 Novembro, 2013 10:06

    O que é que o País faz a 1 milhão de portugueses que nada tem já não digo o Estado pois anda aí uma azia, não haverá principio de solidariedade, nos nossos imposto pagamos muito deverá haver princípios.

    Gostar

    • neotonton permalink
      3 Novembro, 2013 10:28

      Parece que comença bem este outro Rui.
      Pondo aos chinocas no seu lugar. 🙂

      Gostar

  20. JDGF permalink
    3 Novembro, 2013 10:27

    O ‘falhanço’ não vai ficar circunscrito ao Lagarteiro. A ‘amostra’ deveria originar mais uma leitura do ‘guião da reforma do Estado’ e procurar lá as ‘justificações’ para os acontecimentos.
    Portugal de ‘ajustamento’ em ‘ajustamento’ caminha inexoravelmente para transformar-se numa pocilga. É fatal destino dos PIGS. Não há luz que nos salve!

    Gostar

  21. ax solo permalink
    3 Novembro, 2013 20:27

    Eu, que se calhar sou rico segundo os considerandos fiscais, não tenho a possibilidade de manter a casa tão quentinha como os do bairro do Lagarteiro… mas como os meus rendimentos vem da produção do meu trabalho…

    Gostar

    • und permalink
      4 Novembro, 2013 17:50

      vem ou vêm-se? ou veêm-se….produção do trabalho
      pressupõe improdução do factore travalho?

      Gostar

  22. 4 Novembro, 2013 14:19

    Tadinhos.
    R.

    Gostar

  23. paulo matos permalink
    8 Novembro, 2013 23:26

    Esta é uma das maiores falácias dos neo-liberais.
    Falhanço em quê?
    Só se for falhanço do capitalismo. Se não fosse esses subsidios todos que fala… se não fosse as habitações sociais… Essas pessoas nem tinham dinheiro nenhum, nem casa.
    .
    Doutro ponto: o que impede o capitalismo, o “livre mercado” de conseguir empregos para essas pessoas ? Nada.
    Quantos empregos é que o capitalismo está a conseguir para essas pessoas e tantas outras ? Zero.
    O que impede os capitalistas de fazerem empresas que empreguem essas pessoas ? Nada. Rien.
    Se o capitalismo fosse tão bom…
    Se o capitalismo fosse tão eficaz…
    A resposta era: não se preocupem nesse bairro, porque estamos a construir empresas, negócios, que vão empregar todas as pessoas desse bairro.
    No entanto (espanto) , isso não acontece.
    .
    O drama da electricidade e até da comida nesse bairro, prova o falhanço do capitalismo, prova o falhanço do “livre mercado”, ao não fornecer respostas para essas pessoas, para todas essas pessoas.
    Só resta mesmo, o Estado Social.

    Gostar

    • Guillaume Tell permalink
      10 Novembro, 2013 00:18

      O senhor levanta questões extremamente pertinentes, e para lhe responder vou ter de desenvolver uma grande argumentação.

      Vou começar por lhe falar da falácia de Nirvana, a saber querer comparar situações irreais com reais e partir da ideia que se pode resolver totalmente um problema com uma solução irreal (e vice-versa acreditar que uma solução realista não resolve o problema porque não trata de todos os assuntos), que aparecerá várias vezes na minha resposta.

      Primeiro você parte do princípio que havia um tempo antigo de capitalismo “perfeito” (liberal) antes de chegar o Estado social. Ora encontra-se que em regra geral o mundo tem-se tornado progressivamente mais capitalista desde a Antiguidade, e a viragem maior de esse processo aconteceu com o século XIX. No período anterior o Estado (uso aqui a palavra Estado de forma larga para falar de instituições detentoras do monopólio da coação “legítima”; a Igreja por exemplo na Idade Média) era muito mais presente e invasor que actualmente; basta pensar na quantidade de taxas à entrada de cada burgo, as proibições em relação ao lucro, a escravatura a maior violação dos direitos naturais etc.

      Segundamente o Estado social já existia na altura e foi o grande causador da morte de civilizações como Roma e a Grécia em que no final havia tanta gente a depender do pão público, financiado pela guerra (o imposto mais “puro”, bruto).

      Terceiramente você conclui a dizer que não fosse o Estado social essas pessoas estariam bem piores. Começarei por dizer que estas pessoas estão mal AGORA em prédios devolutos, a ganhar uma miséria e sem perspectivas. Por isso o seu famigerado Estado social demonstra ser bastante medíocre para tratar da miséria humana; a despesa social foi multiplicada por 15 desde 1974, e o rendimento e património dos 20% mais pobres não aumentaram, bem longe, nessa grandeza. O que me leva directamente a um ponto seguinte é que, a ouvi-lo, o capitalismo falhou porque não resolveu toda à miséria do mundo e por isso condenável. Mas você já é muito menos exigente em relação ao Estado social… Ah que admitir que é um bocado hipócrita.

      Quartamente, você esquece que o progresso necessita tempo. Você pode arranjar uma fonte ilimitada de riqueza no segundo não será isso que resolverá os todos os problemas dos pobres rapidamente. Mesmo que Salazar tivesse criado Estado social mais amplo os pobres estariam pouco melhor que agora (senão pior), por isso não comece a exigir que o capitalismo resolva todos os males de este mundo num instante. Para mais será difícil ao capitalismo resolver o quer que seja rapidamente se fizer pesar sobre elas uma carga fiscal e legislativa enorme e andar a desviar recursos. Impedimentos aos quais o Estado social não é submetido e ele obtem resultados lamentáveis na mesma.

      Finalmente, o seu desdém para o capitalismo é a manifestação de dois aspectos: ignorância e arrogância.

      Você ignora como funciona o capitalismo e o Estado social em profundeza, e eu explico essa ignorância a uma visão pré-programada do que é a solidariedade e o lucro. Você manifesta a ideia que a solidariedade não existe se for organizada com uso à força porque as pessoas deixadas em liberdade tendem a preocuparem-se só do seu umbigo. Ora quero-lhe informar que todos os dias há solidariedade e não é preciso obrigar as pessoas para tal. Assim existem muitas formas de liberalizar a solidariedade sem que esta perca da sua “eficácia”.

      E esta visão está ligada ao que eu chamei a sua arrogância, porque o sentimento que você me dá quando se exprime é que fá-lo na base da sua personalidade, no que o cerca. Ao fundo você acha que o Estado social é necessário não porque os outros não são altruístas, mas sim porque se não houver Estado social obrigatório VOCÊ não será solidário com os outros. Não digo que o pensa, estamos a falar de inconsciência. Mas permite-me de o sossegar, a minha ideia não é de destruir o Estado social, é só de o tornar voluntário. Paga quem quer e todos podem utilizar à condição de reembolsar mais tarde quando poder. E o dia em que chegaremos a isso continuará a haver dinheiro para o Estado social porque as pessoas sabem que a vida é feita de altos e baixos e vale melhor criar uma espécie de plano poupança “público”, e como sabem que quem utiliza vai ter de reembolsar vão aceitar dar como irão ver mais frequentemente quem usa, para se assegurar que fazem o necessário para sair da dificuldade (e assim recuperar o dinheiro) como os ajudarão diretamente. Todos ganharemos.

      Gostar

      • paulo matos permalink
        12 Novembro, 2013 00:28

        Meu Caro.

        Gostei bastante do seu escrito, e vou responder ponto por ponto, o que dá trabalho quando o que interessava era que você trouxesse empregos.
        Mas gostei, pois faz referências aos saudosos Nirvana sobre o real (desemprego e pobreza) e o Irreal (resposta eficaz do capitalismo), sobre coisas que eu nunca disse como essa do passado “perfeito” do capitalismo (foi precisamente o oposto, com horários de 14 horas, trabalho infantil, etc) ,
        Acho engraçado que nesse final do Império Romano e das diversas cidade estado Gregas, que você Descobriu terem TODAS acabado devido ao tal estado social dessa época, outra descoberta, não tenha percebido que isso prova novamente a falta de resposta eficaz do capitalismo, do laissez faire.
        Nem comento que do ponto de vista Marxista, é deveras interessante a “descoberta” avançada por si sobre esses fins todos de Roma, etc. Quanto à Guerra , discordo totalmente que seja um imposto, mas sim roubos, saques, pilhagens.
        Algures você diz que em tempos idos, era proibido o lucro, o que é outra descoberta notável.
        No terceiro ponto, volta a argumentar tal como o autor do post. Nada de novo. Ofende-me, o que não é argumento para quem queria ter lógica sobre o assunto,
        Depois pede mais tempo para o capitalismo, pede mais regalias fiscais para o capitalismo inclusive para quem tem lucros de milhões, ofende-me, etc.
        Também diz que era escusado cobrarem impostos para o estado social, pois as grandes fortunas nunca davam dinheiro para isso, mas futuramente vão dar dinheiro para isso, o que contradiz o motivo do capitalismo – o lucro. Você esquece que como o motivo do capitalismo é o lucro, é impossível que em nome do lucro o capitalismo seja solidário.
        É outra falácia que eu nem queria falar, mas pronto.
        Uma nota para lhe dizer que nada tenho contra nada à partida. Incluindo o capitalismo. Move-me descobrir a verdade, os factos, e mais nada. É a minha maneira de ser, quer você ou seja quem for goste ou não.
        Quanto aos sentimentos que você nutre por mim, e mais ofensas, não são argumento. Nem lhe digo que mesmo que eu seja um sacana, o que importa são os factos.
        E termino dizendo o seguinte: o que as pessoas desse bairro estavam à espera, era que você anunciasse que trazia empregos. Era que você provasse o seu ponto, com empregos.
        Mesmo que eu não tivesse esta trabalheira de lhe responder, no fim, o que evita essas pessoas de estarem na mais completa miséria, é… o estado Social. É ele que lhes dá casa, e um pouco de alimentação.
        Mas para que você não me chame hipócrita por o Estado Social não dar ainda mais e melhores respostas, passo a defender um aumento do RSI imediatamente. E maior leque de abrangência.

        Gostar

Trackbacks

  1. Pobres dos Ricos « Ad Argumentandum

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: