Saltar para o conteúdo

O centralismo nunca descansa

27 Setembro, 2014

Isto é tipicamente o centralismo no seu pior. E a burocracia a justificar-se a si mesma.

Ou seja, quem tem competência, como não podia deixar de ser,  para negociar acordos com os sindicatos é cada município individualmente. Mas vem o poder central dizer «ah, mas é preciso um ok nosso, senão não vale». Mas a proposito de quê? A que titulo se arroga o MF de interferir na negociação entre município e sindicatos? Passado um ano e com 400 acordos já em vigor, agora irá o MF «analisar» cada acordo individualmente  e decidir.

Está-se a ver o resultado: atrasos imensos, pedidos de pareceres, conversinhas no gabinete, decisões contraditórias, uns municipios satisfeitos outros a reclamar que em igualdade de circusntancias lhe foi negado o sagrado ok ministerial. Tudo isso para quê? Para coisa nenhuma, só para chatear e  afirmar «a ultima palavra é de Lisboa» (e temos que dar que fazer a este pessoal administrativo que temos aqui na sede…).

Atente-se na arte retorica centralista deste parágrafo: «… irá o Governo dar resposta fundamentada às propostas de ACEEP remetidas pelas autarquias locais e desenvolver os necessários processos negociais no sentido de se alcançar o entendimento e consenso quanto aos diversos aspectos das propostas». Quer dizer, o Ministério, que na sua incompetência deixou arrastar a situação meses e meses,  e que nem parte é nos acordos, irá agora chantagear alguns municipios «ou vocês mudam isto ou a gente não dá o ok». É assim que se exerce o poder em Portugal, de forma incompetente e apenas para fazer prova de vida do seu podersinho de lixar a vida dos outros.

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. zazie permalink
    27 Setembro, 2014 21:40

    Podersinho?

    eheheh

    Gostar

  2. 27 Setembro, 2014 23:04

    É terrível.
    Logo com as autarquias, onde tudo é transparência…
    E onde os funcionários têm exclusividade…

    Gostar

  3. 27 Setembro, 2014 23:10

    Estado = controleiro-mor de tudo e de todos !?
    Alguém no MFinanças pensou : “os gajos” (autarcas) “são uns despesistas e incompetentes” (foram na maioria dos casos e ainda uns quantos repetem a dose), “temos de controlar a massa que enviamos”.

    Gabriel Silva,
    se me permite, z (de Zorro) no poder.

    Gostar

  4. 27 Setembro, 2014 23:15

    E, obviamente, haverá o grãozinho (no mínimo grãozinho) partidário metido na negociação e aprovação…

    Gostar

  5. 27 Setembro, 2014 23:28

    O MUNDO “FAMILIAR” AUTÁRQUICO – é um sonho!

    Estes pequenos mundos “solidários” e subvencionistas…

    Gostar

  6. 27 Setembro, 2014 23:30

    O ordenadinho lá pinga ao fim do mês, certinho – agora os fornecedores…os expropriados…

    Tenham paciência, santinhos…

    Gostar

  7. Buiça permalink
    28 Setembro, 2014 00:09

    No limite, se os municípios têm a liberdade para “negociar” que os salários de toda a autarquia dobram de 2 em 2 meses eu diria que já chegámos à Madeira…

    Gostar

  8. Abre-latas permalink
    28 Setembro, 2014 00:44

    Está a esquecer o pequeno pormenor de que são pagos pelo governo central.
    Por mim passem para as autarquias e estas façam o que quiserem, eles são tão eficientes, até podem trabalhar uma hora por dia!

    Gostar

  9. Alexandre Carvalho da Silveira permalink
    28 Setembro, 2014 01:35

    Quando as camaras municipais “dão o berro”, como está a acontecer com umas largas dezenas, quem é que paga os calotes? o OGE, que como sabemos é financiado com o dinheiro dos nossos impostos, ou em alternativa, por divida publica que há-de ser paga com o dinheiro dos nossos impostos.
    Porque é que os contribuintes de Brejenjas têm de pagar as contas da edilidade de Alguidares de Baixo, ou vice-versa? os habitantes de cada concelho que paguem as rotundas, os concertos do Abrunhosa, e o restante bródio em que os edis gostam de torrar o dinheiro que lhes vai parar às mãos.

    Gostar

    • manuel permalink
      28 Setembro, 2014 12:02

      Concordo. O governo também faz coisas bem e neste caso, devemos ter presente os resgates de câmaras já feitos e algumas nem para salários tinham dinheiro. Existem câmaras bem geridas mas a maioria é um regabofe. Paga o justo pelo pecador , lamento , mas quem não se sabe governar ,sujeita-se à menoridade política.

      Gostar

  10. 28 Setembro, 2014 08:40

    Era de esperar que Gabriel Silva perante estas fundamentadas críticas, viesse defender o seu post.
    É assim em política e toda a intervenção (e mais ainda aqui) é política.
    Vou aguardar mais um bocadinho.

    Gostar

  11. oscar maximo permalink
    28 Setembro, 2014 11:42

    Era de homem era as camaras responderem: nós não precisamos do vosso ok (nem do vosso carcanhol).

    Gostar

  12. 28 Setembro, 2014 15:26

    JORGE COELHO: o senhor ética.

    “O presidente da Comissão Eleitoral das Eleições Primárias, Jorge Coelho confirmou em entrevista à SIC Notícias que a queixa foi recebida às 12h20. “Recebemos uma queixa ao 12h20. De imediato questionámos a candidatura de António Costa e explicámos que esta situação não poderia acontecer”, referiu.” .-)

    Gostar

    • 28 Setembro, 2014 15:28

      rrsrsrsrsrsr: JORGE COELHO – o senhor ética.

      “O presidente da Comissão Eleitoral das Eleições Primárias, Jorge Coelho confirmou em entrevista à SIC Notícias que a queixa foi recebida às 12h20. “Recebemos uma queixa ao 12h20. De imediato questionámos a candidatura de António Costa e explicámos que esta situação não poderia acontecer”, referiu.” 🙂

      Gostar

      • Alexandre Carvalho da Silveira permalink
        28 Setembro, 2014 16:52

        A candidatura de António Costa passou a manhã a enviar sms apelando aos votantes para votarem no próprio. Jorge Coelho disse que “em sete minutos resolveu o assunto” explicando aos prevaricadores que não podiam continuar com a brincadeira. Então e o resto não conta? ninguém é responsabilizado? O Tozé se perder, como é o mais certo, tem aqui um bom motivo para impugnar as eleições. E o futuro 1º ministro/salvador da pátria, mostra bem de que massa é feito: ele e o seu nº 2, o Perestrelozinho ex sec de estado da defesa que acabou com o resto dos ENVC, são dois belos gabirús que não olham a meios para atingir os fins.
        Aqui não há “suspeitas de…”, aqui há a certeza das vigarices de que o Costa e o seu staff são capazes.
        A “Lesboa bempensante” devia ter vergonha de apoiar um vigarista sorridente como é António Costa!

        Gostar

  13. 28 Setembro, 2014 19:02

    Costa & Coelho, “ambos os dois” (como disse outro que tal), trafulhas.

    Gostar

  14. josé FERREIRA DA SILVA permalink
    7 Outubro, 2014 10:02

    Quanto mais o poder de Lisboa se afunda mais urgente é a regionaização.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: