Saltar para o conteúdo

esperteza saloia

4 Junho, 2015
by

Só numa sociedade desprovida de valores morais e éticos é que um episódio como o da transferência do ex-treinador do Benfica pode ser aplaudido e louvado, como se de um triunfo se tratasse. Não ignorando a dimensão verdadeira da coisa – uma torpe negociata do mundo do futebol -, nem incorrendo em moralismos de costureirinha de Sé, tão pouco enfatizando a eventual proveniência duvidosa do dinheiro que pagará a transferência e o generoso salário, talvez de cofres tão verdes, ainda que nada desportivos, como os do clube que irá servir, não pode deixar de se considerar a importância e o relevo dados a uma das mais grotescas manifestações públicas de despudor profissional de que tenho memória. As reacções ao sucedido, sejam as de apoio sejam as de repúdio, também deixam bastante a desejar. Porque, na verdade, quase nenhuma tem tocado no essencial: na falta de valores éticos que qualquer profissional deve prezar no seu curriculum e que devem ser sempre considerados no preenchimento de lugares de chefia e de direcção, como é o caso. De facto, trocar o seu posto de trabalho por um igual no outro lado da rua, numa actividade profissional de fortíssimo protagonismo pessoal, poderá ser compensador financeiramente mas revela falta de carácter e de inteligência profissional. Não por acaso, mas por vergonha e pudor, há quase cem anos que não acontecia nada igual a isto, como lembra o Público. Num país civilizado, a censura e a pressão da opinião pública contra os protagonistas deste episódio condená-los-ia, a todos, num prazo muito curto. Em Portugal, há muito quem se regozije com a esperteza saloia das criaturas.

48 comentários leave one →
  1. Jose Oliveira permalink
    4 Junho, 2015 18:06

    Granda azia, hahahahahahahahahahah

    Gostar

  2. 4 Junho, 2015 18:23

    De jesus a judas.

    Um tipo ganha 2 campeonatos – e reduzem-lhe o ordenado.

    Que ingrato…

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 18:28

      O Vieira não percebe nada de futebol. Nem conhece a História do SLBenfica. Interessa-lhe o ego e os negócios.
      Vieira não suportaria que JJesus vencesse mais 1 campeonato e muito menos qualquer competição europeia — tirava-lhe protagonismo.
      Vieira simplesmente não quis que JJ continuasse.

      E o JGabriel, arruaceiro verbal –pudera, o chefe manda e paga-lhe chorudo ordenado– que tenha juízo de vez e não seja traiçoeiro para com JJ que ainda há dias abraçava e elogiava…

      Gostar

  3. 4 Junho, 2015 18:24

    Rui Albuquerque,

    De acordo. Subscrevo o seu linear e sucinto post.
    Uma sociedade que adormece, acorda e discute durante este e muitos mais dias o que aconteceu, talvez tenha de um dia acordar ou deitar-se com um potente tratamento de choque sociológico e cultural. E votam politicamente…

    Submundo do futebol + dinheiro + negociatas + máfias e inerentes faltas de ética. Normal para quem no futebol tem campo vasto e atapetado (pela sociedade, pelos governos, pela justiça) para “singrar na vida” — e não me refiro à maioria dos jogadores, treinadores, dirigentes.

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 23:54

      Ética! Defina ética! Onde está a falta de ética no facto de um funcionário mudar de empregador, por este último após apresentação de bons resultados, lhe querer baixar o salário? Um clube de futebol não é um partido, não há ideologias nem princípios morais a defender, mais do que os princípios morais de uma sociedade. Os “liberais” a criticarem “Jesus”, que irónico.

      Gostar

      • 5 Junho, 2015 01:07

        Note: incluí a falta de ética num rol de factos do submundo do futebol e não especificamente sobre JJesus. Que com o contrato concluído, livre, entendeu rumar para o SportingCP.
        JJ e o SLBenfica não colocaram –Vieira entendeu desnecessária ou JJ não quis ?– uma cláusula que o impedisse de treinar o FCPorto ou o SCP…

        Mas, se JJ assinou contrato com o SCP sabendo que Marco Silva ainda era treinador do clube, então sim, mandou a ética às malvas.

        Sei muito bem que o futebol rege-se pelo capitalismo, pelo money por vezes surgido não se sabe de onde…

        Gostar

  4. anónimo permalink
    4 Junho, 2015 18:33

    Mas se o homem não se dava bem com o clima…

    Também houve um que se mudou do Porto para Lisboa por causa do clima.

    Gostar

  5. Jose Oliveira permalink
    4 Junho, 2015 18:35

    Deixa ver se compreendi.

    O contrato do Jesus acabava este ano. O Benfica não quis renovar. O Sporting mostra-se interessado e faz uma proposta.

    Revela falta de carácter e de inteligência profissional porquê?!

    Gostar

  6. zé pedro(não o dos xutos) permalink
    4 Junho, 2015 18:35

    não o vi com a mesma conversa fiada quando aconteceu ao contrário… que é o mais comum: desde Eusébio e por aí fora… fala-se do benfica a inteligência desaparece…triste

    Gostar

  7. jorge permalink
    4 Junho, 2015 18:35

    os enganados do BES já não vão andar a percorrer o país a invadir agências. A partir de hoje podem manifestar-se no estádio de Alvalade ( futuro Álvaro Sobrinho).

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 19:07

      Sim senhor, os roubados pelo BES podem ter novo local de protesto escepto…os sportinguistas.

      Se ASobrinho entrou com mais massaroca para a SAD, o SportingCP corre crescentes e inesperados riscos. BCarvalho é um aventureiro apesar-de.
      Se os resultados desportivos + receitas + quotizações + merchandising + dívida atenuada não surgirem como positivos dentro de 1 ano, a coisa ficará ainda mais preta. Um dia os activos são… activados para fora do Alvalade XXI.

      Nunca vi em JJ um excelente treinador (perdeu campeonatos e duas finais europeias e não creio que vença a Liga no SCP) mas estou-lhe grato por o que conquistou. Se o Vieira tivesse querido a sua permanência, provavelmente teríamos o tri. BCarvalho e a SAD sportinguista deram profundo e oportuno golpe no SLBenfica. E nos Benfiquistas.

      Incrível e indiciador: as notícias não incidem sobre o novo treinador do SLB, mas sobre a saída –e entrada em Alvalade– do JJesus. Seja, poucos estão convencidos da categoria do RVitória para tamanho barco.

      Clube folgado com esta mudança de treinadores até começar o campeonato –e depois se verá..– o FCPorto.

      Gostar

  8. von permalink
    4 Junho, 2015 18:45

    Portanto, um trabalhador em fim de contrato deve, por motivos de ética, escolher o próximo empregador de forma que não melindre o anterior empregador. Algo como ser deputado, secretário de estado ou ministro, e depois ir trabalhar para empresas que beneficiaram de decisões enquanto órgão do estado. Mas afinal onde está o seu espírito de mercado livre e aberto, onde cada um escolhe onde ganhar mais?

    Gostar

  9. manuel permalink
    4 Junho, 2015 18:57

    Claro que o Rui tem carradas de razão. E lá se foi o protagonismo das linhas orientadoras da coligação. Quando a roda começa a andar ao contrário já nada a reverte. Deus não dorme.

    Gostar

  10. Chopin permalink
    4 Junho, 2015 19:00

    Não vejo imoralidade na atitude do treinador. As carreiras no futebol não evoluem como noutros negócios. Vive tudo do momento.
    O JJ terminou o ciclo no Benfica. Era público que este procurava clube para colocar o seu treinador, provavelmente para não criar embaraços ao presidente, indo para um dos rivais.
    Em Portugal há sempre estes dramas. O futebol é uma doenç…apenas um desporto profissional. Uma indústria de entretenimento como outras.
    Nem se pode colocar o caso do JJ no plano dos jogadores formados nos escalões jovens dos clubes em quem estes investem muito e têm expectativas de receber retorno desportivo ou financeiro. É apenas mais um passo na carreira de um treinador.
    Valores morais terão sido calcados no caso presente relativamente ao comportamento da direcção do Sporting, ao contratar o JJ tendo um treinador ainda em funções e ao qual não pretende pagar a cláusula indemnizatória, para isso recorrendo a expedientes ardilosos.
    Quanto à proveniência duvidosa do dinheiro, segue o padrão.
    Quem se importa que as grandes empresas nacionais, imobiliário, etc, estejam a ser comprados com esse género de capitais? O próprio Estado vende ou vendia património nesses moldes.

    Gostar

    • Monti permalink
      4 Junho, 2015 19:13

      Estará esta mudança assim tão afastada de algumas que se têm processado na política?

      Gostar

      • 4 Junho, 2015 19:19

        A vastíssima maioria da populaça tem no cérebro o facilitismo em pleno: futebol, futebol, clubes, clubes e pouco mais. Não vibra nem se chateia com políticos.

        Hoje ao almoço o dono do restaurante deu-me o troco e agradeceu com a cara virada, a olhar para a televisão que emitia repetida notícia sobre o JJesus… E assim continuou, vidrado, anestesiado com o caso… Nem boa tarde e agradecido

        Gostar

    • 4 Junho, 2015 19:13

      Simplesmente isto: o Vieira não quis que JJesus continuasse.

      Gostar

    • lucklucky permalink
      4 Junho, 2015 19:53

      Também não entendo este post.

      O contrato acabou – nem sequer estamos a falar de um ruptura de contrato – logo Jesus pode ir para onde o aceitarem.

      Gostar

      • 4 Junho, 2015 20:03

        O “problema” é este: também em Portugal o futebol e os clubes imperam na vida da maioria dos tugas. Têm nele um escape para problemas, frustrações, muita incultura e falta de mundo, agem como se numa trincheira, usam-no como e numa luta social.

        Gostar

      • rui a. permalink*
        4 Junho, 2015 20:04

        Pois pode, e em ponto alguma essa liberdade está minimamente questionada no.post. leu alguma coisa que o sugerisse?

        Gostar

  11. licas permalink
    4 Junho, 2015 19:29

    Mas que ultrsje medonho,
    Mas que traição nefanda,
    Um empregado de sonho,
    Virar para a outra banda,

    Falta d´Ética assim
    Não se viu outra igual
    E nem sequer no Benim:
    Só aqui em Portugal

    Ofertas irrecusáveis
    Toda a gente pode tentar:
    Estas “Tias” adoráveis,
    Tão fáceis de indignar . . .

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 19:43

      O contrato de JJesus expirou no final da época desportiva. Não é “benfiquista desde pequenino”. Prometeram-lhe mais dinheiro –e provavelmente algo mais– do que auferia no SLBenfica. Desportivamente duvido que obtenha êxitos.
      Vieira não esteve interessado na sua continuidade.
      JJ se assinou pelo SCP tendo este clube ainda como treinador o Marco Silva, portou-se eticamente mal e traiçoeiramente — coisa normal no futebol, entre alguns dirigentes, treinadores, jogadores e agentes FIFA…

      Gostar

  12. piscoiso permalink
    4 Junho, 2015 20:14

    «O fair-play é uma treta», disse Jesus.

    Gostar

  13. insider permalink
    4 Junho, 2015 20:58

    tenham calma…
    isto é só para preparar os indígenas deste território para a “transferência” do paulinho das feiras…

    Gostar

  14. Euro2cent permalink
    4 Junho, 2015 21:17

    Acho imensa graça aos liberais quando lhe ferem as convicções religiosas.

    Em “paises civilizados”, como decerto um bom liberal achará que são os EUA, há equipas inteiras que levantam a tenda a meio da noite e mudam de cidade. Foi assim que os Baltimore Colts passaram a ser os Indianapolis Colts, na NFL, e já tinha acontecido antes com equipas de baseball.

    Porque numa sociedade que dá ao negócio a importância devida, o “desporto” é um negócio de entretenimento, e as equipas da NFL, NBA, MLB, NHL, etc. são “franchises” com dono e dinheiro a ganhar. Aliás, eles tratam escrupulosamente de manter as equipas equilibradas, para não ser aborrecido, e os estádios na ordem, para as famílias poderem ir lá gastar dinheiro em paz.

    Isto é que liberalismo. Pode ser repugnante, depende das convicções pessoais, mas não é dificil.

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 23:58

      Concordo, ver os “liberais” a defender a Igreja, a maior opositora às liberdades individuais que até regulamenta com quem cada um deve dormir; e a “ética profissional” no futebol, lembra-me um quadro do Dalí.

      Gostar

  15. licas permalink
    4 Junho, 2015 21:25

    Compreendo muito bem que o SLB esteja chocado tal como eu, há muitos anos, com o rapto do Pantera Negra quando chegou a Portugal.
    Desde então, o Leão faliu de vez, e não se reerguerá, aposto . . .
    Um abraço MJRB…

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 22:50

      licas,

      Vieira, o SLBenfica e os Benfiquistas, não esperávamos que o JJesus fosse para o seu SportingCP. O BCarvalho deu um golpe na “estrutura” e provavelmente retirou-nos o tri.

      O saudoso Eusébio não foi raptado, mas sim convencido a considerar o convite para uns dias de férias no Algarve. Depois, chegado a Lisboa quis ficar logo em Benfica em vez de cansar-se mais até Alvalade…

      Não concordo que o seu Leão “faliu de vez” desde 1960. Reergueu-se ocasionalmente e poderá voltar a reergeu-se se o actual presidente não der um passo mais comprido do que a perna económica e financeira. CuidadeX !

      Abraço, e amanhã vou degustar mais uma tripalhada no Porto, carago !, seguida da Patti Smith!

      Gostar

  16. Nuno permalink
    4 Junho, 2015 22:04

    Deixando de parte as considerações sobre os valores envolvidos (quando a situação financeira dos clubes é precária) vindos de Angola e da Guiné Equatorial, não vejo qualquer problema com a atitude do Jesus.

    PT, NOS e Vodafone têm acordos de “do not poach” que impedem trabalhadores relevantes de ser contratados pela concorrência, o que deixa esses trabalhadores sem qualquer alternativa que não implique mudar de país. Apple, Google, et al foram, e bem, processadas por fazerem isso mesmo em Silicon Valley.

    Saíndo do Benfica esperavam que o Jesus fosse para onde exactamente? Em Portugal só há outros dois clubes. Moralmente obrigado a emigrar a não ser que a selecção o queira? Período de nojo, durante quanto tempo? E o Benfica paga-lhe esse período?

    Quando isso acontece com CEOs de grandes empresas criticam os paraquedas dourados que protegem os incompetentes.

    O Stephan Elop foi da Microsoft para a Nokia, faliu a Nokia com uma aposta em produtos Microsoft, vendeu a Nokia à Microsoft por uma ninharia, recebeu o prémio de produtividade e foi recontratado pela Microsoft.

    Mas o real problema moral do mundo está no Jesus, no Benfica e no Sporting.

    Gostar

  17. 4 Junho, 2015 23:50

    Mas quem critica ainda não percebeu que o capitalismo já há anos que chegou ao futebol? Os profissionais do futebol são funcionários (ou mercenários se quiserem). Só os adeptos é que guardam “paixões”!

    Mas não deixa de ser irónico ver os “liberais” e os defensores de economia de mercado, tão prolíficos neste blogue desde comentadores a autores, a criticarem um funcionário que mudou de empregador em função das suas remunerações salariais.

    Sugiro ao Vítor Cunha e ao caro Rui, que sugiram para que se inclua na próxima revisão do Código do Trabalho, uma adenda que evite este excesso de liberalismo profissional na área do futebol.

    Gostar

    • 4 Junho, 2015 23:58

      Raríssimos, hoje e nas duas principais ligas, os jogadores e treinadores que ainda colocam o “amor à camisola” como prioridade para representarem clubes.
      Até há alguns presidentes e outros dirigentes que aproveitam-se desse estatuto para fazerem negócios pessoais e empresariais…

      De facto o mercado do futebol ao mais alto nível está aberto e eminentemente capitalista. Desde há décadas.

      Gostar

      • 5 Junho, 2015 10:10

        Não me leve a mal a eventual arrogância, mas eu sou com um homem com formação em ciências. Defina “amor à camisola”!

        Gostar

  18. Bigdog permalink
    5 Junho, 2015 00:31

    Sinceramente não vejo nenhum problema…. A não ser o facto de isto ser notícia. Trabalhadores a mudarem de poiso é o que mais há – todos os dias… Às vezes parece mesmo que portugal se resume aos 3 Fs….

    Gostar

    • 5 Junho, 2015 01:12

      está dependente cada vez mais dos três Fs… E dantes havia entre alguma oposição, um quarto F: Foda-se !

      Gostar

  19. 5 Junho, 2015 01:10

    João Pimentel,

    deixei-lhe outra resposta acima, ao seu comentário das 23:54

    Gostar

  20. 5 Junho, 2015 04:00

    O que me chateia profundamente nisto tudo é o Lopetegui ainda não ter ido de vela…

    Gostar

  21. Ausente52 permalink
    5 Junho, 2015 06:08

    O Rui A. acredita – ainda que com algum esforco – existe no futebol honestidade, character e etica professional ?
    Ou eu sou um maldizente ou o Rui A. e’ um ingenuo.
    Devo confessar que o futebol nao preenche ( excepto neste momento) um minuto na minha vida.
    Se Portugal tivesse uma imagem no exterior que nao fosse a de um pais pobre e sem esperanca; se parte dos meus impostos nao fosse para alimentar a fpf; se no meu pais nao houvesse fome e desemprego abundante, o sr. JJ ate’ podia ir ganhar nao 6 mas 60 milhoes.
    O que me faz “hoje” gastar um minuto da minha vida com o futebol-negocio (diferente do futebol desporto) e’ que se a Assembleia da Republica propusesse um aumento de 12 mil euros/ano no vencimento dos politicos, o que daria mil euros/mes, caia o Carmo e a Trindade.
    Os sindicatos berravam e organizavam jornadas de luta and so on.
    Mas como se trata de futebol, o povo aplaude e os sindicatos calam-se para nao perderem figurantes nos rebanhos que desfilam na Av. da Liberdade.
    Em Portugal, o futebol e a politica – quais gemeos – sao um nojo.

    Gostar

  22. piscoiso permalink
    5 Junho, 2015 09:52

    Se bem me lembro, houve um belo jogador que também se transferiu do Benfica para o Sporting. Jogador que pela selecção agrediu um árbitro e premiado hoje com um cargo técnico na Federação Portuguesa de Futebol. Seu nome João Vieira Pinto, que até casou com uma miss Portugal.

    Gostar

  23. Beirao dos Sete Costados permalink
    5 Junho, 2015 13:50

    Qual e a admiracao de JJ passar a treinar o SCP? Vai ganhar mais! Qualquer portuga faria o mesmo e seria burro se nao o fizesse. E uma tendencia que ja vem de longe – “you have to go where the money is”. Quanto a ganhar mais campeonatos…duvido. JJ esta longe de ser um BOM treinador e nao esta ja em idade de la chegar.

    Gostar

  24. cunhas permalink
    5 Junho, 2015 16:22

    hahahaha, aqui não contam os exemplos de outros países? vá ver os treinadores que treinaram os maiores rivais de Espanha, Itália, Brasil, Argentina, Alemanha, etc e verá que o que mais se encontra são nomes comuns. aqui neste cantinho é que ficamos todos muito escandalizados quando algo assim acontece. todos não. o escandalo é apenas e só quando o benfica se sente dorido.

    Gostar

  25. 5 Junho, 2015 17:30

    so numa treta de sociedade sem valores eh que se liga ao q acontece a um treinador de uma cena de entretenimento . estamos mesmo mal quando nem se percebe q discutem circo.

    Gostar

    • 5 Junho, 2015 18:33

      E o que dizer do Jornal das 8 da TVI de ontem? Quase 1h30m a dissertar sobre o “assunto do dia”…

      Gostar

      • 5 Junho, 2015 22:00

        Nada comparado com a fatídica noite em que o jornal da noite da TVI foi totalmente dedicado ao facto de o Marco do Big Brother ter dado um pontapé na Sónia. Foi evento para uma hora de jornal da noite na TVI.

        Gostar

      • 5 Junho, 2015 22:43

        Essa do pontapé do Marco do BB até foi capa do Independente! :O

        E o peeling da Lili Caneças? Também fez furor! 😉

        Gostar

  26. manuel branco permalink
    5 Junho, 2015 23:56

    Desculpe que lhe diga: eu detesto futebol. Jesus é aquele de quem os humoristas troçam do penteado e da verve bronca? Pois bem, ao que percebo seguiu a lei da oferta e da procura. Foi uma escolha racional, vai para onde lhe pagam mais ou se sente melhor. A ética não é para aqui chamada. Quando muito, se foi o caso, pode entrar a legislação laboral – mas é futebol, certamente com regime especial. Mística? Isso é nos santuários. A vida está cara e ele não é santo patrono de coisa alguma. Seguiu a lei do mercado.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: