Skip to content

francisco assis

14 Outubro, 2015
by

Francisco Assis foi absolutamente brilhante na entrevista que acabou de dar à RTP3, muitos furos acima de qualquer protagonista do PS dos últimos anos. Assis deu cara ao que pode ser um PS moderno, aberto, de esquerda liberal e inclusivo das suas diversas correntes ideológicas e históricas. Foi o rosto do futuro de um PS com futuro. Obviamente que, a partir deste momento, Assis passou a ser o «inimigo principal» e vão chover-lhe em cima os patrulheiros do costume, aqueles que viram sempre para onde o vento virar com mais força. Por agora, parece-lhes que a força pesa a favor de Costa. Mas Assis explicou muito bem que Costa se enredou, por livre e espontânea vontade, num sarilho cujo único destino, faça governo à esquerda, faça governo à direita, não faça governo algum, será o seu fim político. Assis foi lapidar quando mandou Costa olhar para os seus putativos partidos de coligação de esquerda e vê-los «como eles efectivamente são» e quando lhe explicou que não se pode governar «de qualquer maneira e a qualquer preço». Um atestado de ingenuidade passado a Costa que, a persistir, só poderá ter outro nome. Francisco Assis iniciou, hoje, um caminho longo para a liderança do PS. Não será um caminho fácil, nem garantidamente bem sucedido. Para que o vasto e numeroso leque de apaniguados de Costa seja desalojado do poder terá de fazer o PS descer ainda mais baixo do que já fez. Não será coisa impossível, nem sequer improvável. E será tanto mais breve, quanto melhor sucedida for a estratégia do actual secretário-geral.

Anúncios
26 comentários leave one →
  1. 15 Outubro, 2015 00:00

    Assis foi brilhante, não disse nada de esquerda, pode perfeitamente inscrever-se no PSD.

    Liked by 1 person

    • 15 Outubro, 2015 00:03

      Foi o Q eu pensei 😛

      Gostar

    • 15 Outubro, 2015 07:59

      Por favor ensine-me o que é isso “dizer coisas de esquerda”?

      Gostar

    • jcmarau permalink
      15 Outubro, 2015 11:02

      Permita-me que não concorde com essa opinião. Assis percebe que é no espaço centro/esquerda moderada que deve estar o PS. A “entrega à esquerda radical” vai fazer surgir um espaço político vago mais ao centro (sabendo que o nosso centro é 30% mais à esquerda do que no resto do mundo) que será peenchido por socialistas liberais muito provavelmente saidos do actual PS. Assis está a ver muito bem o filme…Costa não.

      Gostar

      • 15 Outubro, 2015 23:57

        Preciso tb nao deixar passar em branco o “progressismo”, aquecimentos globais & mais…no PSD

        Gostar

    • Nina permalink
      15 Outubro, 2015 23:34

      Nem mais!

      Gostar

  2. Fafe permalink
    15 Outubro, 2015 00:17

    O que não se disse, que as mulas kostenkas são contra-natura.

    Gostar

  3. anonimo permalink
    15 Outubro, 2015 00:18

    Foi o que escrevi no meu blogue. Obviamente sem o seu brilhantismo.

    Gostar

  4. 15 Outubro, 2015 00:40

    Por mero acaso liguei a RTP3, ouvi algo que me surpreendeu, continuei a ouvir até final.
    É um tipo inteligente, com pensamento estruturado, sabe o que quer, discurso entendível e fluente.
    Alguns dos seus textos no Público são óptimos.
    O AC/DC e tantos mais se comparados com Assis, não passam de aventureiros, pouco mais do que banais e oportunistas.

    Gostar

  5. LTR permalink
    15 Outubro, 2015 00:50

    Foi uma banhada no Costa como se tivessem aberto as janelas todas no rato e ele saísse a voar com a corrente de ar. E começou logo no entrevistador, que por contraposição à entrevista fedorenta conseguiu mostrar que a diferença entre um e outro é como da água para o vinho. Este responde sem grandes espinhas onde Costa faz tempo de antena arrogante fazendo de conta que responde, impingindo como se o entrevistador fosse um empregado dependente da CML e dos vícios do partido. O problema de Assis é que o receio do partido está lá e é patente, embora se tenha esbatido ao longo da entrevista, que ele percebeu que estava a correr bem e aparentemente lhe deu alguma segurança. O outro problema é que aquela gente quer muitos resultados, muito depressa, e Assis está a pensar o mesmo que Beleza: desfazer a monumental desgraça, incompetência e triste memória que Costa deixará é um trabalho a prazo, que não se esgota na mudança de secretário-geral e esbarra nos pavões de circo que lá andam. Os ares europeus são capazes de lhe estar a fazer bem. 🙂

    Liked by 1 person

  6. LTR permalink
    15 Outubro, 2015 00:58

    O respeito que Assis mostrou por Costa mas que Costa não mostrou por Seguro foi um estaladão para a história do partido, se a generalidade das pessoas que lá andam quiserem aprender alguma coisa.

    Gostar

  7. queima beatas permalink
    15 Outubro, 2015 01:07

    Amigos de Costa unidos vão em frente com isso. Relancem campanha por Costa em três ou quatro frentes que alguma vai calhar. Insistir em fazer dele 1º ministro á força, candidato surpresa a presidente da republica, reconquista da CML, forçar a permanência como secretário geral do PS, convite para abandonar pelo próprio pé a vida politica.

    Gostar

  8. Daniel permalink
    15 Outubro, 2015 02:00

    O Assis só tem um problema: perde todos as eleições a que se sujeita.

    Gostar

    • 15 Outubro, 2015 08:02

      Tem também outro problema.
      Tem que subir de divisão e conseguir ser entrevistado pelo Dona Judite, enquanto andar naquela coisa da 3 só o autor do post e mais um senhor que vê tudo é que souberam da existência desta fantástica entrevista.

      Gostar

  9. Diogo Câmara permalink
    15 Outubro, 2015 04:14

    O Assis é um triste. Ele que diz que os eleitores do PS não votaram neste partido para se coligar à esquerda, como é que este fdp recebeu os votos dos socialistas para Parlamento Europeu e está apoiando o PSD e o Governo comuna da PàF???? Ele se tiver vergonha na cara devia demitir-se ou então levar mais uns bons socos naquelas ventas. Miserável esse Assis da Porra!!!!

    Gostar

    • Fazuma Mamade Amin permalink
      15 Outubro, 2015 05:51

      ó cambra…fdp quer “dizer”…?

      Gostar

      • Diogo Câmara permalink
        16 Outubro, 2015 04:21

        Fdp significa Fazuma Mamade, preto do caralho!

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      15 Outubro, 2015 07:59

      uma verdadeira resposta social-esquerdista….uns socos na cara só para começar, depois quem sabe a gente exila o gajo e se ele persistir fuzilamos.
      Vamos em frente camarada a vitória é nossa

      Liked by 1 person

      • Baptista da Silva permalink
        15 Outubro, 2015 09:22

        O MRPP precisa de alguém assim, está disponível? 🙂

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        15 Outubro, 2015 15:21

        o MRPP? Baptista da Silva? O Diogo é do MRPP? olhe que não…olhe que não. Aposto que é de um daqueles partidos de salvação nacional contra as políticas “d´ósteridade”
        Ou vc ainda tem dúvidas que eles apenas não tem coragem de se assumir como o MRPP?

        Gostar

    • António C. Mendes permalink
      15 Outubro, 2015 09:24

      Você é o Espártaco!!!

      Gostar

    • 15 Outubro, 2015 15:32

      estas a precisar do tal creme anal

      Gostar

  10. 15 Outubro, 2015 09:43

    ASSIS, o assisado.

    ASSISado.

    Gostar

  11. insider permalink
    15 Outubro, 2015 12:12

    o assis já preencheu a ficha de inscrição no psd?

    Gostar

Trackbacks

  1. Por falar em presentes envenenados. | vida breve

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: