Saltar para o conteúdo

Entretanto, no Twitter

3 Maio, 2016

Agora há no Twitter contas oficiais dos ministérios com conteúdo deste teor:

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

15 comentários leave one →
  1. Baptista da Silva permalink
    3 Maio, 2016 09:09

    Falta o Tweet a dar os parabéns pelos 5 anos da vinda da Troika, é hoje, o povo festeja.

    Gostar

  2. 3 Maio, 2016 09:17

    São como crianças e ninguém os avisa.

    Gostar

  3. procópio permalink
    3 Maio, 2016 09:23

    Falta o tweet a dar os parabens ao maduro pela inflação de 700%, mais o aumento de 30% do ordenado mínimo, se é que alguém ainda consegue trabalhar na Venezuela com o rabo sujo e a barriga vazia.
    Um exemplo para o mundo e para o nosso povo, sedento de progresso.

    Gostar

    • licas permalink
      3 Maio, 2016 10:15

      . . . felizmente não temos petróleo, porque senão . . .

      Gostar

    • LTR permalink
      3 Maio, 2016 10:29

      E as pessoas carimbadas com números nos braços na fila do supermercado. Claro que se fosse na Alemanha…

      Gostar

    • campus permalink
      3 Maio, 2016 12:28

      Arménio, isto é que é defender os trabalhadores, aumento de 30 % no salário mínimo. Ganda comunismo, pá.

      Gostar

  4. honi soit qui mal y pense permalink
    3 Maio, 2016 09:56

    Propaganda as JG

    Gostar

  5. LTR permalink
    3 Maio, 2016 10:12

    São coisas como estas e frases do tipo “é o dinheiro do PS” que relevam o nível rasteiro a que isto chegou. Mas há muito boa gente que acha isso normal. São essas pessoas que mais vão berrar quando reentrarmos na fossa de 2011.

    Liked by 1 person

  6. LTR permalink
    3 Maio, 2016 10:23

    Outras farsas:

    “Eles nem se podem ver”

    “O eurodeputado Pedro Silva Pereira e o antigo ministro Paulo Pedroso estão de regresso à primeira linha do PS. Ambos integram o grupo que está a elaborar a moção de estratégia de António Costa.”

    Gostar

  7. licas permalink
    3 Maio, 2016 10:29

    Macedo

    Ao camarada Macedo
    Vão-lhe apertar os calos
    Não é tarde nem é cedo
    Serão corridos aos estalos:
    Com corrupção acabada
    Cadeia nessa cambada.

    Vistos “gold”, já se sabia,
    No que teriam de dar,
    Portuga não se arredia
    Desse vício de roubar:
    Prisão com ele, a preceito,
    O pascácio pôs-se a jeito.

    Rede Internacional
    Foi lançada por alguém
    O Macedo chaparral
    Lá mamou como ninguém:
    Se ficou com “maçaroca”
    Só nojeira nos provoca.

    licas fecit

    Gostar

  8. Expatriado permalink
    3 Maio, 2016 13:18

    Hoje em dia é muito conveniente caminhar a ‘olhar para baixo.

    Para não pisar na merda…

    Liked by 1 person

  9. JP Ribeiro permalink
    3 Maio, 2016 17:15

    Publicidade ao ministro. Não há um unico tuit sem a sua foto. É para isto que pagamos impostos…

    Liked by 1 person

  10. Guelsinho permalink
    3 Maio, 2016 17:26

    Não vi o debate, mas ao fazer zapping apanhei o final do programa em que a anfitriã dizia, a propósito do inquérito feito durante o mesmo, sobre se o PNR era ou não exequível financeiramente que “apenas 59%” dos respondentes consideravam que não era. Quer dizer, a maioria (ou seja, 41%) considerava que sim. Perfeito!

    Liked by 1 person

  11. Arlindo da Costa permalink
    3 Maio, 2016 20:11

    Chama-se a isso política comunicacional e transparência governativa.

    Gostar

  12. 3 Maio, 2016 20:49

    PS a dar jobs for the bois…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: