Skip to content

As manas Mortágua ficam afónicas quando o banco é público?

7 Junho, 2016

O PCP e o Bloco de Esquerda rejeitam apoiar uma comissão de inquérito à gestão do banco público.

Anúncios
11 comentários leave one →
  1. José Coimbra permalink
    7 Junho, 2016 17:13

    É natural. Já gastaram a inteligência toda.

    Gostar

  2. SRG permalink
    7 Junho, 2016 18:30

    De bancos percebem elas muito bem .Aliás tiveram um professor dentro de casa, que lhes ensinou todos os meandros e mecanismos de posse. Só falam quando os bancos são dos outros.

    Gostar

  3. Arlindo da Costa permalink
    7 Junho, 2016 18:40

    Não me digam que as manas Mortágua estão a esconder a gestão nefasta do João Salgueiro, do António de Sousa, do Mira Amaral, da Cardona, do Faria de Oliveira? Não me digam pois eu lanço-me deste 11º andar!!!!

    Gostar

    • 7 Junho, 2016 18:57

      Arlindo, seja a gestão de quem for, foi uma gestão danosa. Urge apurar responsabilidades.
      O buraco é muito grande; melhor, o buraco é muitíssimo grande para ser tapado sem se notar.
      Com o dinheiro do buraco poder-se-ia construir um aeroporto novo em Lisboa, uma linha de comboio entre Sines e Espanha, com ligação à Europa, acabar com as portagens nas SCUT e ainda sobrava muito dinheiro.
      Quem branquear os gestores públicos da CGD incompetentes e alguns, quem sabe, corruptos, é tão “criminoso” como eles foram.
      Não nos atirem areia para os olhos, p.f..

      Gostar

      • campus permalink
        7 Junho, 2016 19:26

        Que pivete ! Quem abriu a caixa dos robalos??

        Gostar

    • licas permalink
      7 Junho, 2016 20:20

      Força!

      Liked by 2 people

  4. 7 Junho, 2016 22:26

    É público é do Estado. O Estado é o Povo. o Povo está acima dessas miudezas.

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    7 Junho, 2016 22:49

    A CGD é também para elas, julgam que querem alguém que alguém vá ver onde a CGD gasta os “patrociníos”?

    Gostar

  6. ali kath permalink
    7 Junho, 2016 23:36

    IGG
    « Carlos Selvagem de forma vigorosa sintetizou: “O nosso lapuz das Beiras e
    Alentejo – a grande massa destas tropas – é, por natureza, por hábitos ancestrais, por
    desamor de si próprio, desleixado e porcalhão. Todo o navio fede a um fartum gordurento e
    sórdido, misto de rancho coagulado e pé descalço. E, com a falta de água doce para as
    lavagens frequentes, os miseráveis uniformes de cotim cinzento ganham uma cor parda, de
    causar engulhos aos menos susceptíveis »

    Gostar

  7. Colono permalink
    8 Junho, 2016 11:16

    Antes que chegue ao conhecimento público:

    O camarada Vara “empestou-me” 10 milhões de euros para comprar acões do BCP…

    Conto pagar em robalos!

    E andei eu a explorar os “pretos” para estes sacanas darem cabo do país!…..

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: