Skip to content

Agradecimento público

10 Setembro, 2016

Lendo a nota da direção [sic] do Expresso, só me resta agradecer ao anónimo Oficial do Exército que telefonou/visitou/limpou-a-poeira-da-lapela ao ministro Azeredo Lopes, fazendo com que este mudasse subitamente de ideias em relação ao curso de Comandos.

Muito obrigado.

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. Manuel permalink
    10 Setembro, 2016 16:39

    Ontem um comentador falava nos sinais de degradação acelerada do governo, também me parece.

    Gostar

    • LTR permalink
      10 Setembro, 2016 16:57

      A degradação acelerada do governo de Costa não existe porque todo o percurso dele até chegar à liderança do PS e do Governo minoritário não eleito é já por si completamente podre.

      Liked by 2 people

      • Manuel permalink
        10 Setembro, 2016 17:00

        Não concordo, tinha todas as condições para governar, mas o PS tem uma doença congénita, não quer governar, limita-se a fazer socialismo (distribuir com o dinheiro dos outros) e depois leva-nos de uma forma reiterada à bancarrota.

        Gostar

  2. 10 Setembro, 2016 16:39

    Este “menistro” é mais um dos palhaços do (des)governo do porco preto… Já havia o palhaço “sem tino”, o palhaço caldeirão e a palhaça bailarina, ainda a palhaça gorda dos colégios e a palhaça escura como breu… Agora temos o palhaço a azedo.

    Liked by 2 people

  3. LTR permalink
    10 Setembro, 2016 16:44

    Enquanto este faz de Pateta, o chefe trata de trucidar definitivamente a imagem de Portugal com uma visita de concertação à Grécia em que reúne todo o lixo do sul e depois manda ameaças envergonhadas à UE como se a nação fosse uma grande potência. Estes tipos veem o mundo como veem a ERC e os inúmeros observatórios sem darem sequer conta do ridículo. Para nossa desgraça, o mundo já conhece o triste epílogo do filme em rodagem.

    Liked by 4 people

  4. Arlindo da Costa permalink
    10 Setembro, 2016 20:01

    O curso de comandos é conduzido por nabos. Devem ser responsabilizados. Melhor : CRIMINALIZADOS!

    Gostar

  5. Tiradentes permalink
    10 Setembro, 2016 22:14

    O ministro tinha a ideia de acabar com os Comandos temporariamente. Enquanto não conseguisse instalar uns aparelhos de ar condicionado pelos percursos da provas.
    Entretanto os candidatos poderiam voluntariar-se para o Bloco de Esquerda que também é uma força de combate ao fássismo direitista e ainda oferece no final (ou antes) uns charritos

    Liked by 1 person

  6. Buiça permalink
    10 Setembro, 2016 23:12

    O ministério diz “está tudo em aberto”, o pasquim publica que “o ministério encara encerrar os comandos”.
    Muita sorte temos de o pasquim não ter publicado “ministério encara enviar os comandos para não deixarem pedra sobre pedra na redação do espesso”.
    Se “tudo em aberto” quer dizer que vale tudo, as hipóteses são numerosas…

    Gostar

    • Carlos Alberto Ilharco permalink
      11 Setembro, 2016 09:58

      Ora aqui temos um comentário inteligente.
      Peca por um defeito, não compreender que um jornalista deve “interpretar” as palavras ou escritos que lhe chegam e dar uma visão melhor e mais saborosa para as vendas subirem.
      O inútil Ministro das Guerras diz oficialmente a resposta tipo, não servia.
      Arranjaram outra melhor.
      Admira-me que um dos melhores colaboradores do Blasfémias se tenha deixado levar na onde expressiana.

      Gostar

    • Tiradent permalink
      11 Setembro, 2016 11:01

      Fosse o ministério do Passolas de Massamá e o “tudo em aberto” era até pegar fogo nos Comandos
      Na dialéctica socialista “tudo em aberto” pode ser tudo mas não contempla tudo. É tudo excepto aquilo que nós queremos que não seja tudo.

      Gostar

    • Tiradent permalink
      11 Setembro, 2016 11:05

      Fosse no ministério da defesa do Passolas de Massamá e o “tudo em aberto” seria quase bombardear os Comandos.
      Na dialéctica socialista “tudo em aberto” o “tudo” é “tudo” aquilo que a gente quiser excepto aquilo que a gente não quer.
      São “tudos” diferentes

      Gostar

      • Almeida permalink
        11 Setembro, 2016 12:14

        Se o tudo é tudo, não pode ser apenas uma coisa.

        Gostar

  7. Tiradentes permalink
    11 Setembro, 2016 11:06

    nannananna

    Gostar

  8. Almeida permalink
    11 Setembro, 2016 12:12

    Uma “ntícia” à Expresso. Está tudo dito.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: