Skip to content

Felizmente que no passado o tio dele pegou no seu dinheiro e levou-o para onde quis

22 Setembro, 2016

Bahamas Leaks. Há 28 portugueses identificados numa nova fuga de informação sobre offshores. Nomes incluem Micael Gulbenkian, sobrinho-neto do fundador da Fundação Gulbenkian

Anúncios
53 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    22 Setembro, 2016 09:49

    Já vimos este filme com o Panamá.

    Gostar

  2. alice samora permalink
    22 Setembro, 2016 10:07

    Nunca percebi como é que esta história não faz parte da História

    Muita gente sabe que o Sr Gukbeinkian teve um caso com a Beatriz Costa. Naquele tempo era esse o destino de algumas atcrizes cuja carreira, por mais brilhante no passado, não garantia o sustento no resto da vida. Isto são factos. Enquanto foi viva, a senhora da franjinha viveu num hotel no topo da Avenida da Liberdade cuja conta era pontualmente paga pela fundação que o Sr. cá deixou. Não sei se uma mesada também fazia parte do legado.
    Pode a história não ter os contornos e a substância que dignifiquem verdadeiramente a opção cultural que aquele senhor milionário oriundo da Arménia fez pelo nosso país.
    Mas é tempo de perdermos a vergonha. Assumirmos como nossa a coragem da Beatriz e reconhecer gratamente aos seus encantos e ao que eles proporcionaram ao Sr. Gulbenkian o enorme contributo que legaram à cultura deste país.

    Gostar

    • A.Silva permalink
      22 Setembro, 2016 11:11

      “Mas do zepelim gigante
      Desceu o seu comandante
      Dizendo – Mudei de idéia
      – Quando vi nesta cidade
      – Tanto horror e iniquidade
      – Resolvi tudo explodir
      – Mas posso evitar o drama
      – Se aquela famosa dama
      – Esta noite me servir
      Essa dama era Geni
      Mas não pode ser Geni
      Ela é feita pra apanhar
      Ela é boa de cuspir
      Ela dá pra qualquer um
      Maldita Geni”

      A direita gosta é de casas de alterne.

      Gostar

      • sam permalink
        22 Setembro, 2016 14:19

        O teu conforto preocupa-nos.

        Gostar

      • Suponhamos permalink
        23 Setembro, 2016 09:54

        A.Silva,
        Fica bem colocar o nome do autor da letra…

        Gostar

    • licas permalink
      23 Setembro, 2016 14:17

      Pelo que se vè, elogio da prostituição remunerada . . .

      Gostar

  3. A.Silva permalink
    22 Setembro, 2016 11:07

    É sempre uma alegria vir a este blog de ressabiados destrambelhados e dementes, parecem baratas tontas aterrorizadas com o mundo.

    Gostar

  4. 22 Setembro, 2016 11:18

    Lá vem o choradinho politicamente correcto.

    O que é que uma coisa tem a ver com a outra? Acaso o facto do antepassado ser arménio dá carta branca para tudo?

    Alguém tem a menor dúvida que as fundações servem para lavar dinheiro e que a Gulbenkian o lava mais alto e mais branco?

    Liked by 1 person

  5. 22 Setembro, 2016 11:19

    Todas as fundações são antros de máfia. Quanto mais ricas e poderosas maior é a máfia.

    A Gulbenkian está no topo- sem a menor dúvida.

    Liked by 1 person

  6. honi soit qui mal y pense permalink
    22 Setembro, 2016 11:57

    Ter dinheiro num off-shore é crime ?

    Liked by 2 people

    • 22 Setembro, 2016 12:06

      Leste o que vem no link?

      Não leste. Então cala-te

      Andar a lavar dinheiro de venda de armas numa fundação cultural é cultura que se apresente?

      Responde a esta.

      Gostar

      • honi soit qui mal y pense permalink
        22 Setembro, 2016 12:29

        Não li não . Se era para isso está mal sim .

        Gostar

    • 22 Setembro, 2016 12:07

      Todas as fundações servem para lavagem de dinheiro.

      Até a dos filhos da Paula Rego, em nome dela, servia para o mesmo.

      Todas.
      Mas nem todas têm brutos negócios em petróleo e venda de armas a terroristas.

      Gostar

    • 22 Setembro, 2016 12:08

      Ter dinheiro sujo num offshore e uma fundação para o branquear é o quê?

      É liberalismo?
      Se é bem podem limpar os cascos à parede.

      Gostar

  7. 22 Setembro, 2016 12:10

    Mas pronto- como é sobrinho neto de arménio é como ser preto ou gay- tem desculpa e quem disser o contrário é racista e tem arménio-fobia

    Gostar

    • honi soit qui mal y pense permalink
      22 Setembro, 2016 12:30

      Se se for dinheiro sem pecado , e que se pretenda salvaguardar numa off-shore , por receio da zelota Mortágua ?

      Liked by 1 person

      • 22 Setembro, 2016 13:13

        Dinheiro sem pecado é dinheiro que não fornica

        AHAHAHAHHA

        Pecado era vender tempo e o pôr dinheiro a fornicar que nem bicho

        “:OP

        Gostar

      • 22 Setembro, 2016 13:16

        O problema das mortáguas e comunas é outro- é serem anti-capitalistas mas para a utopia deles sempre precisaram de grande financiamento.

        E são internacionalistas, pelo que a treta do pseudo-nacionalismo contra offshores é só temporário enquanto tomam o poder e nacionalizam tudo.

        Depois lá vem o lebenshrauzinho proletário e a coisa perde bandeira local.

        Gostar

      • 22 Setembro, 2016 13:17

        Mas eu sou conservadora e nacionalista q.b. pelo que essa cena de chico-esperto não faz a minha cara.

        Gostar

      • 22 Setembro, 2016 13:18

        Esses gajos das fundações não pretendem salvaguardar nada. Pretendem é usar o Estado e os países para tapar o saque.

        Não gosto dessa gente.

        Gostar

      • 22 Setembro, 2016 13:20

        O Soros também é outro igual.

        Deve ser muito do v. agrado. Tem todo o pedegree de refugiado, minorias & carcanhol. E usa-o em lobbies altamente da moda.

        Da moda do mundo-às-avessas.

        Os que querem tudo fora do Estado para comandarem por lobby de fora mas com democracia que baste para a coisa ser branqueada e ter bom aspecto, sem parecer mais um totalitarismo.

        Gostar

      • honi soit qui mal y pense permalink
        22 Setembro, 2016 14:18

        Por acaso até não.
        Tinha uma ideias diferente do Soros . Mas já vi que é um especulador do c* , armado em filantropo , mas que ajuda á desagregação de tudo , para sacar e manobrar.

        Liked by 2 people

  8. Licas permalink
    22 Setembro, 2016 13:51

    felizmente,escolheu Portugal,fundou a fundação Gulbenkian,e esta convidou o economista Thomas Piketti,que sugeriu na altura,Tributar o Patrimonio.é isso,o psd esta com muito azar com os seus proprios papagaios.

    Gostar

    • honi soit qui mal y pense permalink
      22 Setembro, 2016 14:19

      olhe o tempo …
      o costa disse que a austeridade acabou , mais impostos para que ?

      Liked by 1 person

      • Licas permalink
        22 Setembro, 2016 14:29

        a austeridade acabou,o tanas.e alem disso,a dita “austeridade” só serviu banqueiros(e amigos,e familia,muita gente),nada mais.e são estes que tem patrimonio no valor de muito mais 1 milhão de euros.e foram estes banqueiros(e amigos) que enquanto fugiam ao fisco,via escritorios de advogados de Lisboa,aumentavam cada vez mais o seu patrimonio.e já lhe disse:dinheiro parado,ou acumulado,não serve para nada.tios patinhas,só o da BD.p.s.-admira-me muito,gente que se diz cristã ,aparar todas estas artimanhas.bem pode o papa xico berrar,com esta gentinha,não vai lá

        Gostar

      • honi soit qui mal y pense permalink
        23 Setembro, 2016 10:09

        Serve . Porque está no sistema financeiro , á disposição de quem quer iniciar uma qualquer actividade empresarial . É isso que cria postos de trabalho , e riqueza , que pode depois ser tributada para que o Estado cumpra com os fins que lhes estão atribuídos . Ora agora , como ao longo da história , comprar votos com o que possam ofertar … pão e circo … normalmente. É isso que mais uma vez se tenta reforçar na histriónica blitzkrieg da Mariana . Aumentar o numero de dependentes do Estado assistencialista .
        Pode dizer que os bancos andaram a ajudar é o Estado a safar-se das dividas das suas empresas , perderam liquidez , e que os portugueses estão lá para abrir empresas , e muito menos …ter chatices com empregados … agora não considere a poupança , parasitismo .
        Só se houver confiança, e estabilidade fiscal e administrativa alguém se atravessa a investir .
        E não há como .

        Liked by 1 person

      • honi soit qui mal y pense permalink
        23 Setembro, 2016 10:15

        Nota adicional : os portugueses só estão agora , em força e desesperados , t a apostar em espoliar o turista , com 5.988.658 novas esplanadas , bancas , e tendinhas de paparoca , passeios no Tejo , ou onde haja um plano de agua … aproveitam a bênção de terem um país lindo e bonito , e esmifram o foriner até não dar mais .
        Os foriners ainda cá aparecem , agora em mais numero porque a malta dos malucos destruiu a concorrência do norte de africa e turquia.
        Mas no dia em que um maluco qualquer ponha aí uma daquelas bombas … acabou-se a actividade empresarial dos milhões .

        Liked by 1 person

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        25 Setembro, 2016 15:55

        Pois aproveite e enriqueça enquanto dá. Turistas significam na prática menos pessoas a contar tostões, sem saber como chegar ao fim do mês.

        A cultura é o que se procura depois de a barriga estar cheia, não antes.

        Gostar

    • Manuel permalink
      22 Setembro, 2016 14:22

      Tudo bem, mas achas que a tributação do património se faz por uns jovens a fumar umas coisas e toma lá: 200 milhões de euros a dividir por 8000 contribuintes=25000 euros! Não será necessário uma reforma global considerando os impostos directos e indirectos, rendimento, trabalho, património, stocks e fluxos, etc? Como escrevia o Luís Aguiar-Conraria no observador”está tudo doido”? Reitero, corte-se na despesa.

      Gostar

      • Licas permalink
        22 Setembro, 2016 14:34

        olha,para ja essa idiotisse do “fumar umas coisas” é uma parvoice.ou achas que não ha marados no psd/cds? cortar na despesa,com certeza.curiosamente o super juiz queixava-se que tinham cortado na despesa da Justiça,até demais.olha o socrates versus cm:ate agora ainda não passou de uma grande …telenovela,isso sim.

        Gostar

    • Manuel permalink
      22 Setembro, 2016 14:47

      Licas: memoriza bem na tua cabecinha o seguinte: desde 2000 o crescimento é, em média, quase zero e os próximos 16 anos, com gente desta a governar, será igualmente zero, assim sendo,só nos resta cortar na despesa e antes ou depois de nova bancarrota, no euro ou fora do euro a despesa do estado tem de ser cortada uns 15 %, dará qualquer coisa como 10 mil milhões de euros. Nós só temos o poder de escolher em que funções do Estado vamos cortar e isso vai ser a política a decidir, se aumentares o orçamento da justiça cortas noutra coisa qualquer.

      Liked by 1 person

      • Licas permalink
        22 Setembro, 2016 14:56

        olha a figurinha do passos:confrontado pelo Expresso sobre este assunto(ele sugeriu isto mesmo em 2014) deu o dito,pelo não dito.numa semana o passos arrasa a excelente editora Gradiva(mais o saraiva) e parece apostado em arrasar igualmente o psd.so pode andar a fumar umas coisas,não é?

        Gostar

    • 22 Setembro, 2016 19:55

      Tosco- se o Gulbenkian veio para cá, foi precisamente por não pagar imposto. Em Inglaterra a coisa fiava mais fino.

      Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        25 Setembro, 2016 15:59

        Ficamos nós pior por isso?

        Por mim repetia a receita que o fez vir.

        Gostar

  9. honi soit qui mal y pense permalink
    22 Setembro, 2016 14:42

    Liked by 2 people

    • oscar maximo permalink
      23 Setembro, 2016 10:57

      Resposta muito inteligente e correta. O deserto há muito que excedeu a capacidade populacional, até mesmo a Bélgica e Holanda, que têm de importar água para beberem. Em vez de nos chatearem com eco isto e aquilo, porque não dão com um pau na cabeça dos economistas que falam em crescimento ?

      Gostar

      • honi soit qui mal y pense permalink
        23 Setembro, 2016 11:21

        Sim . Espaço e condições existem .Agua em enorme quantidade , freáticos e dessalinização em grande . Agricultura florescente .Novas cidades por todo o lado . Tecnologias do melhor e mais inovador .
        Onde é que não há crescimento ? .
        Só a terra do Qaddafi tem um lago subterrâneo de agua doce da dimensão do Mar Negro . Era agricultura fantástica por todo o lado , trabalhavam os subsaarianos e egipcios . Mas deu-lhes a travadinha do costume de andar á porrada , e é ver aquela desgraça .
        A Syria , um país lindíssimo , e rico de recursos , estraçalhado por questões de poder absoluto , e é ver aquela desgraça.

        Liked by 1 person

      • Euro2cent permalink
        24 Setembro, 2016 08:59

        > A Syria , um país lindíssimo , e rico de recursos , estraçalhado por questões de poder absoluto ,

        Ou, segundo as más linguas, por questões de “pipelines” …

        http://www.unz.com/mwhitney/assads-death-warrant/

        The war in Syria did not begin when the government of Bashar al Assad cracked down on protestors in the spring of 2011. That version of events is obfuscating hogwash. The war began in 2000, when Assad rejected a Qatari plan to transport gas from Qatar to the EU via Syria. As Robert F Kennedy Jr. explains in his excellent article “Syria: Another pipeline War” […]

        Gostar

      • 24 Setembro, 2016 11:02

        Ou, segundo outras más-línguas, por questões de tribalismo e longa tradição de esquerda no Poder.

        Gostar

      • 24 Setembro, 2016 11:03

        Não é por terem matéria prima que aquilo ficou parado no tempo.

        Gostar

  10. honi soit qui mal y pense permalink
    22 Setembro, 2016 14:57

    texto do AAA no insurgente

    Poupar é ser livre

    Mariana Mortágua acha que “temos de perder a vergonha de ir buscar a quem está a acumular”. Refere-se às poupanças dos portugueses. A deputada do BE acrescentou que uma sociedade estável não pode aceitar que se acumule dinheiro. A esquerda não gosta que se poupe. Ou porque vê no consumismo a salvação do Estado, o que não deixa de ter piada, ou porque quem poupa planeia a sua vida, e isso é inaceitável para quem o pretende fazer por via governamental.

    Quem poupa pode escolher; quem poupa depende menos do poder político, dos altos e baixos da economia. É mais livre, menos sujeito ao poder discricionário de quem governa e de pessoas como Mariana Mortágua.

    Se uma sociedade estável é aquela que não aceita que se acumule dinheiro, então a União Soviética era estável. Tão estável que não evoluía. Tão estável que ninguém decidia o seu futuro, planeado que estava pelos decisores políticos. Porque a estabilidade é uma faca de dois gumes afiada quando se limita a liberdade das pessoas.

    A extrema-esquerda, e este PS que lhe dá palco, não gosta de quem poupa porque quem o faz não precisa dela. É independente, livre de escolher outro caminho. A sociedade ideal, a sociedade estável, é aquela em que se trabalha no Estado ou em empresas que estejam debaixo do olho do governo. Se somarmos a isso o não termos qualquer poupança que nos valha nos tempos de aflição, não passamos de ovelhas de costas viradas para os lobos. Poupar tornou-se um acto de resistência.

    Liked by 2 people

    • Licas permalink
      23 Setembro, 2016 11:55

      queres poupar? acaba com os comandos,que agora comem terra.alias,a porcaria das FA so serve para sargentes estupidos e machões andarem-se a divertir,a embebedarem-se e ganhar ricos ordenados.pensando bem,corte-se em tudo nas FA,porque esses merdas não servem para nada.

      Gostar

      • honi soit qui mal y pense permalink
        23 Setembro, 2016 12:30

        tens de enviar a resposta ao AAA , o texto é dele
        entretanto lê este também :
        http://observador.pt/opiniao/odio-de-classe/

        Gostar

      • sam permalink
        23 Setembro, 2016 12:36

        Assim mesmo, Liquinhas!
        Militares de Abril, todos pró caralho!

        Gostar

      • Licas permalink
        23 Setembro, 2016 13:56

        a bonifacia trabalha e a mariana não trabalha.a bonifacia é poupadinha e a outra é ladrona.a bonifacia nasceu numa familia rica e a mariana numa familia de terroristas.e mais o robespierre e os jacobinos.a isto se resume o artigo da bonifacia.é o que digo:o psd precisa urgentemente de novos papagaios.ou isso,ou a indigencia e ate um possivel resgate…do psd.

        Gostar

      • honi soit qui mal y pense permalink
        23 Setembro, 2016 14:49

        Deves ter clickado naquela fabula da cigarra e da formiga .
        Procura um país no mundo onde já tentaram implantar as ideias da mariana, conta quantos restam , o numero de mortos que causaram na viagem .
        Deixo aqui um para ti :
        http://tse1.mm.bing.net/th?&id=OIP.Mff06bc0ad1c450b216d0fe6beb756c8eH0&w=299&h=195&c=0&pid=1.9&rs=0&p=0&r=0

        Gostar

  11. PiErre permalink
    22 Setembro, 2016 16:30

    Antes que me esqueça.
    À atenção de Passos Boabdil Coelho:
    “LLora llora, como una débil mujer, la perdida del reino que no has sabido defender como hombre!”
    É só.

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    22 Setembro, 2016 18:32

    Mais um embuste dos «jornalistas» do expresso e da TVI para colorirem as mentes mais fraquinhas.

    Todos estamos à espera dos Panama Papers. Onde estão as revelações?

    Qualquer dia esses «jornalistas» vão divulgar as Selvagens Leaks…

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      23 Setembro, 2016 12:41

      os Panamá Papers eclipsaram-se quando alguns socialistas começaram a aparecer neles…. tipo Ricardo Salgado a fazer pagamentos ao Bava e Granadeiro o o José Dirceu homem de mão do Molusco da Silva andar a depositar lá por conta do negócio do Vara/Sócrates com a OI.
      De revelações passaram a ralações e os jornalistas a quem os socialistas dão benesses calam-se
      é como aquela sobre taxa no IMI a coisa fede quando um partido é proprietário de 15 milhões de euros em património e não paga nem IMI quanto mais sobre taxa.
      assim como se algum gajo vender um café sem declarar às finanças o IVA, está a cometer um crime de fraude fiscal mas pode vendê-los todos na off-shore da Quinta da Atalaia.
      O Marquês Papers também é uma coisa dificil pois tem mais dados que o Panamá.
      Mas prontes valores mais altos se alevantam e provocam eclipses.

      Gostar

  13. A.R permalink
    22 Setembro, 2016 22:38

    Que pena não estar aí. Tudo farei, a continuar o andar da carruagem ou da geringonça, para figurar na próxima lista que sair.

    Gostar

  14. JCA permalink
    24 Setembro, 2016 19:57

    .
    Mais de 50.000 € no Banco é “rico”. Presumido pantomineiro ou corrupto.
    .
    Então clarinho como àgua, estes depositantes “ricos” vão desaparecer na clientela bancaria em Portugal.
    .
    Preparem-se já neste OE para subsidiarem mais resgates de bancos que fazem falir. E credito bancário para investimento e consumo vai pelo cano abaixo.
    .
    Se a ideia é acabar com os Bancos, ou aumentar a carga fiscal para os resgatar, então já surge pelo menos alguma logica fundamentada na coisa, até ao momento não há
    .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: