Skip to content

Deixemo-nos de incidentes e vamos ao que interessa: quem quer o quê no Metro de Lisboa?

29 Setembro, 2016

Metro sem capacidade de resposta ao aumento de pedidos de passe

Em Agosto, o Metro de Lisboa esteve 62 vezes com problemas

Falta de bilhetes nos transportes em Lisboa: a “culpa” é do fornecedor

Anúncios
26 comentários leave one →
  1. sam permalink
    29 Setembro, 2016 10:47

    E os preços da gasosa a trepar…

    Gostar

  2. Baptista da Silva permalink
    29 Setembro, 2016 10:51

    Sem greves o Metro funciona mal.

    Gostar

  3. JPT permalink
    29 Setembro, 2016 11:31

    “Perturbações de funcionamento” em Agosto, ou como outros lhe chamam, férias.

    Gostar

  4. JPT permalink
    29 Setembro, 2016 11:44

    E, já agora, alguém investigue: esse dos cartões é “fornecedor que se atrasou nas encomendas” ou que se fartou de vender fiado?

    Liked by 4 people

  5. licas permalink
    29 Setembro, 2016 12:14

    Será?

    Em chegando a Janeiro
    Vai o Macedo à Barra
    Tendo largado o poleiro
    Já ninguém o resguarda
    Perdeu a imunidade
    Resta saber a verdade.

    Dos “Gold” a javardice
    Com negócios suspeitos,
    Houve alguém que já disse
    Qu´ eles agora “tão feitos”:
    Nas mãos da Judiciária
    Ficam logo “cantores d´ária”.

    Mete chineses a rodos,
    Daqueles de muito “bago”,
    Porem não são todos
    Há amigo indiciado:
    Vamos ver o que dará
    Na chafurdeira de cá.

    licas fecit

    Gostar

  6. Almeida permalink
    29 Setembro, 2016 12:24

    Quero que funcione e respeite horários. Dispenso painéis de azulejo. Quando quiserem apresentar contas, incluam uma parcela com o que se poupa quando os transportes públicos funcionam bem.

    Gostar

  7. 29 Setembro, 2016 12:28

    Esses cartões são outro negócio estúpido. Em vez de serem como o oyster, em Londres, que não tem prazo de validade, por cá é um negócio pois só duram um ano.

    Liked by 2 people

    • CSJ permalink
      29 Setembro, 2016 13:09

      Parece que o Andante no Porto também não tem prazo.

      Gostar

    • 29 Setembro, 2016 13:30

      A mim cobram-me 15 Euros -ano plo cartao multibanco BPI (No Canada é gratuito nao expira)

      Liked by 2 people

      • 29 Setembro, 2016 17:37

        Exacto. Cá é a mais completa anormalidade para se tirar um cartão tipo passe que depois só dura um ano.

        Tem de se levar toda a tralha comprovativa de identidade, fotografia e só falta código de barras no lugar da impressão digital. E isto em locais escondidos onde ninguém vai. Lojas de “atendimento a cliente” onde nem metro há,como no Arco do Cego.

        Em Londres compra-se o oyster em qualquer lojeca e não tem prazo de validade. Basta recarregar.

        Liked by 1 person

      • 29 Setembro, 2016 17:38

        Pior. No outro dia tive curiosidade acerca disso e fiz uma busca na net. Até para se tirar a merda do cartão online é preciso comprar uma maquineta de leitura do cartão de cidadão que também só eles podem vender. Por 15 euros mais não sei quantos de envio.

        Completamente marados dos cornos.

        Liked by 1 person

  8. Narciso Miranda permalink
    29 Setembro, 2016 12:28

    Entretanto, a propósito do outro lado do rio, dizia o Tribunal de Contas em 2011 sobre a Fertagus “a concessão Fertagus tornou-se um caso único na Europa, pois trata-se de uma empresa de capitais privados que realiza um serviço público de qualidade de transporte de passageiros, mediante o pagamento à REFER de uma taxa pela utilização das infraestruturas, sem recorrer a compensações financeiras do Estado para o efeito.” Q???? Serviço publico, clientes satisfeitos e sem custos para o Estado???!!

    Gostar

    • Carlos Alberto Ilharco permalink
      29 Setembro, 2016 14:10

      Uma empresa privada não realiza um serviço público, realiza um serviço privado a público.
      Por exemplo tem relativa autonomia para definir horários, o que uma empresa pública pode não ter, pode ainda (julgo eu) criar modalidades de passe que lhe dêem mais lucro e que estejam de acordo com o perfil do utilizador.
      Enfim tem uma gestão privada.

      Gostar

      • Narciso Miranda permalink
        29 Setembro, 2016 16:08

        Como disse?? Leu o que escreveu o TC? Serviço publico são aqueles que são prestados para a satisfação de necessidades colectivas e forma universal, seja em áreas de soberania do Estado (defesa, justiça) ou na prestação de serviços básicos como transportes ou energia, por ex. Se por regra o serviço publico compete ao Estado, o mesmo pode ser prestado por PRIVADOS através de concessão. Assim, uma empresa privada REALIZA serviço publico.

        Gostar

  9. 29 Setembro, 2016 14:25

    O outsourcing é que é bom !!!

    Gostar

  10. honi soit qui mal y pense permalink
    29 Setembro, 2016 14:41

    oIo

    Gostar

  11. Ruah permalink
    29 Setembro, 2016 15:34

    A CP não tem esse problema. Levas com os piratas nas costas ou é vê-los a saltar as barreiras. Para que ervem então os picas? O passe se faz favor para quem o paga ou passe se faz favor se não paga.
    Obrigado CP

    Liked by 1 person

    • Carlos Alberto Ilharco permalink
      29 Setembro, 2016 18:41

      Na Carris ainda é melhor.
      Houve um inteligente que achou que colocar uma máquina de validação nas costas, bem nas costas, do motorista-cobrador-fiscal era genial.
      Assim basta entrar e seguir calmamente, nada de empurrões, só os habituais de horas de ponta, nem saltar cancela nenhuma.
      Na Fertagus que é privada, estão-se borrifando para o serviço público e fiscalizam.
      Pudera o dinheiro é privado.

      Liked by 2 people

  12. Artista Português permalink
    29 Setembro, 2016 19:42

    A Intersindical, ou o PCP que é a mesma coisa, não pode dispensar o controle que tem sobre os meios de transporte, sem os quais não tem força alguma. Votos…já ERA. Agora a força reside na capacidade de paralizar o país e para isso necessita de controlar os metros de Lisboa e Porto, CP, TAP, travessias do Tejo, pilotos aéreos, etc. Reverter as privatizações era o objectivo do momento ao entrarem para a geringomça.

    Liked by 1 person

  13. licas permalink
    29 Setembro, 2016 23:00

    Se não tivessem perdido, com a querda do Muro, a confiança
    do Povo, controlar/paralisar todos os transportes poderia
    constituir uma acção chave para tomar por golpe o Poder.
    Assim,
    só serve para chatear o pagode…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: