Skip to content

Os sem perdão

9 Outubro, 2016

Como vivemos numa espécie de ilusão mediática acreditamos que só existe o que os jornais e televisões mostram. Mas acontece que nas democracias há um local onde a sós consigo cada cidadão pode manifestar-se: a cabine de voto. Esse grupo às vezes maioritário, esse grupo que, nas sondagens, aparece invariavelmente como perdedor e que raramente um jornalista consegue entrevistar, está a usar a cabine de voto, para dar conta da sua insatisfação, quando não da sua revolta, perante um Estado que acreditam ser tolerante com quem desrespeitou a lei e severo com quem a cumpriu. Para já, esta atitude restringe-se muito às questões ligadas à segurança mas pode alargar-se a outros temas. Não que nos assuntos fiscais os governos (transformados que estão em seres ligados à máquina da receita fiscal) nem podem perguntar nada. Mas convém que não se esqueça que um dia, feitas as contas, os cumpridores podem concluir que mais lhes valia estar do outro lado. O dos que levam perdões. Afinal, vamos lá falar a sério: cumprir compensa?

Advertisements
32 comentários leave one →
  1. Ar Cansado permalink
    9 Outubro, 2016 18:29

    Nestes 100 perdão incluiu os socras, os varas, os cesares, os costas, as gambas, e respectivas famílias? Se também incluiu fica desde já perdoada e absolvida e nem precisa de confissão quanto mais arrependimento.

    Gostar

  2. licas permalink
    9 Outubro, 2016 19:50

    Pois o perigo de desigualdade é mesmo esse. . .
    Começar a não cumprir com os deveres fiscais na mira de
    perdão futuro. Leva a que os Executivos +ercam a +ossibilidade
    de PREVER o valor das receitas dos impostos, taxas, etc.

    Gostar

  3. lucklucky permalink
    9 Outubro, 2016 20:28

    Um tempestde biblíca foi e está a ser contruída pelo complexo político-jornalista em praticamente todo o Ocidente. estão a transformar a Democracia em Democracia Totalitária.

    Gostar

    • carlos alberto ilharco permalink
      9 Outubro, 2016 21:29

      O que levará locutores de televisão a ignorar a realidade dos números e a debitarem notícias que sabem não serem totalmente verdadeiras e por vezes completas mentiras?

      Gostar

  4. Emparedado permalink
    9 Outubro, 2016 21:45

    Adoro ler quase tudo o que escreve a Helana Matos mas, não deve pagar salários nos fins de cada mês.

    Gostar

  5. Alain Bick permalink
    9 Outubro, 2016 23:05

    a geringonça do monhé e martins (2)
    está cada dia mais social-fascista tipo Albânia

    Gostar

  6. nunotmcgoncalves permalink
    9 Outubro, 2016 23:09

    Há aquele dito de se partirmos uma jarra enquanto brincamos mais vale continuar a brincar porque a jarra já está partida.
    É mais ou menos isto.
    Só compensa não cumprir se for à grande. Atrasos a pagar o IMI ou o IUC, eh, isso é para meninos.

    Gostar

  7. Arlindo da Costa permalink
    10 Outubro, 2016 02:31

    Em 2013 Passos Coelho perdoou. Why?

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      10 Outubro, 2016 07:11

      porque era socialista

      Gostar

    • 10 Outubro, 2016 09:45

      @Ardemerda do Costa, em 2013 o país estava numa situação de emergência a tentar recuperar da 3ª bancarrota dos Xuxas, foi por isso que o Passos Coelho perdoou.

      Mas agora, segundo dizem todos os dias o Porco Gordo e o seu bando de corruptos, tudo corre às mil maravilhas com a execução orçamental, então para que é preciso o perdão fiscal?

      Gostar

      • 10 Outubro, 2016 10:12

        Muito bem visto, papaxuxas.
        Para além da enorme desonestidade intelectual e politica que é ter criticado este tipo de medida excepcional para fazer face a uma situação de emergência que fora criada pelo próprio PS e estar agora a aplicá-la como se nada fosse e tudo estivesse bem quando se percebe perfeitamente que é para tentar tapar buracos criados mais uma vez por um governo do PS !…

        Gostar

      • André Miguel permalink
        10 Outubro, 2016 10:24

        O cómico disto é haver um perdão fiscal, quando ainda há contribuintes com IRS por receber. Este país não existe…

        Gostar

      • 10 Outubro, 2016 11:44

        Pode ser que a tesouraria das receitas do perdão fiscal sirva para reembolsar o IRS em falta !… 😉

        Gostar

  8. licas permalink
    10 Outubro, 2016 09:48

    Não estamos completamente pervertidos pois, não obstante
    o P.S. ser sempre contra, ainda é possível combater o crime. . .
    Estamos todos de parab+ens.

    Gostar

  9. licas permalink
    10 Outubro, 2016 09:50

    _____parabéns

    Gostar

  10. licas permalink
    10 Outubro, 2016 10:29

    Para os amigos, tudo,
    Para os adversários, nada
    O resto das pessoas, que cumpram a lei
    Jorge Coelho

    Gostar

  11. 10 Outubro, 2016 11:48

    Perdão fiscal?!

    Mas vai-se perdoar impostos em dívida?!

    Não me parece…

    Perdoa-se as multas, isso sim.

    É um perdão… multal…

    Estes direitolas até se esgadanham todos… ah ah ah ah!!!!!!!

    Gostar

  12. honi soit qui mal y pense permalink
    10 Outubro, 2016 15:39

    Gostar

  13. PiErre permalink
    10 Outubro, 2016 16:26

    A democracia é um embuste inventado na Gédcia antiga há 2500 anos para permitir aos plebeus tomarem o poder e fazer o mesmo ou pior que faziam os tiranos.

    Gostar

  14. PiErre permalink
    10 Outubro, 2016 16:26

    Grécia

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: