Skip to content

Planta que colherás

12 Outubro, 2016
a-hard-rains-gonna-fall-1
You walk into the room with your pencil in your hand
You see somebody naked and you say, “Who is that man?”
You try so hard but you don’t understand
Just what you will say when you get home
Because something is happening here but you don’t know what it is
Do you, Mr. Jones?

— Bob Dylan, “Ballad of a Thin Man”, 1965

O Dom Profano. “Dom” é um talento, uma dádiva da natureza. “Profano” é aquilo que é alheio ao que é sagrado ou a caracterização certa para alguém desprovido de conhecimentos sobre um determinado assunto. Daí que seja um título excelente para uma obra elaborada por um professor de Direito para uma criatura que se considera acima da Lei.

Chegou a chuva. O céu está negro, carregado. O gato mia e começa a trovejar. No Olimpo, os deuses riem da pequenez dos humanos, sujeitos à intempérie. Sócrates, o enviado, anuncia a segunda vinda. Tem o carisma de um porco antes da matança, mas não faz mal, está de volta e isso é que importa para quem a existência humana começa e termina na sua própria vida. Não é tempo para vergonhas: o palhaço envelhecido regressa para assombrar os pesadelos das crianças. Que importa se é ou não real? O medo existe em total independência da realidade.

Anúncios
27 comentários leave one →
  1. honi soit qui mal y pense permalink
    12 Outubro, 2016 12:07

    Gostar

  2. 12 Outubro, 2016 12:13

    ehehehhe

    Maravilha. Também achei o título muito a propósito. Podia ser “a mãozinha marota” que é o jeitinho do dom profano quando chega ao poder e acha que é tudo seu.

    Gostar

  3. Manuel permalink
    12 Outubro, 2016 12:30

    VC: está brilhante!

    Gostar

  4. basto_eu permalink
    12 Outubro, 2016 13:20

    Como uma desgraça nunca vem só, agora só falta acrescentar à desgraça do pesadelo pesado do Costa, a vinda de outra desgraça chamada Sócrates, o defunto.

    Gostar

  5. Emparedado permalink
    12 Outubro, 2016 13:40

    Considero sócrates o barómetro da nossa identidade.
    Serve para medir a grandeza ou e miséria de nós como povo.

    Gostar

    • murphy permalink
      12 Outubro, 2016 14:34

      Isso mesmo… sem a subserviência e a falta de espinha dorsal de muitos – para que possam recolher as migalhas do poder: a nomeação o favor, etc. – seria impossível a Sócrates fazer o seu percurso.

      Quantos medíocres serão precisos para se fazer um líder à semelhança de Sócrates?

      Gostar

  6. LTR permalink
    12 Outubro, 2016 13:44

    Vai ser interessante ver novamente o monteiro e o resto dos amigos todos à volta dele.

    Gostar

  7. LDM permalink
    12 Outubro, 2016 14:37

    Aposto que vai ficar um tempão no Top …

    Gostar

  8. Abre-latas permalink
    12 Outubro, 2016 14:43

    Lá está você a meter-se na vida pessoal dos políticos e em particular do ex-PM. Os anjos não têm costas!
    Já devia saber que não se questiona, não se comenta e não se publicam gravações consideradas nulas em tribunal … a não ser que sejam sobre Donald Trump!

    Gostar

  9. LTR permalink
    12 Outubro, 2016 14:58

    Será que o Rui Mateus vai estar na apresentação? 🙂

    Gostar

  10. honi soit qui mal y pense permalink
    12 Outubro, 2016 15:49

    Gostar

  11. honi soit qui mal y pense permalink
    12 Outubro, 2016 15:51

    ” eu vi como funcionava … “

    Gostar

  12. Juromenha permalink
    12 Outubro, 2016 15:51

    “Isto” não é um país, mas um esgoto a céu aberto.
    Um merdas de um pilha-galinhas , que continua à solta – e a gozar , muito justificadamente, com os tansos que o fizeram ( e por duas vezes, senhores!!!) “primeiro-ministro”!.
    Como povo, pomos em causa palavras como “racionalidade”,”Ética”, “rectidão”, “independência” – e até a comezinha “honestidade”…
    Vá lá que já nos sub-contrataram a Madrid…do mal o menos…

    Gostar

  13. honi soit qui mal y pense permalink
    12 Outubro, 2016 15:53

    Gostar

  14. PiErre permalink
    12 Outubro, 2016 20:38

    Gostar

  15. PiErre permalink
    12 Outubro, 2016 20:39

    Foi engano meu. Desculpem.

    Gostar

    • carlos alberto ilharco permalink
      12 Outubro, 2016 23:31

      Não é a do 44, a dele não tem o sinal de subtrair e muito menos o de dividir.

      Gostar

  16. Arlindo da Costa permalink
    13 Outubro, 2016 03:18

    Literatura clássica a esta hora, com uma chávena de chá verde, cai muito bem no estômago.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: