Skip to content

Alguns votos de pesar

30 Novembro, 2016

scale

Pela sua vida dedicada ao combate da opressão capitalista, do consumismo sem alma e da exploração moral através do hedonismo e da gratificação materialista, o Parlamento Português expressa este voto de pesar pelo falecimento de Osama bin Laden.


A dedicação ao superior interesse do colectivo, ao seu bem-estar, e a libertação do seu povo das amarras que prendem os Homens ao materialismo desenfreado e ao entretenimento vulgar que causa doenças e deforma a estrita moral do Ser Humano, levam o Parlamento Português a expressar este sentido voto de pesar pelo falecimento provocado pelas mãos da tirania do nosso sempre camarada Nicolae Ceaușescu.


Pela traição da nobre causa da emancipação do povo mundial, pela vilania demonstrada na rejeição dos anos providenciados pelo Estado para a sua reeducação nas prisões de Praga, pelo seu passado burguês e pela subversão política do projecto de unificação da vontade popular pelo socialismo, o Parlamento Português rejeita expressar pesar pela morte de Václav Havel, um verme dos esgotos da Terra.


É com a consternação de quem perde um pai, um companheiro de luta moral, espiritual e psíquica, que o Parlamento Português expressa um sentido e doloroso voto de pesar pela passagem à eternidade tão precoce de Enver Hoxha, líder incontestado dos albaneses e luz do mundo.


Pela enorme perda de uma esperança para África, de um homem que se converteu às evidências do socialismo popular e pelas inovações gastronómicas na luta política pelo seu povo, é com enorme tristeza que o Parlamento Português expressa o seu sentido pesar pelo falecimento de Idi Amin Dada.

Anúncios
10 comentários leave one →
  1. licas permalink
    30 Novembro, 2016 12:19

    Não se pode ser mais claro . . .

    Liked by 2 people

  2. Pescador permalink
    30 Novembro, 2016 12:30

    Pena que o PSD se tenha abstido.
    Deveria ter gritado um violento NÃO pelo desaparecimento de tão odienio CARRASCO do povo cubano.
    Aqui vai tudo bem explicado
    http://observador.pt/opiniao/fidel-castro-e-as-ditaduras-fofinhas/

    Liked by 1 person

    • carlos alberto ilharco permalink
      30 Novembro, 2016 13:34

      Foi uma autêntica vergonha a abstenção.
      Não têm coragem, que saudades de Sá Carneiro, nunca autorizaria esta atitude.
      Já levaram hoje nas trombas, o BE nem se levantou e o PCP levantou-se e ficou mudo na homenagem ao Rei e a Espanha, hoje na AR.
      Envergonharam-nos mas foram coerente.

      Liked by 3 people

  3. JPT permalink
    30 Novembro, 2016 13:33

    Os mesmos deputados que exprimiram o seu pesar pelo passamento do Fidel, hoje não aplaudiram, e, no caso do BE, nem sequer levantaram, ante o Rei de Espanha. Presumo que isso se deva ao facto deste não ter sido eleito, ao contrário do outro. A sério, em dias como estes, compreendo perfeitamente o Bahamonde e o Ugarte.

    Liked by 1 person

  4. António C. Mendes permalink
    30 Novembro, 2016 15:28

    Já o voto de pesar pelo Jaime Neves, da esquerda soviética,nem pensar!! Esse inimigo da democracia!! Esta gente vai conseguir desajuizar homens de bem. Com o PSD e o CDS a ajudarem.

    Liked by 1 person

  5. António C. Mendes permalink
    30 Novembro, 2016 15:38

    O PS é a mais perigosa e asquerosa agremiação deste país. Os soviéticos e os skins são uns meninos ao pé deles! O PSD e o CDS também têm para a troca, mas são da segunda liga.
    Ora vejamos: “o voto do PS, reconhece que a obra política do líder cubano é hoje alvo de “intenso e apaixonado debate entre os que aderem e os que se opõem ao seu percurso ideológico e político”, vislumbrando-se atualmente “caminhos abertos” que “podem contribuir para um futuro de progresso e aprofundamento dos direitos fundamentais de todos os cubanos”. Então mas há necessidade de progresso e aprofundamento dos direitos fundamentais dos cubanos? E o PSD e parte do CDS abstêm-se desta babuja vergonhosa? Fosca-se, é muito à frente!!!

    Liked by 1 person

  6. licas permalink
    30 Novembro, 2016 17:35

    Um Partido fundamental à Democracia Portuguesa caindo
    nitidamente na órbita Soviética.
    A prática política deveria estar delimitada pela Ética.
    ASSIM como se estão a comportar, NÂO, P.S.

    Gostar

  7. licas permalink
    30 Novembro, 2016 18:17

    Em leitura directa:
    Não se querem comprometer numa análise factual e julgamento do
    Regime Castrista para não chocar com os princípios
    dos Marxistas-Leninistas seus apaniguados no Governo.
    PERCEBE-SE BEM.

    Liked by 1 person

  8. licas permalink
    30 Novembro, 2016 18:23

    Percebe-se
    Fugiram a uma análise factual e seu julgamento do Regime Castrista
    para não escandalizar os Marxistas-Leninistas seus
    co-responsáveis no Governo actual.
    Percebe-se bem a intenção da Nota.

    Gostar

  9. A.R permalink
    30 Novembro, 2016 23:09

    O Vitor não tem emenda. É um cacique do heteropatriarcado opressor. Se não fosse teria lembrado a Sra Ceausescu e as dietas cientificas que passou ao Povo promovendo uma saúde exemplar: pelo menos evitou aumentos de peso.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: