Skip to content

Chuva e fermento

26 Janeiro, 2017

Bem sei que uma escola do Porto encerrou hoje por chover no seu interior, pondo em risco candeeiros Siza e lindas mármores italianas saídas da pedreira do Zé de Baltar, o que é irmão do presidente da junta de freguesia. Bem sei que a Andaimes Armando, empresa certificada em armar barraca, ficou de meter capoto naquilo, que pintando a coisa de um tom mais escuro enquanto se mantém o telhado como um coador já é suficiente para atenuar o impacto visual das inundações. Porém, não se pode falar disto hoje, porque há questões muito mais importantes a merecerem a opinião dos opinadores: as declarações de um empresário da panificação (ou Trump, também pode ser o Trump).

Perante a blasfémia proferida por este nosso irmão panificador, a de que flexibilizar o mercado de trabalho não seria má ideia – a bem dizer -, a sociedade reagiu com a indignação penitente por iniquidade gerada do pecado singular da ovelha tresmalhada. Os sacerdotes dirigiram-se ao púlpito – o do Daniel Oliveira já não é o do Bloco de Esquerda, é o do Expresso, que o Balsemão paga melhor, mesmo assim – e enunciaram as preces com a fé de que, orando, acalmariam a ira divina e resgatariam o desígnio deste povo escolhido para a Terra Prometida, que consiste em ser governado por palhaços de fato de treino.

Metam o gajo no forno! Queimem o porco capitalista!

O que levou um dos nossos irmãos a cometer a injúria dilacerante do divino direito de se aumentar o salário mínimo até que todos recebam como se tivessem sido contratados pelo Balsemão, ninguém sabe. Sabemos que o Daniel Oliveira dedicou umas palavras ao caso e que 3200 bestuntos carregaram no símbolo do like, o que está bem. Para a próxima, senhor padeiro, já sabe: dedique-se a falar do que não sabe, que isso é a chave da popularidade. Se o tentar por tempo suficiente, alcançará o maná que o elucidará para o caminho, verdade e vida que é a opinião única de um povo unido que jamais será vencido. Nem vendido.

Mandem mais dinheiro. A dívida é impagável.

Anúncios
25 comentários leave one →
  1. Comuna de Direita permalink
    26 Janeiro, 2017 22:39

    O país avançada cantarolando para o precipício enquanto lançam pedras ao padeiro…

    Liked by 1 person

  2. 26 Janeiro, 2017 23:04

    “já não é o do Bloco de Esquerda, é o do Expresso, que o Balsemão paga melhor”

    😛

    Gostar

  3. Manuel Assis Teixeira permalink
    26 Janeiro, 2017 23:08

    O Padre Daniel Oliveira não é credivel! As rendas que recebe da SIC e do Expresso ( maldito capital mas que dás tanto jeitinho) asseguram-lhe o rendimentozinho! Mas o Padre Daniel Oliveira não faz a minima ideia do que é uma empresa e da ginástica que é preciso fazer para aguentar. O Padre Daniel Oliveira professa uma religião que nao entende isso! Só entende que tem que receber a congruazinha em cada fim de mês, que lhe permitem as pregações sem preocupaçoes! O Padre Daniel Oliveira é que sabe! Sabe tudo! Ele tem os dotes divinos que têm todos os abades amesendados às congruas diversas! Deus proteja estes paladinos da verdade!

    Liked by 1 person

  4. Filipe Costa permalink
    26 Janeiro, 2017 23:21

    Esquisita a situação, o homem paga ordenados, bons ou maus, dá emprego e é um porco, porquê?

    Liked by 1 person

  5. Juromenha permalink
    26 Janeiro, 2017 23:25

    oliveira, um dos mais aplicados, prestimosos e contorcionistas trabalhadores de sexo do jorna/tele lixo doméstico.
    Certamente o “compère” de Belém já o terá marcado para uma merecida medalhita no próximo 10 de Junho…

    Liked by 1 person

  6. 26 Janeiro, 2017 23:31

    Quando o DOliveira for director simultaneamente da SICTotal (SIC, SICNoticias, e sobretudo da SICCaras,etc) e do Expresso, ajusta contas com o Blasfemias…

    Ha anos, no Blas, coloquei-lhe precisamente a questao de ser colunista bem pago do Expresso, jornal supostamente ‘de direita’. Nao me lembro precisamente o que respondeu (ter-se-a sentido ‘ofendido’ para me responder), mas foi qualquer coisa como ‘qual o problema’ ?

    Gostar

  7. javitudo permalink
    26 Janeiro, 2017 23:38

    “Mandem mais dinheiro. A dívida é impagável”. Nãsenhor!
    Notemos as declerações destes dois biltres, grandes apoiantes da geringonça enquanto se estiverem a pagar os juros:
    “O presidente do Eurogrupo …. manifestou-se convicto de que o Governo está a tomar “as medidas adequadas”. Questionado sobre o aumento das taxas de juro da dívida pública portuguesa, Jeroen Dijsselbloem apontou que o assunto não foi discutido de forma detalhada mas foi registado “o facto de haver alguma volatilidade” dos mercados.
    O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, disse partilhar a opinião do presidente do Eurogrupo”. Pior que estes só o Jean-Claude Juncker. Com o cherne era exatamente o mesmo. A mesma seita com punhos de renda.
    É esta corja, aliada ao pulhiticamente correcto que está a afundar a UE.
    Dá à geringonça molas para se desingonçar devagar, devagarinho. Vão pagando.
    Em surdina, longe das câmaras: ” Que lhes valha o poucochinho!”. Para nós vai bem.
    Alguns anos atrás também a Merckel abraçava o espertalhão nos intervalos.
    Até ao dia. Nesse dia voltam a fazer o “número da admiração”.
    Oh, Wie können!

    Liked by 1 person

  8. Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
    26 Janeiro, 2017 23:48

    E o laureado do dia, é Daniel Oliveira.
    Parabéns Daniel tens aqui os teus amigos do peito, a começar pelo bloger.

    Gostar

    • 27 Janeiro, 2017 00:21

      ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

      Gostar

      • 27 Janeiro, 2017 01:12

        O Cipiao,

        ate hoje, o melhor que o seu guru DOliveira tem e…ser filho do genial Poeta Herberto Helder.

        Gostar

      • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
        27 Janeiro, 2017 02:02

        E que é que eu tenho a ver com isso?
        Conta para ser hoje o laureado?

        Gostar

  9. 27 Janeiro, 2017 01:17

    Sobre a vaidade do DOliveira: ha cerca de quatro anos, estava eu a almocar num restaurante ribeirinho em Alcantara, quando o guru do Cipiao chegou com o Pedro nao-sei-que Lopes, seu colega na SICN. A minha amiga chamou-me a atencao para o exibicionismo de ambos perante as pessoas — indescritivel a vaidade, o…’dar nas vistas’.

    Gostar

    • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
      27 Janeiro, 2017 02:05

      “o guru do Cipiao” ? Quer com isto mostrar que o caro MJRB, não passa de um snob cagão.
      Não vá por ai, eu não pertenço a essa classe.
      Estes snobs para inventar.

      Gostar

      • 27 Janeiro, 2017 12:07

        Com muito gosto por vezes sou snob sobretudo perante vulgaridades. E e evidente que cago.

        Gostar

      • 27 Janeiro, 2017 12:13

        Everybody Poops.

        Even you.

        (Inglês já não é snob, só se for na variante de inglês técnico).

        Gostar

      • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
        27 Janeiro, 2017 12:40

        Tombadilhos, para si também.
        Cuidado não vá à popa, podem abalroar a sua ré.

        Gostar

  10. Buiça permalink
    27 Janeiro, 2017 02:38

    like.

    Gostar

  11. Buiça permalink
    27 Janeiro, 2017 02:43

    Aos pouco se vai cumprindo o designio venezuelano. Já não falta muito para o salário mínimo se tornar no salário único. Depois é só decretar que está cumprido o objectivo de igualdade e progresso, que naturalmente será protegido ilegalizando o acesso das castas não dirigentes a rendimentos desviantes.

    Gostar

  12. André Miguel permalink
    27 Janeiro, 2017 08:38

    “resgatariam o desígnio deste povo escolhido para a Terra Prometida, que consiste em ser governado por palhaços de fato de treino.”

    Já faltou mais. E creio que o tuga anda não percebeu.

    Liked by 1 person

  13. Marinheiro permalink
    27 Janeiro, 2017 11:55

    Bem dizia e diz o Marmelo.
    Está tudo em paz e na maior normalidade.
    Estou de acordo
    Só me permito acrescentar:
    – Na maior e costumada normalidade socialista.
    “à cause” Siza Bivalve diz que vai oferecer os candieiros

    Gostar

    • Marinheiro permalink
      27 Janeiro, 2017 11:57

      … e mandar uns “parapluies” ” cause” da chuva

      Gostar

  14. Arlindo da Costa permalink
    27 Janeiro, 2017 18:31

    A dívida é impagável. Certamente. Quem ficou com o dinheiro? As «elites» cleptocráticas portuguesas – políticas, financeiras, empresariais e os chulos da alta administração pública. Todos são da «direita» e gostam muito de ir à missa…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: