Skip to content

mistérios do lupanar

7 Fevereiro, 2017
by

Resultado de imagem para caixa geral de depósitos prostíbuloQuem visitar hoje o Observador deparar-se-á, imediatamente, com uma enorme barra cimeira, onde se lê: «PROCURAM-SE EMPRESAS PARA CAPITALIZAR». E, logo abaixo, em letras azuladas mais pequenas – «NA CAIXA. COM CERTEZA». Pensava eu que se tratava de um desesperado pedido de socorro de Paulo Macedo, acabado de chegar à presidência do banco público e em estado de choque com o que certamente lá encontrou, quando constato que, afinal, é a Caixa que está a oferecer dinheiro às empresas, 1.600 milhões de euros, mais precisamente. O que é um facto notável: por um lado, a Caixa está falida e carece, com urgência, de 4.000 milhões para não seguir o mesmo caminho do BES. Mas, por outro, disponibiliza quase metade desse valor para auxiliar empresas certamente em melhor situação financeira do que ela, espera-se…

Advertisements
7 comentários leave one →
  1. 8 Fevereiro, 2017 00:38

    É Loucura Total.

    Liked by 1 person

  2. Manuel permalink
    8 Fevereiro, 2017 09:02

    Temos de ter confiança em Paulo Macedo. É possível ceder crédito com garantias fortes, não vejo qualquer problema nessa opção, aceito que a Caixa solicite financiamento no mercado internacional para esse efeito. Por outro lado, se a emissão de mil milhões de obrigações pagar entre 10 a 15% ao ano e com maturidade de dois anos, esgotará nas primeiras horas, haver lesados da Caixa será sempre um risco, mas a probabilidade é muito baixa. Penso seriamente em arriscar nas obrigações.

    Gostar

  3. javitudo permalink
    8 Fevereiro, 2017 09:53

    Na caixa haverá sempre embustes enquanto os xuxialistas estiverem a desgovernar.
    Não vai ser o macedo a alterara litania. Só ter aceite o cargo já diz tudo.
    Porca miséria!

    Gostar

  4. Colono permalink
    8 Fevereiro, 2017 12:26

    Então porque votou contra a recuperação da Soares da Costa?

    Gostar

    • Manuel permalink
      8 Fevereiro, 2017 12:56

      Porque não acredita no PER da Soares da Costa, prefere perder o que lá tem e assim, não perder mais, elementar.

      Gostar

      • Colono permalink
        8 Fevereiro, 2017 14:32

        Elementar uma porra:

        Os trabalhadores (mil e tal) e outros bancos negociaram a viabilidade da empresa… Só a CGD do ESTADO votou contra…

        Era mais mil e tal trabalhadores diretos e milhares de familiares que ficariam desemparados na miséria … Os FDP da caixa não se comoveram…

        Elementar não… “alimentação” para essa cambada de chulos.

        Gostar

  5. Manuel permalink
    8 Fevereiro, 2017 14:37

    Colono: a um banco exige-se que aplique da melhor forma as nossas poupanças, se consideramos condenáveis os “empréstimos” da Caixa a Vale de Lobo, Berardo, Fino, La Seda, Pescanova,etc, não podemos criticar o homem por acabar com a roubalheira.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: