Skip to content

O Défice de 2016 é um Embuste

27 Março, 2017

O défice que nos apresentaram é uma perigosa bomba relógio. Não há mérito nenhum nos 2,1%. Muito menos prova que usando outras políticas se consegue os mesmos objectivos como disse Marcelo. O que há são malabarismos grotescos, diria quase criminosos, de “chico-espertice tuga” que escondem o maior embuste, depois de Sócrates, fundamentado em mentiras, patranhas e ilusões para o iletrado cidadão. Uma falta de respeito por toda uma Nação a quem se pede constantemente sacrifícios fingindo ser pelo bem de todos. Uma mentira abençoada pelo PR que nos deveria fazer corar de vergonha. Infelizmente.

Comecemos pelo dito feito histórico que não o é: em 1989 Cadilhe então ministro das Finanças de Cavaco Silva, alcançava exactamente o mesmo décifit. Mas claro que os jornalistas “não se deram conta” e por isso, nunca fizeram contraditório. Esta é a mentira útil da propaganda para cegar sobre a realidade. Transmitir um sucesso falso para criar um bem estar na população que aguente, pelo menos, até às autárquicas.

Agora vamos às ditas contas: estão a ver os mágicos que tiram coelhos das cartolas? Os coelhos estão mesmo lá dentro? Pois. Não estão mas parecem estar. Esse é o princípio utilizado nestas contas de Centeno. Não é preciso que o seja, mas sim, que o pareça. E parece que o défice reduziu quando o vemos pomposo e com cara de anjinhos a dizer à boca cheia que não houve malabarismos nem habilidades apenas fruto de muito trabalho. Ora, caso para dizer que se houve “muito trabalho” foi na “árdua” tarefa de “esconder debaixo da carpete” tudo o que faz subir o tão almejado déficit. Vamos ver como?

É simples: contabilizam-se todas as receitas extraordinárias, não autorizadas,  que provocam uma diminuição pontual do défice, as “one-off” e metem-se na gaveta as despesas extraordinárias, estas sim, autorizadas, que o aumentam. Assim, e ao contrário do estabelecido nas regras contabilísticas da UE,  utiliza-se para efeitos de redução, receitas pontuais não repetíveis, como a venda dos F16 (0,1% PIB), o PERES (cerca 600 milhões 0,4% PIB), reavaliação de activos (170 milhões  0,1% do PIB), cativação indevida dos lucros que o BdP teve com a compra de dívida da Grécia e que não foi devolvido à Grécia (0,1% do PIB), devolução pela CE de 302 milhões de euros pagos por Passos Coelho em Julho de 2011 como caução aos empréstimos da Troika ( 0,2% do PIB), cativações de despesas públicas (410 milhões  0,25% do PIB). Ora, se somarmos este valor, 1,15%, ao défice oficial temos um aumento para 3,2%. Se a isto juntarmos ainda os cortes de mais de 1000 milhões em investimento público e a poupança de 350 milhões em juros proporcionado pelo anterior executivo, esse valor subiria para 3,6%. Isto enquanto por outro lado se beneficia por não levar ao défice despesas pontuais, como intervenção em bancos, essas sim, totalmente aceites pela UE.

A realidade vai-nos explodir nas mãos quando todas as instituições do Estado em sofrimento financeiro  obrigarem a desembolsar as verbas necessárias para não colapsarem; o peso das reversões e aumento de dívidas sem planeamento só para cumprir promessas eleitorais caírem TODAS nas contas; quando já não for possível aguentar mais o acumular de horas extras por falta de pessoal graças à redução para 35h na função pública. A bomba vai estoirar quando o BCE deixar de  comprar dívida soberana por via da inflação registada na UE que ajuda a fingir que só pagamos 4% de juros quando na verdade, sem BCE, seriam de 6 a 6,5%. Quando a CE detectar o embuste

É mentira que com novos governos e novas políticas se constrói o mesmo caminho. Quando se trata de gerir, as regras são sempre as mesmas: nunca gastar acima do que se produz. E quando se gasta mais do que se pode, o caminho de regresso nunca se faz abrindo cordões à bolsa.

A geringonça abriu a Caixa de Pandora. Resta-nos aguentar com o impacto.

Advertisements
53 comentários leave one →
  1. 27 Março, 2017 15:17

    subscrevo

    Gostar

  2. Alain Bick permalink
    27 Março, 2017 15:30

    andam a ‘cagar fora do penico’

    Gostar

  3. Dezembro permalink
    27 Março, 2017 15:32

    Brilhante! Salve-se quem puder.

    Gostar

  4. 27 Março, 2017 15:43

    Vero; mas é muito mais relevante deixar os adjectivos (que abundam nos primeiros parágrafos e desenvolver mais os factos que,muito bem , mas demasiado resumidamente, substanciou a parte melhor da cronica . E insista, que escreve muito bem e tem talento para fazer muitos bons posts.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      27 Março, 2017 17:37

      Não desenvolvi porque já os estão nos links. É 1 forma de colocar 2 leituras sem tornar o texto demasiado longo pois assim poucos o lêem

      Gostar

      • Viriato de Viseu permalink
        29 Março, 2017 00:11

        Os seus textos nunca são demasiado longos. É sempre um prazer lê-los!!!

        Liked by 1 person

      • Cristina Miranda permalink
        29 Março, 2017 10:09

        🙂

        Gostar

      • Carlos permalink
        30 Março, 2017 14:02

        Quem lê o que você escreve, até parece uma professora a falar…

        Gostar

  5. 27 Março, 2017 15:56

    Que mentira o governo da geringonça colocará aos tugas no 1º de Abril ?
    Dirá alguma verdade para disfarçar ?

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      27 Março, 2017 17:37

      https://www.noticiasaominuto.com/n/765317/

      Gostar

      • 27 Março, 2017 18:02

        Lido, concluí: “estamos no bom caminho”…até ao momento em que o MCenteno, tal e qual como o Teixeira dos Santos procedeu com o Sócrates, declarará falência e contra o AC-DC pedirá resgate. Uma hipótese.
        Claro, que antes terá de informar o PR, que responde-lhe: “eu não vos avisei sempre ? Mas podem continuar”.

        Liked by 1 person

  6. 27 Março, 2017 16:03

    Se houver impacto por causa da Caixa de Pandora aberta, o MarceloCarmonaThomaz chama a atenção para o mundo da Moda Lisboa ou para o riso do Centeno.

    Liked by 2 people

  7. JP Ribeiro permalink
    27 Março, 2017 16:07

    Afinal eram os gregos os aldrabões?!

    Liked by 2 people

  8. licas permalink
    27 Março, 2017 16:35

    Defendamo-los (os Gregos) e defendamo-nos (os Tugas não Socialistas):
    não se confunda os dirigentes com o Povo . . .

    Gostar

  9. javitudo permalink
    27 Março, 2017 16:41

    “Ora, havia certo homem chamado Simão, que praticava a arte mágica, iludindo o povo de Samaria, insinuando ser ele grande vulto; ao qual todos davam ouvidos, dizendo: Este homem é o poder de Deus; aderiam a ele porque há muito os iludira com mágicas” (Atos 8.9-11)

    Gostar

  10. José Domingos permalink
    27 Março, 2017 16:42

    Obrigado pelo esclarecimento. Só não vê quem não quiser ver e também aos que comem na mesa do estado. Deixamos de ser votantes para sermos clientes. É quase sinistro a malta não querer saber, sabem que vão ser os filhos e os netos a pagar a conta.
    Não auguro nada de bom para Portugal.
    Ainda bem que a senhora veio escrever para esta praia, fico agradecido.
    Vou ouvir o grandola vila morena, não oiço a muito tempo.

    Liked by 2 people

  11. Ricciardi permalink
    27 Março, 2017 16:43

    A UTAO acabou de dizer que o défice, sem medidas extraordinárias, seria de 2,4%.
    .
    Esperava mais um bocado e nao tinha de passar por isto, oh Cristina.
    .
    De salientar que este défice foi atingido revertendo algumas medidas extraordinárias (porque inconstitucionais) que fizeram baixar o défice pontualmente até 2015.
    .
    Rb

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      28 Março, 2017 12:41

      Pois é… Anda a ler títulos em vez de conteúdos e depois faz esta figura. Não amigo. O que é dito no artigo é que a partir dos” dados disponíveis” foi feito esta análise provisória referindo que há muitos dados em falta não entregues pelo governo: “No entanto, os técnicos independentes que apoiam o parlamento sublinham que esta estimativa está “ainda sujeita à incerteza do apuramento de diversos fatores ainda desconhecidos”, uma vez que se baseia em informação de natureza provisória, “encontrando-se em falta diversos elementos”.
      Faça o FAVOR de ler o artigo COMPLETO:
      http://expresso.sapo.pt/politica/2017-02-03-UTAO-estima-defice-em-torno-de-26-sem-medidas-extraordinarias

      Liked by 1 person

  12. javitudo permalink
    27 Março, 2017 16:57

    Quando chegar o dia alguém vai ter que dar explicações de como se intrujou meio mundo.
    “O meu alerta para Portugal é: certifiquem-se de que não será necessário um novo resgate”, declarou o ministro alemão das Finanças durante uma conferência de imprensa em Berlim.
    Ainda que diga que o país não deseja nem precisa neste momento de um novo programa de ajuda financeira essa hipótese não pode ser afastada”.
    Dentro do primitivismo do quem não está connosco é obviamente contra nós, sim, para os porcos imundos (pigs) será nazi, e essas coisas todas, mas quem te avisa teu amigo é.

    Liked by 1 person

  13. javitudo permalink
    27 Março, 2017 17:08

    A esquizofrenia em debate. Como nos jogos da bola, só no fim saberemos o resultado.

    “Na passada sexta-feira, o INE confirmou que o défice orçamental em 2016 foi de 2,1% do PIB.
    Este resultado abre caminho para que Portugal saia do procedimento por défice excessivo aplicado ao país desde 2009, por ser inferior ao valor de referência de 3% previsto no Pacto de Estabilidade e Crescimento, bem como ao valor de 2,5% definido como meta para que fosse encerrado o processo de aplicação de sanções ao país. O valor do défice, que tem vindo a ser antecipado nas últimas semanas, deveria ter relevância para os agentes económicos, já que à partida sugere que Portugal está numa importante trajetória de correção dos seus desequilíbrios económicos e financeiros. E esta é certamente a perspetiva com que o Governo apresenta o resultado, que apelida de histórico e extremamente relevante para a credibilização do país e do próprio Executivo ……………

    É por isso claro que os mercados, ou não compreenderam ainda estes dados, ou ignoraram os mesmos por estes não conterem informação relevante para a avaliação do risco do país. E, embora seja tentador considerar a primeira explicação, parece-me que a segunda é bastante mais plausível. De facto, é importante ter presente a forma como este resultado foi obtido, tendo sido fortemente ajudado pelo esmagamento do investimento público, que tem custos para o nosso potencial de crescimento futuro, bem como pelo perdão fiscal que o Governo lançou em 2016. Pouco foi feito para, de forma estrutural, alterar a nossa capacidade de diminuir a despesa pública, o que é consistente com o facto de a redução do défice estrutural para o ano passado estar estimada em apenas 0,1%. Por isso, não é surpreendente que a nossa dívida em 2016 tenha sido a maior de sempre, correspondendo a 241 mil milhões de euros e 130,4% do PIB, em valor absoluto e como percentagem do PIB, respetivamente. Ou seja, apesar dos valores históricos de défice, não estamos a progredir no que constitui a nossa principal fonte de incerteza económica: a dívida e a nossa capacidade de a pagar de forma estrutural, que continuam historicamente preocupantes.

    Encontramos neste Governo medidas, iniciativas e empenho, para promover a capitalização das empresas, a iniciativa empresarial, e o empreendedorismo, que estão entre as mais significativas de que há memória recente, e que são críticas para fortalecer a nossa competitividade atual e futura. Mas temos também um Governo que se tem revelado incapaz de fazer as reformas estruturais que o nosso Estado necessita, preferindo tomar decisões e apontar medidas que oneram ainda mais o peso do Estado, incluindo a reversão de várias medidas de contenção de custos implementadas anteriormente.
    É possível que o Governo alegue esquizofrenia e miopia dos mercados face a este resultado do défice, mas porventura seria útil ao Executivo pensar em que medida é que a esquizofrenia não está sobretudo na sua própria atuação”.
    Francisco Veloso

    Liked by 1 person

  14. 27 Março, 2017 17:35

    Não sei se repararam, mas o Martelo que Cata os Ventos, e o Toni dá À Costa, já não comentam as execuções orçamentais antecipadamente, nem fazem a festa do costume, a execução orçamental de fevereiro, tal como a de janeiro, já mostra sinais de deterioração, lá para Maio vamos ver o caril, com libertação das cativações a ser mais acentuada…
    Se tiverem curiosidade, sobre Donald Trump: https://portugalgate.wordpress.com/2017/03/27/donald-trump/

    P.S: Cristina, a Comissão e todos sabem do embuste, o problema, é que a comissão está “politica” até ás eleições alemãs, o Costa até lá está a arranjar formas de ter eleições antecipadas para ter maioria sozinho. Vai lhe sair o tiro pelo caril

    Liked by 2 people

  15. javitudo permalink
    27 Março, 2017 17:45

    A dissipação de efeitos temporários no reino dos incorrigíveis
    “O Estado registou um défice de 19 milhões de euros até fevereiro, com um excedente primário de 1.471 milhões de euros. Nos primeiros dois meses, o saldo das administrações públicas caiu 151 milhões de euros, face ao mesmo período do ano passado. Estes valores referem-se ainda à contabilidade pública. O valor que conta do défice é em contabilidade nacional.
    O comunicado do Ministério das Finanças, que antecipa a síntese da execução orçamental de fevereiro, diz que apesar de uma “melhoria significativa” face a janeiro, quando a receita estava a cair 5,7%, a comparação com os primeiros dois meses de 2016, ainda é negativa, evidenciando uma queda de 1,1% nos valores cobrados pelo Estado”.

    Esta evolução é explicada pelas Finanças com a dissipação de efeitos temporários.
    Topam?

    Liked by 1 person

  16. javitudo permalink
    27 Março, 2017 17:57

    Delfim Santos Sousa entrou na cadeia há 34 anos. Saiu uma única vez, durante três dias, numa precária que lhe foi concedida recentemente. Este foi só três dias.

    Gostar

  17. Fernando Craveiro permalink
    27 Março, 2017 18:09

    Bem desenvolvido. Claro e contundente. Os responsáveis por tamanha farsa sabem o que fazem. A 4ª está logo ali e sempre pelos mesmos. O resto é poeira no vento.

    Liked by 1 person

  18. Tiradentes permalink
    27 Março, 2017 18:13

    Os tugas quando acordarem para o novo resgate que a “velha” Teodora que o PCP ainda lhe paga o ordenado vão culpar …a direita. Os tugas quando acordarem com outro resgate vão continuar a culpa o Dragui do BCE que disse o mesmo que a Teodora. Ainda lhes sobra o Schauble para verterem os seus ódios ignorantes
    E seremos todos felizes

    Liked by 1 person

    • 27 Março, 2017 18:24

      Não haverá novo resgate porque o MCThomaz dará o seu “corpo às balas”. Finalmente herói.
      Só falta encomendar 150.000 bandeirinhas tugas para agitar frente ao Palácio de Belém quando outros tantos tugas o saudarem — avé cesar !

      Liked by 1 person

  19. 27 Março, 2017 19:15

    Ahahahahahaha ! ! !

    Portanto, toda a gente sabe desses “pormenores” contabilísticos, exceto a Comissão Europeia?!

    A sério?

    É esse o vosso argumento genial?!

    Ahahahahahahaha!
    Ahahahaha!

    Não consigo parar…. ahahahahahahahah!!!!!

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      27 Março, 2017 19:54

      A CE já os está a topar 😉 Menos você claro.
      http://blogs.xl.pt/massamonetaria/os-desequilibrios-excessivos-que-podem-tramar-portugal/

      Gostar

      • 27 Março, 2017 20:09

        O facto de estar-se a falar de alhos e, agora, responder com bogalhos, é elucidativo.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        27 Março, 2017 20:28

        Não são bugalhos. Estão dentro da família dos alhos. Mas claro, 1 cabecinha como a sua não topa nada 😉

        Gostar

      • 27 Março, 2017 22:02

        Ah!…. São coisas da mesma família…

        Está certo…

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      27 Março, 2017 20:36

      ria-se….ria-se….mas ria-se porque tem pouca memória. No tempo do 44 também tinhamos défices “historicamente baixos” com a CE a sancionar. Depois ficamos sem dinheiro para pagar salários e pensões….lembra-se?. e de Novembro a Dezembro ficamos com um défice de 11.9%. Lembra-se?

      Liked by 1 person

    • A.Silva permalink
      28 Março, 2017 11:53

      E mesmo isso, os tipos da UE devem andar cegos, nem topam estas cenas que a Cristina viu logo

      Ahahahahahahahahahahahahah!

      São tão tristes estes pafiosos

      Ahahahahahahahahahahahahahahah!

      Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        28 Março, 2017 12:45

        Isso… Riam… Já dizia alguém: “ri-te, ri-te, quando souberes que é pró cu, até choras 😉 ”
        A CE não tarda a abrir os olhinhos, calminha aí com as pressas 😉

        https://www.noticiasaominuto.com/amp/765317

        Gostar

      • 28 Março, 2017 19:40

        É fácil lançar links…

        Pelos vistos, o difícil é provar aquilo que se afirma, ainda que com tanta certeza.

        É que nesse link não há nada, nada, sobre esse “embuste do défice de 2016”.

        Tão mau…

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        28 Março, 2017 20:19

        Eu também não estava à espera que um X fosse capaz de alcançar fosse o q fosse… Não é por acaso q está na cauda do abecedário 😉

        Gostar

  20. Manuel permalink
    27 Março, 2017 19:39

    É bom os xuxas preocuparem-se com o défice. Mas, tudo está colado com cuspe e esta fantasia acaba em novo resgate, como dizia o outro, está escrito nas estrelas. Porém, honra seja feita aos esquerdistas do PC+PS+PEV+BE que imitaram o governo anterior, com uma pequena diferença, Passos carregava nos impostos directos, este governo carrega nos indirectos. Ainda esta semana o PR promulgou mais uma taxa de 50 cêntimos na água, dizem eles que é o litoral a ajudar o interior!

    Liked by 1 person

  21. André Miguel permalink
    27 Março, 2017 22:00

    A dívida pública continua a aumentar, portanto não percebo o foguetório dos geringonços.

    Gostar

  22. Arlindo da Costa permalink
    27 Março, 2017 22:03

    Baixa da Banheira School of Econimcs rules…

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      27 Março, 2017 22:32

      Stalin and Maduro Economics Scholl

      Gostar

    • A.Silva permalink
      28 Março, 2017 12:35

      Ahahahahahahahahah

      Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        28 Março, 2017 12:47

        “Ri-te, ri-te, quando souberes que é pró cu, até choras”. Ouvido algures… 😉

        Gostar

  23. chipamanine permalink
    27 Março, 2017 22:54

    Orquestra do Titanic será?
    Nota: As minhas desculpas pela utilização de um metáfora.

    Gostar

  24. 27 Março, 2017 23:41

    Tanta azia

    Gostar

  25. carlos alberto ilharco permalink
    28 Março, 2017 00:18

    Uma mentira abençoada pelo PR que nos deveria fazer corar de vergonha.

    Quem devia corar de vergonha era ele.

    Gostar

    • 28 Março, 2017 10:08

      Exacto.
      Também eu não tomo como minha a vergonha que outros deviam ter. E o MCThomaz é um deles, anda nas nuvens.

      Gostar

  26. josé monteiro permalink
    28 Março, 2017 12:16

    Este país rico de gente pobre , continua a ter 3 velocidades: Parado , Lento e Marcha Atrás. O Pagode vive mergulhado num imenso manto de mentira e ilusão . Há que gastar o que não tem , incentivado pelos canhotos, não há Pão ? Faz-se Açorda. Não há ovos ? Faz-se Omeletes. O pior é que o país está cheio de cegos,.com olhos na ponta dos dedos, não precisam de ver para roubar……………

    Liked by 1 person

    • 28 Março, 2017 16:41

      Repito, é facílimo (des)governar a vasta maioria dos tugas. Com futebol e futebolices, mais programas inócuos nas TV’s, revistas do jet 3,5, galas, etc, etc…

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: