Skip to content

Vergonhoso, Inadmissível e Criminoso!

14 Agosto, 2017

Desde o fatídico incêndio de Pedrógão que Portugal arde incessantemente. A ministra da Administração Interna já pediu 15 pareceres (sim, quinze!!!!!) mas vai pedir mais um porque ainda não chegou às conclusões que queria sobre as responsabilidades dessa tragédia. É que, isto de dizer que a culpa foi do Estado quando o Estado não pode ter culpa porque nem sequer esteve no incêndio e ausentou-se de TODAS as suas obrigações, alto lá que isso não pode ser. Há-de haver alguma entidade que diga que a culpa nasceu SÓ da natureza, das árvores, das estradas para não abalar as autárquicas nem as sondagens. Entretanto, como em equipa perdedora, rasca e ineficiente não se mexe, Costa mantém em funções todos os incompetentes que ele meses antes nomeara para as chefias do ANPC (foram só uns 30 boys que nunca apagaram um fogo na vida) e mantém confiança na ministra cujo o único desempenho eficaz que teve durante todas as operações de combate foi chorar à fartazana como um garoto perdido e cuja estratégia de combate consiste em deixar arder.  Medidas drásticas de intervenção imediata de ajuda internacional com ajuda das nossas tropas? Naaaaa… para quê? Ainda temos tanto para arder… Temos tempo. Querem maior eficácia do que extinguir fogos por falta de combustível? E depois, os concursos de 18 milhões adjudicados pelo Costa para reflorestação onde iriam ser aplicados? 

Não há vergonha nesta gente. Muito menos respeito pelas populações. Há precisamente um ano, com este mesmo governo Constança Urbano afirmava depois dos grandes incêndios de 2016 que iria haver maior solidariedade de parceiros europeus, agravamento das penas para incendiários, que os mesmos iriam pagar os custos dos incêndios, força aérea a combater  e mais uns bla bla bla. Que foi feito? Nadinha. SIRESP que já era do conhecimento dela que tinha falhado gravemente no passado, manteve-se inalterável. Já as chefias do ANPC não!  Conscientemente, absolutamente nada foi feito para evitar tragédias como as de 2016. E querem estes nos convencer que não estão do lado dos criminosos?

Nunca em 20 anos se viu nada assim. Podem vir para a televisão desculparem-se com os governos anteriores que não vale a pena. Quem governa há 2 anos são estes senhores. E de nada lhes vale dizer o que seja porque todos temos capacidade para ver que a repetição dos cenários dantescos do ano passado mas ainda mais mortíferos, são o resultado da INÉRCIA propositada a que todos não ficam indiferentes. Ninguém pode deixar arder e depois dizer que a culpa é dos outros. Porque não se pede imediatamente ajuda de Espanha que já deu mostras de conseguir extinguir num dia fogos florestais de semanas?? E porque não se junta a eles as nossas tropas especiais imediatamente assim que a situação se torna perigosa?? Só isto já diz tudo sobre esta governação. Algo de muito mal contado está a queimar deliberadamente o país. São Factos!

A leveza e descontracção com que se trata este problema demonstra que estamos em mãos de gente perigosa que não mobiliza todos os meios ao alcance da Nação para responder prontamente às situações que envolvem a segurança nacional. Por esta amostra fica claro que se são assim a combater incêndios serão piores se for um ataque terrorista ou um sismo. Não sabem nem querem saber. É simplesmente assustador.

Quem nomeia “marias papoilas” amigas de longa data e companheiras de negócio ruinoso do SIRESP, sem qualquer capacidade de liderança nem “know-how” à frente de um dos ministérios mais importantes, e que depois de falhar grotescamente, se mantém no poder só por birra autoritária do Costa, diz imenso sobre o carácter do nosso primeiro ministro de Portugal.  Porque é preciso não ter qualquer sensibilidade humana para ver o desespero das populações que agora, depois de Pedrógão já não perdem a vida mas continuam a perder toda uma vida de trabalho num sopro e NADA fazer a não ser “fazer de conta que se está a fazer”. É inadmissível!

Entretanto e porque a dívida está a engolir assustadoramente a nossa economia, a caminho de nova bancarrota, há-de alguém do governo vir dizer que a culpa foi desta devastação dos incêndios “incontroláveis da natureza” que provocaram esta situação “inesperada” de dificuldade financeira. Que conveniente este cenário dantesco…

Vale a aposta?

 

Anúncios
67 comentários leave one →
  1. Rocco permalink
    14 Agosto, 2017 11:05

    Poveco que aguenta um bandalho como o kosta konkordia não merece mais que isso… A ideia é zarpar e, enquanto isso não acontece, tirar o máximo partido desta bandalheira. Sempre com a noção de que estamos todos em risco. Este Estado só serve para dar benesses aos penduras, de grande e pequeno “estatuto”…

    Liked by 2 people

  2. sam permalink
    14 Agosto, 2017 11:20

    Duas notas ao texto:

    Hoje está accionado o mecanismo europeu de protecção civil, em que Portugal pede ajuda aos restantes parceiros europeus para acudir à desgraça. E Espanha já disponibilizou mais alguns meios. Lembro que as coisas também não andam fáceis ao lado e no sul de França. Mas sim, o pedido volta a ser tardio. E ninguém esquece quando no princípio o governo nem deixava os espanhois passar a fronteira.

    Também hoje está no terreno um significativo efectivo de forças militares: pelo menos 12 pelotões. Claro que não se pode recorrer aos de Tancos, intensamente ocupados nas rondas da sesta. E claro que a mobilização acontece quase em desespero.

    Liked by 1 person

    • Cristina Miranda permalink
      14 Agosto, 2017 11:29

      É exactamente isso que eu condeno: só depois de muitos milhares de hectares ardidos é q se pede ajuda. Não é estranho? Eu respondo: é propositado. E fico por aqui hoje.

      Liked by 1 person

      • agricultora do interior permalink
        16 Agosto, 2017 23:31

        APELO URGENTE. PARTILHAR! PARTILHAR!
        PEDIMOS QUE DIVULGUEM! POR FAVOR!
        Todas as pessoas, empresas, juntas e câmaras que se dirijam a Mação com tudo o que puderem de cisternas, kits de incêndio, máquinas de rasto, rotativas, etc…
        Este apelo é urgente.
        fonte: diário de um bombeiro

        Liked by 1 person

  3. 14 Agosto, 2017 11:21

    Pode culpar este governo, mas também tem de culpar todos os outros que já lá estiveram. Este é um problema que tem mais de 2 anos. Mas não vai culpar os outros, vale a aposta?

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      14 Agosto, 2017 11:31

      Negativo. Este problema é deste governo. Os fogos do passado foram de outros governos. Percebe a diferença ou vai continuar a,agir como os meus filhos q se desculpam das más notas com tudo e nada?

      Liked by 2 people

      • 14 Agosto, 2017 13:32

        A reforma da floresta, segundo as opiniões que li, e que me parecem isentas e ponderadas, é um trabalho para décadas, uma ou duas. O mandato dum governo é de 4 anos se tiver sorte. Percebe a diferença? Não pode ser obra de um só governo, nenhuma reforma de fundo pode. Consegue seguir o raciocínio?
        Provávelmente é por isso que por cá não há reformas de fundo. Estou errado?
        Atirar as culpas de tudo para este governo não é assim muito diferente do que este tem feito ao atirar as culpas de tudo para o anterior. E o próximo atira as culpas de tudo para este e voltamos ao que eu disse – temos de culpá-los todos.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        14 Agosto, 2017 16:39

        Blá blá blá wiskas saquetas. Nunca liderou nada na vida. Vê-se. Olhe, um líder quando chega ao comando o primeiro trabalho é fazer o levantamento do trabalho do anterior executivo, detectar falhar, se as houver, corrigir, sanar e melhorar. O q fez esta geringonça da treta? Nadinha. O q fez durante a catástrofe? Nadinha. Que vai fazer a seguir a catástrofe? Nadinha. Pronto. Tem aqui as razoes. Pare de desculpar o indesculpável.

        Gostar

    • 14 Agosto, 2017 13:49

      então mas a culpa não foi da trovoada seca que pegou fogo a uma árvore orintamente identificada pela PJ ? e da PT que afinal foi a responsável pelo falhanço do Siresp o tal que no inicio tinha funcionado sem falhas ? vai dar banho ao cão….

      Liked by 1 person

      • 14 Agosto, 2017 16:21

        Uma coisa é o modo como este governo tem agido.
        Uma coisa é a causa dos incêndios.
        Uma coisa é o motivo porque se tornam tão grandes.

        Há muitas causas a confluir para este desastre, e o do ano que vem, e do próximo. Ou do ano anterior, do outro antes e do outro antes desse.
        Para o ordenamento da floresta estar pronto, hoje, deveria ter sido iniciado em 1997. O combate à desertificação do interior devia ter começado ainda antes. A profissionalização dos bombeiros já podia estar concluída. A legislação punitiva de quem puxa fogo ao país pode ser feita numa semana.

        Continuávamos a ter incompetentes no governo.
        Continuávamos a ter fogo posto.
        Tínhamos incêndios menores e mais fáceis de controlar.

        Façam favor de não vir com teorias de conspiração seguidas de “e mais não digo”. Digam.
        Na linha de linguagem do “vai dar banho ao cão”, o culpado de saír merda pela sanita nem sempre é o último a puxar o autoclismo, às vezes é quem para lá deitou o tampão.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        14 Agosto, 2017 16:33

        Blá blá blá wiskas saquetas. Nunca liderou nada na vida. Vê-se. Olhe, um líder quando chega ao comando o primeiro trabalho é fazer o levantamento do trabalho do anterior executivo, detectar falhar, se as houver, corrigir, sanar e melhorar. O q fez esta geringonça da treta? Nadinha. O q fez durante a catástrofe? Nadinha. Que vai fazer a seguir a catástrofe? Nadinha. Pronto. Tem aqui as razoes. Pare de desculpar o indesculpável.

        Gostar

      • 14 Agosto, 2017 18:35

        Sabe que mais? A sua resposta malcriada merece mais do que o meio minuto de atenção usual num blogue.
        Tive um professor – um bom professor – que me disse que as palavras que mais detestava eram “Magister Dixit”.
        Uma pessoa extraordináriamente culta, generosa. Ensinou-me, muito cedo na minha vida, que ser líder não resulta duma ambição pessoal por poder, mas duma necessidade. Os líderes aceitam humildemente servir – servir – os outros, nessa posição. É uma posição ingrata que só tolos e demagogos ambicionam – e o que passa por liderança nestes dias dá-lhe razão.
        Não “desculpo”, não “culpo”. Quem sou eu para acusar, julgar, e condenar? Juíz? Padre? Deus? Quem é você para me julgar? Não presuma sobre a minha vida. Pergunte-me.
        Você acha que a sua experiência de vida a torna mais do que os outros? Não me conhece e acha que sabe mais do que eu…

        Portanto blá blá blá wiskas saquetas, nunca liderei nada na vida e vê-se.
        Magistra Dixit.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        21 Agosto, 2017 11:56

        doeu-se? então a carapuça serviu na perfeição.

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      14 Agosto, 2017 15:46

      Sim era o que eu fazia quando o Passolas de Massamá estava no governo. O problema não era daquele governo éra de todos os governos anteriores mas……..mas quer uma aposta que não vai culpar o governo anterior?

      Gostar

  4. sam permalink
    14 Agosto, 2017 11:27

    Quando me vieram bater à porta para tratar de ajudar as vítimas de Pedrógão, disse-lhes para deixarem o peditório para mais tarde, porque ainda ia haver muito mais gente a precisar de ajuda. Olharam-me de forma estranha, mas não me deram grande crédito.

    Liked by 4 people

  5. cachecol permalink
    14 Agosto, 2017 11:51

    Tem toda a razão mas será que os portugueses entendem isto ?
    E ainda festejam o 25 de Abril ? (cuidado com os maus pensamentos pois eu também fui preso e prejudicado pela PIDE…)
    A iliteracia politica não entende que governar para o voto é irracional e decorridos 40 anos os resultados são catastróficos .Temos já danos seculares impossiveis de curar . O filho bate no pai e o pai bate no professor .E concluindo com Saramago ., “não há esquerda nem direita , nem centro , há sim um conjunto de salafrários que alternam nos governos para ver quem rouba mais”
    Não vale a pena mandar acordar um Povo que está morto .

    Gostar

  6. Martins Almeida permalink
    14 Agosto, 2017 11:59

    Dada a quantidade impressionante de fogos – às dezenas – com reacendimentos constantes, casas a arder destruídas pelas chamas, dá para começar a pensar se não existe uma organização por detrás do que está a acontecer. Pessoas que têm casas nas zonas dos incêndios, têm reportado voos de avionetas com lançamento de petardos, antes dos incêndios surgirem. Um país em destruição, e a classe política muito caladinha, porque sabem que são impotentes para conter o que está a acontecer.
    Contudo, a meu ver, seria bom informar as pessoas com sinceridade, e não desculparem os incêndios com o calor ou os eucaliptos (para haver um incêndio tem de haver IGNIÇÃO), pedirem para estar muito atentas a tudo o que de anómalo se passe, e que informem as autoridades.

    Gostar

  7. piscoiso permalink
    14 Agosto, 2017 12:02

    Um gajo lê isto e até fica com vontade de agarrar numa caixa de fósforos e ir atear mais um incêndio para tramar este governo.

    Gostar

    • 14 Agosto, 2017 12:06

      Na mouche!

      E mais não digo…

      Gostar

    • sam permalink
      14 Agosto, 2017 12:11

      Ai, Pisco, ficavas tão bem amarrado a um pinheiro…

      Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        14 Agosto, 2017 12:44

        Andas a sonhar comigo, querida. Não precisas amarrar-me para me fazeres um bico.

        Gostar

      • sam permalink
        14 Agosto, 2017 13:19

        Fala com a tua irmã, que eu ando ocupado.

        Gostar

      • piscoiso permalink
        14 Agosto, 2017 13:23

        Ocupado com a tua mãe.

        Gostar

      • sam permalink
        14 Agosto, 2017 14:07

        Já não consigo descer mais de nível.

        Ganhaste.

        Gostar

      • piscoiso permalink
        14 Agosto, 2017 15:29

        A descida começou com o teu comentário das 12:11.

        Gostar

      • BandoDeCorruptos permalink
        14 Agosto, 2017 16:16

        boa Pedro! Continuas em grande forma a lamber o cu aos xuxas. A carrinha mercedes preta vale isso?

        Liked by 1 person

      • Cristina Miranda permalink
        14 Agosto, 2017 16:34

        Boa!

        Gostar

    • 14 Agosto, 2017 13:53

      tramar o governo ? quem se trama somos nós todos que cada vez pagamos mais impostos para sustentar o xuxalismo…..e vemos os hospitais a pão e água e os restantes serviços públicos cada vez mais ineficientes. Xuxalismo a arte de encher os bolsos de alguns enquanto se engana a maioria com papas e bolos.

      Liked by 1 person

    • Tiradentes permalink
      14 Agosto, 2017 15:50

      quem foi o incendiário que acendeu o fósforo em 2011 com a dívida portuguesa quem foi?
      quem accionou o mecanismo europeu de combate aos fogos (troika) quem foi?
      em 2013 a responsabilidade dos incêndios na floresta não era do passolas de massamá? (vide declarações de AS Katrina e Jerónimo)
      já fico com a impressão que em 2013 havia uns gajos com muitos fósforos e que lhe deram uso……..
      só assim se pode dizer que os outros tem vontade de fazer aquilo que eles já fizeram

      Gostar

  8. Procópio permalink
    14 Agosto, 2017 12:02

    Apostar neste caso só para perder. Para além da tragédia que afecta os mais simples, a maior parte nem sequer vota, não existe sequer no universo dos xuxas, há aspectos trágico-cómicos protagonizados pela tia patrícia gaspar. Depois das ordens para os bombeiros estarem calados, denunciadas por um jornalista mais afoito, sofremos uma verdadeira chuva de disfarces a toda a hora nos écrans das tvs: incêndios é coisa que não existe.
    São “ocorrências”, “incidentes”, aqui e acolá alguns “constrangimentos”.
    Desde o botas temos feito progressos notáveis progressos em termos de censura. Do lápis azul dos coronéis reformados temos agora a novo língua praticada por agentes fardados a rigor nos gabinetes com ar condicionado.
    A pivot da koreia do norte como guia e inspiração.
    Assim se dirige o combate às intempéries sentada, longe das chamas, como assim se governa-se um país falido. As chamas apagam-se com as “notícias históricas” dos “progressos” da economia anunciadas por cúmplices.
    “Comentador da SIC antecipa Contas Nacionais Trimestrais a divulgar pelo INE. Será “um dia histórico para Portugal”, adiantou que o Produto Interno Bruto nacional terá crescido mais de 3% no último trimestre. Por azar foi 2,8%. Comparem com Espanha.
    Tudólogo encartado, só não sabe das surpresas que o Draghi tem para oferecer, desconhece os malabarismos de quem cospe uns euros a mais nas reformas para tornar a dívida insustentável.
    https://www.publico.pt/2017/08/07/economia/noticia/bce-compra-517-milhoes-de-divida-publica-portuguesa-em-julho-1781606
    A dívida afinal é um achado para os abutres. O sítio tem-se tornado um local cheio de ocorrências gasparinas, permitam-me o termo fatalidades, das quais a geringonça é a referência chave.
    Os abutres sobrevoam o que resta. Ainda resta mais do que muitos supõem. ZEE.
    https://finance.nine.com.au/2017/03/07/18/04/dakota-progresses-sepeda-lithium-project
    Tudo acabará em “boas mãos” que não as nossas, como está a acontecer praticamente com todas as grandes empresas rentáveis, incluindo os bancos. Um sorvedouro.
    “Temos vindo a aumentar a exposição e tem sido uma aposta bem-sucedida”, conclui o gestor japonês Nomura, revelando que a divida portuguesa é o seu melhor negócio”.
    Ecunumistas desmiolados afirmam sem se rir: a dívida não é para pagar.
    Os tudólogos não explicam como está a ser paga todos os dias. Os nossos netos agradeceriam.

    Liked by 1 person

  9. 14 Agosto, 2017 12:17

    Um país sempre perturbado e perturbante. Só ocasionalmente evolutivo com uma populaça-NADA com a cabeça enfiada na areia e chupetas na boca.

    Gostar

  10. Procópio permalink
    14 Agosto, 2017 12:23

    Haverá que use fósforos, haverá. Para tramar o desgoverno não é preciso. Trama-se a si próprio por mais disfarces e habilidades mesmo com o celinho a ajudar.
    Esperemos que não prescreva.

    A seu tempo receberemos as notícias, não pelo sem tino que se ri muito e não tem tempo.
    Pelo teixeira dos santos também não, já só dá palestras para entreter o pacóvio.

    Será através das fontes estrangeiras como agora ocorre com a “ocorrências”

    Portugal Forest Fires Worsen, Fed by Poor Choices and Inaction

    https://elpais.com/elpais/2017/06/20/inenglish/1497960916_705243.html

    Liked by 1 person

    • 14 Agosto, 2017 12:42

      Actualmente há em Nova Iorque e por iniciativa da TAP, uma boa propaganda para atrair visitantes a Portugal.
      E agora, esse artigo no NYTimes… com repercussões várias.

      Gostar

    • BandoDeCorruptos permalink
      14 Agosto, 2017 16:19

      Estes fdp andam a queimar o país todo para que, não tendo as pessoas dinheiro para reconstruirem o que é seu, o vendam a uns quaisquer esbirros dos fdp, a preço da uva-mijona. Andam a queimar o país para no-lo roubarem.

      Liked by 1 person

      • Manuel permalink
        14 Agosto, 2017 21:57

        Sem qualquer fundamento. Existem centenas de hectares à venda, apareça quem compre. O terreno da maior parte da nossa floresta, sem plantação, vale pouco mais de zero.

        Gostar

    • 14 Agosto, 2017 18:21

      Quando li “inaction” pensei que estivessem a referir-se aos 8 bombeiros e meio que aparecem na foto.

      Ainda bem que não…..

      Gostar

  11. carlos alberto ilharco permalink
    14 Agosto, 2017 12:41

    Fala-se aqui numa Ministra da Administração Interna.
    Acontece que há dias e dias que não vejo nas televisões e já esqueci a cara.
    Não podem colocar uma foto para eu me lembrar quem é?

    Gostar

  12. colono permalink
    14 Agosto, 2017 12:41

    Grande Chefe Cara Tapada

    Grande Chefe , não acha que o Governo deveria deixar-se de inquéritos às carradas e esperar pelo resultado final da Comissão Cientifica ( nomeada pelo Parlamento) ?

    Como o Grande Chefe Cara Tapada , sabe melhor do que eu , isto não passa d’uma receita “à la carte comunista” de baralhar as massas…

    Boas Férias

    Liked by 1 person

    • Expatriado permalink
      14 Agosto, 2017 12:55

      Esse “Cara Tapada” tem o pano nas ventas porque não suporta o seu próprio cheiro…

      Liked by 1 person

  13. Procópio permalink
    14 Agosto, 2017 12:51

    “Olha só, que cara estranha que chegou
    Parece não achar lugar
    No corpo em que Deus lhe encarnou
    Tropeça a cada intervenção…”

    Veja antes uma cara que vale a pena

    Está a ver o Trump ir para a guerra com uma mulher destas?
    Se fosse o obama com aquele camafeu…um dia pode desesperar…
    Ou com a hillary cornuda…tudo poderia acontecer.

    Gostar

  14. Expatriado permalink
    14 Agosto, 2017 13:05

    Este (também “coiso”) é a prova provada que a Cristina tem razão!

    http://observador.pt/2017/08/13/capoulas-santos-governo-fez-a-maior-revolucao-que-a-floresta-conheceu-desde-os-tempos-de-d-dinis/

    Gostar

    • 14 Agosto, 2017 13:17

      Esse gajo é um oportunista e incompetente. Idiota mais uma vez, com essa frase.
      Caladinho sobre a floresta e agricultura dizimada pelos incêndios,tem passado pelas faúlhas…

      Gostar

  15. AMCD permalink
    14 Agosto, 2017 16:10

    São muito lestos a apontar o dedo ao Estado os adeptos do Mercado. O que se passa nas “florestas” portuguesas (na verdade trata-se mais de monoculturas de eucalipto e de pinheiros bravos) não é mais do que o resultado de uma falha de mercado. A “floresta” portuguesa é na verdade “gerida” por uma miríade de privados. Acontece que, neste caso, se trata de uma falha do mercado e não de Estado. Não é de uma tragedy of commons do que falamos.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      14 Agosto, 2017 16:34

      Pelo amor de Deus…

      Gostar

    • Rocco permalink
      14 Agosto, 2017 17:58

      Este tem a mania que é catedrático de Economia…

      Liked by 1 person

    • 14 Agosto, 2017 18:24

      Não…. aqui a direita já quer a intervenção do estado junto da propriedade privada.

      É conforme dá o vento…

      Gostar

      • 14 Agosto, 2017 19:57

        AMCD,

        Não há floresta em Portugal ?
        Parte dela não tem ardido, não só neste ano ?

        Gostar

  16. Procópio permalink
    14 Agosto, 2017 16:46

    Faltava o AMCD para utilizar o sofisma das florestas. Os desgraçados dos privados não conseguem geri-las. Têm sido roubados por governos sucessivos e enganados em particular pelos que se dizem socialistas. O AMCD abrantino esquece-se dos privados que gerem grandes eucaliptais onde não há incêndio, desculpe tia gaspar,, ocorrências

    Ainda tem muito que aprender, comece com baralhos para ver se nos baralha melhor
    https://www.youtube-nocookie.com/embed/xh9GaDgRWX4?rel=0

    Gostar

  17. Procópio permalink
    14 Agosto, 2017 17:00

    http://ocorrenciasativas.pt/
    Os crimes do mercado à solta.

    Gostar

  18. Arlindo da Costa permalink
    14 Agosto, 2017 17:46

    A ilustre autora ainda vai alvitrar que se meta um processo contra Deus…

    Gostar

    • 14 Agosto, 2017 17:49

      Deus…qual deles ?

      Gostar

      • PiErre permalink
        14 Agosto, 2017 18:11

        Há 3, pelo menos: Vishnu, Brahma, Shiva.
        Penso eu de que…

        Gostar

    • colono permalink
      14 Agosto, 2017 18:06

      Camarada Arlindo
      Boa tarde / nos calores dos preparativos da nossa Festa… a única .. a do AVANTE

      Camarada : Quem merece um processo sumário é a ministra da AI … A Agni a deusa hindu dos fogos…

      Será por isso que o deus hindu DDT não a “mata”?

      Tudo mitologia / qualquer semelhança com a ficção é pura realidade!

      Lá nos encontraremos para bebermos uns copos na tasca do TI Jerónimo. ( boa pinga, camarada)

      Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      21 Agosto, 2017 12:01

      vai tomar a tua medicação rápido!

      Gostar

  19. 14 Agosto, 2017 17:47

    O Galamba e uma Mortágua, acusam o PPCoelho de xenófobo e racista por o que disse no Pontal.
    Essa gente tem um descaramento do carago !

    Gostar

    • colono permalink
      14 Agosto, 2017 18:31

      É que faz a mistura dúma bate- chapas com um paneleiro…

      Gostar

  20. PiErre permalink
    14 Agosto, 2017 17:49

    Tudo bem, excepto quando se pretende envolver militares no combate a incêndios civis. A tropa não tem preparação para isso.
    Não esquecer que em 7 de setembro de 1966 morreram 25 militares do Regimento de Artilharia Anti-Aérea Fixa de Queluz quando combatiam um grande incêndio na serra de Sintra que já lavrava desde o dia 6 desse mês e que só foi considerado extinto vários dias depois da tragédia.
    O combate dos militares é de outra natureza, não desta.

    Gostar

    • colono permalink
      14 Agosto, 2017 18:34

      Certo:

      E recomenda-se que não enverguem a farda de camuflado… Pelo menos, vistam um colete reflector.

      Gostar

    • Expatriado permalink
      14 Agosto, 2017 18:41

      Calma… pelo que se vê nas TVs eles só vão abrir faixas pára-fogo depois de as chamas passarem. Não vá algum chamuscar as sobrancelhas e arriscar ser condecorado pelo sacrifício.

      Gostar

    • sam permalink
      14 Agosto, 2017 19:07

      Tal como num teatro de guerra convencional, nem todos os envolvidos nos combates aos incêndios se encontram ou têm de estar na linha de fogo. Há tarefas relevantes que lhes podem ser atribuídas. Aliás, várias forças militares já estiveram mobilizadas na época fria, incumbidos da (pouca) prevenção que foi feita. O conhecimento do terreno e o treino de orientação podem ser preciosos.

      E por muito que a formação militar ande pelas ruas da amargura (cf. http://www.jn.pt/nacional/interior/exercito-facilita-provas-de-acesso-8704041.html), a sua autoridade e disciplina são sempre um tremendo exemplo e estímulo para os restantes intervenientes. Exceptuando-se, claro está, para os avençados do PS que se apoderaram da ANPC e que vêem imediatamente exposta a sua incompetência. Por isso mesmo é que o governo resistiu até a útima em mobilizá-los em número significativo.

      Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      21 Agosto, 2017 12:00

      Com formação adequada para o efeito os militares são muito mais capazes 1 cenário de caos devido aos treinos a que são submetidos.

      Gostar

  21. Procópio permalink
    14 Agosto, 2017 18:40

    PiErre, os militares terão que estar de corpo inteiro nesta guerra.
    É de uma guerra que se trata. Contra o abandono, contra o desgoverno, contra a inércia.
    Contra iniciativas que de há muito vêm desbastando o cume dos montes, por exemplo.
    É verdade que não estão preparados de momento, terão que estar no futuro. O papel deles não é combater o fogo. É fazer uma quadrícula que envolveria todas as zonas críticas onde manteriam vigilância apertada, território é cada vez mais exíguo. Ganhariam muito menos do que no Kosovo ou na Bósnia, claro.
    Qualquer indivíduo apanhado em flagrante seria fotografado e abatido no local. Que horror?
    Até aos nossos dias, a maioria dos incendiários são mandados para casa dias ou meses depois das “ocorrências”. Nunca se revelam os seus nomes ou fotos.
    O respeito obsoleto pelos direitos alargados de todos os criminosos cá do sítio revela-se frequentemente nos gritos lancinantes de virgens ofendidas.
    A alternativa será a maior parte do território reduzido a cinzas.

    Liked by 1 person

    • Expatriado permalink
      14 Agosto, 2017 18:47

      Não foi o monho que disse que ia pôr os ‘refugiados’ a limpar as florestas?

      Ainda não vi nenhum escurinho nos bombeiros que andam a apagar os fogos…

      Liked by 1 person

  22. 14 Agosto, 2017 20:14

    Depois do que aconteceu em Pedrógão e noutros locais, e pelo que desde então e até quando ?, está a arder, a dizimar, a destruir com sucessivos e devastadores incêndios, a merda deste governo continua a baldar-se às responsabilidades, não aparece, refugia-se nas opiniões da Protecção Civil em Carnaxide — não por acaso proibiu reportagens em directo nos locais dos incêndios…
    O governo, o MCThomaz, a Protecção Civil, a PJ, TÊM DE EXPLICAR MUITÍSSIMO BEM O QUE CONTINUA A DEVASTAR TERRITÓRIO, BENS, ECONOMIAs LOCAIS E REGIONAIS !
    Estes incêndios têm origem criminosa. Programados !
    O que e quem os origina ?
    António Costa, basta ! Saia da cobardia a que se remeteu e sem titubeantes, aparvalhadas e oportunistas frases, esclareça as pessoas ! JÁ ! E sem demora, publicite de viva voz (e não pela ministra) os relatórios finais de Pedrógão, do que está a acorrer neste momento e, se não é pedir muito da sua incapacidade intelectual e de líder, também o caso Tancos…

    Gostar

  23. Manuel permalink
    14 Agosto, 2017 22:06

    Bom artigo. Os militares devem ser retirados da equação, não existem unidades preparadas para fogos e demoram a constituir. Sobre a problemática dos incêndios e como disse na altura de Pedrogão, para o ano em Agosto, com este governo ou com outro, tudo estará na mesma. Nem o brilhante ministro, Rafael Duque, com o apoio do sr Presidente do Conselho conseguiu alterar a estrutura fundiária, acreditais mesmo que um tal Capoulas e um 1º Ministro do nível do n º 2 do 44, vão conseguir? Sem alteração da estrutura fundiária no Norte e Centro do país nada feito.

    Liked by 1 person

  24. JCA permalink
    14 Agosto, 2017 23:13

    Situação e Oposição estão moles: sem eficacia nem diretos à catastrofe que até ao momento ja ai em mais de 2 mil milhoes de euros, 64 mortos, muitas dezenas de feridos e mais uns milhões dos impostos de todos para a corajosa maquina de combate aos fogos que acarreta,
    .
    no caso não estão a pulsar com o País, ultrapassados pelo sentir e saber dos cidadãos e eleitores.
    .
    Alem dos arbitros de bancada à volta duns tremoços e umas imperiais, ou experts degustando uns whiskies velhos depois dumas mariscadas, sobre a culpa e culpados:
    .
    ou é da falta de limpeza mas depois arde tambémn o que está bem limpo,
    .
    ou do calor ou do vento ou outras climatéricas
    .
    ou das comunicações que andam a ‘borregar’ desde que as pariram num comodista do nem ata nem desata.
    .
    ou dos eucaliptos e depois ardem também os pinhais, sobreiros, oliveiras, castanheiros etc
    .~
    ou beu-beu-rebeubeu pardais ao ninho numas bocarras em meios mais discretos ou em algazarras comicieira ou intelectuais ou politicamente corretas.
    .
    Se conseguimos mais uns mil milhões emprestados no estrangeiro ou um fulano pela calada atira um carro numa capital se atira para cima dos cidadãos (tb se podia dizer acidente rodoviario …) aqui del rey cai o carmo e a trindade nas Comunicações Sociais e nos círculos da oratória politica …
    .
    Vamos aos fundamentais:
    .
    a floresta que temos é exatamente a que há. Amesma pelomenos desde 1920/1930. As soluções de segurança florestal teem de ser sobre esta realidade de facto. E nao sobre uma fantasia florestal muito apregoada mas que não existe. É um absurdo governar (=admnistar e decidir) para um bosque que nao existe além da imaginação de teóricos ou retóricos …
    .
    Todos os eleitores sejam simpatizantes de que Partido forem, sentem que neste exato momento não se estará perante ocorrências incendiárias duns maluquitos à solta. Surge impossíveis perante a dimensão e quantidade de fogos;
    .
    estamos em luta nao contra de incendiários mas de atos que configuram a figura ‘terrorista’ salvo residuais fortuitos dalguns ‘abortos’ que resolvem queimar lixo (qual a diferença para o fulano que pela calada atira um carro para cima dos cidadãos e assassina 2 ou 3 em Berlim, Paris ou Londres ?)
    .
    Muito povo ate diz que ja temos formal ou informalmente uma ‘Altuga-Qaeda’ no comando do ‘programa das festas’ tal o ‘planeamento geografico-calendarizado’ que parece sugerir; ha mesmo os que com gráficos ano/partidos no governo/totais de fogos/area ardida pretendam chegar a determinadas conclusões que francamente me sugerem um pouco teorias da conspiração,
    .
    Já se ultrapassaram os limites do bom senso ou de eventuais compreensões. É preciso um ponto final imediato longe das de fantasias, passa culpas ou irrealidades imaginarias estilo ‘fake news’ ou ‘agit-prop’ vendidas com realidades e factos .
    .
    E já chega de tanta miséria, desgraça e prejuízo colossal ao País. Pés na terra e ação. É tempo de agir com o sentido de Estado de grandes governantes, se os há ou não houver.
    .
    Mais atos e menos verborreia.
    .
    Se a Democracia não garante Segurança, os extremismos derrubá-la-ão como salvadores e capazes de agir; e o resto são tretas
    .

    Gostar

  25. rão arques permalink
    15 Agosto, 2017 09:49

    “Número de incêndios em Portugal volta a diminuir”.
    Incompetência e descaramento, como se apenas depois de tudo praticamente ardido é que pudesse diminuir.
    Por quanto tempo mais é que se vão permitir as patranhas do chefe Costa com a cobertura de peões que abrem a boca à medida do que ele manda cantar?
    Não se pode acreditar que um Pás arda e adormeça enquanto poupa o carregador da tocha.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: