Saltar para o conteúdo

Aquela que pensavas ser tua filha é, na realidade, o teu bisavô

15 Dezembro, 2017

Quando ela deu à luz a filha que é filha da filha, não esperava que filha-mãe se pusesse com tretas de lhe vestir um vestido igualzinho ao do boneco opressor que recebera no McDonalds em vez do G.I. Joe com pénis de polistireno. Quem diria que numa família tão progressista, com a esposa da filha-mãe a jurar eterna identidade de género do tipo fufa-puro, acabaria tudo à molhada com o caso da mãe-pai com um canalizador de identidade de género do tipo bonzo? O que é certo é que a mãe-avó está a braços com o encargo da filha-neta enquanto a filha-filha vai espairecer do choque emocional de ver a esposa-pai a engravidar do bonzo.

Estas histórias, verdadeiros dramas de pungência hollywoodesca pré-violações são corriqueiras na assembleia da república.

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. 15 Dezembro, 2017 20:12

    “:O))))))))))))

    Gostar

  2. Procópio permalink
    15 Dezembro, 2017 20:15

    O que interessa são os genes, meninos. Passam de uma geração a outra com facilidade. Avós grávidas de prazer que fazem do sítio uma delícia para pasar os nossos dias chatos.
    Avós ousadas prontas para tudo, se falarem alto e fizerem escândalo, pois então!
    Que digam o pensam mesmo sem miolos para pensar, matulonas com atitudes progressistas, palavrões prá frente sem sentimento de culpa.
    Mulheres domadas, beijinho para ali, abracinho para aqui, chega o celinho, fulana cheia de salamaleques nunca. Longe vá o agoiro!
    Fora com a hipocrisia! Que fuma, beba a sério, fale pelos cotovelos, pois então! Inspirem-se nas reality shows, na central de negócios, na velha da tvi, nos punhos cerrados das desdentadas seguras das suas razões e do direito de nada fazer.
    O progresso é feito de tipas sem tabus, sem preconceitos, pouco interessadas em agradar aos conservadores que as oprimem, filho ali, neto acolá, tudo junto para não se tresmalharem pelos comícios, gajas super à vontade capazes de arrear a bronca em qualquer lugar.
    As avós, as filhas, os netos, os bisavós têm que desapertar a tarracha, fazer do sítio um lugar realmente aprazível, ternurento, irresistível. Vamos no bom sentido, obrigado vitorcunha por nos ter lembrado.

    Liked by 1 person

  3. Cegueta permalink
    15 Dezembro, 2017 21:08

    https://goo.gl/images/LVfDey

    Gostar

  4. Cegueta permalink
    15 Dezembro, 2017 21:15

    Gostar

  5. Procópio permalink
    15 Dezembro, 2017 22:56

    Joãozinho, aquela é a tua mãe?
    Não aquela é a filha da minha mãe.
    Então quem é o teu pai?
    O meu pai, se calhar é genro da minha avó.
    Olha Joãozinho, gostavas de ter mais um irmãozinho?
    Sim, mas não sei se a minha mãe deixa.

    Gostar

  6. Weltenbummler permalink
    15 Dezembro, 2017 23:08

    segundo Mark Twain
    é av^de si próprio

    Gostar

  7. 15 Dezembro, 2017 23:37

    e o baby, imediatamente após nascer arrisca-se a levar umas bofetadas da avó-mãe e outras da mãe-avó caso não berre…

    Gostar

  8. Procópio permalink
    15 Dezembro, 2017 23:45

    O certo é que estes avanços tecnológicos acabam por conferir grande precocidade.
    O Joãozinho já com 7 anos:
    A professora pergunta:
    – Joãozinho, qual é o tempo verbal da frase :
    ‘ Isso não podia ter acontecido’ ?
    – Preservativo imperfeito, professora !

    Gostar

  9. 16 Dezembro, 2017 04:24

    No caso das barrigas de aluguer, a “mãe social” (é a que fica com a criança) não gerou, não carregou no ventre, não deu à luz e não tem ligação biológica com a criança (a criança é gerada a partir do óvulo de uma dadora anónima).

    Se uma mulher é capaz de amar e ser mãe de uma criança que não gerou, não carregou no ventre, não deu à luz e que não tem ligação biológica consigo, por que é que essa mulher não recorre à adopção?

    A utilidade desta “Lei” é nula. O benefício é apenas para as clínicas de bebés-proveta (que vão encher os bolsos) e para o esquerdume que, com a sua engenharia social, vai destruindo o Indivíduo, a Família e a Sociedade.

    Infelizmente, só leio comentários jocosos por aqui. Parece que ninguém se importa nem quer saber…

    Que Deus nos ajude.

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      16 Dezembro, 2017 13:50

      Não recorre á adopção, porque os progressistas que dizem que somos todos iguais, dão demasiada importância á origem dos genes dos filhos

      Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    16 Dezembro, 2017 13:03

    Iliteracia científica é um problema que afecta muita gente, inclusive «licenciados(as)».

    É curioso que ainda há quem não saiba o que é uma «barriga de aluguer», que em em bom rigor não é de «aluguer» – isso é linguagem porca de neo-liberais que vendem e alugam tudo, até as mães! – mas sim barriga de substituição.

    Gostar

    • 16 Dezembro, 2017 13:38

      Oh Arlindo, candidata-te que ganhas.
      O povo gosta de políticos como tu!

      Gostar

      • 16 Dezembro, 2017 14:05

        Quando se está nos blogues com uma missão tem que se estar preparado para dizer as inanidades que nos encomendam, e para aguentar os insultos que se seguem. Eu só fazia o que o Arlindo faz se fosse muito bem pago – e se calhar é o caso.

        Gostar

      • 16 Dezembro, 2017 14:07

        alguns comentários e argumentos do Arlindo parecem-se cada vez mais com os do Galamba,João. E os deste são idênticos aos do Arlindo. Provavelmente temos um lindolamba por aqui.

        Gostar

      • 16 Dezembro, 2017 14:19

        AB,
        o Arlindo não é bem pago. Coitado, sujeita-se a só 483 euros/mês, as finanças no Rato estão mal apesar-de.
        Eu é que, sabe-se, ganho (repito, não é o Blas que me paga) 38 euros se discordam, e 10 euros se concordam, para além de X mensalmente, quantia sempre superior (nem que seja 1 cêntimo) ao que o AC-DC aufere.

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: