Skip to content

um burlão

9 Fevereiro, 2018
by

riverVaroufakis, ou, segundo a deputada Isabel Moreira, «Varoufakis, o quente», um delinquente que quase pôs o seu povo a pão e água, é o verdadeiro ícone da esquerda-caviar. Na verdade, como qualquer membro dessa seita, «o quente» alia um discurso radical sobre a pobreza e as maldades do capitalismo a hábitos de consumo perdulários, dizendo coisas brutais, enquanto se passeia em motas de elevada cilindrada com loiras platinadas a tiracolo, papa lautos almoços e jantares, bebe vinhos de primeira, saltita por hotéis de luxo, enfim, vive fautosamente,  à grande e à francesa, só lhe faltando mesmo um apartamentozinho no 16º de Paris.

Pois bem, quase dois anos depois de ter sido corrido do governo grego, durante os quais publicou meia-dúzia de pastelões sobre economia que envergonhariam qualquer aluno do 1º ano desse curso, Varoufakis regressa ao palco da política, anunciando que vai fazer um novo partido para «devolver a Primavera Grega» ao seu país. No entretanto, enquanto o calor primaveril não chega, Varous, «o quente», continua a viver principescamente à pala dos outros, tendo espatifado 4.100,00 € por um simples fim-de-semana em Barcelona, onde foi apresentar as magníficas ideias da «nova esquerda» que diz representar. Quem pagou a festança foi a câmara municipal da cidade, ou sejam, os contribuintes espanhóis, pelo que, bem vistas as coisas, esta «nova esquerda» de Varoufakis é capaz de não ser tão nova assim…

Anúncios
21 comentários leave one →
  1. 9 Fevereiro, 2018 14:20

    Típico dos Iluminados e da ‘Nomenklatura’ – a ‘Vanguarda da Classe Operária’ tem sempre estes tiques (do Caviar)…:

    “Afinal Varoufakis, a mascote motard da extrema esquerda, recebe o pagamento das suas conferências através do paraíso fiscal de Oman sem que dor de alma ou contrição perpassem as consciências dos fãs.”

    “Varoufakis cobra 60.000 Euros por conferência que dá em “prol dos desfavorecidos” e os pagamentos vão para uma conta bancária no HSBC, gerida pelo departamento offshore da London Speaker Bureau.”

    ♦ “Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros”, George Orwell, “O Triunfo dos Porcos”.

    Liked by 2 people

  2. Procópio permalink
    9 Fevereiro, 2018 14:31

    Intrujões como esse abundam. Os objectivos da sua utopia progressiva só podem ser conseguidos mudando a própria natureza das pessoas.
    Uma distopia monstruosa encoberta por belos termos, igualdade, distribuição, democracia
    Marx acreditava que poderia ser feito através da tirania e poucas gerações. Não resultou, mas os verdadeiros crentes continuam obsessos com o empreendimento criminoso.
    Certeza têm que nada pode ser feito sem controlar tudo e todos. A tirania pela força provou ser ineficiente e precisa de mais doutrinação. Os pressitutos e as pivots estão aí para ajudar.
    A guerra de frente múltipla contra a humanidade está em curso. No campo social, económico, político, educacional, de entretenimento, cultural, guerra ….. e imigração para estabelecer os desequilíbrios em concreto.
    O caos é a sua arma máxima. Segurança e estabilização da ordem é o que as pessoas cansadas aspiram. Farão pois com que se troquem TODAS as liberdades por uma nova ordem, a segurança dos cemitérios. Uma vez realizada, farão de nós o que quiserem.

    Liked by 2 people

  3. The Mole permalink
    9 Fevereiro, 2018 15:20

    Pois é, para se enriquecer, uns usam os métodos “tradicionais”: trabalham e/ou investem. Outros são (dizem-se) de esquerda… não custa nada e dá milhões!

    Gostar

  4. Tiro ao Alvo permalink
    9 Fevereiro, 2018 15:24

    Não é isto que caracteriza a chamada esquerda caviar?

    Gostar

    • 9 Fevereiro, 2018 15:30

      Exacto, “isto” é que é a esquerda caviar.
      Quanto às “loiras platinadas”, a mulher do Varoufakis é loira e bastante rica.

      Liked by 1 person

  5. Procópio permalink
    9 Fevereiro, 2018 16:47

    Loiras platinadas é fazer crer. A loura faz apenas parte da montra.
    A esquerda caviar tem outras alternativas que o Varou partilha mas não fala.
    O meu amigo Joel a viver no Rio conhece os caviares de Ipanema:
    “Vivem na esperança de que as mães sonhem em ter filhos viados e filha fufas”.
    Isto no caso de não poderem evitar de todo o nascimento de bébés.
    A viragem já começou: a Nancy Pellosi referiu-se ao comentário do neto de seis anos ao soprar na festa do seu aniversário e desejar ter “pele morena e olhos castanhos” como seu amigo hispânico Antonio. Entrar no corpo do outro nem que seja o chifrudo.
    O caminho da despersonalização está em marcha. Assume vários tons. Pablo Hernandez, p(h)odemos assumido, nas suas andanças por Madrid:
    ” Vi coisas tremendas em orgias gays, festas monográficas de pissing (banho dourado), fisting (punho), ou mesmo sado-maso (eles te amarram, eles te chicoteiam, eles te perfuraram), ou lugares com códigos de roupas rigorosos (em alguns lugares eles só admitem arneses ou roupas de borracha e couro; roupas militares).
    Diz Pablo Iglesias que um bom comunista deve adaptarse a todas as situações e não tem de ser completamente ortodoxo sempre. Sim o povo chama por mim.
    No entanto durante as noites fria penso: que loucura! Nos clubes de sexo duro, cada sauna é um sem freio, as fantasias sexuais, maiores e mais extravagantes, confundem até deixar de ser dono da mente.
    Claro, quero deixar isso. Mas estou viciado, não posso. Alguém me impede? Impeço-me a mim mesmo. Dividido em dois: por um lado, não gosto. por outro, quero. Sou poeira “.
    Quando os varous aceleram nas motas fazem poeira. A poeira os persegue.

    Liked by 2 people

  6. Procópio permalink
    9 Fevereiro, 2018 17:09

    Nas fronteiras da Venezuela o varou é esperado para resolver o imbróglio.
    A catarina e o geróimo também lá fazem muita falta.
    Só que na Central de negócios está-se bem, a saúde do povo assim o exige.
    O pacheco e a ferreira leite adoravam lá estar.
    Relatos do dia.
    “Nós costumávamos comer três refeições de tamanho completo e frutas, biscoitos ou algo entre cada refeição. Agora, mal conseguimos, duas vezes por dia.
    Na Colômbia, um dos recém-chegados, Jesús García, disse que deixou seu emprego como mecânico industrial com a companhia petrolífera estatal venezuela em dezembro, quando seu salário já não cobrava alimentos para sua esposa e dois filhos.
    Chegou em Cúcuta no mês passado e, enquanto procura trabalho, ele está trabalhando num parque da cidade, tocando uma harpa e cantando músicas folclóricas junto com um colega venezuelano, que viola o violão. Os espectadores lançam o equivalente a cerca de £ 8 (US $ 11) por dia em uma caixa de guitarra aberta – o que é mais do que García ganhou como um trabalhador do petróleo na Venezuela”. The Guardian.

    Liked by 1 person

  7. Paulo Valente permalink
    9 Fevereiro, 2018 17:49

    “Varoufakis espatifou 4100 euros num fim-de-semana em Barcelona”.
    É o que se chama um artigo de opinião ao estilo do Observador e do seu tapete da porta de entrada o “Blasfémias”.

    Se não vejamos. Convido um professor catedrático de Economia e ex-ministro das Finanças de um país europeu para participar como convidado para participar numa conferência.

    O senhor fica 3 dias, o que tendo em conta a data da conferência, 15/Out/2015, não terá ficado para o fim-de-semana, tendo ido embora sábado de manhã, excepto se tiver chegado no próprio dia da conferência, e então terá ido embora no domingo.

    Obviamente não o convido para ficar numa pensão, mas sim num hotel de 5 estrelas. Presumo também que se fez acompanhar da esposa, a tal loura platinada de que fala o escrevinhador rui a. (e que bem merece as minúsculas com que assina o seu “artigo”). O escrevinhador não o diz, mas segundo o DN, os gastos de hotel foram de 1405 euros (coincide com o preço indicado pelo Booking para os dois hotéis em Varoufakis que esteve hospedado).

    Bem 4100 euros retirando o custo do hotel, ficamos com 2695 euros.

    Sabemos também que lhe foram pagas as despesas de viagem (avião) e ainda os honorários.

    Consideremos então que Varoufakis e a esposa se deslocaram de Atenas para Barcelona em classe executiva (não é costume convidar-se alguém para viajar em turística). Fui verificar os preços dos vôs para datas semelhantes em Outubro de 2018. O preço será entre 1200 euros e 1500 euros por pessoa, i.e. um total entre 2400 euros e 3000 euros para as viagens de avião.

    Sobram então no máximo (se sobrar alguma coisa) 300 euros para refeições (Varoufakis e a esposa também se alimentam, penso eu, rui a. pode ter outra opinião) e para honorários.

    Talvez rui a., contabilista de gema (que de economia pouco deve perceber) nos possa então explicar como é que Varoufakis “espatifou 4100 euros num fim-de-semana em Barcelona”.

    Gostar

    • 9 Fevereiro, 2018 19:31

      Neste aspecto o Rui A. excedeu-se:
      Um ex-ministro das finanças num período da Grécia hiper-mediatizada a nível mundial também por ele, super-star (goste-se ou não é um facto, vidé no caso tuga “Oresteia, de Ésquilo” integrado no Ciclo De Zeus a Varoufakis dentro de dias no CCB), de facto se convidado, não pode ser alojado num hotel de três estrelas, e se acompanhado pela mulher (repito, muito rica “e loira platinada”, que por acaso tem cabelo loiro normal). E não “espatifou”, investiram na sua presença e opiniões, goste-se ou não dele.

      Lembro-me bem dum condenatório post no Blas, sobre a varanda da casa do casal Varoufakis, como comiam bem e com vista privilegiada sobre a zona histórica de Atenas. Chamei a atenção de não ser uma casa modesta nem riquíssima e fiz este paralelismo: em Lisboa, um gajo de esquerda e com vida social acima da média, vive com uma mulher rica que tem casa na Lapa ou com estupenda panorâmica sobre a Baixa ou o Tejo. A mulher não quer abandonar a casa; o tipo passa a viver em Camarate e vai de vez em quando quebrar a “abstinência” ?, (ops, recasados estão proibidos pela Igreja Católica e pelo Clemente).

      Gostar

      • Euro2cent permalink
        9 Fevereiro, 2018 19:43

        Meh, é a mesma dança desde os camaradas Gracchi (que perderam) e Caesar (que ganhou) – os aristocratas com pouco dinheiro “alavancam”, como se diz agora, os proletas para tomar o poder.

        Pelo meio os outros aristocratas explicam aos proletas os benefícios da liberdade e propriedade, dando-lhes a ver e cheirar os benefícios. Mas sem porem as patas.

        Gostar

    • Filipe Costa permalink
      9 Fevereiro, 2018 20:29

      Escreva o que quiser, um fds em Barcelona por 4100 euros, para um ex-Ministro grego com o povo a passar fome, é no minimo uma indecência.

      Liked by 1 person

      • Paulo Valente permalink
        9 Fevereiro, 2018 20:50

        Presumo então que é uma indecência para Varoufakis, mas não o será se for para lhe pagar a si ou quiçá ao conhecidíssimo professor de economia rui a., ou para aquele famosíssimo economista que dá pelo nome de Passos Coelho.
        Portanto, Varoufakis deveria ter-se deslocado sozinho a Barcelona, no seu próprio carro (ou mota) e deveria ter ficado alojado numa pensão.
        É assim? E porquê? Por ser de esquerda? E portanto deveria viver como um asceta? Uma pessoa de esquerda não tem direito a ser convidada e usufruir das mesmas condições de uma pessoa de direita?

        Gostar

      • rui a. permalink*
        9 Fevereiro, 2018 21:06

        Meu caro, por mim, quando vou a Barcelona ou a outro sítio qualquer, gasto o que me apetece, e tem vezes em que até gasto mais do que isso. Com uma diferença: é meu! Cumprimentos,

        Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        9 Fevereiro, 2018 21:09

        É a esquerda que defende a igualdade final, especializando-se aliás em genocídios sociais para o atingir.

        Por isso sim. Não tem legitimidade segundo a sua consciência a ter um Ferrari sem que todos o tenham.

        Liked by 1 person

  8. weltenbummler permalink
    9 Fevereiro, 2018 18:55

    Besta Fubana

    O “peido” é bom toda hora
    Sem peido não há quem passe
    A criança quando nasce
    Tanto “peida” como chora
    Um “peido” ao romper da aurora
    Eu não troco por ninguém
    Há noites que eu solto cem
    “Peidos” grandes e pequenos
    Já conheço mais ou menos
    O valor que o “peido” tem

    Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    9 Fevereiro, 2018 19:56

    E quanto o Cantinflas Azñar, gasta e cobra pelas tretas que divulga neste mundo de idiotas?

    Pelo menos o Varoufakis é um ídolo para as senhoras…o outro nem para fazer paelas.

    Gostar

  10. 9 Fevereiro, 2018 19:57

    Euro2cent,

    Eu só constatei factos de certa esquerda caviar.

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      9 Fevereiro, 2018 20:40

      Se se perceber que “a esquerda” são aristocratas, o espanto passa.

      Gostar

      • 9 Fevereiro, 2018 22:33

        Não confundo que alguns aristocratas sejam de esquerda ou do centro-esquerda, com “a esquerda são aristocratas”.

        Gostar

  11. A. R permalink
    9 Fevereiro, 2018 23:35

    As esganiçadas faziam caminho e carreiro para Atenas e iam salvar o Mundo. A austeridade caiu com toda a violência sobre pensões, salários e tudo o resto e as esganiçadas e a tropa fandanga desapareceram.
    As esganiçadas eram todas elogios para Chavez: o regime agora mata de fome, doença e à bala. Desaparecerame não disseram mais nada.

    Liked by 3 people

  12. Pipo permalink
    10 Fevereiro, 2018 07:45

    Nada de novo… a esquerda custa sempre MUITO caro. Em dinheiro ou em vidas humanas.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: