Saltar para o conteúdo

Heróis são aqueles que se opõem à prepotência

23 Maio, 2018

Comprometo-me a não mais votar se o cabeça de lista do meu distrito não constar no rol de deputados que votarem contra a eutanásia. Vários desconhecidos fazem a diferença, nem que por meros segundos.

Anúncios
19 comentários leave one →
  1. 23 Maio, 2018 18:34

    Se uma pessoa se acha tão pequena que é insignificante, tente passar a noite com um mosquito!

    Gostar

  2. Isabel permalink
    23 Maio, 2018 19:13

    Quem lhe garante que esse cabeça de lista não vai ser substituído pelo suplente? E quem lhe garante que aquele que o escolheu não o fez só porque sabia que no seu distrito a maoria pensava do mesmo modo? E quem lhe garante que o chefe deles vai continuar chefe até ao fim do período para que foi eleito?
    No sistema português o voto é como o rebuçado dado aos idiotas úteis que branqueiam a falta de democraticidade dos partidos.
    Eu só voltarei a votar quando for eu a escolher o nome do deputado que me irá representar. Até lá, ninguém me representa, ponto final.

    Gostar

    • JMS permalink
      23 Maio, 2018 20:01

      Não votando está a dar um voto à esquerda.

      São poucos mas votam todos.

      O que quer dizer que andamos a ser “governados” por uma minoria de esquerda. E eles adoram isso…

      A “comunicação social” então nem se fala.

      Gostar

      • 23 Maio, 2018 20:04

        Isabel, é um risco que aceito, pelos motivos explicados pelo JMS.

        Gostar

      • Sabel permalink
        23 Maio, 2018 21:58

        Eu sei que, no curto prazo, tem razão. A actual maioria de esquerda existe porque só elegeram deputados 45% dos eleitores ( 45%abstencoes+10% de nulos, brancos e em partidos que não elegeram nenhum deputado ). Mas também acho que a direita tem a mesma responsabilidade que a esquerda na manutenção de uma lei eleitoral partidocratica. Portanto, a direita que promova a alteração da lei eleitoral que dá o monopólio da direcção da vida política às chefias dos partidos e eu sei de muita gente que pensa como eu é que irá lá votar por ela. Não se pode comer o bolo e ao mesmo tempo te-lo. Eu não voto em partidocracias. E pode ter a certeza que, pelo menos, uns 20% dos portugueses também não.

        Gostar

      • Jorge permalink
        24 Maio, 2018 09:57

        Sabel tem toda a razão. Esta maioria ou outra só existe devido à lei eleitoral que mantém a partidocracia e que todos aprovam.

        Gostar

  3. Libertas permalink
    23 Maio, 2018 19:38

    O «cabeça de lista do meu distrito» de que partido?

    Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    23 Maio, 2018 20:42

    Mania de quererem mandar na vida dos outros!

    Quem quiser ir desta para melhor, qual é o problema?

    Gostar

  5. 23 Maio, 2018 23:27

    E eles ralados, Vitor Cunha

    Se se comprometesse a abatê-los para darem o exemplo é que era uma ideia histórica

    “:OP

    Gostar

  6. 23 Maio, 2018 23:32

    Estou a brincar mas entendo-o e acho muitísismo louvável.
    É daquelas questões que penso serem o separador de águas.

    O útlimo. Aquele de que não se pode abrir mão, sob pena de se estar a vender a alma.

    Por todos os motivos e pelo principal- fazer dos médicos e enfermeiros carrascos é ideia única que nunca civilização alguma teve.

    Os romanos tinham criados para fazerem esse serviço. Outros acumulavam inimigos para o mesmo. Outros tiveram amigos que contra vontade o fizeram.

    Agora profissionalizar essa merda da forma mais cobarde, asséptica, sem culpa e amoral, dedicando o acto do carrasco a quem tem por missão salvar vidas é o ponto final de qualquer coisa

    Qualquer coisa que se pode chamar Civilização.

    Liked by 1 person

    • 24 Maio, 2018 00:02

      Isso, Zazie !

      O Bastonário da Ordem dos Médicos e os bastonários que o antecederam foram hoje entregar um documento esclarecedor ao MCThomaz. Mas o tutor do AC-DC prefere paz, sossego, que não o chateiem e que a geringonça não seja perturbada.

      Gostar

      • Oscar Maximo permalink
        24 Maio, 2018 09:48

        Os hospitais públicos são dos contribuintes, não são dos médicos, tal como as escolas não são dos professores. A opinião do Bastonário neste assunto vale tanto como a do Bastonário dos Filósofos.

        Gostar

      • 24 Maio, 2018 10:17

        Excelente! Isso é você a oferecer-se para ser o carrasco?

        Gostar

    • 24 Maio, 2018 09:53

      ò inteligente, então oferece-te tu para a matança

      Gostar

      • 24 Maio, 2018 10:03

        Oscar,
        vc. não conseguirá entender porque é que não entende.

        Gostar

      • 24 Maio, 2018 10:06

        Ele não entende porque já eutanisou o tico e o teco tinha dado à sola.

        Agora devia praticar o que deseja para os outros com a mãezinha e o paizinho que desgraçadamente não o despacharam à nascença.

        Gostar

  7. 23 Maio, 2018 23:45

    O “cabeça” de lista (divirto-me com o termo “cabeça”) pode ser atraiçoado pelos seus deputados ou atraiçoar todos. E obviamente mandar-se ele próprio às malvas-o-que-interessa-é-o-cargo.
    Também, outra hipótese: o “cabeça” ser proprietário duma empresa e pagar a um gajo para, numa manif pró e noutra anti-eutanásia, segurar dois sacos de plástico com o logotipo e isolar-se frente a quatro carrinhas da polícia de choque, para a marca ser fotografada e televisionada…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: