Saltar para o conteúdo

Under Pressure

28 Maio, 2018

Putting-Pressure-e13273538224881

 

O Parlamento vai debater a despenalização da eutanásia, e Rui Rio, um defensor dessa ideia, já veio lamentar a pressão que está a ser exercida sobre os deputados por parte de pessoas que a ela se opõem. O Presidente do PSD tem a razão do seu lado. O povo, como se sabe, nunca está satisfeito. Antigamente queixava-se por viver em ditadura; agora, que já tem a oportunidade de eleger e pagar o salário a deputados, acha-se com o direito de ser por eles representado. É gente muito chata e exigente, às tantas pensam que isto é alguma democracia representativa.

Esta atitude dos eleitores, profundamente desagradável, revela-se também nas críticas que fazem à ausência de debate sobre o assunto durante a campanha eleitoral e à omissão do tema nos respectivos programas. Como se fosse possível abordar tudo em textos que não ultrapassam as 92 páginas, no caso do PS, e as 148, no caso do PSD. Deixemos esse espaço nobre e reduzido para as questões verdadeiramente importantes. Ainda para mais, essa lacuna servirá para promover a igualdade na sociedade portuguesa: tínhamos os cidadãos que ignoram as propostas partidárias por não se darem ao trabalho de ler os programas eleitorais, e agora também temos os cidadãos que ignoram as propostas partidárias apesar de se darem ao trabalho de ler os programas eleitorais; e tínhamos os cidadãos que não liam os programas eleitorais por estarem divorciados da política, e agora também temos cidadãos que se vão divorciar da política por lerem os programas eleitorais. É um grande avanço para Portugal: antes uma ignorância informada do que uma simples ignorância.

Note-se que a posição de Rui Rio tem sido devidamente apreciada e elogiada por várias pessoas. Para grande azar são pessoas de esquerda, que nunca na vida nele irão votar. Mas é um bom começo. Um dia destes, quando tiver disponibilidade, talvez Rui Rio possa começar a agradar ao seu próprio eleitorado.

Em relação ao tema propriamente dito, só tenho um reparo a fazer. Aparentemente, as pessoas vão poder ser eutanasiadas nos hospitais públicos, mas apenas na modalidade a pronto. Quem se quiser eutanasiar a prestações, através, por exemplo, do consumo de croquetes, chamuças, croissants e refrigerantes, terá de continuar a recorrer a serviços de saúde privados. Penso que devemos rever este aspecto. A eutanásia a prestações, apesar de mais demorada, também acaba por ser eficaz. É o método que Rui Rio está a aplicar ao PSD e os resultados estão a ser bastante positivos.

 

Anúncios
15 comentários leave one →
  1. 28 Maio, 2018 12:14

    Tenho cá uma leve impressão de que quando o camarada Rui Rio se aperceber de que o PSD até tinha um eleitorado, já lhe vão estar a mostrar a porta da saída, a ele a à existência do partido que representa. Aguardemos.

    Gostar

  2. becas permalink
    28 Maio, 2018 12:59

    Rui Rio de cravo na mão no 25 , agora pela eutanásia . Começo a ter saudades do Passos Coelho

    Gostar

  3. JMS permalink
    28 Maio, 2018 13:03

    Texto absolutamente fabuloso. O que tem de humor, tem de verdade.

    A melhor e mais elevada crítica que li até hoje a um atrasado mental que está a levar o PSD à ruína moral e política.

    Para gáudio do seu grande amigo, o actual PM que não descansou enquanto não conseguiu eleger este totó para presidente do PSD.

    Liked by 1 person

  4. procópio permalink
    28 Maio, 2018 13:40

    “… posição de Rui Rio tem sido devidamente apreciada e elogiada por várias pessoas. Para grande azar são pessoas de esquerda, que nunca na vida nele irão votar… ”
    Reafirmo que RR não está lá por acaso. Alguém do psd o pôs lá, o que está em contradição com .. “Um dia destes, quando tiver disponibilidade, talvez Rui Rio possa começar a agradar ao seu próprio eleitorado”. O lixo é a parte mais abundante dos partidos.
    A vida no sítio deixa muita gente perplexa. Afinal qual é o seu próprio eleitorado? Foi o “eleitorado” que o escolheu para fazer a triste figura que faz.
    Os oligarcas conhecem bem com quem lidam. Descaracterizaram com “souplesse” um partido em que muitos asseguram “empregos” sem nada fazer, uma réplica fiel da js. Só que esses dispõem de empregos mais chorudos. Azar. Erraram, quando nascerem de novo vão direitinhos para a js, não perdem tempo.
    E nós a ver.

    Gostar

  5. weltenbummler permalink
    28 Maio, 2018 14:48

    hoje comemoram o bintóito de maio
    sem ele não havia anti-fascistas

    Gostar

  6. procópio permalink
    28 Maio, 2018 15:05

    As saídas para o sns têm várias facetas. A eutanásia é apenas uma, até agora encapotada.
    Há várias formas de a praticar.
    Marcar consultas com prazos muito alargados em doentes que toda a gente vê que não estão nada bem. Quando chega o momento de serem observados é tarde. São milhares.
    Requisitar todo o tipo de exames provados como estatisticamente desnecessários, de modo a fazer andar o desgraçado de um lado para o o outro sempre sem lhe dizerem palavra.
    Receitar à bruta sem olhar a reacções secundárias e adversas, é só comparar a quantidade de medicação no sítio com os países civilizados calculada em 5 a 7 vezes mais.
    Recorrer às informações dos delegados de propaganda como substituto de fontes actualizadas e idóneas da farmacologia.
    Tratar os desgraçados abaixo de cão, nisso o pan está mais atento, sem sequer olhar para eles e escorraçar os familiares que se atrevam a fazer perguntas incómodas.
    Ser médico empregado de agências, para fazer urgências aqui e ali, sem sequer estarem integrados no corpo clínico e funcionamento do hospital. Auferem mais do que os directores.
    É aceitar chefias incompetentes nomeadas pelo poder político sem refilar.
    Se calhar é por isso que 17000 médicos e enfermeiros zarpam e muitos mais se seguirão. Ouve-se um murmúrio:
    “Não sendo adeptos da geringonça, não vão fazer falta nenhuma”.
    Sim, é verdade, no sítio há gente a mais, não são só os velhinhos que se esquecem de pôr a cruz na mãozinha, é muita gente nova que já percebeu para onde está a ser levada.

    Gostar

  7. carlos alberto ilharco permalink
    28 Maio, 2018 15:10

    Rio conseguiu a proeza de, nesta matéria, ser mais totalitário que Costa ao afirmar que são inadmissíveis “pressões” exteriores ao Parlamento e que o Estado tem a “obrigação” de permitir a eutanásia. Com disparates desta gravidade, Rio hipotecou a praticamente nula autoridade política que tinha quanto à condução do centro-direita

    João Gonçalves in JN.

    Gostar

    • Paulo Valente permalink
      29 Maio, 2018 13:01

      Pensava eu que totalitário é aquele que impõe a sua vontade. Afinal parece que totalitário é aquele que diz aos deputados que devem votar como manda a sua consciência. Contradições de uma direita que sempre se achou portadora da verdade divina….

      Gostar

      • Isabel permalink
        30 Maio, 2018 12:58

        É que, embora a constituição determine que cada deputado deve votar livremente, todos se esquecem de ler esse preceito constitucional. Não convém aos que só sabem lidar com yes/men/Women e não convém a quem quer voltar a fazer parte das listas. Aos media não convém mencionar o assunto porque tal como falar em mudar lei eleitoral é politicamente incorrecto.
        E estamos nisto!!!

        Gostar

  8. procópio permalink
    28 Maio, 2018 15:21

    Quando os meninos que votaram RR perceberem que do outro lado, tá tá tá, pois pois, logo vemos, mas afinal não há nada para ninguém, a não ser para ele RR, vão mandá-lo para o caixote do lixo de onde nunca deveria ter saído.

    Gostar

  9. procópio permalink
    28 Maio, 2018 17:20

    Numa entrevista explosiva ao i, Paulo Morais, presidente da Frente Cívica, diz que o dinheiro do antigo presidente do BES podia ser usado no combate a corrupção

    “Quando vemos que hoje o dr. Ricardo Salgado ao fim deste tempo todo continua a manter o seu património intacto, isso também é gozar com as pessoas”, comenta o ex-candidato à Presidência da República. “Quero que quando as pessoas forem condenadas cumpram efetivamente as penas e devolvam à sociedade os ativos que retiraram. É porque temos um gabinete de recuperação de ativos, temos uma lei de recuperação de ativos, mas não temos ativos recuperados com dimensão”.

    E continua: “Gostava de ver uma parte substancial ou a totalidade do património da família Salgado arrestado e confiscado pelo Estado português e que depois 10% ou 15% fosse consignado ao combate à corrupção, à PJ e ao MP, tal como acontece no Brasil. Tanto quanto sei Armando Vara no Processo Face Oculta não devolveu nem um tostão daquilo que deveria ter devolvido e em todos os casos isso acontece. Quanto é que a sociedade portuguesa recuperou no caso BPN dos sete mil milhões? Não chegou a um milhão de euros. Era necessário conseguir esse dinheiro para ajudar o Orçamento de Estado e melhorar o combate à corrupção”. “Os portugueses podiam viver magnificamente se não existisse corrupção”. A corrupção é, aliás, o seu grande cavalo de batalha. E dispara em várias direções.
    “Rio não vai incomodar a corrupção em Portugal. Já está capturado por essa rede de interesses”

    Gostar

    • Isabel permalink
      29 Maio, 2018 21:59

      Quando, por raro acaso, vem uma noticia de que um destes habilidosos tem de apresentar uma caução de milhões, eu pergunto-me: onde é que os fulanos vão buscar os milhões se, como dizem, têm todos os bens arrastados?e se têm onde os ir buscar, os investigadores não arrestam também essa fonte rendimentos « desviados » dos seus legítimos proprietários?

      Gostar

  10. Ana Vasconcelos permalink
    28 Maio, 2018 17:47

    E as listas de espera para se ser eutanasiado. Vão ser de morrer…

    Gostar

  11. Arlindo da Costa permalink
    28 Maio, 2018 20:31

    Qual pressão? Muito vocês gostam de inventar 🙂

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: