Saltar para o conteúdo

Lamento mas vou BERRAR!

7 Setembro, 2018

O Presidente não quer que berremos por Venezuela. Diz que berrar é perigoso e pode pôr em risco os portugueses que lá vivem.  Como se já não estivessem há muito tempo no limite do perigo, a sobreviverem desgraçadamente no fio da navalha. Desculpem-me mas sinto repúdio por estas declarações e por isso vou BERRAR minha indignação!

Não faltava mais nada! Logo ele que não se cala e fala e berra sobre o que deve e não deve, seja a comer na Pastelaria Suiça ou a nadar no rio, vestido ou de calças na mão. E  que por berrar pelos cotovelos sem ponderação nem responsabilidade,  em qualquer sítio em qualquer lugar a qualquer hora, já contribuiu para o caminho sem retorno do colapso financeiro deste país: ao desculpar os incompetentes no governo sempre que há desgraças; ao felicitar pelos “belos” défices martelados; ao elogiar a falsa diminuição do desemprego que não é mais do que o resultado do êxodo dos portugueses à procura de melhor vida lá fora; ao enaltecer os “excelentes” números económicos de umas míseras décimas; ao promover estas políticas de degradação social e económica com base na despesa sem controlo do Estado, aumentos de impostos, roubalheira descarada e cativações criminosas;  ao conotar de “sucesso” esta Geringonça com alicerces comunistas que já destruiu 4 anos de esforços colectivos!

Não se cala nunca, parece uma gralha,  mas silenciou de forma ensurdecedora sobre venezuelanos a morrerem de fome, sobre fazendeiros brancos a serem assassinados na África do Sul por racistas negros, sobre crianças a serem abusadas por padres, sobre cristãos e judeus a serem mortos, mulheres a serem estupradas e  famílias a chorarem a perda dos seus filhos por ataques de islamitas. Mas em contrapartida, quebrou o silêncio para nos informar que era preciso escancarar as fronteiras para receber massivamente jovens migrantes, sob estatuto de refugiados, que não fogem de guerra nenhuma. Porquê? 

Também nos disse para não berrar por Pedrógão, não foi? quando denunciamos que era responsabilidade do Estado e não do clima, que havia gente sem receber ajudas, que o dinheiro fora desviado, que as mortes foram muitas mais, que ardia tudo propositadamente para receber fundos perdidos de Bruxelas e resolver problemas financeiros de Portugal.  Mandou-nos silenciar, acusando-nos de aproveitamento político para agora confirmamos que foi esse silêncio que permitiu tanta fraude, tanto saque e  ocultação de factos por abuso de poder de gente sem escrúpulos. Pois é.

Querem o nosso silêncio à força, pois querem,  porque o silêncio é o que mais  convém aos ilusionistas populistas que vendem a todo o custo uma realidade que não existe para cativar  eleitorado. Que fazem da farsa sua aliada na conquista do poder que almejam mais que tudo na vida e por isso mandam silenciar para não comprometer suas “gloriosas” caminhadas rumo à reeleição. Querem o silêncio porque esse, é a arma dos ditadores que não vêm com bons olhos quem se lhes opõe.

Mas eu não vou silenciar. Vou berrar, vou gritar, sempre que houver um populista a mandar silenciar as vozes que o incomodam. Entendido?

 

 

 

 

Anúncios
27 comentários leave one →
  1. Joe Bernard permalink
    7 Setembro, 2018 20:03

    Onde se lê Austrália, não se deverá ler África do Sul???

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      7 Setembro, 2018 21:54

      sim. havia um lapso sim mas foi prontamente corrigido.

      Gostar

    • Alberto Silva permalink
      8 Setembro, 2018 14:54

      Os comunistas sacrificam tudo pela ideologia Marxista-Leninista.
      Na Russia, já no tempo do Estaline, a miséria andava espalhada por todo o país. Em Moscovo, quem passava de carro ou autocarro por entre tanto Palácio não se apercebia bem da miséria, mas nas ruas secundárias ela era evidente como o alcoolismo de morte.
      Nos outros países de Leste amordaçados, repetia-se a miséria.
      É verdade que se diga que Portugal nesse tempo não tinha foguetões mas também não tinha tanta miséria como na Ditadura comunista.
      Veio Cuba do Fidel e do Guevara; mais miséria, até hoje.
      Coreia do Norte mais do mesmo, até hoje.
      Os ideólogos do Marxismo-Leninismo passaram então a mudar de tática. Deixaram de lado as revoluções violentas para açambarcarem o poder e, tal como os cucos começaram a assentar arraiais em países com riqueza criada. Mansamente, hipocritamente, servindo-se da Democracia, lançaram o slogan da “Distribuição”; da Distribuição da riqueza produzida em países de organização democrática. É assim que aparece o Chavismo na Venezuela que trouxe a esse país mais do mesmo, miséria.
      No Brasil encetaram o mesmo caminho, mas parece que já não foram a tempo de atingir o objetivo final. E o desespero demonstrado agora com o atentado terrorista a um candidato presidencial que fez frente à patranha é sinal de que no Brasil já muito dificilmente atingirão esse objetivo sinistro, a miséria generalizada.
      Mas essa gente não desiste e atua em todos os países.
      Em Portugal é vê-los a atuar ora com palavras duras da boca do Arménio Carlos ou do Mário Nogueira, ora com palavras doces do Santo Jerónimo de Sousa, sempre em nome da defesa dos direitos das trabalhadores e da melhor distribuição da riqueza nacional, tal como os bloquistas e o Governo socialista, com a comunicação social dominada, esforçando-se para que não se lhes descubra a careca com a miséria cada vez mais evidente nos hospitais e nos transportes públicos por eles também dominados.
      Acabo como comecei; os comunistas sacrificam a saúde, o ensino, as condições de transporte, a justiça e tudo o mais que se verá da vida dos portugueses em nome da defesa da ideologia Marxista-Leninista pela qual se guiam.

      Liked by 1 person

      • The Mole permalink
        10 Setembro, 2018 17:42

        Tem toda a razão.
        E sei que não podia ser exaustivo na sua descrição das desgraças do comunismo, mas acho importante não esquecer o que fizeram (e estão a fazer) a África – nomeadamente os sucessos da descolonização, na qual temos responsabilidade histórica com nação que somos (éramos?).

        Gostar

  2. Rão Arques permalink
    7 Setembro, 2018 20:08

    QUE O ECO DE MAIS ESTE MEU BERRO LHE CHEGUE À OUVIDEIRA
    Ó senhor professor da treta vá dar banho à minhoca.
    Com que então o cidadão eleitor não tem nada que saber do que em 31 de boca se combina nos subterrâneos escuros dos oportunismos políticos.
    O senhor até pode ter estomago para digerir toda a qualidade de sapos que lhe poem à frente, mas quem paga o banquete dos contrafeitos somos nós.
    Recusamos a berrar para ver se ouve, tire a cera entupideira, continuar a assistir à miserável fantochada de uma no cravo outra na ferradura, com os mesmos, que passam a vida a debitar furiosas criticas à governação em publico para português ver, e a dar o apoio institucional para continuação da tramoia de que é padrinho.
    Vossa celebridade também não sai virgem nem inocente dessa encenação grotesca em que aliás se perfila como o principal responsável desde figurante a maestro.
    BERREMOS ENTÃO…………………….

    Liked by 2 people

  3. raCSt14CrAmirocarrola@sapo.pt permalink
    7 Setembro, 2018 20:09

    Fabuloso, Cristina! Está aí tudo dito. Nada a acrescentar.
    “… é a arma dos ditadores que não vêm com bons olhos quem se lhes opõe…”. Certíssimo. Os ditadorzecos são assim: Têm medo da sua própria sombra. Mandam calar, não fazer ondas a quem lhes faz frente, grita as verdades.
    Raios parta estes dignatários de pacotilha que se acham os donos do nosso destino.
    Pobre pais este, com gente desta nos cadeirões do poder.
    A mim também ele não me manda calar. Berrarei com toda a força contra as trapaças políticas, os corruptos, as flagrantíssimas injustiças, as leis e os tribunais que apaparicam e dão todos os direitos a criminosos e marginais e não sentem um pingo de compaixão e misericórdia pelas vítimas e suas famílias.
    Pobre pais!

    Liked by 2 people

  4. Manuel Peleteiro permalink
    7 Setembro, 2018 20:17

    Gosto é actual e muito importante gritar o nosso descontentamento. Infelizmente estes “abutres” estão próximo da maioria absoluta. Infelizmente é a civilização que nos calhou. As alternativas são inexistentes. Parabéns

    Liked by 1 person

  5. licas permalink
    7 Setembro, 2018 21:02

    Ora! Ora! Ora! Ora! Ora! Ora!

    Gostar

    • alex.soares permalink
      7 Setembro, 2018 23:09

      Oh Licas, deixe-me acertar nesta adivinha, deve estar na idade do condor (71/80): comdor aqui comdor ali, comdor aqui comdor ali … …
      Já vão faltando as forças para berrar, como já faltam ao presidente tino de rans, perdão, Sousa de Celorico.
      Esta gente pensa que pode ser como os Reis. Mas esquecem-se, fazem de conta que não ssbem, que só há reis por herança de sangue, a bem ou a mal.
      Coitados deles e de nós, que temos de os manter, como se fossem tolinhos e incapazes.

      Liked by 1 person

  6. Artista Português permalink
    7 Setembro, 2018 22:25

    Cristina! Muito bem, como sempre! Diga lá a esse senhor dos afectos para ele deixar as cabras berrar. São as cabras que berram; lá para Belém talvez zurrem….

    Liked by 1 person

  7. PAIXAO AFONSO permalink
    7 Setembro, 2018 23:40

    Até os comemos carago!!!!!!!!!!!!!!! Muito bem.

    Liked by 1 person

  8. Os corruptos que se cuidem permalink
    7 Setembro, 2018 23:51

    Grande mulher! Grande analista! Haja alguém a dizer a essa personagem lúgubre que estamos fartos dela e porquê!

    Liked by 2 people

  9. becas permalink
    8 Setembro, 2018 00:15

    muito acertado cristina , bem haja

    Liked by 2 people

  10. colono permalink
    8 Setembro, 2018 01:36

    E para cumulo da idiotice :
    A Universidade de Évora, fez um exaustivo estudo e concluiu:

    A emigração devida à troka ( Passos Coelho)”roubou-nos 16.000 bebés!

    Quantos bebes se perderam ( perdem)naquela universidade?….. eles são especialistas!

    Liked by 1 person

  11. André Miguel permalink
    8 Setembro, 2018 06:47

    Cristina, não lhes chame migrantes sff, isso é controlo da linguagem marxista. São IMIGRANTES.

    E berremos pois então. Pela Venezuela e pelos fazendeiros na África do Sul. Sobre esta ultima não se encontra uma única notícia em Portugal. Puta que pariu estes jornaleiros de merda!

    Liked by 2 people

  12. André Miguel permalink
    8 Setembro, 2018 06:50

    Quem quiser saber mais pode começar por aqui para entender o que está em curso na África do Sul:

    http://mobile.abc.net.au/news/2018-07-31/south-african-farm-murders/10013298?pfmredir=sm

    Liked by 1 person

  13. PiErre permalink
    8 Setembro, 2018 08:05

    “…esta Geringonça com alicerces comunistas:::”

    Alicerces, paredes, portas, janelas, divisórias e telhado. É um edifício tosco mas completo que está quase acabado para nosso mal.

    Liked by 1 person

  14. BandoDeCorruptos permalink
    8 Setembro, 2018 11:07

    “Lamento”?????? Lamento é que um TRAIDOR (avençado do salgado) como este, filho da cabra berradora que o cagou, possa ser presidente desta república das bananas e fantoche do canalha que, tendo perdido as eleições, se aliou aos comunas para assaltarem juntos o poder (e controlarem o processo “Face Oculta”).
    Lamento que estes traidores todos (onde se inclui o rui rio de merda que foi para o bilderberg com o antónio bosta e agora é mais um dos traidores que lhe servem de muleta) ainda não terem sido pendurados pelo pescoço em árvores, não serem escarrados quando saiem à rua, que os cães não lhes mijem e caguem em cima, etc, etc, etc. Talvez já não lamente por muito tempo.

    Liked by 1 person

  15. LTR permalink
    8 Setembro, 2018 16:36

    A presidência da república requer uma pessoa com um sentido de estado e um postura de reserva totalmente incompatíveis com o circo. O que é espantoso neste homem é que ele foi a correr para os braços do Sampaio por causa de um telefonema de um membro do governo de Santana Lopes, contribuindo grandemente para a ascensão de sócrates e sua vara. Agora cala-se perante diversos comportamentos escandalosos. Enquanto debita que quer os assuntos esclarecidos, o governo nem sequer responde aos pedidos de eclarecimento no âmbito das casas em Pedrógão. Fala demasiado, substitui ridiculamente o governo, coloca-se no papel de explicador como se simplesmente transitado da TVI para o mesmo cargo na presidência e vive alegrete ao encontro de um apoio social quase boçal.

    Anda tão entretido que não deve ter sequer tempo para tomar conhecimento das bandalheiras que estão a decorrer na educação como nunca desde o 25 de Abril. É até estranhíssimo ele não ir visitar o Hospital de São João e acampar à porta da pediatria.

    Quando o boomerang chegar, porque chegará, o povinho que resolva.

    Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      8 Setembro, 2018 20:51

      Este homem na PR é um bandalho! Um vendido aos interesses de lesa-Pátria! Está a proteger o Salgado que deu o belo emprego à mulher e lhes permitia férias aqui e ali. E sabe-se lá que mais estará a proteger, o canalha, atraiçoando este Povo sofrido e subjugado!

      Gostar

  16. Procópio permalink
    8 Setembro, 2018 16:43

    Berrar não vai chegar.

    Gostar

  17. LTR permalink
    8 Setembro, 2018 16:45

    O senhor presidente fazia um belo papel era se fosse reflectir e dar conta ao país sobre a repentina desistência do apoio a sócrates pelo clube rosa. Ou porque disse o ministro das estradas que elas estavam com as margens todas limpas. Ou sobre quem tutela a Proteção Civil agora para ser acusada, segundo o Expresso, ou sobre o concurso que “seleccionou” os “licenciados” que agora são acusados. É muito engraçada a selectividade explicativa.

    Que Deus nos ajude.

    Gostar

  18. Procópio permalink
    8 Setembro, 2018 19:04

    Não incomodem o sr. presidente, sff.

    Gostar

    • The Mole permalink
      10 Setembro, 2018 17:55

      Não se preocupe, que ele não se deixa incomodar!
      Eu só pedia, que ele não nos incomodasse a nós… mas pedir-lhe para estar calado, é demais para aquela cabecinha tonta!

      Liked by 1 person

  19. licas permalink
    8 Setembro, 2018 20:47

    Afirma F. Rodrigues, acerca das eleições no S.C.P.,
    “Espero que a fase dos bons e dos maus sportinguistas acabe”
    Eu também anseio que termine a distinção entre pedófilos condensdos a prisão efectiva e aqueles que, por pressão política sobre o Poder Judicial, permanecem em liberdade…

    Gostar

  20. 12 Setembro, 2018 12:10

    O silêncio é tudo o que quem está no poder quer. Bem como vc diz. E o pior é que além de expulsarem e maltrataram os venezuelanos ainda os usam como ferramente de promoção ao ódio. Uma nação que nada tem haver com os problemas Brasileiros hj recebe ódio e repúdio de gente que nem sabe o que está acontecendo

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: