Saltar para o conteúdo

Isso não é para mim

26 Setembro, 2018

Houve uma série de posts acerca do regresso de Passos Coelho. Regressar a onde? Durante uns anos, o regime permitiu que o homem governasse, mas agora ninguém precisa dele. Poderá precisar, quando o badocha deixar de estar disponível para venezuelizar aqui o charco, até por imposição do patrão lá de fora, mas, para já, está tudo tão bem assim como está, para quê complicar?

Se alguém em que confie estiver disposto a tirar a carcaça de Rio dali, que aquilo dá um bocado de mau aspecto, que me chame e conte comigo para o que for necessário. Até lá, não me chateiem com novelas, Iniciativas Liberais e desvariadas à procura de sugar daddy. Estou velho, dói-me o joelho, e vem aí a época da chuva: vou mas é dormir um bocadinho.

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. André Silva permalink
    26 Setembro, 2018 17:36

    “quando o badocha deixar de estar disponível para venezuelizar aqui o charco”
    Muito bom!

    Liked by 1 person

  2. Leunam permalink
    26 Setembro, 2018 17:39

    Um povo que já não consegue gerar meia dúzia de Homens independentes, sérios e honestos que tenham a sabedoria e a vontade de o governar, é um povo de carneiros ou bovinos, destinados ao açougue.

    Gostar

    • André Miguel permalink
      26 Setembro, 2018 19:28

      Claro que é capaz de gerar, mas emigram! LOOOL

      Gostar

  3. 26 Setembro, 2018 17:42

    🙂

    Gostar

  4. Cristóvão permalink
    26 Setembro, 2018 18:33

    “Iniciativas Liberais e desvariadas à procura de sugar daddy”

    Hehe… Na mouche.

    Liked by 1 person

  5. licas permalink
    26 Setembro, 2018 19:58

    vitorcunha (que eu nem sequer conheço):

    Estou nos mesmíssimos propósitos. . .

    Gostar

  6. Euro2cent permalink
    26 Setembro, 2018 21:33

    Tenho uma vaga ideia que o camarada Eça de Queirós, ilustre funcionário público do século XIX e escriba nas horas vagas, tinha um incaracterístico conto curto sobre um Portugal sujeito a ocupação inimiga.

    O narrador estava amargurado, porque tal como o autor, tinha passado o tempo a desdenhar “a choldra” que era o país, e agora botas estrangeiras pisavam-lhe o solo.

    Essencialmente, isto já aconteceu, de modo que não vale a pena pensar muito no caso, senão ainda vamos todos para Rilhafoles.

    E o campeonato de futebol, está a aquecer, hmm?

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: