Saltar para o conteúdo

Reformas e pensões: um chorrilho de mentiras

14 Novembro, 2018

: «Só há duas coisas certas a respeito das pensões em Portugal: uma é a constante preocupação do actual governo com a necessidade política – tanto mais urgente quanto as eleições se aproximam – de garantir algum tipo de aumento ao eleitorado dos vários tipos de pensionistas; a outra, pretensamente legitimadora da primeira, é esconder a impossibilidade de manter a médio-longo prazo o actual sistema de pensões, anunciando dia-sim dia-não aumentos que, em muitos casos, nunca virão a ter lugar, pois não haverá dinheiro para tal, ao mesmo tempo que prolonga no papel a data da reforma mas depois não a aplica!»

Anúncios
9 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    14 Novembro, 2018 08:58

    Ainda ninguém tinha dado conta que António Costa está a empurrar para debaixo do tapete desde que se sentou no cadeirão? Que tudo é futuro? Que faz uma coisa e diz que o resultado é outro? Que nega informação estatística? Que ele funciona assim? Não se lembravam da explicação da dívida da CML que apresentou no debate com Passos Coelho, com dinheiro dos terrenos do aeroporto? Demorou este tempo todo a descobrir o circo? Será que ainda ninguém percebeu o que se está a passar na saúde? Será que o país julga que vai continuar a enganar-se a si mesmo e à UE? Desgraçado de quem vier a seguir e for pela mesma tática peregrina de não esclarecer o país sobre o que encontrar camuflado.

    Liked by 4 people

  2. Oscar Maximo permalink
    14 Novembro, 2018 09:32

    Desde que Vieira da Silva disse que a reforma da Segurança Social estava garantida por 40 anos, passei a dormir descansado. Ainda bem que só agora apareceu esta treta das Fake News.

    Gostar

  3. 14 Novembro, 2018 10:50

    Desde 1990 que digo que perante a eminente inversão da pirâmide etária, que entretanto se materializou, o sistema de pensões baseado numa falácia do PREC após o “Verão Quente” (1975) de que era possível construir um fundo começando por pagar aos reformados com o dinheiro “fresco” acabado de colectar aos que estavam em idade laborar, iria implodir antes de eu me reformar e que eu jamais receberia um cêntimo de reforma. Tinha em 90 32 … agora façam as contas.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      15 Novembro, 2018 01:40

      Com alguma sorte ainda vê um poucochinho do dinheiro. Tivesse menos dez anos e nem para uma cerveja chegava.

      Liked by 1 person

  4. LTR permalink
    14 Novembro, 2018 11:10

    Alguém me explica como é que os dados chegam agregados à UE? Vão buscá-los onde? Esperem lá: publicam lá fora e omitem cá dentro?

    https://eco.pt/opiniao/a-cultura-do-desmazelo-financeiro/

    Gostar

    • André Miguel permalink
      14 Novembro, 2018 19:09

      Omitem porque está tudo martelado, a seu tempo a verdade virá ao de cima.
      Avisos não faltam, depois seremos acusados de bota-baixistas, fassistas, cabalistas e o diabo a quatro. Entretanto o FMI já deve estar a fazer as malas.

      Gostar

  5. LTR permalink
    14 Novembro, 2018 13:02

    A sacanagem do governo do dr.Costa não tem limites:

    «Matos Fernandes defendeu que a proposta para baixar o IVA na potência contratada mais baixa, de 3,45 kVA, já abrange um número específico de famílias, sublinhando ainda que optar pela potência contratada mais baixa “é um bom exemplo de eficiência energética”.»

    Anunciam a baixa do IVA e depois afunilam em meia dúzia de clientes. Se isto fosse no tempo de Passos Coelho iam dizer que não se podia ligar dois aquecedores e um candeeiro ou que o governo queria controlar o pico máximo de consumo de uma família pobre, como se o que está em causa não fosse o consumo total mensal.

    Este é o mesmo senhor que há dias disse na AR que o estado das águas (de que há seis meses andava a dizer que era necessário a população fazer uso cuidadoso e que andou a fazer transvases) se devia à acção do governo. Não deu pela chuva!

    As alusões à necessidade de poupar são as mesmas da Venezula com a gasoline, a eletricidade e a alimentação.

    Não espanta que estejam aflitos com “fake news” que estragam o sistema tradicional de difusão de mensagens.

    Gostar

  6. 14 Novembro, 2018 17:07

    Quem havia de dizer- o Villaverde a dizer estas coisas chatas…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: