Saltar para o conteúdo

Burros de carga

18 Novembro, 2018

“Os empresários portugueses são burros”, afirmou uma delegada à convenção do Bloco de Esquerda. Está a senhora cheia de razão: só num país de burros a subserviência para com o Bloco se tornaria lei.Não fosse esse “todo o burro come palha, a questão é saber-lha dar” e o BE seria tratado como aquilo que de facto é: um grupo de gente esperta, frequentemente mal preparada, que na juventude se profissionalizou na política e que fora da política não tem curricula para mostrar. Aquilo que vamos ter de discutir é como os indiscutivelmente espertos dirigentes do BE estão a transformar, usando a força bruta da legislação e do fisco, os burros que somos nos seus particulares burros de carga.

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. Pedro Santos da Cunha permalink
    18 Novembro, 2018 13:04

    Uns Brutos

    «Nascer entre brutos, viver entre brutos e morrer entre brutos é triste.»
    Rodrigo da Fonseca Magalhães, político português do século X

    Gostar

  2. mcoquim permalink
    18 Novembro, 2018 14:34

    Certo dia,numa roda de amigos de aldeia, alguém perguntou a um velhote porque vivia rodeado de tantos livros, ao que este de imediato ripostou:
    – É para me lembrar que vivo entre burros!
    Como os presentes soltassem uma estridente gargalhada, de pronto acrescentou:
    – E para manter os burros à distância!

    Gostar

  3. Ana Vasconcelos permalink
    18 Novembro, 2018 15:01

    São burros porque todos sonham em fazer uma negociata com o Estado e acham que quanto maior o Estado maior a negociata. Por isso dão gás á esquerda, em geral, que é quem defende um Estado grande. Depois é que percebem que a esquerda é contra as empresas privadas, e o pior, é que ficam sem saber o que fazer, em vez de serem empresários mesmo.

    Gostar

  4. 18 Novembro, 2018 18:09

    É assim, também em política se perde campeonatos por falta de comparência sistemática do adversário…
    Seus blasfemos, em vez de colarem o traseiro à cadeira do computador, a dizer mal das politicas em curso, organizem-se, criem um partido que explique às pessoas o embuste em que estão metidas. Façam oposição. Expliquem que as vossas soluções são muito melhores que as da geringonça. Eu sei a vossa resposta; “trabalhar é bom pró preto!” ir às reuniões da Junta de Freguesia, ou da Assembleia Municipal dizer o que dizem aqui, ou vestir coletes amarelos e ir para a frente à Assembleia da República gritar o que dizem aqui, dá cá uma trabalheira!…

    Liked by 1 person

    • Velho do Restelo permalink
      19 Novembro, 2018 17:36

      Finalmente alguém diz qualquer coisa que faz sentido, mas antes de avançar preciso saber se no texto da helenafmatos, aquilo que está entre ” …”, é citação exacta do que foi dito pela delegada do BE, ou foi retocado pela autora! Passo a explicar, “…saber-lha dar” não é português, e estou curioso sobre quem é que cometeu a gafe.

      Gostar

  5. Luis Lavoura permalink
    19 Novembro, 2018 09:26

    Isso que aqui se diz do BE (gente esperta mas mal preparada que na juventude se especializou na política, etc) é verdade para a maior parte dos partidos. Em particular, era muito evidente para o anterior primeiro-ministro e para muitos dos seus ministros.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: