Saltar para o conteúdo

o estado social português é uma fraude

27 Novembro, 2018
by

Isto foi no que deu o estado querer assumir o monopólio da segurança social das pessoas, obrigando-as a transferir, todos os meses, parte do seu salário para os cofres públicos: a cada ano e orçamento de estado que passam, a reforma é uma miragem, progressivamente mais longínqua, e o que se vier a receber será uma espécie de frankenstein, tais as amputações que sofrerá. Um destes dias, o estado dispor-se-à a mandar-nos uma coroa de flores no enterro, por aí se ficando. Na prática, as pessoas trabalham e descontam (coercitivamente) uma vida inteira, e, quando precisam de parar e receber um pouco do que entregaram ao longo dos anos, têm quase nada. O Estado Social português é uma fraude!

Anúncios
27 comentários leave one →
  1. Zé Manel Tonto permalink
    27 Novembro, 2018 10:27

    São os últimos espasmos de um moribundo.

    A SS vai estourar e quando isso acontecer só se safam os que tiverem poupanças fora do rectângulo (as que estiverem aí são confiscadas para manter o monstro mais uns tempos).

    Liked by 1 person

  2. Daniel Ferreira permalink
    27 Novembro, 2018 10:52

    Esperem só até chegarem aí os “doutores e engenheiros” em massa do continente que está a Sul e a transferência ILEGAL de riqueza do €€ dos tugas passarem para eles. A partir de Dezembro deste ano entra um acordo que vai acabar PARA TODO O SEMPRE com algo parecido com “reforma” dos portugueses (entre muitas outras coisas).

    Liked by 1 person

    • MaçonsFilhosDaPutaCorruptos permalink
      27 Novembro, 2018 12:31

      Acordo? Que acordo? POdes mostrar, sff? Obrigado

      Gostar

      • 27 Novembro, 2018 16:18

        …(e) Sustainable development. The Global Compact is rooted in the 2030 Agenda for Sustainable Development, and builds upon its recognition that migration is a multidimensional reality of major relevance for the sustainable development of countries of origin, transit and destination, which requires coherent and comprehensive responses. Migration contributes to positive development outcomes and to realizing the goals
        of the 2030 Agenda for Sustainable Development, especially when it is properly managed. The Global Compact aims to leverage the potential of migration for the achievement of all Sustainable Development Goals,
        as well as the impact this achievement will have on migration in the future;

        Gostar

    • 27 Novembro, 2018 16:01

      United Nations General Assembly 30 July 2018
      http://undocs.org/A/CONF.231/3

      Intergovernmental Conference to Adopt the Global
      Compact for Safe, Orderly and Regular Migration

      diz o seguinte no ponto 4 do preâmbulo a ser assinado por todos as nações:

      Refugees and migrants are entitled to the same universal human rights and fundamental freedoms, which must be respected, protected and fulfilled at all times. However, migrants and refugees are distinct groups governed by separate legal frameworks. Only refugees are entitled to the specific international protection defined by international refugee law. This Global Compact refers to migrants and presents a cooperative framework addressing
      migration in all its dimensions.

      Basicamente querem acabar com as fronteiras e a soberania das nações.

      Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        28 Novembro, 2018 02:18

        Esse não é o acordo que Hungria, Polónia, Eslováquia e Áustria já disseram que não assinam?

        Pelo que li o Trump também não estava com muita vontade de meter os USA nessa loucura.

        O problema é que todos s países mentalmente sãos estão a uma eleição da esquerdalhada radical lhes enfiar milhões de terceiro mundistas dentro.

        Liked by 2 people

    • 27 Novembro, 2018 16:19


      …(e) Sustainable development. The Global Compact is rooted in the 2030 Agenda for Sustainable Development, and builds upon its recognition that migration is a multidimensional reality of major relevance for the sustainable development of countries of origin, transit and destination, which requires coherent and comprehensive responses. Migration contributes to positive development outcomes and to realizing the goals
      of the 2030 Agenda for Sustainable Development, especially when it is properly managed. The Global Compact aims to leverage the potential of migration for the achievement of all Sustainable Development Goals,
      as well as the impact this achievement will have on migration in the future;

      Gostar

  3. LTR permalink
    27 Novembro, 2018 11:06

    Este ministro, Costa e Ferro não pertenceram ao governo de Guterres que fez a reforma “para 100 anos”?

    Liked by 2 people

    • Oscar Maximo permalink
      27 Novembro, 2018 13:00

      A Segurança Social, estava reformada por 100 anos, e depois 40, e depois 20, segundo o mesmíssimo Vieira da Silva.

      Liked by 2 people

      • LTR permalink
        27 Novembro, 2018 13:28

        Os palhaços já foram ao ponto de dizer que depois das eleições vai levar ajustes.

        Liked by 2 people

  4. JgMenos permalink
    27 Novembro, 2018 11:27

    Tudo vai ao caso de haver que sustentar as gerações abrilescas. Enquanto votarem há que trabalhar para os manter felizes em reconhecimento pelo seu ardor revolucionário.

    Liked by 1 person

  5. Velho do Restelo permalink
    27 Novembro, 2018 11:49

    A pretexto de atrasar a agonia da SS, integraram o fundo dos bancários e agora a SS paga as reformas milionárias de quem ajudou a afundar o bote (JG, RS, …).
    Com os bancos a tombarem em série, fica a dúvida de quem salvou e quem foi salvo !

    Liked by 2 people

  6. Vitor permalink
    27 Novembro, 2018 12:06

    A corja social comunista tentará prolongar a agonia da SS e da CGA recorrendo ao saque dos portugueses que investiram as suas poupanças na compra de casas. Agora, é só o IMI e o adicional ao IMI; depois, virá o resto: expropriação pura e simples das casas para as entregar aos milhões de pobres que o socialismo criou. Não há escapatória possível, o socialismo criou um sistema de vigilância e repressão que vai atrás de todos os portugueses que não sejam pobres e saberá colocá-los onde a ideologia da igualdade os quer arrecadar: na imensa multidão de pobres e dependentes do Estado.

    Liked by 2 people

    • LTR permalink
      27 Novembro, 2018 12:46

      Como em 1974/75 antes de a bandalheira acabar. Eles e as famosas comissões de moradores, mais as notícias que os vermes plantavam em papel impresso para ostracizar e amedrontar quem lhes fazia frente ou não agia conforme os ditames.

      Liked by 1 person

  7. Expatriado permalink
    27 Novembro, 2018 12:18

    Não se preocupem… estes “resolverão” todos os problemas. Principalmente o demográfico.

    https://voiceofeurope.com/2018/05/asylum-seekers-barely-work-an-overwhelming-majority-lives-on-benefits-and-endangers-the-welfare-state/

    Gostar

  8. Procópio permalink
    27 Novembro, 2018 13:01

    ” …o estado dispor-se-à a mandar-nos uma coroa de flores no enterro, por aí se ficando”.
    Está tudo pensado, não precisam de se preocupar.
    As flores são rosas entremeadas por umas vermelhas mais uns cravos a condizer.
    Vai valer a pena vir morrer cá, vai mesmo haver excursões, só não se sabe é quando.

    Gostar

  9. Procópio permalink
    27 Novembro, 2018 13:03

    È bom não esquecer que por detrás destes abutres está a UE.
    Draghi, moscovici, merkel, abraços e beijinhos.

    Liked by 2 people

  10. José Domingos permalink
    27 Novembro, 2018 13:27

    Não me lembro de votar nesta malta, devo ter ido à praia de Alges

    Gostar

  11. LTR permalink
    27 Novembro, 2018 15:03

    Não é a SS, é o país:

    “Há investigações paradas por causa da falta de inspetores na PJ.Há processos que não avançam porque não há quem os investigue. O DCIAP recorre cada vez menos a esta polícia de elite por falta de meios técnicos e humanos para investigar casos de corrupção.”

    Liked by 2 people

  12. Luis Lavoura permalink
    27 Novembro, 2018 15:44

    Qual é a alternativa que o Rui A propõe a essa “fraude”?
    E tem a certeza de que essa alternativa é menos fraudulenta?

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      28 Novembro, 2018 02:20

      Contas poupança, colchão, apostas desportivas, qualquer porra que tenha uma probabilidade superior a zero de dar dinheiro é melhor que a SS.

      Liked by 2 people

  13. Procópio permalink
    27 Novembro, 2018 15:59

    Tudo está feito para que a justiça não funcione. A infiltração da maçonaria atingiu o seu apogeu com o 44, quando casou com a fava, filha do grão mestre. A partir daí o desdém do soares para com o aldeão mudou radicalmente. Passou a considerá-lo o tipo certo para o sucedeu depois. Apesar de tudo ainda há gente séria e competente a ultrapassar oo a processar conforme se desenha perante os tugas acéfalos e medrosos. Ninguém reage.
    Os filósofos metem a viola no saco, os jornaleiros prostituem-se, as pivots enfeitam-se.
    Para ser breve o crime decorreu sem sobressaltos. Controlo dos bancos, amigos de peito, crédito sem limite, dívidas subreptíceas acumuladas para os indígenas pagarem.
    Proibe-se a divulgação da lista de quem fez os desfalques na cgd, a esquerda pairadora de bico calado, o cuecas a olhar para o ar. Exemplos paradigmáticos:
    Carlos Santos Ferreira esteve à frente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) entre 2005 e 2007. De seguida, foi para a presidência do BCP. Vara também passeou por lá.
    O grupo de Berardo tem uma dívida ao banco público de cerca de 280 milhões de euros. Na altura da concessão do crédito ao grupo do empresário madeirense, a CGD era presidida por Carlos Santos Ferreira, sendo Maldonado Gonelha vice-presidente.
    O carlinhos passa para o projeto SRS Advogados. O Pedro Rebelo de Sousa senior partner, irmão do dito cujo, considerou-o “um contributo inestimável de um jurista com vasta experiência empresarial que vem fortalecer a actual equipa de consultores”. Pois não!
    A rede é vasta e tentacular. São todos um exemplo para a demucracia. O nosso papel é sermos esfolados vivos. Se protestarmos, somos o que há de pior. A terminologia mata.
    O que nos move, dizem os avençados, é o ódio, sentimento horrendo, tanto pode levar à Sibéria como a Auschwitz consoante a época, as vítimas e os algozes.
    Ideias que não morrem nos amantes do nosso povo.
    “A paz, uma trégua para a guerra”. Do tio vladimir

    Liked by 3 people

  14. Chopin permalink
    27 Novembro, 2018 17:01

    Como disse o Xico Assis a propósito da aquisição de automóveis de luxo para o gang parlamentar do PS, quem quer uma democracia de qualidade tem que a pagar.

    Gostar

  15. ricardo permalink
    28 Novembro, 2018 12:20

    “coercitivamente”?
    Sr. Rui A. – francamente…

    Liked by 1 person

  16. Vitor permalink
    28 Novembro, 2018 17:55

    ?? não percebo a indignação. A meu ver o corte nas reformas antecipadas provavelmente até peca por escasso.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: