Saltar para o conteúdo

Se bem percebo

29 Novembro, 2018

os EUA devem acolher os milhares de pessoas da chamada caravana migrante que estão em Tijuana. É isto?

Anúncios
8 comentários leave one →
  1. caampus permalink
    29 Novembro, 2018 16:52

    E não bufam…

    Gostar

  2. 29 Novembro, 2018 16:52

    Porque não vão antes para a Venezuela para o maravilhoso regime de Maduro ?

    Liked by 2 people

  3. 29 Novembro, 2018 18:54

    Sim,e todos(enquanto houverem fundos do Soros e afins) os que quiserem (não é esse o objectivo da O-nu=internacional socialista?)

    Liked by 2 people

  4. Isabel permalink
    30 Novembro, 2018 01:43

    Ouvi, há mais de um mês, num noticiário que não lembro se era português, que o presidente do México tinha oferecido terrenos, escolas e cuidados de saúde para todos e que os ditos “migrantes” recusaram essa oferta porque queriam ir para os EUA. Quem organizou a marcha que resolva o problema.
    Os defensores das imigrações de massa para a Europa ( que organizam manifestações “espontâneas”! em várias cidades, e só por acaso, claro!, no mesmo dia e à mesma hora ) também estão a ver o cenário a mudar. Cada vez são mais os países que recusam o abusivo pacto proposto pela ONU para as “migrações de substituição” enquanto a mme.merkel “avisa”que os países da UE se têm de preparar para passar a sua soberania para Bruxelas e assinar esse pacto do Guterres que se prevê ter lugar brevemente, em Marrocos.
    Cá pelo burgo, alguém tem debatido isto ou, pelo menos, mencionado o facto? É que os números avançados para as necessidades de “remplacement” não são da ordem das dezenas ou mesmo centenas. Já está definida a regra de cálculo. Para o caso do país não querer receber o número de “migrantes” assim apurado, ter-se-á de estender a idade da reforma para perto dos 75 anos. Engraçado, não? Que queridos que eles são!!!!

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    30 Novembro, 2018 04:31

    É o que diz o jornalismo Marxista.

    Gostar

  6. Zé Manel Tonto permalink
    30 Novembro, 2018 06:42

    E vão acabar por aceitar.

    Gas lacrimogéneo não os vai parar ad eternum, e a solução definitiva para impedir a entrada não está o alcance de sociedades europeias acobardadas.

    Os milhões que nos invadem sabem que vão conseguir porque ninguém com responsabilidades está disposto a defender a fronteira “à antiga”.

    Gostar

  7. José Ramos permalink
    30 Novembro, 2018 22:35

    Não. Não devem. Por outro lado, deveriam, de preferência com outros países da região, intervir militarmente na Venezuela, prender e levar a julgamento os perpetradores do cruel genocídio que grassa naquele desgraçado país. Isto, em nome da mesmíssima “soberania limitada” defendida, inclusive pelo dr. Cunhal em textos escritos, quando se tratou da invasão da Checoslováquia pela União Soviética e por mais quatro países satélites desta em 1968.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: