Saltar para o conteúdo

Os jovens “mega” consumistas a lutar pelo clima

24 Março, 2019

Os  jovens que desde que a escola  iniciou foram amplamente agraciados  com inúmeras  greves de professores, função pública (ainda esta semana tiveram mais duas) e ainda têm falta de docentes a algumas disciplinas, decidiram em nome do clima (cof! cof! cof!) juntar-se à menina Greta que lá na Suécia decidiu lutar pelas mudanças climáticas. Acontece que os meninos que exigem aos pais telemóveis novos topo de gama todos os anos, exigem também  dos adultos mais acção contra as mudanças climáticas. A sério?

Os jovens  que gazetaram para sair à rua com cartazes pelo clima, são os mesmos que deixam o lixo todo espalhado pelo quarto e pela casa  para a mãe limpar; que não levam o lixo doméstico para o contentor por iniciativa própria; que não apagam as luzes; que tomam duches de 20 minutos e deixam a água a correr enquanto lavam os dentes; que não abdicam de uma quantidade infinita de todo o tipo de produtos poluentes para cabelos e corpo; que compram  roupa nova de marca  todos meses ao invés de poupar e reciclar;  que não prescindem um minuto do telemóvel, do tablet, do portátil e fazem birra se lhos tirar; que se deslocam de carro, autocarro ou comboio mesmo quando é possível  ir de bicicleta ou a pé; que viajam muito em low cost de… avião;  que fumam e depois deitam beatas no chão; que enchem o Macdonalds onde cada refeição representa uma pilha de produção  de resíduos; que mascam chicletes e atiram  ao chão; que comem  batatas fritas, doritos, barras de chocolates, cheetos e  bolachas a toda a hora não se importando com as embalagens de plástico que largam em qualquer lugar público ou enterram na areia das praias;  que deixam um rasto de lixo nos festivais, nos bares ou discotecas; que bebem coca cola ignorando que só num ano, esta  produz 3 milhões de toneladas de plástico. Enfim.

Ora a verdadeira  mudança pelo ambiente começa na educação em casa,  no nosso comportamento no dia a dia. Exigir aos outros o que não se pratica é hipocrisia pura. 

Greta, a líder,  quer mais impostos pelo clima mas nunca pagou nenhum na vida e rodeada de plástico, no seu conforto de mundo consumista de que não abdica, diz-se preocupada. Não sabe o que é pagar a electricidade e gás  mais cara da europa  por causa do dito clima, o que é pagar os combustíveis mais caros da europa por causa do dito clima,  e olhar depois para o que resta do salário sem saber como vai aguentar o resto do mês. Mas “quer pagar” mais impostos por um mundo “verde” quando isso deveria só  por si tornar a vida de cada um mais barata e nunca o contrário. 

IMG_20190322_095057

Querem ajudar realmente o clima? Em vez de gazeta ESTUDEM, pesquisem, questionem. Deixem de ser formatados pelos grandes interesses  para adquirirem uma mente aberta capaz de ver  que o clima tem sido mutável desde  o planeta existe e que já passamos por várias eras de arrefecimento e aquecimento ainda o homem não tinha feito a revolução industrial. Que a farsa começou por chamar-se “arrefecimento global”, depois “aquecimento global” e agora – depois das previsões não se confirmarem – “alterações climáticas” (uma expressão mais generalista) para sustentar uma teoria não científica cujo consenso  “irrefutável de 97,1%”, usado para justificar todas as medidas políticas no ocidente para combater o aquecimento global, é  na realidade de 0,3% (como se explica com dados concretos aqui) confirmando que  “John Cook – do Instituto de Alterações Globais da Universidade de Queensland na Austrália –  não procurou a veracidade cientifica  no seu artigo mas uma forma de convencer a opinião pública para que aceitem “políticas de mitigação das alterações climáticas”.

Aprenderiam que os vulcões subaquáticos e em terra,  activos,  se comparados  com a actividade humana, um único vulcão em erupção durante uma semana equivale a 10 anos de carros de todo o mundo a expelirem CO2. Que o pulmão que  controla o CO2 e alimenta o planeta de oxigénio, são as algas no oceano e não as florestas.

Saberiam que  nas estufas de plantação de ananás (aqui neste exemplo com cannabis), para provocarem a floração, queimam palha dentro das estufas para gerar CO2. Que o CO2 é essencial à vida das plantas que o consomem para fazer a fotossíntese e não é por acaso que com mais CO2 na atmosfera, o planeta hoje seja mais verde que no passado.

Concluiriam que  as “energias verdes” são os actuais “interesses económicos” que os contribuintes pagam com pesados impostos.  Que com  as eólicas, a electricidade ficou  muito muito mais cara.  No entanto não se deixaram de construir barragens, o consumo do carvão até aumentou (está no Site Oficial do Ministério Ambiente)  e a extracção de crude também não vai abrandar apesar dos veículos se tornarem eléctricos. Que haverá  mais poluição porque a juntar à extracção de crude vai ter a extracção de lítio, uma nova  necessidade para a indústria de baterias. Que a frota mercante vai ser aumentada em 50%:  de 60 mil navios a operar a  frota passará a 90 mil – quando cada porta contentores de grande porte consome tanto por ano como 50 milhões de automóveis e 20 consomem tanto como todos os veículos a circular no mundo . Que o “problema” das “alterações climáticas” é o negócio mais lucrativo de todos os tempos. As explorações actuais de minérios vão manter-se, e até aumentar, e vão começar outras em grande escala.

Mas tudo isto só se deve ao aumento desenfreado do NOSSO consumo. 

Jovens, se querem realmente lutar pelo planeta REDUZAM drasticamente o consumo e vivam de forma minimalista só com o necessário reciclando todo o lixo que sobrar, exactamente como o era na minha infância há mais de cinquenta anos,  onde fui criada sem nada, a dar valor a tudo, a poupar e a  estimar o pouco que tinha.

Até lá, não sejam hipócritas.

 

Anúncios
26 comentários leave one →
  1. 24 Março, 2019 12:38

    Muito bom e detalhado artigo!! Mas sobre a menina Greta infelizmente é ignorado uma característica importante sobre ela que explica muito – https://opicamiolos.wordpress.com/2019/03/15/o-triste-simbolo-da-ideologia-do-aquecimento-global

    Liked by 2 people

  2. 24 Março, 2019 13:31

    Ora bem, querem sol na eira e chuva no nabal… para lutar contra o lixo e envenenamento do planeta só há duas coisas a fazer : diminuir a população e consumir menos de metade. Bens de obsolescência programada e coisas tipo ikea , de usar e deitar fora ? não pode ser. Decrescimento sustentável, gastar menos, “small is beautiful”, conceitos completamente fora da agenda dos políticos , não dão votos..
    A “tragédia dos comuns” aplicado ao mundo inteiro não vai ser bonito de se ver, não.

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      24 Março, 2019 14:29

      Ora muito bem, mas não será aqui, no reduto de economistas ou engenheiros que encontrará apoio. E note-se que, quanto a uma população sustentável, metade não chega, tinha de descer a um décimo, a níveis pré-industriais. Uma vez que nada disto é admissível, podemos unicamente pedir – migrações não.

      Gostar

    • Jornaleco permalink
      24 Março, 2019 15:53

      @me20162016

      Ver: Georgia_Guidestones (construção em 1980.)

      O que é que você pensa que os cabrões, filhos da puta, esses que abusam as crianças, os maçónicos andam a planear?

      Na sua grande maldade e incompetência a redução da população mundial para só 500 milhões. E porquê só 500 milhões? Os burros criminosos não o sabem bem dizer. Mas como eles controlam o mundo, eles é que mandam.

      E pior. A política do clima é liderada por esses cobardes, por essas cobras. Através da bandeira da urgência e do ambiente eles vão poder transformar esta Europa num inferno.

      A Greta é só uma boneca para enganar a quem quer ser enganada. A Greta é burra, e aqueles por detrás da Greta são malvados.

      Liked by 1 person

      • 24 Março, 2019 17:14

        a politica do clima passa-me ao lado, por duas razões : uma é a paleoclimatologia..que diz que houve milhentas variações de clima na terra ao longo da sua longa vida , com ou sem humanos ; a outra é que a luta contra as “alterações climáticas” sai carérrima , é óbvio que não passa de um estratagema para alguns lucrarem. Lutar pela Terra não implica gastar dinheiro, pelo contrário , vai trazer poupança.

        Liked by 5 people

      • Cristina Miranda permalink
        24 Março, 2019 18:58

        Exactamente isso

        Gostar

  3. Jornaleco permalink
    24 Março, 2019 14:38

    Mas o problema é mesmo esse: elas/eles são (!) hipócritas.
    E conselhos bons não (!) os querem.

    Outra perspectiva legítima é esta: como essas pessoas encaram a vida como uma festa, tomando droga, e enganar o próximo como calha, a matar bebés a eito (quantos em Portugal todos os anos a sangue frio?), muitos deles, a vasta maioria, quererá esconder atrás deste estilo de vida idiótico e falso e hipócrita e de putas, a sua própria pobreza. Para não dizer que não há dinheiro para todos, e que foi e é e continua a ser verdade que o dinheiro não nasce nas árvores. Pobres de juízo elas são e cheias de maldade. E eles também. Isso é assegurado.

    Burra é burra. E as burras velhas já não mudam. Diz a tradição, que a burra tanto odeia.

    Adorar o clima, e o ambiente. Quem é que faz coisas dessas? Só ateus sem qualquer juízo. Só esses. O manicómio qui ao lado. É o preço a pagar pelos perversos e decadentes. Até os animais têm melhor educação.

    Essas feministas não quiseram na sua melhor juventude os conselhos da sapiência, rejeitaram as mesmas, para agora (!) andarem por ai, a dar conselhos? As burras e os burros que matam bebés sem mercê andarem a dar conselhos? Hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha.

    Gostar

  4. Jornaleco permalink
    24 Março, 2019 15:36

    Escreve um autor (não-português), independente da mafia socialista em Portugal, muito bem:

    Faz três (3) décadas que a protecção do ambiente está no topo da agenda política. E todas as medidas aplicadas para a protecção do mesmo ambiente para nada, nadinha serviram, a não ser para aumentar o preço da energia e roubar e empobrecer o cliente.

    Nas mesmas três décadas o petróleo, o carvão, e o gás, sempre a prosperar, na sua tendência. Hoje os EUA são um exportador disso tudo.

    A realidade desmentiu tudo e todos até hoje que queriam embarcar nessa idiotice de ajudar o ambiente, mas na verdade só a pensar no próprio bolso. Porque o ambiente nunca se queixou.

    O estado, para seu bem, não pode meter as mãos nisto. Mas continuam. Nós sabemos porquê. Mas aqueles que querem criar riqueza para este país, para uma grande maioria, e não só uns privilegiados do socialismo fascista, devem ajudar a parar o estado ladrão, incompetente, e injusto.

    E todas as Gretas merecem um pontapé suave na parte trazeira. E os pais a prisão.

    Eles nem sequer sabem até hoje, como é que o petróleo “aparece”, é produzido. Mas arrogam-se em saber coisas até hoje desconhecidas.

    Tudo indica que o petróleo nunca vai acabar. Nunca. As burras não querem saber. E os pais das burras também não.

    Liked by 3 people

  5. Zé Manel Tonto permalink
    24 Março, 2019 17:22

    Esqueça, não vale a pena.

    Ainda há poucos meses falei com uma “dôtôra” que vociferava contra os combustíveis fósseis e a poluição, mas quando lhe disse que não há lítio no Mundo suficiente para um ano de produção automóvel, ela gaguejou qualquer coisa sobre investir em investigação.

    Claro que como ela é uma “dôtôra” que aos 30 e poucos anos ainda não saiu da Universidade, está doidinha por mais dinheiro dos meus impostos ir parar às Universidades.

    Vivi com uma namorada que era ferozmente a favor do ambiente, mas assim que eu virava costas metia a porcaria dos aquecedores ao máximo. Coerência…

    Esta geração merdosa, à qual infelizmente pertenço, gosta muito de falar e de exigir coisas pagas pelos outros, mas esforçarem-se e sacrificarem-se eles pelas coisas está quieto. Nem por uma camisola dentro de casa no Inverna fazem.

    Liked by 3 people

  6. Andre Miguel permalink
    24 Março, 2019 18:32

    E o desporto automovel? Milagrosamente continua a não ser um alvo dos defensores do ambiente. Milagre… Porque será?

    Liked by 1 person

  7. CASTANHEIRA permalink
    24 Março, 2019 19:11

    Estamos a atingir a fase do delirio nesta questão POLITICA das mudanças climaticas .
    É a sede de regulação , de controle do rebanho e de colecta de impostos , que influencia
    estes fanaticos do clima que vão ao extremo de convencerem crianças inocentes de que se encontram em perigo , se governantes não procederem a medidas para GERIR o clima . Como se isso fosse possivel .
    O clima na TERRA sempre esteve (há milhoes de anos ) e continuará a estar em mudança continua . Provam-no o facto dos polos geograficos e magneticos estarem em movimento ; o facto do deserto do Saara ter sido uma luxuriante floresta com muitos animais ; O deslocamento da faixa tropical ( Universidade do Arizona ); Os mamutes descobertos na Siberia ; Os ciclos solares etc.
    Só este vulcão sozinho expeliu mais co2 para a atmosfera do que todos os automoveis desde sempre :https://pt.wikipedia.org/wiki/Erup%C3%A7%C3%A3o_do_Monte_Tambora_em_1815

    Não são os humanos que causam as mudanças climaticas e por isso eles nunca conseguirão gerir o clima . Eles apenas poderão e deverão gerir a poluição tout-court.

    Liked by 4 people

  8. chipamanine permalink
    24 Março, 2019 19:40

    é caso para dizer “oh Greta quando tiveres idade vai mas é levar na greta”

    Gostar

  9. pitosga permalink
    24 Março, 2019 22:30

    Se tiverem paciência vejam:
    Lo que Greenpeace no te cuenta sobre el plástico, aqui:
    https://www.libremercado.com/2019-03-20/lo-que-greenpeace-no-te-cuenta-sobre-el-plastico-1276635053/

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    25 Março, 2019 03:19

    A luta daquela jovem é tão inglória como a vossa.

    O mundo vai acabar apesar das vossas litanias.

    Gostar

  11. André Miguel permalink
    25 Março, 2019 10:36

    A menina Greta que vá fazer greves para Africa e Asia:

    https://www.acsh.org/news/2018/07/26/asia-africa-cause-90-plastic-pollution-worlds-oceans-13233

    Só são responsáveis por 90% do plástico nos oceanos. 90%!!!

    As metropoles destas regiões sao gigantescos bairros de lata sem as mínimas condições de saneamento básico. O que acham, os nossos meninos grevistas, que eles fazem ao lixo?!

    Vejam este video no Quenia:

    Deixem o conforto do sofá, deixem-se de activismos via iphone e ipad e viajem pelo mundo para saber onde está o verdadeiro problema.

    Como diz a Cristina: até lá deixem-se de hipocrisias.

    Liked by 2 people

  12. Jaime Moura permalink
    25 Março, 2019 11:59

    Parabéns, felizmente aparece alguém, com conhecimento e sem papas na língua, a dizer a verdade! Esses meninos que estudem e deixem os telemóveis em casa, que não cultivem a hipocrisia que qualquer palerma lhes mete na cabeça! Tal como refere no artigo, a evolução deste mundo sempre foi assim e continuará até o Sol desaparecer, como é evidente.

    Liked by 1 person

    • Aliete permalink
      3 Abril, 2019 21:53

      Impressionante como li tanto ódio nestes comentários. Sou jovem, tenho 15 anos.
      Generalizam de uma forma incrivel. Fui à manifestação e não me considero nada hipócrita por isso. É verdade que cometo falhas, mas tento ao máximo não o fazer e incentivar os outros á minha volta a fazer o mesmo, mas a verdade é que se formos a ver bem, bem lá no fundo, todos somos hipócritas em certo assunto. Somos jovens, temos outra visão sobre o mundo e sobre o que os espera, não temos as mesmas ambições que tinha quem nasceu no século passado. Sei que há jovens que cumprem com o que disse no seu comentário, mas, talvez, só talvez, este tipo de manifestação não sirva só para exigir medidas polítias. Servio para sensibilizar todo o país, até essas pessoas que foram lá apenas para se baldares ás aulas. O nosso grande alvo foi político sim, mas apenas porque com falinhas do género “porfavor reciclem e tal” não vamos lá, tivemos de exigir algo drástico.Vai-nos custar a todos? Vai! Mas talvez as vossas próximas gerações agradeçam. Animais estão a morrer e espécies simplesmente extinguiram-se com a subida da temperatura das águas do mar, visto que necessitam de uma determinada temperatura para se reproduzirem e como as temperaturas subiram não o conseguem fazer. Esclareça-me “CASTANHEIRA” se em tantas diferenças climáticas existiram tantos problemas como os de hoje? A forma como o mundo está hoje contribui, tudo o que nos rodeia contribui e é por isso mesmo que passinho a passinho não lá chegaremos. E senhor “Viriato de Viseu” peço desculpa se li o comentário da Cristina por completo e se não abreviei as palavras. Espero ver-vos com com tanto ódio contra o que realmente importa na próxima manifestação de dia 24 de Maio. Obrigada.

      Liked by 1 person

      • Cristina Miranda permalink
        4 Abril, 2019 08:56

        Se viu ódio então seu problema é oftálmico. Não pode ver ódio onde ele não existe. Aqui discute-se, partilhas-se opiniões. Podemos não convergir sempre mas é com essas divergências saudáveis q aprendemos e crescemos. Por ser jovem não sabe que problemas com o clima sempre houve. O que não havia era tanta gente no mundo nem tão pouco tanto consumismo. O meu texto é uma reflexão. Apela ao conhecimento de factos q são ignorados pelos lobbys do clima exactamente para convencer jovens q não lêem nem questionam o que é dito, q o mundo vai acabar de troca de 10- 12 anos. É contra esses lobbys q luto e não contra os jovens. Para ajudar o clima temos de reduzir drasticamente o consumo. Está disposta a isto? É por aí a vossa luta. O texto é clarissimo.

        Gostar

  13. Viriato de Viseu permalink
    25 Março, 2019 12:37

    Isto devia ser lido por todos os jovens…mas dá trabalho ler…ainda por cima a Cristina utiliza as letras todas das palavras…não as abrevia, como eles…

    Gostar

  14. Daniel Ferreira permalink
    25 Março, 2019 14:09

    Já disse num outro post e digo outra vez:

    Carbon Tax Credits

    O nome dado ao dinheiro que vai circular graças aos (((impostos climáticos))), que vai parar direitinho ao bolso dos senhores de Davos e que está estimado em
    U M T R I L I Ã O
    de dolares anualmente. Vai, entre muitas outras coisas, acabar com a indústria que não vai suportar tamanhos impostos. Como já só praticamente existem mentiras vindas dos canais do costume, convém relembrar que este € vai ser roubado aos países com MENOS poluição. Cobrar impostos num país como PT para isto estaria ao nível de cobrar impostos para manter a água do mar molhada.

    Fazer coação emocional usando crianças para avançar a propaganda já não deve surpreender ninguém

    Liked by 1 person

    • Jornaleco permalink
      25 Março, 2019 14:50

      Pois é, mas os senhores cabrões de Davos desconhecem a diferença entre o desejo e a realidade. O abismo gigante entra a teoria e a prática.

      O que esses doidos e porcos planearam não vai ser assim executado, porque os Ferreiras, os Jornalecos, e os outros também têm uma palavra a dizer.

      E depois todos esses porcos fazem as contas sem o inferno. O mundo é muito mais complexo. A missa ainda não terminou. Eles só pensam que mandam no mundo.

      Vamos continuar atentos e fazer os nossos deveres.

      Todas as previsões desses porcos não sucederam. Vamos lutar, ver e actuar.

      Gostar

  15. Vasco Ribeiro permalink
    29 Março, 2019 10:24

    Muito boa análise Cristina. Se procurar saber quem é a menina Greta vai ver que a paranóia já vem de família e é mesmo um caso perdido. Apesar de tudo as próximas gerações terão de fazer um esforço monstruoso para continuar a trabalhar por um mundo melhor.

    Liked by 1 person

Trackbacks

  1. PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: