Saltar para o conteúdo

Em menos de 24 horas

17 Abril, 2019

Portugal deixou de ser um país a descarbonizar, lutando para se declarar livre do petróleo para ver cada um dos seus cidadãos em luta pelo seu depósito atestado e com o PR a fazer doutrina ao defender o alargamento da requisição civil de modo a garantir o fornecimento de combustível aos milhares de pessoas que planeavam “passar a Páscoa com as famílias”. E, pergunto eu, porquê apenas aos que planeavam passar a Páscoa com as famílias? E os que planeiam ir em grupo aos  santos populares? E os ‘tadinhos dos ateus mais os que se dão mal com as famílias ficam de fora? E as idas à praia nas férias ficarão de fora desse alargamento da requisição civil por assim dizer a tudo o que nos dê jeito e sobretudo não belisque a nossa popularidade?

Anúncios
26 comentários leave one →
  1. 17 Abril, 2019 18:12

    estou completamente a favor dos grevistas. agrada-me sobremaneira que enfermeiros , médicos, professores e demais funcionários públicos constantemente em greve provem do seu próprio veneno.

    Liked by 2 people

    • 17 Abril, 2019 22:45

      eheheeh

      Também eu “:O))))))))

      Liked by 1 person

    • 17 Abril, 2019 22:47

      Esse grupinho de 3 castas também é o eleito em ódios de estimação- médicos e enfermeiros em greve metem nojo.

      Profs adoram sonhar que chegam todas a marechalas para a reforma.
      Deve ser pelos valorosos serviços prestados à ignorância nacional.

      Liked by 1 person

    • Carlos Rosa permalink
      17 Abril, 2019 22:49

      Quem prova do seu próprio veneno são os PAN’s, os VERDE’s, os BLOQUISTA’s, os COMUNISTA’s e os SOCIALISTA’s, ou seja a Esquerda toda.
      São contra as touradas mas andam a ser toureados.
      Agora os toureiros são os motoristas do Pitrol, mas há muitos mais toureiros em formação para os tourear a todos.
      O que está de acordo com a natureza do toureio.
      A Esquerda adora o vermelho.
      Pois então que corra para a capa.

      Liked by 2 people

    • Luis permalink
      17 Abril, 2019 23:03

      Entretanto desapareceram os licenciados “a rasca” ou “indignados”, as senhoras indignadas porque os filhos tinham emigrado, desapareceu aquela professora reformada que representava uma associacao de pensionistas, o Armenio tambem tem andado relatvamente calmo, e aqueles senhores na casa dos 50 e dos 60 que apareciam regularmente na TV em diferentes pontos do pais e que os jornalistas tratavam como cidadaos indignados sem se questionar por que motivo as mesmas caras apareciam de Norte a Sul a cantar o Grandola Vila Morena. Desde que o Passos saiu de cena o saco de gato debandou dos telejornais e regressou a “paz social”.

      Gostar

  2. Manuel Assis Teixeira permalink
    17 Abril, 2019 18:22

    Que país é este? Que país é este que pode ser paralizado por camionistas ( que acho terem razão diga-se) sem que a população seja alertada atempadamente? Que país é este em que os aeroportos são abastecidos por autotanques que atravessam as cidades e não por pipeline? Que governo é este que apenas dá desculpas esfarrapadas para justificar a sua falta de proactividade, preocupado apenas que esta em promover incapazes para deputados europeus e esconder o estado calamitoso de todos os serviços publicos? Que país é este que tem um presidente que quer agradar a todos e como dizia e bem JM Judice é incapaz de enfrentar os verdadeiros problemas! Com estes dirigentes estamos desgraçados se há uma qualquer catastrofe! O rei anda nu e ninguem diz verdadeiramente nada…

    Liked by 1 person

  3. lucklucky permalink
    17 Abril, 2019 18:28

    Quando os jornalistas e os irmãos de jornalistas do Marxismo sobem ao poder dá-se o choque do mundo fechado dos jornalistas com a realidade.

    Marcelo, Costa(s) et al. são aqueles que nos diziam que Hillary ganharia, Bolsonaro perderia, Brexit não aconteceria.

    Depois tiveram mais de 100 mortos em incêndios, algo nunca visto em Portugal.

    Agora que se lixe o Co2

    Liked by 1 person

  4. LTR permalink
    17 Abril, 2019 19:29

    Até admira o ministro da água ainda não ter aproveitado para empurrar para o lado dos carros elétricos. Deve estar entalado com as greves de transportes que se faziam nos Natais de Passos Coelho. Ou então ainda não lhe telefonaram.

    Gostar

  5. Andre Miguel permalink
    17 Abril, 2019 20:33

    O ambientalismo é como o socialismo, este termina quando acaba o dinheiro dos outros, o primeiro quando deixa de haver combustivel. Agora é aproveitar a onda e todos os palermas que defendem andar de bicicleta nunca mais os deixar atestar o popo.

    Gostar

    • Luis permalink
      17 Abril, 2019 22:38

      Existem dois tipos de ambientalismo. Ha ambientalismo de Direita mas difere do marxista. Portugal teve o primeiro com o Goncalo Ribeiro Telles. O ambientalismo ate faz falta em Portugal, mas do bom, aquele que defende as identidades, paisagem, patrimonio, e que nao exclui o Homem do meio.

      Liked by 1 person

      • Carlos Rosa permalink
        18 Abril, 2019 20:54

        Falso. Não há ambientalismo de Esquerda. Isso é uma farsa.
        Essa gente tipo Verdes, Pan e Quercos são agentes do Marxismo “Cultural”.
        A falar do ambiente arrecadam milhares de euros que gastam em orgias destruidoras do ambiente.
        Eu punha-os a tratar do ambiente, a sério.

        Gostar

  6. Oscar Maximo permalink
    17 Abril, 2019 20:38

    Faz-me lembrar um boicote de clientes ás gasolineiras, seguido por uma corrida ás ditas, tudo dentro de 8 horas ! Há poucos anos, já com “conspirações” acertadas por telemóvel.

    Gostar

  7. 17 Abril, 2019 20:48

    Estamos perante um “aperitivo explosivo”.

    A idealização da descarbonização é grande e dificilmente escapa à vasta infiltração das profissões. Alguns camionistas já perceberam o futuro que os espera. Estes Senhores terão que repensar e actuar em novas formas sustentáveis, para além do seu próprio umbigo.

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      18 Abril, 2019 07:14

      @Francisco, com todo o respeito, mas idealização?

      Esse fantasma já destruiu milhares de postos muito bem pagos em toda a Europa. E continua.
      Não vai haver futuro nenhum para o carro eléctrico. Ele é só um pretexto para a pobreza em massa, que vai surgir do mesmo, porque estes burros são teimosos, nada sabem, mas arrogam-se saber tudo.
      Parar a vasta infiltração das profissões seria muito fácil. Só que o Restelo está cheio de burros e idiotas, que adoram rezar ao burro e à perversidade. Estamos perante o culto da morte. O falso casamento para todos mostra os seus frutos.
      Os valores deste governo e desta esquerda completamente burra, fascista, incompetente, nojenta, leva directamente à pobreza.
      Mas o carro eléctrico, como concebido pelos mesmos burros da esquerda, em todo o mundo, não vai ter sucesso nenhum. Muito, muito caro, e de pouca durabilidade.
      A China consome cada vez mais carvão. Fazendo troça, escárnio dos nossos burros aqui. Em Europa estão a fechar minas de carvão por causa do ambiente. A China não se preocupa nadinha com o mesmo. E fazem muito, muito bem, neste ponto.

      A prova da perversidade, que ir ao cu um do outro, tem custos elevados: Nem os nossos fascistas vermelhos seguem o exemplo desta China comunista. A perversidade é assim.

      A dita descarbonização vai dar cabo deste governo e de muitos outros em toda a Europa. É impossível alcançar as metas, impostas pelos burros do costume. Vai ser o caos total.
      Este governo não tem dinheiro, nem para o ambiente, nem para a descarbonização. Eles vão implodir.
      É só triste, que ninguém no PSD ou CDS tem coragem, de admitir em público, que temos que acabar com isto, já, sem perder tempo, dar um pontapé no cu da Merkel e de todos os burros, que defendem esta porcaria.

      Esse dia terá que vir. Quanto mais tarde, pior para muitos.

      Gostar

  8. Luis permalink
    17 Abril, 2019 22:59

    A “paz social” tinha regressado, diziam eles. Ahah.

    Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    18 Abril, 2019 00:03

    Uma greve selvagem encomendada pela «direita» torta, ressabiada e despeitada.

    Nem com os hackers russos vocês conseguirão derrubar o nosso premier António Costa.

    Experimentem outras armas. Olha, a inteligência e o carácter, por exemplo.

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      18 Abril, 2019 06:47

      Seu grande perverso. Esse seu pensamento criminoso é o resultado de ir a cu do outro sem preservativo?

      Idiotas, cretinos como você mereciam uma malha em cima do corpo, seu grande porco.

      Usar a liberdade de expressão para dizer mentiras, é um crime, senhor burro invejoso e corrupto.

      É que pessoas como você estragam tudo, para depois apontar a culpa aos outros. Cobarde. Mas o seu dia há-de vir. Ninguém vai esquecer a sua traição.

      Gostar

  10. 18 Abril, 2019 00:24

    zazi, je não disse que eras funcionária pública ou que fizeste greve. Disse que tu neste espaço meteste uma cunha “para ver se chegavas a marechala” palavras tuas. Ao fim e ao cabo aquilo que criticas aí em cima.
    Só não nomeio o autor do post porque não tenho a certeza, mas quase

    Gostar

    • 18 Abril, 2019 09:52

      Pró cara!, imbecil. Pareces uma porteira a querer cheirar tudo da vida de pessoas que nem conheces.

      Gostar

      • 18 Abril, 2019 14:39

        Ainda bem que reconheces que o que eu disse é verdade.
        O insulto é para disfarçar

        Gostar

      • 18 Abril, 2019 16:30

        Que verdade, imbecil.
        Ora repete lá essa anormalidade que eu pedi cunha a alguém aqui do Blasfémias.

        Explica lá que cunha foi, a quem e como é que tu, meu merdas, sabes, se nem me conheces!

        És uma puta velha

        Gostar

    • 18 Abril, 2019 09:54

      As profs (porque 95% são mulheres) é querem seguir a mesmíssima tarimba militar. Ainda que se fossem os militares a exigirem progressões na carreira todos até ao topo, desatassem logo a berrar contra a tropa.

      Querem o mesmo- querem chegar ao topo por tarimba, todos com o mesmo posto, sem provas dadas de nada de nada na vida.

      Nem um cv sabem fazer. Nunca precisaram.

      Gostar

  11. Rogerio ALves permalink
    18 Abril, 2019 14:05

    Com a greve dos combustíveis, até tinha uma boa desculpa para não ir a casa dos sogros – agora já vai ficar mais difícil escapar!

    Gostar

  12. Mister Lógico permalink
    18 Abril, 2019 15:25

    Não deixa de ser curioso que a união das esquerdas tenha se esforçado tanto a eliminar o direito à greve com o uso de leis e armas, idem aspas para as manifestações.
    A paz social está quase a transformar-se em guerra social, a democracia está em risco e estamos a brincar às lateralidades.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: