Saltar para o conteúdo

Como é que o Expresso sabe?

12 Maio, 2019

Nasceu uma nova forma de jornalismo: «Marcelo, sabe o Expresso»

«Para o Presidente, que como o Expresso noticiou foi apanhado de surpresa pela votação no Parlamento que colocou Governo e oposição em choque frontal – e deu ao primeiro-ministro argumentos para ameaçar demitir-se –, a clivagem instalada tornava difícil abordar o assunto sem se colar a um dos lados. Já que António Costa o libertou de ser parte no processo, ao fazer depender a sua demissão exclusivamente da votação da lei dos professores no Parlamento e não da promulgação presidencial, Marcelo aproveitou: só interviria se houvesse mesmo crise.

Se a crise se tivesse consumado e Costa se demitisse, Marcelo convocava eleições. Constitucionalmente, quando um PM se demite, o Presidente ou dá posse a outro Governo ou marca eleições. Marcelo, sabe o Expresso, escolheria a segunda. E chegou a estudar os calendários. Com a lei votada a 10, podia ouvir os partidos e o Conselho de Estado até 17 e, cumprindo os 55 dias que a Constituição prevê, podia marcar eleições para 14 de julho.»

Anúncios
9 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    12 Maio, 2019 12:01

    Engraçado que ninguém sabe quem foi a fonte da notícia do Banif na TVI. Por que será?

    Gostar

  2. Tiro ao Alvo permalink
    12 Maio, 2019 12:13

    Não seria bom submeter o Expresso ao “detector de mentiras”?

    Gostar

  3. MJRB permalink
    12 Maio, 2019 12:46

    …E porque não a iniciativa de todos os partidos para interrogar o Expresso na Sala Não Sei Não Me Lembro ?

    Gostar

  4. MJRB permalink
    12 Maio, 2019 12:53

    Coloquei um bitaite, não foi editado. Talvez este surja.

    Era mais ou menos assim : …E porque não a iniciativa dos partidos para interrogarem o Expresso na Sala Não Sei Não Me Lembro ?

    Gostar

  5. Alexandre Policarpo permalink
    12 Maio, 2019 13:08

    Eleições no Dia da Bastilha, era mesmo que nos fazia falta. Os “sans coulotte” a tomarem definitivamente conta disto

    Gostar

  6. 13 Maio, 2019 05:45

    Era mesmo isso a ideia: eleições rápidas, cuidado com as sondagens…
    Falhou, paciência.

    Gostar

  7. Maria da Luz Moutinho permalink
    13 Maio, 2019 10:09

    Vamos ás adivinhas? Se calhar foi o Berardo? Cá para mim …. O PR Marcelo nos seus diálogos:
    perante os catálogos “fast food” da cultura…Houve um diálogo com ubíquo patrocínio:
    – Marcelo I – Porque te afastas? Porque gostas de deambular por zonas sem certificação?
    – Marcelo II – Eu não me afastei, apenas fui um pouco para o lado de lá. Sabes, gosto de ver as coisas sob vários prismas, as cores dos catálogos sabem-me a pouco.
    -Marcelo I – Ouve, as pessoas trabalham tanto, que um catálogo de opiniões é preciosa ajuda. Não achas?
    – Marcelo II…Um catálogo é sempre a visão oficial de algo… Se te encostares a ele, isso significa que estás a delegar o que de mais precioso tu tens: a liberdade de pensamento…

    E às tantas descaí-se e alguém como lacaio vem almoçar grátis e vomita tudo cá para fora!
    O mecanismo de funcionamento é assim!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: